Você está na página 1de 6

CANNABIS

MEDICINAL
BRASIL
NO

VISÃO GERAL 2018


RESUMO EXECUTIVO

EM PARCERIA COM:

© F R O N T I E R F I N A N C I A L S G R O U P, I N C . D B A N E W F R O N T I E R D A T A . T O D O S O S D I R E I T O S R E S E R V A D O S .
RESUMO
EXECUTIVO eficácia do tratamento e efetividade das políticas
regulatórias, enquanto outros países, inclusive o
Brasil, avaliam a possibilidade de legalização plena
para uso medicinal.

O uso da planta cannabis para fins medicinais Embora o porte e uso de cannabis continuem a
remonta a milhares de anos em muitas cultu- ser ilegais no Brasil atualmente, o porte e cultivo
ras. Embora alguns países tenham, ao longo dos de quantidades para consumo pessoal foram
anos, adotado políticas de criminalização da planta, descriminalizados em 2006, e um limitado
muitos outros começaram a reavaliar a classifi- número de medicamentos à base de cannabis foi
cação jurídica da cannabis à luz de novas evidências permitido a partir do início de 2017. Com uma
científicas e empíricas em favor da sua eficácia população de mais de 200 milhões de pessoas,
no tratamento de doenças e sintomas clínicos. o mercado de cannabis medicinal no Brasil pode
Os Estados Unidos em particular constituem um vir a ser substancial mesmo no contexto de uma
importante estudo de caso para o movimento de regulamentação relativamente restritiva.
legalização, com 29 estados do país (e o Distrito
de Columbia) tendo legalizado a cannabis para Segundo o Estudo de Doenças de Saúde Global de
uso medicinal, e oferecem informações valiosas 2016 (2016 Global Health Disease Study), um em
sobre as preferências de consumo dos pacientes, cada cinco adultos no Brasil padece com dores nas

CANNABIS MEDICINAL NO BRASIL:


i ÍNDICES ESPERADOS DE PARTICIPAÇÃO DE PACIENTES NOS PRIMEIROS TRÊS ANOS DE VENDA LEGAL EM DISPENSÁRIOS

3.500.000 3.403.427

3.000.000
2.573.221
2.500.000

2.000.000

1.500.000
959.357
1.000.000 833.048
725.339

500.000
234.819
0
1º Ano 2º Ano 3º Ano

 Lista de doenças inclui a dor crônica


 Lista de doenças não inclui a dor crônica

CANNABIS MEDICINAL NO BRASIL: VISÃO GERAL EM 2018 2


RECEITA POTENCIAL DE CANNABIS MEDICINAL NO BRASIL:
i 3 6 ME S E S A P Ó S O INÍC I O D A V E ND A L EG A L ( E M B IL H Õ E S D E R E A I S – R $)

R$ 5,0 R$ 4,7
R$ 4,4
R$ 4,2
R$ 4,0

R$ 3,0

R$ 2,0
R$ 1,4
R$ 1,2 R$ 1,1
R$ 1,0

R$ 0,0
Lista de doenças inclui a dor crônica Lista de doenças não inclui a dor crônica

 Estimativa alta  Estimativa intermediária  Estimativa baixa

costas e pescoço, o que significa que a decisão de Se o Brasil aprovar uma legislação favorável à can-
incluir ou não a dor crônica como condição clínica nabis medicinal, o número de pacientes poderia
em um futuro programa de cannabis medicinal chegar a 959 mil nos primeiros 36 meses da
poderia ter influência como fator determinante do venda legal de cannabis no caso de uma lista mais
tamanho e aumento da população de pacientes. restritiva de doenças aprovadas (ou seja, uma
lista que não inclua a dor crônica), e a aproxima-
Nos Estados Unidos, a dor crônica tem sido um damente 3,4 milhões no caso de uma lista mais
fator importante na aceleração da expansão do ampla de doenças e sintomas clínicos que inclua
mercado de cannabis medicinal. Os estados que a dor crônica.
permitiram a inclusão de pacientes com dores
crônicas no registro dos programas de cannabis O programa em que a dor crônica for aceita como
medicinal verificaram índices de crescimento e condição para o tratamento, com o número de
volume de vendas mais altos do que os de estados pacientes podendo chegar a 3,4 milhões, poderia
que não permitiram a participação de pacientes significar aproximadamente R$ 4,4 bilhões (ou
com dores crônicas. US$ 1,4 bilhões) em receita anual.

NEWFRONTIERDATA.COM 3
RECEITA POTENCIAL DE CANNABIS MEDICINAL NO BRASIL:
i 3 6 ME S E S A P Ó S O INÍC I O D A V E ND A L EG A L ( E M MIL H Õ E S D E U S $)

US$ 1600
US$ 1433
US$ 1400 US$ 1351
US$ 1274
US$ 1200

US$ 1000

US$ 800

US$ 600
US$ 442
US$ 381
US$ 400 US$ 328

US$ 200

US$ 0
Lista de doenças inclui a dor crônica Lista de doenças não inclui a dor crônica

 Estimativa alta  Estimativa intermediária  Estimativa baixa

EFICÁCIA DO TRATA MENTO


ESCALA DE USO /
ENFERMIDADES
EFICÁCIA
Os programas estaduais de cannabis medicinal nos
Dor crônica ou aguda, Estados Unidos oferecem os dados mais abrangen-
GRUPO 1: Câncer, Náusea,
Esclerose Múltipla, tes sobre a eficácia e uso da cannabis medicinal,
Participação Efetiva
Espasticidade, HIV/ bem como sobre os índices de participação de
Substancial da AIDS, Distúrbios pacientes no contexto de diversos ambientes
Enfermidade associados ao consumo
de Opioides regulatórios. Para criar uma escala de uso e eficá-
cia, foi utilizado um sistema de classificação cruzada
GRUPO 2: Apneia Obstrutiva do entre as principais doenças e enfermidades para
Sono, Fibromialgia,
Participação Efetiva as quais a cannabis medicinal se mostrou eficaz
Artrite Reumatóide,
Moderada da Mal de Parkinson, como tratamento clínico nos Estados Unidos e as
Enfermidade Glaucoma doenças e sintomas clínicos mais comumente
Síndrome Consumptiva, incluídos na regulamentação referente à cannabis
GRUPO 3: Síndrome de Tourette, medicinal de cada estado nos EUA.
Participação Ansiedade, TEPT,
Efetiva Limitada da Distúrbios alimentares,
Enfermidade Doença de Alzheimer e Para os estados com histórico mais longo de
Demência venda de cannabis medicinal, a participação dos

CANNABIS MEDICINAL NO BRASIL: VISÃO GERAL EM 2018 4


pacientes foi analisada com base na enfermidade poderiam ser aprovadas no âmbito de um pro-
a fim de classificar os tipos de participação de grama abrangente de cannabis medicinal.
pacientes associados com as doenças e sinto-
mas clínicos mais comuns para as quais a cannabis As tabelas a seguir mostram as estimativas
medicinal é indicada. Índices combinados foram de pacientes de um programa que inclui a
utilizados para calcular projeções de pacien- dor crônica como condição clínica aprovada
tes no Brasil para as diversas enfermidades que e também as de um programa que não inclui.

i COM DOR CRÔNICA i SEM DOR CRÔNICA

Estimativa Estimativa Estimativa Estimativa Estimativa Estimativa


Intermediária Alta Baixa Intermediária Alta Baixa

Pacientes Pacientes
2.890.760 3.030.875 2.752.013 446.690 535.865 369.038
(grupo 1) (grupo 1)

Pacientes Pacientes
51.174 56.769 46.333 51.174 56.769 46.333
(grupo 2) (grupo 2)

Pacientes Pacientes
461.492 521.743 410.918 461.492 521.743 410.918
(grupo 3) (grupo 3)

TOTAL 3.403.427 3.609.387 3.209.264 TOTAL 959.357 1.114.377 826.289

% da
1,7% 1,8% 1,6% % da população 0,47% 0,54% 0,40%
população

NEWFRONTIERDATA.COM 5
SEDE
1990 M Street NW / Suite 530 / Washington, D.C. 20036

VENDAS E MARKETING
535 16th Street / Suite 620 / Denver, CO 80202

 info@newfrontierdata.com  844-420-D8TA

@NewFrontierData

Você também pode gostar