Você está na página 1de 48

PROJETO INTEGRADOR

ORIENTADO

DO CURSO SUPERIOR DE

TECNOLOGIA EM

SEGURANÇA NO

TRABALHO

Carapicuíba - SP

2013
FACULDADE NOSSA CIDADE
Curso Superior de Tecnologia em Segurança no Trabalho

MANUAL
Projeto Integrador Orientado

Carapicuíba - SP

2013
2
FACULDADE NOSSA CIDADE
Curso Superior de Tecnologia em Segurança no Trabalho

MANUAL
Projeto Integrador Orientado

Material elaborado com o fim de prover


orientações didáticas para o
funcionamento do Projeto Integrador
Orientado a ser aplicada pelos os
professores especializados no
seguimento de Segurança e Medicina
Ocupacional aos Alunos do Curso de
Tecnologia em Segurança no Trabalho.

CARAPICUIBA
2012
3
Sumário
Introdução 4
1 Objetivo 5
2 Estruturação do projeto integrador 6
2.1. Associação entre as disciplinas para o projeto 6
2.2. Material de apoio 8
2.3. Estruturação 8
2.4 Prazos 10
2.5. Avaliação 10
3 Da participação do Aluno no projeto integrador 12
3.1. Ferramentas de auxilio das atividades do Projeto Integrador 13
3.2. Os aspectos que correlacionam os recursos humanos 13
3.3. Elaboração da conclusão 13
3.4. Do trabalho escrito 13
3.4.1. Estrutura de elaboração do trabalho escrito 14
3.4.2. Cronograma de atividades 17
3.5. Apresentação 18
3.6. Acompanhamento dos trabalhos 19
3.7. Avaliação 19
3.7.1. Ficha de Avaliação 20
3.7.2. Banca 20
3.7.3. Inscrição 21
4 Da participação do Professor Orientador 22
Quadro das Atividades do Projeto Integrador 22
Anexos: 23
Código Atividade Projeto Integrador
PI - 01 Instrução da estruturação dos trabalhos 24
PI - 02 Registro de Empresa Colaboradora 27
Planilha: Identificação da empresa a ser estudada 29
Planilha: Check list para levantamento de atendimento das 31
exigências normativas - SESMT
PI - 03 Detecção das condições e práticas inseguras no ambiente de
32
trabalho
Planilha: Análise das praticas e das condições inseguras 34
PI - 04 Preenchimento dos Quadros III, IV, V e VI, da Norma 35
Regulamentadora nº 4, Port. 3214/78
PI – 04/A Profissionais da Segurança no Trabalho 37
Planilha: Questões e respostas 38
PI - 05 Os fatores que influenciam no ambiente de trabalho nas concepções 41
das ciências da física e da biologia
PI - 06 Atividades Preventivas com Produtos Químicos 44
Construção metodológica para a identificação de risco para melhor 46
PI - 07
acuracidade da avaliação de riscos ambientais do trabalhado
4
MANUAL DO PROJETO INTEGRADOR

Introdução

As atividades desenvolvidas pelo Projeto Integrador foram idealizadas


para que os discentes possam ampliar na prática seus conhecimentos teóricos, movidos
na interdisciplinaridade e reunindo elementos doutrinários que possam associar a prática e
a teoria sobre determinado segmento que será palco de estudo, utilizando-se de
metodologia científica para produção acadêmica, que venha colaborar nos seguintes
aspectos:

a. Contribuir com o aprendizado;


b. Incentivar o estudo autônomo e solidário entre colegas;
c. Aproximação da teoria e prática com atividades de pesquisas e campo;
d. Ampliar os conhecimentos sobre os conteúdos estipulados nas diretrizes do
Curso.

Como instrumento de averiguação do aprendizado, o Projeto Integrador será


aplicado os mesmos parâmetros das demais disciplinas contidas na matriz do
curso, avaliando desempenho e dedicação dos discentes com atribuição auferida
para cada semestre e, em determinado período concluído, resultará na certificação
pelas etapas findadas que convertem em aproveitamento na qualificação
profissional.

Assim, a proposta deste Manual é de fornecer elementos que condizem habilidades e


competências na formação profissional de Tecnologia em Segurança no Trabalho,
agregando valores fundamentais que auxiliarão aos Orientadores e aos discentes os
procedimentos das atividades que condizem o Projeto Integrador e seu aproveitamento.

5
Objetivos

O projeto integrador objetiva a realização de levantamento das características e


práticas existentes numa organização. Para habilidade do gestor em segurança do
trabalho é necessário não somente as observações normativas pertinentes às questões
prevencionistas, em face aos acidentes do trabalho e doença ocupacional, como também,
a eficácia na produtividade de uma organização e o aprendizado acadêmico.

Atividade de pesquisa e análise de causas insere o acadêmico de tecnologia em


segurança no trabalho nas práticas gerenciais fundamentadas nos conhecimentos teóricos
adquiridos em sala de aula, contribuindo no processo integrante de complemento
educação-aprendizado. Atualmente, os gestores devem compor assim como um agente
facilitador nas táticas organizacionais. Para tanto, tais desenvolturas somente ocorrerão se
houver a percepção do Tecnólogo do real papel de gerenciamento por meio de visão bem
tracejada sobre a estrutura e as técnicas que movem as organizações.

6
2. Estruturação do projeto integrador

Com o fim de obter os resultados e conforme o fundamento do projeto integrador


como veiculo de ensino e aprendizado, se faz necessário à escolha das disciplinas que
tornarão as ancoras de inspiração para o andamento proposto de interdisciplinaridade.

Todavia, no contexto interdisciplinar, observado os princípios emanados sobre o


Curso Superior de Tecnologia em Segurança no Trabalho, complementam as seguintes
disciplinas que contribuirão ao referido projeto, compreendendo:

a) Introdução à Segurança do Trabalho


b) Noções de Direito
c) Biologia Aplicada
d) Física Aplicada
e) Fundamentos do Direito do Trabalho E Previdenciário
f) Legislação Aplicada à Segurança do trabalho
g) Química Aplicada
h) Fundamentos de Ergonomia
i) Monitoramento e pericia ambiental do trabalho
j) Gestão Ambiental e controle de resíduos
k) Saúde Ocupacional e fundamentos da Medicina do Trabalho
l) Gestão integrada de Segurança e Saúde no Trabalho
m) Disciplina de especialização
n) Fundamentos de Tecnologias Industriais
o) Gestão e analise de riscos em segurança do trabalho
p) Disciplina de especialização
q) Planejamento e prevenção de emergências

2.1. Associação entre as disciplinas para o projeto

Cada disciplina sobredita se encarregará de desenvolver e, bem como, encaminhar


à Coordenação do Curso, atividades com alcance dos objetivos do projeto, ou seja,
exercícios em que enfoque o assunto na praticidade se associando a doutrina lecionada,
observando os roteiros adotados pela Instituição. Para tanto, enviará o Professor ficha
sugestiva da atividade, preenchendo os campos pré-estabelecidos, como também, a
informação sobre os fatores que interligam a praticidades e a doutrina lecionada.

Tal feitura haverá diretamente comunicação entre as disciplinas eleitas para o projeto
integrador e, o procedimento de entendimento das práticas a serem efetuadas será
constituído de documentos e/ou de fichas de atividades dispondo etapas e metas a serem
trabalhadas pelos alunados de maneira individual ou em grupo.

7
Para avançar o assunto de associação entre disciplinas, abaixo encontra o quadro de
interdisciplinaridade, ou seja, a divisão e a relação das disciplinas que farão parte dos
estudos do Projeto de Integração para cada semestre em exercício escolar, assim,
distribuídas:

Semestre INTERDISCIPLINARIDADE
a) Introdução à Segurança do Trabalho

b) Noções de Direito
c) Biologia Aplicada
2º d) Física Aplicada
e) Fundamentos do Direito do Trabalho e Previdenciário
f) Legislação Aplicada à Segurança do trabalho
3º g) Química Aplicada
h) Fundamentos de Ergonomia
i) Monitoramento e pericia ambiental do trabalho
4º j) Gestão Ambiental e controle de resíduos
k) Saúde Ocupacional e fundamentos da Medicina do Trabalho
l) Gestão integrada de Segurança e Saúde no Trabalho
5º m) Disciplina de especialização
n) Fundamentos de Tecnologias Industriais
o) Gestão e analise de riscos em segurança do trabalho
6º p) Disciplina de especialização
q) Planejamento e prevenção de emergências

Para cada semestre, como foi referido acima, existirá tarefas com informativos e orientação
a serem lançadas em ficha. Tais instrumentos de trabalho denominarão de Atividade do
Projeto Integrador – API, nele consistirá o seguinte formato:

ATIVIDADE DO PROJETO INTEGRADOR


Curso Turma Período PI – serie Cód. At.
Tema:
Interdisciplinas:
Orientador: Prazo de elaboração
Capacitação:
Objetivo:
Tarefas:
Metas
Recursos de Apoio
Anexos

Como se verifica acima, toda trabalho a ser aplicado caberá o orientador dispor na
formatação de roteiro observando os tópicos que serão fornecidos aos alunos executores,
8
consistindo instrumento de registro e de informação da tarefa a ser desenvolvida pelos
referidos.

2.2. Material de apoio

Farão partes no projeto integrador e do roteiro sobredito que servirão como material
de apoio, os seguintes componentes de orientação e de funcionalidade:

a. Manual de funcionamento do Projeto Integrador;

b. Plano de aula com os conteúdos da disciplina envolvida no Projeto (ser elaborado


pelo Professor que responde pela disciplina);

c. Normas da ABNT para a feitura de trabalho monográficos e/ou artigos sobre o tema
a ser desenvolvido;

d. Roteiro e bibliografias (as que o professor orientador vier desenvolver na Ficha


Denominada de Atividade do Projeto Integrador - API).

Os itens “a” e “c” deverão estar no site da FNC facilitando ao Alunado o acesso e
os mecanismos de contribuição para feitura da atividade proposta.

2.3. Estruturação

O Projeto Integrador engajará no longo período do curso de formação de


tecnologia em Segurança no Trabalho e, para cada semestre, se objetivará a
feitura de atividades que associem a interdisciplina e pesquisa voltada ao ramo em
pauta.

A ordem a ser observada de acordo com o semestre correspondente atenderá a


seguinte organização:

9
DISTRIBUIÇÃO DO PROJETO INTEGRADOR
Projeto Integrador Semestre Objetividade e descrição
Serie
a) O inicio das atividades do Projeto Integrador
consistirá na tarefa a ser efetuada pelos alunados
na criação e/ou a identificação de uma organização
para servir de analise e de pesquisa sobre os
atendimentos das normas pertinentes à Segurança
do Trabalho, bem como, a estruturação das
condições ambientais de trabalho, entendendo:
Denominação, ramo de atuação, porte da empresa,
ativos produtivos, produto, classificação
econômica, nº de empregados, grau de risco e
PI - I 1º demais informações relevantes sobre Segurança
no Trabalho;
b) Para designação das tarefas e elaboração das
atividades, contará com a participação do
Coordenador do Curso e dos Professores das
áreas especificas;
c) Nesta fase o alunado (individual ou em grupo)
efetuará sua inscrição para o cadastramento geral
no Projeto Integrador, com o fim de formalizar o
controle do cumprimento das atividades e as
respectivas avaliações.
Carga horária = 100h
Com a participação dos Professores das áreas
especificas, trilhará as atividades no campo da
pesquisa comparativa entre os elementos que dispõem
às disciplinas a serem ministradas no período (biologia
PI - II 2º e física) mediante pesquisa bibliográfica sobre os
agentes lesivos à saúde do trabalhador bem como,
analise da política prevencionista da organização
escolhida, com o levantamento e analise de risco
ambiental
Carga horária = 100h
Aproximar o aluno do ambiente laboratorial químico e
de seus processos de manipulação, bem como
PI – III 3º familiarizá-lo com as principais substâncias químicas
empregadas e questões relativas à segurança no
trabalho com tais insumos.
Carga horária = 100h
Nesta fase ocorrerá a elaboração de projeto e, por
conseguinte, um plano de gerenciamento de crises que
se considerarão os pontos de risco acidentário,
conforme o levantado anteriormente, principalmente,
no que refere-se aos agentes nocivos e condições
PI – IV 4º ambientais no trabalho.
Complementa esta atividade com a auditoria e
investigação das irregularidades pertinentes, cabendo,
consequentemente, a criação da programação e
priorização da execução dos trabalhos para solução
das pendências sobre segurança do trabalho.
Carga horária = 100h
10
Desenvolvimento do projeto de planejamento e gestão
da área de atual especifica que será escolhida pelos
alunos, bem como, os planos de emergências,
auditorias e demais tarefas de gerenciamento
PI – V 5º necessário para aplicação na área indicada,
especialmente a aplicação do Sistema de Gestão da
Segurança no Trabalho - OHSAS 18001 e,
comparadamente, as proveniente da ISO 9000
Carga horária = 100h
Embora com ênfase ao gerenciamento das
organizações que encontram riscos no ambiente de
trabalho, caberá ao Aluno, também, desenvolver, o
plano de negócios com levantamento de mercado e
oferta de serviços, bem como, analise financeiro,
marketing e demais elementos de constituição e
PI - VI 6º funcionamento de empresa. Deve criar entre uma
empresa de prestação de serviços e/ou a
comercialização de produtos voltados à segurança do
trabalho, atentando-se que tanto quanto a pessoa
jurídica ou produto ambos deverão ser distintos dos
que existentes no mercado de negócios.
Carga horária = 100h

2.4. Prazos

Para cada semestre a Coordenação do Curso adotará o prazo para a


entrega das atividades e que será divulgado logo de inicio ao período equivalente
das aulas do Curso Superior de Tecnologia em Segurança no Trabalho, no formato
previamente definido pela Ficha de Atividade (API)

2.5. Avaliação

A nota será auferida e expressa em grau numérico variando entre 0 (zero) e


10 (dez) pontos.

A nota para os projetos integradores é única, não admitindo prova substitutiva ou


exame. O aluno é aprovado na disciplina de Projetos Integradores caso obtenha
nota igual ou superior a 6 (cinco) pontos.

Fica a critério da coordenação do curso designar os professores que avaliarão o


projeto sendo necessário o mínimo de 3 professores avaliadores que poderão
questionar sobre as temáticas abordadas no respectivos projetos apresentados
para darem sua nota final.

O procedimento adotado para avaliação será por meio de apresentação de


seminário dos alunos que compuseram grupos de estudos, no qual, submeterão
analise conforme as questões pré-estabelecidas na planilha de nota, observará
segundo os itens nela indicada, ou seja:
11
 Apresentação oral – verificação do domínio do assunto pela exposição do
grupo;
 Trabalho escrito – analise do conteúdo e a estética apresentada pelos
alunos do trabalho escrito;
 Arguição nas questões – avaliação individual dos membros do grupo sobre o
tema estudado;

Para o lançamento das notas e organização da apresentação dos trabalhos,


utilizar-se-á o formulário abaixo que registrar o evento de encerramento da serie
em curso:

Processo de Avaliação - NOTA

12
3. Da participação do aluno no projeto integrador

O aluno e/ou grupo desenvolverá as atividades estabelecidas no período correlatas


ao semestre matriculado e, com o acompanhamento do Professor designado para
orientação que, mediante o protocolo do trabalho aplicado e efetuado pelo Discente,
avaliará e adotará a nota conforme o desempenho.

Em relação à nota, essa por sua valoração servirá parte da média de aproveitamento do
semestral, juntamente com as demais disciplinas.

Cumpre o Aluno observar as seguintes responsabilidades:


a) Atender na integra o tema adotado;
b) Organizar e executar o exercício adotado sob a orientação e a supervisão do
Professor;
c) Obedecer ao prazo estabelecido para entrega da atividade;

Atentar-se as normas estabelecidas pela Diretoria da Instituição e Coordenação sobre o


desenvolvimento das atividades, bem como, aos prazos estabelecidos.

Importantíssimo salientar que as atividades deverão compartilhar entre os colegas e a


classe em geral, sobre os resultados e os pontos objetivados na pesquisa, com o fim de
conferirem os níveis desejáveis antes mesmos da feitura sobre a segurança do trabalho,
mediante as questões advieram pela prevenção adotada, redução das incidências dos
acidentes do trabalho e proteção à saúde dos colaboradores da organização escolhida.

Na realização da pesquisa devam ser lançados em forma de trabalho escrito, todos


os dados e informações apurados, assim como, fontes de pesquisa e resultados, de sua
justificativa e conclusão pertinentes (segundo os parâmetros estipulados de apresentação
pela ABNT). Lembrando que o alvo principal do Projeto Integrado confere na formação do
gestor em habilita-lo a solucionar os grandes desafios empresariais.

É interessante fazer uma boa análise da cadeia de produtiva (produto e serviço) e a


utilização da mão de obra diante dos aspectos de prevenção de acidente e doença
ocupacional.

13
3.1. Ferramenta de auxilio das atividades do Projeto Integrado

Dentre muitas que existe no segmento da Administração de Empresa,


fundamentalmente, para o projeto em destaque que necessita um analise de maior
detalhamento, poderá ser adotado o sistema o SWOT (strength, weaknesses, opportunities
and trends), traduzindo: Força, fraquezas, oportunidades e tendências, que verifica as
forças e fraquezas no ambiente interno da organização e, por conseguinte, oportunidades
e riscos no ambiente externo da empresa que influenciará seu lucros, perdas e a imagem
junto aos seus fornecedores e consumidores.

3.2. Os aspectos que correlacionam os recursos humanos

Nesse sentido, o Aluno do Curso Superior de Tecnologia em Segurança no


Trabalho, pode utilizar de estratégica a indicação dos caminhos a serem adotados na
prevenção de incidentes trabalhista com o envolvimento do setor de recursos humanos,
pois, esse contribuirá com a conscientização dos trabalhadores o quanto é importante a
prevenção de acidentes, ainda, se valida no crescimento potencial ecumênico e social da
empresa, haja visto a implantação de uma política prevencionista que demonstre a
vantagem competitiva no mercado, a redução de custos e a propensas eliminação das
obrigações indenizatória, tendo em vista das ações judiciais reparadoras dos que
vitimaram sob o acidente e doença ocupacional.

3.3. Elaboração da conclusão

Fazer considerações finais relevantes e quaisquer observações necessárias para o


encerramento do trabalho escrito.

3.4. Do trabalho escrito

Deve conter documentações complementares relevantes para comprovação e


validação de dados apresentados na atividade do projeto integrador, como:

a. Abordagem das disciplinas e a atividades prescritas ao projeto integrador, com seus


aprofundamentos e importâncias para as questões de segurança no trabalho X
gestão e tecnologia;

b. Consistência entre o assunto e sua abordagem com as fontes de pesquisa;

c. Ressalvas entre a doutrina e a prática adotada no trabalho escrito;

14
d. Além disso, outro componente importante; é a aderência da pesquisa teórica na
situação prática vivenciada na empresa escolhida como fonte de estudo.

3.4.1. .Estrutura de elaboração do trabalho escrito.

A estrutura que caberá os participantes observarem para elaboração dos


trabalhos do Projeto Integrador de cada período consiste nas seguintes
disposições:
MODELO

CAPA

15
a. Pré-Texto:

• Capa: deve conter o nome da faculdade, o título da obra, os nomes dos


autores, área de concentração, local e data.

• Folha de Rosto: repetem-se os elementos da capa e inclui-se a disciplina e o


nome do professor orientador.

b. Páginas Preliminares:

• Dedicatória: é um item opcional, onde o autor presta homenagem ou dedica


seu trabalho.

• Agradecimentos: espaço dedicado ao agradecimento às pessoas ou


colaboradores que auxiliaram de forma significativa para a execução do
trabalho.

• Resumo (máximo 10 linhas): condensação do estudo mencionando as


principais contribuições do trabalho para a sociedade científica e leitores em
geral.

• Sumário: enumera as divisões dos capítulos e numeração das páginas na


ordem em que se sucedem no decorrer do texto.

• Listas: de tabelas, gráficos, figuras etc...

c. Texto:

 Introdução: Apresentação do tema; justificativa do tema escolhido; objetivos


gerais e específicos; problema pesquisado; definições, categorias e
conceitos utilizados.

• Corpo do Trabalho: Desenvolvimento do trabalho propriamente dito, dividido


em capítulos a serem definidos de acordo com sua necessidade. Devem seguir
uma ordenação lógica das ideias.

• Desenvolvimento do Tema: Descrição e documentação de todas as


atividades de pesquisa. Desenvolver o Relatório Pessoal procurando sempre
relacionar o aprendizado teórico e prático no decorrer do trabalho com o
aprendizado teórico em aula.

• Metodologia: Tipo de pesquisa; apresentação e justificativa do método


escolhido; descrição da população; descrição, justificativa e maneira de
selecionar a amostra; apresentação das técnicas e material de pesquisa
(colocar em anexo cópia do instrumento de coleta de dados); limitações da
pesquisa.

16
• Análise dos Resultados: A descrição dos dados obtidos pode ser
apresentada por meio de tabelas, quadros, gráficos, figuras. Se o trabalho for
de pesquisa de campo.

d. Conclusões: A essência do estudo está na conclusão que deverá


corresponder aos objetivos do trabalho. A conclusão deve ser breve, clara e
objetiva, apresentando visão analítica do corpo do trabalho.

Na conclusão podem ser incluídos: a sua opinião sobre o estágio realizado, citando
aspectos positivos e negativos para seu aprimoramento profissional; as atividades
mais interessantes; os pontos convergentes e divergentes em
relação ao curso; o relato das dificuldades encontradas com relação aos
conhecimentos técnicos e atuação prática; a análise sobre quais das disciplinas de
seu curso mais contribuíram para sua capacitação profissional.

e. Pós-Texto:

 Referências Bibliográficas: É a relação dos autores e obras consultadas


para a elaboração do trabalho. Devem constar todas as fontes que
realmente foram consultadas, para mostrar o conjunto utilizado e para
permitir que as pessoas interessadas consultem as fontes utilizadas.

• Anexos: É a parte do trabalho onde se colocam dados elucidativos à


compreensão do texto. (Tabelas, figuras, gráficos etc).

f. Especificações Gráficas:

• Margens:
Superior: 3 cm
Inferior: 2 cm
Esquerda: 3 cm
Direita: 2 cm

• Tamanho do Papel:
A4 – medidas 21,0 cm x 29,7 cm

 Parágrafo: os trabalhos deverão ser necessariamente “micrados”.


Alinhamento: justificado
Espaçamento: entre linhas: 1,5 linha
Recuo de parágrafos: 1,25 cm

 Fonte
Fonte: Times New Roman - Tamanho: 12

• Numeração de Páginas
Lado direito do cabeçalho.

• Dados de Identificação (folha de rosto)


17
Adequar os nomes do relatório, dos alunos, professor orientador do curso, área
de concentração, número de matrícula, curso, série e turma.

3.4.2. Cronograma de atividades

Para o acompanhamento das atividades dos trabalhos desenvolvidos pelos


Alunos, caberá o Professor Orientador dispor de cronograma das etapas a serem
cumpridas e, respectivamente, anotação do atendimento das tarefas designadas
em conformidade ao período programado.

Com o propósito de auxiliar o Professor Orientador nos lançamentos das etapas


delineadas e atendidas pelos Alunos, segue abaixo o formulário denominado de
“Programação de Atividades- projeto integrador” como instrumentos de registro da
evolução participativa dos Acadêmicos do Curso Superior de Tecnologia em
Segurança no Trabalho:

Alternativamente, também poderá o Professor Orientador aplicar para o controle


das atividades do projeto Integrador, a “Ficha de Acompanhamento”, aparato de
registro planilha de controle da etapa do trabalho a ser desenvolvido, bem como a
presença nos encontros de orientação dos alunos participantes, como também, as
notas por cada um recebido, conforme dispõe abaixo:
18
Período:
FNC FICHA DE ACOMPANHAMENTO
Curso: Turma: Serie PI:

PROF (A). ORIENTADOR (A):


TEMA:
Nome Orientado/ Grupo RA

Encontro Visto do

Data Assunto abordado Orientação
Orientado

3.5. Apresentação

Além do trabalho escrito a ser apresentado pelo grupo, em conformidade os


parâmetros normativos para sua confecção, deve também, atentar:
a) Elaborando relatório conclusivo e suas ponderações;
b) Formar grupos de 03 a 05 alunos de mesmo curso e período;
c) Os componentes do grupo serão orientados por um professor orientador do
projeto, devendo seguir as instruções do Manual e demais orientações que
forem proferidas pela Instituição;
d) Projeto terá 100 horas por semestre a ser desenvolvimento e apresentação,
entre pesquisas, elaboração de relatório de visitação e participação de
atividades designados pelos professores de disciplina e outros
complementos que contribuirão a feitura dos trabalhos indicados e/ou
escolhidos.
e) A nota a ser atribuída ao projeto deverá ser levado em conta o trabalho
escrito, apresentação oral ou outra atividade e a composição dessas notas,
será calculada a média final do trabalho, entre 0,0 a 10,0;
f) Professor orientador do projeto poderá rejeitar total ou parcialmente o
trabalho apresentado em um encontro, observando as exigências de

19
trabalhos complementares no campo observações da Ficha de Controle –
Programação de Atividade;
g) As Fichas de Controle – Programação de Atividade deverão ficar em uma
pasta em poder do professor orientador do projeto, que ao final do semestre
será entregue coordenador do curso, juntamente com o trabalho avaliado de
cada grupo e demais informações;

3.6. Acompanhamento dos trabalhos

Todos os professores do módulo corrente poderão ser designados a


acompanhar o processo de planejamento e execução do projeto integrador
orientado, apoiando e interferindo quando for necessário.

O Núcleo de Apoio Psicopedagógico (NAP), ficará a disposição para suporte


metodológico no âmbito didático-pedagógico aos professores e alunos durante o
planejamento e execução do Projeto Integrador Orientado, além de colaborar com
a coordenação do curso, no tocante as apresentações dos trabalhos. (em
conformidade com a disponibilidade e agenda dos profissionais deste
departamento).

3.7. Avaliação

Embora já referido anteriormente no item “2.5”, compreende a nota total da


serie do Projeto Integrador que os Alunos obterão no semestre. Todavia, antes fará
parte desta nota a elaboração do trabalho escrito que consignará como parte (1/3)
um terço da média da nota semestral, se faz necessária a sua menção dispondo
que a nota será auferida ao aluno participante com variedade de 0,0 (zero) a 4,0
(quatro) pontos, não admitindo outra em substituição ou exame. Para aprovação na
disciplina de Projeto Integrador referido no semestre em exercício caberá nota igual
ou superior a 6,0 (seis) pontos na medial final.
A nota sobredita da atividade escrita será aplicada pelo Professor Orientador,
mediante as observações e análises estabelecidas na Ficha de Avaliação, sque
segue abaixo:

20
3.7.1. Ficha de avaliação

FICHA DE AVALIAÇÃO – Projeto Integrador


Curso: Turma: Modulo:
Tecnologia em Segurança no Trabalho PI –
Tema: Data:
Professor Examinador: Visto:

Nome Orientando/GRUP0 R.A

CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO
Critério Itens analisados Peso Nota
Apresentação geral da
atividade linguagem
Aplicação das normas ABNT. Linguagem e estética 20%
Resumo - Apresentação, objetivos, metodologia,
Resumo e introdução resultados e palavras-chave. 10%
Introdução – a abordagem da pesquisa e seu objetivo.
a) Analise da quantidade e qualidade das obras
pesquisadas;
Desenvolvimento e a
b) A interligação entre a teoria à prática sobre gestão
fundamentação teórica,
Artigo

e segurança do trabalho;
bem como a
c) Conteúdo presente a disciplina aplicada no
consistência do assunto 50%
semestre;
abordado.
d) Conveniência aos objetivos do conhecimento e
assunto abordado.
a) Explora o tema abordado;
b) Reflete o problema e as hipóteses pesquisadas;
c) Refere-se a aplicabilidade da teoria e a pratica e a
Conclusão
objetividade;
d) As dificuldades deparadas e a sugestão de novas 20%
pesquisas sobre o tema escolhido;
Analise da a) Dominio
Banca

apresentação: b) Recursos Didaticos


c) Postura
d)

TOTAL FINAL

3.7.2. Banca

Será formada a Banca constituída com 03 (três) Professores que


dispuseram o apoio técnico e de condução dos assuntos pertinentes aos tópicos
definidos a etapa programada e atentarão a avaliação conforme o critério
deliberado na “Ficha de Avaliação”, bem como, com as notas proporcionais que
variam de 0,0 (zero) a 6,0 (seis) referente apresentação e a arguição perante os
examinadores .
21
3.7.3. Inscrição

A inscrição dos componentes do grupo participante deverá ser efetuado por


formulário próprio o qual será utilizado para o cadastramento e registro de
lançamento de atividades e nota obtida durante as etapas do Projeto Integrador.

FORMALIZAÇÃO DO GRUPO DE ESTUDO E DEFINIÇÃO DO TEMA


Projeto Integrador
Curso: Turma Período

O objetivo deste documento é formalizar a composição do grupo que irá realizar as


atividades previstas no Projeto Integrado a ser realizado durante o semestre letivo de
_______.

COMPOSIÇÃO DO GRUPO
Nome RA e-mail Telefone

Tema proposto:
Justificativa:

Professor Orientador: Assinatura:


Avaliação do tema:
[] Deferido [] Não deferido
Manifestação e orientação:

CRONOGRAMA
Dia/mês Etapa Observação

22
4. Da participação do Orientador Professor

Ao Aluno e/ou aos grupos de alunos serão indicados professores orientadores para
desenvolverem as atividades definidas anteriormente e aplicação do conhecimento nas
disciplinares interligadas.

As orientações serão aplicadas semanalmente, com presença obrigatória do aluno e/ou do


grupo.

Tanto a presença e a desenvoltura da atividade devem ser lançadas em registro em


próprio que identifique os participantes e a fase do processo de elaboração.

Como instrumento de orientação será disponibilizado aos alunos, especificamente, no site


da Faculdade Nossa Cidade o Manual de Orientação que contribuirá nas etapas do
processo de construção da atividade designada.

Ao Professor que supervisionará as atividades em questão competirá:

a) Aprovar a escolha do tema sugerido pelo grupo, Segundo os objetivos do projeto


Integrador
b) Facilitar os meios para realização do trabalho;
c) Sugerir métodos e técnicas e indicar bibliografia, quando necessário;
d) Orientar e esclarecer os alunos em suas dúvidas;
e) Incentivar o trabalho dos alunos;
f) Acompanhar o cronograma dos alunos sob sua orientação;
g) Dar feedback aos alunos no decorrer do trabalho.

23
Quadro das Atividades do Projeto Integrador
Código Descrição Serie - PI

PI -01 Instrução de estruturação dos trabalhos

Registro de empresa colaborador


PI-02 Planilha: Check list para levantamento de atendimento das
exigências normativas – SESMT
Detecção das condições e práticas inseguras no ambiente
PI-03 de trabalho I
Planilha: Análise das praticas e das condições inseguras

Preenchimento dos Quadros III, IV, V e VI, da Norma


PI-04
Regulamentadora nº 4, Port. 3214/78

Profissionais da Segurança no Trabalho


PI – 04/A
Planilha: Questões e respostas

Os fatores que influenciam no ambiente de trabalho nas


PI-05 II
concepções das ciências da física e da biologia

PI-06 Atividades Preventivas com Produtos Químicos III

Construção metodológica para a identificação de risco para melhor


PI-07 IV
acuracidade da avaliação de riscos ambientais do trabalhado

24
ATIVIDADE DO PROJETO INTEGRADOR
Curso Turma Período PI – serie Código

Tecnologia em Segurança no Trabalho 1º sem 20... I PI -01


Tema:

Instrução de estruturação dos trabalhos do projeto integrador


Interdisciplinas:

Todas as Disciplinas
Orientador:

Introdução

Este material é o instrumento de consulta e de orientação aos Alunos do Curso Superior de


Tecnologia em Segurança no Trabalho em que deverão observar a estética e a formatação
a ser adotado nos trabalhos de pesquisas a serem desenvolvidos e entregues aos
Professores Orientadores.

Objetivo Geral

Com o objetivo de obter padronização na formatação dos trabalhos de pesquisa do Projeto


Integrado – PI e neste documento estão sugeridos: tipo e tamanho de fonte, posição e
formato de títulos e sequencia das partes integrantes do trabalho. Importante ressaltar que,
conforme NBR 14724:2002, “o projeto gráfico é de responsabilidade do autor do
trabalho”. Entretanto, os elementos que são normatizados deverão ser atendidos.

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DOS TRABALHOS CIENTIFICOS


Assunto Instrução
Capa: deve conter o nome da faculdade, o título da obra, os nomes dos
autores, área de concentração, local e data.
Pré-Texto
Folha de Rosto: repetem-se os elementos da capa e inclui-se a disciplina
e o nome do professor orientador.
Dedicatória: é um item opcional, onde o autor presta homenagem ou
dedica seu trabalho.

Agradecimentos: espaço dedicado ao agradecimento às pessoas ou


colaboradores que auxiliaram de forma significativa para a execução do
Páginas trabalho.
Preliminares
Resumo (máximo 10 linhas): condensação do estudo mencionando as
principais contribuições do trabalho para a sociedade científica e leitores
em geral.

Sumário: enumera as divisões dos capítulos e numeração das páginas


na ordem em que se sucedem no decorrer do texto.
25
Listas: de tabelas, gráficos, figuras etc...
Introdução: Apresentação do tema; justificativa do tema escolhido;
objetivos gerais e específicos; problema pesquisado; definições,
categorias e conceitos utilizados.

Corpo do Trabalho: Desenvolvimento do trabalho propriamente dito,


dividido em capítulos a serem definidos de acordo com sua necessidade.
Devem seguir uma ordenação lógica das ideias.

Desenvolvimento do Tema: Descrição e documentação de todas as


atividades de pesquisa. Desenvolver o Relatório Pessoal procurando
Texto sempre relacionar o aprendizado teórico e prático no decorrer do
trabalho com o aprendizado teórico em aula.

Metodologia: Tipo de pesquisa; apresentação e justificativa do método


escolhido; descrição da população; descrição, justificativa e maneira de
selecionar a amostra; apresentação das técnicas e material de pesquisa
(colocar em anexo cópia do instrumento de coleta de dados); limitações
da pesquisa.

Análise dos Resultados: A descrição dos dados obtidos pode ser


apresentada por meio de tabelas, quadros, gráficos, figuras. Se o
trabalho for de pesquisa de campo.
A essência do estudo está na conclusão que deverá corresponder aos
objetivos do trabalho. A conclusão deve ser breve, clara e objetiva,
apresentando visão analítica do corpo do trabalho.

Na conclusão podem ser incluídos: a sua opinião sobre o estágio


Conclusões realizado, citando aspectos positivos e negativos para seu
aprimoramento profissional; as atividades mais interessantes; os pontos
convergentes e divergentes em relação ao curso; o relato das
dificuldades encontradas com relação aos conhecimentos técnicos e
atuação prática; a análise sobre quais das disciplinas de seu curso mais
contribuíram para sua capacitação profissional.
Referências Bibliográficas: É a relação dos autores e obras consultadas
para a elaboração do trabalho. Devem constar todas as fontes que
realmente foram consultadas, para mostrar o conjunto utilizado e para
Pós-Texto
permitir que as pessoas interessadas consultem as fontes utilizadas.

Anexos: É a parte do trabalho onde se colocam dados elucidativos à


compreensão do texto. (Tabelas, figuras, gráficos etc).
Margens:
 Superior: 3 cm
 Inferior: 2 cm
 Esquerda: 3 cm
Especificações  Direita: 2 cm
Gráficas:
Tamanho do Papel:
 A4 – medidas 21,0 cm x 29,7 cm
 Parágrafo: os trabalhos deverão ser necessariamente “micrados”.
 Alinhamento: justificado
 Espaçamento: entre linhas: 1,5 linha
26
 Recuo de parágrafos: 1,25 cm

Fonte
Fonte: Times New Roman - Tamanho: 12

Numeração de Páginas
Lado direito do cabeçalho.

Dados de Identificação (folha de rosto)


Adequar os nomes do relatório, dos alunos, professor orientador do
curso, área de concentração, número de matrícula, curso, série e turma.

27
Controle:
PROJETO INTEGRADOR
FNC Atividade – Registro de Empresa Colaboradora PI - 02
Proposta

Atividade inicial de indicação de empresa que será adotada como mecanismo de


estudo para gestão das questões de segurança no trabalho
Professor

Introdução

As atividades desenvolvidas pelo Projeto Integrador tratam-se de um método


pedagógico desenvolvido por meio de um conjunto de tarefas idealizadas com
objetivo:

a. Contribuir com o aprendizado;


b. Incentivar o estudo autônomo e solidário entre colegas;
c. Aproximação da teoria e prática com atividades de pesquisas e campo;
d. Ampliar os conhecimentos sobre os conteúdos estipulados nas diretrizes do
Curso.

Da atividade

Com o propósito de gerar desafios ao Estudante e estimula-lo a buscar


maior aprofundamento sobre determinado tema que condiz com a vida profissional,
está tarefa versa em que o grupo caberá encontrar uma empresa, na qual se possa
desenvolver a atividade proposta.

Orientamos que a empresa poderá ser aquela em que um dos membros trabalhe,
porém deva ser consultada e dela obter a autorização de seu representante legal
que permita utilizar os dados das instalações de sua constituição que servirão de
instrumentos laboratoriais de pesquisa, notadamente, elementos sobre sua
funcionalidade referente à segurança e medicina do trabalho.

As informações em pauta servirão de parâmetros em que a equipe utilizará como


mecanismo de aprimoramento no ramo de prevenção de segurança e medicina do
trabalho.

Ainda, a detecção das condições e/ou práticas existentes na empresa em estudo,


sobre segurança no trabalho, servem como palco de analise que possibilite gerar
opiniões de melhorias e, diante dos ensinamentos transmitidos em sala aula,
viabilizem aos Alunados a percepção das necessidades de aprimoramento ou
adoção de medidas que resultem o impedimento das nocividades que venham
atingidos os trabalhadores daquela organização.

28
Participação

Para a elaboração das atividades, os alunos deverão previamente organizar-se em


equipes de 3 participantes, compreendendo que a referida equipe manterá durante
todas as missões pré-estabelecidas durante o curso, podendo alterar com a breve
justificativa e autorizada pela Coordenação do Curso.

Tarefa

1º Passo

Após a formação do grupo identifique a empresa que fornecerá os dados e


permitirá a visitação de suas instalações para que, oportunamente, sejam
identificadas as necessidades de medidas preventivas em conformidade as
orientações extraídas com os professores das disciplinas indicadas para atividade
proposta.

2º Passo

O grupo após a escolha da organização deva obter por escrito do responsável legal
a autorização do uso das informações que ensejarão no desenvolvimento das
atividades do Projeto Integrador.

3º Passo

Preencha o formulário denominado Atividade de Pesquisa – TST – 001/2013 que


constituirá de documento de participação do exercício proposto.

Conclusão

Vencidas as etapas caberá à equipe efetuar a entrega ao responsável das


atividades de do Projeto Integrador, até a data a ser anunciada em sala de aula
para a avaliação e lançamento de nota.

Bons estudos.

29
Código:
FNC Projeto Integrador PI -02
Etapa Grupo Período/ano Curso Disciplina

Componentes do Grupo RA

Tema:

IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA EM ESTUDO


Razão Social

Localização

Contato nome Cargo Depto/Seção

Ramo de Atividade Nº de Empregados CNAE

Atividade Porte
Indústria Comércio
G M P Micro Indiv.
Serviço outro____________
Missão e Valore da empresa indicadas:

ANALISE DO GRUPO
Justificativa do Grupo pela escolha da Empresa.

Grau de conhecimento sobre Segurança e Medicina do Trabalho pela Empresal

Atendimento e aplicação da Legislação prevencionista

Conscientização e treinamento sobre atitudes ou condução das praticas prevencionistas

Planos e Implantações prevencionistsa aplicados e os resultados obtidos

30
CONCLUSÃO DO GRUPO

31
Controle de Recebimento
Data Entrega Visto Coordenação Crédito Data Lançamento

FNC CHECK-LIST PARA LEVANTAMENTO DE ATENDIMENTO DAS


Projeto Integrador EXIGENCIAS NORMATIVAS - SESMT
Atividade Atendimento
Espécie Natureza Modalidade Preventivo Fiscal Imediato Programar
Ruído
Insalubridade Calor
(NR 15) Químico/Poeira
Líquidos Inflamáveis
Periculosidade Gases Inflamáveis
(NR 16) Radiação Ionizante
Inst. Elétricas
Iluminamento
Postos de Trabalho
Ergonômico
INSPEÇÃO (NR 17) Tendinite (LER /DORT)
Condições Ambientais
Instalações Elétricas
Elétrico
Pára raios
(NR 10)
Cargas Eletrostáticas
Curso Eletrecista
Caldeiras e Vasos de Pressão - NR 13
(Livro e Inspeção)
LTCAT Laudo Técnico de Condições
Ambientais de Trabalho
PPRA - Programa de Prevenção de Riscos
Ambientais
PCMSO - Programa de Controle Médico de
Saúde Ocupacional
PCMAT - Programa de Condições e Meio
PROGRAMAS Ambiente de Trabalho na Construção Civil
art. 58 e seus §§, da Lei nº 8.213, de 24/07/91
PPP- Perfil Profissiográfico Previdenciário
Relatório Anual (item 4.12, alínea “i” da NR-4
da Portaria nº 3.214 de 1978)
Atividade em Altura – NR 35
Projeto de Proteção e Combate a Incêndio NR
23 – CB
Acompanhamento de Perícias Judiciais
CETESP (Licença Prévia e de Instalação,
Estudo de Viabilidade; Recurso de Multa; Área
de Manancial; Poluição Ambiental Química e
Ruído; Ruído na Vizinhança e Redução de
OUTROS Ruído)
Declaração de Instalação – NR 2
CONTRU (A.V.S. - Auto de Verificação e
Segurança; Aprovação de Projetos; Licença
de Funcionamento; Laudos; Atestados;
Revalidação; Instalação; Enquadramento em
Técnicas de Segurança)
PREFEITURA - Regularização
Consultoria
Implantação
32
CIPA Curso para membro de Cipa
(NR 5) Mapa de risco
Operador de Empilhadeira/outro – NR 11
CURSOS Eletricista (Instalações Elétricas) - NR 10
Construção civil – NR 18 (Engenheiro)

Codigo:
FNC PROJETO INTEGRADOR
PI - 03
Proposta

Detecção das condições e praticas inseguras no ambiente de trabalho


Professor

Introdução

O exercício proposto incide sobre a importância da analise ambiental do trabalho,


com a utilização, preliminarmente, da visualização e percepção da funcionalidade
produtiva e/ou das atividades laborais procedidas de determinada organização.

Embora existam várias escolas doutrinárias da administração de empresa que


conceituam e definam as ferramentas que contribuam a melhoria da qualidade
produtiva, o que não poderia de deixar de ser inserida no assunto da matéria
prevencionista e, como alavanca de analise ambiental a inspeção de verificação
das circunstancia do local é a proposta desta atividade.

Assim, as objetividades deste exercício compõem-se:

a. Contribuir com o aprendizado;


b. Destacar a importância da vigilância do ambiente de trabalho para tomada
de decisão das medidas prevencionista;
c. Aproximação da teoria e prática com atividade de averiguação da presença
em determinado local de trabalho a existência de condições e de atos
inseguros;
d. Ampliar os conhecimentos sobre os conteúdos estipulados nas diretrizes do
Curso.

Da atividade

Para distinguir condições e atos inseguros, os grupos de Alunados por meio


de um cenário cinematográfico que registra em determinada época a vida dos
trabalhadores e as condições ambientais de trabalho.

Para tanto, como fundo de debate e comparação foi escolhido o filme titulado
“Tempos Moderno”, produção realizada em 1936, com direção e participação no
elenco de Charles Chaplin, com o personagem Carlitos;
33
Participação

Para a elaboração das atividades, os alunos deverão previamente organizar-se em


equipes de 3 participantes, compreendendo que a referida equipe manterá durante
todas as missões pré-estabelecidas durante o curso, podendo alterar com a breve
justificativa e autorizada pela Coordenação do Curso.

Tarefa

1ª Missão – Pesquisa de base

Assistir o filme Tempos Modernos (Modern Times, EUA 1936 Direção:


Charles Chaplin). Este é o ultimo filme mudo de Chaplin, que revela o mundo
urbano nos Estados Unidos na década de 30, logo após a crise de 1929, quando a
depressão atingiu toda a sociedade norte-americana, consequentemente, gerando
um índice elevado de desemprego. O acesso à película poderá ser pelo site da
youtube, com o seguinte link:
http://www.youtube.com/watch?feature=endscreen&v=7RHtkFhfJqI&NR
=1

Orientação
Para atendimento desta atividade, as cenas projetadas na longa
metragem em estudo se recomenda assistir os primeiros 15 minutos. O
período das cenas sugeridas consiste os tópicos principais para
desenvoltura da proposta em exercício.

2ª Missão - Produção acadêmica

Após ter assistido o filme sobredito, ler também o texto histórico do filme
“Tempos Modernos”, disponível em:
https://docs.google.com/document/edit?id=1s1wSupW964fwG3QxX4IH0bolcoOAq
H5__b3jd2gaezE&hl=en#. Acesso em: 24 de fevereiro de 2012.

3ª Missão – Preenchimento do formulário: “Analise das Praticas e Condições no


Ambiente de Trabalho” em apenso nesta atividade, no qual caberá o grupo apontar
as irregularidades (ato e condição insegura) presentes no cenário da
cinematográfica sugerida.

Conclusão

Vencidas as etapas caberá à equipe efetuar a entrega ao responsável das


atividades de do Projeto Integrador, até a data ajustada em sala de aula com o
professor orientador, para a avaliação e lançamento.

Bons estudos.
34
Ficha nº
FNC ANÁLISE DAS PRÁTICAS E DAS CONDIÇÕES NO AMBIENTE DE TRABALHO
PI – 03
Data Horário Local / Setor Telefone/ramal

Descrição da análise

Responsável pelo Local/Setor Responsável pela elaboração

Etapas de Trabalho Riscos Medidas Preventivas

Equipe Professor
Código:
FNC PROJETO INTEGRADOR
PI - 04
Proposta

Preenchimento dos Quadros III, IV, V e VI, da Norma Regulamentadora nº 4, Port. 3214/78
Professor

Introdução

A Atividade proposta neste Projeto Integrador refere-se a obrigatoriedade do


Profissional de Segurança e Medicina do Trabalho em atender a exigência da
Portaria M.T.E nº 3214/78, em especial, a Norma Regulamentadora – NR nº 4, sobre
o preenchimento e encaminhamento junto ao Ministério do Trabalho e Emprego os
Quadro sobre as ocorrências de acidentes e doenças ocupacionais que tenham
ocorridos na organização se esteja aquele vinculado.

Objetivo

Assim, as objetividades deste exercício compõem-se:

a. Contribuir com o aprendizado;


b. Ter habilidade e compreensão sobre o preenchimento dos formulários
incididos na NR 4, Quadros III, IV, V e VI, da Portaria M.T.E. nº 3214/78;
c. Aproximação da teoria e prática com o estudo da utilização de banco de
dados e estatísticas sobre doenças, acidentes e questões que envolvam o
trabalhados.
d. Ampliar os conhecimentos sobre os conteúdos estipulados nas diretrizes do
Curso.

Da atividade

Devido a atividade desenvolvida no Projeto Integrador nº 01 (GST – 01/2013),


no qual, foi a tarefa de indicar uma empresa para ser palco de estudo sobre
segurança no trabalho, serve a mesma para contribuir na feitura deste exercício, a
fim de preencher os Quadros mencionados da NR 4.

Para tanto, os participantes obterão as informações da organização escolhida e, em


conformidade a exigência dos campos dos citados formulários, nele caberão lançar
os dados obtidos como atendimento do exercício proposto.

Participação

Para a elaboração das atividades, os alunos deverão previamente organizar-se em


equipes de 3 participantes, compreendendo que a referida equipe manterá durante

36
todas as missões pré-estabelecidas durante o curso, podendo alterar com a breve
justificativa e autorizada pela Coordenação do Curso.

Tarefa

1ª Missão – Pesquisa de base

Obter os formulários dispostos na NR 4, da Portaria M.T.E nº 3214/78.

2ª Missão – Pesquisa e reunião de dados

Após adquirido os formulários exigidos pela Norma sobredita, a equipe reunirá


as informações sobre as ocorrências de acidentes, doenças ocupacionais e demais
elementos que são requisitados pelos instrumento em questão.

3ª Missão – Preenchimento dos formulários

Na sequencia, preenche os formulários referidos no “Quadros da NR 4” na


forma estabelecida nos campos naquele exigido.

Conclusão

Vencidas as etapas caberá à equipe efetuar a entrega ao responsável das


atividades de do Projeto Integrador, mediante capa com Titulo – “Quadros – NR4”,
bem como o rol dos participantes do grupo, até a data ajustada em sala de aula com
o professor orientador, para a avaliação e lançamento.

Bons estudos.

37
FNC PROJETO INTEGRADOR
Curso Turma Período PI – serie Cód. At.

Tecnologia em Segurança no Trabalho Noturna 1º Sem “I” PI – 04 /A


Tema:

Profissionais da Segurança no Trabalho – Aula Aberta


Interdisciplinas:

Fundamentos da Segurança no Trabalho


Orientador: Prazo de elaboração

Imediato
Capacitação:

Como aplicar e atender as exigências previstas na Portaria 3214/78 do M.T.E, sobre a


obrigatoriedade da contratação dos Profissionais do SESMT pelas empresas, bem como,
analisar as atribuições e/ou responsabilidades que cada um daqueles lhes competes nas
atividades prevencionistas contra doenças e acidentes no trabalho.
Objetivo:

Conhecer os processos de dimensionamento dos profissionais do SESMT


Tarefas:

 Reunir grupo com 03 componentes e dirigirem para biblioteca, a fim de acessar o


acervo e, por conseguinte, desenvolver o estudo proposto;
 Pesquisar junto o acervo da Biblioteca da Instituição as obras indicadas no item
“Recurso” sobre o tema proposto;

Pesquisar, ainda, a legislação pertinente ao tema disciplinada na NR 4, da Portaria
3214/78;

Responder o questionário (anexo) em folha separada, com a indicação dos
componentes (fundamentação) e as respectivas respostas na ordem crescente;

Depois de respondido o questionário, efetuar a entrega da atividade na sala de aula,
oportunamente que será desenvolvido os comentários e as analises do trabalho
desenvolvido, como também, responder a chamada.
Metas

 De maneira didática, demonstrar a importância da pesquisa com a utilização dos


meios contidos pelo acervo da biblioteca da Instituição, na qual se extrai todas as
informações que agregam os conhecimentos e o preparo que determina o exercício
da profissão escolhida.
Recursos de Apoio

Bibliografia:

FILHO, Antonio Nunes Barbosa. Segurança do trabalho & gestão ambiental. 2º ed., São
Paulo: Atlas, 2008.
SALIBA, Tuffi Messias. Curso básico de segurança e higiene ocupacional. 2ª ed., São
Paulo: LTr, 2008.
SANCHEZ, Adilson. A contribuição social ambiental – direito ambiental do trabalho. 1ª
ed. São Paulo: Atlas, 2009.
VIEIRA, Sebastião Ivone (coord.). Manual de saúde e segurança do trabalho. 2ª ed. São
Paulo: LTr, 2008.
Portaria nº 3214/78, NR 04 (Norma Regulamentadora – 4)
Anexos

Planilha de Questões - respostas

38
PLANILHA DE QUESTÕES/RESPOSTA

1. Quais as instituições que estão obrigadas a manter os Serviços Especializados em


Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT)?
Resposta

Fundamentação:

2. Como é feito o dimensionamento?


Resposta

Fundamentação:

3. Até quantos empregados, nenhum estabelecimento é obrigado a


constituir SESMT?
Resposta

Fundamentação:

4. Quem são os profissionais dos SESMT?


Resposta

Fundamentação:

5. Qual a relação de trabalho entre o empregador e o profissional


integrante do SESMT?
Resposta

Fundamentação:

6. Quais profissionais dos SESMT precisam ser registrados no MTE?


Resposta

Fundamentação:

7. Qual a carga horária prevista para os profissionais dos SESMT?


Resposta

39
Fundamentação:

8. Profissional integrante do SESMT pode exercer outras atividades nas


horas destinadas ao SESMT?
Resposta

Fundamentação:

9. Quem pode prestar os serviços terceirizados de SESMT?


Resposta

Fundamentação:

10. Na empresa, a quem compete esclarecer e conscientizar os empregados


sobre os acidentes do trabalho e doenças ocupacionais, estimulando-os
em favor da prevenção?

Fundamentação:

11. Os SESMT devem ser registrados em que órgão público?


Resposta

Fundamentação:

12. Como dimensionar os SESMT de estabelecimentos com empregados


exercendo atividades em diferentes gradações de risco?
Resposta

Fundamentação:

13. Qual a responsabilidade perante a Lei de um profissional dos SESMT


que comparece à empresa somente para assinar documentos?
Resposta

Fundamentação:

40
14. Qual o critério para centralização dos SESMT em canteiro de obra e
frentes de trabalho?
Resposta

Fundamentação:

41
ATIVIDADE DO PROJETO INTEGRADOR
Curso Turma Período PI – serie Cód. At.

Gestão Segurança no Trabalho 2º N “II” PI - 05


Tema:

Os fatores que influenciam no ambiente de trabalho nas concepções das


ciências da física e da biologia.
Interdisciplinas:

Fundamentos do Direito do Trabalho, Física e Biologia Aplicada.


Orientador: Prazo de elaboração

Capacitação:

a. Ciências Física e Biológica: Pesquisar os fenômenos conceituados entre os


referidos conhecimentos que possam explicar as ações nocivas de
determinados agentes presentes no ambiente de trabalho e que possam
afetar o trabalhador.
b. Verificar as políticas aplicadas de controle e de prevenção inseridas pela
organização para redução ou inibição dos agentes nocivos que geram
doenças e provocam acidentes no trabalho, com a observância a legislação
trabalhista.
Objetivo:

Aos participantes deverão eleger uma empresa que passa constituir como estudo de
caso e nela identificar os fenômenos estudos pelos conceitos das ciências em
debate.
Ainda, mediante pesquisa, elaborar artigo de trabalho que demonstre os fatores da
presença do fenômeno (físico e biológico), características, classificação, métodos de
analise e causa da nocividade, bem como, os aspectos legais em que a empresa
tenha e/ou deva suplantar como medida de prevenção, proteção e avaliação de
risco que proporcionem um ambiente de trabalho seguro e saudável para o
trabalhador.
Por fim, as conclusões sobre as sugestões que caberá a empresa adotar prol do
bem estar de seus empregados.

Fenômenos:

a. Ciência Física:
Fenômenos da física;
– Movimento dos corpos rígidos; (Organização do trafego interno de
pessoas e movimentação de cargas usando empinhadeira);
- Manipulação de objetos em fornos e câmaras fria;
- Alimentação elétrica de máquinas, motores e iluminação;
- Níveis de ruídos no ambiente escolhido;
- Radiações ionizantes nas estações de solda.
I. A corrente elétrica em termos dos elementos de um circuito elétrico e de
circuitos elétricos especiais;
II. O campo magnético, a força magnética e as fontes de campo magnético;
III. Os fenômenos ondulatórios;
IV. A óptica em termos da natureza luz, reflexão, refração e difração da luz e
as propriedades corpusculares das ondas;
V. A radioatividade, suas causas.
42
b. Ciência Biológica:
I. Micro-organismos patogênicos e formas de transmissão;
II. Uso da radioatividade e danos biológicos ocasionados em longo
prazo.
c. Legislação Social:
I. Insalubridade (NR15, Portaria M.T.E nº 3214/78 e artigos 189 a 192
da CLT)
Interdisciplinaridade

a. Fundamentos do Direito Trabalhista;


b. Biologia aplicada à segurança no trabalho, e
c.
Física aplica à segurança no trabalho
Concentração

Diante da pesquisa a ser desenvolvida


a. Identificar a empresa que será o cenário do estudo de caso,
complementando:
I. Atividade produtiva;
II. Localização;
III. Classificação Nacional de Atividade Econômica – CNAE;
IV. Nº de empregados (total e dos que encontram expostos aos
fenômenos pesquisados);
V. Agentes nocivos que serão os elementos de pesquisa;
VI. Departamento que se encontra o agente nocivo;
VII. Fontes de pesquisas (bibliografia e outros)
VIII. Método de pesquisa e análise;
IX. Fundamentos legais;
X. Fenômenos que são encontrados no ambiente de trabalhos e seus
efeitos e meios de controle.
XI. Demais elementos que elucidam a pesquisa a ser elaborada.
Tarefas:

1ª missão – Formação de grupo com 05 (cinco) participantes; (sortear os ramos de


atividade);
2ª missão – Criação de empresa fictícia (empregador) e do empregado com o
preenchimento da ficha de identificação;
Ramos de atividades:
Metalúrgica – construção de máquinas pesadas (pontes rolantes e guindaste);
construção civil (prédios verticais), automobilística (fabricação de caminhões),
indústria farmacêuticas (remédios e vacinas), química (fabricante de material de
limpeza), fabricante de lubrificante (derivada de petróleo) e aeronáutica (fabricantes
de avião);
3ª missão – Leitura da Rotina de Contratação
4ª missão – Preenchimento de documentos de registro
Metas:

Elaboração de artigo de trabalho com os critérios estéticos definidos pela ABNT.

43
Recursos de Apoio:

a. Orientação do Professor do Projeto Integrador os Professores das


Disciplinas de Física e Biologia Aplicada.
b. Participação semanal nas aulas de orientação e acompanhamento da
elaboração do artigo, com controle de presença e planilha de execução da
pesquisa
c. Normas de elaboração de trabalhos científicos (site da Faculdade –
www.combr – sala do aluno)

44
Série: Código:
FNC PROJETO INTEGRADOR
III PI - 06
Curso:

Tecnologia em Segurança no Trabalho


Proposta:

Atividades Preventivas com Produtos Químicos


Professor - Orientador

OBJETIVO GERAL

Aproximar o aluno do ambiente laboratorial químico e de seus processos laborais, bem


como familiarizá-lo com as principais substâncias químicas empregadas e questões relativas
à segurança no trabalho com tais insumos.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

1 - Apresentar as substâncias químicas mais usadas em laboratório acadêmico;

2 - Familiarizar o aluno com o correto e seguro manuseio das substâncias químicas;

3 - Mostrar ao aluno a importância da informação sobre produtos químicos, adequada e


disponível prontamente para o profissional em atividade laboral com a química;

4 - Construir Fichas de Informação e Segurança sobre Produtos Químicos (FISPQ) para os


insumos encontrados no Laboratório de Química da FNC;

5 - Levantar informações técnico-científicas em literatura abalizada, bem como os textos


legais sobre segurança ocupacional que dispõem sobre a matéria no Brasil (em especial as
NR e normas ABNT);

6 - Disponibilizar estas informações para a comunidade acadêmica, em trabalhos


interdisciplinares, publicações e eventos, que revertam informação e segurança para
usuários do Laboratório de Química.

METODOLOGIA

Sob tutela do Professor Orientador do PIO III, os alunos tomarão conhecimento sobre as
substâncias químicas existentes do Laboratório de Química da FNC e as classificarão em
grupos químicos: ÁCIDOS, ÁLCALIS, SOLVENTES ORGÂNICOS, SOLVENTES
HALOGENADOS, ALCOOIS, METAIS E INERTES (sendo aqui classificados aqueles que
apresentam risco nulo ou potencialmente nulo à saúde ocupacional).

Após classificação inicial, cada equipe de alunos assumirá a responsabilidade sobre um


determinado número de itens dos diversos grupos identificados, para realizar o
levantamento bibliográfico pertinente, a fim de compor os vários campos da FISPQ.

O foco maior de sua pesquisa se dará nos campos de manuseio, armazenamento,


transporte, EPI e EPC e prevenção de danos ao meio ambiente, em caso de acidentes.

45
No que tange aos efeitos sobre a saúde individual e os cuidados em caso de acidente, este
ponto será interface deste trabalho com pesquisa desenvolvida por alunos da área de
saúde, deixando claro que a intercontribuição dos grupos evidenciará a natureza
interdisciplinar do tema.

Após concluída a montagem da FISPQ, os resultados (as fichas propriamente ditas) serão
disponibilizados para a instituição, a fim de que possa ajudar na orientação de professores,
alunos e técnicos que venham a manusear as substâncias em aulas, pesquisas ou
quaisquer outro manuseio.

CRONOGRAMA DE ATIVIDADES:

DATA Mes: Mes: Mes: Mes: Mes: Mes: Mes:


1ª. 2ª 1ª. 2ª. 1ª. 2ª. 1ª.
ATIVIDADE quinzena quinzena quinzena quinzena quinzena quinzena quinzena
Formação de
grupos de X
trabalho
Conhecimento
do Laboratório X
e Substâncias
Levantamento
Bibliográfico
X
Pesquisa de
informações
constantes na
X X X
FISPQ
Formatação
das FISPQ
X X
Conclusão e
Relatório do X
PIO III

CONCLUSÃO

Por fim, este trabalho terá a publicação dos resultados obtidos pelos grupos, como
classificação e ordenação das substâncias presentes no Laboratório de Química da
FNC, bem como as orientações técnicas e legais sobre sua guarda e manuseio
seguro.

46
ATIVIDADE DO PROJETO INTEGRADOR
Curso Turma Período PI – serie Cód. At.

Tecnologia em Segurança no Trabalho 4º “IV” PI - 07


Tema:

Construção metodológica para a identificação de risco para melhor acuracidade


da avaliação de riscos ambientais do trabalhado.
Interdisciplinas:

Monitoramento e perícia ambiental do trabalho; Tecnologia e Instrumentos na


Segurança do Trabalho; Saúde Ocupacional e fundamentos da Medicina do Trabalho.
Orientador: Prazo de elaboração

Capacitação:

a. Pesquisar sobre os riscos físicos / químicos / biológicos;


b. Pesquisar técnicas de identificação de riscos;
c. Perícia e Monitoramento ambiental do trabalho:
d. Verificar as políticas e normas para a aplicação do instrumento metodológico de
identificação dos riscos ambientais do trabalho;
e. Aplicabilidade da análise de risco ambiental do trabalho.
Objetivo:

Aos participantes deverão eleger um tema de cunho prático relacionado ao


monitoramento e perícia ambiental do trabalho, tecnologia e instrumento na segurança
do trabalho e a saúde ocupacional. Neste sentido, identificar subsídios para melhoria
das atividades relacionadas à Segurança do Trabalho relacionado aos temas
retrocitado.
Ainda, mediante a pesquisa, elaborar artigo de trabalho que demonstre a aplicação
desses subsídios, características, métodos de aplicação e análise da melhoria das
atividades relacionadas à prevenção e proteção a favor do trabalhador e do meio
ambiente.
Por fim, as conclusões sobre as sugestões que caberá a empresa adotar prol do bem
estar de seus empregados.
Conteúdo:

a. Monitoramento e Perícia ambiental do Trabalho;


b. Tecnologia e Instrumentos na Segurança do Trabalho;
c. Saúde Ocupacional e fundamento da Medicina do Trabalho:
d. Legislação:
I. Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990 (Lei Orgânica da Saúde)
Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da
saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá
outras providências.
II. Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991
Dispõe sobre os Planos de Benefícios da Previdência Social e dá outras
providências.
III. Constituição Federal de 1988 em seus artigos 7° e 200°.
IV. NR 15 a 18
Interdisciplinaridade

a. Monitoramento e perícia ambiental do trabalho;


b. Tecnologia e Instrumentos na Segurança do Trabalho; e

47
c. Saúde Ocupacional e fundamentos da Medicina do Trabalho.

Concentração

Diante da pesquisa a ser desenvolvida:

a. Escolha do tema a ser trabalho voltado a riscos urbanos voltados às


interdisciplinaridades do semestre;

b. Determinar qual risco será trabalhado: físicos / químicos / biológicos;

c. Determinar uma das técnicas de identificação de risco:


I. Brainstorming;
II. Técnica Delphi;
III. Técnica de Grupo Nominal;
IV. Storyboarding;
V. Questionários e modelos;
VI. Analogia.

d. Aplicar a análise de risco de acordo com o gerenciamento de crise;

e. Escrita de laudo de risco ambiental do trabalho;

Tarefas:

1ª missão – Formação de grupo com 05 (cinco) participantes;


2ª missão – Identificação da problemática na identificação de risco aplicada no
gerenciamento de riscos ambientais do trabalho;
3ª missão – Identificação de melhorias na identificação do risco no gerenciamento de
risco para fins de proteção da saúde ocupacional do trabalho e do meio ambiente;
4ª missão – Elaboração e apresentação do trabalho escrito em banca formada por
professores que avaliarão e concederão nota final.
Metas:

Elaboração de artigo de trabalho com os critérios estéticos definidos pela ABNT.


Recursos de Apoio:

a. Orientação do Professor do Projeto Integrador os Professores das Disciplinas


de Monitoramento e Perícia ambiental do trabalho, Tecnologia e instrumentos
na Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional e Medicina do Trabalho;
b. Participação semanal nas aulas de orientação e acompanhamento da
elaboração do artigo, com controle de presença e planilha de execução da
pesquisa;
c. Normas de elaboração de trabalhos científicos (site da Faculdade –
www.com.br – sala do aluno)
Bibliografia:

Em conformidade com o Plano de Ensino

48