Você está na página 1de 42

Gravidez
SEMANA A SEMANA
WWW.SOUMAE.ORG
Gravidez Semana a Semana

INTRODUÇÃO
Estar grávida é a coisa mais linda e mágica de todas as experiências que uma mulher
pode ter. E acompanhar e registrar a gravidez semana a semana completa a experiência.

Não importa se você demorou para engravidar ou engravidou de primeira. Se é o seu


primeiro filho ou se já tem outros. Cada gravidez oferece um misto de sensações e
dúvidas que é super natural e envolvente.

Sei muito bem como é carregar uma vida dentro de nós, e já amar e querer bem esse
pequeno ser que te completa hoje mais do que nunca.

Todo esse amor tem a companhia da curiosidade, da necessidade de saber como estão
as coisas lá por dentro e com nossa saúde.

Então, aqui vai nossa forma carinhosa de satisfazer um desejo de grávida! Aqui você
poderá acompanhar todas as semanas da sua gravidez, saber o que está acontecendo
dentro de você e ter dicas do que está na hora de você se preocupar para receber bem
seu bebê.
CONTAGEM DA GRAVIDEZ EM MESES, SEMANAS E TRIMESTRES

As mudanças no organismo da mulher e do feto são muitas e ocorrem de forma


relativamente rápida durante a gravidez. Em um único mês, acontecem dezenas de
alterações importantes, e a contagem em semanas nos permite definir com mais exatidão
o tempo de cada uma.

Confira essa tabela gestacional de meses x semanas e aprenda a calcular a semana


exata que você está.

PRIMEIRO
TRIMESTRE DA
GRAVIDEZ
1ª SEMANA

A palavra de ordem é preparar seu corpo, e a tarefa é acompanhar seu ciclo menstrual.
Você precisa saber que sua gravidez começa bem antes do dia em que você faz o teste de
gravidez, e esse período é cheio de cuidados.

Quando já se está pensando em engravidar o ideal é falar com seu médico, fazer os


exames necessários e começar a tomar o ácido fólico antes de ficar grávida, ele é muito
importante nas primeiras semanas de gravidez para o desenvolvimento do seu bebê.

Seja paciente! Você pode engravidar imediatamente ou pode levar alguns meses.


Então relaxe!

2ª SEMANA

Esta é segunda semana do seu ciclo, segunda semana da sua gravidez (mesmo você
ainda não estando grávida esse tempo conta). É bem provável que você ovule dentro de
alguns dias, o período fértil acontece cerca de 3 a 5 dias antes da ovulação e prolonga-se
por mais 12 a 24 horas depois.

Se você tem algum problema de saúde, como diabetes, asma, hipertensão,


cardiopatias, trombose, problema na tireoide, anemia, epilepsia, ou alguma outra coisa,
antes de tentar engravidar converse com seu médico.

3ª SEMANA

Finalmente nessa semana o bebê é concebido!

A ansiedade começa à crescer mais rápido do que o bebê. É preciso relaxar e escolher
o teste de gravidez que você fará primeiro. Mas tem que esperar uns dias ainda antes de
fazer o teste, faz uma semana que seu óvulo foi fertilizado e esta implantando-se no útero,
logo vai se tornar um embrião.
4ª SEMANA

Você esperava a chegada da menstruação para esta semana? Ela atrasou, esse é o
primeiro sinal de que você pode estar grávida.

Ainda não mudou sua alimentação? Agora é o momento de fazer:

•Dieta equilibrada. Não faça regime quando estiver grávida. O certo é perder peso
antes de engravidar.
•Diminuir sal, açúcar, fast-foof, refri…
•Comer mais verduras, legumes e frutas.
•Fazer atividade física moderada.
•Diminuir a cafeína, não tomar mais de 200mg por dia. Um estudo verificou que
mulheres grávidas que tomavam duas ou mais xícaras de café tinham o dobro de
probabilidade de abortar espontaneamente.

Coisas que você deve parar agora se ainda não parou:


•Cigarro.
•Bebidas alcoólicas.


5ª SEMANA

Agora é oficial. A menstruação não desceu, o teste deu positivo, mas você ainda não se
sente grávida. Isso é normal, mas nada melhor do que mergulhar no mundo materno e
descobrir o provável dia do parto do seu bebê.
Até que você faça o primeiro ultrassom dentro de algumas semanas, a data provável do
parto é calculada contando 280 dias a partir do primeiro dia de sua última menstruação.

6ª SEMANA

Algumas mulheres começam a ter os sintomas de náuseas ou sensibilidade nos seios,


enquanto outras não sentem nada. Lógico que se você sentir os sintomas, vai se sentir
mais grávida, mas isso não quer dizer nada. Com sintomas ou não, o resultado é positivo e
você está grávida.

Se você está perdendo o apetite, mesmo estando grávida, isso também é normal, ainda
mais se você estiver tendo enjoos matinais e nem aguentar sentir o cheiro de comidas
gostosas. Se não está comendo muito, opte por alimentos ricos em nutrientes, vegetais de
folhas verde-escura, leguminosas e peixes que contêm ácidos graxos essenciais.

Mas se você já está com muita fome, muita calma nessa hora, você NÃO deve comer
por dois.

Algumas mulheres fazem a primeira ultrassonografia logo no começo da gravidez, mas


a maioria é lá pela 12ª semana de gestação. As ultrassonografias do início da gravidez são
via vaginal.

Uma mudança que pode começar a acontecer por volta da 6ª à 8ª semana de gravidez
é que seus seios devem começar a ficar maiores e mais sensíveis.

7ª SEMANA

Já está fazendo atividade físicas regulares? Manter-se ativa é muito importante, então
estabeleça uma rotina diária de exercícios para alongar sua musculatura e reduzir o
cansaço, mas não se esforce demais. Se você se sentir mais cansada depois de uma
atividade física, diminua o esforço e o tempo.

Não tente nenhuma novidade de alto impacto, ou uma atividade extenuante, nem
comece a praticar um esporte novo. Um personal trainner especializado em gestante
poderá lhe recomendar os melhores exercícios, mas esteja sempre em sintonia com o seu
médico e peça o OK dele.

Está com muita saliva na boca?

Acontece com algumas mulheres. Isso é chamado de ptialismo, excesso de saliva que é
causado pelo aumento dos níveis hormonais. Chupar fatias de limão ou cubos de gelo
podem ajudar. O ptialismo tende a diminuir no final da gravidez.
Está passando muito tempo no banheiro?

Além das náuseas, você também pode ter, como a maioria das mulheres grávidas, de
precisar urinar com muita frequência. E isso é de dia e a noite.

A medida que seu útero cresce, pressiona sua bexiga, por isso ela não consegue se
expandir como de costume e você se sente desconfortavelmente mais cheia mais rápido
que o normal. Portanto, vá diminuindo a quantidade de água a noite para que você possa
ter uma noite inteira de sono.

Se sentir dor ao urinar você pode estar com infecção urinária, procure seu médico
imediatamente.

8ª SEMANA

Hoje em dia, existe um exame chamado sexagem fetal, que através de um exame de
sangue, é possível saber o sexo do bebê a partir da oitava semana de gestação. 

Você vai correr para fazer ou vai esperar?

Hoje em dia, existe um exame chamado sexagem fetal, que através de um exame de
sangue, é possível saber o sexo do bebê a partir da oitava semana de gestação. Você vai
correr para fazer ou vai esperar?

Seu humor pode ter altos e baixos, à medida que os hormônios e as emoções a
dominam!

É normal se sentir deprimida e irritada em alguns momentos, isso é devido às


mudanças hormonais em seu corpo. Sua emoções podem oscilar, num minuto rindo e no
outro chorando. Tente relaxar, isso é culpa dos hormônios.
Arrumando a casa para a chegada do bebê:

Nesse momento a gente se sente perdida em meio a tantas coisas para comprar e
organizar para o bebê, mas também nos sentimos inspiradas a organizar a casa, colocar a
mão na massa mesmo.

Você pode arrumar tudo, só tente não subir em escadas altas e não se curve ou se
agache por longos períodos, pois isso pode afetar a sua circulação.

Evite contato com tintas à base óleo, com poliuretano (usadas para o piso), como com
quaisquer tipo de tinta spray, solventes ou outros tipos de removedores de tinta e evite
respirar pó de gesso.

Está planejando férias?

Leve em consideração que você pode não ter muita disposição para viagens muito
longas, principalmente se estiver se sentindo cansada, com náuseas e vômitos.

Dica: A partir das 34 semanas as companhias aéreas não costumam permitir o


embarque em aviões, então planeje bem suas viagens para o segundo trimestre da
gravidez, que é período que você vai se sentir mais disposta!

Desenvolvimento do seu bebê nessa semana:

Agora ele está em um estágio muito importante. O cérebro do bebê está formado e
passando por mudanças formidáveis.

O cérebro no momento é uma estrutura oca, ligada à medula espinhal, mas agora está
começando a se dobrar para formar cinco áreas distintas.

9ª SEMANA

A partir de agora o bebê começa a fazer pequenos movimentos mas você ainda não vai
notar. E você ainda pode estar com náuseas e mal-estar nesse período.
Mas tenho uma boa notícia! Os enjoos vão começar a melhorar (pelo menos para
muitas mulheres começam a melhorar) e lá pela 12ª semana de gravidez o pior já terá
passado.

Se o desejo de comer sorvete atacar, tente comer somente uma colher e não o pote
inteiro. Acrescente frutas frescas, combinação gostosa e mais saudável.

Cuide para não exceder o sal na sua comida. A maior quantidade de sal da nossa dieta
vem de alimentos processados, então, prefira alimentos integrais, que você mesma
prepara e pode controlar a quantidade de sal.

Se você está se sentindo desanimada, tente estimular-se através da comida. Coma


carne, principalmente de peru, peixe, leguminosas e ovos muito bem cozidos.  Pessoas
relaxadas e felizes tem altos níveis de serotonina.

Comer alimentos ricos em vitamina B, como banana e abacate também podem ajudar a
melhor o seu nível de serotonina.

Você gosta muito de queijo? Pode comer quase todos, os que não podem são os
queijos azuis e aquele cuja casca tem fungos amadurecidos, como brie, chèvre e
camembert, porque aumentam os riscos de listeriose, causada por uma bactéria que pode
afetar o bebê.

10ª SEMANA

No ultrassom feito entre a 10º e 14º semana, verifica-se o desenvolvimento cerebral do


seu bebê, para confirmar se o desenvolvimento do cérebro primário do bebê está normal.
Esse é o exame de translucência nucal, que é um exame ultrassonográfico que mede o
acúmulo de fluido sob a pele na dobra nucal, na parte posterior do pescoço do bebê,
para saber a quantidade de fluido lá existente. Excesso de fluido pode indicar presença
de síndrome de Down.

Esse exame é considerado com 80% de precisão.  Se o resultado mostrar que há risco,
serão necessários fazer outros exames.

E sobre as compras:
Você ainda não precisa comprar o enxoval completo de gestante, mas já pode estar
sentindo necessidade de sutiãs maiores. Procure sutiãs que abram na frente, para pode
usá-los como sutiã de amamentação depois do parto. Importante: Não compre bege,
compre cores alegre e com estampas bonitas. Hoje em dia você encontra lindos sutiãs de
amamentação, cores bonitas, rendas, estampados, com sustenção… o bege use apenas
quando quiser que a cor do sutiã não aparece com determinada roupa. Bege não é nem
um pouquinho sexy e você apesar de estar grávida continua sendo mulher.

11ª SEMANA

Enquanto seu corpo vai acomodando o útero em crescimento, você pode começar a
sentir algum desconforto na região da pelve.

Você também pode sentir dores nas costas durante a gravidez, é super normal. Essas
dores acontecem porque os ligamentos e músculos da pelve estão se expandindo para
acomodar o útero em crescimento, o que pode causar algum desconforto, mas é
suportável.

Mas se a dor vier a ser muito forte, em espasmos, como as cólicas menstruais, ou se
tiver sangramento, você deve procurar um médico.

Nesse momento você pode estar querendo viajar.

Confira as dicas sobre viagens e segurança:

• Verifique com seu médico se você pode viajar.


• Descubra se precisa de alguma vacina. Evite viajar para áreas onde haja riscos de
doenças.
• Adquira um seguro viagem que dê cobertura também à gravidez.
• Carregue sempre todos os papéis do seu pré-natal.
• Mantenha-se hidratada.
• Use meias elásticas.
• Use proteção solar!
• Cuidado com o que come e beba água mineral.
12ª SEMANA

Agora é o final do primeiro trimestre, um marco importante! O risco de aborto é


reduzido e você pode começar a relaxar!

Por volta da 12ª semana os bicos dos seios escurecem e ficam mais eretos. No final do
primeiro trimestre o crescimento se estabiliza.

Nesse momento você já deve ter feito sua primeira ultrassonografia e visto seu bebê, e
talvez já saiba o sexo do bebê!

Sempre que chega a data de fazer um novo exame é uma alegria e uma preocupação,
alegria por poder ver o bebê, e sempre uma preocupação em saber se está tudo bem
com ele.

Até o final deste trimestre muitos dos sintomas iniciais da gravidez tendem a
desaparecer.

• náusea: começa a diminuir, uma maravilha! Seu apetite vai melhorar. Se as náuseas
ainda não passaram, relaxe, elas vão passar.

• urinar: você não vai precisar urinar com tanta frequência por um tempo, no final da
gravidez isso volta.

• fadiga: agora isso deve melhorar. O segundo trimestre da gravidez é o melhor,


aproveite e arrume o quarto do bebê e faça as compras a partir de agora.
SEGUNDO
TRIMESTRE DA
GRAVIDEZ
13ª SEMANA

Bem vinda ao seu 2º trimestre da gravidez!!

A partir de agora a taxa de aborto espontâneo foi reduzida para menos de 1%! Sua
barriga já está aparecendo e não tem mais como esconder a gravidez.

É menino ou menina?

Você já fez o exame de ultrassom para descobrir o sexo do seu bebê mas ainda não
deu pra ver ou não deram certeza do resultado! Fique tranquila caso ainda não dê para
descobrir, espere um tempo e faça o exame de novo.

Algumas gestantes preferem adiar a compra de roupas e planejamento da decoração


do quarto até saber o sexo do bebê, outros optam por saber apenas na hora do parto e
assim fazem um enxoval e decoração tudo neutro para a chegada do novo ou nova
integrante da família!

Nutrição:

Agora você deve estar com menos náuseas e com mais apetite. As necessidades
calóricas são cerca de 2100 a 2500 calorias por dia, dependendo do seu nível de
atividade física.

Se está sofrendo de fadiga durante a gravidez tente aumentar a ingestão de ferro,


coma:

• verduras de folhas verde-escuras;


• carne vermelha;
• cereais integrais;
• suco de ameixa.
Vitamina C ajuda o corpo a absorver mais ferro, por isso tente beber suco natural de
laranja durante as refeições e limite o consumo de café e outras bebidas com cafeína, que
inibem a capacidade do organismo de absorver ferro.

14ª SEMANA

Embora nesse momento você esteja se sentindo melhor fisicamente, é normal que
ainda tenha altos e baixos na parte emocional.

Uma boa dica é exercitar-se, o exercício físico libera endorfina, os hormônios que
fazem com que a gente se sinta bem, e isso pode melhorar tanto o seu bem-estar físico
como o emocional.

Não esqueça de verificar com seu médico se você pode praticar exercícios. Se puder,
lembre-se de sempre usar o bom senso e ficar atenta aos sintomas que podem indicar
que você está se esforçando demais.

Um bom teste é conversar enquanto faz o exercício, se conseguir é porque está


treinando bem. Mesmo assim, escolha fazer exercícios acompanhada por um personal
trainner especializado em gestantes.

15ª SEMANA


Hora de dar início nas compras do enxoval!

Se você ainda não fala com seu bebê, comece agora a conversar com ele, ele pode
ouvir sua voz! Os ouvidos do bebê já se desenvolveram o suficiente para ele poder ouvi-la
falar. Quando ele vier ao mundo, ele já vai reconhecer a voz dos pais. 
Como aliviar a prisão de ventre?

• Coma mais fibras: frutas frescas, vegetais, grãos integrais e beba muita água.

• Tente reflexologia: Procure um profissional ou faça você mesma uma massagem na


base do calcanhar e arco do pé, empurrando o polegar de maneira uniforme e com
força contra a pele do pé. Estudos mostraram que 85% das mulheres tiveram resultados
positivos e movimentos intestinais regulares.

Posição para dormir:

A cada dia que passa sua barriga vai ficar maior e você pode começar a achar
desconfortável quando estiver deitada. Para evitar dormir de costas na segunda metade
da gestação, comece a praticar agora algumas novas posições.

O peso do útero vai pressionar as veias mais importantes que devolvem o sangue no
coração, o que pode ter como resultado tonturas, pressão baixa e até redução do fluxo de
sangue no útero. De preferência deite-se do lado esquerdo (mas deitar do lado direito
não faz mal) essa é a melhor posição para vocês dois, melhora o fluxo de sangue para a
placenta e ajuda seus rins a eliminar resíduos e líquidos.

E conforme o tempo for passando e a barriga aumentando você pode fazer uso de
vários travesseiros para achar a melhor forma de dormir.

16ª SEMANA

Agora sua barriga é claramente visível, e a partir de agora você ficará surpresa com a
rapidez com que ela vai crescer.

Você já não dorme bem e para ajudar ainda acorda com fome no meio da noite?! Isso é
normal… Tente acabar com essa fome noturna, fazendo um lanche antes de dormir.

• Ovos, leite, queijo, iogurte, atum e peru, produzem uma substância química cerebral
que tem efeito calmante e ajuda a dormir.
• Como carboidratos de liberação lenta, tais como macarrão ou pães integrais. Tipo
metade um sanduíche de atum com queijo, ou peru. Uma tijela de cereal integral com
leite morno e mel vão satisfazer sua fome enquanto a ajudam a dormir melhor.

• Um punhado de nozes ou sementes ou um iogurte integral com mel e frutas são ricos
em proteínas e farão seu estômago parar de reclamar.

Exame: Amniocentese

Esse exame envolve o teste do líquido amniótico e, normalmente, é feito entre as 16ª e
18ª semana de gravidez. O exame pode ser necessário quando:

• existir histórico familiar ou gestacional de um problema genético.


• para mulheres acima de 40 anos, que correm maior risco de ter um bebê com
anomalia cromossômica.
• ou quando o teste de triagem (translucência nucal) mostra que há alto risco de
alguma anomalia cromossômica.

Para reduzir a probabilidade de ter varizes:

• evite ficar sentada ou em pé na mesma posição durante longos períodos de tempo;


• exercite-se diariamente, uma boa opção é hidroaeróbica;
• durma com as pernas ligeiramente elevadas.

17ª SEMANA

Agora seu bebê dá até cambalhotas dentro da sua barriga!

Agora é o melhor momento para você sair de férias, esse é considerado o estágio mais
seguro e com poucos ou nenhum sintoma, perfeito!

O mau-estar passou, o cansaço diminuiu, e você ainda não está mega pesada, então
aproveita para tirar férias, fazer as compras para o bebê e arrumar a casa para a chegada
dele.

Aliviando o stress:
Quando você sentir que estar estressada faça alguma coisa para relaxar. Como saber se
você está estressada? Você pode sentir seu coração acelerar ou a temperatura do corpo
aumentar. Dicas para aliviar o stress:

• Respire fundo e relaxe os músculos.


• Mantenha-se ocupada, as vezes muito tempo livre só serve para você ficar remoendo
aquilo que te estressou e te deixar mais estressada ainda.
• Reserve para um tempo para relaxar, assista um filme, leia um livro, ouça uma
música… só relaxe.
• Converse com seu parceiro, explique o que está acontecendo, o que a deixou
estressada e o que a está preocupando…

Lembre-se que o importante agora é cuidar do seu bebê.

Você estar grávida e feliz, mesmo que você ainda trabalhe período integral, cuide da
casa, marido… com certeza vão ter dias mais estressantes, e para ajudar ainda tem os
hormônios da gestação que podem causar altos e baixos emocionais.

A tensão da mãe pode ser passada para o bebê, e isso pode afetar negativamente o
desenvolvimento do seu bebê. Então trate de relaxar!

18ª SEMANA

Por volta dessa época você pode começar a perceber o seu bebê se movendo, mas
algumas mulheres só começam a sentir os movimentos do bebê mais tarde, lá pela 20ª
semana.

Início dos preparativos para o quarto do bebê (inspiração de decoração). 


Se você sofrendo de azia confia algumas dicas:

• Faça refeições menores e mastigue bem a comida.


• Evite alimentos que agravem seus sintomas, como pratos muito temperados ou
gordurosos.
• Beba leite.
• Tome chá de hortelã-pimenta, gengibre e camomila.
• Mastigue alho cru.
• Mastigue chiclete depois de comer.
• Fique em pé depois das refeições, curvar-se pode aumentar o desconforto.
• Não coma tarde da noite.
• Levante 15cm a cabeceira da cama e deite-se do lado esquerdo.

Curso para gestantes:

Você pode se matricular em cursos para gestante a partir de agora, não é bom deixar
para muito tarde pois esses cursos costumam ter muita procura e as vezes é difícil
encontrar vaga.

Esses cursos ajudam a preparar você e o papai (se possível é legal que ele participe do
curso também) para o nascimento do bebê.

Vocês vão aprender sobre os sinais de parto e sobre os primeiros cuidados com o bebê
recém-nascido.

19ª SEMANA

Agora já é bem fácil pensar no bebê como uma pessoa real, provavelmente você já
sabe o sexo do bebê, ele já tem nome, e você já começou os preparativos na casa para a
chegada do bebê!

Movimentos do bebê:

Seja paciente, muitas mulheres começam a sentir os primeiros movimentos do bebê em


torno da semana 18 a 20 de gestação ou até mais tarde. Algumas dicas que podem
ajudar:
• Para ter mais chances de sentir seu bebê se mexendo, pare e relaxe, se você ficar em
movimento o dia todo pode não sentir o bebê se mexendo já que estava ocupada com
outras coisas.
• Ficar quieta pode fazer o bebê acordar, já que ele não estará sendo “embalado”.
• Música alta, os bebês adoram música, isso pode estimular ele a responder.
• Ficar deitada de lado, com a barriga amparada por travesseiros pode estimular o
bebê a mudar de posição para se acomodar melhor.
• Se tudo o mais falhar, tomar uma bebida doce e bem gelada, pode ajudar.

Hora de começar a visitar as lojas de móveis para escolha do quarto do bebê;

Ultrassom Morfológico:

Entre as semanas 18 e 20 seu bebê fará um check-up completo, é o ultrassom


morfológico. Esse exame é feito para verificar o desenvolvimento geral do bebê e
examinar seus sistemas orgânicos e corporais, para assegurar-se de que não há
problemas.

20ª SEMANA

Aquela sensação de borboleta na barriga pode ser mais que apenas gases!

A pequena agitação pode ser uma sensação tão minúscula que muitas mulheres acham
que são gases. Mas daqui a pouco você ser dará conta que é seu bebê mexendo, e isso
será maravilhoso!

Ultrassom morfológico: O que esse exame verifica?

Nesse exame os órgãos do bebê e os sistemas corporais são examinados em detalhe,


para saber se tudo está se desenvolvendo bem e portanto pode demorar um pouco mais
de tempo que os exames anteriores. Para a maioria, o exame fornece a tranquilidade de
que o bebê está se desenvolvendo normalmente.
As áreas checadas no exame são:

• Cérebro
• Coluna vertebral
• Lábio superior
• Lábio inferior
• Coração
• Estômago
• Rins e bexiga
• Parede abdominal
• Membros
• Cordão umbilical

21ª SEMANA

Lá se foi a primeira metade da gravidez! Você quase não lembra de como era “não estar
grávida”, mas essa nova etapa merece novos reforços.

Hora de comprar a decoração e enxoval do quarto do bebê;

Roupas!

Para quem trabalha fora, as roupas são um problema maior do que para quem fica em
casa. O trabalho pede uma roupas mais formais que calça legging (que é uma maravilha
para usar durante a gestação).

Mas hoje em dia as grávidas tem lindas opções de roupas exclusivas para esse período.
Mas lembre-se que essas roupas são apenas para seu período gestante, então não
adianta querer “renovar” o guarda-roupa, porque depois você poderá voltar a usar suas
peças de antes da gravidez.

Vestidos são ótimos para usar durante a gravidez, e pode usar tanto no verão, quanto
no inverno, com meia calça e casaco.

Hora de começar a pensar no Chá de Bebê! Você vai contratar alguma empresa ou fará
sozinha. São muitos detalhes para pensar: lista de convidados, espaço, fornecedores,
decoração…

Meias de compressão:

Essas meias funcionam promovendo a circulação e a volta do sangue ao coração e


podem ser recomendadas para prevenir problemas relacionados às veias, particularmente
se você tem varizes ou micro varizes.

Também ajudam a aliviar pés doloridos, edemas leves nos pés, tornozelos e pernas,
assim como a retenção de líquidos.

Podem ser particularmente úteis se seu trabalho exige que você fique em pé por longos
períodos de tempo.

Os modelos variam bastante, muitas são translúcidas, algumas chegam às coxas, outras
aos joelhos e outras cobre a perna toda, também tem modelos que suportam o bebê e o
útero, removendo a pressão nas suas costas. E também existem modelos leves para o
verão.
22ª SEMANA

Se você está esquecendo as coisas, não se preocupe, você está com “memória de
grávida”!

Sua habilidade de se concentrar e prestar atenção as tarefas também pode ser afetada.
Isso é temporário, mas pode durar até o bebê fazer 1 ano, por isso tenha listas de tarefas,
faça listas para as tarefas de casa e do trabalho.

Se sentindo “grande”?

Nesse estágio da gravidez é normal você se sentir grande, mas isso não quer dizer que
seu bebê será grande. Não significa que todo o seu peso está na barriga e que vem do
bebê, você pode ter engordado no resto do corpo, o que não afeta o tamanho do bebê.

O tamanho da sua barriga é um bom indicador do crescimento do seu bebê, por isso
ela é medida pelo obstetra. A medida é feita desde um ponto no osso púbico, na pelve,
até o topo, ou fundo, do útero. Essa altura deve correlacionar com o número de semanas
que de sua gestação, com uma precisão de 2cm. Assim, se você estiver de 28 semanas de
gravidez, sua barriga deve medir de 26 cm a 30 cm. A altura uterina fica registrada em sua
ficha.

Se sua barriga estiver significativamente maior ou menor do que deveria para suas
datas, é provável que lhe peçam uma ultrassom, que pode dar uma medida mais precisa
do bebê.

Mas lembre-se que muito grande para você e para o obstetra são coisas diferentes!

23ª SEMANA

Estar grávida pode ter todo tipo de efeitos inesperados! É provável que haja dias em
que você não se sinta no controle de suas emoções e elas a dominem, fazendo-a chorar
sem nenhum motivo.

Ou também você pode sentir seu corpo desajeitado e descoordenado, e trombe nos
móveis, mas isso tudo é normal durante a gravidez.
Energia de sobra:

Se, como muitas grávidas nesse período, você se sente cheia de energia, aproveite esse
momento! Aqui estão algumas maneiras de aproveitar:

• Faça exercícios!
• Organize a papelada e coloque as finanças em dias.
• Faça uma limpa no seu armário.
• Reserve um tempo para passar com os amigos, logo que o bebê chegar isso pode ser
mais difícil.
• E lógico arrume tudo para seu bebê nesse período, preparação do quarto, pintura,
compra dos móveis, enxoval, prepare o chá de bebê, faça tudo que puder nesse
trimestre!

24ª SEMANA

Mantenha seus bons hábitos alimentares e certifique-se de que seu corpo está em
excelente condições físicas para sustentar sua gravidez.

Alguns pequenos desconfortos, como sentir calor demais, cãibras nas pernas e
hemorróidas podem atormentá-la. Esses problemas são apenas temporários e
desaparecem depois que o bebê nascer.

Postura:

Sua postura mudará naturalmente em consequência da gravidez. Isso se deve ao peso


extra que está carregando e ao afrouxamento das juntas.

Os exercícios costumam ajudar a equilibrar seu corpo e aliviar as dores musculares


associadas às mudanças na postura.
Exame de tolerância a glicose:

Na gravidez algumas mulheres desenvolvem uma espécie de diabetes chamada


diabetes gestacional, que desaparece depois que o bebê nasce. O rastreio para o
diabetes gestacional é habitualmente feito entre a 24ª e a 28ª semanas de gestação. 

Esse exame também é aconselhável se você tem um índice de massa corporal acima de
35, ou um parente próximo com diabetes, ou se já teve diabetes em alguma gravidez
anterior.

25ª SEMANA

Está chegando perto do fim do segundo trimestre! O último trimestre da gravidez vai
passar muito rápido! Certifique-se de que tem tudo já bem encaminhado ou pronto para
esperar a chegada do bebê.

Como estão os preparativos para a chegada do bebê?

Como está sua pele?

Você já pode ter ficado com estrias devido ao estiramento da pele, à medida que
ganhou peso. Inicialmente essas estreias são rosadas ou vermelhas e podem provocar
coceiras. Depois da gravidez as estrias atenuam-se ganhando uma cor mais
esbranquiçada, tornando-se menos evidente.

As estrias podem ser genéticas, e quanto mais idade você tem é mais provável que
ocorram, porque a pele com a idade perde mais elasticidade.

Hidratar a pele não impede as estrias de aparecer, mas pode ajudar a manter a pele
suave.

Uma combinação de exercícios e comida saudável minimiza a proporção em que você


ganha peso e sua pele se estica.
Está difícil…

Agora você já pode começar a achar mais difícil ficar em pé por longos períodos de
tempo… Dicas para minimizar o desconforto dos pés:

• Use sapatos esportivos, que tenham um bom suporte de arco, para ajudar a reduzir a
tensão sobre a coluna.
• Evite usar saltos altos. Além de desconfortáveis, eles podem deixá-la instável sobre os
pés e causar uma queda.
• Assegure-se que seus sapatos se ajustam corretamente e, se assim não for, compre
outros. Os pés podem inchar ou para algumas mulheres os pés podem aumentar 1
número de tamanho.
• Faça exercícios regulares e evite ficar em pé por longos períodos.

26ª SEMANA

As semanas vão passando e você vai sentindo cada vez mais as mudanças do seu
corpo. O crescimento do bebê vai pedindo espaço e com seus chutes, você pode sentir
dores nas costelas.

Aulas pré-natais:

Está chegando a hora de fazer o curso de gestante?

As aulas pré-natais lhe possibilitarão, além de fazer novos amigos, aprender sobre a
gestação, o parto e a vida com um recém-nascido.

Existem vários cursos de gestante disponíveis, em hospitais ou particulares, peça


indicação para o seu médico.

O objetos dessas aulas são informá-la sobre a gravidez, o trabalho de parto e as


primeiras semanas após o nascimento.

Você pode aprender técnicas de relaxamento e de respiração, ou ser informada sobre


os diferentes tipos de alívio da dor.
Também pode receber sugestões sobre o que comprar para o bebê e conselhos sobre
tópicos relevantes após o nascimentos, como amamentação, banho, sono, troca de fraldas
e mais.

Incentive seu parceiro a ir também, assim ele ficará informado sobre o parto e com os
cuidados que deverá ter com o bebê também.

27ª SEMANA

Agora você já pode estar tendo dificuldades para dormir devido à atividade do bebê. O
espaço em seu útero está ficando apertado. O bebê tende a dar alguns golpes certeiros,
com pés e punhos, e alonga-se e se vira. Embora receber os tais chutes não seja algo
confortável, você vai gostar e se sentir segura em ter seu bebê mexendo.

Momento de escolher os fornecedores para a recepção da maternidade.

Dor nas costas:

Uma das reclamações mais comuns da gravidez são as dores nas costas! Mas… você
não vai parar de carregar o bebê depois que ele nascer e também vai ter mais o bebê
conforto, bolsa, sacola de compras e etc para carregar… Então é melhor manter os
músculos fortes por toda a gravidez para se preparar.

5 dicas para prevenir a dor nas costas no terceiro trimestre:

• Permaneça forte: treinar força em todas as partes do corpo vai ajudar você a lidar
com o excesso de peso ganho durante a gravidez.
• Apoio: invista em um cinta de suporte, que alivia suas costas, pois carrega todo o
peso da barriga.
• Sono: enquanto estiver dormindo, coloque um travesseiro entre as pernas para aliviar
o estresse das costas.
• Alongamento: a flexibilidade ajuda as costas a relaxar e evita que seus músculos
fiquem muito tensos.
• Sentar: mantenha as costas apoiadas no encosto de uma cadeira.

Lembrando que para fazer atividades físicas você deve falar com seu médico antes.
TERCEIRO
TRIMESTRE DA
GRAVIDEZ
28ª SEMANA

Mesmo antes do nascimento, o bebê está estabelecendo um padrão de


comportamento. O bebê está começando a ter ciclos regulares de sono e vigília. Agora,
respirar, bocejar e engolir estão assumindo um padrão mais definido.

Agora é o melhor período para você fazer suas fotos gestante. Entre o comecinho do
sétimo mês de gestação e início do oitavo (entre 28ª e a 32ª semana). Essa orientação é
apropriada porque é nesse tempo em que a barriga da mulher já está grande, porém ainda
não se sente tão inchada e com dificuldades para caminhar e respirar. 

E para você está difícil de respirar?

Conforme seu útero cresce, o diafragma é comprimido, e pode ficar mais difícil de
respirar. É importante não lutar contra a tendência natural de curvar as costas para trás, o
que abre a caixa torácica, deixando entrar mais ar, e ajuda, também, a equilibrar o excesso
de peso da barriga.

O terceiro trimestre realmente é uma fase muito exaustiva para a gestante. O corpo dói,
não existe opções confortáveis para deitar e não é possível fazer coisas rotineiras como
agachar e pegar um objeto no chão. O mais indicado é não abusar do esforço e procurar
respeitar seus limites e descansar o máximo que puder.

Se a ansiedade está tomando conta da sua vida e te impedindo até mesmo de dormir,
converse com seu obstetra sobre tomar algum calmante natural ou alguma outra forma de
se tranquilizar. Agora não é momento de tensão e sim de preparação, tente se controlar e
relaxar.
29ª SEMANA

Aproveite esse terceiro trimestre para se organizar antes do nascimento do bebê.

Nesse momento da gravidez você pode se informar sobre aulas de


amamentação, revisar a lista do enxoval e comprar as últimas coisas que falta para bebê.

Agora é a hora de fazer as últimas compras do enxoval.

Escolhendo as fraldas:

Que tipo de fralda você deve escolher? As descartáveis ou as de pano?

• Fraldas descartáveis se ajustam perfeitamente, são muito absorventes e deixam o


bebê seco, mesmo durante a noite. Mas o custo é bem mais caro, principalmente se for
comprar as melhores marcas.
• As fraldas de pano vão custar bem menos, mas o investimento inicial é mais alto, pois
você vai comprar para 2 dias de trocas por exemplo, ou para a semana toda, para dar
tempo de lavar e secar para usar de novo. Essas fraldas são macias e hoje tem modelos
com estampas lindas.

30ª SEMANA

Hora de organizar o quarto do bebê.

Nessa fase você provavelmente se sentirá mais cansada, mas é bem provável que você
ainda tenha muitas coisas para preparar para a chegada do bebê.
E de agora em diante você também irá ver seu médico mais vezes. Isso serve para
garantir um acompanhamento mais adequado para a gestante e conseguir detectar
qualquer problema que surgir. Não deixe de ir em nenhuma consulta, ela é muito
importante para ter um parto tranquilo.

Seu corpo tem apresentado sinais diferentes? Algum corrimento ou um sangramento


inesperado? Não deixe de procurar ou ligar para seu obstetra no caso de verificar
qualquer sintoma diferente do seu corpo.

É possível que você já comece a ter as famosas contrações de Braxton Hicks, que dão
uma indicação do que pode estar por vir, mas que ainda não é o momento do bebê
nascer.

Pense que quanto mais relaxada você estiver, mas fácil será o parto.

Na reta final é muito comum as gestantes reclamarem dos inchaços, principalmente nas
pernas e pés. Evite ficar muito tempo de pé, caminhar muito e se possível mantenhas as
pernas elevadas para melhorar a circulação. Alimentos com o mínimo de sal possível
também ajudam.

Faça massagens para se cuidar e mantenha-se ocupada!

31ª SEMANA

Você pode ter firmes propósitos sobre o que considera a experiência ideal de parto,
mas mantenha a cabeça aberta, na hora você pode mudar de ideia ou por precisar que
mude alguma coisa do seu planejamento.

Mudança nos seios:

Nesse terceiro trimestre, seus seios vão começar a se preparar para alimentar seu bebê,
e você pode sentir algum incômodo e mudanças que não tinha previsto.

Eles vão se tornar mais cheios e podem parecer mais pesados, suas aréolas (a área em
torno do mamilo) vão ficar mais escuras e neles, você pode sentir nódulos e edemas,
quando começa a ser produzido o colostro, o primeiro leite, que pode vazar um pouco.
As pequenas glândulas na superfície de suas aréolas também vão se tornar maiores e
pode aparecer veias mais escuras nos seios, devido ao suprimento aumentado de sangue.

Eles podem ficar mais doloridos e sensíveis do que o normal, principalmente quando
tocados.

Insônia:

A insônia é um problema comum durante a gravidez, e pode levar a fatiga, estresse,


ansiedade e irritabilidade.

Óleos essenciais de lavanda e camomila romana podem ser adicionados ao banho ou


pingados no travesseiro, para acalmar e relaxar.

Os remédios homeopáticos são bons para problemas de sono e podem ser tomados
antes de ir para a cama ou se você acordar durante a noite. (Antes de tomar qualquer
remédio fale com seu médico).

Florais de Bach podem aliviar o estresse e ajudar a dormir.

Algumas gestantes podem começar a sentir náuseas e enjoos no terceiro trimestre.


Esses sintomas ocorrem pela atividade hormonal que se altera no final da gestação e
também claro do tamanho do bebê e a pressão em cima do estômago.

32ª SEMANA

Seu bebê ainda não vai estar acomodado na posição final do nascimento, mas o modo
como ele está colocado é analisado a cada consulta de rotina. Ainda há muito espaço no
útero para seu bebê exercitar seus membros e ele está ficando muito forte e mais ativo. À
medida que sua barriga cresce, pode ficar mais difícil continuar muito ativa e ficar
confortável quando se senta ou deita.

Se você ouvir música durante a gestação, seu bebê também se beneficiará disso. É
possível que você tenha notado seu bebê mais ativo quando ouve música. Descobriu-se
que os bebês dentro do útero se movem e até mesmo respiram no ritmo da música.
Melhorando ou não a inteligência do bebê, a música clássica pode relaxar você, o que é
sempre bom durante a gravidez.

Chegou a hora de lavar e organizar as roupinhas do bebê.

Primeiras horas e dias:

Alguns fatos interessantes que você pode gostar de saber, para ajudá-la a se preparar
para o que acontece depois do bebê nascer:

• Você pode tremer toda logo após dar a luz, e não fique preocupada se vomitar: isto é
bem normal e não há nada com o que se preocupar.
• Bebês recém-nascidos nem sempre mamam com facilidade imediatamente. Vocês
dois precisam praticar.
• Dores colaterais (sensação de cãibras em seu útero, quando seu bebê mama) podem
incomodar você tanto quanto contrações.
• As primeiras vezes em que você for urinar ou defecar podem ser incômodas.
• Você pode se sentir muito vulnerável e precisar de sua mãe nos primeiros dias de
maternidade.
• O vínculo com um recém-nascido nem sempre acontece imediatamente para todas as
mães, mas a espera vale a pena.

33ª SEMANA

É difícil imaginar como vai ser a vida com um novo bebê. Todas as futuras mamães, e
não somente as mães de primeira viagem, acham difícil imaginar a vida depois da
chegada do bebê. As expectativas, sonhos e esperanças dos últimos meses estão quase
se tornando realidade – o que pode ser muito diferente do que você esperava.
Concentra-se nos assuntos práticos, como as celebrações da chegada do bebê e os
cuidados com o bebê, além disso faça planos para recuperar seu corpo de antes da
gravidez.

A importância das fibras:

As fibras são muito importantes no terceiro trimestre, pois vão ajudar seu sistema
digestivo a trabalhar melhor. As fibras alimentares é o melhor modo natural de manter os
intestinos regulados. A maioria das grávidas que tem uma dieta baseada em integrais
provavelmente está se alimentando de fibras o suficiente.

As fibras fazem com que você se sinta satisfeita mais rapidamente e por mais tempo, e
podem ajudá-la a não comer demais nem ganhar muito peso; também contribuem para
controlar a diabete, diminuir o colesterol e os riscos de doença cardíaca.

Sexo no final da gravidez:

Muitos casais durante a gravidez sofrem com medo de ter relações sexuais e machucar
o bebê ou até mesmo a grávida. Quando na verdade o sexo durante a gestação é
considerado extremamente saudável e ainda ajuda na preparação do corpo para o
trabalho de parto.

34ª SEMANA

Agora é hora de começar a praticar os exercícios de relaxamento e alívio da dor que


você tem aprendido nas aulas pré-natais. Quanto mais você conhecer essas técnicas, mas
elas vão ajudá-la durante o parto.

Hora de arrumar as malas para a maternidade.


Posição do bebê:

A posição e a apresentação de seu bebê serão medidas por seu obstetra a cada exame.

A “posição” de seu bebê é a direção em que ele está, vertical ou horizontal – a posição
horizontal é conhecida como transversa. A “apresentação” refere-se à parte do bebê mais
próxima da pelve: é a que sai antes.

A apresentação mais comum é a cefálica, de cabeça para baixo e nádegas para cima.
Na apresentação de nádegas o bebê está de cabeça para cima.

Exames essenciais:

Alguns dos exames regulares que você tem de fazer no terceiro trimestre testam a
possibilidade de pré-eclâmpsia. Uma combinação de pressão sanguínea alta (ou
aumentando) e proteínas na urina pode ser indício dela. Outro sinal é a sudorese extrema
principalmente do rosto e/ou tornozelos.

Exame de estreptococos do grupo B:

Cerca de 20% a 30% das mulheres grávidas possuem a bactéria “estreptococo B” na


região vaginal ou anal. Chamada SGB, em geral ela é inofensiva em adultos, mas, se não
for tratada, pode causar uma infecção rara, mas séria, em bebês recém-nascidos.

Não há uma política de exames de rotina em hospitais, mas alguns fazem testes para a
SGB entre a 34 e 37 semanas da gravidez. Se o resultado for positivo, pode-se fazer um
tratamento com antibióticos durante o parto, o que reduz o risco de infectar o bebê.

Alguns hospitais não fazem o exame, mas se a bactéria for detectada em um exame de
urina ou um esfregaço for colhido por algum outro motivo e o resultado for positivo, os
antibióticos podem ser administrados durante o parto.

O exame é muito simples e envolve colher um esfregaço na área em torno de sua


vagina e reto.

Se a SGB for detectada, e o tratamento for iniciado assim que o trabalho de parto
começar, há poucos riscos para o bebê.
É possível estar infectada com SGB em uma segunda gravidez, mesmo se você não
esteve durante a primeira.

35ª SEMANA

A realidade de ser mãe vai inundá-la nestas semanas finais, e você tem tudo para
aguardar o bebê com prazer!!

Chegou o momento de organizar a casa para a chegada do bebê.

Tente ficar ativa, mesmo que agora o seu andar seja gingado!

Exercitar-se provavelmente é a última coisa que você quer fazer, mas o esforço vale a
pena. Quanto mais você se movimentar, mais energia vai ganhar. Os exercícios suaves
também vão ajudar a aliviar algumas dores e pontadas do final da gravidez. Os
movimentos do bebê podem mudar, pois ele tem menos espaço para se mover.

Rainha do xixi! É assim que a gestante pode se sentir na 35ª semana de gestação. Legal
seria fazer uma seção de drenagem linfática, ela ajuda a eliminar os líquidos e o xixi pode
diminuir. Se hidratar é preciso, tome a bebida certa, água de côco, água, sucos naturais e
evite chás que possam aumentar a vontade de fazer xixi, são as bebidas diuréticas como
alguns chás e refrigerantes e fique de olho na pressão arterial já que é tão perigoso a pré-
eclâmpsia nessa etapa.

Sobre o tipo de parto:

Normalmente pela situação de saúde da mamãe já é possível ter ideia de qual parto a
mamãe é boa candidata, você quer parto normal ou cesárea?
36ª SEMANA

Não deixe os preparativos importante para a última hora. Tenha um plano de ação
pronto para quando você entrar em trabalho de parto – o que pode ocorrer bem antes do
que imagina.

O bebê pode chegar antes da hora, então esteja certa de que você e seu parceiros
estão confiantes em recebê-lo. Cuide dos aspectos práticos, como arrumar alguém para
cuidar das outras crianças (caso você tenha mais filhos), ou até para cuidar do seu gato e
cachorro. Peça ajude se necessário, para pais e amigos. Arrume a mala para o hospital e
relaxe.

Pés inchados?

Você está sentindo que seus pés estão inchados e apertados nos sapatos? Pés e
tornozelos inchados, efeitos do chamado edema, acontecem pelo excesso de líquido que
escoa para os tecidos, devido ao volume aumentado de sangue.

No final da gravidez o inchaço é comum e piora durante o calor. Para ajudar a diminuir
o inchaço você pode:

• elevar as pernas quando estiver sentada,


• girar os pés,
• deitar-se com os pés pra cima,
• usar meio calça de suporte também melhora a circulação e
• beba muito líquido, especialmente água.

37ª SEMANA

Seu bebê já pode nascer a qualquer momento. A partir da 37ª semana, ele já não é
considerado um bebê prematuro. Nessas últimas semanas sua barriga vai mudar por
causa da preparação final para o parto.

Pode parecer que sua barriga começa a descer! Agora você está tão grande quanto
possível. Logo – talvez ainda esta semana – o bebê vai descer um pouco mais pela pelve,
pronto para o nascimento. Sua barriga também vai mudar, ficando com um formato
diferente. Isso não significa necessariamente que o parto esteja próximo, então não se
preocupe se o bebê descer. Você ainda tem algum tempo antes dele nascer.

O que fazer agora?

Caso você já saia de licença maternidade agora, esse é um bom momento para você se
preparar para a chegada do bebê:

• Tire um tempo para descansar, é bom reservar energias para a hora do parto e para as
semanas seguintes.
• Revisar a sua mala da maternidade.
• Fazer um lista das pessoas que você quer contatar depois do parto.
• Prepara algumas refeições e congele.
• Se ainda não terminou, termine de organizar as roupas do bebê, por tamanho, para
facilitar de não ter que ficar procurando até achar uma que sirva.
• Vá à manicure, à pedicure ou faça massagem. Quando o bebê chegar, você não vai
ficar só com o tempo curto, mas com o dinheiro curto também.
• Produza algo criativo. Pinte algum quadro para o bebê, faça um álbum de scrapbook
e etc…

Não vai demorar muito para você conhecer seu bebê. Enquanto isso converse com ele!!

38ª SEMANA

Agora provavelmente chegou o momento que por mais que você tenha gostado da
gravidez agora você está torcendo para que ela acabe!!

O bebê está quase pronto, você está mais que pronta… Agora é esperar enquanto seu
bebê receber os retoques finais!

Agora o bebê tem menos espaço para se mover e se ele ainda não virou (ficou de
ponta cabeça) logo ele deve virar.

É provável que grandes refeições a deixem muito cheia agora. E se ficar muito tempo
sem comer você pode ficar um pouco zonza e fraca devido à hipoglicemia, nível baixo de
açúcar no sangue.
Faça lanchinhos saudáveis:

• Como frutas frescas.


• Passas de várias frutas e de amêndoas, castanhas, nozes e outros frutos secos.
• Faça ovos bem cozidos para diminuir no desejo por coisas salgadas.
• E picolé de fruta, é muito refrescante!

Hora de fazer uma revisão geral e ver se falta comprar ou arrumar algo. Faça
supermercado e deixe algumas comidas congeladas. Não se esqueça de providenciar uma
boa faxina na casa também.

39ª SEMANA

É hora de saber sobre os sinais de que o trabalho de parto realmente está para
começar.

Você pode ter alguns alarmes falsos, mas mesmo assim quando sentir alguma coisa
ligue para sua obstetra que ela pode lhe explicar o que está acontecendo e pode lhe
deixar mais tranquila.

Permanecer ativa ajuda a passar o tempo mais rápido, já que agora a ansiedade e a
vontade de que o bebê nasça logo é muita.

Quando realmente começa o trabalho de parto?

Se está é sua primeira gravidez, pode ser difícil saber quando o trabalho de parto está
começando. Algumas indicações, mas que variam de mulher para mulher:

• Algumas sentem dor lombar que começa fraca e se torna bem forte.
• Corrimento com sangue.
• Rompimento da bolsa.
• E o sinal mais óbvio são as contrações. Contrações doloridas do útero aumentam de
intensidade e se tornam mais regulares conforme o trabalho de parto avança.
Se você acha que seu trabalho de parto começou, fique calma, ligue para sua médica,
informe de quanto em quanto tempo estão as contrações e a duração delas.

Caso suas contrações aconteçam a cada 5 minutos, durarem 1 minuto e você é forçada
a parar de fazer alguma coisa que estiver fazendo, vá para o hospital!

Quanto tempo tem que ficar no hospital após o nascimento do bebê?

O normal, se você tiver parto normal é ganhar em um dia e sair no outro dia do hospital.
Se você ganhar de cesárea pode ficar de 2 a 3 dias no hospital.

Preparações finais:

Tenha certeza que está tudo pronto e organizado para quando o trabalho de parto
começar e você tiver que ir para o hospital.

40ª SEMANA

Agora sua gravidez está chegando ao fim, e a qualquer momento você irá conhecer o
seu bebê!

Alarme falso:

Você pode ter pontadas profundas e doloridas! E também as chamadas contrações de


Braxton Hicks. É fácil você confundi-las com contrações reais e acabar indo para o hospital.
Também pode ter contrações regulares por um tempo e depois elas pararem, tudo isso é
normal.

Um sinal seguro de que o parto está próximo é perder o tampão mucoso e o outro o
rompimento da bolsa amniótica.

Você saberá que está em trabalho de parto quando suas contrações ocorrerem de
forma regular, aproximadamente a cada 15 minutos, controle o tempo entre elas. E
conforme o tempo for passando o tempo entre as contrações irá diminuir e se tornarão
cada vez mais longas.
Lua de bebê:

Quando o bebê chegar vai ser o momento de vocês se conhecerem, isso pode ser
difícil no começo, são muitas visitas no hospital e na sua casa. O ideal é que você controle
o número de visitas e de preferência que não sejam visitas longas.

O seu bebê vai dormir bastante nos primeiros dias então aproveite para dormir
também.

Seus hormônios estarão sem controle, então esteja preparada para passar por altos e
baixos.

Deixe seu companheiro participar desse momento, ele pode cuidar do bebê, trocar as
fraldas e cuidar de vocês.

É isso! Tenha um bom parto!