Você está na página 1de 12

CPV seu Pé Direito no INSPER

INSPER Resolvida – 2/novembro/2014 – Prova A


ANÁLISE QUANTITATIVA E LÓGICA

Utilize as informações a seguir para as questões 01 e 02. Resolução:

Os ingressos para a pré-estreia mundial de um filme começaram Para t = 0 dia Þ v = 0


a ser vendidos 20 dias antes da exibição do filme, sendo que:
Para t = 10 dias Þ v = 20 milhões
● nos 10 primeiros dias desse período, as vendas foram feitas
Portanto V(t) = 2t
exclusivamente nas bilheterias;
● nos dez últimos dias, as vendas ocorreram simultaneamente
nas bilheterias e pela internet.

Considere que t representa o tempo, em dias, desde o início


das vendas e v(t) o total de ingressos vendidos, em milhões,
até o tempo t.

01. Durante as vendas exclusivas nas bilheterias, a capacidade
Alternativa C
de atendimento dos guichês dos cinemas do mundo todo, ao
longo do tempo, era sempre a mesma, totalizando a venda
02. No período de vendas simultâneas nas bilheterias e pela
de 2 milhões de ingressos por dia. Assim, o gráfico que
internet, a função v(t) é dada por:
melhor descreve v(t) para esse período, em função de t, é:
v(t) = − 0,1t2 + 4t − 10.

O número de ingressos vendidos apenas nos 10 dias que


antecederam a exibição do filme foi:

a) 10 milhões
b) 20 milhões
c) 30 milhões
d) 40 milhões
e) 50 milhões

Resolução:

Se v(t) = –0,1 t2 + 4t – 10 é válido somente nos dias de vendas

simultâneas, então o número de ingressos é dado por:

v(20) – v(10) = [–0,1 (20)2 + 4 (20) – 10] – [–0,1 (10)2 + 4 (10) – 10]

v(20) – v(10) = 10 milhões


Alternativa A

CPV INSPERNOV2014
1
2 INSPER – 02/11/2014 Seu Pé D ireito nas Melhores Faculdades

Utilize as informações a seguir para as questões 03 a 05. 04. Para treinar, Rafael posicionou o seu arco a 5 metros do alvo
e lançou uma flecha utilizando uma mira a laser, mostrando
A figura abaixo mostra o alvo de uma academia de arco e flecha. que sua flecha foi lançada numa direção perpendicular ao
A pontuação que um jogador recebe ao acertar uma flecha em plano do alvo, na direção do centro dos círculos. Entretanto,
cada uma das faixas circulares está indicada na respectiva faixa. o vento e o efeito da gravidade deslocaram sua flecha, que
O raio do círculo maior mede 60 cm, o do menor mede 10 cm e a atingiu o alvo 12 cm para a esquerda e 9 cm para baixo
diferença entre os raios de quaisquer dois círculos consecutivos em relação ao centro dos círculos. Rafael afastou o arco
é de 10 cm. Todos os círculos têm o mesmo centro. para 15 metros de distância do alvo, mantendo a mesma
direção da mira e lançou mais uma flecha. Se o desvio
provocado pelo vento e pelo efeito da gravidade nesse
novo lançamento se manteve proporcional à distância de
lançamento, a pontuação correspondente à faixa em que
essa segunda flecha atingiu o alvo foi:
a) 10 pontos
b) 20 pontos
c) 40 pontos
d) 80 pontos
e) 160 pontos

Resolução:

Pelo texto, a flecha atinge o alvo no ponto A:


12 cm 0

9 cm
x

A

Aplicando o Teorema de Pitágoras, temos que x = 15 cm,
03. A soma das áreas das faixas em cinza na figura é igual a:
portanto na faixa dos 160 pontos.
a) 900π cm2 Ao afastar para uma distância de 15 metros, mantida a
b) 1100π cm2 proporcionalidade, o alvo será atingido a uma distância de
c) 1300π cm2 3x = 45 cm, portanto na faixa de 20 pontos.
d) 1500π cm2 Alternativa B
e) 1700π cm2
05. O treinador de Rafael propôs a ele o cálculo de um índice
Resolução: de precisão que avalie a sua habilidade como atirador. Para
calculá-lo, Rafael precisa:
Se S1 , S2 , S3 , S4 e S5 são, respectivamente, as áreas dos círculos

de raio 10, 20, 30, 40 e 50 cm, então a soma das áreas das faixas ● multiplicar cada pontuação possível do alvo pela
probabilidade de ele acertar uma flecha na faixa
em cinza é dada por: correspondente;
● somar os resultados das multiplicações feitas para as
S = S5 – S 4 + S 3 – S 2 + S 1 6 faixas.

S = π (502 – 402 + 302 – 202 + 102) Rafael registrou na tabela a seguir as pontuações que ele
obteve durante um treino no qual ele lançou 200 flechas.
S = 1500 π cm2
Pontuação 10 20 40 80 160 320
Alternativa D
Acertos 20 30 40 50 40 20

CPV INSPERNOV2014
Seu Pé D ireito nas Melhores Faculdades INSPER – 02/11/2014 3
Usando os dados da tabela para estimar as probabilidades, 07. Uma operadora de telefonia celular oferece a seus clientes
o índice de precisão de Rafael é: dois planos:
Superminutos: o cliente paga uma tarifa fixa de R$ 100,00
a) 96 por mês para os primeiros 200 minutos que utilizar. Caso
b) 97 tenha consumido mais minutos, irá pagar R$ 0,60 para
c) 98 cada minuto que usou a mais do que 200.
d) 99
e) 100 Supertarifa: o cliente paga R$ 60,00 de assinatura mensal
mais R$ 0,40 por minuto utilizado.
Resolução: Todos os meses, o sistema da operadora ajusta a conta de
cada um de seus clientes para o plano mais barato, de acordo
Pelo texto, o índice de precisão é: com as quantidades de minutos utilizadas. Nesse modelo,
20 30 40 50 40 20 o plano Superminutos certamente será selecionado para
I= .10 + .20 + .40 + .80 + .160 + .320 consumidores que usarem
200 200 200 200 200 200
I = 1 + 3 + 8 + 20 + 32 + 32 a) menos do que 60 minutos no mês.
b) entre 40 e 220 minutos no mês.
I = 96 c) entre 60 e 300 minutos no mês
Alternativa A d) entre 100 e 400 minutos no mês.
e) mais do que 400 minutos no mês.
06. O número n de pessoas presentes em uma festa varia ao
longo do tempo t de duração da festa, em horas, conforme Resolução:
mostra o gráfico a seguir. C1: Plano Superminutos
C1 (t) = 100 + (t – 200) . 0,60
C2: Plano Supertarifa
C2 (t) = 60 + 0,40 . t
Assim: C1 (t) < C2 (t) e C2 (t) > 100
100 + 0,6 t – 120 < 60 + 0,4 t e 60 + 0,40 t > 100
0,2 t < 80 e 0,40 t > 40
t < 400 e t > 100
O Plano Superminutos será selecionado para consumidores que
usarem 100 < t < 400 minutos por mês
Alternativa D

Das opções abaixo, aquela que melhor descreve a função Utilize as informações a seguir para as questões 08 e 09.
n(t) é:
Uma artista plástica está criando uma nova obra, que será um
quadro com alto relevo de formas geométricas. Para iniciar o
a) n(t) = −10t2 + 4t + 50
projeto, ela desenhou o quadrado base da obra, mostrada abaixo.
b) n(t) = −10t2 + 40t + 50
c) n(t) = −10t2 + 4t
d) n(t) = −t2 + 40t
e) n(t) = −10t2 + 40t

Resolução:

O gráfico do enunciado é de uma função quadrática dada por:

n(t) = a . (t) . (t – 4) e

n (2) = 40 Þ – 4a = 40 Þ a = – 10 Esse quadrado tem 40 cm de lado e o ponto P foi posicionado


8 cm para a direita e 8 cm para baixo do ponto A. Tra¸cando a
Assim, n(t) = – 10 t2 + 40t diagonal do quadrado e tomando o ponto P como vértice, ela
Alternativa E construiu o triângulo em preto e, usando a simetria em relação
à diagonal, ela construiu o triângulo em branco, com vértice
no ponto Q.

INSPERNOV2014 CPV
4 INSPER – 02/11/2014 Seu Pé D ireito nas Melhores Faculdades

Em seguida, reproduzindo esse quadrado base 16 vezes, ela Na figura:


construiu o quadro em relevo mostrado abaixo, elevando BC é a diagonal do quadrado cujo lado mede 40 cm e portanto
2 tetraedros sobre cada quadrado base, cada um com altura de
BC = 40 2 cm;
6 cm em relação ao plano do quadrado base, conforme ilustra
a figura a seguir. PH é a diagonal do quadrado cujo lado mede 12 cm e portanto
PH = 12 2 cm.
Então, a área do triangulo PBC é:

APBC =
40 2 . 12 2 = 480 cm2
2 Alternativa B

09. Para garantir o efeito visual que desejava, a artista plástica


fez as faces dos tetraedros de material transparente e
encheu com um líquido contendo material reflexivo. O
volume de líquido necessário para encher todo o quadro
é de, aproximadamente,
a) 45 litros
b) 47 litros
c) 49 litros
d) 51 litros
e) 53 litros
08. A área do triângulo PBC do quadrado base é igual a:
Resolução:
a) 320 cm2 A base de cada tetraedro será equivalente ao triângulo ABC e
b) 480 cm2 40 . 40
portanto a área da base é = 800 cm2.
c) 640 cm2 2
d) 800 cm2 O volume dos 32 tetraedros pedidos é:
e) 960 cm2 1
Vtotal = 32 . . 800 . 6 = 51.200 cm3 = 51,2 litros
3 Alternativa D
Resolução:

A
8 12 20 10. Considere dois números positivos x e y, com x > y, tais
C
que
8
x + y + x – y = 8
x2 – y2 = 15.
P
Nessas condições, 2x é igual a
12 a) 31
b) 32
c) 33
d) 34
H e) 35
Resolução:
Se quadrarmos a 1a equação, temos:
20
( x+y+ x – y) = (8)2
2

x+y+2. x+y. x – y + x – y = 64

2x + 2 . x2 – y2 = 64
B 2x + 2 . (15) = 64
2x = 34
Alternativa D

CPV INSPERNOV2014
Seu Pé D ireito nas Melhores Faculdades INSPER – 02/11/2014 5
11. No jogo da multiplicação unitária deve-se preencher cada 12. O gráfico abaixo representa o número de gols marcados
um dos círculos sombreados na figura com um dos números (barras em cinza) e o número de gols sofridos (barras em
1 ou −1. Em seguida, deve-se multiplicar os números dois preto) por uma equipe de futebol de salão nos 10 jogos de
a dois, obtendo um resultado para cada linha que liga dois um campeonato.
círculos. Por último, deve-se somar os resultados de todas
essas multiplicações, obtendo o resultado do jogo.
O menor resultado que esse
jogo pode ter é:

a) 0
b) −1
c) −2
d) −4
e) −6

Resolução:

Se tivermos todos iguais a 1:

1 1 Em cada partida, o saldo de gols da equipe é dado pela


1+1+1+1+1+1=6
diferença entre os gols marcados e os gols sofridos. A média
dos saldos de gols da equipe nesses dez jogos é igual a:
1 1
a) –0,3 b) –0,1 c) 0
d) 0,1 e) 0,3
Se tivermos três 1 e um –1:
Resolução:
1 1 A média do saldo de gols é:
1–1–1+1–1+1=0 2 + 2 + (–2) + 4 + 0 + (–2) + 0 + (–1) + (–3) + 3
x= = 0,3
1 –1 10
Alternativa E
Se tivermos dois 1 e dois –1:
13. A figura abaixo representa o gráfico da função
f (x) = a cos(x) + b.
1 1
1–1+1–1–1–1=–2

–1 –1

Se tivermos três –1 e um 1:

1 –1
–1 + 1 + 1 – 1 – 1 + 1 = 0
–1 –1 A soma a + b e a diferença b − a são, respectivamente,
iguais a:
E, finalmente, se tivermos todos iguais a –1: a) 3 e 1 b) 1 e −3 c) π e 1
d) −1 e π e) 3 e −1
–1 –1
Resolução:
+1 + 1 + 1 + 1 + 1 + 1 = 6
–1 –1 x = π Þ f (π) = –1 Þ a cos π + b = –1 Þ b – a = –1

x = 2π Þ f (2π) = 3 Þ a cos 2π + b = 3 Þ a + b = 3
Então, o menor resultado do jogo é –2
Alternativa C Alternativa E

INSPERNOV2014 CPV
6 INSPER – 02/11/2014 Seu Pé D ireito nas Melhores Faculdades

14. A fila para entrar em uma balada é encerrada às 21h e, Utilize as informações a seguir para as questões 16 e 17.
quem chega exatamente nesse horário, somente consegue O Sr. Antônio resolveu construir um poço em seu sítio. Ele
entrar às 22h, tendo que esperar uma hora na fila. No passou ao engenheiro o esquema abaixo, indicando a posição da
entanto, quem chega mais cedo espera menos tempo: a piscina e do vestiário em relação à localização da casa.
cada dois minutos de antecipação em relação às 21h que
uma pessoa consegue chegar, ela aguarda um minuto a
menos para conseguir entrar. Se uma pessoa não quiser
esperar nem um segundo na fila, o horário máximo que
ela deve chegar é:

a) 19h
b) 19h15min
c) 19h30min
d) 19h45min
e) 20h

Resolução:

Montando duas equações para os horários de chegada (C), de


1
entrada (E) e levando em consideração que 1 min = hora temos:
60

( )
16. O Sr. Antônio disse ao engenheiro que queria o poço numa
2k k k
C = 21 – E=C+ 1– Þ E = 22 – localização que estivesse à mesma distância da casa, da
60 60 20
piscina e do vestiário. Para atendê-lo o engenheiro deve
Para uma pessoa entrar na balada no momento que chegar construir o poço na posição, em relação à casa, dada por,
devemos ter: aproximadamente,
2k k
C = E Þ 21 – = 22 – Þ k = 60 a) 4,2 m para o leste e 13,8 m para o norte.
60 20 b) 3,8 m para o oeste e 13,1 m para o norte.
Portanto, C = E = 19 horas c) 3,8 m para o leste e 13,1 m para o norte.
Alternativa A d) 3,4 m para o oeste e 12,5 m para o norte.
e) 3,4 m para o leste e 12,5 m para o norte.
15. Uma rede de cafeterias vende copos térmicos para que o
cliente possa comprar seu café e levá-lo em seu próprio Resolução:
recipiente. Como, nesse caso, a empresa economiza com os Tomando a casa como origem de um plano cartesiano, temos a
copos descartáveis, quando o cliente usa o copo térmico da seguinte figura:
rede, recebe um desconto de R$ 0,25 no café. Para decidir
y
se compraria um copo térmico, um cliente calculou que
seria necessário receber este desconto 397 vezes para que C (12; 24)
B (–8; 20) PISCINA
ele recuperasse o valor a ser pago no copo. VESTIÁRIO

O preço do copo térmico é um valor entre:


a) R$ 85,00 e R$ 90,00. P (x; y)
POÇO
b) R$ 90,00 e R$ 95,00.
c) R$ 95,00 e R$ 100,00.
d) R$ 105,00 e R$ 110,00. A (0; 0) x
e) R$ 110,00 e R$ 115,00. CASA

Resolução:
Pelo enunciado, temos: Seja P (x; y) um ponto tal que PA = PB = PC.
QUANTIDADE DESCONTO Assim, temos:
Preço do copo = 397 . 0,25 = 99,25 PA = PB
O preço do copo térmico é um valor entre R$ 95,00 e R$ 100,00
(x – 0)2 + (y – 0)2 = (x + 8)2 + (y – 20)2
Alternativa C
x2 + y2 = x2 + 16x + 64 + y2 – 40y + 400 Þ 2x – 5y + 58 = 0

CPV INSPERNOV2014
Seu Pé D ireito nas Melhores Faculdades INSPER – 02/11/2014 7
PA = PC 18. A relação entre o investimento x (em milhões de reais) na
propaganda para a divulgação de um produto e o número
(x – 0)2 + (y – 0)2 = (x – 12)2 + (y – 24)2 k de potenciais consumidores (em milhões) atingidos por
x2 + y2 = x2 – 24x + 144 + y2 – 48y + 576 Þ x + 2y – 30 = 0 essa campanha é dada por uma função k(x), cujo gráfico
está representado a seguir.
Resolvendo o sistema, temos:

2x – 5y + 58 = 0 x @ 3,8
x + 2y – 30 = 0 y @ 13,1
Alternativa C

17. Aproveitando que iria iniciar uma obra, o Sr. Antônio decidiu
construir uma quadra. Sua esposa, no entanto, exigiu as
seguintes condições para que se definisse a localização da
quadra, para que ninguém viesse suado para a casa:
● as localizações da quadra, do vestiário e da casa devem
estar sobre uma mesma linha reta;
● o vestiário deve ser um ponto do segmento de reta que Para avaliar o retorno dessa campanha, calculam-se dois
liga a casa à quadra. índices, como se segue:
O Sr. Antônio fez uma anotação adicional em seu esquema ● identificam-se os valores x1, x2 e x3 para os quais 1, 2
para o arquiteto. Das opções a seguir, a única que atende às e 4 milhões de potenciais consumidores são atingidos,
exigências impostas pela esposa do Sr. Antônio é: respectivamente;
x2
a) ● a razão resulta no índice Ia;
x1
x3
● a razão resulta no índice Ib.
x2
Ib + Ia
Para a função k(x) acima, o valor de é:
Ib – Ia
b)
a) 2
b) 3
c) 4
d) 5
c) e) 6

Resolução:

No gráfico obtemos:

d) 1 = f (x1) Þ x1 = 1/3

2 = f (x2) Þ x2 = 1

4 = f (x3) Þ x3 = 5
e)
x2 1
Ia = = =3
x1 1/3

Resolução: x3 5
Ib = = =5
Pelas restrições da esposa do Sr. Antônio, temos que a quadra ficará x2 1
mais afastada do que o vestiário (tanto ao norte quanto a oeste).
Ib + Ia 5+3
A única alternativa que satisfaz as condições da esposa é a = =4
alternativa a. Ib – Ia 5–3 Alternativa C
Alternativa A

INSPERNOV2014 CPV
8 INSPER – 02/11/2014 Seu Pé D ireito nas Melhores Faculdades

19. O esquema abaixo mostra as duas rodas dentadas e a correia 21. A diferença entre a maior e a menor raiz de p(x) é igual a:
do sistema de transmissão de uma bicicleta. a) 5 b) 6 c) 7 d) 8 e) 9
Considere que a correia se ajuste sem folga aos dentes de
ambas as rodas. Se R é a medida do raio da circunferência que Resolução:
dá forma à roda maior e r é a medida do raio da circunferência Pelo gráfico, f (2) = 0, então f (2) = α p (2) Þ 0 = α p (2) Þ p (2) = 0
R
que dá forma à roda menor, então a razão é igual a:
r Assim, 2 é raiz de p (x) e:
a) 2,0 2 1 –1 –22 40
b) 2,5 1 1 –20 0
c) 3,0
p (x) = (x – 2) (x2 + x – 20)
d) 3,5
Portanto: (x – 2) (x2 + x – 20) = 0
e) 4,0
x2 + x – 20 = 0
Resolução: x = –5 ou x = 4
4 – (–5) = 9
Observando a figura dada temos como referência de medida de Alternativa E
comprimento o número de dentes de cada roda.
C1: roda maior → 20 dentes 22. Na figura, AD é um diâmetro da circunferência que contém
o lado BC do quadrado sombreado, cujos vértices E e F
C2: roda menor → 8 dentes
pertencem à circunferência.
20 = 2 . π . R e 8 = 2 . π . r
20 2.π.R R Se a é a medida do segmento AB e l é a medida do lado

8
=
2.π.r
Þ
r
= 2,5
do quadrado, então l é igual a:
Alternativa B a

Utilize as informações a seguir para as questões 20 e 21. a) 5 – 2

Considere o polinômio dado por 5–1


b)
p(x) = x3 − x2 − 22x + 40. 2
A figura a seguir mostra 5+1
c)
parte do gráfico da função f, 2
dada por f (x) = α . p(x), 5
em que α é um número real. d)
2
e) 5 + 2

Resolução:
Pela figura abaixo, devemos ter: l2 = a (l + a), então
l2 – al – a2 = 0 Þ Δ = a2 + 4a2 = 5a2 e
a±a 5 a (1 ± 5)
20. O valor de α é: l= =
2 2
a) 0,05 b) 0,5 c) 2 l 1+ 5
d) 5 e) 20 Portanto: =
a 2

Resolução:
Observando o gráfico temos que
l
f (0) = 2 Þ 2 = α . p (0)
a

2 = α . (40) Þ α = 0,05 l+a


Alternativa A
l
Alternativa C

CPV INSPERNOV2014
Seu Pé D ireito nas Melhores Faculdades INSPER – 02/11/2014 9
23. Em uma noite, a razão entre o número de pessoas que estavam 25. Um bazar beneficente arrecadou R$ 633,00. Nenhum dos
jantando em um restaurante e o número de garçons que as presentes contribuiu com menos de R$ 17,00, mas também
atendiam era de 30 para 1. Em seguida, chegaram mais 50 ninguém contribuiu com mais de R$ 33,00. O número
clientes, mais 5 garçons iniciaram o atendimento e a razão mínimo e o número máximo de pessoas presentes são,
entre o número de clientes e o número de garçons ficou em respectivamente, iguais a:
25 para 1. O número inicial de clientes no restaurante era: a) 19 e 37
a) 250 b) 300 c) 350 b) 20 e 37
d) 400 e) 450 c) 20 e 38
d) 19 e 38
Resolução: e) 20 e 39
Sejam C o número de clientes e G o número de garçons.
Resolução:
Então:
Ao dividirmos 633 por 33 obtemos quociente 19 e resto 6, portanto
C 30
o número mínimo de pessoas deve ser 19 + 1 = 20.
= C = 30 G C = 450 Ao dividirmos 633 por 17 obtemos quociente igual a 37 e resto 1,
G 1
Þ Þ
portanto o número máximo de pessoas é 37.
C + 50 25

G+5
=
1
30 G + 50 = 25 G + 125 G = 15 Alternativa B

Alternativa E 26. Para percorrer 1 km, o jovem Zeno adota a estratégia de


dividir seu movimento em várias etapas, percorrendo, em
24. Uma empresa tem 15 funcionários e a média dos salários cada etapa, metade da distância que ainda falta até o ponto
deles é igual a R$ 4.000,00. A empresa é dividida em três de chegada. A tabela mostra a distância percorrida por ele
departamentos, sendo que: em cada etapa.
● A média dos salários dos 6 funcionários administrativos
é igual a R$ 3.750,00. Etapa Distância percorrida (km)
● A média dos salários dos 4 funcionários de 1 1/2
desenvolvimento de produto é igual a R$ 4.125,00.
2 1/4
A média dos salários dos outros funcionários, do departamento 3 1/8
comercial, é igual a:
a) R$ 3.800,00
n 1/2n
b) R$ 3.900,00
c) R$ 4.000,00
Ao final da etapa n, a distância total percorrida por Zeno
d) R$ 4.100,00
será igual a:
e) R$ 4.200,00
2n – 1 2n + 1 n
Resolução: a) n b) n c)
2 2 2n
Sejam: 2n – 1 2n + 1
d) n e) n
å adm = a soma dos salários dos 6 funcionários administrativos 2 2
å des = a soma dos salários dos 4 funcionários de desenvolvimento
å com = a soma dos salários dos 5 outros funcionários Resolução:

Então: A distância total percorrida por Zeno é a soma de uma P.G. finita
1 1
de primeiro termo , razão e n termos.
å adm = 3750 . 6 = 22500 22500 + 16500 + å com 2 2
e 4000 =
å des = 4125 . 4 = 16500 15 Assim,

de onde obtemos å com = 21000. 1


(( ) )1 n
.( )
1 1 – 2n

( )
. –1
2 2 2 2n 1 – 2n
Logo, a média dos salários dos 5 outros funcionários é igual a: D = = = –
1 1 2n
–1 –
21000 2 2
= R$ 4.200,00 2n – 1
5 Alternativa E D=
2n Alternativa A

INSPERNOV2014 CPV
10 INSPER – 02/11/2014 Seu Pé D ireito nas Melhores Faculdades

27. Na figura, que mostra o gráfico Resolução:


da função polinomial O número total de anos de sorte é dado por:
p(x) = 3x3 − 16x2 + 19x, 9
. . .
os valores a e c são tais que ↓

a + c = 4. algarismos C4,1 . C5,2 . P3


de 1 a 9 ↓ ↓ ↓
escolha de escolha de permutação
Dessa forma, 2 algarismos dos 3
1 algarismo
o valor de c é igual a: de mesma de paridades escolhidos
paridade do diferentes dos
a) 1 + 7 primeiro dois primeiros

b) 2 + 3 Portanto, 9 . 4 . 10 . 6 = 2160 números


Alternativa D
c) 2 + 6
d) 3 + 2 29. A proposição “se você trabalhar muito, então você
enriquecerá” é equivalente à proposição:
e) 3 + 5
a) “se você não trabalhar muito, então não enriquecerá”.
Resolução: b) “se você enriquecer, então você trabalhará muito”.
c) “não trabalhe muito, ou você enriquecerá”.
Como a, b e c são as raízes da equação p (x) = 4, temos: d) “se você enriquecer, então você não trabalhará muito”.
e) “se você trabalhar muito, então não enriquecerá”.
3x3 – 16x2 + 19x = 4

16 Resolução:
Þ 3x3 – 16x2 + 19x – 4 = 0 Þ a + b + c =
3 Consideremos as proposições
4 p: você trabalha muito,
Pelo enunciado a + c = 4, assim b = .
3
~p: você não trabalha muito
Fazendo Briot-Ruffini, temos:
q: você enriquecerá
4 p → q: se você trabalhar muito, então você enriquecerá.
3 – 16 19 –4
3
As proposições “p → q” e “~p ou q” são equivalentes.
3 – 12 3 0
Temos:
p ~p q p→q ~p ou q
3x2 – 12x + 3 = 0 de onde obtemos a = 2 – 3ec=2+ 3
V F V V V
Alternativa B V F F F F
F V V V V
28. Certa comunidade mística considera 2015 um ano de sorte.
F V F V V
Para tal comunidade, um ano é considerado de sorte se, e
somente se, é formado por 4 algarismos distintos, sendo 2 Assim, “~p ou q” pode ser descrito pela expressão “não trabalhe
pares e 2 ímpares. No período que vai do ano 1000 até o muito, ou você enriquecerá”.
Alternativa C
ano 9999, o número total de anos de sorte é igual a:
30. O rótulo de uma embalagem de suco concentrado sugere
a) 1680 que o mesmo seja preparado na proporção de sete partes de
b) 1840 água para uma parte de suco, em volume. Carlos decidiu
c) 1920 preparar um copo desse suco, mas dispõe apenas de copos
d) 2160 cônicos, mais precisamente na forma de cones circulares
e) 2400 retos.
Para seguir exatamente as instruções do rótulo, ele deve
acrescentar no copo, inicialmente vazio, uma quantidade
de suco até:
a) metade da altura. b) um sétimo de altura.
c) um oitavo da altura. d) seis sétimos da altura.
e) sete oitavos da altura.

CPV INSPERNOV2014
Seu Pé D ireito nas Melhores Faculdades INSPER – 02/11/2014 11
Resolução: Informação II
Um carro, que no ato da compra vale R$ 40.000,00, tem uma
desvalorização de 15% ao ano. Ou seja, após um ano, o carro
A tem, a cada instante, um valor 15% menor do que o valor que
tinha exatamente um ano antes.
H

S h 31. Para que o carro perca 80% do seu valor, é necessário que
se passem

A 7 a) entre 5 e 6 anos.
Pelo enunciado temos: = Þ A = 7S b) entre 6 e 7 anos.
S 1
c) entre 7 e 8 anos.
Como a quantidade de suco é semelhante à quantidade total, d) entre 8 e 9 anos.

( ) ( ) ( )
h 3 S h 3 S e) entre 9 e 10 anos.
= Þ =
H A+S H 8S
Resolução:
h 1 H
Þ = Þ h=
H 2 2 O carro sofre uma desvalorização de 15% ao ano.
Portanto, deve-se acrescentar suco até a metade da altura. Se v (em reais) é o valor do veículo t anos após sua aquisição,
temos:
Alternativa A
v = 40.000 . (1 – 0,15)t \ v = 40.000 . 0,85t
Para que o automóvel perca 80% de seu valor, seu preço de revenda
Utilize as informações a seguir para as questões 31 e 32. é igual a 20% de seu preço inicial. Assim:
V = 40.000 . 0,2
Informação I
40.000 . 0,85t = 40.000 . 0,2
A figura a seguir exibe parte do gráfico da função
0,85t = 0,2
f (x) = log0,85 x, cujo domínio é {x Î  | 0 < x ≤ 0, 85}.
t = log0,85 0,2
Do gráfico, temos que log0,85 0,2 » 9,5.
Assim, para que o carro perca 80% do seu valor, é necessário que
se passem entre 9 e 10 anos da data da compra do veículo.
Alternativa E

32. Passados 20 anos, o carro valerá cerca de:


a) R$ 600,00
b) R$ 1.600,00
c) R$ 6.000,00
d) R$ 16.000,00
e) R$ 25.000,00

Resolução:
Passados 20 anos, o valor v (em reais) do veículo é:

v = 40.000 . 0,8520

Do gráfico: log0,85 0,04 = 20.


Observação: foram utilizadas escalas diferentes nos dois eixos
para facilitar a visualização do gráfico. Portanto: 0,8520 = 0,04.

Assim: v = 40.000 . 0,04 = 1600 reais


Alternativa B

INSPERNOV2014 CPV
12 INSPER – 02/11/2014 Seu Pé D ireito nas Melhores Faculdades

33. Considere que a seguinte afirmação é verdadeira: “Se uma Resolução:


pessoa é inteligente, então ela tem opiniões bem embasadas Completando a tabela, temos:
ou está disposta a ouvir os argumentos dos outros.”
no final do no final do no final do
Uma pessoa está disposta a ouvir os argumentos dos outros. dia 4 dia 5 dia 6
Então,
16 44 120
a) ela é inteligente. 44 120 328
b) ela tem opiniões bem embasadas.
6 16 44
c) se ela tiver opiniões bem embasadas, ela é inteligente.
d) mesmo que tenha opiniões bem embasadas, pode não 16 + 44 = 60 44 + 120 = 164 120 + 328 = 448
ser inteligente.
Portanto, a cultura terá 448 indivíduos.
e) se ela não tiver opiniões bem embasadas, não é Alternativa B
inteligente.
35. Uma universidade decidiu fazer uma análise sobre a
Resolução: Consideremos as proposições: quantidade de alunos cursando dependências, ou seja, aqueles
p: uma pessoa é inteligente; que foram reprovados em alguma matéria em determinado
q: uma pessoa tem opiniões bem embasadas; semestre e tiveram de cursá-la novamente no semestre
r: uma pessoa está disposta a ouvir os argumentos dos outros. seguinte. As conclusões, todas referentes a uma mesma
Assim, do enunciado, a afirmação “se p, então r ou q” é verdadeira turma de um curso, foram:
e a proposição “r” é verdadeira. Temos: ● Cerca de 30% dos alunos tiveram dependência em pelo
menos uma matéria ao término do 1o semestre do curso;
p q r q ou r p → (q ou r) ● Ao término do 2o semestre, cerca de 80% dos que não
V V V V V cursavam dependências foram aprovados em todas as
V F V V V matérias, ao passo que apenas 30% dos que cursavam
alguma dependência foram aprovados em todas as
F V V V V
matérias;
F F V V V ● As mesmas porcentagens do 2o semestre se repetiram
Nas condições da tabela, mesmo que a pessoa tenha opiniões bem ao final do 3o semestre.
embasadas (“q” é verdade), pode não ser inteligente (“p” é falsa). Assim, ao término do 3o semestre, os alunos livres de
Alternativa D dependências para o semestre seguinte representavam:
34. Um determinado micro-organismo tem o seguinte ciclo de a) 35,0% da turma. b) 37,5% da turma.
vida: c) 50,0% da turma. d) 62,5% da turma.
● 1 dia após ser gerado, produz 2 cópias de si mesmo; e) 65,0% da turma.
● 2 dias após ser gerado, produz outras 2 cópias de si
Resolução:
mesmo e, imediatamente, morre.
Considere uma cultura que, no início do dia 1, possuía com dependência sem dependência
apenas 1 micro-organismo, imediatamente após ser gerado. 1o S 30% 70%
A tabela a seguir mostra a evolução da população ao longo 2o S 20%.70% + 70%.30% = 35% 80%.70% + 30%.30% = 65%
dos 3 primeiros dias. 3o S 20%.65% + 70%.35% = 37,5% 80%.65% + 30%.35% = 62,5%
Quantidade de no final do no final do no final do Portanto, ao final do 3o semestre, 62,5% da turma estará livre de
micro-organismos... dia 1 dia 2 dia 3 dependências.
Alternativa D
com 1 dia de vida 1 2 6
recém gerados 2 6 16 COMENTÁRIO DO CPV
que acabaram de A prova de Análise Quantitativa e Lógica do processo seletivo
0 1 2
morrer do INSPER novembro/2014 manteve suas características,
vivos, no total 3 8 22 propondo questões contextualizadas e fazendo uso constante
de gráficos.
Passados 6 dias, logo após as gerações e as mortes, a cultura
terá: A prova mostrou evolução extraordinária em relação às
edições passadas, com o nível de dificuldade mais adequado
a) 46 indivíduos. b) 448 indivíduos. ao vestibulando.
c) 564 indivíduos. d) 1073 indivíduos.
e) 2048 indivíduos. Com isso, acreditamos que o objetivo de selecionar os melhores
candidatos seja atingido com mais precisão.

CPV INSPERNOV2014

Você também pode gostar