Você está na página 1de 18

Ep.

2: Parada
Cardiorrespiratória!
Chamem um médico!
Luigi F. e Silva
Equipe PEBMED
Caso clínico

HDA: DO, 67 anos, feminina, comparece à urgência trazida pelo SAMU com
síncope após súbita dor no peito. Atualmente, inconsciente, não responde aos
chamados nem à dor.
HMP: HAS, DM, DLP, “Arritmia”.
EF: Sem pulso, gasping, Glasgow 5, SatO2 70%, ECG abaixo, colhido sangue para
gasometria venosa e aguardando resultado.
1. Diagnóstico?
2. Tratamento?
Parada Cardiorrespiratória (PCR)

Evento final a condições graves/gravíssimas


Fisiopatologia: perda da circulação espontânea
Causas: AVC, SCA, Asma/DPOC descompensada, lesão cerebral pós-anóxica, TEP,
Sepse, síndrome isquemia-reperfusão, DHEAB graves (K+), intoxicações
Fatores de Risco: depende da causa da PCR
QC: ausência de pulso, Glasgow rebaixado, em gasping (agonia), sem drive
respiratório
Diagnóstico

Clínica (História direcionada + Fatores de Risco + CABD) + Laboratório


- Monitorização + Suporte UTI + RCP c/ drogas/choque
- Ritmos chocáveis X Não chocáveis
W E agora? O que fazer?
Terapêutica da PCR

1. Objetivo: manter perfusão cerebrovascular, restabelecer circulação espontânea,


aplicação do BLS, ACLS, PALS,...

2. Conduta dividida em porta / UTI

3. Chamar ajuda/carrinho de parada, diagnosticar a PCR (não tem pulso)


imediatamente e iniciar as manobras de reanimação (início da corrente de
sobrevivência).

4. Importar-se com a qualidade da massagem, com a necessidade de choque, via


aérea avançada, e das drogas aplicáveis.
Terapêutica da PCR – ACLS X BLS

BLS ACLS
Público em geral Médicos e equipe
Sem drogas Com drogas
FV / TV AESP / Assistolia
Apenas realizar RCP Pesquisar a causa

Fonte: AHA, Circulation. 2015.


Como fazer

1. Vítima responde?

Iniciar RCP

2. Metade inferior esternal, região tenar e hipotenar da mão com mãos sobrepostas,
100-120 compressões/min (Marcha imperial Star Wars).

Sem Via aérea avançada = 30 compressões/2 ventilações


Com via aérea avançada = 1 ventilação a cada 6 segundos (10 ventilações/min)

OBS: A preferência é pela desfibrilação, mas o que mantem a vida é a RCP

3. Chocar?

4. Drogas
Chocar?

Ritmos:
Chocar?

Ritmos:

FONTE: Whitebook
Código da Linha Reta

Co – cabos funcionando? Tudo ligado?


Di – derivação correta? Modificar
Go – ganho máximo
Drogas

a. Adrenalina 1 amp 3-5min (10mg/ml)

b. Amiodarona: 1ª dose 300mg (2 amp), 2ª dose 150 mg (1 amp) – apenas em FV e


TV monórfica

c. Lidocaína 1-1,5mg/kg – apenas em ritmos chocáveis; se refratário – 0,5-0,75mg/kg,


repetir em 5-10min até 3 doses ou máximo de 3mg/kg; 2-4mg/min em BIC

d. Correção de acidose, hipercalemia e uso de cocaína: Bicarbonato de Sódio 8,4% (1


mEq/ml) – 1ml/kg

e. Correção de hipocalemia: KCl a 19,1% 4ml diluído e correr em até


10min
Carga elétrica

a. Desfibriladores monofásicos: 360J


b. Desfibriladores bifásicos: 120-200J
Na dúvida? Carga máxima possível
Vamos reaminar!
SIM: FV / TV SIM: FV / TV
COMPRESSÕES (5 x 30:2) COMPRESSÕES (5 x 30:2)
CHOQUE E CHOQUE E
RCP RCP
ACESSO VENOSO + AMIODARONA 2 AMP
GASOMETRIA VENOSA BOLUS (FV/TV M)
S/ PULSO S/ PULSO
PCR CHOCAR? CHOCAR?
BOLSA-VÁLVULA-
MÁSCARA + O²
NÃO: AESP / NÃO: AESP /
ADRENALINA 1 AMP ASSISTOLIA ASSISTOLIA
COMPRESSÕES (5 x 30:2)
BOLUS + FLUSH RCP RCP

2 min 2 min

Desfibrilador pronto: choque é prioridade


Desfibrilador longe: RCP é prioridade
Checa → Choque (ou não) → RCP ± droga → Checa...
Considerar via aérea avançada, Código da Linha Reta, 6Hs e 5Ts
6Hs e 5Ts

Hipóxia Tamponamento cardíaco


Hipo/HiperK Trombose coronariana (SCA)
H+ (acidose) Tensão torácica (PNMTX)
Hipoglicemia Toxinas
Hipotermia TEP
Hipovolemia
Dúvidas

- Qual o melhor momento para intubação?


- Quais são os cuidados que devo tomar com o uso de bicarbonato de sódio?
- O que interfere na qualidade da RCP?
- Como fazer o sulfato de magnésio para TV polimórfica sem pulso?

Com a palavra, o especialista!


curta, compartilhe, baixe o e tenha
acesse:
comente e se inscreva no o melhor do conteúdo
https://pebmed.com.br
nosso canal médico à sua disposição

Instagram: @PEBmedApps
Link na descrição: lives e
quartas-feiras às 18h Facebook: @PEBmedApps
materiais exclusivos
Figure1: @PEBMED