Você está na página 1de 8

MATEMÁTICA 18)

LIVRO 1
GEOMETRIA PLANA
Capítulo 2 – Triângulos

14)

^ ^
I) A DC = 90° fi ADB = 90° – 30° = 60°
^ ^
II) C = 180° – 90° – 40° € C = 50°
^
III) No triângulo BCD, C BD = 180° – 50° – 30° = 100°
Resposta: B

x + 100° + 50° = 180° € x = 180° – 100° – 50° = 30° 19)


Resposta: A

15)

x + 80° + 70° = 180° € x = 180° – 80° – 70° = 30°


Resposta: A

20)

50° + 50° + 180° – x = 180° € 100° = x


ou pelo Teorema do ângulo externo:
x = 50° + 50° € x = 100°
Resposta: B

16)

I) d + 110° = 180° € d = 70°


II) a = d fi a = 70°
III) c + d + 30° = 180° fi c + 70° + 30° = 180° € c = 80°
IV)b + c = 110° fi b + 80° = 110° € b = 30°
V) a + b + c = 180° fi a + 30° + 80° = 180° € a = 70°
Pelo Teorema do ângulo externo,
x = 100° + 30° € x = 130° Resposta: B
Resposta: E

21)
17)

20° + 20° + r + 20° + 2r = 180° € 3r = 180° – 60° €


€ 3r = 120° € r = 40°
Pelo Teorema do ângulo externo,
Os ângulos internos têm medidas 20°, 60° e 100°.
x = 70° + 60° € x = 130°
Resposta: A
Resposta: E

– 69
22) 25)

a + 90° = 4a € 90° = 3a € a = 30°


Resposta: B


x=y+z
fi x + x = 180° € x = 90° 26)
x + y + z = 180°

Então, necessariamente, este triângulo possui um ângulo reto,


ou seja, é um triângulo retângulo.
Resposta: A

23)

^
I) No triângulo AHC, temos: A = 180° – 90° – 30° = 60°
^
II) No triângulo AHS, temos: HSA = 180° – 30° – 90° = 60°
III) No triângulo BAS, temos:
110° + 60° + x = 180° € x = 180° – 110° – 60° = 10°
Resposta: D

— ^
I) Se AS é bissetriz do ângulo A, então 27)
^ ^
^ 180° – B – C
BAS = –––––––––––––
2

II) No triângulo ABH, temos:


^ ^
180° – B – C ^
––––––––––––– – x + B = 90° €
2
^ ^
^ ^ ^ ^ ^ B –C
€ 180° – B – C – 2x + 2 B = 180° € B – C = 2x € x = –––––– ^
2 I) A = 180° – 70° – 50° = 60°
II) a = 180° – 30° – 50° = 100°
Resposta: D
III) a + b = 180° fi b = 180° – 100° = 80°
b 80° 4
IV) ––– = ––––– = –––
a 100° 5

Resposta: D
24)

28)

^ ^ ^
Como A = 40°, B = 50° e C = 180° – 40° – 50° = 90°, o triângulo
I) No triângulo ABC, temos: —
é retângulo, a altura relativa ao vértice B é o cateto BC e a

40° + 2y + 2z = 180° € 2(y + z) = 140° € y + z = 70° altura relativa ao vértice A é o cateto AC. Assim, o ângulo
^
II) No triângulo BCI, temos: formado pelas alturas é 90°, que é o ângulo C do triângulo
x + y + z = 180° fi x + 70° = 180° € x = 110° ABC.
Resposta: C Resposta: D

70 –
29) c) Verdadeiro. Todo triângulo equilátero tem dois lados con -
gruentes.
d) Falso. Um triângulo que tem ângulos internos iguais a 40°,
60° e 80°, por exemplo, é acutângulo mas não é um triân-
gulo equilátero.
e) Verdadeiro. Um triângulo equilátero não pode ter ângulo
reto.
Resposta: D

^
33)
I) B = 180° – 30° – 40° = 110°
^ ^
II) r é a bissetriz de B, então C BR = 55°
^
III) B RA = 55° + 30° = 85°
Então, g + 90° + 85° = 180° €
€ g = 180° – 90° – 85° fi g = 5°
Resposta: B

30)

^
I) EFB é ângulo externo do triângulo CEF, então:
a + 60° = c + x € x = a + 60° – c
^
II) ADF é ângulo externo do triângulo BDF, então:
b + 60° = a + x € x = b + 60° – a
Comparando as igualdades obtidas em I e II, temos:
b+c
a + 60° – c = b + 60° – a € 2a = b + c € a = ––––––
2
Resposta: E
I) No triângulo ABC, temos:
a + 2x + 2x = 180° € a + 4x = 180°
II) No triângulo BOC, temos: 34)
3a + x + x = 180° € 3a + 2x = 180°

冦 冦
a + 4x = 180° – a – 4x = – 180°
III) € €
3a + 2x = 180° 6a + 4x = 360°
€ 5a = 180° € a = 36°
Resposta: D

31) Pelo enunciado, podemos construir a figura a seguir:

a + d + b + e + c = 180°
Resposta: B

35)

No triângulo BCF, temos:


x + 50° + 50° = 180° € x = 180° – 100° € x = 80°
Resposta: 80°
180°
2a + 2a + a = 180° € 5a = 180° € a = ––––– = 36°
32) a) Verdadeiro. Cada ângulo interno do triângulo equilátro é 5
60°, logo, é um triângulo acutângulo. Resposta: B
b) Verdadeiro. Todos os ângulos internos do triângulo
equilátero são congruentes.

– 71
36) No triângulo PGH, 40° + a + 35° = 180° € a = 105°
Logo, a + b + q = 105° + 70° + 35° = 210°
Resposta: D

39)

^ ^ 180° – 20°
Se A = 20°, então, no triângulo ABC, B = –––––––––– fi
2
^ ^
fi B = 80° e C = 80°
No triângulo BCP, tem-se: q + x + 80° – q = 180° € Como AC = CD = 250 km e BC苶  AD,
苶 então, o triângulo ABD é
€ x = 180° – 80° = 100° isósceles com base AD, ou seja, AB = BD = 500 km
Resposta: 500 km
Resposta: B

37)
40)

^
Como A = 36° e AB = AC então, no triângulo ABC, ^ ^
I) No triângulo ABD, AB = BD, então B DA = B AD = x
^ 180° – 36°
B = –––––––––– = 72° ^
2 II) C BD é ângulo externo do triângulo ABD, assim,
^ ^
Sendo CB = CD, então B DC = 72° C BD = x + x = 2x
^ ^
a) No triângulo BCD, temos: III) No triângulo BCD, BD = CD, então DCB = C BD = 2x
^ IV) y é ângulo externo do triângulo ACD, assim, y = x + 2x = 3x
DCB = 180° – 72° – 72° = 36° e
^ Resposta: A
ADC = 180° – 72° = 108°
^ ^
b) ∆ADC é isósceles, pois DAC = D CA, então AD = DC
^ ^ 41)
∆BCD é isósceles, pois C BD = C DB, então BC = CD
Como AD = DC e BC = CD, então AD = BC

38)

^
X YZ = 180° – 55° – 55° = 70°
Resposta: D
^ ^
Como NQ = NH então, q = NQH = NHQ = 35°
Pelo Teorema do ângulo externo, no triângulo NQH,
b = 35° + 35° = 70°
Como o triângulo MPN é isósceles, então
^
P = 180° – 70° – 70° = 40°

72 –
42) a) Considere o triângulo ABC e a reta r paralela à reta suporte I) 4f + f = 180° € 5f = 180° € f = 36°

do lado BC. II) f + x = 90° € x = 90° – f = 90° – 36° = 54°
Resposta: C

45)


^
A + y + z = 180°
^ ^ ^ ^
y= B fi A + B + C = 180°
^
z= C
b) Considere o triângulo ABC, isósceles, de base BC, ou seja,
^ ^
AB = AC, então, B = C.

^
x + 3x = 80° € 4x = 80° € x = 20°, portanto, C AB = 20°
(desenho fora de escala)
Resposta: 20°

冦 冦 冦 C = 40°
^ ^ ^ ^ ^
100° + B + C = 180° € B + C = 80° € B = 40°
^ ^ ^ ^ ^
B =C B =C 46)

Resposta: a) demonstração b) 40° e 40°

43)

a – 40° + b = 90° € a + b = 130°


Resposta: D

47)

^ ^
I) No triângulo ABC, BA = BC, então A = C fi
fi 180° – 2y = 180° – 2x € x = y
II) No ponto D, x + y + 80° = 180° fi x = y = 50°
^ ^
III) A = C = 180° – 2 . 50° = 180° – 100° = 80°
^ ^ ^ ^
IV) A + B + C = 180° fi 80° + B + 80° = 180° €
^ ^
€ B = 20, portanto, A BC = 20°
Resposta: A x + 20° = 90° € x = 70°
44) Resposta: E

48)

– 73
Seja R, o raio da circunferência. a a 2a
II) No triângulo ABO, ––– + ––– + x = π € x = π – –––
Se MN = OP e OP = R, então MN = R 3 3 3
Resposta: C
a
Logo, a = b + 2b € a = 3b € –– = 3
b
Resposta: C 52)

49)

I) Como o triângulo ADC é isósceles, então:


^ 180° – 30°
A = x = –––––––––– € x = 75°
2
^ ^
— II) Se ADC = 75°, então, B DC = 105°
AM é mediana
— ^ ^ ^
AS é bissetriz III) Como AB = BC, então A = C = 75°, logo, B CD = 75° – 30° = 45°
Considere o triângulo retângulo em A. IV)No triângulo BCD, y + 105° + 45° = 180° € y = 30°
a) a medida da mediana relativa à hipotenusa de um triângulo
Então, x + y = 75° + 30° = 105°
retângulo é igual à metade da medida da hipotenusa, ou
seja, 10 cm. Resposta: E
b) 20° + 45° + x = 90° € x = 90° – 45° – 20° € x = 25°
Resposta: a) 10 cm b) 25° 53) Pelo enunciado, podemos construir a figura a seguir:

50)


AM é mediana

AH é altura
I) x + 20° = 90° € x = 70°
II) y + y = x fi 2y = 70° € y = 35°
III) y + z = 90° fi 35° + z = 90° € z = 55°
Resposta: B — ^ ^
I) O triângulo BCE é isósceles de base CE, pois C = E, assim,
51)
BF é mediana e CF = EF.
II) Os triângulos CDF e EDF são congruentes pelo critério LAL
^ ^
pois CF = EF, CFD = EFD e DF é comum, portanto, y = 15° e
^ ^
EDB = EDF = 75°.
Resposta: D


x⬍y+z
54) y ⬍ x + z condição de existência do triângulo
z⬍x+y
logo, a afirmação e) x + y < z é falsa
I) Pelo teorema do ângulo externo, no triângulo AOC, Resposta: E
a
a = 3y fi y = –––
3

74 –
55) 61) Sendo BD = x, temos:

冦 冦
3–2<x<3+2 1<x<5
5–2<x<5+2 € 3<x<7 €x=4
xŒ xŒ
Resposta: E
8 – 5 < x < 8 + 5 € 3 < x < 13
62) Podemos construir a tabela a seguir:
Logo, o menor valor inteiro para x é 4.
Resposta: B perímetro maior lado outros lados cond. existência
13 6 5 2 6<5+2
13 6 4 3 6<4+3
56) a) é falsa. Sendo 1 < 2 < 4, não existe um triângulo cujos lados 12 5 4 3 5<4+3
medem 1, 2 e 4, pois 4 > 1 + 2.
11 5 4 2 5<4+2
b) é falsa. Sendo 4 = 1 + 3, não existe um triângulo cujos lados
medem 4, 1 e 3. 9 4 3 2 4<3+2
c) é falsa. Sendo 1 < 2 + 4, não existe um triângulo cujos lados
Resposta: D
medem 1, 2 e 4, pois 4 > 1 + 2.
d) é falsa. Sendo 4 > 1 + 2, não existe um triângulo cujos lados
63) Observando os triângulos,
medem 4, 1 e 2.


e) é verdadeira. 30 < x + y
Resposta: E 18 < x + z
16 < y + z
Somando-se as inequações, temos:
57) 30 + 18 + 16 < 2x + 2y + 2z € 64 < 2x + 2y + 2z € x + y + z > 32
Então, x + y + z pode ser 33
Resposta: E

64)

4–3<x<4+3€1<x<7
Logo, podemos afirmar que a medida do terceiro lado é menor
que 7 cm.
Resposta: D

冦 冦 冦
x + 1 < 2x – 1 + 4 – x x+1<x+3 1<3

冦 冦 冦
58) x2 + 1 < 6 + 4 x2 < 9 –3<x<3 2x – 1 < x + 1 + 4 – x € 2x – 1 < 5 € x<3
x2 + 1 > 6 – 4 € x2 > 1 € x < – 1 ou x > 1 € x = 2 4 – x < x + 1 + 2x – 1 4 – x < 3x x>1
xŒ xŒ xŒ
Como 1 < x < 3, um possível valor para x é 兹苵苵
2.
Logo, para x = 2, a medida do terceiro lado, em centímetros, é Resposta: D
22 + 1 = 5. Assim, o perímetro é (4 + 6 + 5)cm = 15 cm.
Resposta: C 65)
x = AB
59)
y = BC

z = CD

w = AD

I) (x + 1, 2x, x2 – 5) é uma P.A., então: a = BD


x + 1 + x2 – 5
2x = –––––––––––––– € 4x = x – 4 + x2 €
2 b = AC
€ x2 – 3x – 4 = 0 fi x = 4, pois x > 0

II) Para x = 4, as medidas dos lados são 4 + 1 = 5, 2 . 4 = 8 e 1a. parte: Nos triângulos ABC, BCD, CDA e DAB, temos,
42 – 5 = 11, e o perímetro é 5 + 8 + 11 = 24. respectivamente:
x + y > b, y + z > a, z + w > b e w + x > a
Resposta: B
Assim: 2x + 2y + 2z + 2w > 2a + 2b fi x + y + z + w > a + b fi
x+y+z+w
60) a < 90° – a € 2a < 90° € a < 45° ––––––––––––– > 1 (I)
a+b
Resposta: E

– 75
2a. parte: Nos triângulos PAB, PBC, PCD e PDA, temos, respec-
tivamente:
x < AP + BP, y < BP + PC, z < PD + PC e w < AP + PD
Assim:
x + y + z + w < AP + BP + BP + PC + PD + PC + AP + PD
x+y+z+w
€ x + y + z + w < 2 (a + b) € ––––––––––––– < 2 (II)
a+b

x+y+z+w
De (I) e (II), tem-se finalmente: 1 < ––––––––––––– < 2
a+b

66) Podemos construir a figura II, conforme ilustrado a seguir.

Resposta: B

76 –