Você está na página 1de 8

DESENHO REPRESENTAÇÃO E OBSERVAÇÃO

1) De acordo com o ângulo adotado, a medida reduzida que ficará


(proporcionalmente) em relação a medida real é:

Alternativa D - 30º = 2/3, 45º =1/2, 60º = 1/3


A redução é desta forma pois quanto maior o grau de inclinação do objeto, menor
será a extensão que podemos ver.

2) O Teatro do Mundo (1980), concebido pelo arquiteto Aldo Rossi, foi construído
sobre uma balsa para abrigar um pequeno teatro itinerante e flutuante, destinado a
atender parte das atividades artísticas da Bienal de Veneza. Segundo o arquiteto, o
projeto do Teatro do Mundo é o ponto de flexão de sua carreira, em que as
pesquisas de resgate de uma gramática formal histórica da arquitetura voltam-se
para uma possível ontologia do espaço teatral. O projeto recupera o caráter nômade
e espetacular dos teatros, ao mesmo tempo em que, inicialmente ancorado em
Veneza, busca referenciais formais no contexto urbano. A forma do teatro é
composta geometricamente por prismas. O prisma é um sólido geométrico cujas
faces são paralelogramos e as bases são polígonos iguais e paralelos. Pode ser
classificado em reto, quando suas arestas laterais são perpendiculares às bases, e
oblíquo, quando não são. A nomenclatura dos prismas é dada de acordo com a
forma da sua base.

Alternativa A - quadrada e octogonal.


O teatro do mundo foi inspirado numa tradição do século XVIII, no qual apenas suas
bases são retangulares, e nas torres formam-se octógonos.

3) O Museu Guggenheim, projetado pelo arquiteto Frank Lloyd Wright (Nova Iorque,
1943), representou espacialmente uma nova visão na forma de exposição de obras
de artes. Sua forma cilíndrica, originada de uma espiral, cria uma galeria contínua
e aberta de exposições, que circunda um grande vazio coroado por uma cúpula
transparente. A rampa helicoidal caracteriza-se pela ausência de aberturas para o
exterior, isolando a galeria dos ruídos da cidade.
Observe as imagens do Museu Guggenheim e leia as afirmações a seguir.
Alternativa E - somente a primeira e a segunda são verdadeiras.
As afirmações I e II estão corretas, visto que o museu possui sua base circular como
um tronco de cone e as figuras geométricas representam os volumes onde os
círculos demarcando e representando as regiões mais altas.

4) A imagem abaixo apresenta a Biblioteca Nacional da França, projeto de


Dominique Perrault (1995). Um dos últimos monumentos públicos de Paris,
implantados por François Mitterrand, que também viabilizou a Pirâmide do Louvre,
entre outros. As torres propostas se voltam para um grande vazio, estes volumes
representam quatro livros abertos.

Do ponto de vista formal o projeto é composto por:

Alternativa E - quatro prismas com base em “L”.


Assim como dito no enunciado do exercício 4: o prisma é um sólido geométrico
cujas faces são paralelogramo se as bases são polígonos iguais e paralelos, assim
vemos nesta imagem, porém estes polígonos estão em formato de "L" que nos
expressa e nos dá a impressão de livros abertos; objetivo alcançado pelo arquiteto
pois a edificação se trata de uma biblioteca.

5) Observe o desenho em perspectiva isométrica.

Alternativa E - as quatro afirmações são verdadeiras.


O eixo isométrico são as linhas em 30° nos dois sentidos do desenho que formam
entre si um ângulo de 120°. Já a redução é feita na perspectiva para que ela se
pareça com o objeto real, mas para simplificar a forma de desenhar podemos ao
invés de usar a redução usar a técnica 'isométrica simplificada.'
6) A projeção ortogonal consiste na representação plana de um objeto nas três
direções ortogonais, resultando em seis projeções, também chamadas de vistas.
Na figura abaixo vemos as projeções 1, 2, 3, 4, 5 e 6, sendo:

Alternativa E - superior, frontal, lateral esquerda, lateral direita, inferior e


posterior, respectivamente.
Pois o desenho está no terceiro diedro, no qual é usado em boa parte dos países.
Assim as vistas ortogonais seguem esta ordem, que vemos acima, para desenhar
um desenho técnico.

7) O acervo arquitetônico e paisagístico da cidade de Mariana foi tombado pelo


IPHAN em 1938 e, em 1945, a cidade foi elevada à condição de Monumento
Nacional, por ter sido o berço da história de Minas. Dentro do conjunto urbano
tombado existem 14 monumentos considerados mais significativos que receberam
tombamento isolado. Entre estes, destaca-se a Igreja de Nossa Senhora do Carmo,
cuja construção foi iniciada em 1762 e concluída em 1835.
Observe abaixo o desenho elaborado pelo arquiteto Altino Barbosa Caldeira para o
primeiro projeto de restauração da igreja em 1992.

Alternativa C - somente a primeira, a terceira e a quarta afirmações são


verdadeiras.
As afirmações indicadas na alternativa estão corretas pois descrevem corretamente
as características da perspectiva militar.

8) Analise os desenhos das vistas representadas a seguir...


-Considerando a distribuição das vistas conforme são rebatidos os planos de
projeção (primeiro diedro), identifique as vistas representadas pelas letras indicadas
nos desenhos.
Alternativa D - a-vista frontal; b-vista superior; c-vista lateral esquerda; d-
vista lateral direita; e-vista posterior; f-vista inferior.
Podemos perceber a sequência indicada das vistas e identifica-las através de
detalhes, como por exemplo, as vistas serem representadas no lado oposto (vista
direita é desenhada no lado esquerdo, vista esquerda no lado direito), além disso
temos também nas vistas A, B e C as linhas mais escuras que representam cortes,
e nas vistas D, E e F, tem-se os mesmos cortes representados em tracejados o que
indica que eles estão presentes, porém não estão visíveis.

09) Abaixo está representada a planta de uma cozinha de uma habitação unifamiliar.
O layout indica a localização da geladeira, pia e fogão. O desenho foi elaborado
tendo como base uma malha quadrada com intervalos de 10mm, que também se
observa na figura. Com base nessas informações, qual a escala do desenho da
planta a seguir.

Alternativa B
Com o auxílio de um escalímetro podemos observar que a escala utilizada foi a
1:50.

10) Observe as imagens a seguir.

Alternativa E - ”B” é a vista superior da perspectiva “A”.


As vistas são representadas de forma inversa, ou seja, a lateral direita é
representada do lado esquerdo e assim por diante. Este tipo de representação é
conhecido como terceiro diedro, usado em boa parte dos países em desenhos
técnicos.
11) Observe o desenho de observação de um cubo.
Alternativa C - I e IV, apenas.
A aresta mais próxima do observador possui a verdadeira grandeza, portanto,
quanto mais longe a aresta, menor será ela.

12) Dado a perspectiva isométrica de um objeto, qual das alternativas corresponde


às suas vistas frontal, superior e lateral esquerda?

Alternativa B

Ao observarmos a geometria, podemos concluir que as vistas das respostas B são


equivalentes à representação técnica, em relação ao que enxergamos no primeiro
e no segundo plano.

13) Considerando a incidência da luz em um objeto, observe a imagem e analise as


afirmações a seguir.

Alternativa A - as três afirmações são verdadeiras.


Por conta da falta de iluminação, o lado oposto produz sombra no próprio objeto, a
sombra também será projetada na superfície em que o objeto está apoiado. A luz
artificial devido a intervenção humana aparece com mais contraste deixando o
objeto em questão com sombra e claridade mais nítida.

14) A Linha do horizonte, o ponto de vista, o(s) ponto(s) de fuga e as linhas de fuga
determinam o ângulo visual do observador no contexto de um desenho em
perspectiva.
A linha do horizonte é o elemento que representa o nível dos olhos do observador
e o ponto de vista pode ser identificado por uma linha vertical perpendicular a linha
do horizonte, revelando-se exatamente no cruzamento dessas duas linhas.
Observe o desenho em perspectiva a seguir.

Alternativa B - o ponto de vista está localizado do lado esquerdo.


Todas as linhas do desenho seguem a um ponto focal na linha do horizonte,
ocorrendo a interseção de retas paralelas para um único ponto, no qual é
denominado ponto de fuga.

15) Observe as vistas representadas acima.


Qual das alternativas corresponde a perspectiva cavaleira das vistas apresentadas?

Alternativa D

Através da observação das vistas a representação correta para a perspectiva


cavaleira é apresentada na alternativa D.

16) Observe as imagens a seguir.

Grupo Residencial Alto da Boa Vista, Marcos Acayaba, 1974.


Os cortes representam a intersecção do plano vertical com o volume. Nos desenhos
apresentados
Alternativa B - o corte B corta as edificações no sentido longitudinal e o
corte A no sentido transversal.
Corte B é longitudinal pois corta as edificações na maior medida, e o corte A é
transversal pois corta na menor medida.

17) A planta em forma de elipse aparece na história da arquitetura como uma


derivação da planta retangular. Ela pertence a uma tipologia que surge como
evolução da “Torre europeia”, em 1933, na proposta de Le Corbusier para o edifício
da Rentenanstalt, em Zurique, na Suíça. Embora essa edificação não tenha sido
construída, permaneceu no imaginário dos arquitetos modernos a ideia de fazer
uma variação da lâmina regular de quatro lados, transformando-a em um poliedro
de seis ou oito lados. Essa ideia foi concretizada em torres emblemáticas, como a
Pirelli (Milão, 1956), de Gio Ponti, e a Pan Am (Nova York, 1963), de Walter Gropius.
No projeto do edifício Itália (São Paulo, 1953), Franz Heep transformou o poliedro
em uma elipse. Essa tipologia foi retomada por autores diversos, e um dos mais
conhecidos exemplos foi chamado de “edifício-batom” (Lipstick Building) em Nova
York, projetado pelos arquitetos Philip Johnson e John Burge em 1986.

As imagens a seguir representam uma sequência de croquis que elucidam a


evolução do partido arquitetônico para o edifício Landmark (São Paulo, 2005) dos
arquitetos Marc Rubin e Alberto Botti. Assinale a alternativa que descreve os
desenhos apresentados abaixo.

Alternativa C - primeiramente, há uma série de soluções com dois volumes


levemente deslocados, cada qual com um gabarito. Em seguida, começam
a ser estudadas opções em que se curvam as fachadas frontal e posterior,
resultando em um único edifício com uma planta elíptica.
Podemos ver o que é a alternativa C, observando as "fases" do croqui.

18) A topologia vem abrindo caminho para experimentações formais complexas


utilizadas na arquitetura contemporânea. As formas topológicas são aquelas
geometricamente elásticas e contínuas. Compostos por curvas variáveis, os
desenhos são elaborados por modelos constituídos de malhas ou redes,
construídas com o auxílio de avançados programas de computador. O projeto de
Massimiliano Fuksas para o Polo Feira de Milão na Itália é um exemplo acerca
desse tema. A estrutura leve e ondulada protege os espaços posicionados ao longo
do eixo central. Com altura variável entre 16 e 23 metros, a cobertura desce em
mergulho até o solo, em alguns pontos formando crateras. Sua forma sinuosa reflete
as variações de altura das fachadas dos edifícios laterais, conforme ilustrado a
seguir.
Alternativa C - somente a primeira, a terceira e a quarta são verdadeiras.
O processo de construção não é repetitivo e tem diferenças altimétricas, portanto,
a alternativa II estar incorreta.

19) O desenho arquitetônico é uma forma de expressão que utiliza símbolos, linhas,
traçados, números e indicações textuais para representar bidimensionalmente a
forma espacial de um projeto. O desenho arquitetônico é uma linguagem gráfica
normalizada internacionalmente. No Brasil, as normas são aprovadas e editadas
pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Diversas peças gráficas
compõem um projeto de arquitetura, entre elas, as plantas, os cortes e as elevações
ou fachadas. As informações contidas nesses desenhos são fundamentais para
compreensão de um projeto.
Observe os desenhos do projeto do Edifício Hiléa, do escritório Aflalo & Gasperini,
e analise as afirmações a seguir.

Alternativa E - I, II e IV, apenas.


O corte representado na figura, é um corte transversal, por isto, o corte representa
a interseção do plano vertical com o volume. O desenho apresentado na figura 2 é
um corte transversal, pois corta o edifício em sua menor dimensão da edificação.
Os cortes devem ser representados com letras diferenciando o tipo de corte, para
uma melhor visualização e entendimento no desenho bidimensional.

20) Na fase de concepção de um projeto, o arquiteto elabora graficamente as linhas


gerais da edificação a ser construída. Os desenhos de concepção, denominados
croquis, constituem a gênese de um projeto de arquitetura.

Observe os croquis do arquiteto Oscar Niemeyer a analise as afirmações a seguir.

Alternativa B - II e III, apenas.


Analisando a afirmações, percebemos que somente as duas ultimas estão corretas
e a primeira está incorreta, pois um croqui não possui todas as dimensões do
projeto, mas somente a ideia da construção.