Você está na página 1de 357

MAPData

www.mapdata.com.br
AutoCAD Plant 3D Página 1

CAPÍTULO 01 ................................................................................................................. 8
1 Modelando Estruturas ......................................................................................... 8
1.1 Modelando Estruturas – Introdução ......................................................................................9
1.1.1 Modelando Estruturas – Criar um GRID ........................................................................ 10
1.1.2 Editando um GRID existente .......................................................................................... 14
1.1.3 Adicionar Linhas ao GRID .............................................................................................. 15

1.2 Adicionar perfil (Member) .................................................................................................... 17


1.3 Configurar perfil (Member Settings) ................................................................................... 17
1.4 Visibilidade do Perfil ............................................................................................................ 21
1.4.1 Line Model ...................................................................................................................... 21
1.4.2 Symbol Model ................................................................................................................. 21
1.4.3 Outline Model.................................................................................................................. 21
1.4.4 Shape Model................................................................................................................... 21

1.5 Modificar Perfis de Estrutura .............................................................................................. 25


1.6 Ajustar e Cortar Perfil .......................................................................................................... 26
1.6.1 Estender Perfis (Lengthen Members)............................................................................. 26
1.6.2 Cortar Perfis (Cut back Members) .................................................................................. 27
1.6.3 Cortar Perfis (Miter cut Members) .................................................................................. 28
1.6.4 Cortar e Estender um Perfil (Trim and Extend Members) .............................................. 29
1.6.5 Cortar Arestas/Bordas dos Perfis (Cut Member edges) ................................................. 29
1.6.6 Restaurar Perfil (Restore Member) ................................................................................ 30
1.6.7 Usando Stretch do AutoCAD para modificar os perfis ................................................... 30

1.7 Grade de Proteção/Guarda Corpo (Railings) ..................................................................... 32


1.8 Configurar Grade de Proteção/Guarda-Corpo (Railing Settings) .................................... 32
1.9 Explodir Estrutura (Structure Explode) .............................................................................. 36
1.10 Modificando Grade de Proteção usando Grips ................................................................. 37
1.11 Criar Escadas (Ladders) ...................................................................................................... 40
1.12 Posicionando Escadas (Ladders) ....................................................................................... 43
1.13 Criando Escadas (Stairs) ..................................................................................................... 45
1.14 Chapas (Plates) ..................................................................................................................... 49
1.14.1 Type ................................................................................................................................ 49
1.14.2 Material Standard ........................................................................................................... 49
1.14.3 Tipo Grade (Grating Type) ............................................................................................. 50
1.14.4 Justificação (Justification) ............................................................................................... 51
1.14.5 Formato (Shape)............................................................................................................. 51

1.15 Modificando o tamanho do plate (grips) ............................................................................ 52


1.16 Sapata (Footing) ................................................................................................................... 54
CAPÍTULO 02 ............................................................................................................... 58
2 Criação de Equipamentos ................................................................................. 59
2.1 Criando um desenho de equipamentos ............................................................................. 60
2.2 Criando uma referência para seu Equipamento................................................................ 61
2.2.1 Attachment...................................................................................................................... 62
2.2.2 Overlay ........................................................................................................................... 62

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 2

2.2.3 Insertion Point, Scale factor and Rotation Angle ............................................................ 62


2.2.4 Path Type ....................................................................................................................... 63
2.2.5 Full Path .......................................................................................................................... 63
2.2.6 Relative Path .................................................................................................................. 63
2.2.7 No Path ........................................................................................................................... 63

2.3 Criando Equipamentos (Create).......................................................................................... 66


2.3.1 Criação de Equipamento – Reservatório ....................................................................... 67
2.3.2 Reservatórios Horizontais e Verticais............................................................................. 67
2.3.3 Top e Bottom .................................................................................................................. 74
2.3.4 Radial .............................................................................................................................. 74
2.3.5 Line ................................................................................................................................. 74

2.4 Modificando Equipamento (Modify Equipment) ................................................................ 76


2.5 Reservatórios Customizados .............................................................................................. 77
2.6 Equipamentos em combinação com sólidos AutoCAD ................................................... 83
2.7 Equipamentos – Criação de um Trocador de Calor .......................................................... 86
2.8 Equipamentos – Criação de Bombas ................................................................................. 96
2.9 Equipamentos – Criando Modelos Customizados .......................................................... 101
2.10 Save as Template ............................................................................................................... 107
2.10.1 Load Template .............................................................................................................. 108
2.10.2 More Templates ............................................................................................................ 108
2.10.3 Save current settings as template ................................................................................ 108

CAPÍTULO 03 ............................................................................................................. 125


3 Spec Editor ....................................................................................................... 126
3.1 Iniciando o Spec Editor ...................................................................................................... 127
3.2 Adicionando componentes na Spec................................................................................. 130
3.3 Vários Catalogs, uma Spec ............................................................................................... 132
3.4 Specs e Tool Palettes no AutoCAD Plant 3D ................................................................... 134
3.5 Derivações (Branches) ....................................................................................................... 138
3.6 O Editor de catálogos (Catalog Editor) ............................................................................ 141
CAPÍTULO 04 ............................................................................................................. 142
4 Tubulação 3D ................................................................................................... 143
4.1 Criação de um desenho de tubulação 3D ........................................................................ 144
4.2 Xref – Referência Externa .................................................................................................. 145
4.3 Roteando a tubulação através de um equipamento ....................................................... 147
4.3.1 Compass....................................................................................................................... 147

4.4 Opções adicionais de roteamento de tubulação............................................................. 151


4.4.1 Size e Specification (Tamanho e especificação).......................................................... 151
4.4.2 Cutbackelbow (cotovelo em ângulo) ............................................................................ 151
4.4.3 Rollelbow ...................................................................................................................... 152
4.4.4 Stub-in .......................................................................................................................... 152
4.4.5 Elevation e Offset ......................................................................................................... 153
4.4.6 Elevation snapping ....................................................................................................... 155

4.5 Roteando a tubulação manualmente ................................................................................ 156


4.5.1 Connected Parts ........................................................................................................... 157
Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br
AutoCAD Plant 3D Página 3

4.5.2 Line Number ................................................................................................................. 157

4.6 Ocultando e exibindo geometrias no modelo 3D ............................................................ 160


4.7 Roteando a tubulação usando o seu P&ID ...................................................................... 161
4.8 Criando uma derivação (Branch) ...................................................................................... 167
4.9 Colocando componentes manualmente .......................................................................... 168
4.10 Posicionamento preciso dos componentes .................................................................... 169
4.11 Grips e Icons ....................................................................................................................... 174
4.12 Partes Permanentes e Espaços Reservados................................................................... 175
4.13 Modificando as tubulações ............................................................................................... 182
4.13.1 Métodos de seleção ..................................................................................................... 182
4.13.2 Todas as Peças Conectadas (All Connected Parts) .................................................... 183
4.13.3 Seleciona o caminho entre duas partes selecionadas (Connected path between
selected parts) .............................................................................................................................. 183
4.13.4 Conecta a partir do número da linha (Connected Line Number) ................................. 183
4.13.5 Seleciona todas as linhas (Entire Line Number) .......................................................... 183
4.13.6 Seleção por número de Spool (Spool Number) ........................................................... 184
4.13.7 Ocultando e isolando componentes ............................................................................. 185
4.13.8 Travando e destravando componentes ........................................................................ 185

4.14 Mudando a especificação e o diâmetro (Spec and Size) ................................................ 187


4.14.1 Modificando o tamanho (Size) da válvula .................................................................... 191

4.15 Isolamento da tubulação ................................................................................................... 193


4.16 Componente multifuncional .............................................................................................. 195
4.17 Tubos Inclinados (Sloped Pipe) ........................................................................................ 196
4.18 Copiar ou estender componentes (Copy or Stretch) ...................................................... 199
4.18.1 Copy ............................................................................................................................. 199
4.18.2 Stretch .......................................................................................................................... 200

4.19 Alterando o Parafusos (bolt set) ....................................................................................... 202


4.20 Suportes de tubo (Pipe Supports) .................................................................................... 204
4.21 Colocando suportes de tubo utilizando o Tool Palette Pipe Supports Spec ............... 207
4.22 Convertendo um sólido do AutoCAD em um suporte de tubo (Convert Supports) .... 209
4.23 Anexando e desanexando sólidos (Attach Supports and Detach Supports) .............. 210
4.24 Validando o Projeto (Validate Project) ............................................................................. 212
4.25 Configuração para Validação (Validate Settings) ........................................................... 214
4.25.1 Tubulação 3D (3D Piping) ............................................................................................ 214
4.25.2 Checagem do Modelo 3D com Desenho P&ID (3D Model to P&ID Checks) .............. 215

CAPÍTULO 05 ............................................................................................................. 220


5 Criando desenhos Isométricos ...................................................................... 221
5.1 Configuração da interface do usuário .............................................................................. 222
5.1.1 Check ............................................................................................................................ 222
5.1.2 Final .............................................................................................................................. 223
5.1.3 Spool ............................................................................................................................. 223
5.1.4 Stress ............................................................................................................................ 223

5.2 Adicionando informações do Isométrico para o modelo 3D ......................................... 224


5.3 Iso Messages ...................................................................................................................... 225
5.4 Quick Iso X Production Iso ................................................................................................ 226

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 4

5.4.1 Quick Iso ....................................................................................................................... 226


5.4.2 Production Iso ............................................................................................................... 229

5.5 Informação no Iso ............................................................................................................... 232


5.6 PCF Export .......................................................................................................................... 235
5.7 PCF to Iso ............................................................................................................................ 236
CAPÍTULO 06 ............................................................................................................. 238
6 Configurações de Desenhos Isométricos (Isometric DWG Settings) ......... 239
6.1 Acessando o Isometric DWG Settings ............................................................................. 239
6.2 Configurações do Estilo de Isométrico (Iso Style Setup) .............................................. 240
6.2.1 Informações do Estilo de Isométricos (Iso Style Information) ...................................... 242
6.2.2 Spools ........................................................................................................................... 244
6.2.3 Caminhos dos estilos de isométricos (Iso Style Paths)................................................ 245

6.3 Configuração Padrão(Default Settings) ........................................................................... 246


6.4 Anotações (Annotations) ................................................................................................... 249
6.4.1 Anotações de Lista de Material (BOM annotations) ..................................................... 250
6.4.2 Anotações de válvulas (Valve annotations). ................................................................ 252
6.4.3 Anotações de Spool (Spool) ......................................................................................... 253
6.4.4 Anotações de pedaços soldas (Welds). ....................................................................... 254
6.4.5 Anotações de pedaços cortados (Cut pieces).............................................................. 256
6.4.6 Anotações de conexões e continuações (Connections and continuations). ................ 257
6.4.7 Data (Date) ................................................................................................................... 259

6.5 Dimensões (Dimensions) ................................................................................................... 262


6.5.1 Tipos de dimensões (Dimensions Types) ......................... Erro! Indicador não definido.
6.5.2 Opções gerais de dimensão (General dimension options) Erro! Indicador não definido.
6.5.3 Comportamento do dimensionamento da válvula (Valve Dimensioning Behavior) ... Erro!
Indicador não definido.

6.6 Inclinação e deslocamento da tubulação (Sloped and Offset Piping)Erro! Indicador não
definido.
6.6.1 Tubulação inclinada (Sloped piping) ............................................................................ 267
6.6.2 Opções de anotações (Offset piping annotation options) ............................................ 268
6.6.3 Offset Piping ................................................................................................................. 268

6.7 Title Block and Display ...................................................................................................... 270


6.7.1 Title block preview ........................................................................................................ 272
6.7.2 Display .......................................................................................................................... 272
6.7.3 Theme Criteria ................................................................... Erro! Indicador não definido.

6.8 Visualização ao vivo (Live Preview) ................................................................................. 274


6.8.1 Especifica o arquivo PCF para visualizar o estilo de isométrico (Specify a PCF file for
preview) 274

CAPÍTULO 07 ............................................................................................................. 275


7 Desenhos Ortográficos – Introdução............................................................. 276
7.1 Criando vistas ortográficas ............................................................................................... 277
7.1.1 Criando a Primeira Vista ............................................................................................... 278
7.1.2 Criando vistas detalhadas ............................................................................................ 287

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 5

7.1.3 Vistas de Seção ou Corte ............................................................................................. 288


7.1.4 Cortes em tubo (Pipe Gap Tool)................................................................................... 291
7.1.5 Validate Views. ............................................................................................................. 291
7.1.6 Update Views................................................................................................................ 292
7.1.7 Update Annotations. ..................................................................................................... 292

7.2 Adicionando Anotações .................................................................................................... 294


7.2.1 Ortho Annotate ............................................................................................................. 294
7.2.2 Adicionando Dimensões ............................................................................................... 296

CAPÍTULO 08 ............................................................................................................. 298


8 O Gerenciador de Dados (Data Manager) ...................................................... 299
8.1 Gerenciador de Dados (Data Manager) ............................................................................ 300
8.1.1 Dados do Projeto (Project Data)................................................................................... 301
8.1.2 Dados do Desenho (Drawing Data).............................................................................. 302

8.2 Zoom to................................................................................................................................ 303


8.3 Exibindo os dados através da selação do símbolo ........................................................ 304
8.4 Adicionando e Editando Dados ........................................................................................ 304
8.5 Exportando e importando dados do P&ID ....................................................................... 306
8.5.1 Export ........................................................................................................................... 306
8.5.2 Import............................................................................................................................ 309

8.6 Filtrando e Ordenando Dados ........................................................................................... 311


8.6.1 Visualizando Itens Selecionados .................................................................................. 311
8.6.2 Visualizando todos os itens não selecionados ............................................................. 311
8.6.3 Filtro por valores ........................................................................................................... 312
8.6.4 Removendo o Filtro ...................................................................................................... 313
8.6.5 Filtro no Tree View........................................................................................................ 313

8.7 Classificação de Dados ..................................................................................................... 315


8.8 Ocultando Colunas em Branco ......................................................................................... 317
8.9 Visualizar dados por Área ou Tipo de Objeto (To view data by area or object type) .. 317
CAPÍTULO 09 ............................................................................................................. 318
9 Report Creator ................................................................................................. 319
9.1 Acessando o Report Creator ............................................................................................. 320
9.2 Criador de relatório (Report Creator) ............................................................................... 321
9.2.1 Configuração de Relatório (Report Configuration) ....................................................... 322
9.2.2 Origem dos Dados (Data Source) ................................................................................ 323
9.2.3 Botões Preview e Print/Export ...................................................................................... 323

9.3 Criando uma nova configuração de relatório (New Report Configuration) ................. 324
9.4 Editando as configurações de relatório (New Report Configuration)........................... 325
9.4.1 Configuração de Relatório (Report Configuration) ....................................................... 325
9.4.2 Edit query...................................................................................................................... 326
9.4.3 Tipo de saída (Output Type)......................................................................................... 328
9.4.4 Objetivo (Target) ........................................................................................................... 329

9.5 Report Designer .................................................................................................................. 331


9.5.1 Criando um novo relatório (New Report) ...................................................................... 331
Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br
AutoCAD Plant 3D Página 6

9.5.2 Salvando o relatório (Save) .......................................................................................... 332


9.5.3 Caixa de ferramentas (Tool Box).................................................................................. 332
9.5.4 Editar (Edit) ................................................................................................................... 339
9.5.5 Fonte (Font) .................................................................................................................. 340
9.5.6 Barras de ferramentas de Layout (Layout toolbar)....................................................... 340

9.6 Report Explorer e Field List............................................................................................... 341


9.7 Ordenando o relatório ........................................................................................................ 342
9.8 Adicionando e modificando dados ................................................................................... 343
9.9 Pré-visualização da impressão (Print Preview) ............................................................... 344
9.10 Visualização em HTML (HTML View) ................................................................................ 345
9.11 Tutorial ................................................................................................................................. 346

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 7

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 8

CAPÍTULO 01

1 Modelando Estruturas

Neste capítulo iremos trabalhar com a capacidade de modelamento de estruturas do


AutoCAD Plant 3D. O modelamento de estruturas no AutoCAD Plant 3D não se destina à
produção profissional de modelos de estruturas e nem seus detalhamentos. A finalidade é a
configuração de um espaço que pode ser utilizado como referência para colocar o seu
equipamento e seu caminho de tubulação.
Nós sabemos que a cada projeto que você faz sempre existe algum tipo de estrutura, se
não para referência, então para que seja utilizado para verificar a forma apropriada para a
instalação da tubulação dentro ou ao redor da estrutura. AutoCAD Plant 3D é equipado com
um modelador de estruturas que permite que você execute apenas essas tarefas sem ter
que pensar sobre conexões parafusadas entre vigas, colunas e chapas. Modelos com nível
maior de detalhamento podem ser trazidos de outros softwares e carregados para o início
de um projeto, porém, os recursos de modelamento de estrutura do AutoCAD Plant 3D são
mais do que suficiente para maioria das empresas no início do projeto.
O modelamento de estrutura no AutoCAD Plant 3D não só permite colocar vigas e colunas,
mas é também equipado com a possibilidade de adicionar pisos, lajes, sapatas, escadas e
guarda corpo. Todos com um modelamento muito completo que permite você construir
facilmente uma estrutura geral para seu layout e para referência de seu equipamento e
tubulação.
Durante este capítulo trabalharemos com as funcionalidades citadas anteriormente para
aprendermos como é facíl configurar uma estrutura com o AutoCAD Plant 3D e comparar
com o restante do modelamento do projeto.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 9

1.1 Modelando Estruturas – Introdução


O modelamento de estruturas do AutoCAD Plant 3D oferece funcionalidades básicas para
criar uma estrutura e utiliza-lá em seu projeto como referência para colocar os
equipamentos e fazer o roteamento de sua tubulação. As ferramentas do módulo de
estrutura permite que você crie um GRID e configure uma estrutura muito facilmente;
também simples linhas do AutoCAD (2D e 3D) pode ser utilizadas para criar a estrutura que
você precisa.
O GRID criado não é somente utilizado para criar vigas e colunas, mas também para criar
pisos, lajes, sapatas, escadas e guarda corpo. O módulo também possui várias
funcionalidades para acabamento, como cortar e estender a estrutura de forma que a
mesma seja precisa para ser usada em seu projeto. Quando em uma fase posterior e mais
informações de sua estrutura estiverem disponíveis, você poderá substituir a estrutura
criada no AutoCAD Plant 3D com uma estrutura mais detalhada para seu projeto.
A maneira natural de trabalho no AutoCAD Plant 3D é relativamente simples com o módulo
de estrutura. Primeiro você cria um GRID com as dimensões principais necessárias. Quando
o GRID é criado você pode adicionar detalhes usando linhas do AutoCAD. Com o GRID
pronto, você seleciona a ferramenta Member e escolhe o tipo de perfil que gostaria de usar
para criar ao longo do GRID.
Agora que as vigas ou colunas estão criadas você pode detalhar as mesmas utilizando
ferramentas para acabamento, como alongar ou cortar. Para completar o módulo você pode
adicionar pisos, guarda corpo, escadas e sapatas.
Neste capítulo iremos trabalhar com uma estrutura conforme a figura abaixo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 10

1.1.1 Modelando Estruturas – Criar um GRID

Antes de começar a criar um GRID precisamos primeiro criar um desenho novo


em nosso projeto. Para criar um desenho novo clique com o botão direito em
cima da pasta desejada no gerenciador de projeto. Caso o gerenciador de
projeto não esteja visível, clique no botão Project Manager localizado na
RIBBON HOME ou digite na linha de comando “projectmanager”.
Ao clicar com o botão direito em cima da pasta desejada no gerenciador de projetos uma
caixa de diálogo será apresentada com várias opções. Uma delas é a opção “New
Drawing...” utilizada para criar um desenho novo em nosso projeto. Para utilizar as
funcionalidades do AutoCAD Plant 3D nos desenhos, estes devem fazer parte do projeto
corrente.

Uma caixa de diálogo será apresentada para definir algumas informações referentes ao
desenho como por exemplo um Título ou o local onde o desenho será salvo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 11

Agora que criamos um desenho é possível ativar o comando GRID. O comando GRID pode
ser encontrado na Ribbon Structure, quando ativamos o comando é apresentada uma caixa
de diálogo que orienta o usuário a configurar um GRID nas direções X, Y e Z.

Este GRID nada mais é que uma coleção de linhas que serão utilizadas como referência para
utilizar as outras funcionalidades do Plant 3D.

Se múltiplas estruturas tem de ser criadas no projeto é uma boa idéia identificar o GRID
com um nome fácil de reconhecer. Este nome será apresentado na caixa de diálogo nas
propriedades.
Para inserir o GRID primeiramente iremos determinar na caixa de diálogo, os valores que
determinarão o seu tamanho. Como pode ser visto na caixa de diálogo temos três campos
que determinam os valores atuais, sendo valores do eixo (Axis), valores de Linhas (Row) e
valores de plataforma (Plataform). Estes valores são utilizados para configurar
respectivamente as direções X, Y e Z de seu GRID.

Como você pode ver os três campos contém múltiplos valores que são inseridos separados
por uma vírgula. Isto acontece para que seja possível a criação de um GRID com mais de
um eixo, uma linha ou uma plataforma. Neste exemplo as linhas do GRID serão
apresentadas na direção X em 0, 3000, 7000 e 10000 mm.
O valor da linha funciona de forma semelhante, mas agora na direção Y, neste exemplo as
linhas serão apresentadas em 0, 3000 e 8000 mm. Agora que você criou um GRID de um
plano em X e Y, precisamos determinar elevações para o plano criado. Os valores de
Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br
AutoCAD Plant 3D Página 12

elevação da plataforma criada anteriormente serão determinados na direção Z para


completar o GRID.
Com os valores adicionados o GRID será criado com as dimensões 10000, 8000 e 7000 de
altura. Isso pode ser suficiente para um caso onde você conheça todas as dimensões
necessárias, porém pode ser necessário conectar o GRID a uma estrutura existente ou a
uma parte do equipamento. Para casos assim, os valores necessários podem não ser
conhecidos ou não disponíveis. Logo, ao invés de digitá-los, você pode introduzir pontos no
ambiente 3D.

Para isso você precisa somente selecionar a seta ao lado de um dos campos e definir os
pontos necessários e voltar à caixa de diálogo.
O AutoCAD Plant 3D permite que você selecione um ponto inicial e um segundo ponto. Estes
dois pontos são os primeiros valores que serão copiados para a caixa de diálogo do GRID. O
segundo ponto que você selecionou é exatamente o primeiro valor para a próxima entrada,
assim o AutoCAD Plant 3D espera que você determine o terceiro ponto. Este terceiro ponto
será o ponto inicial para o próximo ponto e assim por diante. Todos os pontos selecionados
resultarão em uma lista de valores, por exemplo:

Ao entrar com os valores pela seleção de pontos no desenho é muito importante que você
lembre da direção que você está selecionando, para que os valores em X sejam valores do
eixo, os valores em Y para linhas e os valores em Z para plataforma.
O próximo passo é definir o tamanho e a direção que será visível no GRID, AutoCAD Plant
3D permite que você faça isso inserindo os textos ou números nos campos.

Não é necessário digitar todos os nomes, apertando o botão da seta o AutoCAD Plant 3D
contará o número de valores que foi adicionado e automaticamente irá preencher os
campos.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 13

Se você utilizar as opções do AutoCAD Plant 3D para determinar quantos valores formam o
eixo do GRID, serão apresentados os seguintes nomes A, B, C, D, etc. Os nomes das linhas
receberão os números 1, 2, 3, etc. E a plataforma receberá os valores atuais que formaram
o GRID. Com os valores da plataforma definido com valores positivos ou negativos
automaticamente acrescentará os nomes, o AutoCAD Plant 3D entende direções positivas e
negativas no GRID.
Esses nomes serão apresentados no desenho para que qualquer um possa ver
instantaneamente a que altura o eixo, linhas e plataforma estão. Para certificar que os
nomes podem ser lidos você deve definir o tamanho da fonte no campo “font size”
localizado na caixa de diálogo Create GRID.

A última opção que pode ser definida pelo usuário é o sistema de coordenadas utilizado pelo
GRID. O AutoCAD Plant 3D pode usar três opções que são apresentadas no canto direito
superior da caixa de diálogo. O Sistema de coordenadas global (WCS), o sistema de
coordenadas do usuário (UCS) e a possibilidade de você mesmo determinar o sistema de
coordenadas onde deve orientar os três pontos (sendo um em cada direção X, Y, Z).
Dependendo de sua escolha o GRID orientará o eixo na direção X, a linha em direção Y e a
plataforma em direção Z. Uma boa maneira de iniciar e retornar aos dados X, Y e Z é
utilizando a opção WCS, isto sempre existirá e te fornece uma boa referência do seu
ambiente 3D.

Quando definir todas as configurações e escolher em que sistema de coordenadas deverá


ser colocado, você pode aceitar e inserir seu GRID. O resultado final será a construção de
um GRID no sistema de coordenadas escolhido e as direções serão apresentadas utilizando
os nomes que você digitou.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 14

Para fazer o GRID padrão se destacar em seu ambiente você poderá colocá-lo em layer
próprio, com uma cor clara. O beneficio de colocar o GRID em seu próprio layer é também
que se necessário você pode desligar a visibilidade do layer, ou seja, do GRID.

1.1.2 Editando um GRID existente

Depois de criada e inserida, a estrutura do GRID pode sofrer modificações.


Com o comando “Structure Edit” você pode selecionar a estrutura que precisa
ser alterada e será apresentada a caixa de diálogo Edit GRID que trará todas
as informações referentes ao GRID. Ao confirmar as modificações o AutoCAD
Plant 3D atualizará as informações do GRID instantaneamente.
O que você deve ter em mente é que colunas, vigas, pisos, lajes, sapatas,
escadas e guarda corpo não são ligados ao GRID. O GRID é somente utilizado como
referência para colocar os perfis (Members) na estrutura. Quando a estrutura GRID é
modificada você deve atualizar as colunas da estrutura manualmente para voltar a alinhá-
los ao GRID.
Outra forma de editar o GRID é clicando com o botão direito do mouse e selecionar a opção
“Edit Structure...” em seguida a caixa de diálogo Edit GRID será apresentada.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 15

1.1.3 Adicionar Linhas ao GRID

Quando o GRID é inserido, ele é colocado como um objeto e sempre em direções X, Y e Z.


Isto não pode ser alterado, mas você pode adicionar segmentos de linha para o GRID
utilizando o comando “Line”. Estas linhas comuns do AutoCAD podem também ser utilizadas
para adicionar perfis (Members) e criar linhas complementares representando os reforços
estruturais desta montagem mecânica.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 16

Exercício – 1
Neste exercício você criará um GRID com as dimensões apresentadas abaixo. Quando o
GRID é criado você terá que adicionar algumas linhas extras para completar o GRID, essas
linhas podem ser facilmente colocadas utilizando o “Object Snaps” no AutoCAD.

Depois de ter criado o GRID salve seu desenho, este GRID será utilizado em todos os outros
exercícios estruturais.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 17

1.2 Adicionar perfil (Member)


Agora que você tem uma estrutura GRID criada é hora de adicionar perfis
“Members” para o GRID. AdicionaR um perfil (Member) não é difícil, ao iniciar
o comando “Member” do AutoCAD Plant 3D você deve selecionar os pontos no
GRID ou linhas. O comprimento do perfil Member é igual o comprimento da
linha do GRID, caso necessário modificar o perfil Member após a construção,
será de uma forma diferente que discutiremos mais adiante neste capítulo.

Portanto, antes de colocar o perfil no GRID você deve configurar o perfil que será
adicionado através do comando “Member Settings”.

1.3 Configurar perfil (Member Settings)


Você pode acessar as configurações do perfil (Member) selecionando a
ferramenta Settings, onde apresentará os tipos de configurações
disponíveis. Uma outra maneira de configurar o perfil é clicando com o
botão direito do mouse na tela depois de ter o comando Member ativo
e será apresentado um menu onde é possível acessar a opção
Settings. No nosso caso, se você selecionar a opção Settings no menu
apresentado ou se você selecionar o botão Settings você terá a
mesma caixa de diálogo que lhe permite fazer as configurações
necessárias para os perfis (Members).

A caixa de diálogo que será apresentada quando você ativar o comando Settings, permite
que você configure o perfil (Member) que será utilizado, mas também como o perfil
(Member) irá ser orientado quando colocado.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 18

Para determinar o formato do perfil que será utilizado você precisa clicar no botão Shape
standard, este botão apresenta os padrões de perfis que você pode utilizar com o
modelamento de estruturas do AutoCAD Plant 3D.

De acordo com o padrão escolhido será apresentada uma lista de Tipos e de Tamanhos dos
perfis possíveis. O comando é também equipado com a possibilidade de busca dentro das
listas que são apresentadas pelo padrão.

Para usar a função de busca você somente precisa entrar com os valores do tipo ou do
tamanho que você está procurando. No nosso exemplo nós selecionaremos o perfil
quadrado Square e buscaremos no campo “Shape size” o tamanho do perfil com um valor
de 100. Automaticamente todos os perfis quadrados que contém o valor 100 em alguma
dimensão serão apresentados, desta forma é relativamente fácil para buscar o perfil e o
tamanho que você requer.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 19

As configurações que você acabou de fazer são apenas para determinar o padrão e o
tamanho do perfil, mas não diz nada sobre o material que o perfil (Member) deve ser feito.
Para definir um material específico você primeiramente aciona o Material standard e a partir
desse padrão você pode selecionar o código do material no campo Material code. Esta
informação estará disponível mais tarde no projeto quando utilizarmos a ferramenta “Data
manager” (gerenciador de dados). O “Material standard” e “Material code” podem ser
modificados mais tarde utilizando o gerenciador de dados.

Agora que as configurações básicas para o perfil foram definidas você também poderá
alinhar o perfil de certa forma nas linhas do GRID. No campo direito da caixa de diálogo
você poderá ver um Preview do perfil com os nós, sendo apresentados os nós nas laterais,
nos cantos e no meio. Esses nós são usados para alinhar seu perfil ao longo da linha do
GRID, por isso, se você gostaria de alinhar o perfil com base na linha do GRID só é
necessário selecionar um nó do perfil apresentado.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 20

Quando você estiver selecionado um ponto de alinhamento os valores de deslocamento


abaixo são atualizados automaticamente. Esses valores de deslocamento podem também
ser alterados pelo usuário para que o ponto de alinhamento seja diferente dos existentes,
como por exemplo +25 no eixo “X” e -45 no eixo “Y”.
Nota: O software utiliza sistema de coordenada absoluta para esta ferrramenta.

Se algum perfil deve ser rotacionado então as opções mencionadas anteriormente não são
suficientes para que ocorra corretamente, mas no campo “Angle” você tem a opção de
rotacionar o perfil em até 360° graus. Também se precisar inverter a orientação você
simplesmente tem que habilitar a opção “Flip about Y axis”, do mesmo modo também se for
necessário alinhar o eixo Y do perfil com a direção Z do sistema de coordenadas do usuário
basta habilitar a opção “Align Y axis with Z UCS”.

Agora que todas as configurações foram feitas você está pronto para alinhar os perfis com o
GRID que criamos anteriormente. Lembrando que você pode fazer essas configurações para
Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br
AutoCAD Plant 3D Página 21

todos os perfis de uma vez, mas também um perfil de cada vez se for necessário. Posicionar
um perfil é, como dissemos anteriormente, muito simples. Você somente precisa escolher
pontos no GRID (preferencialmente utilizando Object Snap) e o perfil será colocado.
Se você descobrir durante a inserção que a orientação não está correta não se preocupe é
possível alterar o ponto de inserção depois. Porém, alterar perfis é algo que iremos ver mais
adiante neste capítulo.

1.4 Visibilidade do Perfil


Para manter os perfis inseridos nos locais corretos o AutoCAD Plant 3D
traz a opção de mostrar apenas uma prévia do perfil, desta forma você
tem certeza que os pontos estão alinhados e feitos.
Quando um ou mais perfis estão inseridos você pode modificar o
esboço dos mesmos utilizando a opção de visibilidade. O Shape model
é um dos quatro tipos de configurações que você pode utilizar a
qualquer momento no seu projeto.

1.4.1 Line Model

Somente um “Preview” do perfil que será apresentado entre as linhas selecionadas do


GRID.

1.4.2 Symbol Model

Os perfis serão apresentados como apenas o contorno do modelo.

1.4.3 Outline Model

Perfis serão apresentados com sua forma real, mas sem curvas ou raios.

1.4.4 Shape Model

Todos os perfis serão apresentados em alta resolução, incluindo curvas e raios.

Line Model Symbol Model Outline Model Shape Model

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 22

Exercício – 2
Neste exercício iremos adicionar vários perfis ao GRID que criamos no exercício anterior.
Criaremos perfis com as seguintes configurações:
- Shape standard: DIN
- Shape type: Square shapes
- Shape size: 60x60x5
- Material standard: DIN 17120
- Material code: St 37-2
- Orientation: Center

Quando as configurações estiverem feitas adicione as colunas no GRID como na figura


abaixo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 23

Agora que as colunas já foram colocadas iremos adicionar algumas vigas e utilizaremos
perfis iguais, mas com orientação modificada para o TOP.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 24

A última etapa neste exercício adicionará perfis do tipo:


- Shape standard: DIN
- Shape type: Flat Shapes
- Shape size: 20x5
- Material standard: DIN 17120
- Material code: St 37-2
- Orientation: Center

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 25

Estes perfis colocaremos ao longo das linhas do AutoCAD que foram adicionadas para
resistir às forças da natureza, tais como a eólica. Ao colocar verifique se a configuração do
esboço está definida como “Line Model” e que a ferramenta “Object Snap” está habilitada.

1.5 Modificar Perfis de Estrutura


Como você percebeu no exercício anterior nós realmente não tomamos
muito cuidado com o alinhamento dos perfis. Somente definimos o
alinhamento grosseiramente colocando os perfis rapidamente e
facilmente. Contudo durante o desenvolvimento você pode controlar mais
como esses perfis ficaram alinhados e provavelmente querer modificar o
alinhamento mais tarde.
Quando utilizamos o comando Structure Edit você não somente pode modificar o GRID
quando é colocado, mas também o mesmo para os perfis que já foram colocados. Depois de
ativar o comando Structure Edit o AutoCAD Plant 3D perguntará ao usuário qual objeto o
mesmo deseja modificar.

Se você selecionar um perfil (viga, coluna ou qualquer outro tipo de perfil) apresentará uma
caixa de diálogo Edit Member com as configurações do perfil selecionado. Todas as
configurações podem ser modificadas e atualizadas quando a caixa de diálogo é finalizada.
Assim, com essas funcionalidades você pode facilmente modificar o padrão, tipo, o
espaçamento e o alinhamento da estrutura selecionada.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 26

1.6 Ajustar e Cortar Perfil


Quando os perfis estiverem inseridos e as conexões entre os perfis não estão definidos, isto
significa que os perfis atravessam uns aos outros sem ter ajustes padrões de cantos e
extremidades. Para ajustar e cortar os perfis de forma que a conexão seja mais realista, o
AutoCAD Plant 3D é equipado com ferramentas de cortes localizado no campo “Cutting”.
Neste campo vários comandos para ajustes de perfis são apresentados como cortar ou
estender perfis para criar estruturas mais realistas. No próximo parágrafo teremos um
detalhamento dos comandos, dizendo como aplicar a ferramenta, como é a forma de
trabalho e outros detalhes.

1.6.1 Estender Perfis (Lengthen Members)

As opções do comando “Lengthen Member” permite os usuários a selecionar um perfil e


modificar o comprimento, isto pode ser feito em duas formas chamado “Total” e “Delta”.
Quando o comando “Lengthen Member” é iniciado devemos informar primeiro qual é a
forma de alongamento que faremos antes de qualquer outra coisa.
A opção Total permite ao usuário especificar o novo valor total do comprimento do perfil e
em seguida espera que o usuário selecione o perfil que deve ser modificado. Depois de
inserir o valor desejado e selecionar o perfil desejado, o AutoCAD Plant 3D altera o
comprimento do perfil para o novo comprimento total que foi definido.
Você pode continuar selecionando outros perfis que também serão modificados com o valor
que foi digitado. Quando você adicionar um valor que é menor que o comprimento original
uma estrutura será encurtada para este valor. O lado é decidido de acordo com o clique que
foi dado no perfil; o lado que está mais próximo da seleção será modificado.
A opção Delta funciona de maneira diferente, esta opção permite que o usuário digite um
valor que será adicionado ou subtraído de uma estrutura existente. A viga não será
reduzida mais do que o possível, mas enquanto houver material suficiente para utilizar a
opção Delta esta continuará adicionando ou subtraindo material. Para alongar um perfil
você deve adicionar um valor positivo, para diminuir deve definir um valor negativo.
Novamente, semelhante a opção Total, o comprimento que será adicionado ou subtraído é
feito no lado mais próximo da seleção.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 27

1.6.2 Cortar Perfis (Cut back Members)

Esta ferramenta é utilizada para cortar perfis de forma a permitir que os perfis se conectem
um ao outro. A opção “Cut back Member” sempre utiliza um perfil como limite para ajustar
o segundo perfil selecionado. Isto significa que esta ferramenta pode também ser utilizada
para aumentar um perfil para que o mesmo atinja um tamanho que “toque” no perfil limite.

A imagem apresentada é um exemplo de uso básico da ferramenta de corte, mas você


também é capaz de cortar um perfil de forma a usar um GAP que não pode ser preenchida.

A última opção é que você corta um perfil e cria um canto onde os perfis se conectam. Essa
opção é muito interessante para construção de cantos.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 28

1.6.3 Cortar Perfis (Miter cut Members)

O comando “Miter cut Members” é usado para criar conexões de perfis em ângulo. Para
fazer uma destas conexões com 45º tudo que é necessário é que você selecione os dois
perfis que devem ser unidos.

Esta ferramenta se torna um pouco diferente quando você deseja conectar dois perfis que
não são do mesmo tamanho, nesse caso você precisa alinhar as bordas de ambos os perfis
para que depois de selecionar os perfis o ângulo seja determinado corretamente pelo
AutoCAD Plant 3D. Para usar esta opção, você precisa ativar a ferramenta “Miter cut
Members” e em seguida modifique a opção da ferramenta para “Align Edges” digitando A na
barra de comando.

Uma outra opção que a ferramenta Miter cut Members permite é que você crie um corte
com um espaçamento de modo que chapas de montagem pode ser usado ou para dar uma
folga para a soldagem. Novamente, se você precisa usar uma dessas opções você precisa
primeiro definir a opção gap digitando g na barra de comandos.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 29

1.6.4 Cortar e Estender um Perfil (Trim and Extend Members)

Em alguns casos você pode querer cortar ou estender um perfil em um plano específico.
Quando o comando cortar ou estender for habilitado uma caixa de diálogo é apresentada
permitindo a você escolher o plano que você usará para modificar o perfil.

Como você pode ver na caixa de diálogo são apresentadas várias opções para determinar o
plano, os planos que podem ser usados podem ser orientados para a WCS, UCS e UCS
salvos, mas também podem ser usados pela criação de uma orientação usando as opções
de dois ou três pontos. Com a opção 2 pontos, você definirá as coordenadas X e Y, já a
opção de três pontos permitirá que você selecione a coordenada em Z além das
coordenadas X e Y.
O ícone UCS no campo inferior esquerdo da tela é um bom indicador da forma que está
definido as coordenadas. Como você pode ver, cada coordenada tem sua própria cor, X
vermelho, Y verde e Z azul.

1.6.5 Cortar Arestas/Bordas dos Perfis (Cut Member edges)

Entre todas as formas de trabalho que já vimos, o uso desta ferramenta é


semelhante à todas elas. Você escolhe os perfis que serão modificados e a
mudança será abordada perfil por perfil.
O uso da ferramenta é bem simples. Inicialmente você pode inserir uma distância para que
os perfis selecionados fiquem do plano mais próximo da seleção. Após ter defnido esta
distância só é necessário selecionar os perfis que devem ser cortados (ou alongados) e eles
se adequarão à distância definida anteriormente.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 30

1.6.6 Restaurar Perfil (Restore Member)

O comando “Restore Member” desfaz todas as modificações que você fez aos
perfis de sua estrutura. É necessário que se selecione os perfis a ser modificados
um por um.

1.6.7 Usando Stretch do AutoCAD para modificar os perfis

Pela razão do AutoCAD Plant 3D ser baseado na estrutura do AutoCAD, ao fazer os


desenhos é possível utilizar os comandos regulares do AutoCAD para modificações, o
comando “Stretch” é um exemplo.
No AutoCAD Plant 3D este comando “Stretch” pode ser usado para alongar ou encurtar
perfis, você pode facilmente modificar múltiplos perfis ao mesmo tempo. Para efetuar esta
modificação é necessário que você mude o modo de visualização sempre para vista superior
TOP.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 31

Exercício – 3
Neste exercício você usará os comandos de corte apresentados anteriormente para começar
a familiarizar-se com as ferramentas de corte. Para todos os perfis de canto deve-se utilizar
a ferramente “Miter Cut Member” e para o perfil interno utilizar a ferramenta “Cut Back
Member” e “Cut Member Edges”.

Quando o exercício for finalizado todas as conexões deverão ter um ângulo (Miter Cut
Member) ou deverão se encontrar faceados (Cut Back e Cut Member Edges). Caso você
acidentalmente encurtar ou alongar muito um perfil é possível ajustá-lo utilizando Trim
Member e/ou Extend Member ou o Restore Member.
Depois que você fizer as modificações, salve o desenho, o mesmo será utilizado
futuramente neste capítulo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 32

1.7 Grade de Proteção/Guarda Corpo (Railings)


Para fazer uma estrutura mais completa com o AutoCAD Plant 3D há uma
ferramenta para adicionar grades de proteção. O AutoCAD Plant 3D permite que
você adicione grades de proteção com um formato pré-definido de grades. O usuário é
capaz de determinar os tamanhos e qual perfil será utilizada para criar as grades,
configurando a caixa de diálogo e os métodos de posicionamento.

A ferramenta Railing do AutoCAD Plant 3D trabalha de forma semelhante com a criação de


perfis, você não só será capaz de definir qual o padrão, o tipo de perfil e o tamanho para
uso, mas também o dimensionamento da grade de proteção.

1.8 Configurar Grade de Proteção/Guarda-Corpo


(Railing Settings)
Para determinar qual forma e perfil será usado, você terá que alterar
as configurações da grade de proteção (Railing Settings). As
configurações da grade de proteção podem ser definidas quando o
comando Railing está ativo, selecionando a opção Settings ou você
pode buscar no botão Settings e escolher a opção Railing Settings.

Ambas as opções irão apresentar uma caixa de diálogo que irá ajudá-
lo a definir a forma da grade de proteção que será construída.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 33

Como você pode ver na caixa de diálogo há parâmetros de configuração para criar uma
grade de proteção, e no campo direito próximo a esses parâmetros estão localizadas
algumas opções para determinar os perfis da grade de proteção.
Para determinar a forma da grade de proteção você precisa entrar com os valores no campo
“Geometry” na caixa de diálogo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 34

Os campos de 1 a 6 permitem que você entre com os valores para construção da grade de
proteção, ou seja, onde será colocado cada parte da grade conforme os parâmetros.
1. Handrail Height (Passamão) – Especifica a altura do corrimão.
2. 1st mid rail height – Especifica a altura do primeiro corrimão de centro.
3. 2nd mid rail height – Especifica a altura do segundo corrimão de centro.
4. Kick plate height – Especifica a altura da placa de proteção (kick plate).
5. First post – Especifica a distância da primeira coluna até a extremidade dos trilhos.
6. Second post – Especifica a distância máxima entre as colunas. Se você alongar os trilhos,
as distâncias entre as colunas aumentam até que, ao atingir este valor, seja acrescentada
amis uma coluna.
Agora que você determinou as localizações e as distâncias dos perfis da grade de proteção
ela já pode ser colocada. Antes de colocar a grade de proteção você provavelmente também
gostaria de definir com quais tipos de perfis e alinhamento da grade de proteção será
adicionado.
Para definir um tipo de perfil e alinhamento é necessário adicionar algumas informações no
campo “Shape” na caixa de diálogo.

Como você pode ver na caixa de diálogo, podemos definir o perfil de cada parte da grade de
proteção, no primeiro, segundo, quarto e quinto campo podem ser definidos os perfis
através de um botão [...]. Para alterar um perfil é necessário clicar no botão [...] e então
adicionar informações como feito anteriormente na ferrmenta “Member Settings”.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 35

Quando todas as configurações estiverem feitas você pode começar a colocar a grade de
proteção através do GRID que criamos anteriormente.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 36

1.9 Explodir Estrutura (Structure Explode)


Como você deve ter notado ao colocar a grade de proteção o conjunto em si é
um único objeto. Também, os cantos da grade não coincidem sendo em outras
direções. Os cantos da grade de proteção permanecem abertos e ao tentar
utilizar a ferramenta de corte em ângulo (Miter cut Member) a grade não aceita
por ser um objeto único.
Para tornar a grade de proteção em um conjunto de itens editáveis você precisa explodir
este objeto utilizando a ferramenta “Structure Explode”. Quando o objeto é explodido todos
os itens permanecem no mesmo local, com o mesmo tamanho e o mesmo perfil, mas agora
são totalmente personalizáveis usando qualquer funcionalidade de corte, como discutido
anteriormente neste capítulo.

Para criar conexões em ângulos você pode usar o comando Miter cut Member depois de
explodido o objeto, agora todos os itens são editáveis. Quando você utiliza o comando Miter
cut Member os perfis da grade de proteção se conectam sem problema algum (como você
reparou o comando Miter cut Member também funciona com os perfis Round e Shapes).

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 37

1.10 Modificando Grade de Proteção usando Grips


O AutoCAD Plant 3D foi desenvolvido na plataforma do AutoCAD, portanto também é
equipado com o recurso chamado Grip. Todo usuário de AutoCAD certamente já viu esses
balões azuis no canto e no meio dos segmentos que foram criados. A seleção desses grips
permite o usuário manipular objetos e geometrias, sem precisar usar qualquer outro
comando.
Quando você seleciona uma grade de proteção, ele vai mostrar o objeto selecionado
destacando os balões azuis em locais específicos para possíveis deslocamentos
(estender/encurtar). Se você selecionar um grip simultaneamente mudará de azul para
vermelho o que significa que está ativo. Você pode ativar vários grips pressionando a tecla
[Shift] antes de iniciar a seleção; Esta opção permite você modificar vários segmentos ao
mesmo tempo.

Uma vez com o grip ativado podemos selecioná-lo para iniciar a modificação na grade de
proteção. No exemplo acima vemos que o comprimento da mesma foi estendida.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 38

Exercício - 4
Neste exercício iremos adicionar uma grade de proteção ao longo do topo da estrutura
metálica. Os perfis que vão ser usados são os padrões do AutoCAD Plant 3D, os valores
para configuração da grade de proteção são os seguintes:
Hand rail height (1): 1100 mm
1st mid rail height (2): 850 mm
2nd mid rail height (3): 400 mm
Kick plate height (4): 120 mm
First post (5): 250 mm
Second post (6): 1500 mm
O resultado final deverá ser semelhante a imagem abaixo;

Após colocar as grades de proteção iremos explodir as grades com a ferramenta Structure
Explode e juntar as extremidades dos perfis utilizando as funcionalidades do campo Cutting.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 39

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 40

1.11 Criar Escadas (Ladders)


Tendo uma plataforma com vários níveis devemos torna-lá acessível. Para
alcançar este objetivo, podemos criar escadas com a ferramenta “Ladder” ou
“Stairs”, neste tópico aprenderemos como configurar, criar e colocar uma
escada “Ladder”.
Semelhante às outras ferramentas de configurações você pode determinar as dimensões da
escada antes mesmo de colocá-la. Por exemplo, a altura, a grade de proteção se vai existir
ou não, o perfil que será utilizado para criar a escada, e outras configurações como, largura,
espaçamentos dos degraus.
Para definir as configurações da escada Ladder você precisa iniciar o comando “Ladder” e
clicar com o botão direito do mouse e escolher a opção “Settings” ou digitar na barra de
comando a letra S e na sequência será apresentado a caixa de diálogo de configurações de
escada.

Quando você ativar o comando de configurações de escada Ladder uma caixa de diálogo
virá para a tela com um preview da escada, ele também tem uma segunda aba na parte
superior da caixa de diálogo onde você pode mudar as configurações da grade de proteção.
Semelhante as configurações da grade de proteção “Railing” os parâmetros podem ser
determinados como a escada “Ladder” será dimensionada.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 41

Conforme a caixa de diálogo acima você pode observar que algumas configurações e
valores devem ser definidos antes de criar a escada. Nos próximos lançamentos o número
de tipos será ampliado e permite que o usuário selecione o tipo de escada que precisa ser
colocado. Também é importante que você digite uma descrição para a escada, desta forma
é mais fácil de identificar a escada especialmente quando há mais escadas no local.
Se você observar a geometria que é apresentada na caixa de diálogo, em seguida, os
seguintes valores podem ser inseridos ou alterados.
Width (1): parâmetro para definir a largura interna da escada.
Exit Width (2): parâmetro para definir a largura no final da escada.
Projection (3): parâmetro que define a altura da saída da escada.
Rung distance (4): parâmetro que define a distância de degrau em degrau.
Ainda é necessário definir as formas ou os perfis que você deseja usar para a escada e
degraus. Quando você seleciona o botão [...] uma caixa de diálogo familiar é apresentada,
vimos essa caixa de diálogo para os perfis e também nas configurações da grade de
proteção e para esta ferramenta funciona da mesma maneira.

Semelhante às configurações dos perfis (Members) e das grades de proteção (Railing) você
pode determinar qual perfil será usado, a forma, o material normalizado, o código do
material e no campo direito ao lado definir como vai ser orientado o perfil quando colocado.
Agora que todas as configurações da escada foram feitas podemos continuar com as
configurações para a grade de proteção, para fazer isso você só tem que trocar a aba
“Ladder” para “Cage”. Na aba “Cage” você terá mais informações de como a grade de
proteção será criada.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 42

Primeiramente você precisa determinar se você quer desenhar a grade de proteção ou não,
isso pode ser feito facilmente ligando ou desligando a opção “Draw Cage” no canto superior
esquerdo. Assim como a “Ladder”, a “Cage” deve ter uma descrição de modo que seja fácil
identificá-la. Se você observar a geometria apresentada na caixa de diálogo, notará os
seguintes valores que podem ser inseridos ou alterados.
Start height (1): Definir a altura onde a grade de proteção irá iniciar.
Maximum distance (2): Definir a distância máxima entre as seções da grade de proteção.
From top (3): Definir a distância entre o topo da escada com o topo da grade de proteção.
Radius (4): Definir o raio da grade de proteção.
Angle 1 (5): Definir o valor do ângulo 1.
Angle 2 (6): Definir o valor do ângulo 2.
Height (7): Definir a altura dos perfis da grade de proteção.
Width (8): Definir a largura dos perfis da grade de proteção.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 43

1.12 Posicionando Escadas (Ladders)


Após todas as configurações necessárias estiverem definidas o próximo passo será
posicionar a escada. Dependendo das normas e padrões construtivos do país o comprimento
máximo da escada pode sofrer variações. Em alguns casos são adotados como limite o
comprimento de 5m (16ft). Se a altura ultrapassar este valor, uma plataforma deverá ser
adicionada naquele patamar e outras escadas deverão ser adicionadas . Em nosso exemplo,
vamos adicionar e posicinar somente uma escada para ver como ocorre esta funcionalidade.
Similar ao comando Member e Railing, o comando Ladder simplesmente pergunta ao
usuário o ponto inicial, final da escada e a distância que a escada ficará afastada da
plataforma.

Para posicionar a escada, todas as funcionalidades já conhecidas e utilizadas da plataforma


AutoCAD podem ser utilizadas: snap, snap tracking, osnap, etc. Desta forma todo usuário
tem condições facilitadas para inserir e posicionar escadas em sua estrutura. A única
observação que deve ser sempre lembrada é que no AutoCAD Plant 3D o objeto escada é
construído a partir de seu eixo central. Isto significa que provavelmente a escada deverá ser
reposicionada após sua insersão.
Os três passos para a criação da escada são: o primeiro
ponto de insersão, o segundo ponto de insersão ou a
informação direta do comprimento da escada e
finalmente a distância que a escada terá do ponto que
foi determinado como base para sua criação.

Com isso, todos os passos e informações para a criação e posicionamento de uma escada
foram cumpridos. Caso a criação da mesma tenha sido feita em modo line model, mude o
status para Outline model e veja a escada em modo 3D.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 44

Exercício - 5
Crie uma escada do tipo Ladder posicionada no espaço que foi reservado no exercício
anterior pelo guarda corpo. Utilize os valores padrão (default) mostrados na configuração de
escadas do AutoCAD Plant 3D. Ao final deste exercício o resultado deverá ser semelhante a
imagem abaixo:

Salve o desenho, o mesmo será utilizado futuramente neste capítulo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 45

1.13 Criando Escadas (Stairs)


No parágrafo anterior, falamos e visualizamos escadas do tipo “Ladder”. O AutoCAD Plant
3D também possui configurações para criação de escadas do tipo Stairs.
Em resumo, uma Stair é a escada projetada e construída. Já uma ladder é o equipamento
escada. Pode ser fixa ou desmontável.
A criação da escada Stair no AutoCAD Plant 3D é um pouco diferente da criação da escada
Ladder devido ao fato da ladder ter somente coordenada vertical enquanto a Stair possui
também a coordenada horizontal.

A criação da escada Stair pode ter início no vazio, ou seja, sem referência. No entanto, há
situações onde uma linha de referência pode facilitar muito a construção desta escada.
Similar ao método de construção da escada Ladder, a Stair também é contruida pelo seu
perfil central e portanto esta informação deve ser considerada para a determinação de sua
posição da estrutura.
Quando o comando Stairs é acionado, o AutoCAD Plant 3D pergunta na linha de comando o
lugar onde a escada será construída, similar aos outros métodos de construção de
estruturas. Caso haja necessidade de entrar com novos dados e
medidas para a construção da escada, digite S para entrar em
Settings Options diretamente na linha de comando ou defina estes
dados no menu Stair Settings.

Ao ativar o comando, a caixa de diálogo apresentará as opções de


configuração. Esta caixa de diálogo irá guiá-lo para definir os valores
necessários para criar uma escada Stair e determinar quais perfis
devem ser usados.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 46

Os valores básicos da escada como a largura e a distância dos degraus também podem ser
definidos na caixa de diálogo. A altura e o comprimento da escada não são definidos na
caixa de diálogo, isto é algo que tem que ser feito no modelo 3D usando o object snaps do
AutoCAD.
Depois de determinar os valores necessários na caixa de diálogo, você também pode
determinar as dimensões do degrau e o tipo de perfil das laterais da escada. As duas opções
que podem ser feitas são para configurar os dados “Step data” e “Stair shape”, o “Stair
shape” é um opção que permite definir o perfil das laterais da escada. Os “Steps” são
basicamente as configurações das dimensões do degrau, o AutoCAD Plant 3D tem alguns
padrões de perfis.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 47

O “Step shape” neste exemplo com base na norma DIN 24531, mas também pode modificar
facilmente para norma US-Standards ou mesmo se necessário para User-Defined.
Dependendo da sua escolha você tem que selecionar uma Tread shape e definir as medidas
necessárias na caixa de diálogo.
Ao selecionar o “Stair shape” uma caixa de diálogo que temos visto com bastante
frequência é apresentada, nesta caixa de diálogo você pode selecionar qual o tipo de perfil
que você quer usar para a escada. Também nesta caixa de diálogo você pode selecionar o
material e a orientação do perfil.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 48

Exercício - 6
Para ter uma boa idéia de como uma escada deve ser colocada, iremos criar uma Stair com
seu primeiro ponto nas seguintes coordenadas -505,8000,1.3 o segundo ponto será -505,
2500, 3000 e o terceiro ponto -505, 0, 3000. Ficará localizada na parte lateral da estrutura
de aço criada anteriormente e iremos usar as configurações padrão do AutoCAD Plant 3D.
Quando a escada estiver inserida ficará semelhante a imagem apresentada abaixo.

Uma escada sem uma grade de proteção não é segura, você pode adicionar uma grade de
proteção utilizando o comando Railing que aprendemos anteriormente selecionando os lados
da escada. O AutoCAD Plant 3D reconhecerá automaticamente que a grade de proteção é
colocada ao longo da escada e se ajustará da maneira correta, conforme imagem abaixo.

Salve o desenho, o mesmo será utilizado futuramente neste capítulo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 49

1.14 Chapas (Plates)


As chapas no modelador de estrutura do AutoCAD Plant 3D são usadas para fechar ou cobrir
buracos na estrutura de aço de modo que um maior nível de detalhe possa ser alcançado.
Placas são essenciais para que os equipamentos possam ser alcançados com segurança ou
para que os operadores sejam capazes de andar ao redor da planta que você criou.
Quando você iniciar o comando “Plate” do AutoCAD Plant 3D instantaneamente apresentará
uma caixa de diálogo que pede as configurações das chapas.

1.14.1 Type

O campo tipo (Type) permite o usuário escolher se é um “Plate” ou um “Grating”.

1.14.2 Material Standard

O padrão de material (Material Standard) determina qual padrão irá ser utilizado quando
colocar o “plate”, este padrão também influência no código do material e a espessura que
você pode escolher.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 50

1.14.3 Tipo Grade (Grating Type)

Se você escolher o tipo grade (grating), o AutoCAD Plant 3D automaticamente mudará a


caixa de diálogo de forma a adicionar novos campos para determinar o tipo de grade que
será usado.

Os campos adicionais são apresentados para determinar a aparência da grade que será
colocada no seu modelo 3D. O “hatch pattern” é usado para definir o perfil e o “hatch scale”
para a densidade do perfil que vai ser colocado em seu modelo 3D.
O “hatch pattern” do AutoCAD Plant 3D é semelhante ao comando que você conhece do
AutoCAD regular “hatch.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 51

1.14.4 Justificação (Justification)

Agora que o tipo, o material e a espessura foram determinados você também pode definir
no AutoCAD Plant 3D qual a orientação que você gostaria de justificar o “plate/grating”. Há
três opções para definir a orientação: cima (Top) , centro (Middle) e baixo (Bottom). Se
você selecionar uma linha como referência com orientação top, o AutoCAD Plant 3D
desenhará o plate/grating abaixo da linha de referência, o middle justificará dividindo o
plate/grating em duas partes iguais e o bottom justificará colocando o “plate/grating” acima
da linha de referência.

1.14.5 Formato (Shape)

Talvez uma das escolhas mais importantes é como será o método para inserir. O AutoCAD
Plant 3D oferece três opções de escolha.

O método mais simples é o “New rectangular”, você precisa apenas selecionar dois pontos
finais que são localizados em uma diagonal e o AutoCAD Plant 3D facilmente cria um novo
perfil retangular “new rectangular”.
Um pouco mais desafiador é a utilização do método “New polyline”, o qual espera que você
selecione cada ponto criando de lado a lado seu modelo “plate/grating”. Este tipo permite a
você criar um perfil mais complexo, mas também usando linhas retas.
Uma outra forma é usando o método “Existing polyline”, especialmente quando você é um
usuário avançado do AutoCAD, você sabe que uma polyline pode ser usada para criar
qualquer perfil. Se o perfil precisa ser um arco ou uma curva difícil a polyline pode fazer isso
acontecer. Usando uma polyline existente em combinação com “grating” pode criar um
perfil semelhante a imagem abaixo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 52

1.15 Modificando o tamanho do plate (grips)


Como mencionado anteriormente nos parágrafos para o perfil (Member) e para o guarda
corpo (Railing), modificando um objeto no AutoCAD Plant 3D pode ser feito, às vezes,
usando os “grips” do objeto. Como apresentamos com o guarda corpo (Railing)
selecionando um “grip” ou múltiplos “grips” é uma forma muito prática de ajustar seu
modelo conforme o objetivo.
Com os “Plates” funciona da mesma forma, quando selecionamos um “plate” os “grips” são
apresentados. Para “Plates” a localização dos “grips” são um pouco diferente, você verá um
“grip” em uma ponta e alguns centralizados nas laterais, os grips nas laterais permite você
modificar o tamanho do “plate” na direção horizontal e vertical, já o “grip” da ponta permite
relocar o modelo.
Neste exemplo iremos selecionar o grip no centro da borda conforme mostra a figura abaixo
e em seguida podemos observar que a cor do grip mudou de azul para vermelho, ou seja,
neste momento basta arrastar e clicar de acordo com o novo dimensionamento ou
simplismente digitar o valor desejado.

Assim, com os “Plates” é muito fácil de fazer modificações sem ter que apagar nada.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 53

Exercício - 7
Este exercício é sobre a inserção de Plates/Grating em seu modelo. Os Plates/Grating, serão
configurados conforme a imagem abaixo.

Colocar os Plates/grating de acordo com a imagem apresentada.

Salve o desenho, o mesmo será utilizado futuramente neste capítulo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 54

1.16 Sapata (Footing)


Para completar seu modelo de estrutura há apenas uma coisa que está faltando, as sapatas.
Sapata, também chamada de fundação, é usada para transferir as cargas de sua construção
para a terra. Sapatas podem ser superficiais (usadas para estruturas básicas), mas também
podem ser profundas (em estruturas de grande dimensão).
Quando o comando “Footing” é ativado o AutoCAD Plant 3D pergunta na barra de comando
um ponto para inserção ou se você quer configurar a sapata antes de inserir.

Para definir as configurações tudo é semelhante ao que já foi visto com outros comandos. A
opção irá apresentar uma caixa de diálogo onde será necessário definir todas as
configurações para colocar as sapatas.

Os valores para o comprimento, largura e altura são alinhados com os eixos X, Y, Z.


Para “Footing” também é muito importante que o material seja selecionado corretamente,
por que o tipo de material determina a força e a capacidade de transferência de cargas para
o chão. Para selecionar um tipo certo de material primeiramente terá que escolher uma
norma, cada norma vem com seus códigos cadastrados que podem ser selecionados para
sua sapata.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 55

No modelo 3D você não notará muita diferença entre os códigos e as normas, mas para
extrair os dados para cálculos externos fará uma grande diferença.
Agora que as configurações necessárias estão feitas a sapata pode ser inserida no modelo
3D. Para colocar a sapata você somente precisa selecionar o ponto central de onde você
quer colocar. O AutoCAD Plant 3D automaticamente centraliza a sapata.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 56

Exercício – 8
Neste exercício iremos colocar as sapatas abaixo das colunas em nossa estrutura de aço. As
dimensões da sapata são:
Comprimento (length): 300 mm
Largura (Width): 300 mm
Altura (Height): 600 mm
O padrão para ser usado é ASTM e o código do material Concrete, o resultado final
apresentará algo semelhante a imagem abaixo.

Salve o desenho, o mesmo será utilizado futuramente.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 57

Exercício - Desafio
Neste exercício desafio você não criará somente um guarda corpo (railing) e uma escada
(ladder), mas esperamos que você crie múltiplas plataformas, escadas e guarda corpo de
acordo com a imagem apresentada. As dimensões são baseadas nos exercícios anteriores,
assim tente ser criativo e gerar um modelo de estrutura como apresenta. Boa sorte!

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 58

CAPÍTULO 02

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 59

2 Criação de Equipamentos

Neste capítulo visualizaremos como o AutoCAD Plant 3D utiliza equipamentos para


completar sua Planta Industrial. Notaremos que o AutoCAD Plant 3D apresentará muitas
opções para criar equipamentos a partir de modelos pré-definidos, customizar modelos e
importar modelos já criados em outros softwares.
No mundo Industrial existe um grande número de equipamentos, o AutoCAD Plant 3D
suporta todos os tipos de equipamentos ou permite que você mesmo crie o seu para usar
dentro de sua Planta 3D. Neste capítulo você aprenderá a usar as formas pré-definidas e
todos os passos necessários para converter modelos ou construir seu próprio utilizando
formas e funcionalidades básicas. Depois disso você aprenderá como manipular o objeto
criado dentro do projeto.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 60

2.1 Criando um desenho de equipamentos


O AutoCAD Plant 3D oferece uma grande variedade de possibilidades para criar desenhos e
trabalhar com múltiplos usuários em um projeto. Em caso de vários usuários trabalhando
em um projeto os desenhos muitas vezes são separados por função. O que você vê muito
frequentemente é que os desenhos são divididos em Equipamentos Principais e
Equipamentos Secundários ou em bombas, tanques e trocadores de calor.
Como o AutoCAD Plant 3D é capaz de usar a funcionalidade do AutoCAD regular, todo
conhecimento poderá ser reaproveitado para construção.
Neste curso, vamos utilizar uma funcionalidade chamada referência externa que nos
permite detalhar os desenhos de acordo com o necessário unificando as partes do projeto
em um só desenho.
Para criar um novo desenho, neste caso de equipamento, você só precisa clicar com o botão
direito em cima da pasta Equipamentos no gerenciador do projeto (project manager). Uma
pequena janela será apresentada com algumas opções, sendo que uma é “New drawing...”.

Quando você ativar um novo desenho uma caixa de diálogo será apresentada.
Na caixa de diálogo você pode notar que o AutoCAD Plant 3D irá automaticamente criar um
arquivo com base nesse título. Se o título desse desenho for, por exemplo, Equipamento
Principal o nome do arquivo irá resultar em Equipamento Principal.dwg.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 61

Este nome será exatamente o mesmo apresentado em seu Gerenciador do Projeto.

2.2 Criando uma referência para seu Equipamento


O equipamento é colocado em muitos casos com um modelo estrutural em torno dele, que é
criado primeiro dependendo da informação necessária da engenharia. Neste exemplo,
vamos imaginar que já exista uma estrutura de aço e que vamos usar para colocar o
equipamento. A estrutura de aço que criamos no capítulo anterior será usada como uma
referência para os nossos equipamentos.
Para ter uma referência, onde a estrutura de aço está localizada iremos adicionar uma
estrutura com o comando Xref para o desenho de equipamento. Xref significa referência
externa, que na verdade é o link que ocorre entre um desenho e outro, para melhor
compreensão o funcionamento é semelhante a de um bloco do AutoCAD, onde o bloco é
sempre parte do desenho ativo. O benefício de utilizar essa funcionalidade é que o desenho
externo quando alterado, em questão do link também irá modificar o outro desenho. Esta
funcionalidade proporciona a uma equipe de projeto a capacidade de trabalhar em vários
desenhos em um projeto devido a atualização ser simultânea.
A funcionalidade Xref pode ser encontrada na Ribbon Insert no campo Reference, onde o
botão Attach é mostrado.

Quando você ativa o comando uma caixa de diálogo é exibida permitindo ao usuário
selecionar qual desenho deverá ser “linkado” com o desenho ativo. Depois você deve
selecionar o desenho desejado e confirmar clicando em open, uma segunda caixa de diálogo
será apresentada perguntando-lhe as configurações necessárias para colocar o arquivo de
referência.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 62

Com a funcionalidade Xref você precisa conhecer quais configurações são importantes para
uso dentro do AutoCAD Plant 3D. A primeira opção que você encontrará será Reference
Type, são oferecidos dois tipos de referências Attachment e Overlay.

2.2.1 Attachment

Exibe a caixa de diálogo External Reference, se uma referência externa estiver selecionada,
ou a caixa de diálogo Select Reference File. Se não houver referência DWG selecionada.
Consulte XATTACH.
Se você referencia um desenho que contenha ele próprio uma xref anexada, a xref anexada
aparece no desenho atual. Da mesma forma que os blocos, as xrefs anexadas podem ser
aninhadas. Se outra pessoa estiver editando o arquivo de xref no momento, a versão salva
mais recentemente será anexada.

2.2.2 Overlay

Exibe a caixa de diálogo Enter Name of File to Overlay (uma caixa de diálogo padrão de
seleção de arquivo). Selecione o arquivo que você deseja anexar a um desenho como uma
sobreposição de referência externa Xref. Se você referencia um desenho que contenha ele
próprio uma xref sobreposta, a xref sobreposta não aparece no desenho atual.
Diferente de blocos e xrefs anexadas, xrefs sobrepostas não podem ser aninhadas. Se outra
pessoa estiver editando o arquivo de xref no momento, o programa sobreporá a versão
salva mais recentemente.
Se a xref que você especificou ainda não estiver sobreposta, uma nova xref será criada,
utilizando o nome do arquivo ao qual se faz referência. Será solicitado um ponto de
inserção, escala e ângulo de rotação, como descrito para o comando INSERT.

2.2.3 Insertion Point, Scale factor and Rotation Angle


Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br
AutoCAD Plant 3D Página 63

Ao inserir um Xref o Plant 3D precisará saber onde você deverá colocá-lo, mas também se o
desenho será escalonado ou rotacionado. Você pode entrar com valores na caixa de diálogo,
porém é permitido também especificar a localização, o fator de escala e o ângulo de rotação
direto na tela.

2.2.4 Path Type

Talvez na primeira inserção você não pensasse nisso, porém não é menos importante
configurar o tipo de caminho.
O tipo de caminho determina onde o arquivo de referência deve ser localizado, o desenho
atual é indicado a olhar dentro daquele local da próxima vez que você abri-lo. Existem três
diferentes tipos de caminhos:

2.2.5 Full Path

Um Full Path (caminho completo) é completamente especificado pela hierarquia de pastas


que localiza o arquivo de referência. Um caminho completo inclui um local no disco rígido, e
uma URL de um site, ou dentro de um servidor de rede. Esse é o mais especificado, mas
não a opção mais flexível.

2.2.6 Relative Path

Relative Path (caminhos relativo) são caminhos de pastas especificadas que assumem a
unidade corrente ou a pasta em que se encontra o desenho ativo. Esta é a opção mais
flexível, e permite que você mova o conjunto de arquivos para outra unidade desde que use
a mesma estrutura de pastas.

2.2.7 No Path

Quando a informação de no path (sem caminho) é salva com a referência externa, o passo
de busca é iniciado na ordem mostrada: pasta corrente do desenho ativo, Caminhos de
busca do Projeto, Caminhos de busca do Suporte e no Início da pasta especificada pelos
atalhos do Aplicativo. Especificar a opção “No Path” é bastante útil quando é necessário
mover um conjunto de arquivos para uma diferente hierarquia de pastas ou para uma
hierarquia desconhecida.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 64

Para aceitar todas as configurações pressione o botão [Ok] e o link com o desenho externo
já estará pronto. Quando você selecionar o desenho referenciado perceberá que ele reage
como um conjunto, isso torna mais fácil para selecionar e movimentar quando necessário. O
desenho referenciado também será mostrado no Gerenciador de Projetos, é exibido como
um ícone abaixo do desenho o qual está lincado. Em nosso caso será, obviamente, o
desenho Equipamento Principal.

Nosso desenho de equipamento tem agora uma estrutura de referência que usaremos para
posicionar nosso modelo de equipamento. Em um ambiente de projeto real você pode
alterar esta ordem de referência como quiser, você também poderá referenciar seu desenho
de equipamento com um desenho de estrutura ou não existir referência alguma.
O AutoCAD Plant 3D é muito aberto e flexível na forma que você trabalha com o software e
é sempre possível utilizar um método diferente a cada projeto.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 65

Exercício - 9
Neste exercício iremos referênciar uma estrutura de aço em nosso desenho Equipamento
Principal. A estrutura de aço que será referenciado terá as seguintes configurações:
Reference Type: Overlay
Insertion point: X=0 Y=0 Z=0
Scale Factor: 1
Rotation: 0 degrees
Path Type: Relative path
Quando completar o exercício você terá uma visualização semelhante a imagem a seguir.

Salve este exercício, utilizaremos neste capítulo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 66

2.3 Criando Equipamentos (Create)


Agora que o desenho está criado podemos começar a construção do equipamento.
Primeiro daremos uma olhada em como o comando Create funciona e a partir disso
criaremos algumas peças de equipamentos.
Quando você selecionar o botão Create uma caixa de diálogo será exibida permitindo
que você crie o equipamento desejado. Esta caixa de diálogo indicará a você, usuário, de
maneira fácil e clara de entender os passos necessários para construção de qualquer
equipamento de sua necessidade.

Na caixa de diálogo você pode notar que possuem vários painéis de informação da peça do
equipamento selecionado. No canto superior esquerdo quando habilitado mostra o tipo de
equipamento atual e uma lista de tipos de equipamentos que você pode selecionar. Um
menu de contexto permite que você selecione uma nova peça de equipamento ou de
construção de um padrão de equipamento existentes.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 67

Cada seleção que você fizer trará para frente um submenu com as escolhas que você pode
fazer para especificar um tipo de equipamento. Alguns dos equipamentos que você pode
criar aqui já existem algumas formas pré-definidas; como exemplo, olharemos em
reservatórios, bombas e trocadores de calor.

Todos os outros equipamentos precisam ser criados usando as formas básicas disponíveis
dentro da caixa de diálogo.
Onde essas formas podem ser encontradas e como configurar um componente típico será
discutido mais tarde neste capítulo.
Primeiro daremos uma olhada em como pode ser criado um reservatório utilizando o
modelador de equipamentos.

2.3.1 Criação de Equipamento – Reservatório

Um reservatório é um dos equipamentos que são usados com muita frequência em todos os
tipos de sistemas; você encontrará reservatórios em praticamente todas as indústrias que
tem algum tipo de trabalho com líquidos ou gases. Dentro do AutoCAD Plant 3D você
encontrará no modelador de equipamentos algumas opções para criar esse reservatório. Se
você selecionar no menu suspenso , que está localizado na extremidade superior esquerda,
o submenu de opções do reservatório será exibido.

No submenu mostrado, quatro opções podem ser usadas para criar um reservatório, as
opções são divididas em Reservatório Horizontal e Vertical. As opções padrão de
reservatório horizontal e vertical utilizam formas pré-definidas que o usuário necessita
somente configurar as dimensões do próprio reservatório. As opções de novo permitem ao
usuário definir o reservatório por inteiro. Neste tópico daremos uma olhada primeiro nas
formas pré-definidas para gerar um melhor entendimento de como o modelador de
equipamentos trabalha.

2.3.2 Reservatórios Horizontais e Verticais

Quando você escolhe uma das opções pré-definidas de reservatórios horizontais ou verticais
a caixa de diálogo é alterada para orientá-lo na criação do tipo de reservatório selecionado.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 68

Como você pode ver a caixa de diálogo é dividida em vários painéis, cada painel exibe
algumas informações requeridas para construção do objeto selecionado.

A primeira informação que você pode adicionar é a descrição que o AutoCAD Plant 3D deve
usar, o tag deste reservatório e em que altura ele vai ser colocado (calculada pelo Sistema
Global de Coordenadas). Elevação zero significa que a base do cilindro será colocada sobre
o piso.

É muito importante que você tenha um bom entendimento de como funciona o modelador
de equipamento; por isso vamos começar com a criação de um reservatório vertical. A
criação do modelo horizontal será semelhante a do vertical, então entendendo como usar o
modelador, o modelo horizontal poderá ser criado com a mesma facilidade.
Quando você seleciona a opção reservatório vertical a caixa de diálogo será alterada e
oferecerá as opções necessárias para a criação de um característico reservatório vertical.
Um reservatório típico terá pelo menos três seções que serão mostradas no meio do painel
nomeado shapes. A construção do modelo é de cima para baixo, então neste caso iniciamos
com o topo, seguido pela seção central e terminando com a base.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 69

Para entrar com os valores necessários para criar o modelo você precisa somente selecionar
a face que precisa ser alterada. Quando quiser começar com a unidade central, você só
precisa selecionar o cilindro e os parâmetros necessários serão exibidos no painel mais a
direita da caixa de diálogo.

Para o cilindro, só é necessário fornecer valores de diâmetro (D) e altura do cilindro (H). A
altura é para o próprio cilindro e não para todo o tanque.
Para completar o reservatório básico a base e o topo precisam estar definidos. Para isso
selecione a forma desejada mais uma vez e o Plant 3D mostrará as dimensões que podem
ser configuradas pelo usuário. A altura total do tanque será a altura do cilindro + altura da
base + altura do topo.
Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br
AutoCAD Plant 3D Página 70

Quando terminar de adicionar os valores, as dimensões principais do reservatório estarão


determinadas. Lembrando que isso não é o suficiente para este modelo, um reservatório
normalmente também requer um suporte na parte inferior com uma abertura de visitação
além disso ele também precisa de bocais para permitir a conexão de líquidos e gases com o
exterior do tanque.
A configuração do suporte pode ser feita clicando no Skirt 1 que foi previamente inserido no
corpo cilindro. Repare que a propriedade de diâmetro já foi

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 71

A adição ou reposicionamento de bocais é feita depois de inserir o modelo no desenho ativo.


Selecionando o modelo será possível observar que um botão Add Nozzle é exibido
permitindo a inserção de mais bocais.

Caso seja necessário alterar um bocal depois de inserido, devemos selecionar o bocal com o
Ctrl pressionado e clicar no botão Edit Nozzle – Lápis de Edição.

Para inserir outros bocais precisamos terminar a configuração deste e clicar no botão Add
Nozzle novamente.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 72

Antes que você possa configurar as dimensões e alterar a localização do bocal será
necessário escolher qual tipo de bocal será utilizado. Para determinar o tipo você primeiro
seleciona o bocal desejado e depois seleciona a aba “Change Type” na caixa de diálogo.
Esta aba permitirá que você selecione o tipo de bocal, o “End Type” e seu tamanho.

O tipo de bocal pode ser definido selecionando um dos quatro tipos apresentados na caixa
de diálogo.

Para selecionar um “End Type” você seguirá o seguinte procedimento, clique no campo em
frente a descrição e uma lista será apresentada com os tipos possíveis.

Quando o “Nozzle Type” e o “End Type” estiverem definidos tudo que falta fazer é selecionar
o tamanho do bocal seguindo o mesmo procedimento anterior, mas para a descrição “Size”.
Configurando o tamanho em combinação com o “Nozzle Type” e o “End Type” resultará em
uma lista que pode ser utilizada para selecionar a forma final do bocal desejado.

Agora que a forma, tipo e o tamanho do bocal já estão configurados a única coisa a fazer é
determinar as dimensões de localização do bocal. Como você pode ver na caixa de diálogo

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 73

as dimensões utilizadas para a flange do bocal são tomadas de uma folha de Spec, mas a
localização física do bocal ainda precisa ser parametrizada.

Primeiro você precisa determinar a localização do bocal, por padrão a localização é


configurada para o topo, mas quando você selecionar a seta no fim do botão de seleção
todas as outras opções serão reveladas. Dependendo da localização o usuário poderá
utilizar diversos parâmetros. Esses parâmetros são mostrados na pré-visualização e são
utilizados, por exemplo, para determinar o quão longe o bocal deve ficar fora do tanque
(útil para quando o tanque está isolado).

As posições Top e Bottom requerem os mesmos parâmetros, já o Radial necessita de


parâmetros diferentes, mas a entrada será similar para os dois tipos. A posição Line pode
ser usada quando você tiver criado uma Linha de AutoCAD no modelo do reservatório, os
parâmetros do bocal em seguida são retirados da linha traçada.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 74

2.3.3 Top e Bottom

R – Distância até o centro do reservatório


A – Ângulo
L – Comprimento do bocal

2.3.4 Radial

H – Altura do bocal (altura tomada da parte inferior do tanque)


A – Ângulo
L – Comprimento do bocal

2.3.5 Line

Na opção de localização da linha é necessário selecionar uma linha de AutoCAD no desenho.


O valor de L será igual ao comprimento da linha a menos que o valor serja alterado
manualmente. Se o valor de L é alterado manualmente a localização da linha ainda estará
sendo usada, mas o comprimento é tomado do parâmetro.
Os bocais mostrados até agora estão realmente no mesmo sentido ou perpendiculares à
linha de centro do tanque. Na vida real pode ocorrer também que o bocal esteja rotacionado
por qualquer motivo. Os parâmetros I, N e T permitem que você também rotacione o bocal
em qualquer direção desejada.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 75

Quando todas as configurações estiverem feitas e todos os parâmetros necessários já estão


definidos o reservatório poderá ser posicionado e utilizado para conectar tubulações.

Agora que o tanque foi inserido ou se quiser pode ser feito antecipadamente, bem como,
algumas informações adicionais são necessárias para fazer este tanque (ou encomendá-lo).
Para adicionar esta informação adicional vários caminhos diferentes podem ser usados.
Primeiramente vamos dar uma olhada na funcionalidade “Modify Equipment”, esta opção
permite adicionar ou alterar informações e parâmetros através da mesma caixa de diálogo
que você usou para criar o reservatório.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 76

2.4 Modificando Equipamento (Modify Equipment)


Depois de selecionar o botão “Modify Equipment” o AutoCAD Plant 3D solicitará a seleção do
equipamento que necessita de modificação. Você pode selecionar o tanque requerido e a
mesma caixa de diálogo que foi usada durante a criação do reservatório será exibida.
Outro caminho para voltar para caixa de diálogo de criação é selecionado o tanque e
clicando com o botão direito do mouse. Este método trará para frente uma tela de menu
pop-up e terá uma opção chamada Modify Equipment. O resultado será o mesmo do
anterior, exibirá a caixa com o modelador de equipamento.

Na caixa de diálogo você verá que ainda existe uma guia que não foi mencionada. Como
dito anteriormente, o reservatório não é feito somente com um modelo 3D, mas também
exige informações adicionais para que ele possa ser produzido ou adquirido por uma
empresa diferente.
Para adicionar esta informação basta selecionar a guia “Properties” e todas as propriedades
necessárias estarão disponíveis e poderão ser alteradas.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 77

O número de propriedades e quais propriedades estão disponíveis é configurado nas


propriedades do projeto; porém este assunto não faz parte deste capítulo.
Até agora olhamos apenas a forma básica de um reservatório e adicionamos alguns bocais e
dados. Na vida real reservatórios podem ter diferentes formas e dimensões podem não
parecer com nada do que vimos até agora. Com o modelador de equipamentos do AutoCAD
Plant 3D você está hábil para criar os mais complexos reservatórios, para fazer isso você
precisa somente expandir os componentes utilizados e isso será o que vamos trabalhar no
próximo tópico.

2.5 Reservatórios Customizados


Para criar reservatórios customizados você precisará decidir qual equipamento será
adicionado como padrão, vertical ou horizontal. Quando selecionado, por exemplo, um
tanque vertical, já vimos que o padrão é construir com três componentes, o cilindro, a
cabeça e a parte inferior.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 78

Quando a guia equipamento está ativa você pode notar que na parte inferior do painel
central que existem dois botões chamados Add e Remove. Remover (Remove) é sem dúvida
a opção mais fácil de entender, ela remove os componentes selecionados de uma forma.
Por outro lado o botão adicionar (Add) permite adicionar componentes baseados em uma
lista de seleção. No momento que você seleciona o botão Add uma tela de menu pop-up
será apresentada trazendo várias formas que você poderá adicionar a seu modelo de
reservatório.

Em nosso exemplo adicionaremos alguns componentes ao tanque e veremos o que estas


mudanças trarão de efeitos para nosso modelo. Primeiro vamos adicionar um cone acima do
cilindro; isto significa que podemos ter que reordenar a hierarquia no painel de formas. A
alteração na hierarquia pode ser feira usando as setas Up e Down no centro da caixa de
diálogo. Antes que você possa usar essas setas, um componente na lista de formas precisa
ser selecionado ou as setas não ficarão disponíveis.
Quando você selecionar a forma de cone adicionado anteriormente você apenas definirá as
dimensões do tamanho disponíveis instantaneamente.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 79

No mesmo caminho vamos agora adicionar um segundo cilindro que deverá ser colocado
sobre o cone, que nos dá um reservatório com uma base maior e uma cabeça ou topo
menor.
Usando esta funcionalidade você pode construir qualquer forma ou formato para ser usado
em nosso ambiente 3D. Já colocados os bocais se adaptarão automaticamente e caberão os
últimos ajustes.

Depois que todas as alterações foram feitas e aceitas o modelo no ambiente 3D se


atualizará automaticamente para a nova situação e você poderá continuar com sua rota de
tubulação.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 80

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 81

Exercício – 10
Neste exercício iremos construir um tanque semelhante ao apresentado a seguir, no
entanto, você criará um modelo de tanque mais simples baseando nas informações do
P&ID. O tanque deve ser construido com as dimensões a seguir. O modelo será inserido
com o ponto de inserção X=8557, Y=5920 e Z=0. A elevação (elevation) usada para o
tanque é 900 mm.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 82

Se você criar o tanque de acordo com as especificações do exercício 10 o resultado final


apresentará algo semelhante a imagem a seguir. O tanque é localizado no meio da
estrutura de aço com bastante espaço ao redor.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 83

2.6 Equipamentos em combinação com sólidos AutoCAD


Neste exercício você criará um tanque vertical com vários bocais sobre ele. Para completar
este tanque deve ser adicionado suportes, como isto não é parte da caixa de diálogo “create
equipment” nós teremos que moldar sólidos pelo AutoCAD. Para criar sólidos é necessário
ativar a ribbon Modeling onde nós podemos selecionar que tipo de sólido iremos criar.

Quando tudo estiver feito você pode escolher o tipo de sólido que você quer criar, em nosso
caso será o sólido “box”. Quando você seleciona o sólido box o AutoCAD espera que você
primeiro defina a base do sólido, feito isso, uma altura é solicitada para finalizar a criação.
Caso todos os valores tenham sido definidos corretamente, o primeiro suporte terá sido
criado. Podemos agora copiar o primeiro suporte para reproduzí-lo o lugar do segundo,
lembrando que também é possível criar um segundo suporte à partir do zero para os casos
onde existam diâmetros diferentes no sólido.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 84

O problema com a combinação AutoCAD Plant 3D e os sólidos do AutoCAD regular


é que quando você move ou modifica o modelo do AutoCAD Plant 3D o sólido do
AutoCAD permanecerá em sua posição corrente. Para superar isto você deve
anexar o sólido do AutoCAD com o modelo do AutoCAD Plant 3D usando o botão “Attach
Equipment”.
O botão “Attach Equipment” pede a você que selecione um equipamento do AutoCAD Plant
3D e em seguida pergunta qual sólido do AutoCAD deve ser anexado a ele. Você pode
anexar vários sólidos do AutoCAD para uma parte do equipamento.
Quando o sólido do AutoCAD precisa ser modificado primeiramente o sólido deve ser
separado do modelo do AutoCAD Plant 3D. Para separar um sólido do AutoCAD
você somente precisa ativar o botão Detach Equipment e selecionar o sólido
necessário.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 85

Exercício – 11
Neste exercício é preciso adicionar pelo menos um suporte na base do tanque e anexar um
Sólido regular do AutoCAD usando o comando Attach. O tipo de sólido precisa ser um
cilindro, posicionando-o nas mesmas coordenadas que o tanque (8557,5920,0) e utilizar as
seguintes dimensões;
- Diamêtro: 2000
- Heigh: 900

Quando criada adequadamente o resultado final deve envolver o fundo do tanque, deixando
o bocal mais baixo livre. Movimentando o tanque, o sólido criado no AutoCAD também se
movimentará.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 86

2.7 Equipamentos – Criação de um Trocador de Calor


O Trocador de Calor possui tipo de construção similar ao reservatório que discutimos no
tópico anterior. Porém um trocador de calor produzirá calor ou fornecerá calor através do
sistema. Um trocador de calor é construído por pelo menos duas formas cilindricas com
cada uma delas contendo pelo menos dois bocais. Neste tópico observaremos mais
detalhadamente como construir um trocador de calor, também usaremos mais uma vez os
sólidos do AutoCAD para criar alguns suportes para nosso equipamento.
Como fizemos para o reservatório, para o Trocador de Calor devemos utilizar o mesmo
procedimento porém escolher o equipamento “Vertical Down Heat Exchanger”.

Como você notará este trocador de calor é construído por dois cilindros e um topo elíptico.
Como vimos cada cilindro que representa os componentes do trocador de calor carrega dois
bocais. Como já feito para o reservatório vamos alterar algumas dimensões para posicionar
o trocador de calor em nosso desenho e depois construir alguns suportes em torno dele.
Começaremos com o cilindro e a base do trocador, para ter certeza que tudo se encaixa, as
dimensões serão checadas e a base do segundo cilindro precisa ter o mesmo diâmetro (D).
Ambos cilindros necessitarão da mesma altura, pois o somatório das alturas dos cilindros
determina as medidas do nosso trocador de calor.
O posicionamento do trocador de calor será 500 mm acima do piso, o que nos dá o espaço
suficiente para criar os suportes necessários abaixo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 87

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 88

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 89

Como mencionado anteriormente, todos os trocadores de calor terão bocais necessários


para permitir a passagem do produto aquecido ou arrefecido através deles. No próximo
tópico quatro bocais serão adicionados, dois no cilindro inferior e dois no cilindro do topo.

A configuração padrão do trocador de calor vertical para baixo já contém quatro bocais e a
localização também já está determinada. Este é um dos principais benefícios de usar
modelos pré-definidos; o conjunto já está completamente configurado.
Em nosso exemplo teremos dois bocais radiais ao longo do segundo cilindro e dois no topo
do primeiro cilindro.
Configurações dos bocais superiores:

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 90

Configurações para os bocais radiais:

Quando todas as configurações estiverem prontas o trocador de calor vertical poderá ser
posicionado em seu desenho de equipamento, mas se você tiver mais informações sobre
este modelo e precisa adicioná-las, deverá acessar a aba properties e descer até os campos
com o título Data. Nesta área de dados você encontrará também as informações que são
necessárias para produzir, comprar ou qualquer outra particularidade do trocador de calor.
Agora que tudo está configurado e os dados adicionais foram preenchidos, vamos posicionar
nosso equipamento. Definiremos o trocador com 500 mm de elevação para depois adicionar
alguns suportes utilizando sólido de AutoCAD.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 91

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 92

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 93

Exercício - 12
Neste exercício vamos criar um tipo de trocador de calor customizado com alguns suportes
criados com sólidos de AutoCAD como mostrado abaixo. A elevação utilizada será de zero e
o modelo será inserido em X=4900, Y=5500 e Z=1200. O trocador de calor precisa ser
rotacionado 180° (graus) para corresponder à imagem mostrada.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 94

A próxima seção deste exercício permitirá criar alguns suportes com sólidos do AutoCAD.
Os suportes precisam estar similares ao desenho abaixo e devem ser criados utilizando
planos sólidos de AutoCAD e depois anexados ao modelo do AutoCAD Plant 3D utilizando o
Attach Equipment.

Para facilitar na criação do suportes:

Salve a folha de equipamento, pois será usada em outros exercícios. O resultado final deste
exercício é exibido abaixo:

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 95

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 96

2.8 Equipamentos – Criação de Bombas


A criação de uma bomba será diferente da criação do reservatório ou trocador de calor, uma
bomba sempre terá bocais para sucção e liberação. O tamanho desses bocais pode ser
trocados, mas a localização é na maioria das vezes a mesma. O AutoCAD Plant 3D está
equipado com alguns padrões de bombas, como:
- Sump Pump
- Hose Pump
- Horizontal Splitcase Pump
- Horizontal Splitcase Turbine Pump
- Vertical Inline Pump
- Vertical Inline Pump (Dual arm)
- Centrifugal Pump
- Turbine Centrifugal Pump
Esses padrões de bombas já estão construídos com formas corretas e não podem ser
alteradas, a única coisa que você como usuário pode fazer é dimensionar as formas
específicas. Em nosso exemplo tomaremos uma Horizontal Splitcase Turbine Pump, este
tipo de bomba carrega praticamente todas as possíveis funcionalidades, formas e
dimensões.

Se observarmos na caixa de diálogo para este tipo de bomba você notará que há uma
extensa lista com dimensões que podem ser alteradas. Cada dimensão tem alguma
influência na forma, mas como a foto é fixa não será possível visualizar as alterações.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 97

Selecionando o campo de dimensão a pré-visualização poderá ser alterada dependendo do


parâmetro selecionado. Todos os parâmetros juntos determinarão a dimensão total da
bomba, a forma se manterá praticamente a mesma.
Se tomarmos um passo adicional e observarmos a caixa de diálogo de edição de bocais,
você verá também ferramentas para edição de bocais Nozzles, assim como o Reservatório e
o Trocador de Calor. Ao editar este campo percebemos que dois bocais já estão presentes,
eles são chamados Suction e Discharge (Sucção e Descarga) e eles também possuem
algumas dimensões que podem ser alteradas.

Algumas dimensões de tamanho dos bocais podem ser modificadas de forma similar aos
equipamentos criados nos tópicos anteriores, mas a localização e o número de bocais são
fixados com o tipo de bomba de sua escolha.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 98

O que é diferente nesta seleção é que trabalhamos com uma forma pré-definida, outras
configurações já estão definidas. Se você selecionar Nozzle Type ou End Type verá que não
há opções de escolha, a única coisa que pode ser alterada é o tamanho dos bocais e a
classe de pressão.

Quando todas as dimensões estiverem inscritas e todos os bocais determinados, o


posicionamento do equipamento será idêntico aos outros modelos.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 99

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 100

Exercício – 13
Neste exercício será criado uma bomba centrífuga com dimensões citadas abaxo. O modelo
será inserido com o ponto de inserção X=2250, Y=1500 e Z=0. De acordo com o P&ID
precisaremos também inserir uma segunda bomba, que será colocada em X=2250, Y=2500
e Z=0. A rotação para ambas será de 0°.

Quando as bombas estiverem colocadas o resultado final deverá ser semelhante ao


mostrado abaixo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 101

2.9 Equipamentos – Criando Modelos Customizados


Caso seja necessário criar um equipamento sem um modelo pré-definido o AutoCAD Plant
3D possui ferramentas que possibilitam esta criação. Estes modelos podem ser salvos como
templates possibilitando a reutilização sempre que necessário.
Neste exemplo vamos construir um modelo simples de um filtro, este filtro terá duas
conexões laterais e uma conexão de dreno em sua base. Vamos também salvar este filtro
como uma template para ser utilizado mais tarde no projeto como quiser. Para começar
teremos que ir primeiro na opção de criação da mesma forma que fizemos com os exemplos
anteriores. Quando a opção de criação estiver ativada a caixa de diálogo já conhecida será
exibida para fazer nossa primeira seleção, neste caso a classe de filtros – Filter.

Quando você selecionar o botão Add uma lista aparecerá com formas padrão que você pode
adicionar para criar seus modelos.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 102

O modelo é sempre construído do topo para base, então em nosso exemplo adicionaremos
um pequeno cilindro, uma base e alguns bocais.

Para completar o modelo você pode adicionar alguns bocais, como em nosso exemplo
vamos adicionar três bocais. Um será posicionado na base para drenar o filtro quando for
necessário; os outros dois bocais precisarão ser colocados em cada lado do modelo de
forma que a tubulação possa ser conectada neles.
Para adicionarmos um bocal precisamos primeiro inserir nosso modelo no desenho, depois
selecioná-lo para clicar no botão Add Nozzle.

Em nosso caso não adicionaremos bocais e sim editaremos, para isso selecionamos o
modelo e clicamos no Lápis de Edição.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 103

Abaixo você pode ver o resultado final do filtro customizado que criamos adicionando
algumas formas, alguns bocais e alterando algumas configurações.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 104

Exercício - 14
Neste exercício criaremos um filtro customizado como foi anunciado no tópico anterior. O
filtro será conectado a tubulações que o suportarão, certamente a tubulação será
posicionada com suportes próprios, assim o peso pode ser manuseado sem problemas. O
modelo será inserido com o ponto de inserção X=6100, Y=5500 e Z=4400.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 105

Especificações para os bocais:


Bocais Radiais N1 e N2.

Bocal Inferior N3.

Este resultado já é conhecido.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 106

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 107

2.10 Save as Template


O modelo do filtro customizado que acabamos de criar poderá ser utilizado em outros locais
mas provavelmente com outras dimensões. Para realizar isso é uma boa idéia salvar o
modelo customizados que criamos como um padrão template, assim não será necessário
recriar o modelo toda vez.
Para salvar um modelo como template você precisa voltar para a caixa de diálogo de
modificação de equipamento.

Para fazer isso acesse o botão Modify Equipment , localizado na Ribbon Home e
selecione o modelo que você quiser usar como template.

Usando a opção de modificação, uma caixa é exibida trazendo configurações e dimensões


do modelo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 108

Na extremidade inferior esquerda da caixa há um botão chamado Templates e quando


selecionado as possíveis opções serão exibidas.
Tipicamente há três opções que poderá ser escolhidas;

2.10.1 Load Template

Quando selecionado os templates armazenados na pasta padrão Equipment Template serão


carregados e mostrados em uma lista.

2.10.2 More Templates

Se você tiver equipamentos padrão armazenados em outros locais, por exemplo em outros
projetos, esta opção permite que você carregue seus modelos dentro do projeto corrente ou
utilizado recentemente.

2.10.3 Save current settings as template

Com esta opção suas configurações correntes serão salvas para a pasta de Equipamentos
Padrão e serão recarregadas automaticamente quando você abrir o projeto. Templates são
projetos Base, mas é permitido copiar templates de um projeto para outro. O melhor
caminho é sem dúvida configurar seu projeto a partir de templates já existentes.

Quando tiver editado o filtro que criamos usando o botão de modificação de equipamento
você terá visto a construção do filtro incluindo todas as configurações e dimensões. Para
salvar esta construção para uso futuro selecione a opção “Save current settings as
template…” e uma típica caixa do windows será exibida.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 109

Na caixa de diálogo do AutoCAD Plant 3D será mostrada a pasta de Equipamentos Padrão.


Entrando com um nome e clicando no botão Save o modelo estará salvo como um template.
Na próxima vez que você abrir a caixa de diálogo e selecionar o botão Template o template
novo que criamos será mostrado em uma lista para ser usado naquele momento.

Depois de criar diversos modelos templates, provavelmente muitos deles serão importantes
para seus projetos, porém alguns não terão mais utilidade e continuarão a ocupar a
listagem. Caso você queira apagar da lista ou ainda permanentemente esses modelos serão
necessários a pasta em que está armazenado, esta pasta estará dentro do diretório de seu
projeto com o nome de Equipment Templates.
Para excluir seus modelos somente da lista de templates será necessário mover os arquivos
destes equipamentos para outro local e para excluir permanentemente basta excluir da
pasta. Notamos com isso que a exibição de itens na lista de templates está completamente
relacionado com os itens que estão contidos na pasta de armazenamento.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 110

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 111

Exercício - Desafio
Neste exercício, suportes serão adicionados para certificar que os equipamentos que estão
dentro da mini planta estarão firmes e sem riscos de cair. As adições dos componentes
estruturais necessárias devem ser feitas no modelo estrutural.

Primeiro daremos uma olhada no tanque e podemos perceber que alguns suportes extras
foram adicionados e repousam sobre vigas adicionais no modelo estrutural.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 112

Para facilitar a construção de toda a montagem com vigas e suportes, seguem abaixo
dimensões e informações importantes.
O perfil que será utilizado para construir as vigas será o mesmo utilizado em toda estrutura.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 113

Note abaixo como será a posição dos perfis de vigas para adequar os suportes que
acompanharão o tanque. A partir da imagem abaixo podemos observar as medidas base,
mas temos que considerar ainda que teremos que contruir a estrutura abaixo em nossa
planta em dois níveis – como mostra as imagens anteriores – alturas de 3000 mm e 7000
mm.

Veja abaixo como será contruído o suporte que será ligado ao tanque.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 114

O segundo passo deste exercício será criar um trocador de calor e os suportes que o
sustentarão.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 115

Para auxiliar e facilitar a criação do trocador de calor segue abaixo sequência de imagens
que informará dimensões gerais e especificação de cada forma utilizada para construção.

A sequência de imagens segue do topo para base.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 116

CUBO

TRANSIÇÃO RETÂNGULO PARA CIRCULO

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 117

CILINDRO

CONE

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 118

CILINDRO

CONE

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 119

CILINDRO

BASE CIRCULAR

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 120

Os bocais de nosso trocador seguirão as dimensões cotadas e especificações abaixo.

Conforme aconteceu com o tanque anterior, criaremos algumas vigas para sustentar o
suporte do trocador de calor. Utilizaremos as mesmas configurações de perfis para a
criação.
O resultado deverá ser algo semelhante ao mostrado.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 121

Os suportes serão semelhantes aos utilizados ao longo do exercício. O posicionamento deles


será centro a centro, isto é, os centros dos suportes se encontrarão com o centro do
tanque, já a altura deles, será apoiada nas vigas para o primeiro suporte, e apoiado nos
próprios pés para o segundo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 122

O último passo de nosso exercício desafio será posicionar e criar suportes para nosso filtro
customizado.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 123

Vista Frontal

Vista Superior

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 124

Para terminar este tópico teremos que construir o suporte do filtro, porém podemos notar
que ele é semelhante ao do trocador de calor, por isso o copiaremos e aplicaremos um fator
de escala de 1/3 (escrito desta forma na barra de comandos) para diminuir o diâmetro
interno de 1800 para 600mm. Desta forma teremos um suporte adequado para nosso filtro.

Finalizando este exercício completamos o Capítulo 2.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 125

CAPÍTULO 03

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 126

3 Spec Editor

Antes de começar a desenhar suas tubulações, sugerimos que verifique os componentes e


as dimensões que serão utilizadas no seu projeto. Para realizar esta verificação, iremos
analisar o gerador de spec que vem com o AutoCAD Plant 3D.
O AutoCAD Plant 3D é equipado com vários catalogs (catálogos) e specs (especificações), a
diferença entre os dois é que os “catalogs” carregam todas as informações (como um
armário de arquivos) e as “specs” são o conjunto de informações sobre o componente,
como o tamanho, material e regras baseadas nas informações que vieram formar o
catálogo. É semelhante a maneira de como as pessoas trabalham, você arquiva todas as
suas informações e quando começar a trabalhar irá no seu armário de arquivos e pegará
somente a informação que precisar. Esta é a maneira mais fácil de explicar como os
catalogs e specs trabalham, um catalog contém todos os specs, e estes possuem todas as
outras informações detalhadas.
Para obter uma melhor compreensão de como isto é configurado no AutoCAD Plant 3D,
vamos explorar o editor de catalog e spec.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 127

3.1 Iniciando o Spec Editor


O Spec Editor é um aplicativo que é instalado junto com o AutoCAD Plant 3D, mas ele
funciona independente, portanto ele precisa ser inicializado separadamente. Também é
aconselhável que quando iniciar o trabalho no spec Editor, feche o AutoCAD Plant 3D até se
certificar que todas as criações e modificações foram concluídas.
Quando o Spec Editor for inicializado o usuário deverá escolher o que vai fazer na caixa de
diálogo, onde terá varias opções disponíveis.

Para configurar uma spec você pode optar em criar uma nova spec, trabalhar com uma
existente ou começar a trabalhar a partir de um catálogo e dentro deste catálogo criar as
specs. No nosso primeiro exemplo vamos olhar as specs existentes para termos idéia de
como as mesmas foram construídas. Assim, na caixa de diálogo selecione a opção desejada
e clique em abrir, e como pode observar o AutoCAD Plant 3D já vem com uma série de
specs pré-definidas.

O nome da spec em muitos casos é construído a partir do material, e também da classe de


pressão do componente, de modo que seja fácil reconhecer a spec pelo nome do arquivo.
Por exemplo:

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 128

-100HC01 = Carbon steel 1.0037, Pressure class PN100 (DIN) - (Material: aço carbono
1.0037; classe de pressão: 100 lbs)
-CS150 = Carbon steel, Pressure class 150# (ASME/ANSI) - (Material: aço carbono; classe
de pressão: 150 lbs)
-160HS01 = Stainless steel 1.4404, Pressure class PN160 (DIN) - (Material: aço inoxidável
1.4404; classe de pressão: 160 lbs)
-SS300 = Stainless steel, Pressure class 300# (ASME/ANSI) - (Material: aço inoxidável;
classe de pressão: 300 lbs)
Como pode ver cada norma tem seu próprio tipo de anotação, contudo, é muito possível
que seu projeto precise de várias normas. O AutoCAD Plant 3D em combinação com o Spec
Editor e Catalog Editor permite criar múltiplas normas de specs, tornando possível o
trabalho com qualquer projeto específico, o que faz o software mais flexível e poderoso para
usar.
Em nosso exemplo abriremos uma spec para verificarmos o que ela contém e como o Spec
Editor trabalha. Para começar iremos abrir a spec 100HS01, o que resultará na imagem
apresentada a seguir.

A caixa de diálogo AutoCAD Plant 3D Spec Editor 2018 atualmente é dividida em duas
seções, a parte superior contém as specs e a parte inferior apresenta os catalogs que foram
usados para criarem as specs exibidas na parte superior. Na seção specs é claramente
apresentado quais componentes e tamanhos podem ser usados quando for criar tubulações
no AutoCAD Plant 3D. Os tamanhos que podem ser usados são determinados pelas colunas
Min. Size (tamanho mínimo) e Max. Size (tamanho máximo).

Se você quer mudar alguma configuração na spec dê um duplo clique na linha que precisa
ser alterada, em seguida abrirá uma caixa de diálogo aonde poderá fazer todas as

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 129

mudanças nas configurações feitas anteriormente. Em nosso exemplo modificaremos uma


spec de Pipe (tubos), que já está criada, a alteração será no tamanho máximo permitido da
tubulação.

A coluna Do Not Include permite por meio do marcador excluir determinado tamanho da
spec.
Isto significa que se habilitar o marcador de um tamanho específico, não poderá selecionar
este tamanho dentro do AutoCAD Plant 3D, excluindo o tamanho da spec. Em nosso
exemplo iremos excluir o tamanho (Size) 1000 e os valores acima deste, que resultará na
mudança da spec, como pode ser visto na imagem abaixo.

Qualquer mudança feita na spec não terá nenhuma influência no catalog, como citado
anteriormente, a spec são especificações detalhadas do que será usado, enquanto o catalog
é o conjunto de tudo que existe nesta biblioteca de especificações. Por isso é essencial que
você entenda como obter os componentes do catalog na spec, onde mais seleções
detalhadas serão feitas.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 130

3.2 Adicionando componentes na Spec


Para adicionar componentes na spec, antes de tudo é importante que decida o que quer
adicionar e que dimensões serão usadas. Se analisar melhor, irá reconhecer várias
possibilidades para filtrar os componentes de modo que terá uma visão mais clara do que é
necessário no seu projeto.

Fazer o filtro é relativamente fácil, é so decidir o que precisa e ultilizar o filtro na coluna
correta. Tomemos como exemplo para filtrar o size (tamanho), para o usuário é facil
configurar o from-to, basta determinar uma faixa de tamanho e assim somente os
componentes que estão nesta faixa serão apresentados.

Agora que determinou o tamanho, você pode também selecionar a classe de pressão
interessada, como resultado o número de componentes diminuirá (veja o número de peças
na primeira coluna).

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 131

Cada filtro que você adiciona, pode resultar em uma diminuição do número de peças (parts)
selecionáveis. Agora que os filtros foram ativados e os resultados alterados em
conformidade, basta adicionar alguns componentes na spec. Adicionar um componente na
spec é apenas uma questão de selecionar os componentes necessários no catálogo, isso
pode ser feito usando o Ctrl ou Shift, e pressionando o botão Add to Spec.
O Spec Editor copia os itens selecionados no catalog para a spec e a partir deste momento
eles estarão disponíveis no AutoCAD Plant 3D.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 132

3.3 Vários Catalogs, uma Spec


Uma Spec geralmente contém mais de um tipo de componente, por exemplo, uma spec não
somente contém tubulações ou cotovelos, mas também possue válvulas, juntas e parafusos
e etc. O Spec Editor permite o usuário fazer specs que tem combinações de vários itens do
catálogo. Desta forma terá certeza de que todas as informações estão em sincronia uns com
os outros e que inadequações dificilmente ocorrerá com as specs quando trabalhar com o
AutoCAD Plant 3D.
Para adicionar componentes de um catálogo diferente, primeiro precisa abrir o catalog
necessário. Abrir ou adicionar um catalog é feito no menu catalog encontrado ao lado direito
da caixa de diálogo AutoCAD Plant 3D spec editor.

Selecionar um catalog diferente permite adicionar outros componentes na spec, esta opção
também permite ter várias normas em sua spec (polegadas e métrico) desde que não
interfira um com o outro.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 133

Exercício – 15
Neste exercício você criará sua própria spec baseada em uma existente, que deverá ser
aberta da sua pasta de projeto. Para começar a criar uma nova spec baseada na spec
CS150, vá ao menu File e escolha a opção New e em seguida Creat Spec From Existing. O
nome da sua spec, por exemplo, pode ser AC150, e continue o processo de criação.
Quando a spec for criada carregue o catálogo ASME Valves Catalog assim você terá dois
catalogs que poderá usar. Do catálogo ASME Pipes and Fittings você irá adicionar os
seguintes componentes (é necessário utilizar as opções de filtro);
- Tamanho entre ½’’ a 24’’ (filtro: Size Range)
- Classe de pressão 150 (filtro: Pressure Class)
- Facing tipo RF (filtro: Facing)
Adicionar os componentes conforme a imagem apresentada abaixo.

Em seguida iremos fazer o mesmo para o catálogo ASME Valves, você adicionará (use o
mesmo filtro) as seguintes válvulas para a spec.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 134

3.4 Specs e Tool Palettes no AutoCAD Plant 3D


Agora que você já criou uma spec, provavelmente vai querer usá-la no AutoCAD Plant 3D.
Primeiro deve-se fechar o AutoCAD Plant 3D Spec Editor, isto é para garantir que o
AutoCAD Plant 3D utilize a spec sem qualquer problema. Quando o AutoCAD Plant 3D Spec
Editor é fechado o AutoCAD Plant 3D poderá ser inicializado.
Para fazer o uso da spec é necessário ter um desenho, assim em nosso exemplo, primeiro
iremos criar um desenho em uma pasta localizada no Project Manager. Isto é feito da
mesma forma como criamos os outros desenhos, clicando com o botão direito na pasta e
escolhendo a opção New Drawing.

Quando o novo desenho tiver inicializado você será capaz de selecionar o visualizador de
spec na ribbon home no campo Part Insertion. Isto trará o spec viewer para a tela como um
Tool Palette que é usado para navegar nas specs do AutoCAD Plant 3D.

O Tool Palette spec viewer permite ao usuário alternar entre as specs que podem ser
usadas no AutoCAD Plant 3D. Para alternar entre as specs você somente precisa selecionar
a spec desejada no menu spec encontrado no canto direito superior da caixa de diálogo,
como pode ser visto na imagem abaixo, ao acessar o menu spec abrirá uma lista de todas
as specs disponíveis.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 135

Agora há várias maneiras de usar as informações da spec selecionada. As opções que


podem ser usadas são apresentadas nos botões localizados a direita da caixa de diálogo.
Nós somos capazes de colocar o item selecionado da lista em nosso modelo 3D (primeiro
você tem que selecionar uma linha na spec) ou podemos adicionar um único componente no
Tool palette ativo. A terceira opção é criar um tool palette com todos os itens da spec.
Para colocar um componente em seu modelo 3D você somente precisa selecionar um item
específico da lista e clicar no botão Insert in Model, o item selecionado estará conectado ao
crosshair e então basta posicioná-lo aonde desejar.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 136

Adicionar um item específico no Tool Palette ativo é feito da mesma forma, você precisa
selecionar uma linha primeiro no seu spec e em seguida apertar o botão Add to Tool Palette.
O item selecionado no spec será adicionado ao tool palette ativo.
Quando usar esta opção é melhor criar um tool palette primeiro, assim você não mistura as
specs. Você poderia criar um Tool Palette para os objetos mais usado, mas nós
recomendamos não misturar as specs para evitar problemas e erros quando modelar.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 137

A última opção, cria um Tool palette da spec, é a opção preferida na maioria dos casos.
Usando esta opção cria um guia no seu tool palette contendo todos itens que estão presente
na spec. Colocando os componentes da spec juntos terá certeza de que não esqueceu
nenhum item, todos os itens que foram inseridos na criação da spec estarão disponíveis.
Para fazer isto certifique-se que a tool palette criada contém todos os itens que estão
presente na spec, primeiro você precisa selecionar o cabeçalho da spec. Selecionando o
cabeçalho significa que você quer usar todos os itens apresentado no tool palette. Após ter
selecionado o cabeçalho, você somente precisa clicar no botão Create Tool Palette e um tool
palette com todos os itens da spec será criado.
Todos os procedimentos citado acima podem ser substituído por um único procedimento.
Quando o usuário adiciona ou edita algum componente na spec dentro do Spec Editor e
salva tais modificações, basta o usuário ir até ao AutoCAD Plant 3D e trocar de spec no
Spec Selector para fazer a atualização. Por exemplo, se a modificação foi realizada na spec
CS150, selecione qualquer outra spec e depois retorne para ela.

Veja que no tool palette há um palette chamado Dynamic Pipe Spec, neste palette é
apresentado os componentes que estão na spec corrente, ou seja, se selecionar qualquer
outra spec este palette será atualizado.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 138

3.5 Derivações (Branches)


Quando você está em processo de criação da rota de tubulação muitas vezes tem que criar
branches (derivações). Branches pode ser feito de várias maneiras, como usando “Te”, mas
em muitos casos o Branche está conectado à um tubo principal ou secundário usando stub-
in’s (boca de lobo) ou sockolets. Para determinar como e quais branches são permitidos, e
definir qual é o preferido, temos que ir no Spec Editor.
Para certificar-se que não haverá conflito entre seu projeto e a spec que estamos prestes a
mudar, você terá que fechar o AutoCAD Plant 3D antes de abrir a spec. Para iniciar o spec
Editor dê um duplo clique no atalho em sua área de trabalho, quando ele for inicializado
iremos pegar a spec gerada anteriormente como exemplo.
Para obter as definições para os branches, primeiro você terá que ir na tabela de branch
que está na aba localizada na parte superior direita da caixa de diálogo, lá tem três abas,
usaremos a chamada Branch Table Editor.

Quando selecionar está aba, a tabela de branch da spec ativa é apresentada e como pode
ver todos os tamanhos e possíveis branches são exibidos.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 139

Na tabela de branch você verá que no lado esquerdo de pé se encontra a coluna dos
tamanhos de branch (derivações) que podem ser utilizados quando cria-se derivação. Em
baixo, da esquerda para a direita, é a linha que contém o tamanho do tubo principal
(Header) que o branch estará conectado. Em cada derivação, você somente terá que
selecionar o tamanho do tubo principal com o tamanho do branch, e os tipos de derivações
que podem ser usados serão apresentados.

No topo do lado direito, você vê a legenda da folha que é apresentada em sua tabela de
Branch. Como pode ver, não há muitas variações nesta spec. Para permitir o AutoCAD Plant
3D usar diferentes tipos de branches ou mesmo para informar ao AutoCAD Plant 3D que
tipo de branch é o preferido, precisamos fazer algumas mudanças na tabela apresentada.
Para fazer a mudança, primeiro precisa determinar onde a mudança deve ser feita e
selecionar a célula específica na tabela de branch. Com um duplo clique na célula, abrirá

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 140

uma nova caixa de diálogo na tela que permite fazer as configurações necessárias e até
mesmo definir qual tipo de branch é o preferido para esta célula específica.

Na caixa de diálogo você pode informar ao AutoCAD Plant 3D que branches podem ser
usados, e também que tipo de branch terá a maior e menor prioridade.
Configurar esta tabela de branch pode consumir muito tempo, especialmente quando vários
branches tem as mesmas configurações. Para fazer este trabalho você pode selecionar mais
que uma célula usando as teclas CTRL e/ou SHIFT, após ter selecionado as células
necessárias, você precisa selecionar a opção Multi Branch Selection… no menu Branch
Fittings, e então abrirá a mesma caixa de diálogo que discutimos anteriormente, para
defenir os branches a ser usados e dar as prioridades para os tipos específicos de branches.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 141

3.6 O Editor de catálogos (Catalog Editor)


Para obter uma boa visualização do que está disponível em seu catalog (catálago) e ver
como os objetos ficarão quando for usados em seu modelo 3D, você terá que ir na guia
Catalog Editor. Para ir na guia Catalog Editor, vá novamente até o topo direito da caixa de
diálogo AutoCAD Plant 3D Spec Editor e escolha a guia Catalog Editor.

O Catalog Editor é dividido em segmentos para dar controle máximo sobre o objeto que
você talvez queira mudar. A parte de baixo da caixa de diálogo é similar a seção de filtro da
guia Spec Editor, você pode encontrar o objeto que quer mudar através de uma
configuração correta dos filtros.

Dependendo da configuração do filtro o número de itens apresentados diminuirá e também


os tipos poderá mudar drasticamente. Quando a configuração é aplicada corretamente, o
usuário pode facilmente escolher que item ele quer ver para que possa copiá-lo ou alterá-lo.
Escolhendo um item resultará em um preview (visualização) na metade superior da caixa de
diálogo, e também resultará na apresentação das propriedades e configurações do item
escolhido.

Nesta caixa pode-se editar ou inserir dados no General Properties (propriedades gerais),
categoria usada para entrar com informações adicionais para o item escolhido que podem
ser parte da sua lista de material (Bill of materials - BOM).

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 142

CAPÍTULO 04

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 143

4 Tubulação 3D

Antes de começar o roteamento da tubulação é necessário criar um desenho primeiro. Em


muitos casos, você também pode querer usar a estrutura e os equipamentos como
referência no desenho de tubulação antes de começar o roteamento. No capítulo anterior
(spec Editor) já criamos um piping drawing (desenho de tubulação). Neste capítulo iremos
continuar a desenhar usando nossas Specs, P&ID e todas as outras informações necessárias
para a tubulação.
Neste capítulo aprenderemos tudo o que você precisa saber para criar tubulações, incluindo
válvulas, flanges, conexões e outros componentes similares. A tubulação será feita a partir
de equipamentos, usando o seu P&ID para criar as tubulações baseadas em um número da
linha.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 144

4.1 Criação de um desenho de tubulação 3D


Abrir ou criar um desenho de tubulação agora é familiar para você; é feito clicando com o
botão direito na pasta correta em seu Project Manager e escolhendo a opção New Drawing,
ou duplo clique no desenho se ele existir em seu projeto.
Se você já tem um desenho e gostaria utilizá-lo em seu projeto corrente, por exemplo de
um projeto diferente, então você pode também usar a opção copiar um desenho ao projeto,
“Copy Drawind to Project...”.
Agora que temos um desenho para fazer a tubulação, adicionaremos desenhos de referência
que queremos usar, em nosso caso utilizaremos a funcionalidade Xref para referenciar os
desenhos de estrutura e equipamentos.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 145

4.2 Xref – Referência Externa


O comando Xref permite que você aponte o desenho que será anexado ao
desenho ativo. Em um capítulo anterior, explanamos como usar o comando Xref e
que opções serão útil no AutoCAD Plant 3D, neste exemplo iremos externalizar os
desenhos de estrutura e equipamento para o desenho de tubulação.
O comando Xref pode ser inicializado digitando Xref na linha de comando ou
clicando na opção Attach localizado na ribbon Insert. As duas ações conduzirão para um
palette que permitirá você anexar desenhos externos em seu desenho ativo.
Para anexar um desenho, apenas acesse o local em que se encontra o desenho específico,
selecione-o na caixa de diálogo, uma nova caixa de diálogo abrirá, perguntando em que
local o desenho será inserido e como o desenho externo deve se comportar Attachment ou
Overlay. Em nosso caso apenas iremos inserir o desenho de equipamento na coordenada
0,0,0 e o desenho de estrutura na coordenada 2500,1500,0 sem escala e/ou rotação, com o
tipo de referência Overlay.

Quando os desenhos de estrutura e equipamento já estiverem referenciados, o roteamento


da tubulação pode ser feito.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 146

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 147

4.3 Roteando a tubulação através de um equipamento


Para obter um melhor entendimento de como trabalha com o roteamento de tubulação,
primeiro iremos analisar como você pode rotear a tubulação diretamente do equipamento.
Um equipamento possui bocais e estes bocais possui informações sobre o tamanho, classe
de pressão e o tipo de conexão. Quando você seleciona uma parte do equipamento,
instantaneamente surgirá nos bocais alguns “Plus Signs”. Clicando nestes resultará na
criação de tubulação baseada nas dimensões configurada nos bocais.

4.3.1 Compass

Quando você clicar no plus sign, instantaneamente permite que você desenhe a tubulação
diretamente do bocal do equipamento. Cada bocal também tem uma configuração específica
que determina em que direção o bocal está orientado, então a primeira coisa que o
AutoCAD Plant 3D assumirá, será a direção em que você estará desenhando a sua
tubulação. O AutoCAD Plant 3D apresenta as possíveis direções para desenhar o tubo,
chamado compass, que permite determinar as direções que vão ser usadas, mas também é
possível colocar seu tubo em 45° ou 90° graus.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 148

A maneira que a tubulação é desenhada é determinada pelo bocal que é localizado no


equipamento, o mesmo vale para o tamanho e o material.
Para tornar o compass vísivel quando ele não está na tela, basta ir na ribbon Home, campo
compass. Neste campo encontrará várias outras opções para ser usado com o compass,
uma delas por exemplo, é para mudar a cor do compass, assim ele sempre estará vísivel
dependendo da cor escolhida quando rotear a tubulação.
Quando você clicar no sinal [+] do equipamento, automaticamente começará a rotear a
tubulação com algumas configurações básicas (tubulação reta, cotovelos de 45° ou 90°
graus). Contudo se você olhar a linha de comando após ter clicado no sinal [+], verá que
existem mais opções disponíveis.

Durante este capítulo explanaremos o que todas estas opções podem fazer, mas iremos
pegar uma que é sempre usada no roteamento da primeira tubulação. Como você já pode
Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br
AutoCAD Plant 3D Página 149

ter percebido quando roteia uma tubulação, o compass assume uma direção específica, esta
direção nem sempre é a que você quer ou precisa. Fazer o compass mudar de direção,
assim que começar a rotear, ative a opção Plane. Para ativar a opção Plane, basta digitar P
na linha de comando ou clicar com o botão direito do mouse na tela, ao abrir o menu pop-
up, escolha a opção desejada. Você pode fazer isto quantos vezes necessitar.

Ao olhar o compass quando ele está deitado, verá que mais marcas estão vísiveis e se você
mover seu mouse em volta da tubulação terá mais ângulos do que apenas o de 45° e 90°
graus.

Estas marcas e ângulos são possíveis nestas posições no compass, porque a tubulação e
cotovelo serão roteados em volta da linha de centro. Para dar mais liberdade em que
direção a tubulação pode ser roteada, os ângulos e as marcas podem ser configurados. Isto
é feito novamente na ribbon Home, no campo compass, aí você pode defenir o ângulo de
tolerância, este ângulo de tolerância poderá ser exibido sempre que o compass for
apresentado.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 150

Você pode configurar o ângulo de tolerância para permitir pequenas variações quando for
criar tubulação a partir de uma existente, ou adicionar um acessório. Por exemplo: você
pode especificar um ângulo de 91° graus, usando um cotovelo de 90° graus.
Se você habilitar o comando toggle tolerance, o compass exibirá a marca do ângulo de
tolerância. Por padrão, o toggle tolerance é desabilitado.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 151

4.4 Opções adicionais de roteamento de tubulação


Como citado, quando você roteia a tubulação, mais opções estão dísponiveis, e elas são
apresentadas na linha de comando. Neste parágrafo explanaremos mais sobre estas opções
e como você pode fazer um bom uso delas quando for desenhar a tubulação.

4.4.1 Size e Specification (Tamanho e especificação)

As opções de tamanho e especificação (size e specification) permite


você mudar o size e/ou spec enquanto roteia sua tubulação. Você
começará com uma spec e size pré-definidos, especialmente
quando começar no equipamento, mas frequentemente você
precisa mudar o spec e/ou size quando for rotear a tubulação.
Mudar o spec e/ou size requer que você saiba como designar os
parâmetros para ambos os itens, se não o AutoCAD Plant 3D não
reconhecerá e continuará com o size e spec ativos.
Para ativar o Size ou Specification digite S ou SP na linha de
comando, isto também pode ser feito clicando com o botão direito
do mouse e escolhendo qualquer opção no menu que abrirá na tela.
Quando você muda o tamanho da tubulação durante o roteamento
uma redução será automaticamente adicionada a rota da tubulação para se certificar de que
o que você está criando é realmente possível. Você não tem que pensar sobre isto, contudo
se mudar para um tamanho que não existe na sua spec, ocorrerá um problema que você
terá que inserir manualmente a redução.
Fazer uma mudança de spec não vai aparecer no seu model diretamente, mas a alteração
irá ser exibida quando for criar listas e ISO's.

4.4.2 Cutbackelbow (cotovelo em ângulo)

Quando você precisar rotear uma tubulação com ângulo diferente de 45° ou 90° graus, a
opção Cutbackelbow deve ser ativada. A opção Cutbackelbow permite você escolher
qualquer ângulo que é necessário para manter a rota da tubulação na direção correta, na
vida real você pegaria um cotovelo de 45° ou 90° graus e cortaria-o para o ângulo
necessário, mas o AutoCAD Plant 3D faz isto quando o roteamento para um cotovelo
existente está fora de questão no seu modelo 3D.
O Cutbackelbow é um comando on/off (habilitado/desabilitado), então se você somente
precisar de um Cutbackelbow você deve estar certo que o comando está
em on (Habilitado) quando o cotovelo é colocado. Para ativar a opção
Cutbackelbow durante o roteamento você somente precisa digitar C na
linha de comando, ou clicar com o botão direito do mouse e escolher a
opção no menu que abrirá em seguida.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 152

4.4.3 Rollelbow

A opção Rollelbow permite primeiro escolher um ângulo para o seu


cotovelo (45° ou 90° graus, dependendo do seu spec) e em seguida,
uma rotação, e em que direção o cotovelo será colocado. Esta opção
dará à você mais flexibilidade para rotear sua tubulação em uma
direção específica usando o cotovelo em ângulo.
Para ativar a opção Rollelbow digite R na linha de comando, ou
clique com o botão direito e escolha esta opção no menu que
também será possível a ativação deste comando, assim como os
outros comandos mencionados.

4.4.4 Stub-in

Ao criar um branch na tubulação o AutoCAD Plant 3D primeiro verificará na spec que tipo de
conexão terá maior prioridade (veja o capítulo Spec Editor) antes que ele acrescente um
branch para a tubulação existente. Como você já viu no spec Editor, há várias opções para
fazer um branch, e pode ser que o Stub-in(Boca de lobo) não tenha a maior prioridade.
Se você quer ter certeza que o Stub-in seja usado como alternativa de qualquer outro tipo
de conexão, então a opção Stub-in deve ser ativada quando rotear a tubulação. Para ativar
a opção Stub-in, primeiro precisará ter um local onde você quer começar a conexão do
branch, isto pode ser feito facilmente escolhendo um tubo reto. Quando o tubo é
selecionado você verá um sinal [+], similar ao sinal usado em equipamento. Clicando neste
sinal [+], resultará em um branch no tubo, e o tipo desse branch é o que tem a maior
prioridade no seu spec. Para anular o tipo de branch, digite ST na linha de comando, ou
clique com o botão direito do mouse, escolha a opção Stub-in no menu apresentado. Ambas
as opções forçará o branch usar o Stub-in(Boca de lobo), tipo de conexão independente do
qual é defenido na spec.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 153

4.4.5 Elevation e Offset

Com o offset o usuário pode controlar como um tubo vai ser colocado no model, que não
seja a linha de centro (center) da tubulação, o AutoCAD Plant 3D oferece oitos tipos de
Offset que não seja o center. O Offset permite por exemplo colocar a tubulação com o fundo
para a estrutura ou com o seu lado para uma parede. A opção Offset faz isto facilmente
colocando suportes de tubulação, ela colocará instantâneamente estes suportes na
tubulação fazendo mínimas alterações posteriores.
Os tipos de offset são:

Offset é relativo à direção de roteamento, isto não é absoluto. Quando você faz o
roteamento da tubulação na direção vertical, o BOP alinhamento é relativo para uma
parede. Você pode definir o alinhamento e o offset na ribbon, antes de rotear a tubulação
ou definir na linha de comando antes de iniciar o roteamento.
Quando você decide mudar o offset durante o roteamento da tubulação, primeiro você tem
que escolher o tipo de offset que é usado para referência, e a distância de offset pode ter
alinhamento horizontal ou vertical.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 154

A opção Elevation pode ser usada para criar tubos com elevações baseadas no seu modelo,
especialmente quando você precisa conectar a tubulação com certa elevação, ou se você
gostaria de deixar sua tubulação correr em uma altura específica (sem saber o comprimento
do tubo). Quando a opção Elevation é ativada o AutoCAD Plant 3D necessita de um valor de
elevação, este valor é absoluto e permite criar um tubo com uma altura determinada, sem
ter que saber o comprimento atual do tubo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 155

4.4.6 Elevation snapping

Se o valor de elevação não é conhecido ou se houver muitas elevações fazendo com que
seja difícil entrar com valores exatos, então o elevation snap pode ajudar a escolher arestas
e faces como referências para a elevação. O elevation snap permite que você use os object
snaps que permitire que você escolha arestas (por exemplo), o roteamento da tubulação é
então alongado para a aresta selecionada e você pode continuar a rotear sua tubulação
nesse nível. O Elevation snap trabalha em combinação com o tipo de offset e distância,
tornando está opção poderosa enquanto define o roteamento de sua tubulação.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 156

4.5 Roteando a tubulação manualmente


Na situação que você tem que trabalhar com uma equipe de projeto, o roteamento da
tubulação direto de um equipamento nem sempre é a melhor opção. Neste caso você
frequentemente trabalhará com referências externas (external references [Xref’s]) e você
pode somente usar os modelos de referência como ponto de partida. O roteamento manual
de tubulação não é um problema para o AutoCAD Plant 3D, contudo existem algumas coisas
que você tem que ter em mente quando faz isto.
Neste tópico iremos aprofundar no modo que é roteado a tubulação sem a presença de um
equipamento. Para obter uma melhor compreensão de como é feito o rotemanto manual,
primeiro temos que dar uma olhada no campo Part Insertion que está na ribbon Home.

Como você pode ver na ribbon, há um botão chamado Route Pipe, este botão inicializará o
camando pipe route e permitirá que você roteie a tubulação sem a necessidade de um
equipamento ou outros componentes. Também na ribbon vemos dois campos de seleção
que nos dá a oportunidade de definir o size e o spec que serão usados no roteamento, esta
tubulação contudo começará unassigned, isto significa que não tem qualquer line number
(número de linha) conectado a ela, por exemplo do seu P&ID.
Para começar o roteamento, primeiro escolha o size e a spec, e então clique no botão Route
Pipe, o AutoCAD Plant 3D perguntará a você o ponto inicial que começará a tubulação.
Quando o roteamento da tubulação é inicializado o compass aparacerá na tela novamente,
permitindo o usuário a trabalhar da mesma forma explicada quando o roteamento era feito
diretamente de um equipamento.

Em projetos que você terá que começar a criar as tubulações antes de tudo, o AutoCAD
Plant 3D é capaz de fazer isto com a máxima flexibilidade que você precisa para fazer o seu
trabalho. Se for necessário conectar manualmente a tubulação com uma line number
existente (em seu P&ID) ou mesmo que seja uma nova line number, o AutoCAD Plant 3D
deixará você fazer isto.
Para adicionar uma line number (existente ou nova), você somente precisa escolher um
pedaço de tubo e deixar o AutoCAD Plant 3D procurar pelo restante das partes conectada.
Quando você tem um pedaço de tubo selecionado, clique com o botão direito do mouse e
em seguida abrirá um menu. Neste menu são apresentadas algumas opções que fazem a
seleção de um tubo inteiro, de fácil execução, se você escolher a opção Add to Selection
verá o que pode ser usado para expandir a seleção atual.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 157

4.5.1 Connected Parts

Com Connected Parts você pode expandir a sua seleção para qualquer coisa que esteja
conectada à sua tubulação. Isto inclui equipamentos e outras geometrias que tenha algo a
ver com o pedaço de tubo selecionado.

4.5.2 Line Number

A opção Line Number é semelhante à opção Line Number que está dentro do connected
parts, mas elas podem ter resultados completamente diferente. Quando você escolhe a
opção Line number todos os segmentos de tubulação que carregam a mesma Line number
(mesmo que eles não estejam conectados) serão selecionados. A opção Line Number do
Connected Parts somente seleciona os tubos que estão conectados uns aos outros.
Para mudar a Line Number (ou qualquer outra propriedade), agora que foi selecionado
todos os segmentos de tubo, somente clique com o botão direito do mouse e selecione a
opção Properties. Na caixa de diálogo que abrirá, verá praticamente todas as propriedades
que podem ser alteradas nos segmentos selecionados. Uma das propriedades que está
disponível é o Tag, este Tag permite que você mude a Line Number dos segmentos de tubo
selecionado.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 158

New
Esta opção permite que você crie uma nova Line Number que não está conectada ao seu
P&ID.
Unassigned
Deixa o segmento de tubo sem Line Number, oferecendo a possibilidade de alterar a Line
Number mais tarde.
Show all line numbers
Esta opção apresentará todas as Line Numbers do seu modelo 3D e os que ainda estão
disponíveis em seu P&ID.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 159

Exercício – 16
Neste exercício você vai rotear uma tubulação manualmente do trocador de calor para o
filtro, no primeiro nível da construção. Certifique-se que você definiu corretamente o size, a
pressure class e a spec, e comece a desenhar a partir do filtro. Em seguida desenhe um
tubo do filtro para o bocal maior, que está no lado do tanque. A última tubulação será do
lado da refrigeração do trocador de calor para a borda da estrutura. O resultado final deverá
ser semelhante à imagem abaixo;

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 160

4.6 Ocultando e exibindo geometrias no modelo 3D


Você provavelmente tem notado que se rotear alguma tubulação, em
muitas situações terá que girar o seu modelo para ter uma vista da direção
em que precisa rotear. Nesta situação teria sido bom se algumas
geometrias não estivessem no modelo neste momento específico. O
AutoCAD Plant 3D é equipado com ferramentas que realizam isto, na ribbon
Home, campo Visibility, encontrará vários botões que poderão ajudá-lo a
tornar invisíveis os objetos selecionados.
O botão Hide Selected, ocultará todos os objetos que você selecionou; permitindo
ocultar os objetos necessários e dando a você uma visualização mais limpa da área
específica do seu modelo 3D.
O botão Hide Others serve para ocultar objetos que não foram selecionados, o que
atualmente é uma forma muito poderosa para ocultar grandes porções de objetos, se
for necessário em seu modelo.
O botão Show All torna visível novamente todos os objetos que estavam ocultos. Note que
se você tem componentes ocultos que o 3D piping ainda não sabe se está ou não
conectado, não haverá mudanças no comportamento dos modelos 3D que estão
visíveis.
Se você usar o Hide Selected em um Xref, então o Xref desaparecerá totalmente, não
há maneira de ocultar pequenas porções de um Xref.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 161

4.7 Roteando a tubulação usando o seu P&ID


Se você iniciou seu projeto com a criação de um P&ID que tem todas as informações
necessárias, então a criação de seu modelo 3D pode ser tão simples quanto à seleção de
componentes do seu P&ID e colocar em seguida no seu modelo 3D.
Na vida real muitas vezes não é uma questão de saber ou não as informações necessárias,
e ainda mais que o seu P&ID ou o modelo 3D podem mudar durante o desenvolvimento do
projeto. Contudo se há informações disponíveis, o uso destas informações pode ajudar você
a criar sua tubulação e adicionar os componentes corretos no seu modelo 3D.
Adicionar tubulações usando o seu P&ID é atualmente uma maneira muito poderosa de
controlar a exatidão do seu modelo 3D. É verdade que você não faz o roteamento das
tubulações em seu P&ID, como faz em seu modelo 3D, mas seu P&ID normalmente carrega
informações de Spec, Size e componentes que devem ser colocados na tubulação. O
roteamento de sua tubulação usando as informações do P&ID é feito, primeiro escolhendo o
botão P&ID Line List que trará uma nova Tool Pallete para tela.

Como você pode ver na Tool Palette todas as Line Numbers que estão presentes no P&ID
são apresentadas e se você expandir uma Line Number verá todos os componentes que
estão conectados a linha. Usando está funcionalidade não deixa dúvidas do que será usado
na tubulação, e também permite colocar um item diretamente ou criar uma tubulação a
partir desta Tool Palette.
Para adicionar uma linha de tubulação no seu modelo 3D, você somente tem que selecionar
a linha no Tool Palette e pressionar o botão chamado Place. O AutoCAD Plant 3D

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 162

instantaneamente perguntará ao usuário onde a tubulação começará e pegará as


informações de Spec e Size definidos no P&ID. Em vez de pressionar o botão Place, você
pode também clicar com o botão direito na linha desejada e escolher a opção Place item.

Desta mesma maneira você pode também selecionar válvulas e outros componentes que
precisam ser colocados na tubulação, permitindo a criação mais rápida da tubulação sem ter
que olhar para os componentes, specs e sizes nas ribbons e tool palettes, você já fez este
trabalho no P&ID, assim reutilizará as informações já inseridas no seu P&ID. É a maneira
mais rápida de trabalhar, e também de evitar erros.
Se houver mais desenhos de P&ID presente em seu projeto, então poderá escolher que
P&ID gostaria de usar para a criação de sua tubulação. No topo da tool palette encontrará
uma caixa de seleção que, quando presente, apresentará todos os P&ID’s que podem ser
usados. E também é possível abrir o P&ID pressionando o botão Open.

Em nosso exemplo vamos conectar a bomba com o nosso tanque, e também colocaremos
válvulas nas linhas de tubulações, usando as funcionalidades do P&ID. Para criação da
tubulação, iremos usar a funcionalidade chamada Auto Route, de modo que só temos que
escolher qual é a melhor rota da tubulação para nós.
Para começar o roteamento, primeiro precisamos selecionar a line number correta, em
nosso caso selecionaremos a line number 002 que está dividida em dois segmentos (bomba
um e bomba dois). Quando pegamos a primeira linha do Tool Palette e pressionamos o
botão place, o AutoCAD Plant 3D pergunta-nos onde a tubulação deve começar.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 163

Em nossa situação escolheremos o discharge nozzle da primeira bomba usando o node


object snap, como segundo ponto aonde a tubulação deverá ir, escolheremos o middle
nozzle no tanque, usando novamente o node object snap. O AutoCAD Plant 3D
imediatamente entende que você gostaria de usar a função Auto Route e apresentará na
sua tela e na linha de comando as opções que estão disponíveis para você.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 164

Quando o percurso apresentado não é o que você quer, o AutoCAD Plant 3D dá todas as
possibilidades que estão disponíveis, na linha de comando você somente tem que digitar N
para apresentar a próxima solução. A barra de comando também apresenta o número de
soluções que são possíveis e você pode ir para as próximas soluções até encontrar uma que
melhor se ajusta a sua necessidade. É possível mudar ou alterar a tubulação depois, mas
isto será visto em outro parágrafo.

Agora que a primeira linha principal foi colocada, podemos adicionar uma segunda linha
vindo da bomba dois. Para efetuar isto, selecionaremos a primeira tubulação e a conexão
cruzada que aparecerá, onde será usado para conectar a linha existente. A conexão da
bomba pode ser feito de duas maneiras separadas, primeira de tudo você pode fazer
manualmente, o que requer que você saiba a localização exata do equipamento. Contudo
como mencionado mais cedo o AutoCAD Plant 3D é equipado com Auto Routing, um modo
mais fácil é selecionar o bocal da bomba e deixar o AutoCAD Plant 3D apresentar as opções
possíveis que estão disponíveis.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 165

Agora que nossas tubulações estão no lugar, iremos usar a mesma funcionalidade P&ID Line
List para colocar as válvulas no tubo. Primeiro você tem que clicar no botão P&ID Line List,
assim que é ativada a Tool Palette selecione a válvula apropriada e clique com o botão
direito do mouse, e aparecerá um menu pop-up que nos permite escolher a opção Place
Item.

Quando coloca o item selecionado, o AutoCAD Plant 3D primeiro apresenta uma pequena
caixa de diálogo perguntando a classe correta do objeto selecionado. Se a classe
selecionada está correta, você pode confirmar e neste momento o componente é anexado
ao seu crosshair, e ele está preparado para ser colocado na tubulação. Se necessário a
classe pode ser alterada antes do componente ser colocado.

Agora que a válvula está conectada ao seu crosshair, você somente tem que escolher em
que tubo a válvula deve ser colocada. Selecionar o tubo é fácil e simples, quando você
move o crosshair para um tubo, automaticamente a válvula assumirá a mesma direção do
tubo e fará uma quebra na tubulação ao clicar com o botão esquerdo, confirmando a
inserção desta válvula. A última etapa é definir a orientação correta da válvula, o AutoCAD
Plant 3D permite você fazer isto usando o compass.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 166

Exercício – 17
Neste exercício você experimentará o poder do auto routing, mesmo que nem sempre lhe
dá a rota esperada. Usando o seu P&ID Line List como guia, iremos colocar algumas
tubulações e válvulas sem tomar conhecimento de tais colisões, mais tarde neste capítulo
resolveremos este problema que ocorre ao usar o auto routing. Quando você quer colocar
uma válvula, mas sabe que o componente colocado não é o que está no seu P&ID, então
olhe cuidadosamente em sua spec. Válvulas que você quer colocar devem estar em seu
spec, caso contrário o AutoCAD Plant 3D colocará uma válvula genérica de modo que, pelo
menos, o espaço é reivindicado.
Deverá conectar a bomba com o bocal do meio, que está no lado do tanque, e fazer a
conexão entre o conector remanescente e o menor conector do trocador de calor. O
resultado final deverá ser semelhante a imagem apresentada abaixo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 167

4.8 Criando uma derivação (Branch)


As rotas de tubos nem sempre será de um ponto a outro, você também criará branches
(ramos) por várias razões. O AutoCAD Plant 3D permite criar uma branch tão facilmente
quanto o roteamento de tubulação, o funcionamento é muito semelhante, a única diferença
é que você não começa em uma flange ou conexão, e sim começa em um tubo reto já
existente.
Para começar, simplesmente defina o Size e Spec na ribbon Home, campo Part Insertion,
como explanamos quando roteamos a tubulação manualmente. No Spec Editor é defenido o
branch que deverá aparecer quando criá-lo, como definir um branch foi tratado mais cedo
neste capítulo.
Agora que o Size foi definido, apenas é uma questão de ativar o comando Route Pipe, ative-
o. O AutoCAD Plant 3D requer um ponto inicial para a criação da rota da tubulação, em vez
de selecionar uma flange ou um equipamento, simplesmente selecione um tubo existente. O
AutoCAD Plant 3D imediatamente entende que o tubo que está sendo roteado tem um
branch e analisa na Spec o tipo de conexão que deverá ser usado. Agora é apenas uma
questão de desenhar a tubulação como já foi feito anteriormente.

Como mencionado anteriormente, o tipo de conexão usado depende da configuração em


sua especificação. Sua especificação determina se o tipo de conexão está disponível e a
prioridade desta conexão é definida na Spec.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 168

4.9 Colocando componentes manualmente


Em alguns casos, por exemplo, quando não há P&ID, você precisa colocar os componentes
manualmente em seu modelo 3D. A melhor forma de fazer isto é usando o Tool Palettes que
pode ser configurado conforme apresentado anteriormente neste capítulo.
A maneira de usar os componentes do Tool Palettes do AutoCAD Plant 3D é semelhante à
maneira de usar os símbolos do AutoCAD. Há uma pequena diferença, porque os
componentes do AutoCAD Plant 3D são orientados por spec. Isso significa que se você
escolher um componente do AutoCAD Plant 3D no Tool Palette e colocar em um tubo,
automaticamente reconhecerá qual Spec e Size deve ser usado (se disponível em sua
Spec).
Usando esta funcionalidade de Spec orientada, você pode trabalhar rápido, correto e sem
cometer erros.
Quando você clica em um componente da Tool Palette, ele é anexado ao seu cursor. Se
você move o componente até a tubulação, em seguida o componente reconhecerá a direção
do tubo e automaticamente se ajusta na posição correta, a última etapa é novamente
definir a orientação do componemte e confirmar a inserção. Para começar o roteamento de
sua tubulação a partir de um componente Inline (na linha), você somente tem que
selecionar o componente e o sinal [+] aparecerá, permitindo instantaneamente começar o
roteamento de uma nova tubulação.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 169

4.10 Posicionamento preciso dos componentes


Notamos que colocar um componente em qualquer lugar da tubulação é muito fácil, pois
colocá-los em qualquer lugar não é o que normalmente queremos fazer. Cada componente
que você coloca deve ser inserido no local exato que você deseja.
Para colocar um componente em um local exato, requer algumas práticas e algum
conhecimento sobre os object snap do AutoCAD. Os object snap (s) que usaremos para
termos uma posição precisa são o EndPoint, Intersection e From, que pode ser encontrado,
clicando com o botão direito do mouse enquanto mantêm o botão shift pressionado. Quando
você faz isto um menu pop-up aparecerá exibindo todos os object snaps que estão
disponíveis para determinar um ponto exato no seu modelo.
A primeira coisa que o AutoCAD Plant 3D gostaria de saber de você quando seleciona um
componente do Tool Palette é onde este componente deve ser colocado. Tome como
exemplo um T que você quer colocar à 500 mm do lado direito de um tubo.
Quando você selecioná-lo no Tool Palette, o AutoCAD Plant 3D imediatamente pedirá para
você colocar o componente no modelo 3D. Selecionando o tubo, trará para tela o object
snap nearest, que permite colocar o componente facilmente na tubulação. Contudo, o
nearest é usado quando não se conhece a distância entre o componente e um ponto inicial.

Para inserir em um local preciso, você primeiro precisa colocar o componente como
apresentado, esta maneira cria um link entre o componente e a tubulação que você quer
colocá-lo.
Após a inserção do componente, você sabe que a tubulação já está conectada ao
componente, essa é a maneira essencial de colocar um componente na tubulação em um
local específico sem muita precisão. Agora, para colocar em um local preciso, precisamos
selecionar o componente novamente. Após selecionar o componente, vários grips serão
apresentados que podem ser usados para manipular o componente, o que cada grip faz
será discutido posteriormente neste capítulo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 170

Os quatros grips apresentados no modelo são chamados de Move Component, estes


permitem você manipular a posição do componente. Este movimento será feito ao longo da
tubulação que o componente foi colocado.
Quando você seleciona, por exemplo, o grip do meio, não somente o modelo anexado ao
seu cursor, mas também a line center (linha de centro) do tubo será apresentado.

Esta linha de centro permite mover o componente ao longo do tubo, e também usar os
object snaps mencionados anteriormente.
Selecione o componente, e em seguida escolha um grip do componente e pressionado shift
e botão direito do mouse, escolha o object snap chamado From e vá até o ponto final ou o
ponto de intersecção no ínicio do tubo. Selecione aonde as linhas de centro se interceptam,
note que agora você é capaz de arrastar o componente ao longo do tubo.

Nesse mesmo momento o AutoCAD Plant 3D permite que você digite o valor da distância
que quer mover o componente ao longo da tubulação, como ponto base o inicio do tubo. O
AutoCAD Plant 3D colocará o componente precisamente na distância que você determinar.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 171

Este mesmo método aplica-se para todos componentes Inline que você pode colocar em um
tubo, é muito fácil, e uma maneira poderosa de determinar exatamente aonde um
componente deve ser colocado.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 172

Exercício – 18
Neste exercício iremos mover a válvula para um local preciso no tubo. Para fazer isto,
provavelmente o melhor a ser feito é tornar invisível a estrutura e o equipamento utilizando
a ferramenta Hide Others, conforme mencionado nos parágrafos anteriores.
Nós iremos começar com a check valve (válvula de retenção) e a Ball valve (válvula de
esfera) das bombas. O local exato das válvulas deve ser de acordo com a imagem abaixo.

A próxima etapa é ajustar as válvulas que estão colocadas na tubulação do tanque, filtro e
trocador de calor.
Por que estas válvulas estão em tubulações e elevações diferentes, você tem que pegar o
ponto de referência certo para colocá-las no local exato. O resultado final deve ser
semelhante a imagem abaixo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 173

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 174

4.11 Grips e Icons


Como mencionado anteriormente neste capítulo, todos os componentes possuem vários
grips que podem ser usados para manipulá-los. Neste parágrafo não explanaremos somente
os grips, mas também outros ícones icons que podem ser encontrados quando estiver
trabalhando com o AutoCAD Plant 3D.
Abaixo uma tabela dos grips que permitem manipular o componente selecionado.
Símbolo Descrição O que faz?
Grip de continuação Começa ou continua o
roteamento da tubulação

Grip de elevação Move um tubo para cima ou


para baixo para definir uma
elevação

Grip de Rotação Exibe o compass e permite


rotacionar um componente

Grip de Flip Gira o componente na


direção oposta

Grip de substituição Exibe uma palette com os


componentes similares que
você pode substituir o
original pelos componentes
disponíveis no palette.

Ao lado dos grips há também alguns ícones que podem ser encontrados ao criar a
tubulação. Um desses ícones é chamado disconnect marker, que mostra se a
tubulação ou o branch não tem conexão, o símbolo é uma gota de água que pode
ser ou não apresentado na tela, usando o botão disconnect marker na ribbon
Home.
O outro ícone é chamado exclamation Mark, que diz se há diferença entre a
conexão da tubulação e a flange. A marca é para chamar a atenção para essa conexão
específica e que você tem que resolver o problema que está ocorrendo com a conexão.
Em nosso exemplo atual temos que escolher um tubo e uma flange com uma
certa classe de pressão para conectar com uma bomba que tem classe de
pressão diferente. O AutoCAD Plant 3D automaticamente reconhecerá que isto
pode ser um problema, quando conectar estes equipamentos fisicamente.
Para resolver este problema o usuário terá que tomar a ação apropriada.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 175

4.12 Partes Permanentes e Espaços Reservados


Até agora usamos somente componentes do nosso Tool Palette ou diretamente da Spec que
criamos anteriormente neste curso. Isto está certo quando você está trabalhando em uma
planta que é completamente definida e não precisa de alteração, ou não tem vários
fornecedores de componentes Inlines. Contudo na vida real, provavelmente você terá
componentes que tem diferentes fornecedores, o que significa que você não sabe qual
fornecedor utilizar. Poderia também ser que você tem um componente em especial que
precisa ser colocado em seu desenho sem a necessidade de torná-lo um objeto comum que
faz parte de seu Catalog ou Spec.
Esses itens especiais ou específicos são os que chamamos de Permanent ou Placeholder
parts (partes permanentes ou para reserva de espaços). A diferença entre ambos é que um
Placeholder é realmente um componente que apenas reivindica o espaço necessário para o
componente final que vai ser colocado depois. Portanto, um placeholder é uma parte que
depois será substituído no desenho. O Permanent part, contudo é um item especial que não
será substituído, mas como citado, especial de tal forma que você precisa de um símbolo
para isto. O AutoCAD Plant 3D é capaz de usar ambos os tipos de símbolos permitindo mais
flexibilidade no desenvolvimento de sua tubulação.
Quando você ativa o comando Custom Parts, o placeholder é parte do mesmo comando,
uma caixa de diálogo abrirá , permitindo definir o símbolo ou peça que você quer usar.

No canto direito da caixa de diálogo você verá as propriedades que podem ser editadas do
componente a ser gerado. O AutoCAD Plant 3D assume que um Permanent part é um item
que será permanente, enquanto um placeholder part será temporário, e é usado somente
para reivindicar o espaço em seu desenho e será substituído por um componente mais
tarde.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 176

Primeiro iremos analisar as formas geométricas que é possivel criar para representar um
componente. Antes de escolher qualquer geometria é necessário escolher o tipo de
componente no menu Part Type, pois dependendo do tipo selecionado será apresentado ou
ocultado algumas propriedades especificas. Depois basta selecionar a geometria através dos
botões Plant 3D shape (utilizar geometrias paramétricas do Plant 3D) ou AutoCAD Block
(utilizar blocos do AutoCAD). Quando a opção Plant 3D Shape é selecionada, você tem que
escolher a geometria paramétrica a partir do botão Shape Browser...

Ao clicar em Shape Browser... é apresentado uma nova caixa de diálogo onde é possivel
escolher o modelo paramétrico dependendo do tipo do elemento, podendo ser
equipamentos (Equipament), componentes de tubulação (PipeRunComponente) ou itens de
conexão (Fasteners). Observe que para cada tipo de elemento possuem diferentes
geometrias.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 177

E quando a opção AutoCAD Block é acionado, você tem que optar em escolher um bloco que
esteja no DWG corrente (Choose block from model) ou importar um bloco que esteja em
outro desenho DWG (Import block from DWG...). Mas para selecionar o bloco é necessário
convertê-lo em um componente do Plant 3D e adicionar os port’s (pontos de conexões)
através do botão Create AutoCAD block based part.

Após determinar o modelo geométrico a ser utilizado é preciso configurá-lo, utilizando as


propriedades presente no canto direito. Com estas propriedades o usuário definirá se o item
será Permanent ou Placeholder, a unidade de medida, diâmetro nominal do componente, o
Iso Symbol Skey e Iso Symbol type (propriedades importantes para a geração de desenhos
isométricos), e entre outras configurações. Podemos fazer tais configurações para o uso
correto no desenvolvimento da tubulação. Primeiro de tudo é importante determinar o size
(tamanho) e a unidade de medida. Em seguida, você precisa decidir que tipo de
componente você está gerando (Permanent ou Placeholder), isso é necessário para as

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 178

propriedades e outras configurações requeridas para colocação do elemento no AutoCAD


Plant 3D.
Todas as configurações que você escolheu, agora estão disponíveis para o componente
criado e algumas delas podem ser editadas no Data Manger. As formas geométricas que
você têm, estão disponíveis, dependendo do Part Type (tipo de peça) escolhido.

Como você pode ver na caixa de diálogo, cada forma terá seus próprios parâmetros que
podem ser modificados para ajustar as suas necessidades. Um cubo e um cilindro têm
somente dois parâmetros que podem ser mudados, mas uma válvula terá muito mais
dimensões que podem ser usadas para criar um componente. Se necessário, já é possível
determinar um atuador para válvula.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 179

Se você já decidiu que tipo de item criar, dando um duplo clique no componente você
também pode definir as propriedades no Plant 3D properties, que em seguida será
automaticamente conectado ao seu Permanent Part e estará disponível quando criar
relatório, ou pode inserir as informações usando o Data Manager.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 180

Para criar um Placeholder part, você precisa escolher a opção placeholder, a criação de um
placeholder part é feita exatamente como um Permanent part. O benefício de usar o
placeholder part é que eles podem ser facilmente substituídos por peças que estão
disponíveis na spec, também um símbolo de aviso (ponto de exclamação) é colocado
próximo ao Placeholder quando o mesmo é selecionado alertando a você que a peça tem
algum problema.

Colocar um Permanent Part ou um Placeholder Part é fácil, basta usar o botão Insert in
Model que está na parte de baixo da caixa de diálogo e posicioná-lo no modelo 3D.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 181

Exercício – 19
Neste exercício iremos colocar um placeholder na tubulação do trocador de calor. Este
placeholder é para reivindicar o espaço necessário no model e ver se o componente final
caberá na tubulação. O placeholder deve ter as seguintes configurações e dimensões. Veja
na imagem onde inserir o componente. Observe que ao inserir a válvula abrirá a caixa de
diálogo Assign Tag para usuário definir o tag do componente, isso acontece porque na
opção Tag está configurado para abrir está caixa de diálogo (Prompt on Insert).

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 182

4.13 Modificando as tubulações


Criar uma tubulação é uma coisa, alterar uma tubulação ou fazer modificações é outra
coisa. Ao desenhar você tenta várias formas até encontrar a melhor rota para seu desenho,
isto significa que uma tubulação deve ser fácil de modificar antes do resultado final.
O AutoCAD Plant 3D não é somente capaz de criar tubulação, mas também de modificar e
alterar a tubulação após desenhá-la. Porque o AutoCAD Plant 3D é baseado na plataforma
AutoCAD, você também pode usar as funcionalidade como: move, stretch e copy. A maioria
dos produtos concorrentes não permite ou não são capazes de usar essas funcionalidades
normais do AutoCAD, o que torna o AutoCAD Plant 3D ainda mais poderoso.
Para ser capaz de modificar ou alterar sua tubulação é essencial que aprenda como
tubulações e outros componentes podem ser selecionados, nos próximos parágrafos iremos
analisar como o AutoCAD Plant 3D faz isso.

4.13.1 Métodos de seleção

É claro que tem a possibilidade de selecionar cada componente ou todos componentes, ou a


tubulação manualmente, mas isto não somente iria consumir muito tempo, mas
praticamente impossível quando o seu desenho ficar muito complexo. Portanto, o AutoCAD
Plant 3D é equipado com várias opções para fazer seleções. Nos próximos parágrafos
iremos analisar como podemos selecionar componentes baseados em conexão, e também
na line number.
Para começar, você precisa selecionar um único componente, é permitido selecionar os
componentes abrindo uma janela, mas neste caso não é necessário. Quando o componente
é selecionado, são apresentadas as possíveis ações que poderíamos realizar (flip, substitute,
move, etc.), mas não é isso que iremos analisar agora.

Agora que o objeto está selecionado, você precisa clicar com o botão direito do mouse, e
em seguida abrirá um menu pop-up mostrando as opções possíveis para o objeto
selecionado.
Em nosso caso iremos trabalhar com a opção chamada Add to Selection. No Add to
Selection encontrará as opções de seleção que você poderá fazer.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 183

4.13.2 Todas as Peças Conectadas (All Connected Parts)

Com o All connected parts você pode expandir sua seleção com qualquer objeto que esteja
conectado à sua tubulação. Isto inclui equipamentos e outras geometrias que tem qualquer
parte conectada ao tubo selecionado.

4.13.3 Seleciona o caminho entre duas partes selecionadas (Connected path


between selected parts)

Ao selecionar dois itens (tubo, cotovelo e etc), o Connected path between selected parts
permite fazer a seleção do trecho que conecta esses dois itens

4.13.4 Conecta a partir do número da linha (Connected Line Number)

Quando você escolhe a opção Connected Line Number todos os segmentos da tubulação que
carregam a mesma Line Number serão selecionados, desde que estejam conectados.

4.13.5 Seleciona todas as linhas (Entire Line Number)

A opção Entire Line Number permite selecionar todas as tubulações que tenham o mesmo
Line Number, mesmo que não estejam conectadas.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 184

4.13.6 Seleção por número de Spool (Spool Number)

É possível selecionar um trecho de tubulação e determinar um número de Spool para este


trecho.

E quando for necessário, o usuário pode selecionar este Spool apenas selecionando uma peça e
utilizando a opção de seleção Spool Number.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 185

4.13.7 Ocultando e isolando componentes

Nos parágrafos anteriores já foi apresentada a opção para ocultar objetos usando os botões
da ribbon Home, no campo Visibility. Porém, no menu pop-up que abrirá, quando você clicar
com o botão direito do mouse, após ter selecionado os objetos, também terá uma opção
que ocultará objetos.
Quando você pressiona o botão direito do mouse com os objetos selecionados, o menu pop-
up permite que você use a opção Part Hiding/Isolation. Este menu carrega as opções que
permitem você alcançar o mesmo resultado quando usa os botões da ribbon Home.

Isolate Selected Parts


Oculta os objetos que não estão selecionados e apresenta apenas os objetos que estão
selecionados.
Hide Selected Parts
Oculta todos os objetos selecionados e deixam visível todos os objetos não selecionados.
End Hiding/Isolation of Parts
Esta opção deixará todos componentes visíveis novamente, ela é semelhante ao botão
Show All da ribbon.

4.13.8 Travando e destravando componentes

Durante o projeto os objetos inseridos no desenho precisam ser movidos e mudados de


posição, mas em certo estágio algumas tubulações e componentes devem permanecer no
lugar. Para conseguir isso, você pode travar os componentes. Ao travar os componentes
aparecerá um cadeado vermelho quando você clicar com o botão esquerdo do mouse no
objeto. Para travar os objetos, você precisa selecioná-los e pressionar o botão direito do
mouse, em seguida abrirá o menu pop-up, e escolher a opção Lock/Unlock Placement.

Um tubo travado ficará no local atual quando tentar deslocar os tubos conectados a ele.
Mudar o comprimento do tubo e adicionar componentes como válvulas será possível porque
é a posição que está travada.
Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br
AutoCAD Plant 3D Página 186

Se você selecionar o tubo travado, o AutoCAD Plant 3D permitirá movimentar o tubo,


assumindo que este movimento foi intencional. De modo que o mecanismo de travamento
está em vigor quando movimenta o segmento de tubo conectado, mas você pode anular o
travamento quando você altera diretamente a posição da tubulação, permitindo que você
use a funcionalidade do AutoCAD Plant 3D, desta forma tornando novamente uma das
soluções mais flexíveis para desenhar sua tubulação em 3D.

O destravamento do tubo ou dos componentes conectados é feito selecionando novamente


o objeto travado e pressionando o botão direito do mouse, o mesmo menu pop-up abrirá,
permitindo você a destravar o objeto clicando na mesma opção.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 187

4.14 Mudando a especificação e o diâmetro (Spec and Size)


A criação de rotas de tubulação é muito fácil e poderosa, com o AutoCAD Plant 3D criar
tubulação manualmente ou usando um P&ID não é um problema. Mas o que você terá que
fazer quando precisar mudar o spec ou o size de uma tubulação após a mesma já ter sido
criada.
O AutoCAD Plant 3D também é equipado com funcionalidades para fazer isto, nos próximos
parágrafos iremos ensinar como você pode mudar o spec ou o size com apenas alguns
cliques do mouse. Para iniciar, primeiro você precisa selecionar um ou mais objetos que
precisam ser mudados, nos parágrafos anteriores explanamos como você pode selecionar
vários segmentos, por exemplo, de uma tubulação.
Em nosso exemplo selecionaremos uma flange, ela é conhecida no AutoCAD Plant 3D como
um conector, porque se conecta com alguma coisa (um pedaço de equipamento, uma
válvula, um filtro, outra flange, e etc...). Após essa flange ser selecionada, clique com o
botão direito do mouse, em seguida abrirá um menu pop-up. Neste menu há várias opções
disponíveis, mas iremos analisar as propriedades da flange selecionada, utilizando a opção
Properties.

A caixa de diálogo properties apresentará todas as propriedades dessa flange específica,


isto significa que não somente a cor, o layer e o tipo de linha é conhecido, mas também
com qual spec a flange é colocada e qual tamanho foi usado.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 188

Quando você analisar a caixa de diálogo properties notará que as informações apresentadas
na seção Plant 3D estarão bloqueadas. Vimos 4 tipos de propriedades que determina como
esta flange selecionada deve se comportar. A classe é algo que não pode ser mudado; você
pode reconhecer isto porque o campo class está acinzentado (bloqueado).
O Spec, Size e o Required Spec, contudo podem ser mudados sem qualquer problema. O
que podemos verificar na caixa de diálogo é que a Spec e o Required Spec (o que é
necessário na conexão) não estão em sincronia. Esta também é a razão da apresentação de
um ponto de exclamação amarelo na flange, como mencionado anteriormente, o ponto de
exclamação salienta a existência de uma diferença no que é colocado e o que é necessário.
Neste exemplo você vê que o Required Spec é diferente da Spec (ativa), para definir isto
corretamente precisamos mudar o valor da Spec para o mesmo valor do Required Spec.
Quando você seleciona o valor do campo Spec, uma lista será apresentada, exibindo todos
os Specs disponíveis para este projeto.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 189

Quando você seleciona o Spec correto, em conformidade com o campo Required Spec, não
somente o ponto de exclamação amarelo desaparecerá do seu modelo, mas também a
propriedade Required Spec será apagada automaticamente.

Antes Depois

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 190

Agora que verificamos como é fácil mudar o Spec, também iremos analisar como você pode
mudar o tamanho da tubulação. A seleção é feita novamente, do mesmo modo estudado
anteriormente neste curso, em nosso exemplo iremos mudar uma pequena fração da
tubulação roteada.

Como você pode ver, dois pedaços de tubo e um cotovelo estão selecionados, clicando com
o botão direito do mouse você será capaz de selecionar a opção properties, que trará a
caixa de diálogo properties para tela. Porque selecionamos mais que uma classe (tubo e
cotovelo) o campo class está com o valor *VARIES*, mas a Spec e o Size são o mesmo para
todos os objetos.
Neste exemplo mudaremos os tamanhos da tubulação e do cotovelo. Para mudar o
tamanho, você somente precisa selecionar o valor do campo Size, que mostrará para você
uma lista suspensa com todos os tamanhos disponíveis.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 191

Quando você seleciona um Size diferente, o objeto selecionado mudará automaticamente, e


também a redução será colocada para fazer os ajustes na tubulação. Desta maneira o
AutoCAD Plant 3D ajuda a manter seu desenho consistente e permite o máximo de
flexibilidade na tubulação em 3D.

Antes Depois

4.14.1 Modificando o tamanho (Size) da válvula

Mudar o Size e a Spec da tubulação roteada é algo que pode ser feito facilmente, como
vemos nos parágrafos anteriores. Mas o que acontece quando você não move somente a
válvula para um local preciso, mas também muda o Size, Spec e o tipo da válvula, como o
tubo reagirá a esta situação?
Em nosso exemplo iremos mudar o tipo, Spec e o Size da válvula apresentada na imagem
abaixo. Para mudar a válvula, você tem que trabalhar de maneira semelhante, quando
mudamos a flange e o tubo nos parágrafos anteriores. Após você ter selecionado a válvula e
ativar a caixa de diálogo, notará que a válvula também carrega várias propriedades do Plant
3D.

Como você pode ver a válvula já carrega um ponto de exclamação amarelo, provavelmente
porque há problemas na Spec (como por exemplo, a classe de pressão ou o tipo de
conexão). Para resolver isso, pode ser feito como aprendemos anteriormente, ajustando a
Spec.
Primeiro mudaremos o Size da válvula, para fazer isso selecione a propriedade Size no
Palette Properties. Similar à tubulação, uma lista aparecerá com todos os Sizes disponíveis
para este tipo de válvula específica (conforme definido na Spec). Se você mudar o Size da
válvula, automaticamente a rota da tubulação será equipada com reduções, novamente o
AutoCAD Plant 3D ajuda você a manter seu desenho consistente.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 192

A mudança do tipo de válvula não é feita usando o Palette Properties, para mudar o tipo de
válvula é necessário usar o triângulo de substituição que é apresentado na parte inferior
direita da válvula. Quando você clicar neste pequeno triângulo, uma lista aparecerá com
todos os componentes disponíveis para a substituição.

Mudar a válvula não significa que você mudou a Spec usada, mas somente que você mudou
o tipo de válvula que também é suportado na mesma Spec. Se você olhar a imagem verá,
por exemplo, que há válvulas semelhantes com diferente classe de pressão (PN 10, PN 16,
PN 25).
Alterar a válvula com uma classe de pressão diferente, também mudará as dimensões da
válvula, o que significa que a rota da tubulação será atualizada. O AutoCAD Plant 3D é uma
solução muito intuitiva, que automaticamente cuidará dessas questões para que você, como
engenheiro, possa se concentrar no projeto, em vez de preocupar-se com todos os
componentes se estão em sincronia uns com os outros.

Antes Depois

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 193

4.15 Isolamento da tubulação


Em muitos casos a tubulação será equipada com isolamento, este isolamento é usado por
várias razões, e quando usá-lo provavelmente queira apresentá-lo em seu modelo. O
isolamento definitivamente terá impacto sobre o projeto, com o isolamento simplesmente
certificará que você tem espaço suficiente para trabalhar com ele. Também todas as outras
características do projeto como os suportes de tubulação, branches e assim por diante,
devem ser levados em consideração quando for usar o isolamento.
O AutoCAD Plant 3D não permite somente o usuário tornar o isolamento visível no modelo
3D, mas o usuário é também capaz de configurar a espessura Insulation Thickness e o tipo
de isolamento Insulation Type. Para definir o tipo e espessura, ou mudar as configurações
do isolamento, você apenas tem que selecionar a tubulação e todos os componentes
conectados a ela. Quando as tubulações que precisam de isolamentos estão selecionadas,
basta clicar com o botão direito do mouse e escolher a opção Properties no menu pop-up
que aparecerá. Na caixa de diálogo Properties, você encontrará as configurações de
isolamento, as configurações padrão são tomadas a partir do grupo de tubulação.

É possível substituir as configurações padrões selecionando o símbolo Lightning que está no


lado direito do campo, isso apresentará onde está a configuração original, mas você pode
substituir a configuração da tubulação selecionada.

Se o tipo e espessura estão definidos, há somente uma coisa a ser feita, tornar o
isolamento visível em seu modelo 3D, para fazer isso, clique no botão Toggle Insulation
Display que está na ribbon Home, campo Part Insertion. O resultado será o isolamento de
todos os componentes selecionados.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 194

Sem isolamento Isolamento completo Isolamento somente na tubulação


Se, por exemplo, as válvulas não devem ser isoladas, então não as selecione antes de
entrar com os detalhes de isolamento. Se as válvulas já estão selecionadas, ou somente
isoladas, então as selecione, e na caixa de diálogo properties defina o insulation thickness
para zero ou coloque as válvulas de volta para o modo de aquisição (acquire mode).

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 195

4.16 Componente multifuncional


No AutoCAD Plant 3D há algumas funcionalidades ocultas nos componentes da tubulação.
Alguns desses componentes como cotovelos, são capazes de mudar para outro componente
da mesma classe. Para fazer isto, é necessário somente selecionar o componente que
precisa ser mudado, por exemplo, mudar um cotovelo para um T.
Quando você seleciona um cotovelo, dois grips são apresentados. Clicando nestes grips,
permite alterar o cotovelo para um T com fluxo horizontal ou vertical, dependendo do grip
que escolher.

Usando esta funcionalidade facilitará no momento de desenhar, pois não será necessário
apagar os componentes, quando você continuar a criação da tubulação.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 196

4.17 Tubos Inclinados (Sloped Pipe)


Em muitos desenhos haverá tubos inclinados. Um tubo inclinado é usado, por exemplo, para
certificar-se que uma tubulação está vazia ou se o fluído que passa por este tubo fluirá por
uma determinada direção. O AutoCAD Plant 3D também é equipado com funcionalidades
para criar estes tubos inclinados.

Entender como o Slope Pipe trabalha não é difícil, você apenas precisa inserir a distância
que o tubo vai percorrer (Run) e a distância que vai descer (Rise). Isto resultará em um
número em graus que será inserido o tubo no desenho.

Definir o valor de Rise e Run é fácil, o valor que o tubo irá subir ou descer é calculado
automaticamente, mas para certificar-se que o tubo inclinado está criado, você primeiro
tem que ativar a opção Sloped Pipe. A ativação da opção Sloped Pipe é feito pressionando o
botão do campo Slope que está localizado na ribbon Home.

A opção apresentada é aplicada apenas para cada segmento, isto significa que se você criar
uma tubulação com uma inclinação de 6º, o próximo será 6º a mais (olhe o último tubo
desenhado). Assim, criando vários segmentos de tubos inclinados, o resultado seria
semelhante a imagem apresentada abaixo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 197

Se você não quer que a tubulação tenha a mesma inclinação, do ínicio até o fim, então
simplesmente desenhe a tubulação em uma localidade qualquer, por exemplo, com o Auto
route.

Quando o desenho acima estiver feito, ative o comando Sloped Pipe digitando
PlantPippeSlope na linha de comando, ou clique com o botão direito do mouse em cima do
tubo, que em seguida abrirá um menu com a opção Pipe Slope Editing, então basta escolhê-
la. Após ativar o comando, abrirá uma caixa de diálogo, para que você possa selecionar o
tubo que precisa ter um anglo de inclinação, depois da seleção a caixa de diálogo retornará.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 198

Primeiro de tudo, a caixa de diálogo permite selecionar os pontos inicial e final do tubo que
gostaria de inclinar. Como citado anteriormente, isto pode ser feito na criação do tubo
inteiro, ou em pequenas porções. Para escolher o ponto inicial e final, você precisa ativar a
seta de seleção do lado da imagem que está na parte de cima da caixa de diálogo, a
inclinação do tubo será executado a partir do ponto de seleção verde até o ponto de seleção
vermelho.

Quando o ponto inicial e final for definido, deve ser determinado o método de cálculo. Você
será capaz de definir os pontos de elevações inicial e/ou final, que em seguida será usado
junto com o Rise, Run e Slope. As combinações que podem ser usadas são:
− Start Elevation - Define o início da elevação do tubo. Para fazer o tubo inclinado, o
valor do rise, run e slope deve ser digitado.
− End Elevation - Define em que elevação o tubo acabará. Definindo o Rise, Run e
Slope, determina quanto o tubo será inclinado.
− Start Elevation e End Elevation - O Rise, Run e Slope serão calculados com base no
valor de elevação que você entrar. Esta é uma opção muito poderosa, se você quiser
fazer um tubo inclinado, mas não sabe o Rise, Run ou o ângulo de inclinação.

Quando usar o comando PlantPipeSlope todos os tubos que estão entre o ponto inicial e
final serão inclinados, portanto, selecioná-los de maneira correta é muito importante. Para
criar uma correta inclinação, o ponto inicial e final devem ser o início e o fim do tubo.
O resultado final será que toda a tubulação vai ficar inclinada, conforme o método de
cálculo escolhido e o valor de Slope (inclinação) digitado.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 199

4.18 Copiar ou estender componentes (Copy or Stretch)


Criar um projeto certo na primeira vez é algo que gostaríamos de fazer, no entanto,
alterações no projeto em andamento às vezes são necessárias por diversas razões. Então,
para fazer as mudanças no seu projeto, os comandos e as funcionalidades do AutoCAD
podem ser usados. Dois destes comandos, o Copy e Stretch, são comuns para o AutoCAD,
mas também são ferramentas que podem ser utilizadas no AutoCAD Plant 3D.

4.18.1 Copy

Cópia de objetos é uma função que é muita utilizada pelos usuários de AutoCAD, porque
não precisa recriar o objeto, mas apenas o copia. O AutoCAD Plant 3D permite copiar
praticamente todos os objetos e reutilizá-los em seu desenho, ele manterá exatamente as
mesmas informações do objeto original copiado (com tubos a line number será removida
para prevenir problemas).
Para fazer a cópia de um objeto, ative o comando Copy e selecione o objeto a ser copiado.
Quando os objetos são selecionados, você tem que determinar um local de base (de onde o
objeto vai ser copiado) e um segundo ponto, onde você quer que o objeto fique. Os objetos
selecionados permanecerão em sua posição atual e os objetos que são as cópias aparecerão
no novo local.

Selecionando o objeto Objeto selecionado

Objeto copiado Nova situação


Usando esta funcionalidade economizará bastante tempo; se o pedaço de tubo for colocado
manualmente, você encontrará todos os tipos de problemas. Por exemplo, a localização das
novas tubulações e válvulas, e as dimensões e tamanhos que foram usados para criar o
tubo original tem que ser determinado.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 200

4.18.2 Stretch

O comando Stretch permite aumentar ou diminuir objetos sem que o mesmo perca qualquer
tipo de informação. Com o comando Stretch, você será capaz de mudar a posição do objeto,
enquanto alonga ou encurta a tubulação que está ligada ao objeto.
Para alongar ou encurtar um objeto, terá que abrir uma janela para selecioná-lo. O
AutoCAD Plant 3D tentará modificar tudo que for selecionado, e movimentará tudo que
estava dentro da janela que foi aberta para selecionar o objeto.
Após o comando stretch ser ativado, ele pede ao usuário que faça uma seleção (selection
crossing) sobre os objetos que precisam ser alongados ou encurtados. Quando os objetos
forem selecionados, escolha um ponto base, e então, mova ou stretch os objetos.

Selecionando os objetos Objetos selecionados

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 201

Alongando o tubo e movendo as válvulas Resultado final

O resultado final é que a tubulação que foi selecionada com o selection crossing, será
alongada e todos os objetos selecionados por inteiro serão movidos. Uma maneira
semelhante de fazer isto, é usando os grips points que estão ao redor da tubulação. Quando
olhamos de cima e selecionamos o ponto move grip no cotovelo, você deverá ser capaz de
mover todo o tubo da mesma maneira que fazemos com o comando Stretch. Esta
funcionalidade é tão poderosa quanto o comando Stretch, mas a desvantagem é que tem
que haver um objeto que permite que você faça isso, enquanto o comando Stretch pode ser
sempre utilizado.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 202

4.19 Alterando o Parafusos (bolt set)


Quando sua tubulação é colocada e todos os componentes adicionados, às vezes você
precisará fazer pequenos ajustes em sua instalação. Um desses ajustes pode ser, por
exemplo, a mudança dos bolt set (Parafuso) usado na flange de sua válvula.
Como você já deve ter visto, na válvula são apresentados pequenos marcadores, em ambos
os lados.

Quando estes marcadores são selecionados, você verá um pequeno triângulo azul que
permite mudar o tipo de conexão, neste caso a conexão é determinada pela válvula, assim
eles têm somente uma opção flanged.

Quando você seleciona os marcadores, com o botão CTRL pressionado, então o triângulo de
substituição terá uma cor diferente (amarela), o que significa que você não quer mudar a
conexão, mas que o bolt set e a flange podem ser mudados juntos.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 203

Agora que o marcador amarelo está visível, você pode selecioná-lo, e o AutoCAD Plant 3D
apresentará os tipos de Bolt sets que estão disponíveis em sua Spec. Desta maneira é muito
fácil trocar os Bolt sets sem a necessidade de mover ou remover válvulas e tubos para obter
acesso.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 204

4.20 Suportes de tubo (Pipe Supports)


Os tubos são suportados por equipamentos específicos. Estes equipamentos são chamados
de suportes (supports). O suporte pode ser uma simples sapata de uma tubulação que se
assemelha a uma viga soldada em baixo do tubo; eles podem ser pendurados usando
gancho ou trapézio, tipo de equipamento chamado de cabides de tubulação (pipe hangers).
Qualquer tipo de suporte de tubulação pode incorporar molas e amortecedores para
compensar a expansão térmica, ou para fornecer isolamento de vibrações, controle de
choque, excitação ou vibração do tubo devido ao movimento do fluído.
O AutoCAD Plant 3D é equipado com vários tipos de suportes de tubulação que tem que ser
colocados manualmente usando o centro do tubo como referência. Para começar a colocar o
suporte de tubo, você precisa primeiro clicar no botão Create. Apresentará uma caixa de
diálogo com todos os tipos de suportes que podem ser usados em seu desenho.

Para mudar o tipo de suporte você somente tem que clicar nas setas right e left para
navegar sobre as opções disponíveis.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 205

No canto superior direito no campo Graphics você pode definir alguns filtros informando que
familia de suporte deseja utilizar para facilitar a busca.

Você pode adicionar suportes para os modelos 3D do projeto apartir da Spec


PipeSupportsSpec ou você pode criar um suporte de tubo customizado.
Quando você conectar um suporte no tubo, a orietação e o diâmetro do suporte é definido a
partir da configuração existente.

Após inserir o suporte no modelo 3D o suporte se ajustará sozinho ao tamanho do tubo


selecionado, você pode usar o grip rotate para modificar a orientação do suporte, onde após
colocá-lo você pode determinar em que direção o suporte deverá ser posicionado. A rotação
é feita da mesma maneira que se faz com qualquer outro objeto do AutoCAD Plant 3D, o
suporte de tubo também usa o compass apresentado anteriormente.

Para suporte que tem um point-of-support (por exemplo: hanger or stanchion), você pode
usar o grip elevation para modificar a elevação. Abaixe a elevação (Z negativo) para
aumentar ou diminuir a altura dos suporte dos pisos.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 206

Logo que o suporte de tubo é colocado, você pode imediatamente colocar um segundo
suporte, pois o comando continuará ativo com o mesmo suporte.

Para colocar precisamente o suporte de tubo você tem que usar o método aprendido com o
Object Snap. Primeiro escolha o suporte, e em seguida selecione o Object Snap que você
quer, conforme visto anteriormente.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 207

4.21 Colocando suportes de tubo utilizando o Tool Palette Pipe


Supports Spec
Como citado anteriormente há também uma Spec somente para suportes de tubo. Nesta
Spec localizada no Tool Palette tem suportes de tubo já pré-definidos. A seguir a biblioteca
de suportes que o AutoCAD Plant 3D traz disponível:

Usar estes suportes permite determinar rapidamente e colocar o tipo de suporte que você
precisa, sem se preocupar com o seu tamanho correto. Os suportes localizados no Tool
Palette trabalham com o mesmo conceito que os arquivos de tubulação, onde você pode
criar novos suportes ou até mesmo modificar as dimensões dos suportes existentes dentro
do AutoCAD Plant 3D Spec Editor.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 208

O comando Add Pipe Support é parte deste Tool Palette, dando a flexibilidade
que você precisa e a possibilidade de fazer os ajustes necessários nos suportes.
A forma de colocá-los é semelhante à maneira discutida anteriormente.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 209

4.22 Convertendo um sólido do AutoCAD em um suporte de


tubo (Convert Supports)
Semelhante ao equipamento, também é possível criar ou usar um sólido do AutoCAD como
suporte de tubo. Os suportes que vêm com o AutoCAD Plant 3D, pode não atender a todas
as suas necessidades, ou em muitas situações você pode ter recebido do seu fornecedor o
modelo 3D do suporte. Para fazer esta conversão o AutoCAD Plant 3D é equipado com uma
funcionalidade que tornará um sólido em um suporte.

Quando o comando Convert Supports é ativado, o AutoCAD Plant 3D pedirá que selecione o
sólido 3D que gostaria de converter e imediatamente pedirá para escolher um ponto de
inserção que precisa ser usado quando se coloca um suporte como este. O ponto de
inserção será definido de acordo com o tubo, o suporte é conectado e se a execução do
comando estiver correta, o sólido 3D é convertido instantaneamente para um suporte de
tubo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 210

4.23 Anexando e desanexando sólidos (Attach Supports and Detach


Supports)
Em vez de criar suportes de tubo, é possível ampliar o suporte exitente com sólidos do
AutoCAD, semelhante a quando criamos equipamentos. Para conseguir isto, você somente
precisa adicionar o sólido no lugar aonde você precisa dele, e em seguida usar a
funcionalidade Attach Support para anexar o sólido a um objeto do AutoCAD Plant 3D. Para
anexar, primeiro você precisa selecionar o suporte necessário. Quando o suporte é
selecionado, você pode selecionar o sólido 3D que será anexado com o suporte.

O resultado será que quando você mover o suporte, o sólido moverá junto com o suporte,
mantendo a posição exata o tempo todo. Para desvincular a conexão entre o objeto do
AutoCAD Plant 3D e o sólido, você somente precisa usar o comando Detach Supports que
desconectará o sólido e o objeto do AutoCAD Plant 3D. O resultado neste caso será que o
sólido não acompanha o suporte quando ele é movido.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 211

Exercício – 20
Neste exercício você precisará usar as funcionalidades de modificação, e os suportes para
adaptar o tubo ao piso do primeiro nível. Os suportes de tubo precisam ser colocados de tal
forma que eles apoiarão o tubo, se necessário adicione sólidos para fechar as lacunas entre
o suporte e a estrutura.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 212

4.24 Validando o Projeto (Validate Project)


Ao criar o projeto da tubulação, você provavelmente usará mais de uma vez a informação
que esta disponível no seu P&ID. Agora que seu projeto está feito (parcialmente), você
pode querer saber se o que foi criado esta em sincronia com o P&ID, que é a base do seu
projeto.
O AutoCAD Plant 3D é capaz de validar um projeto entre o P&ID e o 3D piping. A validação
pode ser feita clicando com o botão direito em cima do projeto, e em seguida abrirá um
menu pop-up, você verá a opção para iniciar a validação, e também a opção para configurar
o que deve ser validado. Em nosso exemplo, primeiro iremos definir o que queremos
validar, para evitar a validação de itens desnecessários no momento.

Ao selecionar a opção Validation Settings uma caixa de diálogo abrirá, apresentando os


itens e objetos que podem ser validados.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 213

Em nosso caso queremos comparar o P&ID com o 3D piping, e é o que iremos configurar,
para fazer isto primeiro desmarcaremos todos os itens abaixo do P&ID objects e Base
AutoCAD Objects. Isto é para evitar que a validação também verifique a consistência do
P&ID e se há objetos usados do AutoCAD. Esta validação normalmente é feita quando se
cria os P&ID’s.
Para a nossa validação vamos habilitar:

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 214

4.25 Configuração para Validação (Validate Settings)

4.25.1 Tubulação 3D (3D Piping)

Especificam quais tipos de objetos do AutoCAD Plant 3D sinalizam erros.


NOTE: Visualize marcações desconectadas no modelo 3D com a opção Toggle Disconnect
Markers icon.
Disconnect Port: Identifica as peças do plant 3D que estão desconectas.

Placeholder Parts: Identifica peças do tipo Place Holder.

Property mismatches: Identifica incompatibilidade das propriedades dos objetos do


plant 3D.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 215

4.25.2 Checagem do Modelo 3D com Desenho P&ID (3D Model to P&ID Checks)

Especificam e sinalizam incompatibilidades nos dois tipos de desenhos (modelos 3D e


P&ID). A seguir algumas opções disponíveis para validação:
“Tagged inline items are in a 3D model but not in a P&ID drawing. Identifies Plant 3D
objects that exist in the model but not in the P&ID drawing.”
Itens inline com identificação existente em modelo 3D, mas não existe em desenho P&ID. O
Plant 3D identifica Objetos existentes no modelo 3D, mas não existente no desenho P&ID.
“Tagged inline items are in a P&ID drawing but not in a 3D model. Identifies Plant 3D
objects that exist in the P&ID drawing but not in the 3D model.”
Itens inline com identificação (TAG) existente em desenho P&ID, mas não existente em
modelo 3D. O plant 3D identifica Objetos existente em desenhos P&ID, mas não existente
no modelo 3D.
“Items with the same tag are different types in 3D models and P&ID drawings. Identifies
items that have identical tags but are different types.”
Itens com o mesmo TAG estão com tipos diferentes em relação aos desenhos 3D com os
desenhos P&ID. Identifica itens que tem o mesmo TAG, mas são tipos diferentes.
“Properties have different values in P&ID drawings and 3D models. Identifies items that
have different property values. For example, a pipe is 6” in the P&ID drawing and 4” in the
3D model.”
Tem propriedades com valores diferentes em desenho P&ID em comparação ao modelo 3D.
Identifica itens que tem valores diferentes nas propriedades do objeto. Por exemplo: um
tubo é 6” no desenho P&ID, mas no modelo 3D o tubo é de 4”.
“Inline items are on different lines in P&ID drawings and 3D models. Identifies where
matching inline components are on different lines in the P&ID drawings and 3D models. For
example, a gate valve is on l-100 in the P&ID drawing and on l-200 in the 3D model.”
Itens Inline que estão inseridos em linhas diferentes comparando o desenho do P&ID com o
modelo 3D. Identifica onde estão localizados componentes inline em modelo 3D e verifica se
estão localizados em posições diferentes em relação ao desenho P&ID. Por exemplo, a
válvula de retenção está localizada em l-100 no desenho P&ID já no modelo 3D está
localizada em l-200.
“Equipment in a 3D model has more nozzles than it does in a P&ID drawing. Identifies extra
nozzles in the 3D model that do not exist in the P&ID drawing.”
Equipamento existente no modelo 3D tem mais bocais que o mesmo equipamento do
desenho P&ID. Identifica bocais extras em modelo 3D que não existem em desenho P&ID.
“Equipment in a 3D model has fewer nozzles than it does in a P&ID drawing. Identifies extra
nozzles in the P&ID drawing that do not exist in the 3D model.”
Equipamento existente no modelo 3D tem menos bocais que o mesmo equipamento do
desenho P&ID. Identifica bocais extras em desenhos P&ID que não existem em modelo 3D.
Para aceitar as configurações, você somente precisa clicar no botão OK, isto não inicia a
validação, somente confirma a configuração que a validação terá quando for inicializada.
Para iniciar a validação clique com o botão direito no projeto, o menu abrirá com uma opção
chamada Validate Project, em seguida basta clicar nesta opção. Ao iniciar a validação todos
os desenhos do projeto serão abertos e salvos para assegurar que eles serão atualizados.
Durante a validação uma pequena caixa de diálogo abrirá, apresentando o progresso da
validação que você inciou.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 216

A validação resultará em um resumo dos problemas detectados, que é somente uma


indicação de onde as coisas não estão corretas entre o seu P&ID e seu modelo 3D.
Resolver os problemas pode ser tão simples como estabelecer um número correto de tag ou
mais complexo como trocar um tipo de válvula (em qualquer modelo 3D ou no P&ID).

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 217

Como você pode ver no resultado há algumas inadequações entre o P&ID e o modelo 3D.
Para entender qual é o problema, você somente tem que selecionar o problema específico e
o AutoCAD Plant 3D irá ampliar o objeto selecionado e dará mais alguns detalhes sobre o
que está errado.

Em nosso exemplo selecionamos a válvula BV-005, que não existe no nosso modelo 3D na
linha 004, com o Size 150 e Spec 100HC01. Nesta situação, provavelmente não definimos
nenhum número de linha para algum de nossos tubos 3D ou não inserimos tag nas válvulas
colocadas na tubulação 3D.
A solução para isto depende um tanto de como seu modelo foi feito, mas neste caso não é
tão difícil. Para ver o que está errado, você primeiro tem que dar uma boa olhada em seu
projeto 3D. Quando selecionamos a válvula que está localizada entre o filtro e o tanque, e
abrimos o Properties, então notará que o size e o spec da válvula são 150 e 100HC01,
respectivamente. Você também notará que o tag não foi definido para esta válvula, o que
provavelmente significa que tenha sido colocado manualmente em vez de usar o P&ID line
list.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 218

Ao adicionar o tag e executar a validação novamente, verá que o problema BV-005 não está
presente, pois você resolveu o problema sem muita dificuldade. Isso também mostra que
usando as funcionalidades como o P&ID Line List não só irá tornar mais fácil colocar o
componente correto, mas também fará com que o número de problemas encontrados seja
menor.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 219

Exercício – 21
Este exercício é bastante simples, valide o seu projeto usando as seguintes configurações;

Quando a validação for feita, veja se você pode resolver algum dos erros encontrados e
execute a validação novamente.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 220

CAPÍTULO 05

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 221

5 Criando desenhos Isométricos

Neste capítulo iremos criar desenhos isométricos do nosso 3D pipes usando a funcionalidade
de isométrico do AutoCAD Plant 3D. Desenhos isométricos são frequentemente usados para
pré-fabricação dos tubos e/ou determinar qual tipo e quantidade de material é necessário
para fabricar o tubo.
Cada desenho isométrico criado será baseado em seu Modelo 3D, e como você notará
durante este capítulo, há várias funcionalidades que poderão ser usadas para manipular o
resultado do desenho isométrico. No final deste capítulo você deverá ser capaz de gerar um
ou vários desenhos isométricos do seu desenho 3D para que possam ser usados na
fabricação dos tubos do seu projeto.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 222

5.1 Configuração da interface do usuário


Antes de iniciar a criação de desenhos isométricos é necessário que você habilite a ribbon
Isos, e também a guia Isometric DWG do Project Manager. Estas duas seleções trarão para
o usuário a interface necessária para gerar os desenhos isométricos. Quando um desenho
isométrico é criado, ele automaticamente aparece na guia Isometric DWG do Project
Manager.

Como você pode ver na imagem as Line Numbers que estão presentes em seu modelo 3D
são apresentadas no Project Manager.
Por padrão, o AutoCAD Plant 3D tem quatro formas distintas de criação de desenhos
isométricos, elas são apresentadas na imagem abaixo.

Nota: Para cada forma de isométrico existe um formato de folha especifica.


Cada tipo de desenho isométrico tem a sua própria função que é:

5.1.1 Check

Você cria desenhos isométricos de verificação check para garantir que todos os
componentes necessários estão representados no modelo. Um check isométrico também
confirma se o Isogen funcionará corretamente sem erros quando for o momento de produzir
o produto final.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 223

5.1.2 Final

Os isométricos Final são os principais documentos do produto que você cria a partir do 3D
piping models. Normalmente produzem os isométricos finais durante os últimos estágios de
um projeto. Esses desenhos facilitam a comparação com o AutoCAD P&ID.

5.1.3 Spool

Spool é um pequeno trecho de tubulação (contendo tubos, curvas, tês, reduções ) pré-
montado que será soldado a outros spools para completar uma tubulação. O AutoCAD Plant
3D criará o Spool conforme as dimensões definidas nas configurações, ou a partir do Spool
number determinado no 3D model.

5.1.4 Stress

Os Stress isométricos são desenhos que transmitem dados geométricos para verificação de
estresse. Normalmente, você cria estes isométricos somente para análise de estresse de
dutos, tais como linhas de alta temperatura, linhas com tamanho de tubulação de grande
porte, linhas de serviço perigoso, e em alguns casos, linhas de alta pressão.
Você pode também criar um arquivo de componente de tubulação (PCF – Piping Component
File) para ser executada a análise de estresse ou criar um desenho solto. O engenheiro de
análise de estresse usa este desenho para analisar a tensão e a carga no tubo.

Exemplo típico de um desenho isométrico

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 224

5.2 Adicionando informações do Isométrico para o modelo 3D


Em vários casos é necessário acrescentar informações adicionais que aparecerá no desenho
isométrico gerado. O AutoCAD Plant 3D é capaz de fazer isto usando os botões da aba Iso
Annotations. Antes de ativar um destes botões você deve se certificar que o 3D piping
model está ativo, para fazer isto basta acessar o gerenciador de projetos “Project Manager”
e selecionar a aba “Source Files”.

Ao localizar seu desenho de tubulação, você apenas precisa clicar no desenho desejado para
ativá-lo. O desenho de tubulação deve ser ativado para se certificar que você pode usar os
botões da aba Iso Annotations.

Ao clicar em um destes botões, o software pedirá para especificar onde será inserido a
informação. Estas informações serão utilizadas posteriormente na criação do seu desenho
isométrico.
Todas essas opções podem ser usadas, e se você quiser utiliza-las, deverá colocá-las no seu
model 3D piping. Estas informações adicionais aparecerão no desenho isométrico como um
Floor Symbol (símbolo de andar), Flow Arrow (seta de fluxo), Insulation Symbol (símbolo de
isolamento), Location Point (localização do ponto), Start Point (Ponto de início) ou Break
Point (ponto de quebra). As opções são usadas para obter informações importantes do
Modelo 3D para o desenho isométrico necessário para a pré-produção dos tubos.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 225

5.3 Iso Messages


Semelhante aos botões citados, você também é capaz de adicionar mensagens em
seu Modelo 3D, estas mensagens também aparecerão em seu desenho isométrico
quando ele for gerado. O Iso Message permite você adicionar informações escritas
em seu modelo 3D, isto novamente fará com que você economize tempo quando
precisar adicionar notas, por exemplo, para soldas ou suportes de tubo.

A última opção que pode ser utilizada é para forçar a inserção de uma linha de chamada à
geometria que envolve a mensagem, desta forma, é ainda mais clara em qual seção a
mensagem está conectada.

Como você pode ver na imagem, há um insulation symbol (símbolo de isolamento), e


também uma mensagem que deve ser feito com soldas (Welds to x-rayed). Adicionar este
tipo de informação e mensagem permite que você saiba claramente o que precisa ser feito.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 226

5.4 Quick Iso X Production Iso


Como você provavelmente já viu, há duas formas de gerar o seu Iso, estas duas opções, a
Quick e a Production tem as suas próprias funções específicas. Nos próximos parágrafos
iremos ensinar a você como os dois métodos funcionam e quando escolher cada opção.
Também abrangeremos mais como criar Iso’s usando os métodos mencionados e obter os
resultados com base nas escolhas feitas.

5.4.1 Quick Iso

Um quick isometric (isométrico rápido) é um desenho que você cria para verificar as linhas
do seu desenho. Você pode criar um quick isométrico para qualquer tipo de isométrico.
Você pode verificar todas ou algumas linhas, selecionando-as em uma lista ou clicando
diretamente no tubo. Os Quick isometrics não são mantidos como registros de desenhos,
por isto eles não são acessíveis no Project Manager.
Quando você ativa o botão Quick Iso, o AutoCAD Plant 3D pede ao usuário para
selecionar um pedaço de tubo ou escolher uma Line Number (número de linha), esta
pergunta é feita na linha de comando. O Quick Iso é capaz de criar um Iso de um
pedaço de tubo ou vários pedaços de tubos, ou mesmo de um tubo inteiro, mas não irá
torná-lo um documento de projeto.

Se você escolher a opção Line Number uma caixa de diálogo será apresentada com todas as
Line Numbers disponíveis no desenho ativo. Para escolher uma Line Number você somente
tem que clicar e marcar a Line Number, e em seguida pressionar o botão Create para iniciar
a criação do desenho isométrico.

Ainda nesta caixa de diálogo, o usuário define algumas configurações necessárias para criar
um Quick Iso. Primeiro você precisa escolher o tipo de Iso que gostaria de criar, estes tipos
são os mesmos que vimos anteriormente, são os tipos: Check_A2, Check_A3, Final_A2,
Final_A3, Spool_A3, Stress_A2.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 227

Você pode também definir onde o Iso deve ser armazenado, mas lembre-se que o
documento criado não será parte do projeto.

Finalmente, você pode definir se o Iso deve ser dividido em segmentos, isto é feito clicando
no botão Advanced que fará com que abra uma nova caixa de diálogo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 228

Como você pode ver na imagem há várias opções para dividir o desenho isométrico, isso
dará a máxima flexibilidade na criação de desenhos isométricos Quick Isometric. Ao
selecionar onde o isométrico deve ser dividido, você somente tem que confirmar com o
botão OK, e em seguida trará para a tela a caixa de diálogo anterior.
Para criar seu desenho Quick Isometric é necessário clicar no botão Create, e o processo de
geração de desenhos isométricos será iniciado.
Quando o desenho isométrico for criado uma notificação será exibida no canto inferior
direito, oferecendo um link para o desenho isométrico criado.

Com certeza, a notificação deve ser apresentada com a seguinte mensagem No errors or
warnings found (erros e avisos não encontrados), isto significa que a criação de desenhos
isométricos foi feita com sucesso. Quando você entra no link localizado na notificação uma
nova janela se abrirá, mostrando não apenas os resultados do processo da criação do
desenho, mas também em quantos segmentos o desenho isométrico foi cortado e onde eles
estão localizados.
As opções de localização são hiperlinks que lhe permite navegar de imediato para a parte
desejada do Iso. Como você pode ver na janela, as escolhas feitas para dividir o desenho
isométrico em Spec resultou em uma enorme quantidade de iso's, baseado na Spec que foi
usada para colocar os componentes.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 229

5.4.2 Production Iso

Você cria um Production Isometric quando você já estiver pronto para criar o desenho final
a ser entregue.
Você pode criar qualquer tipo de isométrico (check, stress, final e spool) ou customizar os
tipos de desenhos isométricos no Production Isometrics. Você tem a opção de substituir os
arquivos de desenhos isométricos gerados anteriormente e criar um arquivo DWF de todos
os isométricos criados no processo.
O processo de criação do desenho isométrico no Production Isometric é semelhante à
criação no Quick Iso, pois o resultado final será um desenho isométrico. A diferença é que o
Production Isometric Drawings fará parte do seu projeto e oferece a capacidade de salvar
várias revisões de todos os desenhos.
Quando você inicia o comando Production Iso uma caixa de diálogo abrirá permitindo que
você escolha a linha de tubulação que gostaria de usar para a criação de desenhos
isométricos. Nesta caixa de diálogo você visualizará todas as Line Number desenhadas no
3D Model. A melhor coisa desta comando é que você pode criar desenhos isométricos de
seu projeto inteiro de uma só vez.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 230

Quando as Lines forem selecionadas, e escolhido o tipo de isométrico no menu Iso Style,
você somente precisa clicar no botão Create para iniciar a criação, ou clicar no botão
Advanced para fazer as configurações finais.
Na caixa de diálogo Create Production Iso você tem que escolher que tipo de desenho
isométrico gostaria de criar e se necessário poderá substituir um desenho isométrico já
existente do tubo selecionado habilitando a opção Overwrite if existing. Isto significa que
você não pode manter o desenho isométrico criado anteriormente, mas essa decisão é do
próprio usuário.
Pressionando o botão Advanced uma caixa de diálogo igual à que foi apresentada na criação
dos Quick Isometric Drawings será apresentada.

Para iniciar o processo de geração clique no botão Create da caixa de diálogo anterior, que
o AutoCAD Plant 3D começará a criação de acordo com a configuração estabelecida. Quando

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 231

a criação estiver pronta, novamente uma notificação aparecerá relatando a conclusão do


processo e um link estará disponível para verificar o resultado. Como você poderá ver, não
é apresentado somente os resultados na janela, mas também o seu Project Manager é
atualizado com o novo desenho isométrico criado.

Como você pode ver no Project Manager há mais resultados visíveis, isso é porque foi
gerado mais de um isométrico. Usando a opção para não substituir o desenho isométrico
existente, oferece a você a possibilidade de verificar os desenhos gerados anteriormente; a
revisão mais recente é sempre aquela com o maior número em parenteses no Project
Manager.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 232

5.5 Informação no Iso


Falamos muito de criação de desenhos isometricos, porém não citamos as informações que
podem ser encontradas nestes desenhos. O que é importante neste tipo de desenho é que
todo o material necessário para criar a tubulação é mencionado nele.
Nos próximos parágrafos iremos verificar o que você obterá em seu desenho isométrico por
padrão, baseado no tipo de desenho isométrico.
Se abrirmos um dos desenhos isométricos criado, a primeira coisa que você vai notar é que
não há nada do seu modelo 3D. Tudo que estava no modelo 3D foi desenvolvido para uma
exibição 2D.

O desenho tem todas as informações necessárias que você precisa para fazer este tubo e
conexões de válvulas. Se dermos uma olhada mais de perto, por exemplo, na válvula que
está posicianada na seguinte situação;

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 233

Como você pode ver há tubos retos, cotovelos, válvulas, flanges e também podem aparecer
no isométrico os chamados placeholders (itens genéricos). Estes placeholders são, por
exemplo, bolt sets, gasketes, valves e etc. Na imagem você também vê que há um suporte
que precisa ser colocado em um determinado local.
O desenho isométrico carrega, como observado, todas as informações necessárias para criar
este tubo. No entanto, se não queremos olhar em cada segmento de tubo para ver as
informações apresentadas, no topo direito do desenho isométrico você encontrará uma
visão geral dos componentes necessários, comprimentos e quantidades de tubos e número
de flanges e bolts (parafusos).

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 234

Com os desenhos isométricos você tem as informações necessarias para fabricar a


tubulação que você desenhou no model 3D piping. A combinação entre o P&ID e Plant 3D
dá-lhe um ambiente muito poderoso para criar uma planta.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 235

5.6 PCF Export


Quando o seu desenho necessita de uma análise de estresse ou se você quer saber
a perda de calor ou a queda ao longo de um tubo, há soluções de software que são
capazes de cálcular isso usando arquivos de comunicação (PCF). Uma das
funcionalidades do AutoCAD Plant 3D permite você gerar estes arquivos PCF,
semelhante à geração de desenhos isométricos.
Ao clicar no botão PCF Export uma caixa de diálogo abrirá pedindo para você escolher quais
tubos devem ser exportados. Semelhante à criação de desenhos isométricos (Quick e
Production), você será capaz de selecionar as Line Numbers que pretende exportar para a
extensão PCF.

Após você selecionar as Line Numbers necessárias, e indicar onde o PCF será armazenado,
você somente precisa clicar no botão Create e o AutoCAD Plant 3D gerará o PCF.
Os PCF(s) criados são arquivos baseado em textos escritos de certa forma que eles podem
ser lidos somente por outro aplicativo que suporta os arquivos PCF(s).

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 236

5.7 PCF to Iso


Para importar arquivos PCF(s) o software possui o comando PCF to Iso, que criará
desenhos isométricos a partir de PCF(s).
Ao clicar neste comando abrirá uma caixa de diálogo para que o usuário possa
escolher os PCF(s) no botão Add, determinar o tipo de isométrico e onde eles serão
armazenados.

Quando as configurações forem concluídas, basta clicar em Create que o software construirá
os desenhos isométricos.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 237

Exercício – 22
Neste exercício você deve criar alguns desenhos isométricos usando os diferentes tipos de
criação. Tente usar tipos diferentes, mas também divide um desenho isométrico baseado,
por exemplo, no Line Number (Quick Iso).
Faça algumas mudanças em um tubo e execute a criação de desenhos isométricos
novamente e veja (sem substituir o Iso existente) quais as diferenças são encontradas
entre os dois Iso’s.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 238

CAPÍTULO 06

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 239

6 Configurações de Desenhos Isométricos (Isometric DWG


Settings)

Neste capítulo iremos analisar as opções que o AutoCAD Plant 3D possui para fazer as
configurações de desenhos isométricos, desta forma apresentando ao usuário as
ferramentas disponíveis para fazer as customizações do Isométrico conforme sua
necessidade.

6.1 Acessando o Isometric DWG Settings

Para acessar as configurações de desenhos isométricos dê um clique com o botão direito do


mouse sobre o projeto no Project Manager e escolha a opção Properties. Ou se preferir use
o comando PROJECTSETUP.

Após abrir a caixa de diálogo Project Setup, vá até a opção Isometric DWG Settings.

Repare que ao expandir a opção Isometric DWG Settings, é apresentado mais cinco opções
que serão abordadas nos próximos tópicos.
Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br
AutoCAD Plant 3D Página 240

6.2 Simbologia e Referências (Symbols and Reference)

Na aba “Symbols and Reference” você poderá editar a simbologia do isométrico, além de poder trocar a
nomenclatura utilizada para designar outros objetos.

Edit Isometric Symbols – Apresenta uma lista de estilos de isométricos, onde pode
escolher um estilo de isométrico existente e determinar os parâmetros para este estilo.

Reference Dimensions Default Settings – Aqui é aonde você irá fazer a configuração
das anotações de objetos de referência, como equipamentos, perfis entre outros.
Enclose message in – Você define a geometria que irá aparecer em volta da anotação.
Message – O texto que será exibido, podendo ser acredido de uma propriedade.
Centerline Type – Define o tipo de linha que será utilizado para a linha de centro.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 241

6.3 Configurações do Estilo de Isométrico (Iso Style Setup)


Na opção Iso Style Setup existem recursos para criar e configurar novos estilos de
isométricos, e também editar estilos existentes. Neste tópico iremos verificar quais recursos
esta opção possui.

No campo Iso Style Setup encontra-se um botão chamado Create New Iso Style e um menu
chamado Iso Style. As suas funções estão descritas abaixo.

Create New Iso Style – Criar novo estilo de Isométrico baseado em um existente.
Iso Style – Apresenta uma lista de estilos de isométricos, onde pode escolher um estilo de
isométrico existente e determinar os parâmetros para este estilo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 242

6.3.1 Informações do Estilo de Isométricos (Iso Style Information)

Você pode aplicar estilos de Iso Iso Style para desenhos isométricos ou desenhos spool. Um
desenho spool é um subconjunto de um isométrico de tubulação que tem ponto inicial e
final indicando o subconjunto fabricado.
Desenhos Spool (Spool drawing): Aplica-se estilos Spool Iso Style para desenhos Spool.
Habilitandoesta opção, o usuário definirá que o estilo editado irá gerar somente desenhos
do tipo Spool. Obsreve na imagem abaixo que ao haibilitarna opção Spool Format.

Nome do Arquivo (File Naming) - Há duas alternativas para especificar a nomenclatura


de arquivos, são elas:
Line Number – Sheet Number (alphabetical). pelo número da linha - número da folha
(em ordem alfabética)
Line Number – Sheet Number (numeric). número de linha - número da folha
(numérico), que é o padrão.
Essas opções só podem ser definidas para os estilos de desenhos isométricos Isometric
drawing. Spool Drawing tem o número do spool como nome do arquivo.
Nome do Arquivo para Desenho Isométrico (Isometric Drawing – File Naming)

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 243

Nome do Arquivo para Desenho Spool (Spool Drawing – File Naming)

Colocar pontos de solda conforme o comprimento máximo do tubo - (Place Field Welds at
Maximum pipe lenghts).
Divide os tubos conforme o comprimento especificado no campo Maximum pipe lenghts e
inseri solda entre os segmentos.

Adicionar tubo na lista de material (Add pipe makeup length to BOM for Field Fit Welds) -
Quando soldas de ajuste de campo são encontradas, adiciona o comprimento da solda
especificado ao valor total do comprimento de tubo na lista de material.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 244

Tabela com tamanho excessivo (Table overflow).


Quando exceder o espaço da tabela no desenho isométrico o AutoCAD Plant 3d sugere duas
opções de configuração:
- Overflow table on New drawing sheet: A tabela quebra e continua em um novo
desenho.
- Split Iso into two smaller Isos: O isométrico é dividido em dois isométricos menores.

6.3.2 Spools

Antes de apresentar as opções presentes neste campo vamos entender o que são Spools.
Spool é um pequeno trecho de tubulação (contendo tubos, curvas, tês, reduções ) pré-
montado que será soldado a outros spools para completar uma tubulação.
Estas opções abaixo permitem que o usuário dimensione o Spool para cada estilo de
isométrico.
Spool sizing: Especifica se a dimensão do Spool é baseada automaticamente no tamanho
máximo (Automatic (Max. Size)) ou no peso máximo (Automatic (Max Weight)). Ou
também pode especificar para usar o número de Spool (Spool number) determinado no
model (Use spool number from model).

Quando a opção Automatic (Max. Size) é selecionada três campos são habilitados para que
possam ser definidas as dimensões máximas do Spool, são elas:
Lenght: Comprimento
Width: Largura
Height: Altura

Ao selecionar a opção Automatic (Max Weight) é apresentado o campo peso (Weight) para
que possa ser definido o peso máximo em quilogramas do Spool.
Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br
AutoCAD Plant 3D Página 245

Já a opção Use spool number from model quando é selecionado nenhum campo é
habilitado, pois o número do Spool é determinado ao fazer a tubulação no desenho 3D.

6.3.3 Caminhos dos estilos de isométricos (Iso Style Paths)

O campo Iso Style Paths serve para definir onde será armazenado os desenhos isométricos
gerados, e apresentar a localização do estilo de isométrico corrente.
Na opção Iso Style files directory é apresentado a localização do estilo de isométrico, este
caminho não pode ser alterado.

Já as duas opções restantes dão a possibilidade de alterar o caminho, porém a opção


Production iso output directory armazenará os isométricos gerados com o comando
Production Iso, e a opção Quick iso output directory armazenará os isométricos gerados
com o comando Quick Iso, a diferença entre esses dois comandos serão abordados
futuramente.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 246

6.4 Configurações Padrão (Isso Style Default Settings)


O menu “Default Seetings” permite o usuário fazer as configurações da opção “Advanced
Iso Creation”, que também é exibida como opção no momento da criação do desenho
isométrico por Production Iso ou Quick Iso.

Desta forma o usuário pode definir as configurações avançadas para cada estilo de
isométrico para não precisar repetir o procedimento cada vez que necessitar criar um
desenho isométrico.

6.4.1 Exportação de arquivos ( Drawing & Output).

No conjunto de opções “Drawing & Output” o usuário pode optar por gerar arquivos
juntamente com o desenho isométrico.

Create DWF files: cria os mesmo isométricos gerados em DWG, porém na extensão DWF.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 247

Overwrite existing files: sobrescreve arquivos existentes caso já houver um desenho


isométrico gerado com o mesmo nome.

Export data tables: define quais das listas relacionadas na imagem abaixo, serão
extraídas para um arquivo com extensão definida no campo “File format”.

Nota: na opção acima, somente as listas inseridas na template do estilo de isométrico


selecionado no topo da janela, estarão disponíveis para exportação de um arquivo das extensões
citadas neste tópico. Na imagem somente “Bill of materials” está disponível, pois esta é a única
lista configurada para a template do estilo “Check_A2”.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 248

File format e Revision number: define qual a extensão será utilizada para exportar as
listas selecionadas em “Export data tables” e o número ou letra da revisão respectivamente.
O usuário pode optar por um arquivo com extensão csv, .xls, .xlsx ou .txt.

Model placment adjustments: permite que o usuário modifique a

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 249

6.5 Anotações (Annotations)


Esta opção permite configurar os formatos de anotações para os desenhos isométricos.
Neste tópico iremos verificar as configurações disponíveis no AutoCAD Plant 3D, para
melhor auxiliar o usuário no trabalho de personalização do desenho isométrico.

Estilo de Isométrico (Iso Style).


No menu Iso Style o usuário escolherá qual estilo de isométrico irá editar.

Dependendo do estilo escolhido algumas opções não estarão disponíveis, isso dependerá da
configuração estabelecida no campo Annotations shown on drawing.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 250

6.5.1 Anotações de Lista de Material (BOM annotations).

Neste campo iremos aprender as configurações de anotações para a lista de material


(BOM).

Indexação (Indexing).
A opção Indexing permite o usuário escolher entre números (Automatic (numeric)) ou letras
(Automatic (alphabetic)) para identificar o componente na lista de material, geralmente são
utilizados números.

Invólucro (Enclosure).
Esta opção serve para determinar qual geometria envolverá o numbering, ou seja, dentro
de que tipo de geometria a numeração ficará.
Há 6 tipos de geometrias disponíveis:
Circle: Círculo
Diamond: Diamante
Hexagon: Hexágono
Rectangle: Retângulo
Oval: Oval

Sem Invólucro (No Enclosure).

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 251

Caso o usuário não opte por inserir nenhum invólucro, deverá habilitar última opção.

Apresentação em plano isométrico (Show in Iso Plane).


Com a opção Show in Iso plane habilitada as anotações ficarão no plano isométrico.

(Linha de chamada (Leader).


No menu Leader Line o usuário específica se uma linha de chamada conecta à sua anotação,
com seta (Arrow), sem seta (No arrow) ou não exibe a linha de conexão (Do not display).

Expandir invólucrsos (Expand Encloruses).


Expande o invólucro quando de acordo com o tamanho do texto. Esta opção é ignorada se a
opção “Use isometric planes” é habilitada.

Prefixos para flangeados (Flanged prefixes).


Especifica um prefixo de chamada para Flanges (F), Juntas (G) e Parafusos (B).

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 252

6.5.2 Anotações de válvulas (Valve annotations).

Neste menu o usuário pode configurar se seram exibidas ou não as anotações para Control
Valves e Non Control Valves.

Válvulas de controle (Control valves) e Válvulas (Non-control Valves).


No menu Control valves e Non-control valves há 5 tipos de anotações. São elas:
Bubble w/leader: Bolha com linha de chamada.
Rectangle w/leader: Retângulo com linha de chamada.
Text only w/leader: Somente texto com linha de chamada.
Text only no leader: Somente texto sem linha de chamada.

Do not display: não apresenta a anotação.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 253

Apresentação em plano isométrico (Show in Iso Plane).


Com a opção Show in Iso plane habilitada as anotações ficarão no plano isométrico.

6.5.3 Anotações de Spool (Spool)

Invólucro (Enclosure).
Esta opção serve para determinar qual geometria envolverá o texto que representará a
numeração de identificação do Spool.
Há 9 tipos de geometrias disponíveis:
Circle: Círculo
Diamond: Diamente
Hexagon: Hexágono
Rectangle: Retângulo
Oval: Oval
Square brackets: Entre Colchetes
Diamond brackets: Entre os sinais < >
Round brackets: Entre parênteses

Sem Invólucro (No Enclosure).


Caso o usuário não opte por inserir nenhum invólucro, deverá habilitar conforme a imagem.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 254

Apresentação em plano isométrico (Use isometric planes).


Com a opção Show in Iso plane habilitada as anotações ficarão no plano isométrico.

Expandir invólucrsos (Expand Encloruses).


Expande o invólucro quando de acordo com o tamanho do texto. Esta opção é ignorada se a
opção “Use isometric planes” é habilitada.

Linha de chamada (Leader).


No menu Leader Line o usuário especifica se uma linha de chamada conecta à sua anotação,
com seta (Arrow), sem seta (No arrow) ou não exibe a linha de conexão (Do not display).

6.5.4 Anotações de pedaços soldas (Welds).

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 255

Indexação (Indexing).
Neste menu o usuário determina como as anotações serão nomeadas. São as seguintes
opções:
Automatic (numeric): Automaticamente com números.
Automatic (alphabetic): Automaticamente com letras.
Use property from model: Usar uma propriedade do model

Invólucro (Enclosure).
Na opção Welds to number há duas escolhas, habilitar os respectivos campos para que
sejam exibidas as soldas feitas em fábrica (Shop), ou em campo (Field). Para exibir os dois
tipos de soldas, basta habilitar o invólucro desejado para cada uma das opções disponíveis.
Há 9 tipos de geometrias disponíveis:
Circle: Círculo
Diamond: Diamente
Hexagon: Hexágono
Rectangle: Retângulo
Oval: Oval
Square brackets: Entre Colchetes
Diamond brackets: Entre os sinais < >
Round brackets: Entre parênteses

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 256

Sem invólucro (No enclosure).


Caso o usuário desejar não exibir um dos tipos de soldas ou nenhum, deverá habilitar a
opção “OFF” de Enclosure.

6.5.5 Anotações de pedaços cortados (Cut pieces)

Neste campo o usuário configura como serão exibidas as anotações dos pedaços de tubo
gerados no desenho isométrico.

Indexação (Indexing).
A opção Indexing permite o usuário escolher as duas opções abaixo.
Automatic (numeric): Automaticamente com números.
Automatic (alphabetic): Automaticamente com letras.

Invólucro (Enclosure).
Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br
AutoCAD Plant 3D Página 257

Há 9 tipos de geometrias disponíveis:


Circle: Círculo
Diamond: Diamente
Hexagon: Hexágono
Rectangle: Retângulo
Oval: Oval
Square brackets: Entre Colchetes
Diamond brackets: Entre os sinais < >
Round brackets: Entre parênteses
No enclosure: Sem invólucro

Apresentação em plano isométrico (Use isometric planes).


Com a opção Show in Iso plane habilitada as anotações ficarão no plano isométrico.

Linha de chamada (Leader).


No menu Leader Line o usuário específica se uma linha de chamada conecta à sua anotação,
com seta (Arrow), sem seta (No arrow) ou não exibe a linha de conexão (Do not display).

6.5.6 Anotações de conexões e continuações (Connections and continuations).

Define o texto que será inserido quando houver a necessidade do AutoCAD Plant 3D fazer
quebras de página. Os tipos são:
Iso sheet continuation (to): Em que folha o isométrico continuará.
Iso sheet continuation (from): De que folha o isométrico vem.
Other connected pipe lines: Outros tubos conectados
Connected equipment nozzles: Conectado ao bocal de um equipamento
Vents: Abertura
Drains: Dreno
Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br
AutoCAD Plant 3D Página 258

Open pipe ends: Final de tubo aberto


Closed pipe ends: Final de tubo fechado

Texto prefixo de conexão (Connection prefix).


Neste campo o usuário insere um texto, que irá ser apresentado no desenho isométrico
quando tiver alguma conexão.

Texto de Conexão (Connection text).


O usuário pode acrescentar propriedades do objeto conectado, para isso é necessário inserir
o nome da propriedade entre < >. Por exemplo: <Equipment.PartSizeLongDesc>.

Exibir coordenadas (Display coordinates).


Especifica se as informações de coordenadas e elevação serão anexadas juntamente às
anotações.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 259

Prefixos de coordenadas (Coordinate prefixes).


Específica um prefixo para as coordenadas X, Y e Z.

6.5.7 Formato da Data (Data Formats)

Decimais (Decimals): Define qual será o separador decimal (ponto, vírgula ou espaço).

Dates: O usuário pode definir o formato Britânico, Europeu ou Americana para exibição da
data e o número de digitos do ano.

6.5.8 Medidas (Measurements)

System: Especifica a unidade de medida como Imperial ou métrica.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 260

6.5.9 Atributos (Attribute)

Define a precisão e formatação para os atributos de anotação e textos da lista de materiais.


O usuário pode especificar um formato diferente para tamanho e comprimento da tubulação
selecionando o campo destacado na imagem a seguir.

Formatting: Especifica a formatação dos atributos, o usuário pode optar por Científica,
Decimal, Engenharia, Arquitetura, Fracionária ou o formato utilizado pelo windows.

Precisoin: Define quantas casa após do ponto ou da vírgula será a precisão dos atributos.

6.5.10 Congestionamento e quebras do desenho (Drawing congestion spliting)

Create Split points automatically: Faz quebras no desenho isométrico de acordo com o
nível de congestionamento de informações definidas na barra “Level o scongestion to split
Isso at:”.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 261

Split drawing on property change: Faz quebras no desenho isométrico quando a(s)
propriedade(s) selecionadas no quadro mudarem. É possível adicionar mais informações
clicando em “Add property”.

Ignore model break points and annotations: Ingorar os break points e isso
annotations.

Dimensioning: Define o estilo de cota para o estilo de isométrico seleiconado. É também


um atalho do menu Dimensions, desta forma o que o usuário habilitar no menun principal
“Themes” tamém será habilitado neste campo e vice-versa.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 262

Anntations: Define quais tipos de anotação serão inseridos no desenho isométrico e assim
como no tópico anterior “Dimensioning”, o tipo de anotação que o usuário habilitar neste
campo será habilitado automaticamente também no menu “Annotations”.

6.6 Dimensões (Dimensions)


Na opção Dimension existem recursos para configurar as dimensões que serão inseridas no
desenho isométrico. Neste tópico iremos verificar quais recursos esta opção possui.

6.6.1 Dimensões da tubulação (Pipeline Dimensions)

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 263

Valves: Lista os tipos de válvulas para o qual você pode especificar um estilo de dimensão.
Para cada tipo de válvula você pode especificar o comprimento total ou o centro.

Gaskets: O usuário pode definir se as juntas (gaskets) serão cotadas individualmente


(Dimension gaskets individually), não receberão cotas (Do not dimension gaskets) ou a
dimensão da junta será agregada ao componente (Include in component dimension), ou
seja, a cota do componente irá incluir a junta.

Text: Um atalho para definir o tamanho de texto do estilo de cota utilizado como padrão. O
estilo padrão de cota deve ser definido em Title block setup/Iso Themes.

Insulation: Exibe linhas de offset onde conter isolamento indicado no modelo.

Offsets: Define a distância da primeira cota (Offset distance) e das cotas subsequentes
(Stacking distance) da linha de tubulação.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 264

6.6.2 Configurações de linha alternativa (Alternate Line Settings)

Small bore poping up to and including: Define qual o tamanho necessário para uma
tubulação ser considerada pequena. O usuário pode definir tamanhos de 1/8” até 2”.

Existing piping includes: Define um critério adicoinal a ser exibido para o tema “Existing
piping”. O usuário pode optar pelos status “Demolition” e “New”.

Do not overconstrain string dimensions: Removerá a última dimensão do tipo string


dimension em um segmento de tubo linear quando usado com o end to end dimensions
para evitar sobre0posição de dimensões.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 265

6.7 Temas (Themes)


No menu Themes o usuário pode configurar anotações e cotas por exemplo para diferentes
tipos de tubulação.

6.7.1 Temas (Themes)

São usados para designar diferentes configurações para diferentes tipos de tubos. O theme
Default afeta a maioria das tubulações, mas é também possível atribuir diferentes
configurações para tubos com diâmetros pequenos (Small Bore Piping). Conforme é
apresentado na lista, há mais itens que podem ser configurados como, por exemplo, orifício
e dreno (Vent/Drain Piping). Todas as configurações também estão disponíveis para os itens
apresentados no menu indicado abaixo.

Display: De acordo com o Tema selecionado na lista o usuário pode optar por apresentar
cotas (Dimensions), anotações (Annotations) e/ou exibir a lista de a lista de materiais em
um relatório (Bill of Materials Report).

Enable theme: habilita ou não o tema selecionado. Se um tema é desabilitado, a tubulação


que possui este tema passa a ser considerada como uma tubulação normal.

6.7.2 Tipos de Dimension types

Há três tipos de dimensões que podem ser habilitados, são os seguintes tipos:
End to end (overall) Type dimensions: A cota vai de uma extremidade à outra
extremidade do tubo.
String: Insere a medida da cota do segmento inteiro, porém esta cota não é inteiriça ou
seja o software irá inseri-la de componente em componente.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 266

Locating Type Dimensions:


A cota sai de um ponto comum, como por exemplo, de um cotovelo e termina em um
componente, como pontos de soldas ou suporte de tubulação.

Nota: Repare na imagem acima que além de habilitar os estilos de cota para o tema o usuário
deve escolher para quais componentes quer aplicar esta configuração.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 267

6.8 Inclinação e deslocamento da tubulação (Sloped and Offset


Piping).
Neste menu são feitas as configurações de inclinação e deslocamento em 2D e 3D da
tubulação.

No menu Iso Style o usuário escolherá o estilo de isométrico que irá editar.

6.8.1 Tubulação inclinada (Sloped piping)

Show Falls as: No menu “Show Falls as” são apresentado os estilos de exibição das
inclinações de tubulação disponíveis no software.

Show As Fall Up To: No campo Show as fall up to específica o ângulo de decaimento.


Dependendo do ângulo especificado o desenho isométrico assumirá formas diferentes.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 268

6.8.2 Opções de anotações (Offset piping annotation options)

Percentage of triangle to hatch: Permite ao usuário definir a quantidade em


percentagem que irá disponibilizar do triângulo para a inserção de hachura.

Display offset angle annotation: habilitada é possível visualizar no desenho isométrico o


ângulo de inclinação ao lado do triângulo.
Os campos Horizontal e vertical servem para o usuário inserir caracteres que irão
acompanhar o ângulo, por exemplo, quando houver inclinações na horizontal de 20º e na
vertical de 25º, a nomenclatura será 20º H e 25º V.

Os campos Horizontal e vertical servem para o usuário inserir caracteres que irão
acompanhar o ângulo, por exemplo, quando houver inclinações na horizontal de 20º e na
vertical de 25º, a nomenclatura será 20º H e 25º V.

6.8.3 Deslocamento da tubulação (Offset Piping)

Há três formas de representar as dimensões de uma tubulação inclinada:


Show 2D vertical/horizontal offsets as:
• Skew box: caixa inclinada.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 269

• Skew triangle + normal dimensioning: Triângulo inclinado com as dimensões


normais.

• Skew triangle + alternative dimensioning: Trinângulo inclinado com dimensões


alternativas.

Inclinação da tubulação com um deslocamento 2D horizontal, ou seja no mesmo


plano(Sloped pipe with a 2D horizontal offset as):
• 2D trinagle +fall indicator: Triângulo 2D indicando a inclinação.

• 3D box: Apresenta um cubo apontando a inclinação através dos vértices deste cubo.

• Two skew triangles: Apresenta a inclinação através dos vértices destes triângulos.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 270

Inclinação da tubulação em 3D ou seja, inclinação em mais de um plano (Show


rolled offsets (3D skews) as):
3D Box: Apresenta um cubo apontando a inclinação através dos vértices deste cubo.

• Two skew trangles: Apresenta a incinação através dos vértices de dois triângulos.

6.9 Title Block and Display


Nesta opção o usuário irá editar simbolos isométricos, configurar o arquivo template e
definir algumas configurações.

Estilo de Isométrico (Iso Style)


No menu Iso Style o usuário escolherá o estilo de isométrico que irá editar.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 271

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 272

6.9.1 Pré-visualização do formato (Title block preview)

No botão “Setup Title Block” o usuário configura lista de materiais, soldas, tubos e Spool.
Especifica a área de desenho, a seta que indica o norte, posição das tabelas, formatação do
título, inserção de atributos na legenda etc.

No browser do Isometric Drawing template (DWT) o usuário aponta o arquivo template que
será editado.

6.9.2 Display

Elbow display: O usuário escolhe a forma de exibição de cotovelos (Elbow) no desenho


isométrico. Há duas opções: Round (redondo), Square (quadrado).

Bend display: O usuário escolhe a forma de exibição de curvas (Bend) no desenho


isométrico. Há duas opções: Round (redondo), Square (quadrado).
Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br
AutoCAD Plant 3D Página 273

Display pipe supports on isometric drawing: Habiltada a exibição dos suportes de


tubulação no desenho isométrico.
Show insulation on isometric drawnings: Habiltada a exibição do isolamento da
tubulação no desenho isométrico.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 274

6.10 Visualização ao vivo (Live Preview)


Exibir uma visualização do estilo de isométrico corrente dentro do project setup. O Live
Preview permite você visualizar as modificações feitas nos estilos de isométricos dentro do
project setup antes de mesmo de criar desenhos isométricos para verificar se as
configurações estão corretas.

6.10.1 Especifica o arquivo PCF para visualizar o estilo de isométrico (Specify a PCF
file for preview)

Especifica o arquivo PCF para usar em uma visualização (Live Preview). Você pode usar o
botão Browse para especificar um arquivo de visualização diferente.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 275

CAPÍTULO 07

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 276

7 Desenhos Ortográficos – Introdução

Os desenhos ortográficos são criados utilizando o método que observa por diferentes
ângulos um modelo 3D. Desta forma podemos gerar vistas laterais, frontal, posterior,
superior, inferior e/ou isométricas do projeto trazendo uma visão clara dos componentes
necessários para a montagem.
Em muitos casos no entanto somente olhando de fora não obtemos informações suficientes
quando o modelo apresenta arranjo mais complexo. Precisamos então de seções que
mostrem mais detalhes sobre a forma dos componentes e como é feita a rota de tubulação.
Para começar, ativaremos a ribbon que trará as ferramentas necessárias para nossos
desenhos ortográficos, o Gerenciador de Projeto também precisa ser alterado para a Guia
de Ortográficos Ortographic DWG para criar uma estrutura organizacional ou para visualizar
quais vistas foram criadas.

Todas as vistas ortográficas que serão criadas estarão dentro de seu próprio desenho, cada
desenho será salvo como um arquivo. Isso garante que se precisar criar diversas vistas e
seções o software continuará trabalhando sem problemas.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 277

7.1 Criando vistas ortográficas


Para criar um desenho ortográfico é preciso iniciar um novo desenho usando o Gerenciador
de Projetos. A criação de um desenho ortográfico é similar à criação de um modelo 3D com
a exceção é claro que vamos agora criar um desenho 2D baseado em um 3D.
Para começar um novo desenho precisamos clicar com o botão direito no Ortographic
Drawings dentro do Gerenciador de Projeto, para isso é preciso habilitar a guia de
ortográficos. Assim que clicar com o botão direito, escolha a opção New Drawing….

A opção New Drawing… exibirá uma caixa de diálogo conhecida, onde esta opção solicitará
um nome e um autor conforme mostrado.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 278

7.1.1 Criando a Primeira Vista

Ao ativar a ribbon Ortho View poderá notar que existe um botão New View para criar novas
vistas. Como o desenho ortográfico foi criado dentro de um projeto do AutoCAD Plant 3D ele
entende a necessidade de criar uma vista única com todos os desenhos presentes neste
projeto.

No momento que o comando é iniciado uma caixa de diálogo é exibida perguntando quais
desenhos devem ser utilizados para gerar a vista.

Em nosso caso, onde nós realmente temos que gerar uma estrutura para manter uma visão
clara do projeto, é preciso selecionar mais de um desenho para obter uma boa vista
ortográfica.
Se selecionarmos, por exemplo, somente o desenho 02-Tubulação 3D, somente a tubulação
será exibida na vista, mesmo que você tenha desenhos Xref subjacentes no arquivo
original.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 279

Na maioria dos casos certamente será necessário gerar uma vista completa de como a
planta será observada como um segmento único. Então em nosso exemplo temos que
selecionar a Estrutura Principal, o Equipamento Principal e a Tubulação 3D, na vida real esta
lista poderia ser facilmente expandida com paisagem, arquitetura e qualquer outra
informação importante para construção da planta.
Agora que selecionamos os modelos 3D necessários vamos observar que vistas podem ser
criadas e como os comandos para a criação trabalham. Como podemos ver agora que
selecionamos mais modelos, a tela de pré-visialização mostra o que precisamos criar ou
visualizar.

Todos os modelos do projeto foram carregados e podemos vê-los na caixa de visualização.


Também podemos ver no menu ribbon, as informações para gerarmos as vistas.
Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br
AutoCAD Plant 3D Página 280

Podemos ver no menu rápido da ribbon ativa as opções de vistas padrão e para manipular
este menu basta navegar dentro do drop-down e escolher uma opção.

Por padrão o AutoCAD Plant 3D vem com 10 vistas nomeadas como Top, Bottom, Front,
Back, Left, Right, NW Isometric, NE Isometric, SW Isometric, SE Isometric onde todas
trazem a WCS como referência, e além disso é possivel utilizar a vista corrente usando o
Current View. Isso é feito para evitar vistas estranhas e rotacionadas e certificar que esta é
a maneira mais fácil para o usuário criar sua vista necessária. Cada vista possui seu próprio
resultado de como será mostrada no modelo trazendo mais ou menos informações a
respeito da localização dos componentes.
Trocando o tipo de vista, imediatamente a vista sofre uma rápida atualização dentro do
AutoCAD Plant 3D. Podemos então notar a diferença no resultado abaixo:

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 281

Na mesma Ribbon temos disponíveis também opções de escalas para que o desenho possa
se adequar ao tamanho do papel. Como já existe este tipo de redimensionamento, devemos
sempre criar e manter nossos desenhos na escala 1:1(um para um) e utilizar este comando
depois.
Para ajudar a configurar a escala correta, um grande número de escalas estão disponíveis
quando selecionarmos o menu drop-down da aba Output Size da ribbon Ortho Editor. Esse
menu nos permite escolher de maneira fácil a escala certa para gerarmos a vista dentro do
desenho ortográfico.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 282

Se a escala que precisamos não está disponível na lista, será possível manuseá-la depois
que a vista for inserida no desenho. Dependendo da escala que selecionarmos, o tamanho
da viewport que será colocada no desenho é atualizado, isso pode ser visto ainda na ribbon
Ortho Editor.

Quando definirmos todos os valores necessários será possível visualizar na ribbon uma área
Boundary Geometry e como já seria esperado, o tamanho do Boundary Box ou caixa de
contorno pode ser ajustado para chegarmos ao nosso resultado, mas esse será o próximo
assunto.
Uma maneira de verificar se a vista gerada ficará proporcional ao formato é utilizando o
botão Paper Check. Veja que ao clicar neste botão o formato da folha é inserido no 3D.
Deste modo sabemos que a vista caberá ou não no formato.

O usuário pode fazer a geração da vista com mais de uma profundidade para excluir alguma
parte do projeto na vista 2D, ou apresentar algo que esteja escondido atrás de
equipamentos, estruturas, tubulações e etc. Para a realização desta tarefa utiliza-se o botão
Add Jog. Ao executar este comando, o software pede ao desenhista para especificar a
aresta que será quebrada, e assim cria-se duas profundidades. O mesmo procedimento
pode ser repetido na mesma ou em outras arestas, caso queira mais pronfundidades.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 283

Para melhorar a visualização de um desenho ortogonal, sabendo que o projeto muitas vezes
tem muitas linhas de tubulação, podemos especificar o modo de exibição de linhas ocultas,
quando for criar as vistas.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 284

Às vezes é necessário apresentar nos desenhos ortogonais o perímetro da área da planta.


Para fazer a inserção desta informação clique no botão Matchlines. Quando este botão tiver
em destaque siginifica que o Matchline será inserido na vista. Você pode ligar ou desligar
esta inserção usando a variável PLANTORTHOMATCHLINEMODE.

Como um projeto de tubulações possui muitas linhas , e algumas delas são cortadas no
momento de selecionar o que pertencerá ao desenho ortogonal, é preciso inserir uma
símbologia representando que o tubo e o componente estão cortados ou abertos. Para
contralar a inserção ou não deste símbolo utiliza-se o botão Cut Pipe Symbols que liga e
desliga a variável PLANTORTHOSHOWOPENPIPESYMBOL. Observe que utilizando este botão,
o usuário tem apenas duas condições 0 e 1, mas na realidade existe tembém a condição 2,
que é habiltada digitando o nome da variável na linha de comando.
0 = não mostra símbolo nos tubos e componentes cortados pelo OrthoCube.
1 = mostra o símbolo em tubos e componentes cortados pelo OrthoCube.
2 = mostra o símbolo em tubos e componentes abertos ou cortados pelo OrthoCube.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 285

Agora que estamos prontos para alterar as vistas e configurar a escala podemos salvar esta
configuração para quando for necessário gerar esta mesma vista em outro modelo 3D. E
para carregar esta configuração futuramente basta utilizar o botão Load Ortho Cube.

Agora vamos criar a vista e posicioná-la dentro do desenho, para fazer isso temos que
aceitar as configurações realizadas clicando em OK que está na panel Create no final da
ribbon.

Depois de clicar no botão OK, seremos redirecionados para a viewport e teremos que
escolher um ponto de inserção.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 286

Quando selecionarmos a localização dentro do desenho, a viewport será automaticamente


inserida e o AutoCAD Plant 3D gerará as partes visíveis de seu modelo 3D. Em alguns casos
a viewport apresentará escala incompatível com o tamanho de nosso formato ou com nossa
necessidade, por isso podemos alterar a escala direto na barra de comando enquanto ocorre
a inserção.

Observando a barra de comandos podemos perceber que basta digitar S + Enter no teclado
para ser solicitado e inserir uma nova escala. A escala tem que ser dada em unidade
decimal, exemplo, escala 1:25 deverá ser dada como 0.04.
Podemos ainda utilizar a segunda opção oferecida na barra de comandos, Existing. Esta
opção nos permite utilizar a escala de uma viewport existente selecionado o contorno desta.
Agora que cessamos todas as dúvidas, vamos inserir nossa vista, para isso basta utilizar um
ponto de inserção que esteja dentro da área útil de nosso desenho. Um ponto com boa
posição para a escala 1/25 pode ser o 100, 100 (x, y).

Depois que inserimos nossa vista, pode ser necessário realizar algum tipo de alteração,
como por exemplo, alterar a escala. Mas como faremos já que a vista já foi criada? Simples,
editaremos as propriedades da viewport, clicando com o botão direito do mouse sobre o
contorno da mesma. Depois que a palette Properties for exibida, encontraremos o campo
Custom Scale.
Conhecimento Importante: Para que a opção custom scale seja habilitada precisamos
primeiro desligar a função Display Locked da viewport.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 287

7.1.2 Criando vistas detalhadas

Até agora só geramos uma vista geral de nosso modelo 3D, mas na maioria das situações
será necessário criar vistas que especifica uma área do layout de certo ponto de vista. Com
a funcionalidade do AutoCAD Plant 3D podemos criar essas vistas mais específicas
praticamente da mesma forma que executamos acima.
Para alcançar a criação de uma vista de detalhamento temos que acessar o comando para
criação de vistas novamente. Selecione os desenhos de estrutura, equipamento e tubulação
para chegarmos à nossa montagem.
Para alterar e escolher o que vamos exibir temos que ajustar o Boundary Box (caixa de
seleção), para ajustar essa caixa podemos utilizar a funcionalidade do Grip – pontos para
manuseio da geometria – como fizemos em várias partes desta apostila. Para encontrar os
grips basta selecionar a caixa de seleção. Selecionando então os grips das bordas podemos
facilmente arrastar as faces da caixa de seleção incluindo ou retirando componentes da
vista.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 288

Esta funcionalidade permite criar qualquer tipo de detalhe que houver necessidade para
deixar uma planta mais clara para engenharia.

7.1.3 Vistas de Seção ou Corte

Uma das mais poderosas opções que você pode usar para criar vistas é para criar vistas
seccionadas. Para criar uma vista seccionada o primeiro passo como todas as outras vistas
é acessar o comando de criação e marcar os desenhos necessários.
Para criar este tipo de vista é necessário que tenhamos uma boa visão do lado que iremos
gerar, isso pode ser feito realizando uma visualização 3D do seu modelo e encontrar um
bom resultado. Para alterar a vista de orientação do modelo basta utilizar o cubo de
visualização view cube.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 289

Como podemos ver a caixa de seleção é um Cubo 3D cobrindo todo o modelo e não
somente uma face.
A função que determina onde sua seção se encontrará é a mesma que usamos para gerar a
vista de detalhe. A primeira coisa a fazer será selecionar a caixa de seleção e trazer os grips
para frente permitindo a manipulação do tamanho da caixa.

Nota: Na imagem acima que a face superior apresenta tonalidade diferente das
outras, isso ocorre porque esta será a vista projetada.
Para criarmos uma vista de corte frontal, temos que selecionar a caixa de seleção e arrastar
reduzindo o tamanho do cubo de acordo com a necessidade de sua vista. Neste caso
precisamos mover da parte frontal para trás.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 290

Quando a localização e o tamanho da caixa estiverem configurados e do tamanho que você


precisa, aceite os ajustes clicando em Create View e posicione a viewport dentro do desenho
exatamente conforme mostrado anteriormente.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 291

7.1.4 Cortes em tubo (Pipe Gap Tool).

Quando existe um tubo atrás do outro pode-se utilizar a ferramenta Pipe Gap Tool para
fazer cortes no tubo da frente. Após utilizar este comando é necessário atualizar as vista
para validar a operação.

7.1.5 Validate Views.

Verificar o modelo 3D para ver se as mudanças foram feitas desde o desenho atualizado.
A validação dessas vistas ou desenhos em comparação ao modelo 3D deve ser feita através
da ferramenta Validation View, encontrada clicando com o botão direito sobre o desenho no
gerenciador de projetos “Project Manager”, desta forma o Plant 3D irá destacar no Project
Manager em vermelho os desenhos e vistas que precisam ser atualizados em relação ao
modelo 3D.

Então quando o ícone do desenho ficar vermelho no Project Manger conforme imagem
anterior, será necessário fazer uma atualização. Atualizando um desenho inteiro com vários
pontos de vista pode levar alguns minutos, dependendo da complexidade do modelo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 292

7.1.6 Update Views.

Atualiza os componentes de uma vista existente. Depois que você criou uma vista
ortográfica, você pode validar a vista em comparação ao modelo 3D e atualizar a vista se o
modelo 3D teve modificação. Esta atualização pode ser feita clicando sobre o ícone “Update
View” na RIBBON “Ortho View” que permitirá o usuário selecionar apenas as vistas
(viewports) desejadas, ou clicando com o botão direito sobre o desenho destacado e
selecionar “Update View” para atualizar o desenho todo.

7.1.7 Update Annotations.

Atualiza todas as anotações em desenho ortográfico. Você pode atualizar os dados das
anotações em um desenho desenho ortográfico, isto quando os valores no modelo 3D tem
modificação.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 293

Exercício – 23
Neste exercício você terá que criar o conjunto de vistas abaixo utilizando Top, Bottom,
Front, Back, Left e Right, mas também alguns detalhes e seções. Observe a imagem abaixo
para ver quais vistas serão necessárias, preste atenção aos detalhes das vistas e escalas
pois estas configurações serão responsáveis pelo resultado abaixo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 294

7.2 Adicionando Anotações


A criação de desenhos somente com as vistas ortográficas não é suficiente para uma
produção profissional. Esses tipos de vistas geralmente acompanham informações como
anotações (Tags) e dimensões para tornar o desenho hábil para todos os envolvidos com o
projeto.
O AutoCAD Plant 3D está equipado com uma funcionalidade para adicionar justamente este
tipo de anotações em nosso desenho, trazendo para a vista a informação que o componente
carrega. Se olharmos na ribbon Ortho veremos alguns comandos que permitem adicionar
anotações de vários tipos.

7.2.1 Anotações ortográficas (Ortho Annotate)

A opção Ortho Annotate é capaz de extrair informações de propriedade dos componentes,


inserindo dentro do nosso desenho ortográfico. Para gerar estas informações que estão
armazenadas no componente é necessário ativar a viewport que contém os componentes
que precisam ter as informações extraídas.
Para ativar a viewport basta um duplo clique dentro da mesma e depois disso o comando
passa a poder selecionar o componente.

Adicionar anotações em linhas de tubulação é semelhante em caminho, mas existem mais


escolhas que você pode fazer e qual tipo de anotação deve ser colocada. Aqui também é
necessário ativar a vista e assim será possível selecionar a tubulação.
Quando clicar com o botão direito em cima de um segmento de tubulação na vista ativa,
uma caixa de diálogo será apresentada trazendo como uma das opções Ortho Annotate,
onde trará um filtro de tipos de anotações:

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 295

Utilizando a funcionalidade ortho annotate é permitido adicionar a informação necessária


para que qualquer profissional possa encontrar a informação e localização correta de um
componente.
Como podemos ver estas são informações importantes para o desenho, mas ainda não é o
suficiente, precisamos inserir ainda dimensões em nosso desenho.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 296

7.2.2 Adicionando Dimensões

Para completar nosso desenho 2D ou desenho ortográfico, precisamos adicionar agora


dimensões. Como utilizamos no AutoCAD normal, existem vários tipos de cotas que
precisam estar no desenho.

Depois de dimensionar nosso desenho, o mesmo deverá estar semelhante à figura abaixo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 297

Exercício – 24
Um desenho precisa de um número de anotações e dimensões que proporcionem fácil e
claro entendimento, por isso nosso último exercício do capítulo será criar mais anotações e
dimensões em nossas vistas geradas no desenho anterior. Por exemplo, precisamos saber
os espaçamento entre um componente e a estrutura ou ainda a altura de uma certa
tubulação.
Observe as vistas abaixo para usá-la como referência do número de informações que você
terá que inserir na outras vistas.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 298

CAPÍTULO 08

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 299

8 O Gerenciador de Dados (Data Manager)

Durante a criação do desenho de tubulação, uma grande quantidade de informação é


adicionada no modelo quando são colocados equipamentos e tubos. O AutoCAD Plant 3D
usa propriedades para conectar as informações com os componentes, permitindo o usuário
adicionar as informações necessárias. Estas informações podem ser extraídas para construir
relatórios, e estes relatórios podem ser usados para fazer orçamentos, cálculo de custos,
planejamento de produção e outras funções que são necessárias para o início da construção
do projeto. Quando ocorrer mudanças nestes relatórios gerados, você pode importar estes
relatórios para o AutoCAD Plant 3D e os modelos serão atualizados.
O AutoCAD Plant 3D oferece várias funcionalidades para se comunicar com outros
aplicativos, por exemplo, o Excel permitindo adicionar informações em seu modelo 3D
usando as funções de import e export. Para realizar isto, o AutoCAD Plant 3D utiliza um
recurso chamado Data Manager. O Data Manager gerência todas as informações inseridas
pelo usuário no modelo 3D. Neste capítulo explanaremos como usar o Data Manager, Print
Reports, inserir Tag usando Data Manager e importar e exportar os dados armazenados no
modelo 3D para uma planilha.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 300

8.1 Gerenciador de Dados (Data Manager)


Há várias maneiras diferentes de acessar o Data Manager;
Existe um botão na ribbon Home, no campo Project que ativa o Data Manager.
Você pode clicar com o botão direito do mouse em cima do P&ID Drawings ou do Plant 3D
Drawings no seu Project Manager e ativar o Data Manager.
Você pode escolher a opção Data Manager que está no botão chamado Reports, localizado
no topo direito do Project Manager.
Você também pode digitar datamanager na linha de comando.

Quando o Data Manager surgir, todos os equipamentos e tubulações que você colocou
estarão presentes em forma de tabela. O Data Manager apresentará todas as informações,
dependendo de onde você clicou com o botão direito do mouse.
Por exemplo, se você clicar com o botão direito do mouse no desenho, o Data Manager
exibirá todos os dados deste desenho. Também, se você clicar com o botão direito do
mouse em cima do P&ID Drawings ou do Plant 3D Drawings no seu Project Manager, o Data
Manager apresentará todos os dados usados de acordo com o item selecionado.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 301

Para usar a opção Current drawing data pelo menos um desenho tem que estar aberto, o
AutoCAD Plant 3D lê as informações do projeto e apresenta todas as informações
armazenadas no desenho corrente.

8.1.1 Dados do Projeto (Project Data)

Neste momento iremos explanar o Data Manager no modo Plant 3D Project Data. Usando
este tipo de visualização, significa que podemos ver todos os equipamentos e tubulações
que estão em todos os desenhos do projeto. Para obter uma imagem melhor de como tudo
é classificado, você precisa expandir os itens que estão no lado esquerdo do Data Manager.
Para expandir estes itens clique no sinal [+].Quando você clica no sinal [+] do Piping and
Equipment, por exemplo, todos os itens de tubulações e equipamentos são apresentados.

Após expandir os itens, você verá todos os subitens conforme seleção, que você usou ao
criar o diagrama P&ID. Na seção itens de engenharia, podemos ver as seguintes subseções:
Equipment: tanks, pumps, heat exchangers, etc.
Fasteners: bolt sets, gaskets, buttwelds, etc.
Pipe Run Component: elbows, flanges, pipes, etc.
Cada subseção tem o seu próprio grupo que descreve especificamente qual tipo de objeto é
usado, onde ele foi inserido, que tamanho é utilizado e assim por diante. Por exemplo,
quando olhamos na subseção Pipe Run Components, que contém um grupo chamado Pipe,
podemos ver todas as informações que foram usadas no projeto.

Informações básicas, como por exemplo, o size (tamanho) e Schedule (espessura) que são
necessárias, são inseridas quando o usuário coloca as tubulações ou pega estas tubulações
do P&ID usando a funcionalidade P&ID line list. Todas as outras informações que são
relevantes para compras, teste e função do tubo podem ser adicionadas no Data Manager
ou exportado para o Microsoft Excel, onde o engenheiro responsável pode adicionar as
informações necessárias. Importando e exportando dados será explanado posteriormente
neste capítulo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 302

8.1.2 Dados do Desenho (Drawing Data)

Enquanto o Project Data apresenta todas as informações do projeto, o Drawing Data


apresenta os dados do desenho ativo.

Para ativar o Data Manager e ir diretamente para os dados do desenho, clique com o botão
direito no desenho desejado no Project Manager. O AutoCAD Plant 3D abrirá
automaticamente ou ativará o desenho que foi selecionado pelo usuário, se este desenho
não estiver ativo. Se o Data Manager está ativo, o usuário pode mudar de dados do projeto
para dados do desenho e vice versa. No canto superior esquerdo do Data Manager há uma
lista suspensa que mostra os possíveis visualizadores de dados.

Ao trabalhar no Data Manager, ele pode ser usado para localizar o componente no seu
desenho. E também, quando você seleciona o componente diretamente no desenho, todas
as informações deste componente são apresentadas no Data Manager. Nos próximos
parágrafos iremos abordar funcionalidades das ferramentas zoom e o visualizador de dados
no Data Manager.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 303

8.2 Zoom to
Depois de ter decidido qual componente você quer visualizar mais de perto, você somente
tem que selecionar a coluna do lado esquerdo do Data View, e o símbolo selecionado será
destacado, assim você pode ver exatamente onde ele está localizado. No entanto, se você
trabalha com grandes e complexos desenhos de tubulação, este destaque pode não ser
suficiente para ser capaz de visualizar e editar o componente. Para facilitar o trabalho no
componente desejado você pode se aproximar mais ao componente. Para destacar um
componente que você escolheu no Data Manager, basta clicar no campo em frente do
componente desejado.

Se esta função não estiver disponível, a opção Zoom Toggle deve ser ativado. A função
Zoom Toogle é localizada na parte de cima da caixa de diálogo do Data Manager. Se você
prefere ter mais controle sobre a ação de zoom do AutoCAD Plant 3D, é melhor tornar a
função em Off (o padrão é On).
Quando você quer ampliar o componente selecionado e o Zoom Toggle está desabilitado
Off, apenas clique com o botão direito do mouse na linha do componente, que em seguida
abrirá um menu contendo uma opção chamada Zoom, que permite destacar o componente
no modelo 3D.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 304

8.3 Exibindo os dados através da selação do símbolo


Até neste ponto destacamos o componente, selecionando a linha correta no Data Manager.
Quando se trabalha com grandes projetos e desenhos complexos de tubulação, pode ser
difícil encontrar o que você precisa imediatamente no Data Manager. Para ver qual
informação está conectada com um símbolo específico do seu modelo 3D, é também
possível selecionar o componente desejado no modelo 3D e as informações deste
componente serem apresentadas no Data Manager. Quando o botão Show selected item é
ativado você será capaz de escolher um componente no modelo 3D, que em seguida trará
uma linha no Data Manager.

8.4 Adicionando e Editando Dados


Durante a criação do desenho de tubulação 3D, o usuário entra com informações
conhecidas sobre o componente. Esta informação é o mínimo necessário para construir o
sistema, mas pode não ser suficiente para comprar os componentes ou testar o sistema.
Esta informação específica para componente é geralmente determinado quando o desenho
3D está sendo criado ou quando está finalizado. Em muitas empresas os modelos 3D são
criados por desenhistas, enquanto os dados do componente são inseridos por um projetista
ou um engenheiro de processo.
Para acrescentar ou alterar as informações, o Data Manager pode ser usado. Para mudar as
informações nos campos do Data Manager, selecione o campo desejado da propriedade que
precisa ser editado, e simplesmente digite as informações atualizadas.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 305

As últimas opções que podem ser usadas no Data Manager são as funções Copy, Paste e
Cut, comandos padrão do Microsoft Windows. Para usar estas funções, você primeiro
seleciona o valor desejado e em seguida clique com o botão direito do mouse e um menu
abrirá.

Neste menu você verá três funções, o Cut [CTRL + X], Copy [CTRL + C] e o Paste [CTRL +
V] que está acinzentado neste momento. Ao invés de usar as opções no menu, você
também pode usar os atalhos. Para copiar um valor, selecione o texto e use o comando
Copy. Para colar o texto em um campo novo ou diferente, selecione o campo desejado e
use o comando Paste. Este método facilita na reutilização de dados que já estão inseridos,
por exemplo, quando o fabricante é o mesmo ou quando o tipo de equipamento deve ser o
mesmo em vários campos.
Também é possivel copiar uma propriedade e colar em diversos campos. Primeiro, selecione
a propriedade desejada e copie usando o atalho [CTRL + C] ou escolhendo a opção Copy do
menu. O próximo passo é determinar em que campo o valor deve ser copiado. Você pode
selecionar vários campos, para fazer isso clique no primeiro campo e mantenha
pressionado a tecla [SHIFT], e em seguida selecione todos os campos desejados.
Agora que você selecionou os campos necessários , pressione a tecla [CTRL + V] ou clique
com o botão direito do mouse e escolha a opção Paste, e o valor será colado nos campos
selecionados. A mesma função também funciona se você usar a tecla [CTRL], que permitirá
escolher vários campos aleatório.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 306

8.5 Exportando e importando dados do P&ID


Embora seja necessário usar o AutoCAD Plant 3D para mudar ou adicionar qualquer
informação no projeto, em muitas empresas, como mencionado anteriormente, os
desenhistas ou projetistas criam o modelo 3D, mas eles não precisam necessariamente
saber qual é o fabricante do componente, as configurações de testes ou outras
especificações que são necessárias. Este tipo de informação muitas vezes é de
responsabilidade do engenheiro que pode não conhecer o software AutoCAD Plant 3D.
Se você edita as informações somente com o Data Manager no AutoCAD Plant 3D, então é
necessário que o projetista ou o engenheiro tenha acesso ao software. Isto significaria a
compra de licensas de software adicionais, e investimento em uma máquina. No entanto,
os projetistas e engenheiros já tem acesso ao Microsoft Excel. O AutoCAD Plant 3D é capaz
de exportar a informação armazenada no Data Manager para o Microsoft Excel e/ou formato
padrão CSV. Isto permite aos engenheiros ter acesso as informações que os desenhistas
adicionaram ao desenho 3D sem ter que aprender o AutoCAD Plant 3D.
O arquivo que é exportado pelo Data Manager pode ser aberto no Microsoft Excel ou
formato de arquivo CSV, e a adição ou edição de informações pode ser feito diretamente no
aquivo exportado sem precisar do AutoCAD Plant 3D. Enquanto o projetista ou o engenheiro
está adicionando ou alterando campos diretamente no Microsoft Excel (ou qualquer outro
campo usado frequentemente em aplicativos que podem ler arquivos de formato CSV), o
desenhista pode continuar o trabalho no desenho 3D. Quando os dados são atualizados,
eles podem ser importados pelo Data Manager. Nos próximos parágrafos iremos aprender
como exportar, importar e acompanhar todas as mudanças que foram feitas pelos
projetistas ou engenheiros.

8.5.1 Export

Você pode exportar dados do desenho ou do projeto. Por exemplo, quando você quer
somente ver os dados armazenados em um desenho específico, você pode clicar com o
botão direito do mouse no desenho desejado e selecionar Data Manager. O Data Manager
apresentará todas as informações armazenadas no desenho específico. Para exportar as
informações, pressione o botão Export, ou botão direito do mouse em cima de um item do
Data Manager e escolher a opção Export.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 307

Você também verá a opção import, que será abordado em uma seção mais tarde. Quando a
opção Export é ativada, uma caixa de diálogo aparecerá pedindo para informar o que será
exportado e onde deverá ser armazenado estas informações.

Você pode exportar usando uma das 2 opções apresentada na caixa de diálogo:
Active node and all child nodes: Esta opção exportará não somente os dados apresentado
no Data Manager, mas também todas as informações que estão abaixo do item ativo.
Usando este método gerará um arquivo Excel com várias folhas, uma folha para o item
ativo e outras folhas independentes para os outros itens ativos.
Active node only: Tudo que é vísivel é exportado, mas as outras informações que estão
abaixo do item ativo não será exportado, então estas informações não estarão disponíveis
no Microsoft Excel.
Após selecionar o método para exportar seus dados, você deve especificar onde e em qual
formato você quer que o seu novo arquivo seja salvo. Os dados exportados podem ser salvo
em um ou dois formatos:
Formato Microsoft Excel 2003 Xls
Formato Microsoft Excel 2007 Xlsx
Formato Universal CSV
Dependendo do formato escolhido, um Microsoft Excel ou um formato de arquivo CSV será
gerado no local que você escolheu.

Quando você abre as informações exportadas no Microsoft Excel, ela será apresentada
como a imagem abaixo, e cada campo pode ser alterado usando as funcionalidades do
Microsoft Excel.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 308

O arquivo exportado não tem um link com o projeto do AutoCAD Plant 3D, assim, toda
alteração no arquivo externo tem que ser importado de volta para o projeto para atualizar o
desenho.
Alguns campos que contém informações importantes que são usadas pelo AutoCAD Plant 3D
para conectar os componentes com estas informações, não podem ser alterados no
Microsoft Excel. Ao tentar mudar um desses campos, o Microsoft Excel notificará você que o
campo selecionado está protegido contra gravação.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 309

8.5.2 Import

Após os dados serem exportados e alterados pelo projetista ou o engenheiro, as novas


informações devem ser adicionadas de volta ao Data Manager, assim elas podem ser usadas
no desenho 3D. Importar dados é feito da mesma maneira de como é exportado, usando o
botão Import ou clicando com o botão direito do mouse como mencionado mais cedo
durante a discução sobre a exportação de seus dados.
Para importar corretamente, você precisa selecionar o data view apropriado. Por exemplo,
quando você quer importar as informações de tubos (pipe) criada mais cedo, você deve
escolher a subseção Pipe Run component. Você também tem que certificar-se que a escolha
feita está no Project Data ou no Drawing Data, dependendo de como você criou o arquivo
exportado.

Se você importou o arquivo do excel para o local correto, simplesmente selecione o arquivo
que você precisa importar. O Data Manager reconhecerá as informações do arquivo do
Microsoft Excel e atualizará corretamente os dados. O Data Manager automaticamente
reconhecerá os campos que foram alterados e destaca estes campos usando uma cor
diferente.

Uma vez que foi feita as mudanças de dados no aquivo exportado e importado para o
AutoCAD Plant 3D, o Data Manager oferece a opção de aceitar (accept) ou rejeitar (reject)
as mudanças feitas. Quando as mudanças estão corretas, o usuário pode aceitar cada
mudança individualmente usando o botão accept, ou rejeitar usando o botão reject que
estão na parte de cima da janela Data Manager. No data view é possível aceitar ou rejeitar
todas as mudanças feitas de uma vez só.
Aceitar / Rejeitar / Aceitar todas / Rejeitar todas

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 310

Em vez de usar os botões, você também pode clicar com o botão direito do mouse no
campo alterado, que em seguida abrirá um menu com as opções para aceitar ou rejeitar a
mudança.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 311

8.6 Filtrando e Ordenando Dados


Quando você olha o Data Manager, você notará que, quando um projeto ou um desenho
torna-se maior e mais complexo, a quantidade de dados apresentados pode ser enorme.
Para filtrar e ordenar as informações que você precisa, o Data Manager oferece a opção
chamada Filters que nos permite, como diz a palavra, filtrar as informações que precisamos.
Usando a função filter, você pode filtrar por:
All items (todos os itens)
Selected item (item selecionado)
Field values (valor do campo)
Value ranges (intervalo de valores)
Components (componentes)
Lines (linhas)
As seleções que podem ser feitas são relativas ao seu ambiente AutoCAD Plant 3D, o que
significa que se você muda o seu tipo de visualização, por exemplo, de dados de desenho
Drawing Data para dados de projeto Project Data, os filtros serão mantidos. Mesmo se você
alternar entre desenhos de seu projeto, os filtros se manterão. No entanto, os filtros são
aplicados para visualização. Assim, se você mudar o suporte de tubo, por exemplo, o filtro
será sobre os tubos e não sobre os suportes e você terá que aplicar para o filtro
separadamente.
Os filtros são acumulativos, assim se você adicionar um valor no campo superior a 8 e em
seguida você adicionar outro valor no campo com a configuração inferior a 22, os campos
visíveis serão maior que 8 e menor que 22.

8.6.1 Visualizando Itens Selecionados

A maneira mais fácil de filtrar os itens é ir em um campo obrigatório, por exemplo o size
(tamanho), e clicar com o botão direito do mouse neste campo, ao clicar aparecerá um
menu com uma opção chamada Filter by Selection, que resulta em um filtro que recebe sua
entrada a partir do campo selecionado.

8.6.2 Visualizando todos os itens não selecionados

Você pode também aplicar um filtro que exclui o item selecionado, clicando com o botão
direito do mouse no campo de preenchimento obrigatório e escolhendo a opção Filter
excluding Selection. Todos os itens que não estão selecionados serão apresentados.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 312

8.6.3 Filtro por valores

No Data Manager é possível filtrar baseando em um valor ou em uma faixa de valor. Para
filtrar com base no valor ou em uma faixa de valor, clique no campo desejado e escolha a
opção Filter For, seguido por um campo de dados vazio.

Neste campo de dados você precisa entrar com o valor que deseja filtrar. Você pode
também usar condições específicas para tornar seu filtro mais efetivo. As condições que são
permitidas são:
Parênteses angulares (<>): Para específicar um intervalo de valores.
Sinal de igual (=): Para específicar um valor exato.
Asteriscos (*): Para específicar o intervalo de valores.
Like: Para específicar um padrão.
IS NULL: Para visualizar somente os campos vazios.
IS NOT NULL: Para filtrar os campos vazios.
Ponto de interrogação (?): Para específicar um intervalo de valores.
Para aplicar o filtro você pode selecionar a opção Filter For: ou pressionar [ENTER].
Novamente, este filtro somente será aplicado para os dados visíveis. Mudar seus dados
visíveis, por exemplo de tubos (pipes) para suportes (supports), resultará no
desaparecimento do seu filtro, pois somente a visualização de tubos foi filtrada. Se você
voltar a visualizar os tubos, o filtro ainda estará aplicado, e você verá somente os itens
filtrados.
O AutoCAD Plant 3D reconhece campos númericos e alfanuméricos na função Filter For,
como no exemplo abaixo:

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 313

Descrição da operação Exemplo

= Igual = ‘10’

<> Não igual <>‘10’or<>

> Maior do que >100

< Menor que <100

>= Igual ou superior >=100

<= Igual ou inferior <=100

LIKE – Busca de um padrão LIKE ‘1*’ ou LIKE ’10?’

8.6.4 Removendo o Filtro

Usando o filtro permitirá que você facilmente apresente somente as informaçõe que você
precisa, será necessário remover o filtro ativo para que outro filtro possa ser aplicado. Há
duas maneiras de remover um filtro. Clicando com o botão direito do mouse no campo de
dados que você está filtrando, abrirá um menu com a opção Remove Filter.

Quando você clica na opção Remove Filter, somente o filtro para estes específicos dados em
exibição serão removidos, mas todos os outros filtros que você usou em outros campos
permanecerão ativos. O segundo método para remover um filtro é clicar no botão Remove
Filter, que está na parte de cima do Data Manager.

8.6.5 Filtro no Tree View

Temos abordado sobre a filtragem no Data Manager, mas tudo o que somos capazes de ver
depende da seleção que foi feita no tree view no lado esquerdo do Data Manager. Se
escolher um componente específico ou uma linha no tree view, isto essencialmente ativa um
filtro (filter) de modo que vemos apenas o que pertence a essa linha específica. Portanto, é
possível filtrar no tree view, discutiremos isto nessa seção.
Você pode filtrar o tree view a fim de visualizar todos componentes cadastrados no
properties, mesmo que não são existentes no projeto, ou somente visualizar componentes
que estão no desenho corrente ou no projeto. Por exemplo, se você deixar no modo
Drawing Data, e seu desenho corrente contém um item específico chamado Heat
Exchanger. Contudo, o grupo de equipamento também inclui o Compressor, que também
será apresentado, mas não é usado neste projeto. Se você filtra o tree view para exibir
somente componentes existentes Show Only Nodes with Content no seu desenho ou
projeto, o equipamento Heat Exchangers será visível, mas o equipamento chamado
Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br
AutoCAD Plant 3D Página 314

Compressor será ocultado. Para ativar a opção de filtro no tree view, apenas selecione o
grupo desejado com o botão direito do mouse, e um menu surgirá com as opções Show All
Nodes e Show Only Nodes with Content.

Por padrão, o tree view apresenta somente componentes com o conteúdo do desenho
corrente ou do projeto. Você pode atualizar a visualização do Data Manager em qualquer
momento para retornar todas as colunas para o padrão de ordem de classicação
decrescente.
O filtro no tree view é feito por grupo, assim se você mudar o modo de visualização de um
grupo, os outros grupos permanecerão como eles eram. Para mudar todos os grupos de
visualização, basta ir no topo do tree view e selecionar Piping and Equipment com o botão
direito do mouse, e se você escolher a opção All Nodes agora, todos os gupos serão
desdobrados e todas as subseções serão apresentadas.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 315

8.7 Classificação de Dados


No Data Manager é também possível classificar seus dados. Quando você seleciona o
cabeçalho da coluna com o botão esquerdo do mouse, uma pequena seta indicará a ordem
de classificação atual. Por padrão, a ordem de classificação da coluna é decrescente, mas
selecionando a pequena seta permitirá que você mude a ordem dos dados da coluna para
crescente ou vice-versa.

Você pode relocar as colunas se você não estiver satisfeito com a sua ordem. Para mover
uma coluna, simplesmente selecione a coluna com o botão esquerdo do mouse e arraste no
local desejado.

Quando visualizar os registros no data view, é possível congelar as colunas, assim elas não
se moverão quando você rolar o data view. Para congelar uma coluna, clique com o botão
direito do mouse no cabeçalho, que em seguida um menu aparecerá com a opção Freeze.
Se uma coluna já está congelada e você precisa descongelá-la, clicando com o botão direito
do mouse no cabeçalho aparecerá um menu com a opção Unfreeze que fará isso.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 316

O congelamento de uma coluna é usado quando você precisa sempre visualizar os dados
desta coluna. Mas se existem muitas colunas visíveis no Data Manager, você pode ocultar
uma ou várias colunas. O menu apresentado quando clica com o botão direito do mouse no
cabeçalho também contém as opções para ocultar (Hide) e apresentar (unhide) colunas.
Ocultar algumas colunas irá diminuir a quantidade de dados visíveis no Data Manager.

É possível ocultar mais que uma coluna; contudo, isso deve ser feito coluna por coluna. Por
outro lado, quando você usa a opção Unhide, todas as colunas surgirão em suas posições
originais.
Colunas podem ser redimensionadas se elas ocuparem muito espaço no Data Manager. Se
você selecionar a linha que separa duas colunas, você pode arrastar ela no tamanho que
você desejar. Novamente, usando os comandos Hide e Unhide resultará nas colunas em
suas posições originais e também nos tamanhos originais.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 317

8.8 Ocultando Colunas em Branco


Se há várias colunas em branco que você quer ocultar de uma vez, você poderia ocultá-las
individualmente, mas o Data Manager também permite ocultar e apresentar todas as
colunas em branco com apenas um clique do mouse. Você encontrará o botão Hide Blank
Columns no lado esquerdo superior do Data Manager. Clicando neste botão ocultará todas
as colunas em branco, e clicando novamente nele irá apresentá-las.

8.9 Visualizar dados por Área ou Tipo de Objeto (To view data by
area or object type)
Na barra de status embaixo da árvore, clique em ordem por Área:

Na barra de status embaixo da árvore, clique em ordem por tipo de Objeto:

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 318

CAPÍTULO 09

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 319

9 Report Creator

O Report Creator é um software que acompanha o produto AutoCAD Plant 3D. O Report
Creator permite criar novos relatórios com base nas configurações de outros relatórios, ou
iniciar um relatório do zero. Ele gera lista quantitativa dos itens adicionados ao projeto e
possibilita a inserção de novos campos na lista. Além disso, facilita na formatação de textos,
inserções de figuras e marcas d’água, visualização imediata e impressão do relatório.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 320

9.1 Acessando o Report Creator


Ao instalar o AutoCAD Plant 3D, o Report Creator também é instalado e na área de trabalho
é apresentado o ícone dele. Para abrir basta dar um duplo clique neste ícone.

Ou se preferir, vá ao menu iniciar, todos programas, Autodesk, AutoCAD Plant 3D (versão)


e clique em AutoCAD Plant Report Creator (versão).

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 321

9.2 Criador de relatório (Report Creator)


Ao clicar em AutoCAD Plant Report Creator abrirá a caixa de diálogo Report Creator.

No campo Project o usuário especifica o projeto. Na opção Open... escolhe o projeto


(Project.xml) que será gerado a lista.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 322

9.2.1 Configuração de Relatório (Report Configuration)

Neste campo encontram-se dois botões, Edit... e Settings.

O botão Edit serve para configurar o relatório, a maioria das configurações são realizadas
nele, portanto iremos aprofundar mais neste tópico futuramente.

O botão Settings indica a localização dos arquivos de configurações (esses arquivos tem a
extensão .rcf).

Ao clicar neste botão, uma segunda caixa de diálogo abrirá, e nela há três opções:
General: O software busca os arquivos de configurações no caminho padrão, ou seja, em
C:\ProgramData\Autodesk\AutoCAD Plant 3D 20xx - English\R18.2\enu\ReportCreator\
ReportFiles.
Project: Busca os arquivos de configurações na pasta ReportFiles do projeto ativo.
Custom Path: O usuário determina de onde serão buscados os arquivos.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 323

No menu do Report Configuration é possível visualizar todos os arquivos de configurações


de relatório disponíveis no software. Repare que há uma opção chamada new, para caso
precise criar um novo arquivo. O mais completo e utilizado é o 3D Parts.

9.2.2 Origem dos Dados (Data Source)

Define se a origem dos dados serão do projeto (Project Data) ou de um desenho especifico
(Drawing Data).

9.2.3 Botões Preview e Print/Export

No botão Preview o usuário consegui visualizar como ficará o relatório e no botão


Print/Export pode exportá-lo para outras extensões (PDF, Html e etc) ou imprimir.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 324

9.3 Criando uma nova configuração de relatório (New Report


Configuration)
Quando clicar na opção New... do menu Report Configuration uma caixa de diálogo abrirá,
exibindo duas opções: criar uma configuração em branco (New blank report) ou criar a
partir de uma configuração já existente (From existing report).

Para criar a partir de uma configuração já existente é preciso indicar qual será a
configuração base.

Depois que escolher a forma de criação e clicar no botão OK, a caixa de diálogo Report
Configuration abrirá para definir o nome da configuração do relatório, é a mesma caixa que
abre quando clica no botão Edit..., portanto as configurações que serão vistas em seguida
são as mesmas para fazer a edição de relatórios existentes.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 325

9.4 Editando as configurações de relatório (New Report


Configuration)
Nesta etapa o usuário faz a edição do relatório, adiciona as propriedades necessárias,
monta o layout do relatório e define algumas configurações.

9.4.1 Configuração de Relatório (Report Configuration)

No menu Report Configuration o usuário escolhe o tipo de relatório que irá editar.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 326

9.4.2 Edit query

No botão Edit query... é definido quais propriedades estarão disponiveis para a inserção no
relatório.

Ao clicar neste botão, a caixa de diálogo Query Configuration abrirá, que permite selecionar
as propriedades que serão inseridas no relatório.

Observe que no canto superior há um campo chamado Query Type com três opções
disponíveis, P&ID Classes (Classes do P&ID), Drawings (Propriedades do desenho) e Plant
3D Classes (Classes do Plant 3D).

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 327

Dependendo da opção escolhida no campo Available Classes (Classes disponíveis) aparecerá


tipos de classes diferentes, neste caso para exemplificar foi escolhida a opção Plant 3D
Classes. Veja que as classes disponíveis são as mesmas encontradas no Project setup.

Na tabela Included classes encontrada no lado esquerdo da caixa estão as classes


disponíveis para a utilização no relatório, logo abaixo estão às propriedades das respectivas
classes.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 328

Caso não tenha a classe que queira utilizar basta selecioná-la e clicar no botão >, e assim
ela será acrescentada a lista.

Se houver a necessidade de remover alguma classe, basta selecioná-la e clicar no botão <.
Nota: Se o usuário criou um tipo de relatório usando a opção New blank report na tabela
included classes não aparecerá nenhuma classe quando escolher a opção P&ID Classes ou
Plant 3D Classes, portanto elas terão que ser inseridas manualmente.
O botão Test query result possibilita verificar se as propriedades estão disponíveis para
inserção no relatório.

O botão Edit report layout… permite montar a estrutura do relatório, adicionar propriedades,
mudar títulos e assim por diante. Este assunto será abordado futuramente com mais
detalhes.

9.4.3 Tipo de saída (Output Type)

Ao exportar o relatório, ele se comportará de três maneiras.


One report / Project: O software criará o relatório com o número de folhas necessárias.
One report / drawing: O software criará o relatório com o mesmo número de desenhos
presentes no projeto. Por exemplo, se o projeto tem oito desenhos, então o relatório terá
oito folhas.
One report / object: Será inserido um objeto por folha. Por exemplo, se há 200 itens no
projeto, então o relatório terá 200 folhas, uma para cada objeto.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 329

9.4.4 Objetivo (Target)

Neste campo pode-se definir em que formato o relatório será exportado, e onde será
armazenado o relatório.

O relatório pode ser exportado para vários formatos, no menu do campo Target esses
formatos são apresentados.

No Export File path (caminho do arquivo exportado) pode-se definir onde será armazenado
o relatório exportado.

Observe que no nome do arquivo há alguns caracteres, estes são variáveis que serão
substituídos por outros caracteres. Para saber o significado de cada variável clique no botão
?.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 330

Na parte inferior da caixa de diálogo há três opções que podem ser utilizadas.
Overwrite existing file: Sobrescreve o arquivo existente, caso exporte novamento o mesmo
relatório.
Show options when Printing/Exporting: Exibe uma caixa de diálogo com algumas opções,
como inserção de senha, qualidade da imagem e etc, quando o relatório é exportado.
All reports in one file: Todos os relatórios ficarão em um arquivo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 331

9.5 Report Designer


Neste tópico será apresentado as funcionalidades básicas que este software possui, o
suficiente para desenvolver um relatório personalizado. No Report Designer o usuário irá
editar o layout, alterar a formatação de textos, inserir logotipos, adicionar mais dados ao
relatório, colocar marca d’água, enfim fazer a customização do relatório.
Para acessar o Report Designer clique no botão Edit report layout...

Nota: Como o recomendado é criar um relatório a partir de um existente, quando clicar no


botão, abrirá o Report Designer com um relatório pronto, isso serve para facilitar, pois é
mais fácil editar um relatório do que criar um desde o início.

9.5.1 Criando um novo relatório (New Report)

Há duas formas de criar um novo relatório, clicando em New Report, o software


simplesmente cria um relatório em branco, ou clicando em New Report with Wizard... que
abre uma caixa de diálogo para auxiliar na criação do relatório.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 332

9.5.2 Salvando o relatório (Save)

Para salvar o relatório clique em Save.

9.5.3 Caixa de ferramentas (Tool Box)

No Tool Box é encontradas várias ferramentas que ajudarão na criação do relátorio.


Para utilizar essas ferramentas basta ir até o Tool Box clicar na ferramenta apropriada.
Como exemplo, escolhemos a ferramenta Label.

E depois abrir uma caixa no desenho.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 333

E para editar, clique no botão que fica no canto superior direito. A utilização das demais
ferramentas é semelhante a este procedimento.

As principais ferramentas disponíveis são:

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 334

Pointer: O cursor volta ao seu estado normal


Label: serve para inserir textos formatados no relatório, e associar alguma propriedade à
este texto. Clicando no botão indicado na figura abaixo, abrirá um menu, e no campo Text é
possivel alterar o texto.

Check Box: O Check Box se destina a exibir, por exemplo, Verdadeiro/Falso ou


verificado/não verificado/indeterminado, em um relatório, inserindo (ou não) uma marca de
verificação, o qual pode ser acompanhada por uma descrição de texto.

Rich Text: Permite exibir textos formatados em seu relatório. O usuário pode carregar o
conteúdo para o Rich Text de um arquivo TXT ou RTF externo (que também pode conter
imagens) e em seguida, formatar qualquer parte dele. As opções de formatação incluem
fonte, estilos e tamanhos, e cores.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 335

Picture Box: Anexa imagens de vários formatos em um relatório. Uma imagem pode ser
carregado a partir de um arquivo externo, ou de um local na web usando a URL
especificada.

Panel: Possibilita a construção de uma caixa e ao inserir as entidades (textos, check box e
etc...) dentro desta caixa, ao movê-la as entidades também se moverão. O intuito desta
ferramenta é facilitar na movimentação de várias entidades. Observe que existe uma
mensagem em inglês no centro da caixa, ela pede para colocar as entendidades dentro da
caixa para mantê-las juntas.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 336

Table: Insere uma tabela no relatório.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 337

O usuário pode editar cada célula individualmente.

Line: Desenha linhas, e é possivel formatar o estilo, espessura e cor destas linhas.

Shape: Permite inserir simples objetos gráficos em seu relatório. Você pode escolher um
das vários formas pré-definidas (por exemplo, retângulos, elipses, setas, polígonos, cruzes
e etc...).

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 338

Bar code: O Bar code transforma seu conteúdo em um código de barras do tipo
especificado. Há vários tipos de padrão de código de barras.

Zip code: O Zip code transforma seu conteúdo em um código. A largura do segmento de
um código Zip é ajustável no campo Segment Width.

Chart: O Chart é uma funcionalidade sofisticada usada para incorporar gráficos em seu
relatório.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 339

Page Info: Exibe o número da folha, data e hora atual ou o nome do usuário.

Page Break: Quebra de página, a quebra é representada por uma linha tracejada.

Cross-band line: Permite fazer uma linha que atrevessa as seções, geralmente utilizado
para fazer algum destaque.

Cross-band box: Permite fazer uma caixa entre seções, geralmente utilizado para englobar
alguma entidade.

9.5.4 Editar (Edit)

Na aba edit há ferramentas para recortar (cut), copiar (copy) e colar (paste) entidades. É
possível avançar (Redo) caso tenha retornado (Undo) por causa de um erro.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 340

9.5.5 Fonte (Font)

Nesta aba é possível determinar o tamanho, cor, tipo de fonte e posição do texto. Enfim, a
formatação do texto será feita nesta aba.

9.5.6 Barras de ferramentas de Layout (Layout toolbar)

As Barras de ferramentas de Layout permite ao usuário alinhar fácilmente elementos do


relatório com outros elementos, deixar o tamanho igual a outro elemento, customizar o
espaçamento e organizar as entidades.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 341

9.6 Report Explorer e Field List


Na caixa Report Explorer é possível visualizar todas as entidades (Label, Picture Box e etc)
que foram inseridas no relatório. Na parte inferior da caixa tem duas abas (Report Explorer
e Field List), na imagem abaixo é exatamente a aba Report Explorer que está ativa.

Ao ativar a aba Field List é exibido todos os fields carregados anteriormente.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 342

9.7 Ordenando o relatório


Na parte inferior do Report Designer há uma caixa chamada Group and Sort, que serve
para criar grupos que irão agrupar os dados do relatório.

Para criar um grupo clique em Add a Group e escolha o dado que fará o agrupamento dos
itens, por exemplo, se escolher o dado manufacture (fabricante), então os itens serão
agrupados a partir do fabricante, ou seja, todos os itens que tem o mesmo fabricante
ficarão juntos. Observe que ao adicionar o grupo um GroupHeader é inserido, para que o
usuário faça a adição dos fields que está em Field List.

Se o intuito é somente ordenar os dados e não criar grupos, clique no botão Add a Sort.
Caso haja a necessidade de mudar a prioridade de organização use os botões Move UP e
Move Down.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 343

9.8 Adicionando e modificando dados


Ao inserir alguma entidade no relatório (Label, table e etc) é possível associar dados a essas
entidades. Estes dados carregam informações dos componentes que foram inseridos no
projeto. Um componente possui várias propriedades, como manufacture, material,
Description, size e etc, enfim, ao vincular uma entidade do Report Creator com essas
propriedades, as informações inseridas dentro do AutoCAD Plant 3D irão aparecer no
relatório.

Se já existe a associação, o usuário poderá escolher outras propriedades.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 344

9.9 Pré-visualização da impressão (Print Preview)


É possível visualizar como ficará o relatório antes mesmo de imprimi-lo, para executar essa
tarefa de visualizar o relatório instante depois de configurá-lo, existe a aba Print Preview
que gera um preview (pré-visualização) do relatório.

Quando a aba Print Preview é ativada com um clique, o software gera o relatório e o usuário
pode visualizar como ele ficou, e se o resultado for satisfatório pode mandar imprimi-lo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 345

9.10 Visualização em HTML (HTML View)


A aba HTML View permite ao usuário ter uma pré-visualização do relatório em formato
HTML.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 346

9.11 Tutorial

9.11.1 Criando e editando um relatório

Neste tutorial iremos criar e editar um relatório baseando-se em outro relatório que já
existe na biblioteca do software.
Criando um arquivo de relatório
Abra o Report creator e escolha o projeto que será gerado o relatório. Nesta ocasião foi
escolhido o projeto P3D_Metric_01, mas poderia ser escolhido qualquer outro projeto, pois a
intenção deste tutorial é somente gerar um relatório.

No menu do Report Configuration clique em New...

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 347

Configure a caixa de diálogo New Report Configuration que abriu, conforme a imagem
abaixo. E confirme com OK.

Editando o relatório
Depois de ter concluído a etapa acima, abrirá a caixa de diálogo Report Configuration. Faça
a edição desta caixa como é mostrado na imagem abaixo.

Clique no botão Edit query... ao abrir a caixa de diálogo Query Configuration selecione
Nozzle e clique no botão >. Veja que o Nozzle foi para o campo Included Classes. Confirme
com OK.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 348

Clique no botão Edit report layout...

O Report Designer abrirá.

Clique no botão do Label Bill of Material e altere o texto para Lista de Materiais. Clique fora
do menu para validar a alteração.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 349

Se precisar redimensione a caixa do Label, clique na caixa e arraste para o lado direito até
conseguir um tamanho adequado.

Faça a alteração dos textos dos Labels conforme a imagem abaixo. Observe que todos os
textos de título foram alterados.

Será necessário redimensionar alguns textos, conforme feito no Label Lista de Material. O
resultado terá que ser parecido com a imagem abaixo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 350

Para o relatório ficar com um aspecto visual melhor será necessário realinhar as células do
Table. Para executar esta tarefa, clique na linha que divide as células e ajuste de modo que
a linha fique alinhada com o texto do título. Faça este procedimento em todas as células, se
necessário.

O resultado final será semelhante à imagem abaixo.

Selecione a célula indicada e clique no botão > para expandir o menu.

Altere o Data Binding para a propriedade Engineering Items_Material.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 351

Clique fora do menu para confirmar a edição.


Inserindo Marca D’Água
Para inserir uma marca d’água no relatório clique no menu Report Tasks. Clique em
Watermark.

A caixa de diálogo Watermark abrirá. Insira o texto MAPData no campo text e faça a edição
conforme a imagem.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 352

Confirme com OK.


Inserindo imagens no relatório
Para inserir imagens no relatório selecione a ferramenta Picture Box.

Faça uma caixa onde será inserida a imagem, no seguinte local do relatório.

Clique no botão <, e em seguida clique no botão do campo Image.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 353

Indique a imagem que será inserida no relatório. Não há necessidade de ser a mesma
imagem selecionada abaixo, portanto pode-se escolher qualquer outra imagem.

Clique em Abrir, e então já será possível visualizar a imagem. Talvez haja a necessidade de
redimensionar a caixa. O resultado será semelhante à imagem.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 354

Visualizando e exportando o relatório


Para visualizar o relatório clique na aba Print Preview.

Neste momento o usuário é capaz de visualizar e verificar se o relatório precisa de alguma


alteração.

Para exportar o relatório clique em Export To. Observe que há vários formatos que o
relatório pode ser exportado. Como exemplo, selecione a opção PDF File.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 355

Em seguida abrirá a caixa de diálogo PDF Export Options. Preencha os campos conforme a
imagem.

Clique em Ok. Especifique o nome e indique onde será salvo o arquivo.

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br


AutoCAD Plant 3D Página 356

Clique em Salvar. Em seguida abrirá uma caixa de diálogo perguntando se o usuário quer
abrir o arquivo gerado. Clique em Yes.

O arquivo PDF será aberto.

Minimize o software, retorne para o Report Designer, ative a aba Report Designer e clique
em Save.

Pronto!

Suporte Técnico: 0800 0152550 www.mapdata.com.br suporte@mapdata.com.br