Você está na página 1de 2

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO

CENTRO CIÊNCIAS HUMANAS


DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA
DISCIPLINA: METODOLOGIA CIENTÍFICA
CÓDIGO: 0034 C.H. : 60 CR.: 04

PROGRAMA

EMENTA:

Introdução ao Pensamento Filosófico. A questão do Conhecimento: possibilidade,


natureza, origem, função e tipos de atitudes cognitivas. A ciência: definições,
classificação, abordagens (quantitativa, qualitativa e triangulação), métodos, técnicas,
critérios (internos e externos) e relação com outras áreas do saber e com a sociedade. A
atitude cognitiva da Enfermagem: o raciocínio clínico.

OBJETIVOS GERAIS:

1. Entender o que é a ciência, como ela é produzida, seus métodos, e as características do


conhecimento científico.
2. Entender algumas características das linguagens formalizadas, destacando a importância do rigor
científico.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

• entender questões epistemológicas como possibilidade, natureza, origem e justificação.


• entender a relação entre ciência e método.
• conhecer as principais caracterizações do método científico.
• conhecer as limitações desses métodos
• conhecer um tipo de linguagem formalizadas e a noção clássica de validade.
• entender o papel da comunidade científica na validação do conhecimento.
• compreender que, apesar de suas limitações, os métodos científicos (em sentido amplo) ainda são
a maneira mais segura de obter conhecimento de que dispomos.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

1. Introdução: Conhecimento e ciência


1.2. Método e metodologia
1.3. Naturalismo e ciência
1.4. Concepções de ciência: um breve passeio pela história
1.5. A ciência antiga
1.6. As características da ciência moderna
1.7. Método e conhecimento: racionalismo e empirismo.
1.8. Caracterização das ciências naturais
1.9. Caracterização das ciências formais
2. Linguagem e Lógica
2.1. Formalização da linguagem científica
2.2. Validade e forma lógica.
2.3. Consequência lógica.
2.4. Análise formal de argumentos.
3. Métodos
3.1. Indução
3.2. Dedução
3.3. Método hipotético-dedutivo
4. Conhecimento científico e seus limites
4.1. Concepção do senso comum de ciência.
4.2. Verificacionismo
4.3 O problema da indução
4.4. Dependência entre observação e teoria
4.5. Falseacionismo
4.6. Demarcação, pseudociências
4.7. Os valores da ciência
4.8. Paradigmas, ciência normal e revoluções científicas.

PROCEDIMENTOS DE ENSINO

- Aulas Expositivas
- Seminários
- Debates
- Fichamento de textos

SISTEMA DE AVALIAÇÃO
- Provas escritas
- Seminários
- Fichamentos

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

CHALMERS, A. F. O que é Ciência, afinal? São Paulo: Brasiliense, 1993.

MORTARI, Cezar A. Introdução à lógica. 2. Ed. São Paulo: Editora Unesp, 2016.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:

DUTRA, L. H. A. Introdução à teria da ciência. 3. Ed. Florianópolis: Ed. Da UFSC, 2009.


MARCONI, M. A; LAKATOS, E. M. Metodologia Científica. São Paulo: Atlas, 2011.
SOUSA, Aluísio J. M. (et al). Iniciação à Lógica e a Metodologia da Ciência, São Paulo: Cultrix,
1976.