Você está na página 1de 13
Esch as és epigrafes deste livo fim de atecipar guns dos ponts princpsis a sxem abordados. A primeira, do grande pensador do século XVI, Pracele: a segunda, de José Mart ea teevra, de Maex, primeira diz, em comsraste agudo com 3 concepgio atual tradicional mas tendenciosamente etcits da cucagio, que "A aprendiza em € a nossa propria vida, desde a juventude até a vel e, de fato quase até a morte; ninguém pasta dex horas sem nada aptendes"!. Relaivamente a José Mati excreve cle, podemos estar certs, com @ mesmo espitito de Parsceio, quando est insste que “La edueacin empiera con vids, y non acaba sno la muerte” Mace acres cent algumas restigses ruc, criticando duramente as soluéestentadas pela nossa racedade também tesumind 2 enoime carefa que temor pela frente. E asim que colosa em perspect nosio problems Peaecho, Seated writing (U Rouedge Kegan Pa 24 Acduaso por alm do capital Seviene ale er como cera, ~y azar nos vaca en ma: prchechon Las eonvencinescreadasdefoman ‘exvencaverdades [| Lsedenciones han veri siendo Formals es necsaio que san eens] Lalibertad pllcun tr eepurada ict ose segral libertad ped] Laescucay el hogarso is dos formidable ‘Stele dal hombre a erecta epigrafe,esclhida entre as Teer sobre Feuerbach de Mars pees evidénea lia divisria que separa os soils tépicos,como Robert Owen, daqucles {que no nosso tempo tem de superar ot gavesantagonismos ‘Serurras de nosasociedade, Pisses antagonismos blo- {Gucim o caminho para uma mudanga absolutamentene- essa, sem «qual no pode aver esperanga para a p= pia sobrevivneia da humanidade, muito menos para 8 ‘elboia de ua condigBer de exsténcla, Fis o que diz Marx A teorin materia de gue of homens So produto das icunstndas edi eda ede que, portant, homens toads so prsdutn de crinetincs diferentes de lacgio medifcds, caquece que as crcunstincas so ‘aoifedar precoamente pelos homens que o prio docador preci ser educado, Lev ois gosament, 3 Siva oidadeem ds pares, una da quai 320: trepbe sce como, por empl, Robert Oven) A Chincdégcia de modifcaso dav creunsinis eda avi ‘Sue humana pode ser aprendida racionamente om previa como rds mngformadoa Too Mat ibs, cn Oba comply ¥ 18 (Hara, Ear A: Geni Sai, 1991), 2907 » Ket Moree rdich Engl Tare Rrbab(Sio ala, A neg. 1977p. 189i doa ‘A idia que pretendo destacar x de que io apenas a Aikima ctago mas de alguma fcma todas a és, durante lum period de quase cinco sécues,enfazam a urptncia de se insttur tornando aso mes tempo ieverstvel~ uma radical mdangaestratuzl. Uma mudanga qu ns leve pare ‘lim do capital, no sentido genaino e educacionalmente ‘isvel do termo, A incorsigivel lgica do capital e seu impacto sobre a educagio Poucos negara hoje que os procesioseducacionas 08 procesossoiss mas abrangenter de reprodusio esto in- timament ligidos. Consequentement, uma reformulagio signficaiva da educagfo € inconceleel sem a correspon: dente ransormasio do quado social no qual a pitas ducacionsis da eociedade deveracuimpit a suas vii © jamente importantes anges de mudanga. Mas, sem do sobre ese simples to, os caminbos dvidem-se nikidamente.Poiseao fo se valsize um determinado modo de reprodugio dx sociedade como o necexsio quadro de ingercimbia soil sero admits, em nome da reforma, apenas alguns ajutes menoces em todos os Ambitos, in- tluindo o daeducaco.)As mudancas sob tas limitages, apriociicas © prejulgadas, slo admissveis apenas com 0 Unico ¢ leglimo abjervo de cgi algum dealhe def ‘woreda ondem extabelecida,defotma que sj mancidat ineactar a determinagSes exrutunis fundamentais da socie dade como um todo, em conformidade com as exigtacias inaleriveis ds Mca global de um determinado sicema de reprodusio. Podem-seajustar at formas peas quais uma rulkplicidade de ineresses particulars conltantes se deve Lolis celal atone A Fenee, cnfrmar com ng ge peclea da eprodusio i sockdade, ar deforma nena pode alert « ripe. PP eaefcesh com una levied cep cas «gould gina o cain exe a re ‘gob finden i a aS ORE cl, como arin nt, qi a0 cap da prod tle mate que combi caleleduconal. ora {oy sei realmente um absurd esperar uma formulago de tm ideal edueciona, do pont de vista da ondem feudal em vigor, que considers hipétese ds dominaio dor fervor, como dase sobre or enhores da bem evtabelecida clase dominant. Nauralmene,o meamo vale para aalier ative hegemdnice fundamental ene o capital eo trabalho ‘No suprende, porno, que mesmo as mais nobres uo pias educacionas, antriormenteformuladas do pono de vise do capita tvessem de permaneceresamente dew ‘wo dos mies da perpetuacio do domiaio do capital eomo modo derepodusio social meabslica, Os interese abet vor de clase dnham de prevlecer memo quando or auby- ‘arciebom-inencnader rors dese opiate dace Ccivos observvam duamente cream a manfestagbex dlesumanas dor incresiesmaterias dominant, Sus posses + creas podria, no limite, apenas ej laa reformat ‘cain se rouse pared ote for da ordem reproduiva capital eabeleda ser, contudo, el ‘ina one fndonenercaaianagiietspofindamente cniedon ‘Arar pra o fracas de todos x esforgs anteriores © ques detnavam isi grandes madangas na socedade pormeio de reformat edcaconais ids, reconciadas om 0 ponte de vist do api, consi e ainda consiste—no oes deteusa, 7 Reyuelan e> fromib sibs de ceelea, Ripicduitvy opblah, rsp Ybor tr eed, alate Sing 0 OVE malo B NL i latvia Miers 27 faxo de as deeeminagiesfundamentas do stema do capital, serem ineformdocs. Conn sbernos mata bem pela amen lve histria da esa reformist, que tem mae de cem anos, dende Edward Bernsen e seus colaboradores~ que ouwora prometerana tansformasio gradual da ondem ci: talisa numa oalem qultatvamente diferente soalita— 0 capi éireformdvel porque pel sus prdpiantsreza, como toalidade eguladorasstimia, rralmenteincoriiel Ou ‘bem em dito em impor aor membros da sociedad, inclin dose as peronificagbes“carinhoss” do capt os impera vos estraturais do susistems como ur todo ou perde aia sbildade como reguladorhistoricamente dossinante do ‘modo bem-stabeleido de reprodusio mecibéics universal «social. Conseqentemente, rm seus pathmertos struts fundamen o capital deve permanccer sempre incon _aekmesmo que todos os pos de coretiv et ini sjam nio sé compatocs com seus prcrts, mas tan- bm bendficos, ¢ realmente neces a ele no ineresse da sobvevivénciacontnuada do sma, Limitar uma mudanga lucacional radical ie margene consti interes Toc itl significa abandonar de uma x vex, conscentemene ou ‘io, o objetivo de uma uatslormacio socal qualiacva. Do [ ‘imo modo, contud,procuat maRgEBTTC Tons ica | na propria exteutua do sive do capital € uma conmadipe ‘emer. por isso que € necesria romper coma ic do apt sequisernoscontemplat a ctiagSo de uta aternativa ‘ducacionlsignficavamente diferente, T Tar ue dicate dads sre» excaii eformisa de Bertin vers cpa inuid “Ob nese vo de Bernt nome a pad dea Pa, Bitenpo 2008) :