Você está na página 1de 5

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

DISCIPLINA: FAF02-10485 LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE


PROFESSOR: RODRIGO LEITE
TURMA: 2

GRUPO DE TRABALHO:
ELIEZER PEREIRA BEZERRA JÚNIOR
FABRÍCIO MARTINS
JOÃO PEDRO DE MEDEIROS PEREIRA DA SILVA
JORGE CARDOSO DE ARAUJO JUNIOR
RICARDO ALEXANDRE DE SOUZA RODRIGUES

RIO DE JANEIRO
2019
1ª PARTE
Explicar o processo de solicitação do CNPJ, junto à Receita Federal, e do NIRE, IE e
IM (no Estado e Cidade do Rio de Janeiro), em observância às normas vigentes.

1. CADASTRO NACIONAL DE PESSOA JURÍDICA (CNPJ)

O Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) é um número único que identifica uma pessoa
jurídica e outros tipos de arranjo jurídico sem personalidade jurídica (como condomínios, órgãos
públicos, fundos, etc) junto à Receita Federal brasileira (órgão do Ministério da Economia).
De acordo com o site da Receita Federal (http://receita.economia.gov.br/), é possível usar o
aplicativo de Coleta Online da Receita Federal para o preenchimento de solicitações cadastrais de
inscrição, alteração ou baixa. Nesse aplicativo, deve-se preencher e enviar a Ficha Cadastral de
Pessoa Jurídica (FCPJ) com dados como razão social, ramo de atividade e endereço da empresa.
Também é necessário apresentar o Quadro dos Sócios e Administradores (QSA) da respectiva
empresa, descrevendo todos os responsáveis e suas participações no capital social.
Após o envio da solicitação, recebe-se um recibo de entrega que permite o acompanhamento do
pedido no próprio site da Receita Federal. Caso exista alguma pendência ou erro, é recebida uma
informação sobre qual o problema e como o interessado pode solucioná-lo. Do contrário, basta
imprimir todos os documentos que foram preenchidos e que são considerados, como o Documento
de Entrada no CNPJ.
Com a referida documentação impressa, basta reconhecer firma e encaminhá-la a uma unidade
cadastradora da Receita Federal, via correios ou pessoalmente.
Não existe um prazo na legislação para a conclusão do processo de obtenção do CNPJ. Na
prática, observa-se que o procedimento demora, no mínimo, cinco dias para sua conclusão.
Além disso, quanto à estrutura dos dígitos que compõem o CNPJ, ela é composta de 14
(quatorze) caracteres, sendo que os 8 (oito) primeiros formam o número de inscrição (raiz - número
base), os 4 (quatro) números seguintes após a barra representam a quantidades de estabelecimentos
inscritos (matriz e filiais), e os 2 (dois) últimos algarismos são os dígitos de verificação. Como
exemplo, para o CNPJ 42.318.949/0001-84, tem-se que:
- 42.318.949: número base;
- /0001: primeiro estabelecimento inscrito (matriz); e
- 84: dígitos do código de verificação.

2. NÚMERO DE IDENTIFICAÇÃO DO REGISTRO DE EMPRESAS (NIRE)

O Número de Identificação do Registro de Empresas (NIRE) é emitido pela Junta Comercial do


estado onde irá se localizar a sede da empresa que se necessita constituir (no caso do Rio de Janeiro,
JUCERJA). O NIRE é o registro de legalidade da empresa na Junta Comercial, e que, portanto,
comprova que a empresa existe oficialmente.
Para o registro do NIRE, alguns procedimentos e documentos básicos são necessários, dentre os
quais:
- cópia autenticada do documento de identidade do titular ou dos administradores;
- Contrato Social, Requerimento de Empresário Individual ou Ata de Assembleia Geral de
Constituição;
- preenchimento do Requerimento Padrão da Junta Comercial;
- preenchimento da Ficha de Cadastro Nacional; e
- pagamento de taxas por meio da Guia de Recolhimento e DARF.
A estrutura do NIRE é composta por 11 (onze) dígitos, sendo ela assim dividida:
- os dois primeiros dígitos são referentes ao código pré-estabelecido do estado em que a empresa
atua; o código “33” é para o Estado do Rio de Janeiro;
- o terceiro dígito diz respeito ao tipo jurídico da sociedade (se é empresário individual,
sociedade anônima, sociedade limitada, cooperativa, consórcio, etc); ó código “2” é para as
sociedades limitadas;
- os próximos sete dígitos são referentes ao registro na junta; e
- o dígito final é um código verificador.

Após o recebimento do NIRE, a empresa deve fazer o registro na Receita Federal para
contribuição de impostos e registro de atividade, onde vai receber o número de CNPJ (Cadastro
Nacional de Pessoa Jurídica). Em alguns setores de atividade é obrigatório que a empresa possua
uma Inscrição Estadual (IE), geralmente obtida na Secretaria Estadual da Fazenda. Entretanto, no
Estado do Rio de Janeiro, o REGIN (Registro Integrado) permitiu a integração dos órgãos de
registro (JUCERJA/RCPJ) com a SEFAZ-RJ e a RFB (Receita Federal do Brasil), com o objetivo
de reduzir a burocracia por ocasião da abertura de novas empresas.

3. INSCRIÇÃO ESTADUAL (IE)

A Inscrição Estadual (IE) é um número liberado pela Secretaria de Fazenda do respectivo estado
no cadastro do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) da empresa. Ela
consiste no registro formal do negócio à Receita Estadual. Se a empresa for de comércio, indústria,
transportes ou prestadora de serviços de comunicação e energia, a inscrição junto à Receita Estadual
é obrigatória. As demais prestadoras de serviços estão isentas da referida inscrição, mas deverão
contribuir com outro imposto, o ISS (Imposto Sobre Serviços), e realizar o devido cadastro junto ao
Fisco Municipal.
De acordo com o site da Secretaria de Estado de Fazenda do Rio de Janeiro (SEFAZ-RJ), o
REGIN (Registro Integrado) permitiu a integração dos órgãos de registro (JUCERJA/RCPJ) com a
SEFAZ-RJ e a RFB (Receita Federal do Brasil). É utilizado para pedidos de inscrição estadual e de
alteração de dados cadastrais.
Ainda conforme o site da SEFAZ-RJ, os procedimentos a seguir especificados são necessários
para a realização de pedido de IE:
- Para estabelecimento já constituído na JUCERJA ou em órgão conveniado ao REGIN: o
pedido de inscrição estadual deverá ser realizado por meio de LEGALIZAÇÃO DE INSCRIÇÃO
ESTADUAL, no Portal de Viabilidade
((http://www.jucerja.rj.gov.br/tax.juntarj/viabilidadeopcaov32.aspx). Adotar os seguintes
procedimentos:
1) Selecionar o município de interesse e órgaõ de registro;
2) Marcar “NÃO” na pergunta “Seu documento já foi registrado no Órgaõ Competente?”, tendo
em vista que este questionamento só é válido para a Receita Federal;
3) Selecionar o evento “Solicitação e Regularização de Inscriçaõ ”;
4) Clicar na opção “Legalizaçaõ /Atualização de Inscr. Receita Estadual”; e
5) Preencher o número de registro/NIRE e o CNPJ, clique em CONTINUAR e preencha os
demais campos exibidos.
- Para estabelecimento ainda não constituído na JUCERJA ou em órgão conveniado ao
REGIN: a empresa que ainda naõ foi constituid́ a em seu órgaõ de registro conveniado ao REGIN e
naõ possui NIRE e CNPJ apresentará o pedido de inscriçaõ estadual exclusivamente por meio dos
formulários de constituição, também disponibilizados no Portal de Viabilidade. Adotar os seguintes
procedimentos:
1) Selecionar o município de interesse e órgaõ de registro;
2) A pergunta "Seu documento já foi registrado no Órgaõ Competente?”, é válida SOMENTE
para fins de regularizaçaõ de dados cadastrais na Receita Federal;
3) Selecionar o evento de constituição "Viabilidade de inscrição de primeiro estabelecimento
(Matriz) e dos demais estabelecimentos (filiais); e
4) Preencher os demais campos disponibilizados e assinale “SIM” para o item referente a
pedido de inscrição.
Após a transmissão do pedido, este fica passível de acompanhamento pelo interessado. O prazo
para análise de pedido de IE é de 48 horas quando não se tratar de pedidos em que é exigida a
entrega de documentação.
O site da JUCERJA apresenta um link de acesso direto ao site da SEFAZ-RJ, onde estão
disponíveis informações sobre os serviços de concessão, baixa, paralisação, reativação e consulta de
inscrição estadual, além de alteração de contabilista e outros dados cadastrais, disponível em:
https://www.jucerja.rj.gov.br/Informacoes/InscricaoEstadual .

4. INSCRIÇÃO MUNICIPAL (IM)

A Inscrição Municipal é o número de identificação do contribuinte no Cadastro Tributário


Municipal. A Inscrição Municipal encontra-se no alvará, documento expedido pela prefeitura e que
deve ficar em local visível a todos na sede da empresa. É pela inscrição do ISS (Imposto sobre
Serviços) que a prefeitura controla o alvará de localização, funcionamento e as atividades de
prestação de serviços da empresa. Esta é uma obrigação para todas as empresas inscritas em
qualquer município da federação, pois, do contrário, enseja em prática de sonegação de impostos. A
quantidade de dígitos da IM varia de acordo com o município.
De acordo com o site da Secretaria Municipal de Fazenda da Prefeitura do Rio de Janeiro (SMF),
a solicitação do alvará deve ser iniciada pela Consulta Prévia de Local, disponível na internet, no
Portal Carioca Digital (https://carioca.rio/), com a indicação do endereço e das atividades
pretendidas. O respectivo sistema elimina todas as barreiras de distância e locomoção dos que se
interessam em abrir um estabelecimento na cidade do Rio de Janeiro.
Utilizando-se do sistema, o interessado poderá saber se a atividade econômica pretendida poderá
ser exercida no local escolhido. Preenchendo corretamente o formulário eletrônico, a resposta virá
em curto espaço de tempo, por e-mail.
Além da indispensável legalização, a concessão de alvará traz diversos benefícios ao
contribuinte, dentre os quais e possibilidade de obtenção de certidão na Secretaria Municipal de
Fazenda, para comprovações diversas em processos judiciais e administrativos, e a possibilidade de
habilitação para concorrer em licitações públicas.
2ª PARTE
Atribuir à empresa o número do CNPJ, NIRE, IE e IM, a partir das informações
lançadas no contrato social da empresa criada, e em observância às normas
vigentes.

Conforme o Contrato Social da empresa LOCA CAR, foram extraídos os seguintes dados da
respectiva sociedade:
- Razão Social: LOCA CAR LOCAÇÃO DE VEÍCULOS LTDA;
- Nome fantasia: LOCA CAR;
- Localização: avenida Dom Helder Câmara, 5200, 8° andar, SL 805, Cachambi, Rio de Janeiro-
RJ, e
- Atividade/objeto da empresa: locação de automóveis.

A partir dos dados básicos anteriores, e seguindo a estruturação mínima prevista nas normas,
foram obtidos os seguintes números de cadastro:
- CNPJ: 10.133.235/0001-05;
- NIRE: 33.23589101-4;
- IE: Isento; e
- IM: 0.441.243-1.

Ressalta-se, por fim, que, no caso de uma empresa locadora de veículos, a atividade de locação,
tecnicamente, não se enquadra como serviço. No entanto, para fins de emissão de nota fiscal, esta
seria de serviços. Quanto à tributação, não há previsão legal nem para ICMS nem para ISS,
conforme disposto na Lei Complementar nº 116/2003.

Interesses relacionados