Você está na página 1de 9

Marcos Wendel Galindo da Silva

Caminhos do

Ensino Religioso
6º Ano

2019
Caruaru
O AUTOR

É com o objetivo maior de oferecer um suporte didático-pedagógico


para o professor da disciplina de Ensino religioso que este trabalho visa
contribuir de alguma forma, possibilitando ao próprio docente um caminho
a ser trilhado na sua prática dentro de sala de aula, permitindo-o trabalhar
os saberes básicos e necessários para com seus alunos à luz da recente
proposta curricular incentivada pela BNCC (Base nacional curricular comum).
Portanto, tal proposta não visa o engessamento do Ensino Religioso,
limitando-se apenas a o modelo proposto, mas antes, visa ajudar tanto
professores quanto profissionais da escola a terem um norte a que
horizontes ou perspectivas a serem exploradas, objetivando
derradeiramente uma prática de ensino na escola em que efetivamente haja
um trabalho engajado nas habilidades contidas na BNCC (Base nacional curricular
comum) específicas para o Ensino Religioso.

Marcos Wendel Galindo da Silva


Professor de Filosofia e Ensino Religioso do Município de Caruaru
SUMÁRIO

1. CAPÍTULO: Tradição escrita: registro dos ensinamentos sagrados.

2. CAPÍTULO: Ensinamentos da tradição escrita

3. CAPÍTULO: Símbolos, ritos e mitos religiosos.

4. CAPÍTULO: Símbolos, ritos e mitos religiosos / Ensinamentos da


tradição escrita.
3. CAPÍTULO:
Símbolos, ritos e mitos religiosos.

HABILIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS


NESTA UNIDADE

 Compreender do ponto de vista filosófico o conceito de mito, rito e


símbolo dentro das diferentes tradições religiosas ou expresses
religiosas. (EF06ER06CRU)

 Exemplificar a relação entre Mito, rito e símbolo nas práticas


celebrativas de diferentes tradições e expressões religiosas.
(EF06ER07CRU)
O Mito ontem e hoje
Historicamente, as narrativas mitológicas são tentativas de responder a questões existenciais,
entre elas sobre a origem do Universo e do Ser Humano.

Os mitos contribuem para compreender diferentes situações em que cercam a humanidade


em diferentes contextos socioculturais e históricos e religiosos, pois estão presentes nas culturas e
perpassam a estrutura das tradições Religiosas e a organização social na atualidade.

Os mitos permitem refletir sobre problemáticas sociais atuais que envolvem o ser humano.
Por sua vez, as tradições Religiosas procuram oferecer amparo aos seus seguidores para a superação
das controvérsias que interferem no desenvolvimento digno do ser humano, impulsionando-os para
a vida e sua realização pessoal.

Fonte: Redescobrindo o Universo Religioso, 9º Ano, pág. 96 e 97.

Ideias Principais do Texto p/Professor

 Compreender que o mito é uma tentativa de resposta às questões sobre como surgiu o universo e
o ser humano.

 Entender que os mitos ajudam na compreensão de aspectos que envolvem o viver humano nas
suas diferentes formas, dependendo do seu contexto sociocultural e histórico.

 Estar ciente de que os mitos sempre foram presentes e ainda são presentes dentro das culturas e
como parte estruturante das tradições religiosas.

 Perceber que o mito através das tradições religiosas procura amparar as pessoas na busca de
respostas a problemáticas que envolvem o ser humano.

Exercício

1) De que maneira se pode compreender o mito?


 Como uma tentativa de resposta às questões sobre como surgiu o universo e o ser humano.

2) De que depende o entendimento dos mitos como fonte de ajuda na compreensão de aspectos que
envolvem o viver humano nas suas diferentes formas?
 Dependendo do seu contexto sociocultural e histórico.

3) Como o mito através das tradições religiosas procura amparar as pessoas?


 Na busca de respostas a problemáticas que envolvem o ser humano.
O que é o Mito1?

O ser humano, diante dos mistérios e da complexidade da natureza, fica perplexo e


admirado. Para esclarecer esses sentimentos, cria o mito e o utiliza como fonte de explicação para
aquilo que vê, mas não consegue compreender (FONAPER, 2000a). Simbolicamente, o mito é uma
representação do mundo, o qual narra a origem do mundo, da vida, do ser humano e auxilia na
compreensão das diferentes situações que envolvem as pessoas diante de questões sem respostas
exatas.
De acordo com estudiosos, ele precisa ser compreendido na relação com o símbolo e com o
rito. Ma experiência religiosa, o símbolo é uma primeira linguagem e encontra sentido ao se
constituir como uma expressão do mito apontando para a prática ritual, a qual retualiza e reconfirma
o que o mito narra, segundo Croatto (2004), o mito se constitui pela narração das origens sagradas,
por oferecerem uma “visão” do mundo e de como os deuses o instauraram no princípio, e pelo
contexto em que os rituais revivem essas ações e acontecimentos.

Fonte: Redescobrindo o Universo Religioso, 9º Ano, pág. 98.

Ideias Principais do Texto p/Professor

 Compreender que o mito surge inicialmente da admiração e perplexidade do ser humano diante dos
mistérios da vida e da natureza.

 Entender que os mitos surgem como fonte de explicação para aquilo que se vê, ou que se sente, mas que
não se compreende na sua racionalidade.

 Estar ciente de que os mitos são representações simbólicas do mundo e da vida humana.

 Perceber que as narrativas míticas auxiliam na compreensão das diferentes situações que envolvem as
pessoas que se deparam com questões sem respostas exatas.
O Mito enquanto símbolo2 ou simbólico.

 Compreender que o mito precisa ser compreendido na relação com o símbolo e o rito.

 Saber que o símbolo apresenta-se como uma primeira linguagem que encontra sentido ao se constituir
como uma expressão do mito.
O que é o Rito
 Entender que o mito aponta para a prática ritual a qual reatualiza e reconfirma o que o mito narra3.

 Estar ciente do mito como uma narrativa das origens sagradas do mundo e de sua instauração no
princípio.

 Estar ciente do contexto (histórico e religioso) em que os rituais revivem essas ações e acontecimentos
narrados pelos mitos.

1
O mito é sempre a narrativa de como uma realidade passou a existir. Fonte:
http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/2010/artigos_teses/ENSINORELIGIOSO/artigos2/mito_e_mitologia.pdf

2
Símbolo (ou Signo): É uma coisa que está no lugar de outra sob algum aspecto. Fonte: PIERCE, Charles S. semiótica. São Paulo; Perspectiva, 19997. Pág. 46

3
(...) O homem imita os gestos exemplares dos deuses, repete as ações deles, quer se trate de uma simples função fisiológica, como a alimentação, quer de uma atividade
social, econômica, cultura, militar, etc. Fonte: http://robertocrema.com.br/mitos-e-ritos-breve-resenha/
Exercício

1) Como entender de que maneira o mito surge inicialmente?


 Da admiração e perplexidade do ser humano diante dos mistérios da vida e da natureza.

2) Explique uma segunda característica que envolve o surgimento dos mitos posteriormente aos
sentimentos iniciais de admiração e perplexidade?
 Como fonte de explicação para aquilo que se vê, ou que se sente, mas que não se compreende na sua
racionalidade.

3) Que tipo de representação do mundo e da vida humana os mitos estão relacionados?


 Relacionados como representações simbólicas do mundo e da vida humana.

Atividade complementar:

Resolvendo o problema:
De que modo o mito e o seu significado para a compreensão de certos aspectos da
vida humana ajudam na compreensão da relação entre o homem e o sagrado nas
antigas civilizações?

Metodologia

 Leitura do texto que narra resumidamente o Mito de Prometeu e Pandora com os alunos ou
exibir o vídeo que apresenta o mesmo mito – Texto e vídeo disponíveis nos links abaixo;

 Pesquisar sobre a vida do autor que narra o mito, Hesíodo, suas principais obras, assim como
seu contexto histórico-social. Texto de referência disponível no link abaixo;

 Socializar os resultados da pesquisa sobre Hesíodo;

 Explorando reflexivamente outros sentidos os quais eles possam atribuir ao mito de pandora;

 Socialização dos resultados dos outros sentidos atribuídos pelos alunos ao mito de Prometeu e
Pandora;

 Produção de cartazes em grupo onde sejam apresentados a diversidade de narrativas mitológicas


existentes nas tradições indígenas, africanas, orientais e europeias.

 Socialização dos resultados da confecção dos cartazes produzidos.


Procedimento Avaliativo

 Cada grupo terá a liberdade de estruturar da melhor maneira que prouver à proposta de apresentação de
solução do problema;
 A Inovação criativa na forma de apresentar a solução para o problema proposto será o foco avaliativo de
como os saberes foram construídos;
 Empenho na realização das AT em grupo;
 Desempenho na apresentação discursiva das ideias construídas em grupo em sala de aula;
 Participação nas discussões temáticas dentro de cada grupo;
 Interesse em expor suas ideias, reflexões ou indagações acerca da problemática proposta.

Revisão de Conteúdo

1) As narrativas mitológicas historicamente buscam responder alguns tipos de questões. De maneira


correta, assinale a alternativa que define a que tipos de questões estão sendo referidas.

A. Questões de ordem social, entre elas sobre a origem da pobreza para alguns humanos.
B. Questões existenciais, entre elas sobre a origem do universo e do ser humano.
C. Questões de ordem espiritual, entre elas sobre a origem da religião para o ser humano.
D. Questões existenciais, entre elas a origem da natureza essencial do ser humano.

2) Marque a alternativa correta que determina qual a principal contribuição dos mitos para a humanidade.

A. Colabora para a visualização das diferentes formas que compõem a humanidade nas suas diferentes
manifestações.
B. Oferece uma noção das diferentes situações que cercam as relações humanas em diferentes
domínios.
C. Contribui para a compensação das diferentes atribuições que cercam a humanidade em diferentes
setores.
D. Contribui para a compreensão das diferentes situações que cercam a humanidade em diferentes
contextos.

3) Os mitos nos permitem refletir atualmente sobre muitas coisas em relação à vida dos seres humanos. De
forma correta, assinale a questão mais adequada a essa afirmação.

A. Permitem-nos refletir sobre questões sociais relacionadas ao bem estar dos cidadãos.
B. Permitem-nos refletir sobre soluções sociais que envolvam a vida do ser humano.
C. Permitem-nos refletir sobre problemáticas sociais que envolvem o ser humano.
D. Permitem-nos refletir sobre situações sociais que envolvam o bem estar das pessoas.

4) Evidentemente no ser humano são despertados certos sentimentos diante dos mistérios e da
complexidade da natureza. De maneira correta, assinale a questão que determina quais sentimentos se
referem a essa afirmativa.

A. Indeciso e paralisado.
B. Perturbado e vislumbrado.
C. Estático e alucinado.
D. Perplexo e admirado.
5) De maneira correta, marque a alternativa que melhor define a forma pela qual o ser humano utiliza-se do
mito para esclarecer os sentimentos de perplexidade e admiração diante dos mistérios e complexidade da
natureza.

A. Como maneira de entender aquilo que se sente, porém, que não consegue observar.
B. Como remédio contra superstições que se vê, mas que não consegue compreender.
C. Como fonte de explicação para aquilo que vê, mas que não consegue compreender.
D. Como forma de tentar compreender a religião, mas que não a explica no geral.

6) Assinale a questão correta que mais se aproxima do que se pode compreender sobre o mito.

A. Alegoricamente é uma manifestação do mundo.


B. Simbolicamente é uma representação do mundo.
C. Tecnicamente é uma visão de mundo.
D. Mitologicamente é uma expressão do mundo.

Registre suas respostas no Gabarito


1 2 3 4 5 6
A B C D A B C D A B C D A B C D A B C D A B C D

Referências

 Texto sobre o mito de prometeu e Pandora:

https://danielmcarlos.wordpress.com/a-origem-do-mundo/prometeu-e-pandora/

 Vídeo sobre o mito de prometeu e Pandora:

https://www.youtube.com/watch?v=FyI6c0b6hgI

 Texto base para o professor sobre os sentidos do Mito de Prometeu e Pandora:

https://virtualia.blogs.sapo.pt/30317.html - Os Mitos de Prometeu e Pandora.

 Referencia de leitura para os professores sobre Mito e ensino religiosos:

http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/2010/artigos_teses/ENSINORELIGIOSO/ar
tigos2/mito_e_mitologia.pdf

 Texto base para o Professor sobre a Biografia de Hesíodo:

https://www.infoescola.com/biografias/hesiodo/