Você está na página 1de 2

CONTRATO DE LOCAÇÃO

LOCADOR(A): Solon de Oliveira Cavalheiro, brasileiro, maior, residente e domiciliando


em - Parobé – RS, portador do CPF nº 685.279.850-04 e RG 1057985424.

LOCATÁRIO(A): Juliana Martin Bachixta, brasileira, , maior, residente e domiciliado em


Parobé – RS, portador do CPF nº 064.462.319-54 e RG nº 7117557855.
A locação reger-se-á pelas cláusulas e condições seguintes:

PRIMEIRA – O(a) locador(a) dá em locação Residencial, ao(à) locatário(a) um imóvel de


sua propriedade, localizado na rua Panama Nº 111, bairro Guarani – Parobé – RS.

SEGUNDA – A locação é pelo prazo de 1ano a iniciar no dia 08 de Maio de 2019 e a


terminar, impreterivelmente, no dia 07 de Maio de 2020 independente de qualquer
notificação, interpretação ou aviso, judicial ou extrajudicial.

TERCEIRA – O aluguel mensal será de R$350,00 (Trezentos e cinquenta reais) para pagar
por mês, pagáveis em moeda corrente nacional dentro do Decimo dia de cada mês (08)
dia do vencimento conforme, o acordo com o locador.
OBS:O locatário pagara a água e luz.

QUARTA – O reajuste do aluguel ocorrerá, no fim do contrato se houver acordo de ambas


as parte.

QUINTA - A cessão ou transferência da presente locação, ou a sublocação, no todo ou em


parte do imóvel só poderá ser efetivada com o consentimento expresso e escrito do (a)
locador(a).

SEXTA – O locatário declara ter recebido o Imovel ora locado em perfeitas condições de
habitabilidade e, particularmente, sem goteiras sem falta de vidros nos caixilhos e com as
instalações de água, luz e esgoto funcionando perfeitamente.

SETIMA – O locatário obriga-se a manter o imóvel objeto deste contrato sempre limpo,
durante a locação e a restituí-lo ao termo desta, nas mesmas perfeitas condições de
habitabilidade, com o Habita-se do departamento Estadual de Saúde, correndo por sua
conta todos os reparos tendentes à sua perfeita conservação, inclusive pinturas de paredes,
teto e porta e janelas.

OITAVA – O locatário não poderá fazer no Imovel ora locado ou nas suas dependências
quaisquer obras ou benfeitorias sem prévio ou expresso consentimento do locador
manifestado do por escrito. O locatário não terá direito de retenção ou indenização por
quaisquer obras ou benfeitorias, que , com o consentimento do locador, venha fazer no
imóvel ou suas dependências.

NONA – O locador poderá dar como rescindido o de pleno direito independentemente de


qual quer interpretação judicial ou extrajudicial, o presente contrato e sem assista ao
locatário direito a qualquer indenização ou reclamação: a) se o locatário não pagar
pontualmente qualquer uma das prestações mensais do aluguel ou faltar ao exato
cumprimento de qualquer das obrigações agora assumidas; b) se ocorrer incêndio no prédio
ou se ele for desapropriado ; c) se o locatário usar o imóvel objeto deste contrato, para fins
diverso daquele para que foi locado.
DÉCIMA – As despesas legais e do reconhecimento de firma, oriundas do presente
contrato e as que sejam ou venhas a ser devidas pela prorrogação legal ou convencional
deste contrato serão satisfeitas pelo locatário.

DÉCIMA PRIMEIRA – Como FIADOR(A) E PRINCIPAL PAGADOR (O),


solidariamente responsáveis pelo cumprimento de todas as clausulas e condições do
presente contrato, inclusive multas contratuais, custas processuais, honorárias advocatícios
e despesas com reparos, assina o Sr. (a) xxxxxxxxxxxxxxx. O(a) qual renuncia aos favores
do Art. 1.500 do Código Civil Brasileiro, ficando justo e estipulado que a garantia
fidejussória desta cláusula persistirá até a entrega das chaves ao locador. O fiador garante
com sua obrigação com o imóvel de sua propriedade, constituído de xxxxxxx. E transcrito
no registro de imóveis de xxxxxxx no livro xxxxxxx sob numero xxxxxx Em caso de
morte, falência ou insolvência do fiador o locatário obriga-se dentro de 15 (quinze) dias
contados da data da sua morte decretação de falência ou da que for fixada pelo locador,
apresentar substituto idôneo a juízo deste.

DÉCIMA SEGUNDA – Esgotado o prazo do contrato e enquanto não desocupado o


imóvel pelo locatário, o aluguel será reajustado de acordo como determina a lei.

DÉCIMA TERCEIRA – A falta de cumprimento de qualquer das cláusulas e condições do


presente contrato importará em sua rescisão de pleno direito, ficando a parte infratora
sujeito a pagamento de multa de R$ 500,00 (Quinhentos Reais), sem prejuízo de outras
responsabilidade, pela correção de sua conta as despesas judiciais correspondentes e
honorários de advogados estes arbitrados deste já em 20% (vinte por cento) sobre o valor
da causa.

DÉCIMA QUARTA – Em qualquer procedimento judicial relativo a ações de despejo,


consignação em pagamentos de aluguéis e acessórios da locação, revisionais de aluguel e
de renovatórios, fica acordado que a citação, notificação e intimação poderão ser feitas
mediante correspondência com aviso de recebimento e, em se tratando de pessoa jurídica
ou firma individual, também mediante telex, sendo necessárias pelas demais formas
previstas no SPC.

DÉCIMA QUINTA – As partes contratantes elegem domicílios nesta cidade para todas as
questões decorrentes direta ou indiretamente do presente contrato.
Para devidos efeitos, lavrou-se o presente contrato em duas vias de igual teor, todas
assinadas pelas partes testemunhas depois de lidas, achadas conforme conferidas em todos
os seus termos.

___________________________ _______________________________
Solon de Oliveira Cavalheiro Juliana Martins Bachixta
Locador Locatário

Testemunhas

_________________________________ ______________________________
Terezinha Martins Bachixta
RG 5483146-3