Você está na página 1de 1

Copo vazio

Julio é um jovem que mora com Alzira, sua mãe. Uma pessoa conflitiva, porque é
alcoólatra, consequência da separação como o pai de Julio. Mas ao mesmo tempo, ela
quer muito ao Julio, tem orgulho dele, sempre escuta seus problemas e também dá
conselhos. Nosso personagem principal, Julio, tem que conviver com os conflitos que
ela causa e com os conflitos próprios dum jovem que vai à escola. Tem um melhor
amigo chamado Eduardo, em comparação com Julio, ele é imaturo, irresponsável,
problemático, ainda assim, ele é fiel a Julio, sempre escuta ele, e ajuda nos piores
momentos.
Tudo começa com um pacote dado do Eduardo para o Julio. Eduardo fala que tem
que esconder esse pacote , coisa que termina sendo feita. Julio deixa o pacote num
esconderijo na sua casa. Este pacote tem que ver com a vida ilegal do Eduardo, nunca
chegamos saber que há no pacote, mas sabemos que é algo próprio da
¨Organização¨,uma agrupação criminosa na qual Eduardo participa. Ao longo da
historia, esta não vai ser a única preocupação do Julio, ele conhece numa festa a Marta,
uma jovem doce, madura, inteligente, responsável e tranquila, pela qual ele termina
ficando com muito interesse e depois fica apaixonado. Mas ela não gosta de seu
relacionamento com Eduardo, já que este relacionamento causa muitos problemas ao
Julio. Também tem o assunto do seu pai, que sempre ameaça de quitar a manutenção
de sua mãe e tirar ele dela, deixando completamente sozinha a Dona Alzira. Isto nunca
acontece porque termina tendo um final amargo e diferente.
Nosso personagem principal vai desenvolvendo e expressando completamente sua
personalidade nos capítulos deste livro. Expressa uma profunda sensibilidade por tudo o
que sente em torno a sua mãe e a Marta. É um adolescente profundo, muito
responsável pelos seus atos. Também muito violento internamente, com uma fúria muito
engolida, produto dos problemas da sua mãe e da escola. Tem dois extremos, esse
violento, temperamental, e um extremo doce, profundo, sensível ate racional que vai
sendo mostrado nas diferentes situações vividas.
Termina namorando com Marta, mas ela pede que deixe de falar com Eduardo já que
numa festa ele terminou prejudicando ao Eduardo depois duma briga. Isto fere muito no
Julio, mas ele também entende que é perigoso a amizade com Eduardo, então antes
duma viagem escolar termina seu relacionamento com ele. Um problema menos pra
ele.
Parece que as coisas iam bem pra ele, com os companheiros da escola fizeram uma
excursão de três dias a Serra da Canastra. Ele tinha a preocupação de deixar sozinha a
sua mãe, mas a Silvinha, amiga dele, jovem confiante e responsável, resolve cuidar
nesses dias da sua mãe. Assunto solucionado. Porém, Julio termina indo e o
relacionamento com Marta confirmando num namoro apaixonado. Tudo parecia cor de
rosa, até que ele voltou a sua casa depois da excursão. Ele chega e vê que sua mãe
não esta na sua casa, e esta no hospital. Silvinha fez tudo o possível para cuidar dela,
mas num descuido ela bebeu uma garrafa de conaque e termina internada por causa de
seus abusos com o álcool. No final do livro pode se ver o estado do seu corpo com seu
rosto inchado e seus olhos vermelhos. Finalmente Dona Alzira termina morrendo
produto da cirrose. Julio, com seu coração quebrado, termina ficando com seu pai, mas
com a idéia de viver junto com Marta ate o fim de sua vida