Você está na página 1de 4

Mecânica Estatística

Lista de Exercícios

Questão 1) Considere um sistema de N osciladores harmônicos unidimensionais, localizados e não interagentes, que oscilam com a mesma freqüência fundamental ω (sólido de Einstein). Suponha que este sistema esteja em contato com um reservatório térmico a temperatura T.

Os estados microscópicos desse sistema são caracterizados pelo conjunto de números quânticos

designa o número de quanta de energia do j-ésimo

oscilador. A energia de um estado microscópico desse sistema é dada por:

{n1, n2,

, nN}, onde nj = 0, 1, 2,

E{n }

j

=

N

j

= 1

(n

j

+1/ 2 η

)

ω

a) Obtenha a expressão para a função canônica de partição:

Z =

{

n

j

exp [

}

β

E{ n

j }]

Dica: Utilize a fatorização da função canônica de partição: Z = (Z 1 ) N , onde

Z

1

=

=

n

0

exp[

(n

+ /

1 2

)

β

η

ω]

=

exp(

/

1 2

β

η

ω)

1

exp(

β

− η

ω)

b) Determine a energia livre de Helmholtz por partícula:

f

=

f(T)

=

1

-

β

N

lim

→ ∞

1

N

ln Z

c) Determine a entropia por partícula s = s(T).

d) Calcule a energia interna por partícula u = u(T).

e) Esboce um gráfico de u(T) X T, indicando os valores de u(T) nos limites T 0 e T .

f) Determine o potencial químico µ .

Questão 2) Considere um sistema de N partículas clássicas não interagentes em contato com um reservatório térmico a temperatura T. Cada partícula pode ter energia 0 ou ε > 0 .

A energia total de um estado microscópico desse sistema é dada por:

E{t

j

}

=

N

j = 1

ε t

j

onde a variável t j associada a j-ésima partícula ( j = 1, 2, 3,

,

N) pode assumir os valores 0 ou 1.

a) Obtenha uma expressão para a função canônica de partição:

Z

=

{tj}

exp [

−β

E{ t

j

}]

=

{t1

exp[

tN}

N

j = 1

β

ε t

j

]

Dica: Utilize a fatorização da função canônica de partição: Z = (Z 1 ) N , onde

Z 1 =

t

exp [

β E t]

(com t = 0 ou 1).

b) Determine a energia livre de Helmholtz por partícula:

f

=

f(T)

=

1

-

β

N

lim

→ ∞

1

N

ln Z

c) Determine a entropia por partícula s = s(T).

d) Esboce um gráfico de s(T) X T.

e) Calcule a energia interna por partícula u = u(T).

f) Esboce um gráfico de u(T) X T, indicando os valores de u nos limites T 0 e T .

g) Determine o calor específico

c =

s

T T

.

Questão 3) Considere um sistema de N partículas magnéticas, localizadas e de spin 1/2 na presença de um campo magnético H (paramagneto de spin 1/2). Suponha que este sistema esteja em contato com um reservatório térmico a temperatura T.

O Hamiltoniano do sistema é dado por

onde σ j = + 1, -1 para j=1,2,

N.

H

=−

µ H

0

j

N

=

1

σ

j

a) Obtenha a expressão para a função canônica de partição:

Z =

exp [

{

σ

j

}

β H

]

Dica: Utilize a fatorização da função canônica de partição: Z = (Z 1 ) N , onde

Z

1

=

σ

=

-1,

+

1

exp[

βµ Hσ

0

]

=

2 cosh(

βµ H

0

)

b) Determine a energia livre magnética por partícula:

g

=

g(T, H)

=

-

1 lim

β N →∞

1

N

ln Z

c) Determine a entropia por partícula

s =−

g

T

.

H

d) Calcule a energia interna por partícula u = g + Ts.

e) Determine a magnetização por partícula

m =−

g

H

T

f) Determine a suscetibilidade magnética

χ(T, H) =

m

H

.

T

Questão 4) Considere um gás ultra-relativístico, cujo hamiltoniano é dado por:

H

=

N

j

1

=

p

j c

, A função de partição grande canônica para esse sistema é dada por:

onde p j é o momento linear da j-ésima partícula ( j = 1, 2, 3,

N) e c é uma constante positiva.

Ξ =

N

=

0

z

N

Z(

β , N)

=

N

8 π


 

N

= 0

z

1

N!

1

β

h c


3

 

N

V

N

=


 

1

exp 8 π

z

h c

β

3

  V

onde z = exp[β µ] é a fugacidade.

a) Obtenha a densidade de grande potencial termodinâmico ϕ (T, µ) = Φ / V no limite

termodinâmico

ϕ

(T,

) =

µ

1

- β

lim

V →∞

1

V

ln

Ξ

b) Determine as equações de estado na representação do grande potencial termodinâmico:

S = S(T, V, m), N = N(T, V, m) e p = p(T, V, m).

c) Determine a energia interna em função de N e T, U=U(N,T).

Dica: Utilize a relação

U

=−

β

ln Ξ

e a equação de estado N = N(T, V, m).