Você está na página 1de 8

Enciclopédia da Conscienciologia 3323

CONSCIN-COBAIA
(EXPERIMENTOLOGIA)

I. Conformática

Definologia. A conscin-cobaia é a consciência intrafísica, homem ou mulher, pesquisa-


da, investigada, analisada, examinada, anatomizada, esmiuçada e utilizada na condição de modelo
de estudo em situação específica, contextual ou vivencial, ímpar, independente da autoconscienti-
zação quanto aos fatos, parafatos e às múltiplas dimensões nas quais se manifesta.
Tematologia. Tema central neutro.
Etimologia. O termo consciência vem do idioma Latim, conscientia, “conhecimento de
alguma coisa comum a muitas pessoas; conhecimento; consciência; senso íntimo”, e este do ver-
bo conscire, “ter conhecimento de”. Apareceu no Século XIII. O prefixo intra deriva também do
idioma Latim, intra, “dentro de; no interior; no intervalo de; durante; no recinto de; próximo ao
centro; interiormente”. O vocábulo físico provém do mesmo idioma Latim, physicus, e este do
idioma Grego, physikós, “relativo à Natureza ou ao estudo da mesma”. Surgiu igualmente no Sé-
culo XIII. O vocábulo cobaia procede do idioma Latim Científico, cobaya, “cobaia”. Apareceu
no Século XIX.
Sinonimologia: 01. Conscin-cobaio. 02. Cobaia humana. 03. Conscin-espelho. 04. Cons-
cin exposta; vitrine consciencial. 05. Conscin-modelo. 06. Autexpositor inconsciente. 07. Au-
texpositor consciente. 08. Conscin inspiradora. 09. Musa científica. 10. Conscin semostradora.
Neologia: As 4 expressões compostas conscin-cobaia, conscin-cobaia vulgar, conscin-
-cobaia convencional e conscin-cobaia invulgar são neologismos técnicos da Experimentologia.
Antonimologia: 01. Cobaia subumana. 02. Cobaio subumano. 03. Cobaia biônica.
04. Consciex-cobaia. 05. Consciex inspiradora. 06. Consciex-modelo. 07. Balão de ensaio.
08. Vitrine. 09. Metrópole-cobaia. 10. País-cobaia.
Estrangeirismologia: o striptease consciencial; a glasnost interconsciencial; o locus mi-
noris resistentiae exposto; a exposição in natura dos reality shows; o marketing social; o know-
-how pesquisístico; o check up consciencial; o Curso Intermissivo (CI) na condição de experimen-
tum crucis.
Atributologia: predomínio das faculdades mentais, especificamente do autojuízo crítico.
Megapensenologia. Eis 1 megapensene trivocabular sintetizando o tema: − Conscin-co-
baia: autexposição contextual.

II. Fatuística

Pensenologia: o holopensene pessoal da Experimentologia; os autopensenes; a autopen-


senidade; os neopensenes; a neopensenidade; os ortopensenes; a ortopensenidade; os nexopense-
nes; a nexopensenidade; os grafopensenes; a grafopensenidade; os cosmopensenes; a cosmopen-
senidade.

Fatologia: as exposições cabais; as autexposições voluntárias; a autocobaiagem; a cobai-


agem recíproca das consciências em diferentes níveis evolutivos; a vida transparente; o autoposi-
cionamento; a omissuper; o calculismo cosmoético; a teática das autexperiências compartilhadas;
o aprendizado com as experiências do outro; a utilização do homem-cobaia ou mulher-cobaia em
condições nem sempre cosmoéticas, nas etapas de pesquisas científicas; os fatos cotidianos com-
provando a exploração de conscins inscientes; a banalização da vida humana; as barbáries das su-
perpotências farmacológicas; os resultados nocivos dos agrotóxicos e pesticidas na saúde huma-
na; a pseudociência aviltando os direitos conscienciais; os fins justificando os meios; a doutrina-
ção; a impostura; a protérvia; as camuflagens; a vivissecção humana; a desassistencialidade; os
interesses egóicos, frutos da ganância; a antiética; a anticosmoética; o pseudantídoto; a obstupidi-
ficação bioquímica; o placebo; as pseudovantagens do trinômio mercantilista egoísmo-avareza-
-lucro; o pseudo-heroísmo; a pseudassistência; o Prêmio Nobel, não nobilitante; as interprisões
3324 Enciclopédia da Conscienciologia

geradas pela ambição exacerbada das multinacionais; a premência quanto à conscientização dos
riscos somáticos da cobaiagem humana em experimentos farmacológicos; a Declaração de Hel-
sinque; a interassistencialidade; o fato de o autorrespeito, o autoconhecimento e a autassistência
precederem ao heterorrespeito, ao heteroconhecimento e à heterassistência; as gestações cons-
cienciais policármicas; as ferramentas propulsoras da racionalidade do jovem inversor contribuin-
do na estratégia antecipatória da maturidade consciencial, na condição de autocobaia evolutiva;
a qualificação da práxis parapedagógica das conscins-cobaias docentes; o curso Conscin-cobaia
Voluntária do Conscienciograma da Associação Internacional de Conscienciometria Interassis-
tencial (CONSCIUS); a síntese do labcon pessoal exposta nas Jornadas Conscienciológicas;
a Comunidade Conscienciológica Cosmoética Internacional (CCCI) na condição de biotério
consciencial; as diversas Cognópolis; o Tertuliarium.

Parafatologia: a autovivência do estado vibracional (EV) profilático; o acoplamento


energético; as assimilações energéticas interconscienciais; a cunha mental xenofóbica; o desco-
nhecimento da existência do acompanhante extrafísico; as extrapolações da conscin-parapsíquica;
as projeções vexaminosas da conscin autocobaia; a parapsicoteca; o parapsiquismo avançado.

III. Detalhismo

Principiologia: o princípio do exemplarismo pessoal (PEP); o princípio da cobaiagem


consciencial recíproca.
Codigologia: o nível e a qualificação do código pessoal de Cosmoética (CPC); o código
grupal de Cosmoética (CGC).
Teoriologia: a teoria do alívio intraconsciencial promovido pela autexposição cosmoéti-
ca lúcida promovendo auto e heterodesassédio.
Tecnologia: a evitação das técnicas espúrias de manipulação consciencial; a técnica da
omnipesquisa permanente; a técnica do vínculo consciencial proexológico; a aplicação técnica
do Conscienciograma; a técnica do arco voltaico craniochacral expondo a realidade intracons-
ciencial da conscin-cobaia; as técnicas heteroconscienciométricas.
Voluntariologia: a condição exemplar da conscin-cobaia no voluntariado consciencio-
lógico; os voluntários experimentais de placebos e neomedicamentos das indústrias farmacoló-
gicas.
Laboratoriologia: o laboratório conscienciológico da Experimentologia; o laboratório
conscienciológico da tenepes; o laboratório conscienciológico da Reeducaciologia; o laboratório
conscienciológico da Parageneticologia; o laboratório conscienciológico da Cosmoeticologia;
o laboratório conscienciológico da Conviviologia; o laboratório conscienciológico da Grupo-
carmologia.
Colegiologia: o Colégio Invisível da Conscienciometrologia; o Colégio Invisível da Con-
viviologia; o Colégio Invisível da Consciencioterapia; o Colégio Invisível da Desassediologia;
o Colégio Invisível da Homeostaticologia; o Colégio Invisível da Evoluciologia; o Colégio Invisí-
vel da Interassistenciologia.
Efeitologia: o efeito arrastante dos exemplos construtivos.
Neossinapsologia: a divergência entre retrossinapses e neossinapses.
Ciclologia: a valorização do ciclo multiexistencial pessoal (CMP) no aprimoramento
evolutivo.
Enumerologia: a conscin-cobaia efêmera; a conscin-cobaia excêntrica; a conscin-co-
baia grafopensênica; a conscin-cobaia intermissivista; a conscin-autocobaia; a conscin-cobaia lú-
cida; a conscin-cobaia cosmoética.
Binomiologia: o binômio autocrítica-heterocrítica; o binômio admiração-discordância;
o binômio autassédio-autodesassédio; o binômio reflexão-irreflexão; o binômio fatos-parafatos;
o binômio bifrentismo-bifrontismo; o binômio Autoconscienciometrologia-Autopesquisologia.
Interaciologia: a interação exibição-evidência; a interação anticosmoética assistente
manipulador–assistido ingênuo; a interação evolutiva autocrítica-autodiscernimento.
Enciclopédia da Conscienciologia 3325

Crescendologia: o crescendo autexposição-autocrítica-autodesassédio.


Trinomiologia: o trinômio avaliar-informar-esclarecer; o trinômio descoberta-respon-
sabilidade-exemplarismo; o trinômio agente retrocognitor–formador de opinião–produtor de co-
nhecimento; o trinômio autopesquisa-heteropesquisa-omnipesquisa; o trinômio intercompreen-
são-intercooperação-interassistência; o trinômio atos-fatos-parafatos; o trinômio intenção-obje-
tivos-resultados; o trinômio tares–desassédio–heterocrítica cosmoética.
Polinomiologia: o polinômio postura-olhar-voz-gesto.
Antagonismologia: o antagonismo conscin-cobaia consciente / conscin-cobaia incons-
ciente; o antagonismo conscin-cobaia cosmoética / conscin-cobaia anticosmoética; o antagonis-
mo autexposição lúcida / histrionismo infantil; o antagonismo verdade / mentira; o antagonismo
intenção de informar / intenção de convencer; o antagonismo exemplos imitáveis / exemplos evi-
táveis; o antagonismo atenção multidimensional / atenção monodimensional.
Paradoxologia: o paradoxo de a conscin ser cobaia permanente para as consciexes;
o paradoxo de sair de si para comprender-se melhor na condição de autocobaia.
Politicologia: a democracia; a exemplocracia; a parapsicocracia; a conscienciocracia;
a cosmoeticocracia; a lucidocracia; a evoluciocracia.
Filiologia: a experimentofilia; a sociofilia; a biofilia; a conviviofilia; a cosmoeticofilia;
a exemplofilia; a assistenciofilia; a evoluciofilia.
Fobiologia: a autocriticofobia; a escopofobia; a raciocinofobia; a xenofobia; a fraterno-
fobia; a parapsicofobia; a recexofobia.
Sindromologia: a síndrome pós-traumática da cobaia-laboratorial; a síndrome da cele-
bridade.
Holotecologia: a nosoteca; a ciencioteca; a experimentoteca; a autocriticoteca; a logico-
teca; a argumentoteca; a intelectoteca; a consciencioteca; a cosmoeticoteca; a assistencioteca.
Interdisciplinologia: a Experimentologia; a Cosmoeticologia; a Conviviologia; a Gru-
pocarmologia; a Conscienciometrologia; a Interprisiologia; a Biotecnologia; a Parageneticologia;
a Proexologia; a Parapedagogiologia; a Interassistenciologia; a Recexologia; a Cosmovisiologia;
a Holomaturologia; o Paradireitologia; a Evoluciologia.

IV. Perfilologia

Elencologia: a conscin-cobaia; a conscin-cobaia-mor; a conscin-cobaia política; a cons-


cin personalidade pública; a conscin-cobaia traforista; a conscin-cobaia trafarista; a consréu res-
somada; a conscin baratrosférica; a consciência racional; a consciência madura; a isca humana
lúcida; a conscin lúcida; o ser desperto; o ser interassistencial; a semiconsciex.

Masculinologia: o ofiexista; o projetor consciente; o epicon lúcido; o amparador intrafí-


sico; o atacadista consciencial; o maxidissidente ideológico; o duplista; o duplólogo; o intermissi-
vista; o conviviólogo; o comunicólogo; o proexista; o proexólogo; o verbetólogo; o verbetógrafo;
o neologista; o reciclante existencial; o pesquisador autocobaia; o informador evolutivo; o infor-
mador vanguardista; o pesquisado; o tocador de obras; o homem de ação.

Femininologia: a ofiexista; a projetora consciente; a epicon lúcida; a amparadora intrafí-


sica; a atacadista consciencial; a maxidissidente ideológica; a duplista; a duplóloga; a intermissi-
vista; a convivióloga; a comunicóloga; a proexista; a proexóloga; a verbetóloga; a verbetógrafa;
a neologista; a reciclante existencial; a pesquisadora autocobaia; a informadora evolutiva; a in-
formadora vanguardista; a pesquisada; a tocadora de obras; a mulher de ação.

Hominologia: o Homo sapiens autoperquisitor; o Homo sapiens experimentatus; o Ho-


mo sapiens autocriticus; o Homo sapiens epicentricus; o Homo sapiens parapaidagogus; o Homo
sapiens semperaprendens; o Homo sapiens cosmoethicus; o Homo sapiens evolutiologus.
3326 Enciclopédia da Conscienciologia

V. Argumentologia

Exemplologia: conscin-cobaia vulgar = a consciência, homem ou mulher, participante


de reality show televisivo monitorado 24 horas ao dia; conscin-cobaia convencional = a cons-
ciência, homem ou mulher, participando na condição de cobaia em experimento científico;
conscin-cobaia invulgar = a conscin intermissivista, autocrítica, exemplarista, levando de eito as
tarefas da proéxis pessoal, autexpondo-se na condição de conscin-cobaia conscienciológica.

Culturologia: a cultura do autexemplarismo prolífico; a substituição da cultura da su-


perestimação da patologia humana pela teática da homeostasia consciencial.

Miopia consciencial. A Ciência Convencional restringe os horizontes pesquisísticos ao


ignorar aspectos multidimensionais corroborados, em especial, através da ótica da Conscienciolo-
gia, da Cosmoeticologia, da Paradireitologia e da Parapoliticologia.
Cognópolis. A Cognópolis, ou o Bairro do Conhecimento situado em Foz do Iguaçu,
PR, Brasil, biotério consciencial, é local pré-concebido para a radicação vitalícia de cobaias inte-
ressadas em estarem mais lúcidas para a autopesquisa neste momento evolutivo, na condição de
minipeças do Maximecanismo Multidimensional Interassistencial.

Caracterologia. Eis, a seguir, em ordem funcional, 10 exemplos de auto e heterocobaias


conscienciais, voluntários da Comunidade Conscienciológica Cosmoética Internacional:
01. Autores: cobaias para os leitores, amparadores e assistidos.
02. Conscienciômetras: auto e heterocobaias nos cursos da CONSCIUS.
03. Evolucientes: auto e heterocobaias na OIC.
04. Acoplamentistas: cobaias interassistenciais, pluridimensionais.
05. Docentes: cobaias para os alunos; autocobaias semperaprendentes.
06. Alunos: autocobaias exemplaristas mensurando resultados das autaprendizagens nas
Provas Gerais de Conscienciologia.
07. Tenepessistas: cobaias do Maximecanismo Multidimensional Interassistencial.
08. Tertulianos: cobaias debatedoras multidimensionais.
09. Teletertulianos: telecobaias interativas.
10. Verbetógrafos: cobaias auto e heteropesquisísticas participando da Enciclopédia da
Conscienciologia.

Verbetologia. Eis, na ordem alfabética, 100 exemplos de conscins-cobaias, elencados


nos verbetes-títulos da Enciclopédia da Conscienciologia, merecendo estudo acurado das pesqui-
sadoras ou pesquisadores motivados quanto à autevolução:
01. Abridor de caminho.
02. Acompanhante parapsíquico.
03. Acoplador energético.
04. Adulto-criança.
05. Adversário ideológico.
06. Agente desencadeador.
07. Agente retrocognitor.
08. Ajudante de algoz.
09. Animador consciencial.
10. Antepassado de si mesmo.
11. Ator de teatrão.
12. Atrator ressomático.
13. Autodecisor.
14. Autoimperdoador.
15. Autômato humano.
16. Benemérito urbano.
Enciclopédia da Conscienciologia 3327

17. Bibliopola.
18. Bom-caráter.
19. Catalisador.
20. Coabitante.
21. Cognopolita.
22. Compassageiro evolutivo.
23. Consciência cosmoética.
24. Consciência desprogramada.
25. Consciência gráfica.
26. Consciência miriaédrica.
27. Consciência podálica.
28. Consciência poliédrica.
29. Consciência retardatária.
30. Consciência-títere.
31. Conscienciólogo.
32. Consciencioterapeuta.
33. Consciênçula.
34. Conscin benévola.
35. Conscin convencional.
36. Conscin displicente.
37. Conscin eletronótica.
38. Conscin-fonte.
39. Conscin frutariana.
40. Conscin large.
41. Conscin mal resolvida.
42. Conscin multívola.
43. Conscin não intermissivista.
44. Conscin organizadora.
45. Conscin polissêmica.
46. Conscin-problema.
47. Conscin sem megafoco.
48. Conscin tenepessável.
49. Conscin-trafar.
50. Conscin trancada.
51. Conscin-trator.
52. Conscin tricerebral.
53. Consréu estelar.
54. Cosmovisiólogo.
55. Curupira.
56. Demissionário antievolutivo.
57. Elenco da Conscienciologia.
58. Epicon lúcido.
59. Eunuco intelectual.
60. Exilado na própria pátria.
61. Facilitador da Conscienciologia.
62. Fronteiriço dessomático.
63. Geronte evolutivo.
64. Governante.
65. Guia desorientador.
66. Infiltrado cosmoético.
67. Inspirador humano.
68. Intermissivista.
69. Intermissivista inadaptado.
3328 Enciclopédia da Conscienciologia

70. Mediador.
71. Mini-peça interassistencial.
72. Mirmídone.
73. Musa científica.
74. Paracientista.
75. Parceiro ideal.
76. Personalidade antípoda.
77. Personalidade complexa.
78. Personalidade consecutiva.
79. Personalidade formada.
80. Personalidade singular.
81. Pesquisador conscienciológico.
82. Pesquisador independente.
83. Pré-intermissivista.
84. Pré-mãe.
85. Pré-serenão.
86. Prometedor.
87. Publícola.
88. Rainha.
89. Refém da autocognição.
90. Retomador de tarefa.
91. Ser desperto.
92. Sistemata.
93. Subconsciência humana.
94. Teleguiado autocrítico.
95. Teletertuliano incógnito.
96. Tipo humano.
97. Triatleta conscienciológico.
98. Trintão sem duplista.
99. Verbaciologista.
100. Voluntário da Conscienciologia.

VI. Acabativa

Remissiologia: Pelos critérios da Mentalsomatologia, eis, por exemplo, na ordem alfa-


bética, 15 verbetes da Enciclopédia da Conscienciologia, e respectivas especialidades e temas
centrais, evidenciando relação estreita com a conscin-cobaia, indicados para a expansão das abor-
dagens detalhistas, mais exaustivas, dos pesquisadores, mulheres e homens interessados:
01. Amostragem conscienciológica: Holopesquisologia; Neutro.
02. Apedeutismo: Parapedagogiologia; Nosográfico.
03. Atitude antiproéxis: Proexologia; Nosográfico.
04. Autestigmatização: Experimentologia; Nosográfico.
05. Autexemplificação: Cosmoeticologia; Neutro.
06. Consciência crítica cosmoética: Cosmoeticologia; Homeostático.
07. Dia da cobaia: Experimentologia; Neutro.
08. Indução interconsciencial: Conviviologia; Neutro.
09. Limite cosmoético: Cosmoeticologia; Homeostático.
10. Limite da pesquisa: Experimentologia; Neutro.
11. Microminoria evolutiva: Evoluciologia; Homeostático.
12. Pararrealidade: Extrafisicologia; Neutro.
13. Princípio da descrença: Mentalsomatologia; Homeostático.
14. Senso universalista: Cosmoeticologia; Homeostático.
15. Viveiro evolutivo: Evoluciologia; Homeostático.
Enciclopédia da Conscienciologia 3329

SOMOS CONSCIÊNCIAS-COBAIAS, O TEMPO TODO, NAS


MÚLTIPLAS DIMENSÕES. ATITUDE INTELIGENTE E PRIO-
RITÁRIA É QUALIFICAR AUTEXEMPLOS, PROSPECTIVANDO
AUTORREVEZAMENTOS INTERASSISTENCIAIS EVOLUTIVOS.
Questionologia. Você, leitor ou leitora, está consciente para a autocondição de conscin-
-cobaia? A conjuntura atual vivenciada por você é mais para conscin-cobaia vulgar ou conscin-
-cobaia invulgar?
Filmografia Específica:

1. O Jardineiro Fiel. Título original: The Constant Gardener. País: EUA. Data: 2005. Duração: 129 min.
Gênero: Drama. Idade (censura): 14 anos. Idioma: Inglês. Cor: Colorido. Legendado: Português; & Espanhol (DVD)
Direção: Fernando Meirelles. Elenco: Ralph Fiennes; Rachel Weisz; Daniele Harford; Danny Huston; Hubert Koundé;
Richard McCabe; Gerard McSorley; Pete Postlethwaite; & Anneke Kim Sarnau. Produção: Simon Channing-Williams.
Desenho de Produção: Mark Tildesley. Direção de Arte: Chris Lowe; Christian Schaefer; & Denis Schnegg. Roteiro:
Jeffrey Caine com base na obra The Constant Gardener, de John Le Carré. Fotografia: Cesar Charlone. Música: Alberto
Iglesias. Montagem: Claire Simpson. Cenografia: Michelle Day; & Alexis Labra. Figurino: Odile Dicks-Mireaux. Efei-
tos Especiais: Kevin Adcock; Alexis Haggar; Tyrel Mickey; Jason Leinster; Paul McGuinnes; & Cordell McQueen.
Companhia: Focus Features; & United International Pictures (UIP). Outros dados: Oscar e Globo de Ouro de melhor
atriz para Rachel Weisz em 2006. Sinopse: Ativista médica envolvida em trabalhos sociais em remota área no Quênia
(África) descobre companhia farmacêutica utilizando população carente das favelas na condição de cobaias para medica-
mentos, ainda em fase de testes. Ela tenta denunciar a barbárie e acaba sendo morta.

Bibliografia Específica:

01. Boccia, Sandra; Eu sou Cobaia; Reportagem; Veja; Revista; Mensário; Ed. 16.523; Ano 32; N. 45; São
Paulo, SP; 10.11. 99; páginas 124 e 125.
02. Collucci, Cláudia; “Industria Farmacêutica tem Controle Total Sobre as Pesquisas”; Entrevista: Carl Elliot;
Folha de S. Paulo; Jornal; Ano 90; N. 29.789; Caderno: Cotidiano; 1 foto; 5 ilus.; São Paulo, SP; 24.10.10; página C 9.
03. Gazeta do Povo; Redação; Cobaias pedem Indenização na Noruega; Jornal; Diário; Ano 82; N. 25.888;
Curitiba, PR; 05.09.00; primeira página.
04. Klein, William; Professor Autopesquisador, Reeducador, Exemplarista; Artigo; Anais do I Congresso In-
ternacional da Parapedagogia, IV Jornada de Educação Conscienciológica: Construindo juntos o Planeta-Escola; Org.:
Henri Leboeuf, & Munir Bazzi; revisores Henri Leboeuf; et al.; 204 p.; Instituto Internacional de Projeciologia e Cons-
cienciologia (IIPC); Foz do Iguaçu, PR; 7 a 10 de Junho, 2007; páginas 33 e 34.
05. Menai, Tania; Vida de Cobaia; Reportagem; Superinteressante; Revista; Mensário; Ed. 278; Ano 24;
N. 5; 2 ilus.; 1 modelo de contrato; 1 site; 2 refs.; São Paulo, SP; Maio, 2010; páginas 57 a 61.
06. Meyer, Carolina; Quando o Consumidor vira Cobaia; Reportagem; Exame; Revista; Mensário; Ed. 864;
Ano 40; N. 6; Seção: Marketing, Pesquisa; 1 enu.; 5 fotos; São Paulo, SP; 29.03.06; páginas 70 a 72.
07. Mota, Tathiana; Laboratório Conscienciológico Pessoal; Artigo; Anais da III Jornada de Autopesquisa
Conscienciológica: Teática dos Caminhos para a Desperticidade; Org.: Regina Camillo; & Tony Musskopf; revisores
Jacqueline Nahas; et al.; 238 p.; Instituto Internacional de Projeciologia e Conscienciologia (IIPC); Rio de Janeiro, RJ;
10, 11 e 12 de Junho, 2004; páginas 155 a 161.
08. Petry, André; O Labirinto é a Saída; Artigo; Veja; Revista; Semanário; Ed. 2.174; Ano 43; N. 29; 2 fi-
chários; 10 fotos; São Paulo, SP; 21.07.10; páginas 94 a 99.
09. Rezende, Rodrigo; Ciência Nazista; Reportagem; Superinteressante; Revista; Mensário; Ed. 225; 1 enu.;
2 fichários; 27 fotos; 1 mapa; 6 refs.; São Paulo, SP; Abril, 2006; capa e páginas 52 a 61.
10. Stephes, Joe; Cobaias do Terceiro Mundo; O Globo; Jornal; Ano LXXVI; N. 24.602; 1 fichário; 2 fotos;
Seção: O Mundo; Rio de Janeiro, RJ; 07.01. 01; página 38.
11. Veja; Redação; A Metrópole Cobaia; Reportagem; Revista; Semanário; Ed. 1.182; Ano 24; N. 20; 8 fotos;
6 gráfs.; 1 ilus.; São Paulo, SP; 15.05.91; páginas 64 a 66.
12. Idem; Redação; Cobaias Humanas; Reportagem; Revista; Semanário; Ed. 1.866; Ano 37; N. 32; 1 fi-
chário; 1 foto; São Paulo, SP; 11.08.04; página 65.
13. Vieira, Waldo; Conscienciograma: Técnica de Avaliação da Consciência Integral; 344 p.; 150 abrevs.;
11 enus.; 100 folhas de avaliação; 4 índices; 2.000 itens; glos. 282 termos; 7 refs.; alf.; 21 x 14 cm; br.; Instituto Interna-
cional de Projeciologia; Rio de Janeiro, RJ; 1996; páginas 52, 88, 124, 144, 150, 162, 190, 229 e 232.
14. Idem; Homo sapiens pacificus; 1.584 p.; 413 caps.; 403 abrevs.; 434 enus.; 37 ilus.; 7 índices; 240 si-
nopses; glos. 241 termos; 9.625 refs.; alf.; geo.; ono.; 29 x 21,5 x 7 cm; enc.; 3ª Ed.; Gratuita; Associação Internacional
do Centro de Altos Estudos da Conscienciologia (CEAEC); & Associação Internacional Editares; Foz do Iguaçu, PR;
2007; páginas 241 a 510, 893, 894 e 903 a 1.000.
3330 Enciclopédia da Conscienciologia

15. Idem; Homo sapiens reurbanisatus; 1.584 p.; 479 caps.; 139 abrevs.; 597 enus.; 413 estrangeirismos; 102
filmes; 40 ilus.; 7 índices; 3 infografias; 102 sinopses; 25 tabs.; glos. 241 termos; 7.663 refs.; alf.; geo.; ono.; 27 x 21 x 7 cm;
enc.; Associação Internacional do Centro de Altos Estudos da Conscienciologia (CEAEC); Foz do Iguaçu, PR; 2003; pá-
ginas 80 a 82, 101 a 103, 504 a 798 e 1.018 a 1.022.
16. Idem; 700 Experimentos da Conscienciologia; 1.058 p.; 700 caps.; 147 abrevs.; 600 enus.; 8 índices;
2 tabs.; 300 testes; glos. 280 termos; 5.116 refs.; alf.; geo.; ono.; 28,5 x 21,5 x 7 cm; enc.; Instituto Internacional de Proje-
ciologia; Rio de Janeiro, RJ; 1994; páginas 71, 72, 78, 82, 139, 223, 229, 426 a 344, 394, 441 e 641.

Webgrafia Específica:

1. Beluzzo, Luiz Gonzaga; Argentina Vira a Cobaia de Laboratório do FMI; Site; 1 foto; disponível em:
<http://www.galizacig.com/actualidade/200204/cm; argentina vira cobaia do fmi.htm>; 26.04.02; acesso em: 06.07.08.
2. Duncan, David Ewing; Toxic People; National Geographic; Site; 3 fotos; disponível em: <http://ngm.na-
tionalgeographic.com/2006/10/toxic-people/duncan-text>; Outubro, 2006; acesso em: 19.02.11.
3. Rezende, Joffre M. de; Cobaia e Cobaio (publicado originalmente no livro Linguagem Médica, 3a Ed.; AB
Goiânia; 2004); disponível em: <http://usuarios.cultura.com.br/jmrezende/cobaia.htm>; 2004; acesso em: 06.07.08.

N. C.

Interesses relacionados