Você está na página 1de 31

MASDAR CITY Foster end Partnes

CARBONO ZERO
MASDAR CITY Foster end Partnes

FACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO

ARQUITETURA E URBANISMO INTEDISCIPLINAR


MASDAR CITY– NORMAN FOSTER

SÃO PAULO
2018
MASDAR CITY Foster end Partnes
FACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO
CAMPUS CHÁCARA III

Narajane Alves da Silva


RA: B9314D-1

Trabalho de Análise Projetual submetido à


Universidade Paulista, referente ao Curso de Graduação
em Arquitetura e Urbanismo, com a finalidade de elaborar
o conteúdo relacionado a Disciplina de Arquitetura e
Urbanismo Interdisciplinar.
Prof. Adriana Dias

SÃO PAULO
2018
MASDAR CITY Foster end Partnes
SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO....................................................................................................................5

2. LOCALIZAÇÃO..................................................................................................................6

3. FICHA TÉCNICA................................................................................................................7

4. ARQUITETO.......................................................................................................................9

5. METODOLOGIA DO PROJETO.........................................................................................10

6. ESTRATÉGIAS PROJETUAIS...........................................................................................15

7. SISTEMA CONSTRUTIVO.................................................................................................16

8. RELAÇÃO COM O ENTORNO..........................................................................................18

9. RELAÇÃO FUNCIONALIDADE.......................................................................................20

10. RELAÇÃO COM USUÁRIOS...........................................................................................27

11. REFERÊNCIAS................................................................................................................31
MASDAR CITY Foster end Partnes 5

A palavra sustentabilidade vem se destacando nas últimas décadas em diversas regiões do


conhecimento, principalmente na área da Arquitetura e do Urbanismo, onde o adjetivo “sustentável” se
aplica, desde os projetos clássicos aos contemporâneos, sendo o princípio básico para uma edificação
com qualidade arquitetônica. Partindo desse conceito, algumas cidades estão sendo criadas , dentro da
perspectiva ambiental e vem sendo alvo de dúvidas e debates, com questionamentos que referem se
esses parâmetros sustentáveis não são somente um discurso político incentivado pelo capitalismo.
A análise crítica aqui apresentada, se concentrará na cidade de Masdar. O projeto se
distingue, por ser apresentado por seus idealizadores como um planejamento urbano sustentável com
emissão zero de carbono e dentro desse contexto, este ensaio tem por objetivo, analisar o projeto urbano
na busca pela sustentabilidade, através de uma metodologia de pesquisas baseadas em informações
relativas ao tema, com um estudo que começa apresentando os principais responsáveis pela
consolidação desta cidade e posteriormente dissertará as características únicas, sustentáveis ​e passivas
do Arquiteto responsável pelo projeto, como ele atenuou as condições climáticas extremas, criando um
conforto térmico para os ocupantes de uma cidade que se autodenomina sustentável.

1. INTRODUÇÃO
MASDAR CITY Foster end Partnes 6

A cidade está situada nos Emirados Árabes,


mais precisamente no Deserto de Abu Dhabi
(Cerca de 17km de distância do Centro).

2. LOCALIZAÇÃO
MASDAR CITY Foster end Partnes 7

MASDAR CLEAN ENERGY


CONSTRUTORA

Embora possuam outros investidores, os principais


são, a Empresa de Energias Renováeis de Masdar, que
coordena o projeto, juntamente como o Governo, hoje
liderado pelo Sheik Khalifa, responsável por investir um valor
estimado em 19 milões de dólares até o término da obra.

GOVERNO DE ABU DHABI


KHALIFA BIN ZAYED AL NAHYAN

3. FICHA TÉCNICA
MASDAR CITY Foster end Partnes 8

O terenno escolhido A primeira fase, teve


Para a impalnatação início no ano de 2006,
da cidade, possui com previsão de término
aproximadamente, 6km² estimado para 2010, que
de área. por alguns contratempos,
extendeu-se para 2015.

Atualmente, a cidade Estima-se uma


conta com desidade demográfica de
aproximadamente 10mil 140 a 150hab./ha, até sua
habitantes, em sua conclusão,
maioria, estudantes de
áreas relacionadas à
tecnologias renováveis.

Considera-se que até Em sua fase de


2025, a cidade do futuro conclusão, calcula-se um
seja concluída, sendo público de 40 a 50 mil de
inteiramente sustentável, habitantes locais e em
alimentada por energias torno de 500mil
renováveis produzidas in transeuntes, seja para
loco. estudar ou trabalhar.

3. FICHA TÉCNICA
MASDAR CITY Foster end Partnes 9

O Arquiteto escolhido para projetar os principais edifícios e o urbnismo da


cidade, foi o renomado e referenciado na esferea arquitetônica, Norman Foster do
escriório Norman end Partners.
Nascido na Inglaterra, no ano de 1935, se formou em Arquitetura e
Urbanismo pela Universidade de Manchester e na Universidade de Yale, onde cloncliu
seu mestrado.

É conhecido mundialmente por aderir em suas obras, uma arquitetura


de estilo High-Tech, Contemporânea e principalmete Ecológica.
Em sua carreria concretizou diversos projetos que
se tornaram referências, os mais conhecidos são: Sede do escritório
A Cúpula de Reichstag (Berlim – 1992/1999) Foster end Partners
em Nova York
O 30st Mary Axe (Londres – 1997/2004)
O City Hall (Londres 1998/2002).
As imagens abaixo, ilustram respectivamente cada um desses
edifícios citados acima.

4. O ARQUITETO
MASDAR CITY Foster end Partnes 10

ENERGIA LIMPA ZERO CARBONO RECICLAGEM


O método de projeto, baseia-se nos estudos tecnológicos para o uso de energias renováveis
e se tornar uma das cidades mais sustentáveis do mundo, com baixa emissão de carbono, baixa
produção de resíduos, consumo de energia com tecnologia fotovoltaicas e reuso de água para a irrigação
de jardins e plantações, representando assim, um modelo de cidade a ser seguida mundialmente.
Veículos motorizados não serão permitidos, portanto, a maioria dos produtos consumidos
pelos habitantes, escolas, empresas e lojas, serão encontrados na própria Masdar, incentivando assim,
percursos peatonais e/ou de modais não motorizados, além da reciclagem total dos resíduos produzidos,
que serão reutilizados como compostagem para adubo de terras preparadas para plantação.

5. METODOLOGIA DE PROJETO
MASDAR CITY Foster end Partnes 11

Outro método projetual, é o cuidado que o arquiteto teve nas escolhas dos estilos, formas e
materiais, para que não fosse perdida a vernaculidade local, combinando as antigas técnicas
arquitetônicas árabes com tecnologias modernas, inovadoras e sustentáveis, pois embora seja uma
cidade futurística, o seu projeto arquitetônico e fachadas de modo geral, possuem elementos vasados,
além da tonalidade das cores empregadas, que buscam tons mais neutros, características estas,
bastante comuns nas edificações tradicionais, relacionadas as altas temperaturas, pois quanto mais
escura a cor de uma edificação, maior será sua inércia térmica.

ANTIGAS TÉCNICAS ÁRABES X TECNOLOGIAS MODERNAS

5. METODOLOGIA DE PROJETO
MASDAR CITY Foster end Partnes 12

6. ESTRATÉGIAS PROJETUAIS
MASDAR CITY Foster end Partnes 13

6. ESTRATÉGIAS PROJETUAIS
MASDAR CITY Foster end Partnes 14

Concentrar todas as
necessidades de uso, para que seja
uma cidade compacta, sem precisar
percorrer longos caminhos para se
chegar a um equipamento, bem como
serviços bancários, comércios gerais,
empresas, escolas e etc., podendo RESIDÊNCIA / COMÉRCIO EDUCAÇÃO
assim, ser facilmente acessível por
passeios peatonais e meios de
transportes não motorizados.

PESQUISA INDÚSTRIA
RESDIDENCIAL
COMERCIAL
PESQUISA E DESENVOLVIMENTO
PARQUES E ESPAÇOS ABERTOS
SAÚDE E EDUCAÇÃO
VAREJO
INDÚSTRIAS DE ENERGIA E PESQUISA CIDADE COMPACTA

6. ESTRATÉGIAS PROJETUAIS
MASDAR CITY Foster end Partnes 15

A escolha dos
materiais e locais de
fornecimentos destes tiveram
força significante, para que não
houvesse um deslocamento
longo, tendo como meta, o
menor lançamento de CO2 pelos
veículos transportadores,
aplicando a sustentabilidade do AÇO RECICLADO CIMENTO ALTO FORNO
início ao fim.
O concreto utilizado
foi o cimento alternativo de alto
forno, considerado um produto
sustentável por ser adquirido de
resíduos secundários e não de
materiais de fontes primárias,
assim como o aço reciclado,
trazendo uma redução de 80%
PLATAFORMA h=9m FUNDAÇÃO 20m
de lançamento de CO2.
Devido estar localizada muito perto do mar, para evitar infiltrações ou quaisquer tipos de
patologias, Masdar se ergueu em uma plataforma superestrutural de 9m de altura, sustentada por uma
fundação com uma série de pilares de 20m de profundidade.

7. SISTEMA CONSTRUTIVO
MASDAR CITY Foster end Partnes 16

CENTRO DE CONHECIMENTO

As madeiras usadas, tanto como


escoras, como estruturalmente,
foram 100% recicladas ou
fornecidas por empresas que
possuem certificados de
reflorestamento.

MADEIRA 100% RECICLADA

7. SISTEMA CONSTRUTIVO
MASDAR CITY Foster end Partnes 17

FACHADAS PRÉ FABRICADAS

PAINEL DE 2 TONELADAS

Uso de materiais pré fabricados In loco, minimizaram a quantidade de resíduos no canteiro


de obra que eram monitorados com rigidez pela empresa responsável e ainda assim, os
inevitáveis, eram recolhidos para reciclagem.

7. SISTEMA CONSTRUTIVO
MASDAR CITY Foster end Partnes 18

CIDADE MURADA

A Cidade, além de ter sio construída em cima de uma plataforma, é toda


circundada por muro, que além de facilitar o controle de acesso, protege-a das
tempestades de areia e capta as brisas noturnas quem vêm do mar.

8. RELAÇÃO COM O ENTORNO


MASDAR CITY Foster end Partnes 19

Os serviços
básicos como escolas,
bancos, comércios e áreas
residenciais, são atendidos
pelo projeto, porém não
existem serviços
essenciais, bem como
hospitais e delegacias.
A maioria dos usuários pode ter acesso aos serviços de
bicicleta, que por sua vez, não possui vias exclusivas para seu uso.
As espécies existentes no paisagismo foram
cuidadosamente escolhidas para minimizar os requisitos de irrigação
além de serem utilizadas de forma inteligente para proporcionar sombra
e resfriamento através do processo natural de evapotranspiração.

Ruas estreitas de apenas 4m de largura, mas que atendem


à necessidades, já que o percurso receberão veículos motorizados. A
meta da densidade populacional será em torno de 140 a 150 habitantes
por hectare e embora a grande maioria dos edifícios são baixo,
horizontalmente atende esta demanda.

Em comparação ao Rio de Janeiro, que tem uma densidade de 60hab./ha(IBGE,2010), nota-


se que a densidade em Masdar será um tanto alta.

8. RELAÇÃO COM O ENTORNO


MASDAR CITY Foster end Partnes 20

A demanda da cidade, é atendida pela usina de energia solar fotovoltaica de 10 megawatts,


a maior usina conectada a rede do Oriente Médio, que conta ainda com o auxílio das placas instaladas
nos telhados de todos os edifícios.
Foi construída uma torre eólica de 45 metros, que além de refrigerar ruas e edifícios de
forma natural, informa o quanto de energia está sendo consumida no momento.
Como não é
permitido o uso de veículos
motorizados, o sistema de
transporte rápido (PRT-
Personal Rapid Transport), é
integrado ao metrô de Abu
Dhabi e movido à energia
elétrica.
UNISA SOLAR (10Mw) PLACAS SOLARES
Por conseguinte,
estima-se por ano, a
economia de
aproximadamente 175mil
toneladas de CO2,
equivalente a 1,5 milhões de
árvores e/ou a retirada de
15mil veículos motorizados
das ruas.
TORRE EÓLICA (h=45m) PRT

9. RELAÇÃO FUNCIONALIDADE
MASDAR CITY Foster end Partnes 21

CONFIGURAÇÃO URBANA SOMBRA PROJETADA


A configuração urbana e orientação dos edifícios, foram projetados para que incidam
sombra nos edifícios vizinhos e consequentemente, nas as ruas, reduzindo o gasto energético e o
calor a -10º em relação a Abu Dhabi, que no inverno a mínima chega a 21º e no verão a chega a
50º. Mesmo com a proximidade dos edifícios, o design das fachadas foram estrategicamente
elaboradas para que não se perca o sentimento de privacidade no ambiente interno.

9. RELAÇÃO FUNCIONALIDADE
MASDAR CITY Foster end Partnes 22

SEDE DA SIEMENS EM MASDAR CITY

Todos os edifícios
construídos, de alguma forma
contribuirão para que este planejamento
seja possível, só o prédio da Empresa
Siemens, trará um resultado de redução
de energia de 45% e de água de 50%.

9. RELAÇÃO FUNCIONALIDADE
MASDAR CITY Foster end Partnes 23

DADOS DE CONSUMO – EDIFÍCIO SIEMENS

9. RELAÇÃO FUNCIONALIDADE
MASDAR CITY Foster end Partnes 24

FUNCIONAMENTO
DA FACHADA DOS
LABORATÓRIOS DE
ESTUDO.
(by Norman Foster)

Nos laboratórios, que possuem equipamentos mais


frágeis, foi desenvolvida uma fachada que permite entrada de
luz constante, no qual a primeira camada, embora de aparência
frágil devido sua transparência, é muito resistente e se
assemelha ao teflon, impedindo a entrada de areia; a segunda
camada, é um painel térmico; a terceira, um painel de alumínio
que desvia o calor, ao mesmo tempo que reflete à luz para as
estreitas ruas; a última e quarta camada, é um painel hermético,
totalmente lacrado, que impede a passagem do ar quente.

9. RELAÇÃO FUNCIONALIDADE
MASDAR CITY Foster end Partnes 25

FUNCIONAMENTO
DA FACHADA
DOS EDIFÍCIOS
RESIDÊNCIAS.
(by Norman Foster)

A fachada dos edifícios residenciais, além de


garantir uma boa estética, são funcionais, composta por
quatro camadas, no qual a primeira, que é feita de areia do
deserto e cimento reforçado com fibras de vidro, protegem as
camadas inferiores dos raios solares diretos; a segunda é
uma camada térmica, que reduz o calor irradiado; a terceira,
uma parede de alto desempenho feito de alumínio de cobre,
70% reciclado, que desvia o calor para que não chegue a
fachada interna; a quarta e última camada, é uma parede de
25cm de espessura.

9. RELAÇÃO FUNCIONALIDADE
MASDAR CITY Foster end Partnes 26

Todo o consumo de energia é monitorado por uma central


inteligente chamada de Polícia Verde, que controla o uso diário de energia
através de uma central de monitoramento. Quando detectado alguma
anormalidade, como o uso excessivo, o desperdício, por parte de algum
usuário, operadores do sistema poderão interromper no apartamento alguns
privilégios por tempo indeterminado.

Quando equipamentos que necessitam de energia para seu


funcionamento, como chuveiros, geladeiras (porta aberta) e lâmpadas,
ultrapassam o tempo de uso determinado, sensores inteligentes, são capazes
de desliga-los automaticamente, evitando assim, o desperdício energético do
edifício.

Cada edifício contém sistemas ambientais avançados para


maximizar o conforto, minimizando o uso de energia, bem como, vigas
refrigeradas ativadas com tecnologia de detecção de ar para reduzir as taxas
de trocas de ar e aparelhos de iluminação de baixa energia que ascendem por
detecção de presença.

Todo habitante, possui documentação de identificação, que por sua


vez, é totalmente digital (cartão), evitando assim, o uso de papel. Este cartão,
é usado também para a abertura das lixeiras e quando é lançado resíduos que
não pertencem a categoria de separação, o indivíduo receberá uma
notificação por e-mail e se for uma ação recorrente, acarretará em multa.

11. RELAÇÃO FUNCIONALIDADE


MASDAR CITY Foster end Partnes 27

Não é do interesse dos idealizadores que


trabalhadores como empregados domésticos, porteiros,
camareiros etc., residam na cidade de Masdar, visto que, o
custo do aluguel de um apartamento é comparável a um
aluguel de um apartamento no centro de Londres.

Essa segregação por questões financeiras levanta


duas vertentes. A primeira diz respeito à diversificação cultural
que fica prejudicada, quando somente pessoas de poder
aquisitivo semelhantes se inter-relacionam, a outra questão, é
a justiça social que é essencial para a sustentabilidade
urbana, pois esses trabalhadores, têm que se deslocar
cotidianamente para bairros distantes, com infraestrutura
inferior e não têm a oportunidade de aproveitar a qualidade
de vida oferecida aos moradores e trabalhadores de maior
poder aquisitivo de Masdar.

10. RELAÇÃO COM OS USUÁRIOS


MASDAR CITY Foster end Partnes 28

Devido à sensação térmica ser de -10º em comparação com Abu Dhabi, a permanência
em locais públicos, se tornou muito mais prazerosa e duradoura.

São oferecidos bons salários e condições de trabalho para todos, conforme definido pelas
normas internacionais do trabalho. Inclusive, os próprios estudantes, além de obter tudo
gratuitamente, como estadia e alimentação, ainda recebem uma quantia significativa por estudarem
no local.

10. RELAÇÃO COM OS USUÁRIOS


MASDAR CITY Foster end Partnes 29

Do ponto de vista turístico de alguns visitantes, Masdar agrada muito mais o público que se
interessa por engenharia, arquitetura e pesquisas, uma vez que ainda se encontra em desenvolvimento
construtivo e, portanto, não oferece muitas atrações voltadas ao público diverso.

Apesar da cidade ter o incentivo do governo de Abu Dhabi, não possui uma governança local
nem parlamentar eleita.

A falta desse
governo dificulta as
relações democráticas, o
que torna a cidade de
Masdar uma área não
autônoma politicamente.
Suas decisões políticas
acabam ficando a cargo do
governo de Abu Dhabi e da
empreendedora
responsável por sua
contrução.

10. RELAÇÃO COM OS USUÁRIOS


MASDAR CITY Foster end Partnes 30

É importante salientar que o projeto da cidade não teve intervenção direta da população.
Essa falta de participação pode trazer problemas que poderiam ser solucionados caso as
necessidades específicas da comunidade fossem ouvidas. A cidade foi primeiramente projetada e
executada para depois ser habitada por uma população que não têm acesso às decisões políticas.

Como os espaços são todos alugados, os residentes e usuários também não têm a
possibilidade de modificá-los, o que dificulta a formação de uma identidade com o lugar perdendo a
sensação de pertencimento.

10. RELAÇÃO COM OS USUÁRIOS


MASDAR CITY Foster end Partnes 31

Masdar uma ciudad ecológica Documenta2. Disponível em:


https://www.youtube.com/watch?v=v9Sqlke5T94&feature=youtu.be> Acesso em: 27/09/18
A DIPLOMATA DA SUSTENTABILIDADE. Nosso Futuro Urbano. Disponível em: https://www.basf.com/br/pt/we-create-
chemistry/creating-chemistry-magazine/resources-environment-and-climate/the-diplomat-of-sustainability.html> Acesso
em: 27/09/18
MASDAR CITY: Bem-vindo à cidade do futuro. Por GUGELMIN, Felipe.Disponível em:
https://www.tecmundo.com.br/futuro/9871-masdar-city-bem-vindo-a-cidade-do-futuro.htm> Acesso em: 27/09/18
MASDAR CITY: Experimento de sustentabilidade urbana na cidade insustentável. Por JATOBÁ, Sergio. Disponível
em: http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquiteturismo/11.123/6574> Acesso em: 27/09/18
Masdar City pretente ser a cidade mais sustentável do mundo. Disponível
em: http://ciclovivo.com.br/noticia/masdar_city_pretende_ser_a_cidade_mais_sustentavel_do_mundo/> Acesso em:
28/09/18
MASDAR CITY, a cidade "sustentável". Por CUNHA, Carla. Disponível em: http://www.karlacunha.com.br/masdar-city-a-
cidade-sustentavel/> Acesso em: 28/09/18
About Masdar City. Disponível em: http://www.masdar.ae/en/masdar-city/detail/About-Masdar-City> Acesso em: 28/09/18
PORTAL METÁLICA. Escória granulada de alto forno. Disponível em: http://wwwo.metalica.com.br/escoria-granulada-de-
alto-forno> Acesso em>: 28/09/18
EFICIÊNCIA SOLAR. Cidade Masdar nos Emirados Árabes. Disponível em:
https://eficienciaenergtica.blogspot.com.br/2017/09/cidade-masdar-nos-emirados-arabes-unidos.html> Acesso em
29/09/18
https://www.researchgate.net/publication/269200852_Analise_do_Projeto_Urbano_de_Masdar_a_Partir_de_Categorias_A
naliticas_de_Projetos_Sustentaveis
Análise do Projeto Urbano de Masdar a Partir de Categorias Analíticas de Projetos Sustentáveis. Disponível em:
https://www.researchgate.net/publication/269200852_Analise_do_Projeto_Urbano_de_Masdar_a_Partir_de_Categorias_A
naliticas_de_Projetos_Sustentaveis> Acesso em: 29/09/18
Masdar Institute. Disponível em: https://www.fosterandpartners.com/projects/masdar-institute/> Acesso em: 29/09/18

11. REFERÊNCIAS