Você está na página 1de 100

BC-6800 Analisador Automático de Hematologia

Manual do operador
© 2011 Shenzhen Mindray Bio-Medical Electronics Co., Ltd. Todos os direitos reservados.
Para este Manual do Operador, a data de publicação é 11/2011.

Declaração de propriedade intelectual


A SHENZHEN MINDRAY BIO-MEDICAL ELECTRONICS CO., LTD. (doravante denominada
Mindray) detém os direitos proprietários intelectuais deste produto Mindray e de seu manual.
Este manual pode fazer referência a informações protegidas por direitos autorais ou
patentes e não concede qualquer licença de direitos autorais ou de patente da Mindray ou de
terceiros.

A Mindray pretende manter o conteúdo deste manual como informação confidencial. É


terminantemente proibida a publicação das informações contidas neste manual, em qualquer
hipótese, sem autorização por escrito da Mindray.

É terminantemente proibido publicar, emendar, reproduzir, distribuir, alugar, adaptar, traduzir


ou executar qualquer outro trabalho derivado deste manual, por qualquer meio ou modo,
sem a permissão por escrito da Mindray.

, , são marcas comerciais, registradas ou não, da Mindray


na China e em outros países. Todas as demais marcas comerciais presentes neste manual
são usadas apenas para fins informativos ou editoriais. Elas pertencem aos seus respectivos
proprietários.

Responsabilidade do fabricante
O conteúdo deste manual está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Parte-se do pressuposto de que todas as informações contidas neste manual são corretas. A
Mindray não se responsabiliza por erros contidos neste documento nem por danos incidentais ou
consequentes relacionados à distribuição, ao desempenho ou ao uso deste manual.

A Mindray é responsável pela segurança, confiabilidade e desempenho deste produto


apenas se:

I
todas as operações de instalação, ampliações, alterações, modificações e reparos
deste produto forem realizados por uma equipe autorizada da Mindray.

a instalação elétrica do local em questão estiver em conformidade com os requisitos


nacionais e locais aplicáveis.

o produto for usado em conformidade com as instruções de uso.

! É importante que o hospital ou organização que utilizar este equipamento


tenha um plano de serviço/manutenção razoável. O não cumprimento dessa
recomendação pode resultar em quebra do equipamento ou lesões à saúde
humana.

! Certifique-se de operar o analisador sob a condição especificada neste


manual; do contrário, ele não funcionará normalmente e os resultados da
análise não serão confiáveis, o que poderia danificar os componentes do
analisador e causar ferimento pessoal.

! Este equipamento deve ser operado por profissionais clínicos habilitados/


treinados.

II
Garantia

ESTA GARANTIA É EXCLUSIVA E SUBSTITUI TODAS AS OUTRAS GARANTIAS,


EXPLÍCITAS OU IMPLÍCITAS, INCLUINDO GARANTIAS DE MERCADO OU ADEQUAÇÃO
A QUALQUER FIM ESPECÍFICO.

Exceções
As obrigações e responsabilidades da Mindray relativas a essa garantia não incluem gastos
com transporte ou de qualquer outro tipo, nem responsabilidade por atraso ou danos diretos,
indiretos ou ocasionados pelo uso inadequado do produto, pelo uso de componentes ou
acessórios não aprovados pela Mindray, ou ainda por reparos realizados por pessoal não
autorizado.

Essa garantia não se estende a:

Mau funcionamento ou danos causados por utilização inadequada ou falhas humanas.

Mau funcionamento ou danos causados por uma entrada de energia instável ou fora de
série.

Mau funcionamento ou danos causados por força maior, como incêndios e terremotos.

Mau funcionamento ou danos causados por operação inadequada ou conserto feito por
pessoas não autorizadas ou sem qualificação.

Mau funcionamento do instrumento ou da peça cujo número de série não esteja legível
o suficiente.

Outros danos não causados pelo instrumento ou a peça em si.

III
Departamento de Serviços ao Cliente

Fabricante: Shenzhen Mindray Bio-Medical Electronics Co., Ltd.


Endereço: Mindray Building, Keji 12th Road South, High-tech industrial park,
Nanshan, Shenzhen 518057, P.R. China
Site: www.mindray.com
Endereço de e-mail: service@mindray.com
Tel.: +86 755 81888998

Fax: +86 755 26582680

Representantes na UE: Shanghai International Holding Corp. GmbH (Europa)

Endereço: Eiffestra e 80, Hamburgo 20537, Alemanha

Tel.: 0049-40-2513175

Fax: 0049-40-255726

IV
Sumário
1 Como usar este Manual ...................................................................................... 1-1
1.1 Introdução.............................................................................................................. 1-1
1.2 Quem deve ler este manual .................................................................................. 1-2
1.3 Como encontrar informações ................................................................................ 1-3
1.4 Convenções utilizadas neste manual.................................................................... 1-4
1.5 Precauções, limitações e riscos ............................................................................ 1-5
1.6 Símbolos................................................................................................................ 1-7

2 Noções sobre seu analisador ............................................................................ 2-1


2.1 Introdução.............................................................................................................. 2-1
2.2 Parâmetros ............................................................................................................ 2-2
2.3 Hardware ............................................................................................................... 2-5
2.3.1 Visão geral ............................................................................................... 2-5
2.3.2 Módulos e componentes .......................................................................... 2-6
2.3.3 Equipamentos externos ......................................................................... 2-14
2.4 Interface do usuário............................................................................................. 2-15
2.4.1 Da PA ..................................................................................................... 2-15
2.4.2 Da UGD.................................................................................................. 2-18
2.5 Operação do software ......................................................................................... 2-20
2.5.1 Da UPA................................................................................................... 2-20
2.5.2 Da UGD.................................................................................................. 2-22
2.6 Ajuda.................................................................................................................... 2-31
2.7 Reagentes, controles e calibradores................................................................... 2-32
2.7.1 Reagente................................................................................................ 2-32
2.7.2 Controles e calibradores ........................................................................ 2-35

3 Noções sobre os princípios do sistema ........................................................... 3-1


3.1 Introdução.............................................................................................................. 3-1
3.2 Medição de GB...................................................................................................... 3-2
3.2.1 Tecnologia de Análise Celular SF CUBE ................................................. 3-2
3.2.2 Derivação dos parâmetros relacionados ao GB ...................................... 3-4
3.2.3 Derivação dos parâmetros de GVN ......................................................... 3-5
3.3 Medição de Hb ...................................................................................................... 3-6
3.3.1 Método colorimétrico ................................................................................ 3-6
3.3.2 Hb............................................................................................................. 3-6
3.4 Medição de GV/PLT .............................................................................................. 3-7
3.4.1 Método de impedância de fluido de revestimento ................................... 3-7
3.4.2 Derivação dos parâmetros relacionados ao GV ...................................... 3-7
3.4.3 Derivação dos parâmetros relacionados a reticulócitos .......................... 3-8
3.4.4 Derivação dos parâmetros relacionados ao PLT ..................................... 3-9
3.5 Lavar.................................................................................................................... 3-11

1
Sumário

4 Instalação do analisador..................................................................................... 4-1


4.1 Introdução.............................................................................................................. 4-1
4.2 Requisitos de instalação........................................................................................ 4-2
4.2.1 Requisitos de espaço ............................................................................... 4-2
4.2.2 Requisitos de energia .............................................................................. 4-3
4.2.3 Ambiente geral ......................................................................................... 4-4
4.2.4 Requisitos de fusíveis .............................................................................. 4-4
4.2.5 Transporte e instalação............................................................................ 4-4
4.3 Como conectar o sistema do analisador ............................................................... 4-6
4.3.1 Unidade pneumática ................................................................................ 4-6
4.3.2 Reagentes ................................................................................................ 4-7
4.3.3 Equipamentos opcionais .......................................................................... 4-9

5 Como personalizar o software do analisador................................................... 5-1


5.1 Introdução.............................................................................................................. 5-1
5.2 Configuração da UPA ............................................................................................ 5-2
5.2.1 Configuração de data ("Menu" > "Configuração" > "Data") ..................... 5-2
5.2.2 Configuração auxiliar ("Menu" > "Configuração" > "Auxiliar").................. 5-2
5.2.3 Configuração de reagente ("Menu" > "Configuração" > "Reagente") ...... 5-3
5.2.4 Configuração de Manutenção (Administrador) ("Menu" > "Configuração" >
"Manutenção") ........................................................................................................ 5-4
5.2.5 Configuração de carregador automático (Administrador) ("Menu" >
"Configuração" > "Carregador automático")........................................................... 5-5
5.2.6 Configuração de código de barras (Administrador) ("Menu" >
"Configuração" > "Código de barras").................................................................... 5-6
5.2.7 Configuração de comunicação (Administrador) ("Menu" > "Configuração" >
"Comunicação")...................................................................................................... 5-7
5.2.8 Configuração de ganho (Administrador) ("Menu" > "Configuração" >
"Ganho") ................................................................................................................. 5-7
5.3 Configuração da UGD ........................................................................................... 5-8
5.3.1 Configuraçãogeral ("Configurações" > "Configuração geral") ................. 5-9
5.3.2 Configuração de parâmetro (Administrador) (“Configurações” >
"Configuração de parâmetro").............................................................................. 5-20
5.3.3 Configuração de acesso (“Configurações” > "Configuração de acesso")
5-24
5.3.4 Dicionário de dados (“Configurações” > "Dicionário de dados")............ 5-29
5.3.5 Faixa de referência (Administrador) (“Configurações” > "Faixa de
referência") ........................................................................................................... 5-30
5.3.6 Unidade de parâmetro (Administrador) (“Configurações” > "Unidade de
parâmetro")........................................................................................................... 5-31
5.3.7 Regras de reexame (Administrador) (“Configurações” > "Regras de
reexame") ............................................................................................................. 5-32
5.3.8 Exibição de tela (“Configurações” > "Exibição de tela") ........................ 5-37

2
Sumário

6 Como operar o analisador .................................................................................. 6-1


6.1 Introdução.............................................................................................................. 6-1
6.2 Verificações iniciais ............................................................................................... 6-2
6.3 Inicialização ........................................................................................................... 6-3
6.4 Controle de qualidade diário ................................................................................. 6-8
6.5 Como entrar na tela de "Análise de amostra" ....................................................... 6-9
6.6 Como preparar amostras..................................................................................... 6-11
6.6.1 Amostras de sangue total ...................................................................... 6-12
6.6.2 Amostras pré-diluídas ............................................................................ 6-12
6.7 Análise de amostra no modo OV ........................................................................ 6-15
6.7.1 Como selecionar o modo de trabalho .................................................... 6-15
6.7.2 Como inserir informações da lista de trabalho....................................... 6-16
6.7.3 Procedimento de análise de amostras................................................... 6-20
6.7.4 Funções especiais.................................................................................. 6-24
6.8 Análise de amostra no modo de carregamento automático................................ 6-27
6.8.1 Inserir informações da lista de trabalho ................................................. 6-27
6.8.2 Procedimento de análise de amostras................................................... 6-31
6.8.3 Funções especiais.................................................................................. 6-43
6.8.4 Etiquetas de código de barras ............................................................... 6-46
6.9 Como trabalhar com a lista de trabalho .............................................................. 6-48
6.9.1 Introdução .............................................................................................. 6-48
6.9.2 Operações.............................................................................................. 6-49
6.10 Espera ................................................................................................................. 6-53
6.11 Desligar................................................................................................................ 6-54

7 Como revisar os resultados de amostras......................................................... 7-1


7.1 Introdução.............................................................................................................. 7-1
7.2 Como revisar resultados de amostra da UPA ....................................................... 7-2
7.2.1 Revisão de tabela ("Menu" > "Revisão de tabela").................................. 7-2
7.2.2 Revisar gráfico ......................................................................................... 7-8
7.3 Como revisar resultados de amostra da UGD .................................................... 7-10
7.3.1 Introdução à tela..................................................................................... 7-10
7.3.2 Funções de botões................................................................................. 7-15
7.3.3 Funções de menu de clique à direita ..................................................... 7-25
7.4 Relatório .............................................................................................................. 7-29
7.4.1 Introdução da tela................................................................................... 7-29
7.4.2 Funções de botões................................................................................. 7-30
7.4.3 Funções de menu de clique à direita ..................................................... 7-38
7.5 Estatísticas .......................................................................................................... 7-41
7.5.1 Resumo de carga de trabalho ("Estatísticas" > "Resumo de carga de
trabalho") .............................................................................................................. 7-41
7.5.2 Resumo de amostras positivas .............................................................. 7-42
7.5.3 Resumo geral ......................................................................................... 7-42
7.5.4 Imprimir resumo ..................................................................................... 7-43

3
Sumário

8 Como usar os programas de controle de qualidade ....................................... 8-1


8.1 Introdução.............................................................................................................. 8-1
8.2 Programa CQ L-J .................................................................................................. 8-2
8.2.1 Configuração de CQ (administrador) ....................................................... 8-2
8.2.2 Execução de controle de qualidade L-J................................................. 8-11
8.2.3 Revisão dos resultados de CQ L-J ........................................................ 8-24
8.3 Programa de CQ X-B .......................................................................................... 8-44
8.3.1 Introdução ao Programa CQ X-B ........................................................... 8-44
8.3.2 Configurar CQ (administrador)............................................................... 8-44
8.3.3 Executar controles.................................................................................. 8-49
8.3.4 Como revisar os resultados da análise de X-B...................................... 8-49
8.4 Programa "CQ da média X"................................................................................. 8-60
8.4.1 Configurar CQ (administrador)............................................................... 8-60
8.4.2 Executar controles.................................................................................. 8-68
8.4.3 Como revisar os resultados da análise de média X............................... 8-75
8.5 Programa de CQ de R de média X ..................................................................... 8-89
8.5.1 Configurar CQ (administrador)............................................................... 8-89
8.5.2 Executar controles.................................................................................. 8-91
8.5.3 Como revisar os resultados da análise de R da média de X ................. 8-99
8.6 Programa de CQ X-M........................................................................................ 8-112
8.6.1 Princípio de CQ X-M ............................................................................ 8-112
8.6.2 Configuração de QC (administrador) ................................................... 8-112
8.6.3 Executar controles................................................................................ 8-117
8.6.4 Como revisar os resultados da análise de X-M ................................... 8-117

9 Como calibrar seu analisador ............................................................................ 9-1


9.1 Introdução.............................................................................................................. 9-1
9.2 Quando calibrar ..................................................................................................... 9-2
9.3 Como calibrar ........................................................................................................ 9-3
9.3.1 Preparação............................................................................................... 9-3
9.3.2 Calibração manual ("Menu" > "Calibração" > "Manual").......................... 9-5
9.3.3 Calibração com calibrador (administrador) ("Menu" > "Calibração" >
"Calibrador") ........................................................................................................... 9-7
9.3.4 Calibração com sangue fresco (administrador) ("Menu" > "Calibração" >
"Sangue fresco") .................................................................................................. 9-11
9.3.5 Como verificar fatores de calibração...................................................... 9-17
9.4 Histórico de calibração ("Menu" > "Calibração" > "Histórico") ............................ 9-18
9.5 Calibração da tela de toque ("Menu" > "Calibração" > "Tela de toque") ............. 9-19

10 Comofazer a manutenção de seu analisador ................................................. 10-1


10.1 Introdução............................................................................................................ 10-1
10.2 Gerenciamento de reagentes .............................................................................. 10-2
10.3 Como manter seu analisador utilizando o programa de serviços ....................... 10-3
10.3.1 Quando e por que........................................................................... 10-3

4
Sumário

10.3.2 Como substituir reagente ("Menu" > "Serviço" > "Reagente" >
"Substituir reagente") ........................................................................................... 10-3
10.3.3 Preparação de reagentes ("Menu" > "Serviço" > "Reagente" >
"Preparação de reagente")................................................................................... 10-5
10.3.4 Como limpar ("Menu" > "Serviço" > "Limpeza") ............................. 10-7
10.3.5 Manutenção ("Menu" > "Serviço" > "Manutenção") ....................... 10-8
10.3.6 Como fazer a manutenção de fluidos ("Menu" > "Serviço" > "Fluidos")
10-9
10.4 Como verificar o status do analisador utilizando o programa de status............ 10-11
10.4.1 Estatísticas ("Menu" > "Status" > "Estatísticas") .......................... 10-11
10.4.2 Temp. & Pressão ("Menu" > "Status" > "Temp. & Pressão") ........ 10-12
10.4.3 Info. da versão ("Menu" > "Status" > "Info. da versão") ............... 10-13
10.5 Visualização dos registros históricos ................................................................ 10-14
10.5.1 Como visualizar registros ............................................................. 10-14
10.5.2 Como exportar registros (administrador)...................................... 10-15
10.6 Como ajustar pressão e vácuo.......................................................................... 10-16
10.6.1 Introdução..................................................................................... 10-16
10.6.2 Como ajustar pressão e vácuo..................................................... 10-16
10.7 Limpeza manual ................................................................................................ 10-21
10.7.1 Quando e por que......................................................................... 10-21
10.7.2 Como abrir e fechar a tampa dianteira ......................................... 10-21
10.7.3 Como limpar as bandejas de coleta de resíduos ......................... 10-22
10.7.4 Limpeza da SRV........................................................................... 10-29
10.7.5 Limpeza do secador de sonda do módulo de amostras de frasco
aberto 10-35
10.8 Como substituir recipientes ou componentes ................................................... 10-38
10.8.1 Quando substituir.......................................................................... 10-38
10.8.2 Como substituir os recipientes de reagentes ............................... 10-38
10.8.3 Como substituir o recipiente de resíduos ..................................... 10-40
10.8.4 Como substituir a sonda de amostra do módulo de carregamento
automático 10-41
10.8.5 Como substituir o conjunto da pinça de tubo ............................... 10-47
10.8.6 Como substituir o filtro.................................................................. 10-49

11 Sol. problemas................................................................................................... 11-1


11.1 Introdução............................................................................................................ 11-1
11.2 Informação de erro e manuseio .......................................................................... 11-2

12 Personalizar o modelo de impressão.............................................................. 12-1


12.1 Introdução............................................................................................................ 12-1
12.2 Entrar na tela de Modelo de impressão .............................................................. 12-2
12.3 Editar o modelo ................................................................................................... 12-4
12.3.1 Abrir um modelo ............................................................................. 12-4
12.3.2 Editar a Propriedade do modelo..................................................... 12-4

5
Sumário

12.3.3 Inserir os controles ou negócios..................................................... 12-4


12.3.4 Editar o(s) controle(s) ..................................................................... 12-5
12.4 Gerenciar os modelos ......................................................................................... 12-7
12.4.1 Importar um modelo........................................................................ 12-7
12.4.2 Exportar um modelo ....................................................................... 12-8
12.4.3 Visualizar um modelo ..................................................................... 12-9
12.4.4 Imprimir um modelo........................................................................ 12-9
12.4.5 Excluir um modelo .......................................................................... 12-9
12.5 Outras funções .................................................................................................. 12-10
12.5.1 Criar um novo negócio ................................................................. 12-10
12.5.2 Carregar a biblioteca de modelos................................................. 12-10

13 Apêndices ........................................................................................................... A-1

6
1 Como usar este Manual
1.1 Introdução
Este capítulo explica como usar seu BC-6800manual do operador. Este capítulo explica como
usar seu manual do operador, que é enviado junto com seu Auto Hematology Analyzer e
contém informações de referência sobre o BC-6800 e procedimentos para operação,
resolução de problemas e manutenção do analisador. Leia este manual cuidadosamente
antes de começar a operar seu analisador BC-6800 e opere seu BC-6800 Auto Hematology
Analyzer exatamente de acordo com as instruções deste manual.

1-1
Como usar este Manual

1.2 Quem deve ler este manual


Este manual contém informações destinadas a profissionais de laboratório clínico com a
finalidade de:

saber sobre o hardware e o software do BC-6800.

personalizar as configurações do sistema.

cumprir tarefas operacionais diárias.

Efetuar a manutenção e solução de problemas do sistema.

1-2
Como usar este Manual

1.3 Como encontrar informações


Este manual de operação contém 11 capítulos e 4 apêndices. Consulte a tabela abaixo para
encontrar as informações necessárias.

Se deseja… Consulte…
saber sobre o uso previsto e os parâmetros do BC-6800 Capítulo 2 Noções sobre seu
analisador
saber sobre o hardware, a interface e o software do Capítulo 2 Noções sobre seu
BC-6800 analisador
aprender sobre o funcionamento do BC-6800 Capítulo 3 Noções sobre os
princípios do sistema
saber sobre os requisitos de instalação do BC-6800 Capítulo 4 Instalação do analisador
aprender como definir/ajustar as configurações do Capítulo 5 Como personalizar o
sistema software do analisador
saber sobre o processo de coleta e análise de amostras Capítulo 6 Como operar o
analisador
aprender sobre o uso do BC-6800 para a execução de Capítulo 6 Como operar o
suas tarefas operacionais diárias analisador
rever os resultados da amostra Capítulo 7 Como revisar os
resultados de amostras
aprender sobre o uso dos programas de controle de Capítulo 8 Como usar os
qualidade do BC-6800 programas de controle de
qualidade
saber como calibrar o BC-6800 Capítulo 9 Como calibrar seu
analisador
saber como fazer a manutenção/serviço do BC-6800 Capítulo 10 Comofazer a
manutenção de seu analisador
saber como resolver os problemas do BC-6800 Capítulo 11 Sol. problemas
saber como personalizar o modelo de impressão do Capítulo 12 Personalizar o modelo
BC-6800 de impressão
saber sobre as especificações técnicas do BC-6800 Apêndice B Especificações
saber sobre os protocolos de comunicação do BC-6800 Apêndice C Comunicação

1-3
Como usar este Manual

1.4 Convenções utilizadas neste manual


Este manual usa certas convenções tipográficas para esclarecer o significado no texto:

forma significado
[××] todas as letras maiúsculas entre [ ] indicam um nome de tecla
no analisador ou teclado externo, como [ENTER].
"××" as letras em negrito entre " " indicam o texto que você pode
encontrar na tela do BC-6800
×× as letras em itálico indicam títulos de capítulo, como Capítulo 1
Como usar este manual.

Todas as ilustrações contidas neste manual são utilizadas apenas como exemplo. Eles podem
não refletir necessariamente as configurações de seu BC-6800 ou as informações exibidas.

1-4
Como usar este Manual

1.5 Precauções, limitações e riscos


Os símbolos a seguir são usados para indicar informações de perigo e alerta neste manual.

Símbolos Significado
leia a declaração abaixo do símbolo. A declaração alerta
para uma condição de risco biológico potencial.
leia a declaração abaixo do símbolo. A declaração alerta sobre
AVISO um dano operacional que pode causar ferimentos pessoais.
leia a declaração abaixo do símbolo. A declaração alerta
ATENÇÃO sobre a possibilidade de danos ao analisador ou resultados
de análise não confiáveis.
leia a declaração abaixo do símbolo. A declaração alerta
OBSERVAÇÃO para informações que requerem a sua atenção.

! Todas as amostras, controles, calibradores, reagentes e resíduos, além das


áreas que entraram em contato com esses materiais, possuem risco biológico
potencial. Utilize equipamentos apropriados de proteção individual (ex.: luvas,
jaleco etc.) e siga os procedimentos de segurança do laboratório ao manusear
os materiais acima e ao entrar nas áreas que tiveram contato com eles.
! Se ocorrer vazamento para o analisador, o líquido vazado tem potencial de
risco biológico.

AVISO
! Verifique a firmeza de todas as portas e tampas antes de colocar o
analisador em funcionamento.
! Certifique-se de adotar todas as medidas de segurança. É proibido
desabilitar qualquer dispositivo ou sensor de segurança.
! Tome providências imediatas para qualquer alarme e indicação de problema.
! Não toque nas peças móveis.
! Entre em contato com a Mindray ou com os distribuidores autorizados da
Mindray no devido tempo se for encontrada qualquer peça danificada.
! Tome cuidado ao abrir/fechar e remover/instalar as portas, tampas e placas
do analisador.
! Descarte o analisador de acordo com as regulamentações do governo.

1-5
Como usar este Manual

ATENÇÃO
! Utilize o analisador estritamente conforme instruído por este manual.

! Certifique-se de que somente o software autorizado pela Mindray seja


instalado no computador.

! Instale o software da edição original para evitar que o computador seja


infectado por vírus.

! Adote as medidas apropriadas para evitar que os reagentes fiquem


poluídos.

! Recomenda-se instalar software antivírus no computador e fazer uma


varredura periódica para detectar eventuais vírus.

1-6
Como usar este Manual

1.6 Símbolos
Você encontrará os seguintes símbolos neste manual:

Símbolos Significado
leia a declaração abaixo do símbolo. A declaração alerta para
uma operação que pode causar danos ao meio ambiente.
leia a declaração abaixo do símbolo. A declaração alerta sobre
AVISO um dano operacional que pode causar ferimentos pessoais.
leia a declaração abaixo do símbolo. A declaração alerta
ATENÇÃO sobre a possibilidade de danos ao analisador ou resultados de
análise não confiáveis.
leia a declaração abaixo do símbolo. A declaração alerta para
OBSERVAÇÃO informações que requerem a sua atenção.

Você pode encontrar os seguintes símbolos do sistema do analisador:

ATENÇÃO
! Durante o uso diário do analisador, especialmente no processo de limpeza,
o operador deve garantir a integridade das etiquetas.

Símbolos Significado

AVISO, CONSULTE OS DOCUMENTOS


QUE ACOMPANHAM O PRODUTO.
Observação: sugere aos usuários que consultem
os documentos que acompanham o produto para
obter informações importantes de segurança.
RISCO BIOLÓGICO

CUIDADO, RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO

ATENÇÃO, FEIXE DE LASER

CUIDADO, SUPERFÍCIE QUENTE

1-7
Como usar este Manual

FIO ATERRADO (TERRA) DE PROTEÇÃO

CORRENTE ALTERNADA

PARA USO DIAGNÓSTICO IN VITRO

NÚMERO DE SÉRIE

DATA DE FABRICAÇÃO

FABRICANTE

1-8
Como usar este Manual

2
Figura 1-1 Parte traseira do analisador

1
Conecte somente a uma tomada aterrada adequadamente.
Para evitar choques elétricos, desconecte o cabo de alimentação antes de remover ou
substituir o fusível.
Substitua o fusível somente por um do tipo e categoria especificados.

1-9
Como usar este Manual

ࠡᵓdianteiro
Painel

4
䰆ᡸ㔽 di protezione
Coperchio

Figura 1-2 Barra de segurança posicionada (tampa frontal aberta)

1
Para evitar ferimentos, após ter aberto a tampa, certifique-se de firmá-la com a barra de
segurança, exatamente como mostra a figura acima.

2
Pode haver risco mecânico se a tampa protetora for removida.

4
Observações
1. Deslize o tubo para o interior do carregador automático. Se você não fizer isso, substitua o
código de barras do tubo.
2. Verifique se a tampa do tubo está fixada.
3. Verifique se o painel de carregamento não está cheio e se o foto acoplador de detecção
não está tampado e, então, inicie a análise.

1-10
Como usar este Manual

Figura 1-3 Lado direito do analisador

Atenção: radiação de laser quando aberto, evite o feixe de laser

1-11
Como usar este Manual

Figura 1-4 Parte frontal da unidade pneumática

1-12
Como usar este Manual

Figura 1-5 Parte traseira da unidade pneumática

1
Para evitar danos na unidade pneumática, não bloqueie a saída de ventilação na parte
traseira.

2
Conecte somente a uma tomada aterrada adequadamente.
Para evitar choques elétricos, desconecte o cabo de alimentação antes de remover ou
substituir o fusível;
Substitua o fusível somente por um do tipo e categoria especificados;
Para evitar danos ao compressor, aguarde no mínimo 1 minuto antes de ligar a unidade
pneumática novamente.

3
Para evitar danificar a unidade pneumática, não bloqueie a saída de ventilação.

1-13
2 Noções sobre seu analisador

2.1 Introdução
BC-6800 Auto Hematology Analyzer é um analisador hematológico automático quantitativo
para uso no diagnóstico in vitro em laboratórios clínicos; ele proporciona uma contagem
completa de glóbulos, diferencial leucocitário de 5 partes, medição da concentração de
hemoglobina, medição de reticulócitos e glóbulos vermelhos nucleados.

2-1
Noções sobre seu analisador

2.2 Parâmetros

OBSERVAÇÃO
! O objetivo deste analisador é identificar o paciente normal, com todos os
parâmetros normais gerados pelo sistema, e marcar ou identificar
resultados do paciente que requerem estudos adicionais.

BC-6800 proporciona:

33 parâmetros básicos,

11 parâmetros de pesquisa,

2 histogramas,

6 gráficos de dispersão,

8 painéis de teste.

Parâmetros básicos

Contagem de glóbulos brancos GB


Número de basófilos Bas#

Porcentagem de basófilos Bas%


Número de neutrófilos Neu#
Porcentagem de neutrófilos Neu%

Número de eosinófilos Eos#


Porcentagem de eosinófilos Eos%
Número de linfócitos Linf#

Porcentagem de linfócitos Linf%


Número de monócitos Mon#
Porcentagem de monócitos Mon%

Porcentagem de reticulócitos RET%


Número de reticulócitos RET#
Fração de reticulócitos imaturos FRI

Taxa de fluorescência baixa TFB


Taxa fluorescente média TFM
Taxa fluorescente alta TFA

2-2
Noções sobre seu analisador

Contagem de glóbulos vermelhos GV


Concentração de hemoglobina Hb

Volume corpuscular médio VCM


Hemoglobina corpuscular média HCM
Concentração de hemoglobina corpuscular média CHCM

Amplitude da distribuição de células de glóbulos ADCGV-CV


vermelhos - Coeficiente de variação
Amplitude da distribuição de células de glóbulos ADCGV-DP
vermelhos - Desvio padrão
Hematócrito Ht
Contagem de glóbulos vermelhos nucleados CGVN#
Porcentagem de glóbulos vermelhos nucleados PGVN%
Contagem de plaquetas PLT
Volume plaquetário médio VPM
Amplitude de distribuição das plaquetas ADP
Plaquetócrito PCT
Taxa de células grandes de plaquetas P-TCG
Contagem de células grandes de plaquetas P-CCG

Parâmetros apenas para uso em pesquisa (AUP)

Número de células de alta fluorescência CAF#


Porcentagem de células de alta fluorescência CAF%
Granulócito imaturo GIM#

Porcentagem de granulócitos imaturos GIM%


Contagem óptica de glóbulos vermelhos GV-O
Contagem óptica de plaquetas PLT-O

Contagem plaquetária - impedância PLT-I


Contagem óptica de glóbulos brancos GB-O
Contagem de glóbulos brancos-DIF GB-D

Contagem de glóbulos brancos-BASO GB-B


Contagem de glóbulos brancos-GB GB-N

2-3
Noções sobre seu analisador

Histograma

Histograma de glóbulos vermelhos Histograma de GV


Histograma de plaquetas Histograma de PLT

Gráfico de dispersão

Gráfico de dispersão diferencial Gráfico de dispersão DIF

Gráfico de dispersão de basófilos Gráfico de dispersão BASO


Gráfico de dispersão de reticulócitos Gráfico de dispersão RET
Gráfico de dispersão óptico de plaquetas Gráfico de dispersão PLT-O
Gráfico de dispersão de extensão - reticulócitos Gráfico de dispersão RET-EXT
Gráfico de dispersão-Glóbulos vermelhos nucleados Gráfico de dispersão GVN

Painel de testes

1. CBC

2. CBC+ DIF

3. CBC+DIF+RETIC

4. CBC+RETIC

5. CBC+GVN

6. CBC+DIF+GVN

7. CBC+DIF+RET+GVN

8. RET

2-4
Noções sobre seu analisador

2.3 Hardware

2.3.1 Visão geral


O BC-6800 Auto Hematology Analyzer inclui a unidade de processamento de amostras (UPA),
unidade de gerenciamento de dados (UGD), unidade pneumática (UP) e acessórios.

"

Componente Função

" Unidade de processamento Processamento de amostras do paciente e envio dos


de amostras (UPA) resultados da análise original à UGD

# Unidade de gerenciamento Dados de gerenciamento, como editar lista de trabalho,


de dados (UGD) revisar resultados, gerar relatórios, comunicar com LIS etc.

Unidade pneumática (UP) Proporciona pressão e vácuo à UPA

2-5
Noções sobre seu analisador

2.3.2 Módulos e componentes

Figura 2-1 Parte dianteira do analisador

1 ---- Tela de toque 2 ---- Indicador de energia

3 ---- Sonda de amostra 4 ---- Tecla de aspiração

5 ---- Tubo de amostra 6 ---- Rack de tubos

7 ---- Carregador automático 8 ---- Tampa de compartimento de reagentes

Tela de toque
A tela de toque exibe todos os dados alfanuméricos e gráficos. Você pode utilizá-la para
operar seu analisador.

2-6
Noções sobre seu analisador

ATENÇÃO
! Não use nada pontiagudo sobre a tela de toque nem bata nela.

! Limpe a tela de toque com um pano limpo e macio usando uma solução
neutra de limpeza ou etanol em vez de solução química, ácida ou de base
alcalina.

Indicador de energia
O indicador de energia mostra o status do analisador, incluindo pronto, executando, erro,
espera e liga/desliga etc.

Tecla de aspiração
Você pode apertar a tecla de aspiração para iniciar a análise da amostra ou dispensar o
diluente.

Carregador automático
O carregador automático está localizado na parte frontal do analisador. É utilizado para
carregar tubos automaticamente.

2-7
Noções sobre seu analisador

Figura 2-2 Parte dianteira do analisador (tampa frontal aberta)

1 ---- Módulo de tampa e tela de toque 2 ---- Barra de segurança da tampa

3 ---- Módulo de banho de reação 4 ---- Módulo de amostragem manual

5 ---- Módulo de Hb 6 ---- Módulo de mistura & perfuração

7 ---- Pacotes de reagente fluorescente 8 ---- Módulo de medição fluorescente

9 ---- Módulo de GV

2-8
Noções sobre seu analisador

Figura 2-3 Parte traseira do analisador

1 ---- Entrada CA 2 ---- Interface de controle da unidade pneumática*


3 ---- Interface de rede** 8 ---- Conector do sensor de resíduo

5 ---- Saída de resíduo 6 ---- Entrada de diluente RET


7 ---- Entrada de lise BASO 8 ---- Entrada de diluente

9 ---- Interface de pressão 10 ---- Interface de vácuo


11 ---- Entrada de lise Hb 12 ---- Entrada de lise DIF
13 ---- Entrada de lise GVN

Interface de controle da unidade pneumática


Você pode utilizar a interface de controle da unidade pneumática para iniciá-la ou desligá-la.

2-9
Noções sobre seu analisador

Interface de rede
Você pode utilizar a interface de rede para conectar o analisador ao PC.

2-10
Noções sobre seu analisador

Figura 2-4 Lado direito do analisador (porta direita aberta)

1 ---- Sistema óptico 2 ---- Válvulas de aquecimento do fluido de


revestimento

3 ---- Módulo relacionado ao banho 4 ---- Módulo de válvula fluídica

5 ---- Interfaces USB 6 ---- Módulo de aquecimento de reagente

7 ---- Módulo de aquecimento do fluido de


revestimento

Interface USB
Você pode utilizar as 4 interfaces USB para conectar equipamentos externos (como teclado,
impressora etc.) ao analisador.

2-11
Noções sobre seu analisador

Figura 2-5 Lado esquerdo do analisador


(porta esquerda aberta, válvulas de ar apresentadas)

1 ---- Módulo de integração de placas 2 ---- Módulo de válvula de ar

3 ---- Filtro de pressão 4 ---- Módulo de energia

5 ---- Interruptor de energia

Interruptor de energia
Você pode utilizar o interruptor de energia para iniciar ou desligar o analisador

ATENÇÃO
! Para evitar danos, não ligue/desligue a energia do analisador continuamente
em um curto período de tempo.

2-12
Noções sobre seu analisador

Figura 2-6 Parte frontal da unidade pneumática

1 --- Válvula de escape 2 --- Indicador de operações

2-13
Noções sobre seu analisador

Figura 2-7 Parte traseira da unidade pneumática

1 ---- Interruptor de energia 2 ---- Entrada CA

3 --- Interface de controle da unidade pneumática 4 ---- Interface de vácuo

5 ---- Interface de pressão

2.3.3 Equipamentos externos


Teclado (opcional)

Mouse (opcional)

Leitor de código de barras (opcional)

OBSERVAÇÃO
! Não ajuste a válvula de escape da unidade pneumática. Entre em contato
com o Departamento de atendimento ao cliente da Mindray, se necessário.

2-14
Noções sobre seu analisador

2.4 Interface do usuário

2.4.1 Da PA

Menu do sistema Botões do utilitário

Área do cliente Relógio do


Mensagem de erro
sistema

Menu do sistema
Árvore de menu do analisador

Nível 1 Nível 2 Nível 1 Nível 2

Contagem / Limpeza

Tabela / Manutenção
Serviço
CQ / Reagente

Calibração Manual Fluidos

Calibrador Status Estatísticas

2-15
Noções sobre seu analisador

Sangue fresco Temperatura e Pressão

Histórico Sensor da boia

Tela de toque Informação da versão

Data Configuração da função

Auxiliar Logout /

Reagente Desligar /

Configuração Manutenção

Carregador automático

Código de barras

Ganho

Botões de utilidade

Nome Ícone Função

Contagem Toque para entrar na tela "Contagem"

Tabela Toque para entrar na tela de revisão "Tabela"

CQ Toque para entrar na tela "CQ"

Reagente Toque para entrar na tela de configuração "Reagente"

Serviço Toque para entrar na tela "Serviço"

DILUENTE Quando o modo for OV-PD, toque em "Diluente" para


dispensar o diluente

Área do cliente
A área exibe o conteúdo de cada tela

2-16
Noções sobre seu analisador

Informações auxiliares
A área exibe informações auxiliares relacionadas à tela atual:

Ex.: Na tela "Contagem", ela exibe a identidade e o modo de análise da amostra seguinte; na
tela "Revisão de Gráfico", ela exibe a posição da amostra atual e o número total de amostras

Área de informações de erro


Quando ocorre erro, esta área exibe a mensagem de erro.

Relógio do sistema
Exibe o horário atual do sistema

2-17
Noções sobre seu analisador

2.4.2 Da UGD

Área do ícone de atalho

Nome Ícone Função


Logout Clique para fazer logout

Tela de impressão Clique para imprimir a tela atual


Ajuda Clique para acessar a tela de ajuda do software
Sobre Clique para verificar informações básicas do software

Área do menu
Hierarquia do menu

Nível 1 Nível 2 Nível 1 Nível 2

Relatório Lista de trabalho /


Resultados
Revisão Configuração Configuração geral

L-J Configuração de
CQ
parâmetros

2-18
Noções sobre seu analisador

X-B Configuração de acesso

Média de X Dicionário de dados

Média de X R Intervalo de referência

X-M Unidade do parâmetro

Estatísticas / Regras de reexame

Log / Exibição de tela

Ajuda Desligar/Sair

Área do botão de função


Exibe os botões de função da tela atual que estão disponíveis.

Área do cliente
A área exibe o conteúdo de cada tela.

Nome do usuário para login


A área exibe nome do usuário e autoridade de login do usuário atual.

Área dinâmica
Exibe informações, como mensagens de erro.

Ícones de status
Inclui os ícones de status da impressora e do instrumento, indicando se a impressora está
ociosa e se o instrumento está conectado ao PC.

2-19
Noções sobre seu analisador

2.5 Operação do software

2.5.1 Da UPA
Teclado virtual
Clique em qualquer caixa de texto para ativar o teclado virtual (teclado completo ou numérico,
dependendo do conteúdo a ser inserido no caixa de texto); consulte a figura a seguir. Clique

para fechar o teclado virtual.

2-20
Noções sobre seu analisador

Tabela

Você verá a tabela acima na tela "Revisão". Clique nos botões à direita e abaixo da tabela para ver

informações na tabela. Esses botões são: (página anterior), (página seguinte), (linha

de visualização), (linha seguinte), (página mais à esquerda), (página mais à direita),

(página esquerda), (página direita), (coluna esquerda), (coluna direita).

Além disso, você também pode ver informações na tabela ao apertar os botões ([ ], [!], ["],
[#], [PgUp], [PgDn]) no teclado virtual.

Caixa de texto de data


A figura seguinte é uma caixa de texto de data, você pode editar a data segundo o formato
predefinido na caixa de texto, com as faixas padrão permitidas sendo: Ano [0, 9999]; Mês [1, 12];
Data [1, 31].

Você pode mudar no cursor na caixa de texto ao apertar [Tab] e [Shift]+[Tab].

Caixa de texto de tempo


A figura seguinte é uma caixa de texto de tempo, e você pode editar na caixa de texto, com a
faixa válida sendo: [00:00, 23:59].

2-21
Noções sobre seu analisador

Caixa de marcação
Clique na caixa de marcação e um sinal " " aparecerá no quadro indicando que a opção está
selecionada.

Clique na opção novamente e o " " desaparecerá. Isso significa que a opção não está
selecionada, como mostrado abaixo.

2.5.2 Da UGD
Certifique-se de entender completamente o significado das seguintes operações ou interfaces
antes de começar a operar o software do PC.

Movimente o cursor
Movimente o cursor exibido na interface usando o mouse.

CLIQUE
Movimente o cursor até o conteúdo desejado, clique com o botão esquerdo do mouse e
depois solte.

OBSERVAÇÃO
Repita a operação se você não tiver selecionado o conteúdo; se necessário,
verifique a conexão do mouse. Se o problema persistir, entre em contato
com a Mindray ou com seu distribuidor local imediatamente.

Clique duplo
Movimente o cursor até o conteúdo desejado, clique duas vezes com o botão esquerdo do
mouse rapidamente e depois solte.

OBSERVAÇÃO
Repita a operação se falhou em escolher o conteúdo; verifique a conexão
do mouse, se necessário. Se o problema persistir, entre em contato com a
Mindray ou com seu distribuidor local imediatamente.

Clique com o botão direito


Movimente o cursor até o conteúdo desejado, clique com o botão direito, e depois solte.

2-22
Noções sobre seu analisador

OBSERVAÇÃO
Repita a operação se falhou em escolher o conteúdo; verifique a conexão
do mouse, se necessário. Se o problema persistir, entre em contato com a
Mindray ou com seu distribuidor local imediatamente.

ARRASTAR BARRA DE ROLAGEM


Em algumas telas, as informações não podem ser exibidas totalmente em uma página, então
aparecerá uma barra de rolagem (horizontal/vertical). Você pode rolar a barra das seguintes
maneiras para verificar o resto das informações. Uma barra de rolagem é exibida abaixo:

! Clique no "botão de seta" na barra de rolagem.

! Movimente o cursor na barra de deslizamento, clique com o botão esquerdo do mouse e


segure, e depois role a barra à vontade.

! Clique na área em branco na barra de rolagem.

Exibir informações indicativas


O software fornece as informações indicativas para o conteúdo exibido (ex., botões, títulos
etc.). Ele as exibirá automaticamente quando o cursor for movido sobre determinada área.

Tela de guia
A tela de guia exibe uma página das informações com diversas páginas. Por exemplo, clique
nas guias "Principal", "GB" e "GV" na tela "Revisão", você poderá entrar nas telas
correspondentes para visualizar as informações.

2-23
Noções sobre seu analisador

Botão
! Botões comuns
Após clicar o botão, determinada função será realizada. Por exemplo, o sistema imprimirá
após clicar no botão "imprimir", como mostrado abaixo.

! Botões de seta da caixa combo


Clique no botão; uma lista suspensa da caixa combo aparecerá como mostrado abaixo. As
opções serão exibidas na lista combo.

Oculte a lista suspensa clicando no botão de seta novamente:

! Botão de seta da caixa de texto de data


A caixa de texto de data abaixo é exibida:

Após clicar no botão de seta na caixa de texto de data, uma caixa de data aparecerá.

2-24
Noções sobre seu analisador

Selecione o ano: clique no ano exibido duas vezes e vários anos listados aparecerão para você
selecionar. Caso o ano desejado não seja exibido, clique na faixa de anos na parte superior para
acessar a lista de faixa de anos. Selecione a faixa de anos desejada e, depois, o ano.
Selecione o mês:
Operação 1: clique no botão de seta em ambos os lados da caixa de data para alterar ou
selecionar o mês desejado.
Operação 2: clique no mês exibido, depois clique o mês desejado na lista que apareceu, como
mostrado abaixo.

Selecione a data: clique na data desejada.


Quando a caixa de data for exibida, você poderá ocultá-la ao pressionar [Esc] no teclado.

! Botão de rádio
Clique no botão de escolha única; uma marca é exibida no círculo indicando que a opção está
selecionada. Por exemplo, clique em "Interface de rede" na figura abaixo para se comunicar
através da interface de rede.

OBSERVAÇÃO
É possível escolher apenas um botão de rádio para uma configuração.

! Botões de ajuste de ordem

2-25
Noções sobre seu analisador

Você pode ver os botões de ajuste de ordem em algumas telas com tabelas. Você pode
ajustar a ordem dos itens na tabela ao clicar o botão de ajuste de ordem. Esses botões são:

(para o topo), (mover para cima), (mover para baixo) e

(para o fim).

Caixa de marcação
Clique na caixa de marcação e um sinal " " aparecerá no quadro indicando que a opção está
selecionada.

Clique na opção novamente e o " " desaparecerá. Isso significa que a opção não está
selecionada, como mostrado abaixo.

OBSERVAÇÃO
É possível escolher mais de uma caixa de marcação ao mesmo tempo em
uma opção de configuração.

Caixa de texto
Clique na caixa de texto e você poderá iniciar a edição quando o cursor aparecer. Você pode
inserir os caracteres da localização do cursor; ele se moverá para a direita nesse momento. É
possível inserir o nome de um hospital na caixa de texto como se segue:

Você também pode continuar com as seguintes operações na caixa de texto:

! Movimente o cursor para a esquerda ou direita ao usar as teclas [!], ["] no teclado.

! Movimente o cursor para a esquerda do caractere inicial ou para a direita do caractere


final pressionando as teclas [Home] e [End] no teclado.

! Exclua o caractere à direita do cursor usando a tecla [Delete] no teclado.

! Exclua o caractere à esquerda do cursor usando a tecla [Backspace] no teclado.

! Alterne para a outra caixa de texto usando a tecla [Tab] no teclado.

2-26
Noções sobre seu analisador

OBSERVAÇÃO
As caixas de texto de diferentes usos exigem diferentes caracteres de entrada.

Você não precisa inserir separadores na caixa de data e na caixa de IP.

A barra de rolagem (horizontal/vertical) aparecerá se o conteúdo da caixa de


texto não puder ser exibido de uma só vez. Você pode rolar ou usar as
teclas [ ], [!] no teclado para ver completamente as informações.

Caixa combo
A caixa combo consiste em uma caixa de texto e um botão de seta, conforme mostrados
abaixo:

Consulte "Botão de seta da caixa combo" para obter detalhes sobre a seleção. Consulte
"Caixa de texto" para obter detalhes sobre edição, se for editável.

Caixa de texto de data


Mostra-se abaixo a caixa de texto de data:

Consulte "Botão de seta da caixa de texto de data" para obter detalhes para concluir a seleção
de data, ou "Caixa de texto" para obter detalhes para editar a data nas caixas de texto de data.

Formulário/Tabela
O formulário contém várias células e caixas de marcação (algumas vezes).
Clique em uma célula. Ela fica selecionada conforme mostrado abaixo:

2-27
Noções sobre seu analisador

Em seguida, você poderá continuar com as seguintes operações:

! Selecione a célula usando as teclas [#], [$], [!], ["] no teclado.

! Selecione a unidade de formulário inicial ou final da linha atual usando as teclas [Home],
[End] do teclado.

No caso de uma unidade de formulário editável, um cursor aparecerá se você clicar duas
vezes sobre ela. Você pode inserir os caracteres da localização do cursor; ele se moverá para
a direita nesse momento. Consulte a figura a seguir para a célula que está sob o status de
edição.

Você pode prosseguir com as seguintes operações na célula:

2-28
Noções sobre seu analisador

! Movimente o cursor para a esquerda ou direita usando as teclas [!], ["] do teclado.

! Movimente o cursor para a esquerda do caractere inicial ou para a direita do caractere


final pressionando as teclas [Home] e [End] no teclado.

! Exclua o caractere à direita do cursor usando a tecla [Delete] do teclado.

! Exclua o caractere à esquerda do cursor usando a tecla [Backspace] do teclado.

! Oculte o cursor e saia da edição usando a tecla [Enter] no teclado.

Em alguns formulários/tabelas, você pode realizar as seguintes operações:

! Ajustar a posição de uma coluna

Clique e segure o título da coluna e, em seguida, arraste a coluna horizontalmente para a


posição desejada.

! Ajustar a largura de uma coluna

Clique e segure a linha limítrofe entre duas colunas e, em seguida, arraste a linha para ajustar
a largura das colunas.

! Classificar

Clique no título de uma coluna. As linhas serão sequenciadas pela condição da coluna em
ordem crescente/decrescente; clique no título novamente para mudar para ordem
decrescente/crescente.

! Selecione mais de uma linha

Se você quiser selecionar algumas linhas contíguas:


1. Selecione a primeira linha.

2. Pressione e segure a tecla "Shift" e selecione a última linha. Serão selecionadas todas
as linhas entre a primeira e a última linhas.

Se você quiser selecionar algumas linhas não contíguas:


1. Selecione uma linha.

2. Pressione e segure a tecla "Ctrl"e selecione outra(s) linha(s).

Caixa de diálogo
Há muitos tipos de caixas de diálogo com variados botões funcionais que incluem caixa de
diálogo "OK", caixa de diálogo "OK/cancela", caixa de diálogo "Sim/Não", caixa de diálogo
"Sim/Não/Cancela" e outras caixas de diálogo de indicação especial.
Uma caixa de diálogo consiste em área do título, área de informações e botão (botões) de
função. Veja a seguinte caixa de diálogo "Sim/não/cancela" como exemplo:

2-29
Noções sobre seu analisador

! Após alterar as configurações, clique em "Sim" para fechar a caixa de diálogo e salvar a
alteração; ou clique em "Não" para fechar a caixa de diálogo sem salvar a alteração.

! Clique no botão à direita da área do título para fechar a caixa de diálogo sem

realizar nenhuma operação.

2-30
Noções sobre seu analisador

2.6 Ajuda

Clique no ícone para visualizar as informações de ajuda do software.

2-31
Noções sobre seu analisador

2.7 Reagentes, controles e calibradores


Como o analisador, os reagentes (diluente, enxágue, lises, solução de limpeza de sonda e de
E-Z), os controles e os calibradores são componentes de um sistema, e o desempenho dele
depende da integridade combinada de todos os componentes. Você só deve usar os
reagentes especificados pela Mindray (consulte Apêndice B Especificações), que são
formulados especificamente para o sistema fluídico de seu analisador para proporcionar um
desempenho ideal. Não use o analisador com reagentes de fornecedores diferentes. Caso
isso aconteça, o analisador pode não alcançar o desempenho especificado neste manual e
pode fornecer resultados pouco confiáveis. Todas as referências relacionadas a reagentes
neste manual referem-se aos reagentes formulados especialmente para este analisador.

Cada pacote de reagente deve ser examinado antes de ser usado. A integridade do produto
pode ser comprometida em pacotes danificados. Inspecione o pacote para verificar se há
sinais de vazamento ou umidade. Se houver sinais de vazamento ou manuseio impróprio, não
use o reagente.

OBSERVAÇÃO
Armazene e use os reagentes conforme explicado nas instruções para o
uso destas substâncias.
Ao trocar o diluente, o enxágue ou o lise, execute uma análise de fundo para
ver se os resultados satisfazem o requisito.
Preste atenção às datas de validade e dias de estabilidade do frasco aberto
de todos os reagentes. Certifique-se de não utilizar reagentes vencidos.
Após instalar um novo frasco de reagente, mantenha-o imóvel por um
tempo antes de usá-los.

2.7.1 Reagente

! DILUENTE M-68DS
O DILUENTE M-68DS se aplica ao Analisador Hematológico Automático BC-6800/BC-6600 da
Mindray. Ele participa da medição dos parâmetros relacionados a GV, PLT, GB, RET e GVN.

O DILUENTE M-68DS é uma solução de condução elétrica formulada para diluir amostras e
formar fluido de revestimento no processo de medição de células sanguíneas. Ele participa da
diferenciação celular, contagem e medição de Hb que são realizadas com o uso do método de
impedância, método colorimétrico e da tecnologia de análise de células SF Cube (análise 3D
usando informações do difusor de luz laser em dois ângulos e sinais fluorescentes).

2-32
Noções sobre seu analisador

! DILUENTE M-68DR
O DILUENTE M-68DR se aplica ao Analisador Hematológico Automático BC-6800/BC-6600
da Mindray. Ele participa da medição de parâmetros relacionados ao RET junto com o
CORANTE M-68FR.

O DILUENTE M-68DR foi formulado para fazer a lise de glóbulos vermelhos na medição de
células sanguíneas e facilitar o efeito de tingimento dos reticulócitos pelo CORANTE M-68FR.
Ele participa da medição de parâmetros relacionados ao RET, que é realizada com o uso da
tecnologia de análise de células SF Cube (análise 3D usando informações do difusor de luz
laser em dois ângulos e sinais fluorescentes).

! CORANTE M-68FR
O CORANTE M-68FR se aplica ao Analisador Hematológico Automático BC-6800/BC-6600
da Mindray. Ele participa da medição de parâmetros relacionados ao GVN junto com o
DILUENTE M-68DR.

O CORANTE M-68FR foi formulado para tingir reticulócitos com a ajuda do DILUENTE
M-68DR. Ele participa da medição de parâmetros relacionados ao RET, que é realizada com o
uso da tecnologia de análise de células SF Cube (análise 3D usando informações do difusor
de luz laser em dois ângulos e sinais fluorescentes).

! LISE M-68LD
O LISE M-68LD se aplica ao Analisador Hematológico Automático BC-6800/BC-6600 da
Mindray. Ele participa da diferenciação de GB no canal DIF junto com o CORANTE M-68FD.

O LISE M-68LD foi formulado para fazer a lise de glóbulos vermelhos e processar glóbulos
brancos na medição de células sanguíneas, amplificar as diferenças entre as subpopulações
de GB e facilitar o efeito de tingimento dos glóbulos brancos pelo CORANTE M-68FD. Ele
participa da medição de parâmetros relacionados ao GB, que é realizada com o uso da
tecnologia de análise de células SF Cube (análise 3D usando informações do difusor de luz
laser em dois ângulos e sinais fluorescentes).

! CORANTE M-68FD
O CORANTE M-68FD se aplica ao Analisador Hematológico Automático BC-6800/BC-6600
da Mindray. Ele participa da diferenciação de GB no canal DIF junto com o LISE M-68LD.

O CORANTE M-68FD foi formulado para tingir os glóbulos brancos com a ajuda do LISE
M-68LD. Ele participa da medição de parâmetros relacionados ao GB no canal DIF, que é
realizada com o uso da tecnologia de análise de células SF Cube (análise 3D usando
informações do difusor de luz laser em dois ângulos e sinais fluorescentes).

! LISE M-68LN
O LISE M-68LN se aplica ao Analisador Hematológico Automático BC-6800/BC-6600 da Mindray.

2-33
Noções sobre seu analisador

Ele participa da medição de parâmetros relacionados ao GVN junto com o CORANTE M-68FN.

O LISE M-68LN foi formulado para fazer a lise dos glóbulos vermelhos na medição das
células sanguíneas e facilitar o efeito de tingimento de GVNs pelo CORANTE M-68FN. Ele
participa da medição dos parâmetros relacionados aos GVN, realizada com o uso da
tecnologia de análise de células SF Cube (análise 3D usando informações do difusor de luz
laser em dois ângulos e sinais fluorescentes).

! CORANTE M-68FN
O CORANTE M-68FN se aplica ao Analisador Hematológico Automático BC-6800/BC-6600 da
Mindray. Ele participa da medição de parâmetros relacionados ao GVN junto com o LISE M-68FN.

O CORANTE M-68FN é formulado para corar os GVNs com a ajuda da LISE M-68LN. Ele
participa da medição de parâmetros relacionados ao GVN, que é realizada com o uso da
tecnologia de análise de células SF Cube (análise 3D usando informações do difusor de luz
laser em dois ângulos e sinais fluorescentes).

! LISE M-68LB
O LISE M-68LB se aplica ao Analisador Hematológico Automático BC-6800/BC-6600 da Mindray.
Ele participa da contagem e da medição de GB de parâmetros relacionados aos basófilos.

O LISE M-68LB foi formulado para a lise dos glóbulos vermelhos e processamento diferencial
dos glóbulos brancos na medição das células sanguíneas; ele amplifica as diferenças entre os
basófilos e outras subpopulações de GB. Ele participa da medição dos parâmetros
relacionados a basófilos, que é realizada com o uso da citometria de fluxo combinada com o
método de dispersão a laser.

! LISE M-68LH
A LISE M-68LH se aplica ao Analisador Hematológico Automático BC-6800/BC-6600 da
Mindray. Ele foi formulado para medir os parâmetros relacionados à hemoglobina.

O LISE M-68LH foi formulado para a lise dos glóbulos vermelhos, liberação de hemoglobina
nos glóbulos vermelhos e sua transformação em metemoglobina, que permite a medição dos
parâmetros relacionados à hemoglobina com o uso do método colorimétrico.

! LIMPADOR DE SONDA
O LIMPADOR DE SONDA se aplica ao Analisador Hematológico Automático
BC-6800/BC-6600 da Mindray. É usado para limpar o analisador regularmente.

O LIMPADOR DE SONDA é uma solução de limpeza que possui hipoclorito de sódio. Ele pode
limpar os canais fluídicos e a tubulação e se livrar da albumina sanguínea e do sedimento.

2-34
Noções sobre seu analisador

2.7.2 Controles e calibradores


Os controles e calibradores são usados para verificar a operação precisa e para calibrar o
analisador.

Os controles são produtos de sangue total preparados comercialmente e usados para verificar
se o analisador está funcionando de maneira adequada. Eles estão disponíveis em níveis
baixo, normal e alto. O uso diário de todos os níveis verifica a operação do analisador e
garante a obtenção de resultados confiáveis. Os calibradores são produtos de sangue total
comercialmente preparados e são usados para calibrar o analisador. Leia e siga as instruções
para usar os controles e calibradores.

Todas as referências relacionadas aos controles e aos calibradores neste manual fazem
referência aos controles e calibradores especialmente formulados para este analisador pela
Mindray. Deve-se comprar estes controles e calibradores da Mindray ou de distribuidores
autorizados pela Mindray.

2-35
3 Noções sobre os princípios do
sistema

3.1 Introdução
Os princípios utilizados por este analisador para medição são:

! método de impedância de fluxo de revestimento, disseminação por laser e


tecnologia de análise celular SF Cube (análise 3D utilizando informações da
disseminação da luz do laser em dois ângulos e sinais fluorescentes) para
diferenciação e contagem celular;

! o método colorimétrico para medição de Hb.

3-1
Noções sobre os princípios do sistema

3.2 Medição de GB

3.2.1 Tecnologia de Análise Celular SF CUBE


SF Cube é uma tecnologia inovadora para análise confiável de células sanguíneas, incluindo
diferencial de GB, reticulócitos e GVN com indicação eficiente. Após reação com reagentes
patenteados, as células sanguíneas alvejadas passam por análise 3D utilizando informações de
disseminação de luz de laser em dois ângulos e sinais fluorescentes. O gráfico de dispersão 3D
acumula potência para identificar e diferenciar melhor as populações de células sanguíneas,
especialmente para revelar população celular anormal não detectada por outras técnicas.

Citometria de fluxo de laser

No sangue periférico normal, os glóbulos brancos podem ser classificados em 5 categorias:


linfócitos, monócitos, neutrófilos, eosinófilos e basófilos. A análise de todos os tipos de
glóbulos brancos nos proporcionará muitas informações úteis para o diagnóstico clínico de
doenças. Sob a influência de certas doenças, o sangue periférico pode conter várias células
anormais além das cinco subpopulações de células normais, tais como linfócitos atípicos,
células imaturas etc. A maior parte dessas células anormais é de diferentes tipos de células
imaturas no processo de geração celular. Porém, o que elas têm em comum é a grande
quantidade de ácido nucleico (DNA e RNA), cujo conteúdo diminui à medida que as células
amadurecem. Portanto, células normais e imaturas podem ser diferenciadas por meio de
detecção do conteúdo de ácido nucleico em seu interior.
BC-6800 adota a tecnologia de análise celular SF Cube para reconhecer e detectar precisamente
as células imaturas no sangue, além de realizar a diferenciação em 5 partes de GB.

3-2
Noções sobre os princípios do sistema

Fluorescência Conteúdo de RNA/DNA

Divisor de feixe Disseminador lateral

Estrutura interna de uma célula


Feixe de laser

Disseminador de avanço

Tecnologia SF Cube

No canal DIF do analisador hematológico automático (BC-6800), adota-se a tecnologia de


coloração fluorescente após a amostra ser misturada com a lise de DIF. Os GVs são sofrem a
lise e isso faz com que as subpopulações de GBs fiquem diferentes em tamanho e
complexidade; as substâncias dos ácidos nucleicos nos GBs ficam marcadas pela nova
substância fluorescente assimétrica cianina. Devido ao conteúdo diferente de ácido nucleico
nas diferentes subpopulações, aos estágios de maturidade ou ao status anormal de
desenvolvimento de GBs, o volume de corante fluorescente colorindo as substâncias de ácido
nucleico pode ser diferente; a disseminação de luz de baixo ângulo reflete o tamanho celular,
a disseminação de luz de alto ângulo reflete a granularidade intracelular, e a intensidade do
sinal fluorescente reflete o grau em que a célula está colorida. Ao sentir a diferença em sinal
em três dimensões das células processadas com lise, o canal DIF diferencia as
subpopulações de GBs (linfócitos, monócitos, neutrófilos e eosinófilos), bem como identifica e
indica células anormais como granulócitos imaturos, linfócitos anormais e blastos.

Os linfócitos têm tamanho menor, com o núcleo ocupando sua maior parte. Linfócitos
possuem alta proporção de núcleo-citoplasma, mas seu conteúdo de ácido nucleico é baixo;
portanto, estão em posição mais baixa no sentido da fluorescência e da disseminação lateral.
Monócitos têm tamanho maior, com alta proporção de núcleo-citoplasma, alto conteúdo de
ácido nucleico e estrutura menos complexa; portanto, estão em posição mais alta no sentido
de fluorescência e apresentam disseminação lateral mais forte. Neutrófilos e basófilos têm
tamanho maior e possuem proporção média de núcleo-citoplasma e baixo conteúdo de ácido
nucleico; portanto, estão em posição mais baixa no sentido de fluorescência, mas apresentam
disseminação lateral mais forte. As características dos eosinófilos são semelhantes às dos
neutrófilos, mas contêm muitas partículas alcalinas, de forma que apresentam disseminação
lateral bastante forte. Blastos, linfócitos atípicos e granulócitos imaturos possuem alto
conteúdo de ácido nucleico, de forma que ficam em posição mais alta no sentido de
fluorescência no gráfico de dispersão.

3-3
Noções sobre os princípios do sistema

3.2.2 Derivação dos parâmetros relacionados ao GB

Com base na análise do gráfico de dispersão e na região Bas do canal BASO, o analisador
obtém a contagem de glóbulos brancos (GB) e o número de basófilos (Bas#). Depois,
calcula-se a porcentagem de basófilos (Bas%). Com base na análise do gráfico de dispersão
e nas regiões Linf, Neu, Mon e Eos do canal DIF, o analisador obtém a porcentagem de
linfócitos, neutrófilos, monócitos e eosinófilos (Linf%, Neu%, Mon% e Eos%). Depois,
calcula-se o número de linfócitos, neutrófilos, monócitos e eosinófilos (Linf#, Neu#, Mon# e
Eos#), com base nas porcentagens de subpopulação junto com a contagem de glóbulos
brancos obtida a partir do canal BASO. Os números de células são todos expressos em 109/L.

! Contagem de GB

! Número de basófilos

! Porcentagem de basófilos

Bas#
Bas% ! 100%
GB
! Porcentagem de linfócitos

! Porcentagem de neutrófilos

! Porcentagem de monócitos

! Porcentagem de eosinófilos

3-4
Noções sobre os princípios do sistema

! Número de linfócitos

Lym# ! GB Lym%

Número de neutrófilos
Neu # ! GB Neu %

Número de monócitos
Mon # ! GB Mon %

Número de eosinófilos
Eos# ! GB Eos%

3.2.3 Derivação dos parâmetros de GVN


Porcentagem de glóbulos vermelhos nucleados

Contagem de glóbulos vermelhos nucleados


GVN # ! GB GVN %

3-5
Noções sobre os princípios do sistema

3.3 Medição de Hb

3.3.1 Método colorimétrico

De acordo com o princípio de Lambert-Beer, quando um feixe de luz monocromática passa


através de uma solução absorvente de luz sem disseminação e bem proporcionada, a
absorbância A é proporcional ao produto da espessura L e da concentração C. A amostra no
canal Hb atua como substância absorvente de luz após ser tratada por reagente; portanto, é
possível medir a concentração de Hb por meio da medição da absorbância.

3.3.2 Hb
A Hb é calculada pela equação seguinte e é expressa em g/L.

' Corrente de luz nula $


Hb(g/l) ! Constante Ln % "
& Corrente de luz da amostra #

3-6
Noções sobre os princípios do sistema

3.4 Medição de GV/PLT

3.4.1 Método de impedância de fluido de revestimento

Fluxo de revestimento primário


Fluxo de revestimento secundário

Método de impedância de fluido de revestimento

Um sensor é projetado para permitir que GVs e PLTs passem através da abertura, um por um,
em uma fila sob o efeito "focalizador" do fluido, durante o processo pelo qual serão gerados
pulsos de acordo com o princípio de Coulter. O processador da parte traseira amplifica os
pulsos e os compara com os limites de tensão do canal GV/PLT e, depois, calcula-se o
número de pulsos no canal GV/PLT. Em outras palavras, os pulsos coletados são organizados
segundo os limites de tensão dos diferentes canais, com o número de pulsos que cai na faixa
do canal GV/PLT sendo o número de GV/PLT. O número de células em cada canal define a
distribuição de volume das células. O analisador apresenta o histograma GV/PLT, cuja
coordenada x representa o volume da célula (fL) e a coordenada y representa o número de
células.
Comparando com o método de impedância comum, o método de impedância de fluido de
revestimento é caracterizado por eficiência mais alta, melhor qualidade de sinal, resultados de
análise mais precisos e consumo mais baixo de reagentes.

3.4.2 Derivação dos parâmetros relacionados ao GV


GV
GV é o número de eritrócitos medidos diretamente por meio de contagem dos eritrócitos que
passam através da abertura, que é expressa em 1012/L.

GV ! n 1012 / L

VCM
Baseado no histograma de GV, esse analisador calcula o volume corpuscular médio (VCM) e
expressa o resultado em fL.

3-7
Noções sobre os princípios do sistema

Ht, HCM e CHCM


Este analisador calcula o Ht (%), o HCM (pg) e o CHCM (g/L) como segue:

GV VCM
Ht !
10

Hb
MCM !
GV

Hb
CHCM ! 100
Ht

O GV é expresso em 1012/L, o VCM em fL e a Hb em g/L.

ADGV-CV
Com base no histograma de GVs, este analisador calcula o ADGV-CV (amplitude de distribuição
de glóbulos vermelhos – coeficiente de variação). Ele é expresso na forma de porcentagem.

ADGV-DP
O ADGV-DP (amplitude de distribuição de glóbulos vermelhos – desvio padrão) é obtido por
meio do cálculo do desvio padrão da distribuição de GVs, que é expresso em fL.

3.4.3 Derivação dos parâmetros relacionados a reticulócitos

Porcentagem de reticulócitos:

Número de reticulócitos:

RET % GV
RET # !
100

Taxa de fluorescência baixa:

TFB ! 100䋭㪫㪝㪘 - TFM

Taxa de fluorescência média:

3-8
Noções sobre os princípios do sistema

Taxa de fluorescência alta:

Fração de reticulócitos imaturos:

FRI ! TFM ( TFA

3.4.4 Derivação dos parâmetros relacionados ao PLT

PLT
O PLT é medido diretamente por meio de contagem das plaquetas que passam através da
abertura, que é expressa em 109/ L.

PLT ! n 109 / L

VPM
Baseado no histograma de PLT, este analisador calcula o volume plaquetário médio (VPM, fL).

ADP
A amplitude da distribuição de plaquetas (ADP) é o padrão de desvio geométrico (DPG) da
distribuição dos tamanhos das plaquetas. Cada resultado de ADP provém dos dados do
histograma de plaquetas e é relatado como 10 (DPG).

PCT
Este analisador calcula o PCT como se segue e o expressa em %

PLT VPM
PCT !
10000

Em que o PLT é expresso em 109/L e VPM em fL.

P-PCG
A proporção de células grandes e plaquetas (P-PCG) é a proporção da contagem de
plaquetas grandes (volume maior do que 12fL) com a contagem total de PLT. Este analisador
calcula a P-PCG com base no histograma de PLT e expressa o resultado em %. Na figura
seguinte, S2 representa o número de células grandes de plaquetas, e S1+S2 representa a
contagem total de PLT.

3-9
Noções sobre os princípios do sistema

P-CCG
Este analisador calcula a contagem de células grandes de plaquetas (P-CCG) e expressa o
resultado em 109/L,

P - CCG ! PLT P - LCT

em que PLT é expresso em 109/L e P-LCT em %.

3-10
Noções sobre os princípios do sistema

3.5 Lavar
Após cada ciclo de análise, todos os elementos do analisador pelos quais a amostra passou
são lavados para garantir que não sobrem resíduo.

3-11
4 Instalação do analisador

4.1 Introdução

AVISO
! A instalação feita por técnicos não autorizados ou não treinados pela
Mindray pode causar lesões ou danos a seu analisador. Não instale seu
analisador sem a presença de um técnico autorizado pela Mindray.

! A instalação, teste, atualização e modificação do software associado com o


analisador só deverão se realizados por técnicos autorizados pela Mindray.

O analisador é verificado e embalado com cuidado antes de sair da fábrica. Inspecione a


embalagem cuidadosamente após a chegada. Caso encontre algum sinal de dano, entre em
contato com a Mindray ou com seu distribuidor local imediatamente.

4-1
Instalação do analisador

4.2 Requisitos de instalação


4.2.1 Requisitos de espaço
Enquanto estiver instalando o analisador, certifique-se de que haja espaço suficiente para as
operações de serviço e manutenção, bem como para que o analisador dissipe calor e que a
tubulação fluídica seja posicionada apropriadamente, sem saliência. Requisitos específicos
mostrados como a seguir:
altura apropriada para posicionar o analisador;
pelo menos 500 mm em cada lado do analisador;
pelo menos 600 mm acima do analisador;
pelo menos 150 mm em cada lado da unidade pneumática;
pelo menos 250 mm atrás do analisador e da unidade pneumática;
o recipiente de diluente deve ser posicionado dentro de 1,0 m acima ou abaixo do
analisador, enquanto que os recipientes de lise devem ser posicionados no mesmo nível
do o analisador ou dentro de 850 mm abaixo dele.

ATENÇÃO
! Quando instalar ou utilizar o analisador, certifique-se de que pelo menos os
dois apoios internos do carregador automático estejam sobre a mesa de
suporte do analisador.

600mm

m
0m
50
250
mm

m
0m
50

4-2
Instalação do analisador

4.2.2 Requisitos de energia

AVISO
! Certifique-se de que o analisador esteja aterrado adequadamente.

! Antes de ligar o analisador, certifique-se de que a voltagem de entrada


esteja de acordo com os requisitos.

ATENÇÃO
! Usar o painel de pinos pode causar interferência elétrica, e os resultados
das análises podem não ser confiáveis. Coloque o analisador próximo da
tomada elétrica para evitar o uso do painel de pinos.

! Use o fio elétrico original enviado com o analisador. Usar outro fio elétrico
pode danificar o analisador ou causar resultados de análise incertos.

Tensão Frequência Alimentação


Analisador c.a. 110V/115V ±10% 50/60Hz ±2Hz 500VA
c.a. 220V/230V ±10% 50/60Hz ±2Hz 500VA
Compressor c.a. 110V/115V ±10% 60Hz ±2Hz 600 VA

c.a. 220V/230V ±10% 50Hz ±2Hz 450VA


60Hz ±2Hz 300VA

4-3
Instalação do analisador

4.2.3 Ambiente geral

Ambiente de Ambiente de Ambiente de


trabalho armazenamento operação
Temperatura ambiente 15 °C-32 °C -10 °C-40 °C 5 °C-40 °C
Umidade relativa 30%-85% 10%-90% 10%-90%
Pressão atmosférica 70kPa-106kPa 50kPa-106kPa 70kPa-106kPa

O ambiente deve ser o mais isento possível de pó, vibrações mecânicas, ruídos altos,
poluição e interferência elétrica.

Recomenda-se avaliar o ambiente eletromagnético antes da operação do analisador.

Não utilizar este analisador próximo a fontes de forte radiação eletromagnética (ex.:
fontes de RF intencionalmente não-blindadas), pois podem interferir em sua operação
adequada.

Não coloque o analisador próximo a motores escovados, a luz fluorescente oscilante e a


contatos elétricos que são abertos e fechados regularmente.

Não coloque o analisador em contato direto com raios solares ou em frente a fontes de
calor ou correntes de ar.

O ambiente deve ser bem ventilado.

Não coloque o analisador em um declive.

4.2.4 Requisitos de fusíveis


Especificação de fusíveis da unidade pneumática: 250V T2,5A

AVISO
! Instale somente fusíveis especificados no analisador.

4.2.5 Transporte e instalação

AVISO
! A instalação feita por técnicos não autorizados ou não treinados pela
Mindray pode causar lesões ou danos a seu analisador. Não instale seu
analisador sem a presença de um técnico autorizado pela Mindray.
! A instalação, o teste, a atualização e a modificação do software associado ao
analisador só deverão se realizados por técnicos autorizados pela Mindray.

4-4
Instalação do analisador

ATENÇÃO
! Após instalar o carregador automático, não coloque muita pressão sobre
ele ou transporte o analisador segurando pelo carregador automático.

! A instalação de software não relacionado na UGD ou outros usos do


computador (ex., jogos, internet etc.) podem causar dano ao sistema e/ou
erro de dados. Portanto, certifique-se de que o computador seja usado
apenas para o sistema de análise.

Transporte e instalação deverão se realizados por técnicos autorizados pela Mindray. Não
transporte ou instale o analisados sem entrar em contato com a Mindray ou seu distribuidor
local.

4-5
Instalação do analisador

4.3 Como conectar o sistema do analisador


4.3.1 Unidade pneumática
Conecte a unidade pneumática ao analisador como mostra a figura a seguir. O operador deve
se certificar de que ambos estejam devidamente conectados.

Cabo de Controle

Pressão

Figura 4-1 Conexão da Unidade pneumática

4-6
Instalação do analisador

4.3.2 Reagentes

AVISO
! Certifique-se de eliminar reagentes, lixo, amostras, suprimentos etc., de
acordo com a regulamentação governamental.

! Os reagentes provocam irritações aos olhos, à pele e ao diafragma. Utilize


equipamentos de proteção individual (ex.: luvas, jaleco para laboratório etc.) e
siga os procedimentos de segurança do laboratório ao manuseá-los.

! Se os reagentes espirrarem acidentalmente na sua pele, lave o local com água


corrente e, se necessário, consulte um médico; se os reagentes espirrarem
acidentalmente nos olhos, lave-os com bastante água e consulte um médico.

ATENÇÃO
! Há duas maneiras de descartar os resíduos: descarte em um recipiente de
resíduos ou diretamente em um canal de descarte de resíduos.

! Se o resíduo for descartado diretamente em um canal de descarte de resíduos,


certifique-se de que a saída do encanamento de resíduos esteja posicionada
mais baixo que a saída de resíduos do analisador

Conecte os recipientes de reagente ao analisador como mostra a figura a seguir. Certifique-se


de manter todos os fios conectores isolados de qualquer fonte elétrica.

4-7
Instalação do analisador

Analisador

Resíduo

Figura 4-2 Como conectar os reagentes

4-8
Instalação do analisador

4.3.3 Equipamentos opcionais


Conecte o equipamento opcional ao analisador como mostrado na figura a seguir e
certifique-se de que esteja conectado apropriadamente.

Figura 4-3 Como conectar o equipamento opcional

4-9
5 Como personalizar o software do
analisador

5.1 Introdução
O BC-6800 é um instrumento de laboratório flexível que pode ser adaptado ao seu ambiente
de trabalho. Você pode usar o programa "Configuração" para personalizar as opções de
software apresentadas neste capítulo.
Para a segurança das configurações e dados, fornecem-se dois níveis de acesso ao operador
do analisador. O nível de acesso de administrador proporciona ao operador acesso a mais
funções ou configurações, algumas das quais podem ser configurada para ficarem acessíveis
a operadores.
Este capítulo introduz a como personalizar as configurações do analisador e o PC, como
algumas destas sendo realizadas apenas ocasionalmente.

5-1
Como personalizar o software do analisador

5.2 Configuração da UPA


5.2.1 Configuração de data ("Menu" > "Configuração" >

"Data")

Clique o botão de rádio correspondente para selecionar um formato de data.

5.2.2 Configuração auxiliar ("Menu" > "Configuração" >

"Auxiliar")

Mensagem de modo pré-diluído


No modo pré-diluído, quando você pressiona a tecla de aspiração na tela de análise de
amostra para iniciar a análise, aparecerá uma caixa de diálogo para lembrar-lhe de que o
modo atual de análise é pré-diluído.
Toque nesta opção para habilitar ou desabilitar a função.

Teclado virtual aberto


Toque na área de edição de cada tela e o teclado virtual lhe aparecerá para inserção de
informações.

5-2
Como personalizar o software do analisador

Toque nesta opção para habilitar ou desabilitar a função.


Sensor sanguíneo aberto
Toque nesta opção para ligar ou desligar o sensor sanguíneo.

Sensor de resíduos aberto


Toque nesta opção para ligar ou desligar o sensor de resíduos.

5.2.3 Configuração de reagente ("Menu" > "Configuração" >

"Reagente")

1. Toque em "Configuração";

2. Insira o código de barras por digitação ou leitura óptica, e aparecerão automaticamente


as informações de reagente;

3. Toque em "Aplicar";

4. Verifique a caixa "Substituir" do reagente;

5-3
Como personalizar o software do analisador

5. Toque no botão "Substituir" para substituir o reagente nos fluidos.

5.2.4 Configuração de Manutenção (Administrador) ("Menu" >

"Configuração" > "Manutenção")

Desligamento automático
Toque na caixa de texto na área de "Tela de espera" e insira o período de espera antes de
entrar no status de tela de espera.

Manutenção do limpador de sonda


Toque na primeira caixa de texto na área de "Manutenção de limpador de senda" para
inserir a hora para iniciar a manutenção de limpeza de sonda com base cronológica.
Toque na segunda caixa de texto na área de "Manutenção de limpador de sonda" para
inserir a hora dentro da faixa após a caixa de texto. Depois, quando o operador cancela a
manutenção de base cronológica, aparecerá uma caixa de diálogo de lembrete após os
minutos definidos.

OBSERVAÇÃO
! Certifique-se de que os números que você insere sejam válidos e estejam
no formato exigido.

5-4
Como personalizar o software do analisador

5.2.5 Configuração de carregador automático (Administrador)

("Menu" > "Configuração" > "Carregador automático")

Cond. p/ parar carreg. autom.


Toque na caixa de marcação na área de "Condição de parada de carregador automático"
para selecionar uma ou mais condição de parada do carregador automático:

Sem reagente

Recipiente de resíduos cheio

Erro de leitura de ID de amostra

Erro de leitura de Nº de rack de tubo

Consulta de modo de sangue/análise falhou


Toque em um botão de rádio na área de "Condição de parada de carregador automático" para
selecionar como lidar com a amostra quando a solicitação de seu modo de sangue/análise falhou:

Use o modo da amostra anterior

ou

Pule após X segundos (X podem ser configurados pelo operador)

Regra de incremento da ID de amostra


Toque no botão de rádio para selecionar a regra de incremento da ID de amostra quando

5-5
Como personalizar o software do analisador

houver espaço de tubo no rack de tubos:

aumenta

ou

não aumenta

Exibição do resumo após o carregamento automático


Toque na caixa de marcação na parte inferior para configurar para exibir ou não o resumo
após o carregamento automático terminar.

5.2.6 Configuração de código de barras (Administrador)

("Menu" > "Configuração" > "Código de barras")

Toque nas caixas de marcação para selecionar um ou mais sistemas de código, e selecione o
número de dígitos nas listas suspensas de "Dígitos" ou selecione "ilimitado" para número
ilimitado de dígitos.

No caso de alguns sistemas de código, há caixas de marcação de "bit de marcação" (para


códigos de barra com bit de marcação) e/ou "ASCII COMPLETO". Você pode selecionar
conforme o necessário, com base nos códigos de barra que estiver usando.

OBSERVAÇÃO
! O uso de um número "Ilimitado" de dígitos pode levar a uma taxa mais alta
de leitura incorreta.
! Quando se seleciona o número "Ilimitado" de dígitos, e o número de dígitos
do código de barras lido for de mais de 20, o código de barras será cortado
automaticamente sem nenhuma mensagem de alarme.

5-6
Como personalizar o software do analisador

5.2.7 Configuração de comunicação (Administrador) ("Menu"

> "Configuração" > "Comunicação")

Toque nas caixas de texto para inserir endereço de IP, máscara de sub-rede e gateway padrão.

5.2.8 Configuração de ganho (Administrador) ("Menu" >

"Configuração" > "Ganho")

5-7
Como personalizar o software do analisador

5.3 Configuração da UGD

A UGD proporciona as seguintes telas de configuração aos usuários:

! Configuração geral

! Configuração de parâmetros (Administrador)

! Configuração de acesso

! Dicionário de dados

! Faixa de referência (Administrador)

! Unidade de parâmetro (Administrador)

! Regras de reexame (Administrador)

! Exibição de tela

Clique em "Configurações" para ir à tela de configuração.

Em todas as telas de configuração, se você quiser salvar suas alterações, clique no botão
"Salvar" na área de botões ou clique em qualquer botão nessa área, e aparecerá uma caixa
de diálogo.

5-8
Como personalizar o software do analisador

Clique em "Sim" para salvar as alterações, feche a caixa de diálogo e vá à tela, se for
especificada.
Clique em "Não" para fechar a caixa de diálogo sem salvar as alterações, e vá à tela, se for
especificada.
Clique em "Cancelar" para voltar à tela anterior sem salvar as alterações.

5.3.1 Configuraçãogeral ("Configurações" > "Configuração

geral")
Você pode clicar nas seguintes guias para ir às telas de configuração correspondentes e
terminar as configurações desejadas.

Configurações auxiliares (“Configurações” > "Configuração Geral" >


"Auxiliar")
Você pode configurar os seguintes itens nesta tela:

ID amost

Outros

Configuração de cor

Configuração de verificação Delta

5-9
Como personalizar o software do analisador

ID amost

Configure como inserir a ID da próxima amostra


Clique na lista suspensa após "Entrada da ID da próxima amostra", e selecione uma das
duas formas de inserir a ID de amostra:
Incremento automático

Entr. manual

Configure o prefixo para IDs de amostra


Você pode usar esta função quando quiser identificar certo lote de amostras com um prefixo.
Digite um prefixo desejado na caixa de texto, e isso será aplicado a todas as IDs de amostra
após a alteração ter sido salva.

Configure a ID de amostra após a inicialização


Selecione "Reconfigurar ID da amostra após inicialização", e insira a ID desejada na caixa
de texto subsequente para definir a ID com que você quer iniciar toda vez após a inicialização
(padrão para "1");
ou

5-10
Como personalizar o software do analisador

Selecione "Aumentos de ID de amostra baseados na última ID antes do desligamento".

Outros

Área de caixas de marcação


Selecione uma ou mais caixas de marcação para habilitar a(s) função(ões); desmarque para
desabilitar.
Excluir automaticamente registros de amostras analisadas da lista de trabalho

Entrada automática de hora de retirada

Entrada automática de hora de pedido

Indicação de suspeita
Insira um caractere na caixa de texto para definir a indicação de suspeita (padrão para "R").

Indicação alta/baixa
Insira um caractere em cada caixa combo ou selecione a partir da lista suspensa para definir
as indicações altas e baixas (padrão: "H" para alta e "L" para baixa).

Configuração de cor

Cor de indicação alta/baixa


Você pode configurar a cor para a fonte ou fundo da indicação alta/baixa.
Clique no botão de rádio "Cor de texto" ou "Cor de fundo" para selecionar a cor e, depois,
clique no botão “Configurações” da indicação desejada para definir a cor. Você pode marcar a
visualização na caixa de "Exibir visualização".
Cor dos resultados impressos
Clique o botão “Configurações” para selecionar a cor de fundo dos resultados impressos.

5-11
Como personalizar o software do analisador

Você pode marcar a visualização na caixa "Exibir visualização".

Cor dos resultados validados


Clique no botão “Configurações” para selecionar a cor de fundo dos resultados validados.
Você pode marcar a visualização na caixa "Exibir visualização".

Configuração de verificação Delta

A verificação Delta (controle de desvio de resultados de pacientes) calcula o desvio de dois


grupos de resultados de análise de um paciente. Se o estado de um paciente for estável, o
valor de (delta) será pequeno. O relato dos valores de que excedem o limite pré-definido
pode ajudar a lembrar o médico de prestar atenção especial ao status do paciente.

1. Marque a caixa de marcação de "Iniciar Verificação Delta" para habilitar a função de


verificação Delta.

5-12
Como personalizar o software do analisador

2. Defina o número máximo de dias entre os dois resultados da verificação Delta na caixa
de "Máximo de dias entre dois resultados" (padrão para 7 dias).

3. Selecione os parâmetros que você quer inserir na verificação Delta na tabela de


"Critérios".

4. Se necessário, edite o "Limite de externos" do(s) parâmetro(s) selecionado(s), que


define o desvio máximo permitido para a verificação Delta.

Após você habilitar a função de verificação Delta e definir os critérios, se o desvio de qualquer
parâmetro selecionado exceder o limite definido, essa amostra será relatada como externo da
verificação Delta na guia "Comparar resultados" da tela de "Revisão".

Configurações de impressão (“Configurações” > "Configuração geral" >


"Impressão")
Você pode configurar os seguintes itens nesta tela:

Impressora

Configuração de modelo

Config. impr.

Relatório

Impressora

Clique na lista suspensa para selecionar a impressora padrão.

5-13
Como personalizar o software do analisador

Modelo

Escolha um tipo de relatório


Clique na lista suspensa para selecionar o tipo de relatório a partir das seguintes opções:

Relatório

Lista de trabalho

Gráfico de controle de qualidade L-J

Tabela de CQ L-J

Gráfico de CQ de parâmetros

Gráfico de CQ mensal

Gráfico de tendências

Resumo de resultados

Lista de resultados

Resumo geral

Resumo de amostras positivas

Resumo de carga de trabalho

Exame microscópico

Resumo anual

Resumo mensal

Relatório de desempenho

Calibração

Configure o modelo de impressão


Há uma tabela abaixo da caixa combo de "Tipo de relatório", mostrando todos os modelos
disponíveis, e será marcado o modelo padrão.
Para alterar o modelo padrão, selecione o modelo desejado na tabela e, depois, clique no

5-14
Como personalizar o software do analisador

botão "Configurar para modelo padrão" para confirmar sua seleção. Você também pode
clicar em "Visualização de modelo" para marcar a visualização do modelo.
Caso queira personalizar o modelo, clique em "Personalizar". Para uma instrução detalhada
sobre a personalização de modelo, ver 12 Personalizar o modelo de impressão.

Config. impr.

Especificar cópias
Você pode modificar o número de cópias (padrão para "1") ao clicar as setas para cima e para
baixo ou reinsira o número na caixa de texto.

Ajuste as margens
Os números nas quatro caixas no topo, fim, esquerda e direita definem as margens nas
bordas superior, inferior, esquerda e direita da página, respectivamente. Clique nas setas para
cima e para baixo para modificar as margens ou insira as margens nas caixas de texto.

5-15
Como personalizar o software do analisador

Relatório

Defina o título do relatório


Clique na caixa de texto de "Título" para modificar ou inserir o título do relatório.

Habilite/desabilite impressão automática


Clique no botão de rádio "Ligado" para habilitar a impressão automática quando os resultados
de amostra tiverem chegado à UGD; ou clique em "Desligado" para desabilitar a impressão
automática.

OBSERVAÇÃO
! Você não pode habilitar a impressão automática se a caixa de marcação de
"Imprimir após validação" estiver selecionada.

Área de caixas de marcação


Você pode clicar nas caixas de marcação das seguintes opções para habilitar as
configurações correspondentes:
Relatório de meia página (A5)

Imprimir sinalizações

Imprimir faixas de referência

Imprimir indicadores editados de resultados

Impressão de relatório microscópico

Imprimir automaticamente depois da validação

Imprimir indicadores suspeitos

5-16