Você está na página 1de 14

FACTS – Sistemas de Transmissão de CA Flexíveis

Introdução ao Sistema de Controle MACH 2

© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 1

O que significa MACH 2?

ODULAR Sim, mas...

VANÇADO –O que é isso?


–Como pode ser utilizado?
–??
ONTROLE para

VDC e FACTS

A .1
.A 1 (EDIÇÃO)

© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 2

1
MACH 2 – Muito Poucas Conexões
Qual é a aparência Hoje

Var MACH (geração 1) Geração MACH 2

© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 3

MACH 2 - O Que é?

 Um sistema de controle e de proteção totalmente


computadorizado
 Um sistema de controle muito flexível para aplicações de
energia
 HVDC
 HVDC Light
 SVC
 SC/TCSC
 STATCOM (SVC Light)
 Tem como base o que há de melhor em computadores,
microcontroladores e processadores de sinais digitais (DSPs)
 Desenvolvido em interfaces abertas com padrões
internacionais e setoriais sempre que possível

© ABB Group 3
January 14, 2013 | Slide 4

2
MACH 2 - Recursos

O sistema de Controle Modular Avançado para HVDC e FACTS


 Desenvolvido especificamente para aplicações de sistemas de energia
controladas por tiristor

 Projetado com base em padrões estabelecidos, como Windows, PCI,


ODBC etc.

 Capacidade de cálculos muito alta (Pentiums, SHARC DSPs)

 Uma ferramenta de programação flexível e fácil de usar: o HiDraw

 Manipulação integrada do Registrador de Sequência de Eventos (SER) e


de alarmes

 Todos os sinais do sistema de controle estão disponíveis para o SER

 Comunicação com sistemas superiores SCADA por meio de I/O e RTU

 Possibilidade de acesso remoto por meio de linhas telefônicas

© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 5

Elementos Constitutivos - Geral

 Computador principal - Computador padrão para processamentos exigentes,


do tipo montado em rack
 Placas de expansão PCI - placas DSP de alto desempenho com capacidade
de cálculo muito alta
 Sistema de I/O - racks europeus com uma família de circuitos impressos de
uso geral
 Conexões de comunicação interna
 LAN - comunicação local (Ethernet)
 CAN - barramento de controle de I/O, pode ser ampliado com ponte
HDLC
 TDM - Tipo de barramento direcional único para medição de alta
velocidade
 Software HiDraw - Praticamente toda a funcionalidade é programável em
uma linguagem funcional de programação de bloco: o HiDraw

© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 6

3
Pesquisa de Manuais e Licenças

© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 7

MACH 2 - Diagrama do Bloco Funcional

LAN
Computador de proteção
Processadores Pentium OWS
Interface do operador
Proteções,
ç externo, Servidor de acesso remoto
controle de sequência etc. Registrador de sequência de
eventos

Barramento PCI
GWS
Placa PCI Estação Gateway
SUP OIBs Processadores DSP Interface para a central de controle
Processamento de
Interface corrente, controle de
Superv. acionamento, proteções MPC
óptica
rápidas TFR etc
rápidas, etc. Ferramentas de manutenção
e de depuração

Barramento Barrament
TDM o CAN

Sistema OCTs I/O analógica e digital


redundante
© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 8

4
Visão Geral do Sistema de Controle do MACH 2.1
+HMI.1
+RA.1
Relógio GPS
Computador OWS/SER
Unidades remotas •Interface do operador
de I/O •Registrador de sequência de
I/O digital, painéis de +RB.1 eventos
proteção de relés •Arquivos TFR
•Serviço de acesso remoto

RWS Estação de trabalho remota


Barramento CAN +KAA.2, •Interface do operador
Unidades de I/O +KAB.2
•I/O analógica
•I/O digital
•Controle de comutador Comutador LAN

Computador
principal Barramento Barramento
CAN TDM
Processador Pentium
•Controle de tensão Placa de comunicação DNP3.0
•Controle MSC PS932 Barramento CAN,
SCADA
•Controle de sequência conectado ao
•etc
etc… hardware
Computador GWS
com fibra
Placa PCI Proc. DSP óptica Impressora •Interface SCADA
•Lógica de •Controle remoto
disparo do tiristor
•Transformações
U/I/Q +VCU.1
PC de manutenção
•Proteção da válvula
Ferramentas de manutenção e
FIBEROPTIC

•etc...
I/OSIGNAL
CONNECTOR
CONNECTOR
8+8IRDIODES

IR
DRIVE
RS

depuração
Unidade de Válvula de FIBEROPTIC
CONNECTOR
I/OSIGNAL

Controle
CONNECTOR
8+8DETECTORS

ORS
TECT
DE

Interface da válvula de
tiristor CENTRALUNIT OPTOUNIT
QHLD505 QHLD506
CENTRALUNIT
QHLD505

© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 9

MACH 2.1 SVC_U Visão Geral de Controle


Computador de discagem

Circuito principal
GPS
OWS/SER RS232

Relógio GPS
Estação de trabalho do operador

Interface Homem-Máquina
PPS I/O
Rack de I/O

Registrador de Sequência de Evento Sincronismo GPS


PS872
I_SVC
Servidor de acesso remoto I_TSC21
Corrente CA I_TCR21
PS846
UP1
Estação de trabalho remota US1
Tensão CA
RWS Interface Homem-Máquina
PS 841

Entrada analógica
PS860

Saída digital
GWS Estação Gateway
PS853X

Controle de CB
Painel traseiro PS880

PS850A WB2
PC de manutenção

MPC Ferramentas de depuração Entrada digital


PS851
Comutador LAN
Saída digital
PS853

Computador principal Tensão CC


PS 862E VCU
Ponte CAN
Computador principal (A) PS831 FIBRA ÓPTICA FP/IP
VCU FIBRA ÓPTICA

Placa Ethernet
TCP/IP Con. de barramento
PS873B FP/IP
VCU FIBRA ÓPTICA
Barramento PCI

Placa-mãe
Pentium M TDM

Placa de CAN
CP
EVT
comunicação CP
Processador de sinal digital HSL
elétrica/ OPTO
Placa PCI PS802 Conexão de alta velocidade OPTO
óptica CAN
OPTO

PS932 I/O remota TCR21 TSC21 FC5 FC7


Ponte CAN
Computador principal (B) PS831

PS950
PS802
PS932

© ABB Group
Placa de comunicação
January 14, 2013 | Slide 10

5
Controle MACH 2.1
HMI Relógio GPS Computador OWS

Teclado Interface do A Principal GWS


B Principal
computador
© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 11

Controle MACH 2.1

VCU
(SVC/TCSC)

Placas de I/O

© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 12

6
Controle do MACH 2.1 – Interface do computador

© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 13

MACH 2.1 - I/O Analógica e Digital

© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 14

7
Elementos Constitutivos - Hardware
 Tipo industrial padrão
 Chassi industrial
 Placa-mãe Intel padrão  Placa PCI PS802
 Processadores tipo dual
 Fornecimento de energia para
processamentos exigentes
 Discos Flash
 Windows XP incorporado

© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 15

Hardware - Interconexões de Hardware

CPU
Pent Pro
Main Computer C&P
(slow)
LAN

PCI

PS932 PS802
CP/FP C&P
(fast)
HDLC
CAN
Valve Control TDM CAN

FIBER OPTIC
I/O SIGNAL
CONNECTOR
CONNECTOR
8+8 IR DIODES

IR DRIVERS
I/O rack
FIBER OPTIC
I/O SIGNAL
CONNECTOR
CONNECTOR
8+8 DETECTORS

DETECTORS

CENTRAL UNIT
OPTO UNIT CENTRAL UNIT
PS900 PS903 PS903

© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 16

8
MACH 2 PC - Comunicação com I/O

PS802 PS932

Conexão de alta velocidade

Estrutura de I/O

© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 17

Elementos Constitutivos - I/O Remota ou Distribuída


Rack distribuído
 Pequenas caixas modulares
 Equipado com diferentes tipos de cartões
 placas digitais de entrada e saída
 entradas
t d analógicas
ló i Conexão óptica

 placas processadoras

 Testado com relação ao meio ambiente


Fonte de alimentação Entradas analógicas
 temperatura
I/O tipo dig.
 EMC

 As unidades de I/O podem ser integradas no painel de controle quando as distâncias


forem curtas
 Comunicação óptica ou elétrica ao sair do cubículo de controle

P i ld
Painel de controle
l I/O remota

© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 18

9
MACH 2.1 - Controle, Proteção e Sistema HMI
RWS (opcional)
Relógio GPS
1 PPS para I/O
RWS
RWS
SCADA* do cliente
OWS/SER

Comutador LAN
GWS (opcional)
Modem interno

LAN LAN

WBS (opcional)

MACH2 MACH2
(A) (B)

INTERNET/INTRANET
Barramento CAN Barramento TDM Barramento CAN Barramento TDM

Opcional distribuído I/O DE MACH2 I/O DE MACH2


I/O MACH2

© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 19

Elementos Constitutivos - Placas de Expansão PCI


PS802

 Placa PCI PS802


 Sem ajustes  Capacidade de cálculo de mais de 6
GigaFlops
 S
Sem manutenção
t ã
 Memória FLASH 1 MB
 Grupo de quatro DSPs
TigerSHARC de dispositivos  RAM 16 MB
analógicos  DPM 256 KB
 MPC8245 processador para  EEPROM 512 B
tarefas de supervisão
 Canais CAN 3 (1 Mbit)
© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 20
 Canais TDM 6 (10 Mbit)

10
Elementos Constitutivos - Placas de Expansão PCI
PS811

 Optical Current Interface Board (OIB) (placa de interface


óptica)
 Seis (6) canais ópticos
 Fornece transdutor com alimentação para transmitir luz
do diodo laser através da fibra.

© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 21

Placas PCI – SG102


Optical Connectors 3.3V Connector Jumpers for
Synchronization Laser Protection

Laser Modules

 1 Motorola 56300 DSP


 FPGA - circuito
 Laser classe 4
 Ele é invisível e é prejudicial ao olho humano
 Nunca olhe diretamente dentro da fibra ou do conector
 Não desconecte o cabo de fibra óptica enquanto o laser estiver ligado.
 Desliga automaticamente dentro de 500 ms caso alguma fibra óptica esteja
quebrada ou desconectada
© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 22

11
Placas de Circuito Impresso

 PS 830 Placa de processamento de I/O  PS 868 Placa de entrada para PT100 e 4-20 mA
 PS 831 Placa de processamento de I/O, óptica  PS 870 Placa de conexão de barramento
 PS 832A Placa de indicação e ponte CAN  PS 872A Placa de distribuição de sincronismo
 PS 835 100 VG placa AnyLAN  PS 873B Placa de extensão e terminação de barramento
 PS 841 Placa de medição de tensão CA  PS 876 Placa óptica bidirecional para barramento TDM
 PS 844 Placa divisora de tensão  PS 877 Placa TDM do receptor óptico
 PS 845 Placa de medição de corrente CA  PS 880 Painel traseiro de 21 slots
 PS 846 Placa de medição de corrente CA  PS 881 Painel traseiro de 10 slots
 PS 850A Placa de controle de comutação  PS 890 - Unidades de fontes de alimentação 893, 895
 PS 851 Placa de entrada digital de 110 V  PS 900 Unidade central de controle de válvula
 PS 852 Placa de entrada digital de 220 V  PS 906 I/O óptica de controle de válvula
 PS 853 Placa de saída digital
g  PS 916 Painel traseiro de controle de válvula
 PS 854 Placa de I/O digital  PS932 Placa de comunicação elétrica e óptica
 PS 856 Placa de entrada digital de 24/48 V  PS938 Placa de comunicação óptica
 PS 860 Placa de I/O DSP  PS950 Placa PLC
 PS 862E Placa isolada de entrada de tensão

© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 23

Elementos Constitutivos - Exemplos de Placa de I/O

 Placa de I/O PS845


 Unidade atual de entrada
 Características lineares por
segmentos para resolução
e dinâmica máximas
 Transformadores de
entrada iguais aos da série
REL5xx

 Placa de I/O PS850


 Unidade de controle de
comutação
 Usada para controle,
monitoração e integração
de disjuntores e outros
comutadores
© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 24

12
Elementos constitutivos - Unidade de controle da
válvula

 Interface óptico-elétrica entre o


sistema de controle e as válvulas
de tiristor
 Projeto muito compacto
 Compreende duas placas especiais
 Unidade central para cada válvula
 Unidades ópticas com 16 canais
cada uma

 O monitoramento do tiristor faz uso


de pulsos de indicação para cada
tiristor individualmente
Unidade Opto PS9005/906

© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 25

Elementos Constitutivos - Resumo


 Elementos constitutivos do sistema de controle
 Computadores de controle e placa de comunicação
 O computador de controle contém 4 placas PCI
 A placa de comunicação é a interface entre as placas
PCI de um lado e o sistema de I/O e unidade de controle
de válvula de outro
 Placas PCI
 Cada placa consiste em 4 DSPs usados para fins de
funcionalidade em tempo real para controlar até 4
válvulas
 Sistema de I/O
MACH 2…  Várias placas oferecem entrada/saída digital e entrada
…O sistema de controle analógica
ló i
para FACTS é um
 Unidade de Válvula de Controle
conceito completo de
conhecimento de  Duas placas especiais operam a interface elétrica/óptica
hardware, software e entre o sistema de controle e as válvulas de tiristor
FACTS.
 Hardware HMI
 Computador OWS/SER e GWS
© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 26

13
Resumo do Projeto de Hardware
 O MACH 2 é um sistema computadorizado de
controle e proteção para aplicações de energia
 Recursos de controle remoto (opcional)
 Elementos constitutivos do sistema de controle
 Computadores de controle e placa de
comunicação
 Cada placa PCI contém 4 DSPs
 Sistema de I/O para entrada/saída
 Unidade de controle de válvula que faz
MACH 2…
interface entre o sistema de controle e as
…O sistema de controle válvulas de tiristor
para FACTS é um
conceito completo de  Hardware HMI
conhecimento de
hardware, software e
FACTS.

© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 27

© ABB Group
January 14, 2013 | Slide 28

14