Você está na página 1de 32

EDUCAÇÃO

DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

EDUCAÇÃO DAS EMOÇÕES


PROCESSO DE 40 DIAS

APRESENTAÇÃO E INSTRUÇÕES

A primeira coisa que te desejo no começo deste Processo de Educação


das Emoções é que convoques a tua força e a tua perseverança para
culminar a interessante e transformadora travessia perante a qual te
encontras.

A poderosa intenção que subjaz detrás da metodologia do teu iminente


labor diário, não só vai desencadear importantes reorientações de
expansão e positivismo do teu pensamento criador, como também te
vai propiciar um estado subtil de atenção sustentada acerca dos teus
processos internos mais íntimos.

Ao longo da presente quarentena dispões-te a desenvolver um


progressivo “dar-se conta”. Um dares-te conta de muitas das correntes
internas que se geram na tua mente e que, em última instância,
configuram o que actualmente experimentas nas tuas relações, no teu
carácter e, por consequência, no teu destino.

Para isso, é necessário recordar que antes de se poder transformar as


impressões profundas que foram programadas no teu subconsciente
por causa das tuas experiências anteriores, é preciso proceder a
identificá-las e, consequentemente, a eleger o que queres realmente
viver. Trata-se de incrementar o teu grau de consciência para aqueles
processos emocionais que tendem a ser expressados de maneira
automática e que te dispões a converter em voluntários e escolhidos;
desta forma, transformarás a atitude de “reacção” ante as circunstâncias
pela de “acção” ante as mesmas.

A partir deste momento dispões-te a iniciar uma nova relação


construtiva com a entidade mais essencial da tua vida:

O TEU PROPRIO EU

© josemariadoria 1
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

É por isso que a partir de hoje, dia não casual, começa uma obra de arte cuja tela está
no teu interior, e cuja expressão não é nem mais nem menos do que:

A CONFIGURAÇÃO DO TEU ESTADO DE ÂNIMO E DO TEU DESTINO

Vale a pena dedicar 40 dias intensivos a um processo irreversível


em que te dispões a semear pensamentos e emoções que vão
inevitavelmente dar o seu fruto?

Como muito bem diz a filosofia perene:

O melhor investimento que um ser humano pode fazer na vida, é


aquele que um naufrágio não lhe possa arrebatar: O Si Mesmo.

Este programa que agora inicias sintetiza as fórmulas mais eficazes e humanistas de
mudança e crescimento pessoal, onde se põe em marcha:

Uma expansão e positivização contínua, ilimitada e irreversível.

Por outro lado, o Processo que te dispões a realizar trabalha na INTEGRAÇÃO dos
aspectos materiais e espirituais. Para isso, ao longo do mesmo, abordam-se não só
aqueles recursos que precisam de ser activados para a construção de uma
personalidade ou ego bem firme e saudável, como também se assinalam os princípios e
valores de conexão com o ser profundo e a conseguinte expansão de consciência.

Neste sentido, convém destacar que o propósito desta expansão não vai estar enfocado
em negar o ego, mas em observá-lo, treiná-lo e iluminá-lo para desfrutar do fluir
harmónico com os interesses globais da vida.

A pessoa que entra neste Processo pode denominar-se como “O velho eu”.

É por isso que podes abraçá-lo, agradecer os seus serviços e dispores-te a despedi-lo,
porque quando terminares o teu processo de 40 dias, irás vê-lo com a ternura com que
se contempla um irmão pequenino que tem muito por diante para aprender.

© josemariadoria 2
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

INSTRUÇÕES

Neste Processo vais contar com dois elementos

 40 LIÇÕES EM ENVELOPES PARA CADA DIA


DO PROCESSO
A cada 24 horas abrirás um envelope com a
correspondente lição do dia. A sua leitura e as
perguntas inerentes à mesma irão trazer-te
reflexões muito particulares que, de forma subtil, se
converterão em experiências sincronizadas e não
casuais. Rapidamente comprovarás como a tua
jornada se converteu numa atenta aventura de
cumplicidade com o Universo.

 O DIÁRIO DO PSICONAUTA
Trata-se de um caderno de uso pessoal onde irás
escrever os teus comentários pessoais de cada lição
e as respostas às perguntas que cada dia irás
elaborar durante a quarentena.

© josemariadoria 3
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

O DIÁRIO DO PSICONAUTA

Denomina-se DIÁRIO porque este livro branco onde escreverás


durante 40 dias, dispõe-se a ser a testemunha dos teus pensamentos,
sentimentos e facetas mais íntimas do teu Ser. O Diário será um
espelho do teu ser ou o observador que testemunhará um
nascimento-fronteira entre o antes e o depois da tua vida. Nele se
reflectirão os trabalhos que vais desenvolver procedendo a expor as
pinceladas mais honestas e sinceras dos teus sonhos, as faíscas dos
teus processos mais emotivos e as técnicas da tua própria
reorientação, tomada de consciência e saída (exit).

O DIÁRIO DO PSICONAUTA activa um mecanismo de “contagem


decrescente”, ou seja, começas com o dia 40, segues com o 39 e
assim sucessivamente até ao dia 1. A concepção da “contagem
decrescente” funciona da mesma maneira que o sistema de
formulações de um centro espacial preparado para fazer descolar
um foguete. Um programa concebido desde a perspectiva de uma
iminente mudança e reforço de atitude para o positivismo, a
serenidade e a expansão. Recorda que quando mais atenção, energia
e dedicação é requerida para a grande viagem da mudança é na
hora de descolar.

O Diário do Psiconauta vai-se converter num espelho da tua alma,


na testemunha do teu progresso e no observador desapegado de
um íntimo e decidido rumo em direcção a um novo amanhecer de
maior prosperidade, amor e auto-consciência.

Ao longo do mesmo, pede-se a tua máxima entrega à sua mecânica


de cumprimento, tão só comprometendo-te a dedicar uma dose de
atenção extraordinária durante 40 dias.

O Diário do Psiconauta será um caderno onde não só te disporás a


escrever o trabalho que o Processo te pede para realizar todos os
dias, mas também as reflexões pessoais que de maneira natural
tenhas a expressar, reflexões que em alguma medida irão contribuir
para o expandir do dares-te conta dos teus processos internos mais
sensíveis.

© josemariadoria 4
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

MECÂNICA DE TRABALHO

O Diário do Psiconauta tem dois encontros inevitáveis com o Si Mesmo: o


primeiro, pela manhã, ao começar a jornada; e o segundo, pela noite, ao finalizar
a mesma.

Tanto pela manhã como pela noite, dispões-te a completar vários aspectos pré-
determinados que terão ressonâncias inesperadas durante o dia, e que se
explicam de seguida.

Quando te situes frente ao teu Diário é muito possível que queiras ritualizar a tua
interiorização acendendo uma vela ou realizando qualquer gesto que indique à
tua mente profunda que abres um espaço de conexão profunda, um espaço em
que a lucidez e a autenticidade vão ser muito agudas.

 DE MANHÃ

Abre o teu diário de psiconauta e, de seguida, elabora os 7


pontos seguintes:

1º DIA … DA CONTAGEM DECRESCENTE


Antes de começar cada manhã, a primeira coisa
que convém fazer é tomar consciência do dia
em que te encontras. Trata-se de que o teu
inconsciente se inteire da posição em que se
encontra a nave durante a travessia. Para isso,
procede a nomear o dia correspondente ao
Processo. Por exemplo, no primeiro dia
escreverás: Dia 40 da contagem decrescente. No
segundo dia escreverás: Dia 39 da contagem
decrescente e assim sucessivamente até chegar ao
final, que será: Dia 1 da contagem decrescente.

© josemariadoria 5
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

 2º NASCIMENTO A …

Neste ponto trata-se de proceder a escrever aquelas concepções que queres


encarnar e atingir neste Processo de Nascimento. Para averiguar aquilo que
queres alcançar como objectivos do Processo, observa-te e pergunta-te: “De que é
que necessito realmente neste momento da minha vida?”, “o que quero
conseguir?”, “que aspectos da minha vida são origem de dor?”, “que necessito
para superá-lo?” “que mudaria na minha vida se tivesse essa varinha mágica que
tudo pode?”. Na realidade, “como gostaria de ser?”.

Ao longo deste Processo irá desenvolver-se o porquê da eficácia deste tipo de


formulações no inconsciente, no entanto, agora pode-se adiantar que para a
criação imediata de cada “nascimento a…”, deverás ter em conta três leis:

1. A afirmação deve realizar-se na positiva

Tenha-se em conta que o inconsciente maneja imagens em


vez de conceitos verbais, pelo que não se deve verbalizar o
conceito que se pretende evitar.

Por exemplo: se eu te pedir para não pensares num cavalo


branco sobre um prado verde debaixo de um céu azul…já e
tarde! Acabaste de pensar nisso, não pudeste evitar “ver” ou
representar os significados das palavras, ainda que na tua
mente a configuração daquilo que entendes por cavalo
branco e prado verde tenha passado de maneira fugaz. E,
logicamente, se repetires a palavra cavalo branco, o que
estarás a fazer é reforçar a imagem do cavalo branco na tua
vida, quando aquilo que convém fortalecer e reforçar é o
conceito oposto, que neste caso hipotético seria, por
exemplo, o de uma vaca negra.

Se alguém, por exemplo, quer deixar de fumar, convirá que


não pronuncie o termo “fumar” e pronuncie o oposto que
deseja activar na sua mente, por exemplo: “respirar saúde”.
O plano mental do inconsciente não entende de negações,
somente de substantivos.

© josemariadoria 6
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

Modo incorrecto: Nascimento a uma vida em que não desejarei fumar.


Modo correcto: Nascimento a uma vida em que desfruto respirando ar puro e me
abro à energia vital.
Modo incorrecto: Nascimento a uma vida em que não me sentirei inseguro.
Modo correcto: Nascimento a uma vida em que cada vez sinto mais confiança e
segurança nos meus próprios recursos.
Modo incorrecto: Nascimento a uma vida em que não reagirei agressivamente.
Modo correcto: Nascimento a uma vida em que mantenho a serenidade e a
concórdia a todo o momento.

Ao longo dos dias deste Processo perceberás como ante cada


situação mental negativa que se te apresenta, a tua própria
mente fabricará de imediato uma construção positiva que te
capacitará, de maneira automática, a expressar uma conduta
mais eficaz, criativa e inclusivamente muito mais atractiva.

Não deixes de criar diariamente construções mentais das


soluções adequadas aos problemas que acreditas padecer. Tem
em conta que este exercício, ainda que a princípio possa parecer
algo inocente e até quem sabe, simples, e que inclusivamente,
nem possas acreditar, tem um extraordinário poder sobre o teu
inconsciente, como mais tarde poderás comprovar.
O que hoje te parece utópico, imerecido e irreal, com o passar do
tempo será familiar, incorporado e natural. Nesse momento a tua
mente estará em condições de agir e criar de acordo com as suas
novas crenças.

Recordemos essa máxima de sabedoria que diz:

Aquele que semeia um pensamento, colhe uma acção.


Aquele que semeia uma acção, colhe um hábito.
Aquele que semeia um hábito, colhe um carácter.
Aquele que semeia um carácter, colhe um destino.

Como poderás comprovar, se reflectires no processo que inspira a


mencionada sucessão de ideias, a configuração do teu destino
depende, em primeira instância, de um pequeno pensamento que
como bola de neve avança imparável para a sua materialização.

© josemariadoria 7
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

2. A afirmação deve realizar-se no tempo presente e no “realizado”.

O inconsciente requer modelos actuais já que não aceita registos


transformadores daquilo que não se afirme aqui e agora.

Modo incorrecto: Descobrirei o sentido da minha vida


Modo correcto: Encontro o sentido da minha vida
Modo incorrecto: Sanarei as minhas relações afectivas
Modo correcto: As minhas relações afectivas são prazerosas e conscientes
Modo incorrecto: Despertarei para uma vida auto-consciente
Modo correcto: Desperto para uma vida auto-consciente

3. A afirmação deve realizar-se de um modo concreto e formular-se na primeira


pessoa.

Cada afirmação deve realizar-se em nome próprio já que o importante das nossas vidas
é o que sucede na nossa própria “cabeça”. Cada um de nós atribui um significado
distinto aos acontecimentos portanto, o que devemos expressar é o que queremos
sentir e não o que queremos que outros façam para nos sentirmos felizes. Por outro
lado, convém expressar uma só ideia concreta, de maneira que o inconsciente possa
operar com ela depois de registá-la com facilidade.

Modo incorrecto: Nascimento a uma vida em que sou cada vez melhor
Modo correcto: Nascimento a uma vida em que cada dia sou melhor
profissional e excelente pessoa
Modo incorrecto: Nascimento a uma vida em que a Maria me queira cada
vez mais
Modo correcto: Nascimento a uma vida em que me sinto plenamente
querido e respeitado
Modo incorrecto: Nascimento a uma vida em que os demais me respeitam
Modo correcto: Nascimento a uma vida em que me sinto respeitado
Modo incorrecto: Nascimento a uma vida em que a minha filha me faz feliz
Modo correcto: Nascimento a uma vida em que sinto satisfação e alegria
na relação com a minha filha

© josemariadoria 8
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

Se por exemplo, sentes que a tua auto-estima está


num nível baixo, procederás a escrever: Nascimento
a uma vida em que me sinto valioso e admirável.

Se por exemplo, sentes que seria muito bom


diminuir o medo e a ansiedade que enfrentas,
procederás a escrever seguidamente palavras como
estas: Nascimento a uma vida em que sinto plena
confiança e segurança nas minhas incríveis capacidades.

É possível que também queiras superar as


limitações económicas ou simplesmente um
sentimento de solidão, pelo que terás que adicionar:
Nascimento a uma vida por onde circula abundância de
tudo o que necessito e Nascimento ao amor e a uma nova
qualidade de estupendas relações.

Toma consciência de que estás perante uma


oportunidade de conseguir o que a tua pessoa
demanda. Para isso, transcreve uma lista de
“nascimentos”. Desta maneira poderás
referenciar todos os aspectos que desejas superar
ao longo deste ciclo de 40 dias. Tenha-se em conta
que o êxito deste Processo se baseia no
extraordinário poder da palavra escrita no
profundo do nosso inconsciente. E recorda que
aquilo que decidas obter da vida, é exactamente o
que ela te dará, nem mais nem menos. Por isso,
não deves temer expressar a tua “utopia pessoal”
nos objectivos que te dispões a escrever e repetir
a cada dia, já que como poderás posteriormente
comprovar, as palavras-ideias que hoje te
parecem, até quem sabe “pretensiosas” ou
mesmo incríveis, pouco a pouco, se tornarão
familiares e naturais. Ficarás surpreendido como
um facto tão simples como o escrever durante 40
dias os mesmos “nascimentos”, consegue a sua
plena “somatização” na tua natureza psíquica.

© josemariadoria 9
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

Ao finalizar o Processo, as formulações que


criaste não só te parecerão plenamente
credíveis com também absolutamente
merecidas.

Os diferentes objectivos de “Nascimento


a…” (auto-estima, segurança, serenidade,
confiança, abundância, amor,
independência, conexão interior, altruísmo,
etc.) que vais expressar escrevendo-os de
maneira repetitiva todos os dias ao longo
do Processo, supõem uma lista aberta à
inclusão de novos “nascimentos” que, uma
vez iniciado o Processo, queiras acrescentar.
Não obstante, convém não formular mais de
sete “nascimentos”.

Recorda que no geral se tende a pensar que


a linguagem serve para descrever a
realidade, quando aquilo para que serve
realmente é para criá-la, sobretudo quando
esta linguagem se configura por escrito.

© josemariadoria 10
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

3º TÍTULO DO DIA


Põe um Título ao dia que tens por diante. Um título criativo que nasça dessa parte
que está a crescer em ti. Trata-se de fazer entrar em cena a parte criadora do teu ser
com toda a sua extraordinária intuição e capacidade de materialização.

A criação de um título para o dia pretende sensibilizar o teu subconsciente com


uma impressão de aspiração. Trata-se de um timão que esteja subtilmente
subjacente nas diferentes calmas e tormentas da travessia psiconáutica de 40 dias
em que te encontras. Observa que não tendem a ocorrer ventos favoráveis para
uma nave sem rumo nem destino. Porque não titular um dia da tua vida de forma
imaginativa?

As peças encaixam Neste período que te dispões a viver é


A porta abre-se muito importante que titules o dia, já que
A maravilhosa casualidade do caminho esta criação opera no teu inconsciente
Hoje é o dia mais importante da minha vida como um metaprograma, cuja influência
Chegou a expansão se vai manifestar ao longo da jornada
O futuro bate à porta como um mapa que orienta o rumo
Encontram-se as chaves anteriormente evolutivo das tuas vivências e
pedidas aprendizagens.
A surpresa chega ao entardecer
A sorte inesperada Conforme vás avançando, perceberás que
A verdade abre caminho ao longo do dia, existem momentos em
O poder curativo do amor que se irá manifestar esse título-criador,
O encontro mágico de tal forma, que às vezes a influência do
A chamada de luz
seu decreto te parecerá um assunto quase
de magia; um assunto que posteriormente
racionalizarás quando compreendas em
profundidade a influência
neurolinguística do verbo que conforma o
plano da experiência, sem dúvida mais do
que, quiçá, seja agora fácil imaginar.

Quando te disponhas a titular o dia, trata


de colocar-te receptiv@ mantendo uma
serena atenção para perceber as tuas
intuições e aspirações profundas, e a partir
desse estado mental, podes dar forma à
frase.

© josemariadoria 11
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

4º DECRETOS POSITIVOS


Trata-se de criar cada dia um mínimo de três frases afirmativas de
carácter positivo. Formula três decretos que qualifiques como
“oportunos” para o dia que tens por diante. Na hora de formular
tais decretos convém que revejas a tua agenda da jornada e que
prevejas as situações mais complicadas que te dispões a enfrentar,
de maneira a que os decretos criados para apoiar o dia te facilitem
a interpretação mais excelente e a atitude mais óptima. A
construção de ditas frases deverá ter em conta as três leis
anteriormente formuladas no segundo ponto respeitante ao
“Nascimento a…”

Vejamos vários exemplos de decretos que criarás em função do


tipo de experiências que prevês vir a viver durante a jornada.
Trata-se de activar “despertadores” linguísticos que reforcem a
atitude que queres adoptar.

Sinto-me seguro ao expor o tema da reunião das 12


Relaxo e respiro conscientemente no tráfego lento
Sinto-me confiante na presença do meu chefe
Escuto as objecções do meu companheiro com amor e compreensão
Conheço o sentido da minha vida
A cada minuto que passa sinto-me mais atento e consciente
Desfruto escutando sem interromper
Olho nos olhos do Pedro de maneira serena
Controlo as minhas emoções quando estou frente à Claudia
A energia vital flui pelo meu corpo e sinto-me feliz
Respiro saúde na cidade e no campo

© josemariadoria 12
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

5º AGENDA EVOLUTIVA DO DIA


Nesta secção é necessário anotar os assuntos
do dia que estão relacionados com o
progresso da tua pessoa. Podes fazê-lo da
mesma maneira que o farias numa agenda
clássica de trabalho, ou seja, gestão, visitas,
conversações íntimas, pequenas chamadas,
obrigações a recordar, reuniões, assuntos não
rotineiros que deves resolver, mas neste caso,
seleccionas as acções que mais têm que ver
com o teu desenvolvimento interior.

Recorda que existem muitos aspectos


relacionados com as nossas emoções e
crescimento pessoal como, por exemplo,
realizar uma chamada a uma pessoa com a
qual nos sentimos em conflito, ou pedir
informação acerca de aulas de pintura, yoga,
dança, programação neurolinguística,
voluntariado, ou dar os primeiros passos para
uma mudança de trabalho, ou por a tua
fotografia para procura de par na internet…;
tudo aquilo que “signifique” algo mais que o
puramente funcional.

O estado mental que a pessoa alcança depois


de realizar os cinco exercícios anteriores
descritos, permite “iluminar” o dia de
maneira favorável e focar os assuntos
programados com um humor mais
capacitador, positivo e estimulante.

Na realidade, não existe desenvolvimento


nem crescimento pessoal algum sem a acção
correspondente. Uma cadeia de pensamentos
criativos deve, em alguma medida, reflectir-se
em acções a realizar na terra que pisamos a
cada dia.

© josemariadoria 13
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

A verdadeira evolução mede-se pela maior ou menor


equanimidade, amor e inteligência que um ser põe nos
assuntos da sua vida diária. Actualmente, os assuntos
da alma e do espírito não são temas de eremitas e
abstractos pensadores que tão só, contemplam
extasiados o umbigo cósmico, mas de seres humanos
comprometidos com a crescente actualização dos seus
potenciais aplicados na realização da vida material.

O antigo aforismo que diz:

Não deixes para amanhã o que podes fazer hoje

é de suma importância neste Processo. Mantêm o rigor


neste capítulo e supera as resistências físicas e
emocionais de adiamento e inacção, resolvendo cada
dia tudo aquilo que tenhas pendente na tua agenda
evolutiva. Comprovarás que dita atitude é um meio
terapêutico extraordinário para transcender muitos dos
problemas pessoais que ao princípio pareciam que
nada tinham a ver com a tua realização produtiva e o
cumprimento das tuas responsabilidades.

Formula com valentia o que queres da vida para este


dia. Não se trata de se auto-limitar por causa de um
“realismo” estreito, em muitos casos herdado, que
como descobrirás ao longo deste tempo é tão relativo
como condicionante e inútil.

Tu és a tua própria criação e não duvides que te vão


“suceder” muitas coisas ao longo deste Processo.

© josemariadoria 14
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

À NOITE
Situa-te nesse lugar onde possas estar plenamente contigo mesmo e procede
a completar as 7 formulações seguintes:

1º ACONTECIMENTOS SIGNIFICATIVOS, ESPECIAIS OU “MÁGICOS” DO DIA


Em cada final de jornada expressa por escrito aquilo que te “sucedeu” tanto a
nível externo como interno, e que destacarias pelo seu particular estilo e
relevância. Trata-se de manter a atenção sustentada aos acontecimentos
subtis e não tão subtis que ressoem como ecos da alma. Trata-se de nos
fazermos conscientes das vivências que nos acontecem e que parece que
ressoam com uma parte de nós muito importante e profunda. Existem alguns
pequenos acontecimentos aos quais, talvez, não costumamos dar importância
no momento em que sucederam, e no entanto, têm um toque “não casual”
que vale a pena aflorar e consciencializar ao longo deste Processo.

A vida de cada dia, quando se fez consciente o sentido da mesma pode,


frequentemente, assemelhar-se a uma peregrinação em que a meta é crescer e
expandir a nossa consciência. Para isso, mantemo-nos atentos aos “sinais do
caminho”, aos sinais do peregrino ao qual nada de casual acontece. Neste
sentido, ao longo de uma jornada pode dizer-se que sucedem pequenos ou
grandes acontecimentos que desde a nossa dimensão mais profunda e
metafórica são interpretados como sinais do Universo que confirma ou
recordam a direcção do Caminho.

Assim, procede a rememorar o dia recorrendo-o na tua mente de hora a hora,


desde o momento do acordar. Ao longo de cada hora, procede a extrair o que
possua uma “assinatura significativa, um toque especial, emocionante ou
mágico”.

Ainda que a princípio não vejas que se passem coisas assim na tua vida, dá-te
um tempo e começa por dirigir o teu olhar para onde possa haver aquilo que
alimenta o teu ser mais profundo. Recorda que, para qualquer pessoa que só
vê a neve de vez em quando, não existem mais que três ou quatro tipos de
neve, no entanto, os esquimós têm mais de quarenta termos para designar a
neve, branca, dura, gelada… Se aprendes a ver desde a tua dimensão mais
mágica e significativa, verás a cadeia de incríveis milagres e sincronias que
implica a existência.

© josemariadoria 15
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

Na realidade, durante o dia tendemos a viver muitos dos


acontecimentos quotidianos como algo irrelevante,
contudo, há alguns episódios que estão conectados com o
sentido da nossa vida, com o sentido último do nosso
caminho, com essa parte que, praticamente, alimenta a
nossa existência trazendo-lhe valor e direcção. Talvez
sejam pequenos acontecimentos que parecem aleatórios e
que deram um ponto de luz ao nosso dia.

Mantém a atenção aos pequenos detalhes, às vezes


inesperados e carregados de destino, em que há oceanos
de consciência, e que têm em si mesmos muito mais
transcendência do que os factos esperados e “oficiais”. E
ainda que o passado seja passado…, é interessante deixar
constância na tua mente consciente daquilo que
realmente está a acontecer.

Recorda que na vida existem muitos níveis de leitura


do que ocorre. Da mesma forma que um livro pode ser
entendido no seu nível primário literal, também pode,
por sua vez, ser captado no seu nível mais simbólico,
ou atendendo a outras mensagens e intenções que
encerra a sua composição global. Os níveis de
compreensão da vida podem assemelhar-se às
camadas de uma cebola. Cada nível de profundidade
determinará uma leitura dos factos mais global e
significativa.

Já observaste alguma vez que existem chamadas e


encontros que têm todo o sabor de não casuais? já
sentiste alguma vez como chegou um livro chave ao
teu processo de aprendizagem? por acaso já escutaste
um relato cuja historia cheia de sincronias assinalam
chaves para os teus processos internos? A mente está
desenhada para fazer crescer aquilo que observa. Se
dedicas energia-atenção a ser consciente deste segundo
nível de consciência que fala do teu caminho e da
intenção evolutiva dos acontecimentos, sentirás que a
vida, para além de tudo o que cada um lhe queira
colocar, é uma grande aventura evolutiva, uma
aventura de “ida e volta”, carregada de aprendizagem
e experimentação.

© josemariadoria 16
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

2º O QUE ME ENSINOU E EM QUE É QUE ME BENEFICIOU


AQUILO QUE HOJE NÃO CORREU COMO QUERIA?

Que me trouxe de positivo, o negativo?

Tudo o que nos sucede na vida tem uma


intencionalidade evolutiva, uma intencionalidade às
vezes subtil, mediante a qual aprendemos, maduramos
e crescemos. Até os acontecimentos aparentemente
mais estéreis e dolorosos, tais como o furo de um pneu
à meia-noite com pressa e em plena chuva, ou a perda
de uma chave, ou simplesmente uma mudança
inesperada de planos, a perda de um trabalho, uma
doença…, envolvem uma mensagem personalizada de
evolução, ensinamento e benefício posterior.

Neste exercício, trata-se de descobrir a intenção do


Universo ao fazer-te passar pelos momentos chamados
duros ou frustrantes. Para isso, pede-se que observes e
clarifiques com generosidade a Lei evolutiva que
subjaz por detrás dos mesmos. Conforme revejas o dia,
descobrirás como, efectivamente, por detrás dos
chamados acontecimentos desagradáveis e
“negativos”, a Vida “faz das suas” traçando mudanças,
aprendizagem e afortunados desenlaces posteriores.

Recorda o aforismo tão popular quanto sábio que


afirma:

O destino escreve direito por linhas tortas

E inclusivamente a Filosofia Perene quando afirma:

Acaso é o nome que se dá a uma lei desconhecida

© josemariadoria 17
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

Existe um conto oriental que fala subtilmente desta Lei:

“Numa longínqua comarca, ali onde o sol aparece a cada manhã, vive
Long Ching, um ancião de frágil corpinho e longa barba branca. Os
seus modos serenos e a sua palavra sempre cuidadosa e amável, fazem
dele um homem respeitado por todos os que o conhecem e que,
inclusivamente afirmam, que Long Ching foi na sua juventude
iniciado nos mistérios da antiga sabedoria. Desse modo, a sua
prudência e sobriedade é sempre objecto de admiração de todos os que
o conhecem, incluindo o seu próprio e único filho que com ele vive.

Naquele dia, os vizinhos da aldeia de Kariel encontravam-se muito


tristes. Durante a passagem da tormenta, as éguas de Long Ching
tinham saído dos seus estábulos e escapado para as montanhas,
deixando o pobre ancião sem os meios habituais de subsistência. O
povo sentia uma grande consternação pelo que não deixavam de
desfilar pela sua honrada casa e dizer repetidamente a Long Ching:

“Que desgraça! Pobre Long Ching! Maldita tormenta que caiu sobre
a tua casa! Que má sorte passou pela tua vida! A tua casa está
perdida…”

Long Ching, amável, sereno e atento, apenas dizia uma e outra vez:

“Pode ser, pode ser…”

Logo, o Inverno começou a assomar os seus ventos trazendo um forte


frio à região, e, oh surpresa!, as éguas de Long Ching retornaram ao
calor dos seus antigos estábulos, mas nesta ocasião, prenhas e
acompanhadas de cavalos selvagens encontrados nas montanhas.
Com esta chegada, o gado de Long Ching tinha-se visto incrementado
de maneira inesperada.

Assim, o povo, perante este acontecimento e sentindo um grande


regozijo pelo ancião, foi desfilando pela sua casa, tal como era
costume, para felicitá-lo pela sua sorte e destino.

© josemariadoria 18
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

“Que boa sorte tens, ancião! Benditas sejam as éguas que escaparam
e aumentaram a tua manada! A vida é bela contigo, Long Ching…”

Ao que o sábio ancião apenas respondia uma e outra vez:

“Pode ser, pode ser…”

Passado pouco tempo, e os novos cavalos já estavam a ser


domesticados pelo filho de Long Ching, que desde o amanhecer até ao
pôr-do-sol não deixava de preparar os seus animais para as suas
novas tarefas. Podia dizer-se que a prosperidade e alegria reinavam
naquela casa.

Numa manhã, como qualquer outra, um dos cavalos derrubou o


jovem filho de Long Ching, de tal forma, que as suas duas pernas se
fracturaram na queda. Como consequência, o único filho do ancião
estava impedido durante um longo tempo de fazer as suas tarefas
diárias.

O povo ficou consternado por esta triste notícia pelo que, um a um,
passando pela sua casa, diziam ao ancião.

“Que desgraçado te deves sentir Long Ching!”, diziam-lhe pesarosos.


“Que má sorte, o teu único filho! Malditos cavalos que trouxeram a
desgraça à casa de um homem respeitável!”

O ancião escutava sereno e somente respondia, uma e outra vez:

“Pode ser, pode ser…”

A pouco e pouco, o Verão caloroso foi passando e quando se


avistavam as primeiras brisas de Outono, uma forte tensão política
com o país vizinho estalou num conflito armado. A guerra tinha sido
declarada na nação e todos os jovens disponíveis eram incluídos
naquela negra aventura.

Pouco depois de se conhecer a notícia, apresentou-se na aldeia de


Kariel um grupo de emissários governamentais com a missão de
alistar para a frente, todos os jovens disponíveis da comarca. Ao
chegar a casa de Long Ching e comprovar a lesão do seu filho,
seguiram o seu caminho e esqueceram o rapaz que tinha todos os
sintomas de quem levaria um longo tempo para se recuperar.

© josemariadoria 19
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

Os vizinhos de Kariel sentiram uma grande alegria quando souberam


da permanência na aldeia do jovem filho de Long Ching. Assim, de
novo, um a um, foram visitando o ancião para expressar a admiração
que sentiam perante a sua nova sorte.

“Tens uma grande sorte, querido Long Ching!”, diziam-lhe,


“Bendito acidente aquele, que conserva a vida do teu filho e o
mantém a teu lado durante a escassez e angústia da guerra! Grande
destino o teu, que cuida da tua pessoa e da tua fazenda, mantendo o
filho em casa! Que boa sorte Long Ching passou pela tua casa!”

O ancião olhando com um brilho travesso nas suas pupilas somente


respondia:

“Pode ser, pode ser…”

Talvez possamos afirmar que tudo o que sucede é “causal” e não exactamente casual.
E o facto de realizar este exercício diariamente e averiguar a positividade global que
subjaz no devir, irá possibilitar-te capacitações insuspeitadas.

De qualquer forma é possível que existam dias em que sentes não ter vivido nada do
chamado “negativo”. Então, não importa, passa a pergunta respondendo: “Todavia
não o vejo”.

Também é possível que ante um determinado acontecimento não tenhas encontrado o


enfoque positivo do mesmo, e no entanto, ao cabo de vários dias o vejas com absoluta
clareza. Pois bem, uma vez visto, expressa-o, ainda que este tenha sucedido dias antes.

Recorda que mesmo que ao princípio pareça difícil de compreender, os factos são
neutros, e são apenas as interpretações e perspectivas dos mesmos que os convertem
em bons ou maus. Sem dúvida uma acção em que podemos ocupar um papel activo e
responsável.

© josemariadoria 20
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

3º A QUEM OU A QUÊ BENEFICIEI HOJE?


Através deste exercício dispões-te a desenvolver
consciência da tua própria contribuição para o mundo e
para a vida em geral. Os benefícios de uma atitude de
“serviço à vida” são tão espectaculares e extraordinários
que não só incrementam a nossa satisfação e paz interior,
como também a nossa auto-estima e atractivo pessoal.
Cada um sabe, na sua própria profundidade, a qualidade
da chama que se pode acender vivendo uma vida desde
a perspectiva do dar.

Não é questão de quanto se faz mas de quanto amor se coloca nos actos
Teresa de Calcutá

Independentemente dos benefícios imediatos de se


sintonizar com a corrente do “dar”, frente à do “obter”,
existem demasiados textos coincidentes nos arquivos de
sabedoria da Humanidade, afirmando que aquilo que
realmente dás, regressará de maneira abundante e
multiplicada. Aquilo que semeares, colherás.

Certamente que o homem que faz outros felizes, não pode ser desgraçado
Epicuro

A atitude de generosidade tem um extraordinário


alcance, tanto desde a perspectiva do ordenamento e
equilíbrio interpessoal dos ecossistemas, como desde a
perspectiva das neurociências.
Por agora, só te é solicitado que durante os próximos 40
dias, experimentes este parágrafo de maneira mais
consciente que o habitual e te mantenhas em atenção
permanente a ele.

Aquele que dá a quem necessita, na realidade faz um empréstimo ao Universo


Victor Hugo

© josemariadoria 21
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

Durante este Processo deves estar em estado de atenção para realizar esse
potencial de dar aquilo de que dispomos. Um “dar-te” que não fala
precisamente de quantidade, mas fundamentalmente de qualidade.

A sabedoria primordial conta-nos através desses exemplos sufis que supõe,


por outro lado, verdadeiros tratados de “Tecnologia do Êxito”.

O Barqueiro que passava as pessoas de margem para margem do Grande


Rio, tinha trabalhado todo o dia e sentia-se muito cansado. Já era quase de
noite e tinha orientado a sua barca em direcção a casa, quando de repente,
desde a margem, soa a campainha de um caminhante que necessitava de
cruzar o rio para aceder à pousada e ali passar a noite.

“É tarde, vou para casa!”

“Por favor, um último serviço, necessito chegar à Pousada”, dizia a voz


desde a margem.

Após uma dúvida intensa, o Barqueiro diz a si mesmo: “Bom, voltarei


pelo viajante, ao fim e ao cabo, será a obra boa do dia”.

Ao reorientar a barca, produz-se um choque com um objecto: Era um


cofre cheio de moedas de ouro!...

Em todos os contos de sabedoria Milenária, ou é um cofre, ou um peixe que


lança um grande diamante…no entanto, ainda que isto seja certo, a
verdadeira e mais gozosa atitude de servir a vida é totalmente altruísta, sem
esperar nada em troca.
Faz a cada dia a tua baraka, a tua boa obra do dia e dispõe-te a activar:

O supremo gozo de ser útil.

Durante os próximos 40 dias permanece atento para poderes observar ali,


onde possas ajudar ou dar-te um pouco mais do que habitualmente dás.
Na realidade podes perguntar ao lidar com os demais: em que posso ajudar
esta pessoa?
Como bem diz o aforismo popular:

A melhor maneira de se relacionar com os demais é pensar em como se pode


ajudá-los.

© josemariadoria 22
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

4º DE QUE É QUE DESFRUTEI HOJE?


Revê os momentos e situações do dia que
foram motivo de satisfação e gozo. Toma
consciência daquilo que moveu a mola do
teu bem-estar e da tua gratificação.

Não há dia sem espaços positivos, no


entanto, em etapas de crise, são arquivados
e tapados entre queixas e pequenas
censuras. Procede a restabelecer o contacto
consciente com as tuas áreas de alegria e
satisfação, por mais íntimas e
aparentemente insignificantes que estas te
possam parecer.

Existem muitos momentos durante a


jornada em que sentimos satisfação, como
por exemplo, quando almoçamos uns
deliciosos macarrões caseiros, quando nos
relaxamos e descansamos, quando
satisfazemos a sede, quando praticamos
sexo, quando vivemos momentos de
comunicação profunda com uma pessoa,
quando nos rimos com amigos, quando
alcançamos algo a que nos propusemos,
quando somos conscientes da cumplicidade
emocional, quando compreendemos algo
novo, quando nos sentimos reconhecidos,
quando sentimos que crescemos e
progredimos, quando nos recriamos na
beleza, quando abraçamos, quando damos e
servimos, quando sentimos gratidão,
quando nos damos conta de algo mais,
quando sentimos segurança e confiança,
quando nos sentimos alinhados com o
sentido da vida, quando nos sentimos em
comunhão com uma realidade superior…

© josemariadoria 23
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

A alegria de gozar na vida é uma capacidade


que se aprende e desenvolve. É uma
competência da nossa inteligência emocional
que é da nossa absoluta incumbência. Neste
processo de 40 dias, através do enfoque da
tua atenção sustentada, a tua consciência será
treinada a familiarizar-se com o gozo e
satisfação que, para alem de produzir
endorfinas muito saudáveis para o
organismo, “contagia” os que nos rodeiam de
maneira muito estimulante.

A mais importante responsabilidade do ser humano é construir uma mente feliz.

Recorda que o cérebro está concebido para fazer crescer aquilo em


que se coloca atenção.

Aquilo que simplesmente “olhas”, incrementa tanto para o


victimismo e impotência como para a alegria e o sentido da
vida.

Recorda que a queixa debilita quem a emite. Com este


exercício vais recordar ao teu subconsciente que por
mais difícil que pareça a tua vida, tu também gozas, e
muito.

© josemariadoria 24
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

5º EM QUE É QUE PROGREDI HOJE?


Uma vida que tem propósitos e aspirações, é uma vida que mantém o crescimento
contínuo. E sabe-se que só caímos e envelhecemos quando deixamos de crescer.
Um crescimento que a partir de determinadas etapas se centra de maneira
prioritária no interior, na conquista da sabedoria.

Neste sentido pode novamente falar-se que “criamos aquilo em que acreditamos”,
e é por isso que depois de ter definido e “afirmado” o tipo de pessoa e tipo de vida
à qual queres nascer (formulação número 2 da manhã), vão “suceder”
acontecimentos internos e externos que te vão levar precisamente ao que queres.
Estes acontecimentos, muitas vezes com ar de casuais, serão produzidos pelas tuas
acções, às vezes pequenas e mais ou menos conscientes, e que inevitavelmente
significam progresso.

Enquanto que êxito significa conseguir os nossos objectivos,


felicidade não é estritamente a consecução de realizações, mas o
dar-se conta de que estes foram conseguidos. Mas o facto de
alcançar o chamado êxito não significa necessariamente desfrutar
do mesmo, já que muitas vezes nem sequer nos inteiramos de que
conseguimos aquilo a que nos propusemos.

Vale a pena que revejas as concretizações diárias por mais


pequenas que estas sejam. Todos os dias, e à medida que vás
mantendo a atenção aos objectivos a que te propuseste, vais ter
algo para testemunhar o teu progresso, por mais subtil que este
tenha sido.

O importante é a tendência.

Recorda que os fracassos no sentido da “culpa” não existem. Os fracassos são


experiências geradoras de aprendizagem. Recorda que a primeira coisa que a
criança aprende é a caminhar, e isso fá-lo caindo e somente caindo. Sabemos que
“falha” cerca de 1.800 vezes. E este programa didáctico de progresso sustentado
está profundamente inscrito no nosso inconsciente.

O chamado “fracasso” contêm as sementes do êxito

Com este exercício vais recordar ao teu subconsciente que vais para mais, que és
capaz de progredir e que a tua vida se encontra na rampa de um grande
lançamento.

Durante quarenta dias, centra a tua atenção nos próprios progressos.

© josemariadoria 25
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

6º PROGRAMAÇÃO DO SONO

Orienta o foco da tua mente profunda durante o sono. Este interessante e


poderoso período nocturno que quase dura um terço das nossas vidas,
oferece imensos potenciais se formos conscientes e exercemos, uma vez mais,
a escolha da intenção e do propósito. O inconsciente é muito influenciável às
induções do consciente, e consequentemente, acede com facilidade a orientar-
se para onde a vontade se enfoque.

Existem muitos sistemas de orientação do caudal de consciência durante o


sono. Um dos que dão resultado consiste em expressar e pronunciar antes de
dormir a seguinte fórmula:

“Decreto à minha mente que durante o sono me conecte com…”

Formula o propósito que desejas e não te limites por concepções racionais e


culturais e o que crês que seja possível ou impossível.

Como sugestão, podes começar por decretar que a tua mente se eleve a
planos de frequência, onde grandes núcleos de informação e ensinamento
evolutivo são captados directamente por quem dorme. É também
interessante conectar com a solução de um problema, a cura de um órgão ou
inclusivamente a abertura do coração ao amor universal.

Recorda que não se trata de “sonhar” precisamente com o objectivo proposto,


mas sim de orientar o caudal de energia-consciência durante o sonho para
planos intencionados e eleitos. Ainda que pela manhã, ao acordar, não
recordes os teus sonhos, tem por certo que o teu decreto funcionou de
maneira subtil.

Põe o teu sonho a trabalhar por ti

© josemariadoria 26
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

Deita-te com um foco e com o tempo sentirás que


puseste em marcha um importante recurso que
podes orientar, não só para a solução de um
problema, mas também para experimentar uma
profunda regeneração celular. Na realidade, quem
persiste neste exercício pode conseguir fazer-se
consciente durante o sonho que está a sonhar (sonho
lúcido), e desta forma pode ainda, influir
directamente sobre a qualidade e o guião do próprio
sonho. Tenhamos em conta que com este simples
exercício de vontade criadora, se está a orientar o
rumo da nossa nave mental por entre os ventos
emocionais do inconsciente.

No caso de observares que não existem resultados


imediatos, confia no Processo. Tudo o que se formula
de maneira consciente está a ser registado em níveis
subconscientes. É muito possível que, antes do que
pensas, vivas experiências assombrosas. Em qualquer
caso, e ainda que possas comprovar a
correspondência dos teus sonhos com o decretado, o
simples facto de introduzir um quantum de
consciência a cada noite na véspera do sonho estará a
contribuir para o incrementar do teu nível de atenção
e, em consequência, de auto-consciência.

© josemariadoria 27
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

7º AGRADECIMENTO DO DIA

Despede-te do dia dando graças ao Universo por tudo o


que foi vivido e aprendido. Aquele que “dá graças” é o
verdadeiro rico e acaba por experimentar na sua mente a
consciência de abundância. Além disso…, sempre há
algo para agradecer.

Por mais que se queira racionalizar e controlar os


pormenores da vida, O Mistério da nossa existência irá
expressar-se demandando um reconhecimento da sua
grandeza e totalidade.

Neste ponto estabelece uma conexão com o Ser, tendo


em conta que o fazes quando te dispões a penetrar o
Universo infinito e profundo da mente subconsciente e
supraconsciente. A mente do homem e o seu inabarcável
Espírito transcendem as leis da lógica e da razão.

Que melhor momento para se abrir a uma incondicional


entrega e conexão com os valores essenciais da
existência?

Obrigada ao Universo pelo dia de hoje!

© josemariadoria 28
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

RESUMO:

PELA MANHÃ
1º DIA... DA CONTAGEM DECRESCENTE

2º NASCIMENTO A...

3º TITULO DO DIA

4º DECRETOS PARA O DIA DE HOJE

5º AGENDA EVOLUTIVA DO DIA

PELA NOITE
1º ACONTECIMENTOS SIGNIFICATIVOS, MÁGICOS OU
ESPECIAIS DO DIA

2º O QUE ME FOI ENSINADO E EM QUE É QUE FUI BENEFICIADO


POR AQUILO QUE HOJE NÃO CORREU COMO QUERÍA?

3º A QUEM OU O QUE BENEFICIEI HOJE?

4º DE QUE DESFRUTEI HOJE?

5º EM QUE É QUE PROGREDI HOJE?

6º PROGRAMAÇÃO DO SONHO

7º AGRADECIMENTO DO DIA

© josemariadoria 29
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

40 LIÇÕES PARA 40 DIAS

Cada lição diária contém um desenvolvimento concebido a


modo de semente de reflexão para o crescimento interior e
qualidade das relações conscientes. A sua progressiva
compreensão faz parte da superação e do salto que decidiste
realizar na tua mente, e por tanto, na tua vida.

Nos fins de semana trabalharás um tipo particular de lição


que porá o seu acento nos aspectos inerentes ao fascinante
mundo das relações de casal, através de diálogos entre Dário
e Neor, que rapidamente te serão muito familiares. A
mencionada lição tem uma extensão maior do que as outras,
por isso está concebida para ser abordada durante dois dias.

Quando ler as lições?

É aconselhável abrir o envelope e trabalhar a lição a cada


manhã, de maneira a que a sua inspiração se expresse
durante a jornada em pequenos exemplos e histórias.
Prontamente observarás que os seus conteúdos têm uma
“sincrónica” relação com o ritmo dos teus acontecimentos
pessoais e, por conseguinte, com o devir quotidiano da tua
vida.

As quarenta lições vão pedir-te respostas a perguntas que


têm a ver com o objectivo do conteúdo, por isso, vale a pena
que tenhas sempre perto o diário do psiconauta já que nele
poderás transcrever as reflexões solicitadas.

© josemariadoria 30
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

Em numerosas ocasiões vai-te ser pedida a


realização de um exercício que pode requerer
certa concentração e dedicação. Nestes casos, há
que encontrar o momento oportuno para este
trabalho, porque tais práticas são de uma grande
importância na tua aprendizagem. No
pressuposto de que enfrentes um tema para ti
delicado e sintas que precisas de te dar um dia
mais para o resolver, seja porque te vejas num
momento de bloqueio ou porque precises de um
pequeno espaço para cumprir o programa com
plena consciência, tens duas opções:

1. Dar-te um dia bis, ou seja, se te encontravas


no dia número 22 e queres mais vinte e quatro
horas, pões no teu diário dia 22 bis e dedicas-te
a resolver o exercício. No dia seguinte retomas
de novo o ritmo das lições do correspondente
dia 21 da contagem decrescente. Nesse caso o
envelope do fim-de-semana será abordado de
semana, coisa que não tem importância alguma;

2. Realizar o exercício que te é pedido num momento


futuro ao longo de dias sucessivos. Devo advertir-te
que é muito importante que o realizes, não importa
se está perfeito para ti ou não, o importante é que o
realizes.

Na realidade, tanto num suposto como noutro, tens o


perigo de afrouxar o trabalho e inclusivamente ter
tentações de o soltar pensando que o retomarás
noutra época da tua vida.
Pois bem, não o deixes, e se em alguma ocasião fores
vencido, volta a retomá-lo e a acabá-lo. Irás sentir-te
melhor e nunca te arrependerás de o ter feito.

Não deixes de fazer o que deves por acreditares que o podias fazer melhor

© josemariadoria 31
EDUCAÇÃO
DAS

EMOÇÕES
Dia 0 da Contagem Decrescente

Rapidamente observarás que metade das lições está


dedicada à parte técnica, lógica e disciplinar (ressonância
com o hemisfério esquerdo do cérebro), enquanto que
outra metade está orientada para a inspiração sugestiva
dessa intuição profunda que se expressa através dos
relatos de sabedoria milenária (ressonância com o
hemisfério direito do cérebro).

Vale verdadeiramente a pena que te apliques neste


Processo com todo o entusiasmo e dedicação que sejas
capaz de gerar. A pessoa que hoje cruza este umbral
pode despedir-se de muitas das atitudes e automatismos
que limitam a sua vida. Uma nova pessoa com uma
consciência mais ampla e expandida está a ponto de
nascer.

E por último:

Desejo sinceramente que aproveites a oportunidade que tens ante ti e que também
decidas actuar com perseverança nos momentos em que os fantasmas da
incredulidade, a preguiça ou o cansaço, queiram sabotar o teu nascimento à expansão
e força dos novos modelos mentais. Recorda a máxima de sabedoria milenária:

A perseverança traz ventura


I Ching

Recorda que a Escola te acompanha a todo o momento de forma personalizada.

Estamos contigo nesta aventura da consciência.

Recebe um forte abraço

José María Doria

www.escuelatranspersonal.com

© josemariadoria 32