Você está na página 1de 8

TUTORIAL

QTIPLOT – FISEXP – IF/UFRJ





Ao executar o Qtiplot, você terá uma tabela vazia com as colunas 1 e 2, que estão associadas
inicialmente como colunas que receberão os dados no eixo X e Y do gráfico, respectivamente.

Como exemplo, vamos utilizar os dados de um aluno que fez o experimento do Empuxo. Nesse caso,
digitaremos na coluna 1 (eixo X) os valores da massa M medida na balança. Na coluna 2 (eixo Y)
digitaremos os valores do volume de líquido observado na proveta.

1
Segundo o relatório feito pelo aluno, a massa inicial do sistema (líquido+proveta) foi de

M0= (401,1 + 0,1) g , o volume inicial V0= (147 + 2) ml.

O gráfico a ser feito é (M-M0) vs (V-V0). Neste caso, podemos usar o qtiplot para recalcular os valores
nas colunas 1(X) e 2(Y) de forma que tenhamos a diferença de massa e a diferença de volume. Para
isso, vamos começar com a massa. Clique no label 1[X] da coluna correspondente para que esta coluna
seja toda selecionada.

Com a coluna selecionada, clique com o botão direito do mouse e você terá acesso a um menu, onde
você selecionará "Set Column Values". Veja que seguindo o mesmo procedimento, nós podemos
escolher outra ações, como fazer o gráfico, inserir coluna etc, tudo isso clicando com o botão direito
do mouse.

Quando você selecionar a opção "Set column values", uma janela abrirá e nela você pode fazer
operações aritméticas na coluna selecionada. Neste caso, vamos escrever na caixa de diálogo, a
expressão col(1)- 401 , que é justamente M-M0, onde M são os dados da coluna 1 e M0 o valor da
massa inicial.

Após digitar a equação clique no botão "Apply" e em seguida clique no botão "Close" para voltar a
tabela já atualizada. Repita o mesmo procedimento para a coluna 2(Y) que tem os dados de volume
do líquido. Neste caso, a equação é col(2)-147, onde 147 é o volume inicial e col(2) é coluna que
contém o volume V.

4
Com as tabelas já atualizadas com os valores (M-M0) e (V-V0), podemos fazer o gráfico. Com a coluna
2[Y] selecionada clique no botão direito do mouse e selecione "Plot" e em seguida escolha o gráfico
do tipo "Scatter".

Pronto, temos o nosso gráfico na tela.

5
Podemos ainda clicar em várias partes desse gráfico, tipo: nos eixos, nos textos dos eixos, nos
números, nos símbolos. Quando clicamos nesses elementos da tela do gráfico, outras janelas se
abrirão e permitirão modificar as propriedades desses elementos. Clique duas vezes na palavra "X Axis
Title" e mude esse texto para "(M-M) (g)", depois repita o procedimento para modificar o eixo Y.

PS: para análise de dados, você não precisa alterar essas propriedades, mas caso você imprima um
gráfico para fazer um relatório, é aconselhável você essas modificações, antes de enviar para o seu
professor.

Veja abaixo, como eu deixei o gráfico com mais informações.

Vamos agora analisar os resultados. No menu do qtiplot, clique com o botão direito nesse gráfico e
escolha a opção "Analysis" Você também pode ir No menu principal onde tem a Opção Analysis..

Selecione ajuste linear "Linear Fit", o qual é previsto pelo modelo teórico.

Agora temos a nossa melhor reta traçada no gráfico. O resultado aparece na janela "Results Log"

7
O coeficiente linear é o parâmetro B.

O coeficiente angular é o parâmetro A.

Lembre que para este exemplo, a densidade é dada pelo inverso do coeficiente angular.

Obtemos o valor 1.270 g/ml para a densidade.

E a incerteza ? A incerteza vocês já devem saber como calcular (propagação !).

Neste exemplo, obtemos como resultado final : (1.27 + 0.01) g/ml

O resultado esperado era de 1.26 g/ml para a densidade da glicerina, conforme o roteiro do curso.

Agora é com vocês.

Como você faria para colocar as barras de erro no gráfico ?

Isto é simples, na tabela clique com o botão direito e escolha "Add new column", insira os dados nessa
coluna e na hora de graficar, selecione as duas colunas: Y e Yerr.

Faça novamente o ajuste linear com o gráfico que contém as barras de erro. Compare os valores dos
coeficientes e suas respectivas incertezas com os valores obtidos anteriormente.

Conclusão: Para fazer o ajuste linear com os dados experimentais, que contém incertezas, você deve
graficar sempre com a coluna de incertezas da variável no eixo Y.