Você está na página 1de 23

integridade no setor

DE LIMPEZA URBANA,
RESÍDUOS SÓLIDOS E
EFLUENTES

CASOS PRÁTICOS
EXPEDIENTE

Denise Hills
Presidente | Pacto Global

Carlo Pereira
Secretário Executivo | Pacto Global

Caio Magri
Diretor Presidente | Instituto Ethos

Equipe de publicação
integridade no setor
Gabriela Almeida | Coordenação Editorial
Marcos Rossa |Coordenação Editorial
DE LIMPEZA URBANA,
Juliana Prado | Apoio Editorial
Décio Araújo e Sérgio Siscaro | Redação e edição
RESÍDUOS SÓLIDOS E
Luiz Fernando Campos | Colaboração
José Roosevelt Junior (Mediacts) | Projeto Gráfico e Diagramação EFLUENTES
PARCERIA

ABRELPE | Carlos Silva e Gabriel Brás


ABLP | João Gianesi Netto
ABRAGER | Júlio Mirage
ABETRE | Luiz Gonzaga Pereira
SELURB | Marcio Matheus e Carlos Rossin
CASOS PRÁTICOS
Agradecimentos

Representantes das empresas: Simone Martins (Corpus), Plinio


Nicolosi (Estre), Érika Eggers (CS Brasil); Odair Oregoshi (CS Brasil);
Marco Antonio da Silva (Terrestre Ambiental); Alex Santos (Terrestre
Ambiental); Claudio Cervino (Solví); Ronaldo Rotondo (Solví); Décio Esta cartilha foi desenvolvida pela Rede Brasil do Pacto Global e pelo Instituto
Araújo (Vital); Mariana Bernardo (Inova); Daiane Ribeiro (Loga); Ethos, com a contribuição de empresas e entidades de classe do setor de Limpeza
Maristela Barros (Terracom); Luciana Sotelo (Terracom); Marina Urbana, Resíduos Sólidos e Efluentes. Seu principal objetivo é trazer exemplos de
Ferro (Instituto Ethos), Eduardo Azevedo. casos emblemáticos das principais situações que podem expor empresas do setor
de Resíduos Sólidos a solicitações de corrupção e, assim, propor boas práticas
preventivas e de resposta a tais cenários. Seu propósito é ser uma ferramenta
educativa, contribuindo para o combate à corrupção, a promoção da melhoria do
ambiente de negócios e a proposição de um novo padrão de conduta para todas as
APOIO: empresas no mercado, incluindo as relações público-privadas.

Importante
Os casos exemplificados são meramente ilustrativos e não provenientes de
nenhuma investigação interna de nenhuma empresa participante.

Copyright © 2019
A Rede Brasil do Pacto Global e o Instituto Ethos possuem todos os direitos de
propriedade intelectual desta obra. O uso comercial deste trabalho está proibido.
Qualquer reprodução total ou parcial deve constar essa informação de copyright.
Soluções para a vida

3 // 44
Construção colaborativa de ações
anticorrupção no setor de saneamento

Car@s parceir@s, missas de integridade para setores mais nicipais normatizam a temática, o que leva tiva do seu descarte no ar, água e solo.
vulneráveis a práticas corruptas, cada um as empresas a ser alvo da fiscalização de
A perspectiva de rede com a atuação con- com suas especificidades e natureza das órgão públicos, principalmente em áreas Ou seja, as empresas da área de sanea-
junta de empresas e organizações têm sido relações entre os atores envolvidos. sensíveis como o licenciamento ambiental. mento têm um papel central na promo-
uma das principais abordagens usadas pela ção da interface entre os ODS 16, 6 e 12.
Rede Brasil do Pacto Global no combate à Portanto, a iniciativa de Ações Coletivas E a corrupção no setor ambiental ame- E em todas as áreas – seja em função das
corrupção. A partir das diretrizes interna- de Combate à Corrupção, que produziu aça seriamente a capacidade do Brasil últimas investigações de grandes escân-
cionais do Pacto Global, o GT Anticorrup- no ano passado o guia Integridade no de atingir um desenvolvimento susten- dalos de corrupção ou por figurar entre
ção desenvolve um trabalho de vanguarda setor de construção, lança a publicação tável. Os atos ilícitos – fraudes, subor- os países com maior potencial hídrico do
na área, ao mobilizar setores mais expos- Integridade no setor de limpeza urbana, no, lavagem de dinheiro, entre outros mundo –, o Brasil fará grande diferença
tos, estimular pactos contra essas práticas resíduos sólidos e efluentes. A ferramen- – afetam amplamente os desafios so- para a obtenção de excelentes resulta-
nocivas e elaborar guias e ferramentas ta é fruto de mais uma parceria bem- cioambientais e expõem as fragilidades dos e, consequentemente, o alcance dos
que traduzem a realidade de segmentos da sucedida entre a Rede Brasil do Pacto da relação público-privada. Portanto, é Objetivos Globais. Com esta publicação,
economia, com um olhar voltado para as Global e o Instituto Ethos, que buscam, importante destacar os procedimentos a Rede Brasil do Pacto Global cumpre o
necessidades e desafios do Brasil. juntos, dar luz às questões de integridade exigidos e a capacidade institucional de seu papel de fomentadora e articuladora
no meio empresarial brasileiro. órgãos públicos, bem como promover a da sustentabilidade empresarial no setor.
Há, notoriamente, um interesse concre- mudança de comportamento dos agen-
to das empresas em se adaptarem à Lei Produzido a várias mãos por empresas, tes privados. Assim, abre-se caminho Denise Hills
12.846, conhecida como a Lei da Empre- organizações e entidades setoriais, o guia para a construção de ambientes trans- Consultora
sa Limpa, regulamentada em 2015. Ela traz diversos cenários propícios a atos de parentes, íntegros e prósperos. Chefe de
estabeleceu parâmetros dos programas corrupção, prevenção de riscos e pos- Sustentabilidade
de integridade, com aplicação efetiva dos síveis respostas a essas situações. Ou No âmbito da Agenda 2030 das Nações do Itaú Unibanco
códigos de ética e conduta e, nos últimos seja, de forma prática e objetiva, as em- Unidas, o Objetivo de Desenvolvimen- e presidente da
anos, muitas organizações criaram seus presas terão à mão informações que po- to Sustentável (ODS) 16 – Paz, justiça e Rede Brasil do
departamentos de compliance e anticor- derão auxiliá-las a formatar estratégias instituições eficazes – estabelece a meta Pacto Global
rupção. internas de compliance, boa governança 16.5, que visa reduzir substancialmen-
e transparência. te a corrupção e o suborno. Já no ODS Carlo Pereira
No entanto, o debate que promovemos 6 – Água potável e saneamento –, a meta Secretário
extrapola as recomendações impostas Os inúmeros danos ambientais resultan- 6.3 faz menção à redução pela metade Executivo da
pela legislação vigente. Por um desejo de tes das práticas inadequadas na destina- da proporção de águas residuais não tra- Rede Brasil do
aprofundar a temática – que deve balizar ção dos resíduos têm sido alvo de grande tadas. Por fim, no ODS 12 – Consumo e Pacto Global
as relações comerciais, sobretudo entre preocupação para gestores públicos, em- produção sustentáveis –, a meta 12.4 diz
os poderes público e privado –, a Rede presas e população em geral. Nos últimos respeito ao manejo ambientalmente ade-
Brasil propõe a contextualização das pre- anos, legislações federais, estaduais e mu- quado de resíduos e a redução significa-

4 // 44 5 // 44
Construção colaborativa de ações
anticorrupção no setor de saneamento

Toda empresa tem uma força transfor- de uma sociedade íntegra, transparente e tável no país e poderá servir de modelo e mitigar esses riscos e impulsionar uma
madora poderosa e exerce grande im- justa. Desta forma, a responsabilidade so- para impulsionar outros setores ao dis- política que preze pelas boas práticas.
portância na formação de ideias, valores cial corporativa deve ser vista como força seminarem melhores práticas de go-
e nos impactos concretos na vida das motriz para um novo conceito de empre- vernança corporativa que combatam a Esperamos que essa cartilha sirva como
pessoas e da sociedade em geral. O Bra- sa pautado na construção de um modelo corrupção e prezem pela transparência ferramenta e seja amplamente utiliza-
sil nunca esteve tão atento à necessidade sustentável e justo das relações sociais, e integridade no ambiente de negócios da, apoie a jornada de desenvolvimento
de elevar a integridade e a ética à condi- econômicas e políticas. em toda sua cadeia de valor. O momen- e maturidade da cultura de integridade
ção de balizadoras nas relações público- to atual é bastante próspero para ações no país e fortaleça os investimentos em
-privadas. Sendo assim, para combater à A única maneira de responder aos de- coletivas nesse sentido e há aumento todos os âmbitos nesse setor econômico
corrupção em todos os níveis, é essen- safios históricos de nossa democracia significativo de exigências do mercado, estratégico para o Brasil. Um ambiente
cial priorizarmos soluções integradas, é construindo ações e esforços perma- de parceiros comerciais, e de fontes de de negócios equilibrado favorece a com-
compartilhando responsabilidades entre nentes de forma conjunta e com visão de financiamento para que as empresas petividade e a concorrência leal e as em-
o poder público, o setor empresarial e a longo prazo. A transformação cultural e estabeleçam sistemas de compliance e presas, sabendo quais são as regras do
sociedade civil. a ação necessária para mudanças de pa- de integridade efetivos. jogo, sentem-se seguras para investir,
radigma são cada vez mais realizadas de inovar e crescer.
As empresas têm papel central na cons- maneira integrada e integradora, a par- Para responder a esse desafio e impul-
trução de uma sociedade que limita ao má- tir de ações coletivas que congreguem sionar um vínculo mais saudável nas re-
ximo a corrupção, seja pelo favorecimento esforços de diferentes atores, públicos lações público-privadas, o grupo de tra- Caio Magri
da transparência e do controle social, seja e privados, na promoção de causas co- balho formado pelo Ethos, Pacto Global, Diretor-
pela prevenção e punição de atos ilícitos. muns. Devemos somar forças para a empresas do Setor e entidades setoriais Presidente
Os benefícios de um setor empresarial so- promoção da integridade e ressignificar para a construção de um Pacto Setorial Instituto Ethos
cialmente responsável não se limitam ao o papel das empresas na sociedade em de Integridade mapeou os principais ris- de Empresas e
mercado. Pelo contrário, atingem todo o prol de uma cultura de valores éticos. cos de compliance das operações do se- Responsabilidade
tecido social, servindo de exemplo e mo- O setor de Saneamento tem importân- tor e de forma simples, direta e pedagó- Social
tivando os demais atores na construção cia vital para o desenvolvimento susten- gica, elencou sugestões de como prevenir Empresarial

6 // 44 7 // 44
Construção colaborativa de ações MENSAGEM DAS EMPRESAS
anticorrupção no setor de saneamento QUE CONTRIBUÍRAM COM A PUBLICAÇÃO

O mundo experimenta um movimento aos riscos existentes, os Programas de


sem precedentes na luta contra a corrup- Integridade impulsionam as empresas a
ção. Nas últimas décadas, a sociedade co- assumirem um papel central na mudança
Nos últimos anos é notório que o Bra- Para responder a este desafio, a Rede meçou a organizar-se. Os Programas de da cultura do país. Os seus princípios irão
sil evoluiu e amadureceu na criação de Brasil do Pacto Global e o Instituto Ethos, Integridade tomaram um caráter funda- permear a força do trabalho. Criam um
uma cultura e consciência de integrida- com a contribuição de empresas e en- mental para as empresas que desejam a orgulho natural nas pessoas, que disse-
de e transparência no setor público e tidades de classe do setor de Limpeza sustentabilidade e perenidade no merca- minam nos seus círculos privados, fami-
privado, implementando e atualizando Urbana e Resíduos Sólidos, se uniram do. Com a Lei 12.846/2013, essa tendência liares, amigos. Outras instituições adotam
leis, regulamentos e incentivos. O go- para criação de um Pacto Setorial de In- foi enfatizada no Brasil, e as organizações a mesma referência e, paulatinamente, as
verno, as empresas e a sociedade civil tegridade, que será uma nova referência passaram a constatar a necessidade de lacunas para os desvios vão se fechando.
sinalizam que a preservação da reputa- de condutas e sanções para o setor, pro- se prepararem para essa nova realidade.
ção é um valor fundamental para negó- tagonizando mudanças para a elevação Sob a liderança da Rede Brasil do Pacto
cios mais éticos e sustentáveis. de padrões por meio de autorregulação Ao optar por seguir o caminho da integrida- Global e do Instituto Ethos, nos últimos
e promoção de comportamentos éticos. de, uma empresa compromete-se, perante meses temos debatido regularmente ca-
Para a evolução do saneamento no Bra- seus funcionários e a sociedade, a enga- minhos para a criação de uma iniciativa
sil, os investimentos demandarão a apro- Seu objetivo final é mobilizar o setor para a jar-se apenas e tão somente em negócios de combate à corrupção e de auto regu-
ximação do setor público com o setor pri- consolidação de um ambiente ético e sau- honestos. Esse princípio inviolável não lação do setor de setor de Limpeza Urba-
vado, o que leva a novas oportunidades e dável, com integridade e livre de corrup- permite que se sucumba a nenhum tipo de na, Resíduos Sólidos e Efluentes.
possibilidades de crescimento da econo- ção, criando estímulos à defesa da concor- tentação, mesmo em condições muito van-
mia. Esse movimento irá demandar uma rência leal para gerar novas oportunidades tajosas do ponto de vista financeiro. A publicação desta Cartilha é mais um
nova postura do mercado que reforça o de negócios em bases sustentáveis. passo nessa caminhada. Convidamos
compromisso com a gestão da boa go- Uma vez iniciado o Programa de Integrida- as demais empresas do setor para que
vernança e integridade. Esta é uma jor- A articulação e parceria nesse projeto de, não há mais volta. Haverá um contro- se juntem a nós nesse compromisso, e
nada sem volta e a tolerância será zero para a construção de um Pacto no setor le social, vindo de dentro da organização, esperamos que os cenários sirvam para
para corrupção, fraudes, concorrência também originou estou Cartilha, fruto de cuja consequência impõe um autocontrole orientar, prevenir e mitigar os principais
desleal e lavagem de dinheiro. mapeamento conjunto de riscos no setor. e assegura a aplicação prática dos princí- riscos de corrupção que o setor enfren-
pios preconizados pelo Programa. ta, a fim de construir um novo padrão de
conduta ética e integridade a ser seguido
Portanto, mais do que a proteção frente por todas as empresas do segmento.

8 // 44 9 // 44
sumário
INTEGRIDADE COMO PALAVRA DE ORDEM NO SETOR DE LIMPEZA URBANA .................. 3

CONSTRUÇÃO COLABORATIVA DE AÇÕES ANTICORRUPÇÃO NO SETOR DE SANEAMENTO . 6

MENSAGEMS DAS EMPRESAS QUE CONTRIBUÍRAM COM A PUBLICAÇÃO ..................... 9

CENÁRIO #1 – AMEAÇA DE APLICAÇÃO DE MULTAS POR ÓRGÃOS FISCALIZADORES E


REGULADORES COMO FORMA DE EXIGIR UMA VANTAGEM INDEVIDA ............................. 12

CENÁRIO #2 - UM REPRESENTANTE DO ÓRGÃO AMBIENTAL EXIGE UMA VANTAGEM


INDEVIDA PARA DAR ANDAMENTO A PROCESSOS DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL .... 14

CENÁRIO #3 - FRAUDE NA APROVAÇÃO DA MEDIÇÃO DOS SERVIÇOS REALIZADOS


JUNTO AO CLIENTE PÚBLICO COM O OBJETIVO DE OBTER VANTAGEM INDEVIDA ......... 16

CENÁRIO #4 - FRAUDE EM PROCESSO DE LICITAÇÃO DE UM EDITAL DE LIMPEZA PÚBLICA .... 18

CENÁRIO #5 - FRAUDE NA PESAGEM DOS RESÍDUOS PROVENIENTES DA COLETA DE


RESÍDUOS DOMICILIARES, ACARRETANDO PREJUÍZOS AO MUNICÍPIO .......................... 20

CENÁRIO #6 - FRAUDE NOS DADOS RELATIVOS A ENTRADA DE RESÍDUOS NAS PLANTAS


DE TRATAMENTO OU TRANSBORDO ................................................................................... 22

CENÁRIO #7 - CONCESSÃO DE ADITIVO DE CONTRATO E/OU REEQUILÍBRIO ECONÔMICO-


FINANCEIRO ........................................................................................................................ 24

CENÁRIO #8 - FRAUDE EM PAGAMENTOS REALIZADOS PELA EMPRESA ....................... 26

CENÁRIO #9 - EXIGÊNCIA, POR PARTE DO PODER PÚBLICO CONCEDENTE, DE


DOAÇÃO E/OU PATROCÍNIO PARA ALGUMA ENTIDADE (FILANTRÓPICA OU NÃO), COM A
FINALIDADE DE QUITAR MEDIÇÕES ATRASADAS OU DE PROPORCIONAR ACERTOS DE
CUSTOS QUE POSSAM GERAR CONFLITO DE INTERESSES COM O ÓRGÃO PÚBLICO –
FICANDO A EMPRESA SUJEITA A REPRESÁLIAS CASO NÃO CONCEDA O APOIO ............ 28

CENÁRIO #10 - TROCA DE INFORMAÇÕES SENSÍVEIS DE MERCADO EM FUNÇÃO DE


RELACIONAMENTO PESSOAL OU EM REUNIÕES DE ASSOCIAÇÃO DE CLASSE .............. 30

CENÁRIO #11 - FORMAÇÃO DE CARTEL NO PROCESSO DE CONTRATAÇÃO EMERGENCIAL


JUNTO AO ÓRGÃO PÚBLICO ................................................................................................ 32

CENÁRIO #12 - FORMAÇÃO DE CARTEL NO PROCESSO LICITATÓRIO DE UM EDITAL DE


LIMPEZA PÚBLICA ............................................................................................................... 34

CENÁRIO #13 - VANTAGEM INDEVIDA A AGENTE PÚBLICO PARA LIBERAÇÃO DE


EQUIPAMENTOS (FROTA) OPERANDO COM IRREGULARIDADES ...................................... 36

CENÁRIO #14 - UM REPRESENTANTE SINDICAL EXIGE UMA VANTAGEM INDEVIDA


PARA SE EVITAR UMA GREVE NOS MESES QUE ANTECEDEM O ACORDO COLETIVO,
PARALISANDO SERVIÇOS ESSENCIAIS EM DESACORDO E DESCUMPRIMENTO À
LEGISLAÇÃO ........................................................................................................................ 38

CENÁRIO #15 - SUBORNO, FRAUDE E LAVAGEM DE DINHEIRO EM TROCA DE


FAVORECIMENTOS DURANTE O MANDATO ........................................................................ 40

10 // 44 11 // 44
cenário #1
de, garanta que o contrato e as cláu- técnicas e correspondências oficiais
AMEAÇA DE APLICAÇÃO DE MULTAS POR sulas contratuais estejam em confor-
midade com a gestão contratual e as
trocadas entre as partes ao longo da
vigência contratual.
ÓRGÃOS FISCALIZADORES E REGULADORES obrigações legais, decretos, normas
COMO FORMA DE EXIGIR UMA VANTAGEM
INDEVIDA RESPOSTA À SOLICITAÇÃO: COMO RESPONDER
SE A DEMANDA FOR FEITA?

 m caso de qualquer solicitação in-


E ou, quando inviável, em meios inter-
devida, não atenda à solicitação, e nos de comunicação.
Descrição: Durante o processo de fiscalização pelos órgãos competentes, o re- declare ao agente fiscalizador que a Use os canais disponíveis para repor-
presentante do órgão solicita vantagem indevida para não apontar no relatório forma de facilitação sugerida não é tar o ocorrido à área de Compliance e
de inspeção uma não conformidade encontrada no atendimento, para minimi- aceita pela política da empresa e que Departamento Jurídico de sua empre-
zar a quantidade e/ou o montante de multas devidas e/ou para evitar multas, se trata de violação legal. sa e obtenha suporte que estabeleça
mesmo que indevidas.
Interrompa imediatamente quaisquer as medidas legais e cabíveis.
diálogos que violem as medidas legais Acione o órgão público superior da
ou de integridade, formalizando os fa- entidade fiscalizadora e comunique o
tos ocorridos. ocorrido, exigindo o cumprimento da
Registre formalmente, logo após o legislação.
ocorrido, o teor da conversa em ata –
PREVENÇÃO: COMO REDUZIR A PROBABILIDADE
DE A SOLICITAÇÃO ACONTECER?

 dote uma política de conformidade


A tação de vantagem indevida, saibam
para a interação com poder público, que medidas devem ser adotadas.
que estabeleça orientações claras Estabeleça um canal ativo de comu-
e proíba toda e qualquer solicitação nicação e acolhimento de denúncias.
de suborno e tenha instruções claras Solicite sempre reuniões formais
de como se comportar em situações para todas as tratativas relacionadas
como essa diante de agentes públicos ao tema e, quando houver a partici-
ou pessoa a ele relacionada. pação de agentes públicos, sempre
Realize treinamentos em sua empresa que possível evite se encontrar so-
com os colaboradores responsáveis zinho com o agente público; sempre
pela interação com agentes públicos que possível esteja acompanhado de
e a agentes de fiscalização, capaci- mais de uma pessoa, além de oficia-
tando-os para ao identificar situações lizar em ata da reunião.
que demonstrem suborno ou solici- Como parte da política de conformida-

12 // 44 13 // 44
cenário #2
em meios internos de comunicação. terações com órgão responsável pelo
UM REPRESENTANTE DO ÓRGÃO AMBIENTAL Garanta que o contrato tenha uma
matriz de riscos onde estejam bem
licenciamento, e que seja realizada
due diligence reputacional, de forma
EXIGE UMA VANTAGEM INDEVIDA PARA definidas as responsabilidades de a garantir a integridade e o cumpri-
DAR ANDAMENTO A PROCESSOS DE cada uma das partes.
Reforce os procedimentos na transpa-
mento das políticas de conformidade
e as leis vigentes.
LICENCIAMENTO AMBIENTAL rência na relação contratual e nas in-

RESPOSTA À SOLICITAÇÃO: COMO RESPONDER


SE A DEMANDA FOR FEITA?
Descrição: Durante o processo de licenciamento ambiental (seja na licença ini-
cial ou na renovação), os funcionários do órgão ambiental solicitam vantagens
indevidas a fim de acelerar a liberação das licenças. Decorridos os prazos le-  eclare que a forma de pagamento
D para que sejam adotadas as devidas
gais, o(s) órgão(s) responsável(is) não se posiciona(m) formalmente a respeito
sugerida não é aceita pela empresa, medidas legais, sobre possíveis im-
do requerimento da licença, e o analista do órgão competente responsável pelo
processo sinaliza que os estudos apresentados são insuficientes e que, para e que utilizar-se de quaisquer meca- plicações no atraso do licenciamento
a conclusão do processo, inclusive com prazo mais abreviado, é necessária a nismos para acelerar a obtenção de decorrentes da pressão pelo paga-
contratação de uma consultoria especializada indicada por ele. licenças, autorizações ou permissões mento do suborno.
constitui violação legal. Analise como as autoridades locais
Informe-o sobre o Código de Ética e as podem reagir, e como as autoridades
políticas da empresa, quanto a proibi- legais do país onde sua empresa está
ção de adoção de qualquer prática que sediada podem lhe dar assistência.
possa ser interpretada como uma ação Em cooperação com as autoridades
PREVENÇÃO: COMO REDUZIR A PROBABILIDADE
de corrupção ou lesiva à administração (por exemplo, a polícia ou outra au-
DE A SOLICITAÇÃO ACONTECER? pública nacional ou estrangeira. toridade relevante), recolha provas,
Informe o seu superior sobre o ocor- sempre que possível, para comprovar
rido, e envolva tanto a área de Com- a situação vivenciada.
 enha uma área de Compliance estru-
T técnica do órgão e sua liderança, e não
pliance e o Departamento Jurídico,
turada e adote uma política de confor- apenas com um único analista. Infor-
midade que proíba suborno e tenha me a equipe técnica do órgão sobre o
instruções claras de como rejeitar registro desta reunião no Compliance
ofertas para facilitar relações com ór- corporativo (responsável pela gestão
gão do governo por meio de subornos. da integridade na empresa). Evite se
Certifique-se de que os represen- encontrar sozinho com o gestor públi-
tantes ou consultores terceiros co- co ou com o órgão responsável pelo
nheçam os aspectos da Política de licenciamento; sempre que possível,
Anticorrupção e do Programa de Inte- vá acompanhado de mais uma pessoa
gridade da empresa. e realize reuniões sempre na presen-
Estabeleça um canal ativo de comu- ça de terceiros. Registre formalmente,
nicação e acolhimento de denúncias. logo após a reunião, o teor da con-
Solicite reunião formal com a equipe versa em ata – ou, quando inviável,

14 // 44 15 // 44
cenário #3
identificar situações que demonstrem  stabeleça um canal ativo de comu-
E
FRAUDE NA APROVAÇÃO DA MEDIÇÃO DOS suborno ou solicitação de vantagem
indevida, capacitando-os para que, ao
nicação e acolhimento de denúncias.
Esteja em conformidade com gestão
SERVIÇOS REALIZADOS JUNTO AO CLIENTE identificar situações que demonstrem contratual e obrigações legais, decre-
PÚBLICO COM O OBJETIVO DE OBTER suborno ou solicitação de vantagem
indevida, saibam que medidas devem
tos, normas técnicas e correspondên-
cias oficiais trocadas entre as partes
VANTAGEM INDEVIDA ser adotadas. ao longo da vigência contratual.

RESPOSTA À SOLICITAÇÃO: COMO RESPONDER


SE A DEMANDA FOR FEITA?
Descrição: No processo de aprovação das quantidades de serviços apontados
e medidos dos serviços mensais realizados pela Empresa Contratada, o gestor
público responsável pela aprovação da medição sugere que sejam incluídos
Informe expressamente ao solicitante meios internos de comunicação.
serviços não realizados e/ou que sejam aumentados os quantitativos dos servi-
ços medidos. O gestor público alega que, no cumprimento de suas atribuições do suborno que a empresa não com- Informe o seu superior sobre o ocor-
no serviço público, ele arca com despesas e não é reembolsado pelo órgão pactua com violações à legislação e rido, e envolva tanto a área de Com-
público; e sugere que esta ajuda mensal seria recompensada com a aprovação às suas políticas de conformidade, pliance e o Departamento Jurídico,
das medições, ainda que com quantidades irregulares. sobretudo para manipular ou fraudar para que sejam adotadas as devidas
o equilíbrio econômico-financeiro do medidas legais, sobre possíveis im-
contrato na medição de serviços. plicações no atraso do licenciamento
Interrompa imediatamente quaisquer decorrentes da pressão pelo paga-
diálogos que violem as medidas legais mento do suborno.
PREVENÇÃO: COMO REDUZIR A PROBABILIDADE ou de integridade, formalizando carta Acione o órgão público superior da
que exponha os fatos ocorridos. entidade fiscalizadora e comunique o
DE A SOLICITAÇÃO ACONTECER?
Registre formalmente, logo após ocorrido, exigindo o cumprimento da
a reunião, o teor da conversa legislação.
 stabeleça medidas de monitoramen-
E to entre os responsáveis em audiên- em ata ou, quando inviável, em
to que objetivem à mitigação de riscos cias públicas, impugnações de editais
e ao controle de execução contratual, e em solicitações de esclarecimento.
com o propósito de garantir a correta Como exemplo: uso de instrumentos
execução e cumprimento de todas as de GPS para monitoramento de ser-
obrigações contratuais, além de pre- viços complementares, equipamentos
venir fraudes e ilícitos. coletores com célula de carga, pesa-
Mesmo que os contratos públicos se- gens nos aterros disponibilizados on
jam de adesão e não haja possibili- -line para clientes, dentre outras.
dade de fazer exigência de cláusulas Realize treinamentos em sua empre-
contratuais, promova a importância sa, promovendo capacitação dos co-
da adoção de parâmetros de medição laboradores responsáveis pela inte-
mais precisos, que permitam maior ração com os agentes de fiscalização
publicidade e maior compartilhamen- do Contrato e dos Serviços, a fim de

16 // 44 17 // 44
cenário #4
e representantes, verifique informa-  necessário que a administração pú-
É
ções cadastrais e legitimidade para blica fomente o desenvolvimento de
a prestação dos serviços ofertados políticas de conformidade de interes-
FRAUDE EM PROCESSO DE LICITAÇÃO DE UM através de consultas reputacionais. se social, criando e exigindo progra-
EDITAL DE LIMPEZA PÚBLICA Evite se encontrar sozinho com o
agente público; sempre que possível
mas de integridade que possam de-
tectar possíveis práticas ilícitas.
esteja acompanhado de mais de uma Inclua na relação que abrange os re-
pessoa. Registre formalmente, logo quisitos da Lei 8.666/1993 que os edi-
após a reunião, o teor da conversa tais passem a incluir como requisitos
em ata ou, quando inviável, em meios de habilitação uma estrutura de Com-
internos de comunicação. pliance que se adeque a dimensão do
Exija que sejam criadas ferramentas serviço contratado e ao perfil da em-
Descrição: Solicitação ou oferecimento de vantagens indevidas por parte de específicas para o autocontrole duran- presa.
representantes das empresas ou dos Gestores Públicos durante o processo de
preparo de edital de licitação. Essa vantagem pode ocorrer, por exemplo, atra-
te o período de duração do certame, Obtenha o Selo do Pacto de Integri-
vés do vazamento de informações confidenciais do projeto básico da concor- e possibilite que as inconformidades dade do segmento, a fim de que as
rência, criando índices e/ou atestados técnicos com a finalidade de favorecer a possam ser denunciadas de maneira empresas que assinaram o termo
proposta a uma determinada empresa, comprometendo a vantagem competiti- sigilosa, sem expor a empresa respon- possam usá-lo junto ao logotipo da
va entre as demais empresas concorrentes. sável pela denúncia. Crie um processo empresa para divulgação e apresen-
onde toda investigação possa ser acom- tação de todos os documentos oficiais
panhada, garantindo assim a punição da companhia – inclusive na apresen-
dos envolvidos em casos concretos. tação de propostas técnicas.

PREVENÇÃO: COMO REDUZIR A PROBABILIDADE


RESPOSTA À SOLICITAÇÃO: COMO RESPONDER
DE A SOLICITAÇÃO ACONTECER?
SE A DEMANDA FOR FEITA?

 dote uma política de conformida-


A todas as informações necessárias à

Diga não à pessoa que lhe ofereça infor- que a empresa não compactua com
de, estabelecendo orientações claras elaboração de propostas sejam dis-
mações privilegiadas em uma licitação o que está acontecendo; e informe a
e transparentes na interação com o ponibilizadas para todos os proponen-
pública, e evite contato com a mesma. alta administração da empresa.
poder público e proibindo qualquer tes em igual teor e/ou em esclareci-
Interrompa imediatamente quaisquer Acione os órgãos de fiscalização e
intenção de direcionamento do pro- mentos, de modo que todos recebam
diálogos com este intermediário que controle, exigindo o cumprimento da
cesso licitatório, garanta que sua em- as informações no mesmo momento,
violem as medidas legais ou de inte- legislação pela Administração Públi-
presa sempre realize contato com a evitando informações privilegiadas.
gridade, formalizando comunicado ca e reporte todos os fatos ocorridos a
comissão de licitação da forma cor- Observe os prazos para solicitações
(e-mail/carta) para o consultor, a área área de Compliance e o Departamen-
reta, usando os canais adequados e que demandem tempo para serem
de Compliance e Departamento Jurí- to Jurídico da empresa.
previstos por lei. Registre todas as atendidas e todas as regras previs-
dico, expondo sobre os fatos ocorridos. Sugira caso comprovado alguma incon-
não conformidades. tas no ato convocatório do processo
Comunique expressamente o ente da formidade no edital que toda documen-
Estabeleça um canal ativo de comu- licitatório, nunca aceitando qualquer
administração pública contratante tação seja alterada e todos os propo-
nicação e acolhimento de denúncias. assistência não solicitada e, antes de
sobre o ocorrido, informando o nome nentes recebam as novas informações.
Exija que a documentação técnica e qualquer contratação de consultores
do consultor e sempre esclarecendo

18 // 44 19 // 44
cenário #5
teração com a empresa contratada, procedimentos de controle e monito-
FRAUDE NA PESAGEM DOS RESÍDUOS de forma a reduzir os riscos.
Defina processos para analisar quem
ramento que envolvam procedimen-
tos automatizados para mitigar a pos-
PROVENIENTES DA COLETA DE RESÍDUOS são os possíveis beneficiários, e crie sibilidade de desvios.
DOMICILIARES, ACARRETANDO PREJUÍZOS AO
MUNICÍPIO RESPOSTA À SOLICITAÇÃO: COMO RESPONDER
SE A DEMANDA FOR FEITA?

 ecuse-se a oferecer ou receber


R  aranta que os responsáveis pelo
G
Descrição: Após recolhimento dos resíduos provenientes da coleta de lixo resi- qualquer vantagem indevida. Informe processo tenham sua conduta ali-
dencial e comercial, são realizadas irregularidades na pesagem dos caminhões a pessoa que tal prática infringe as nhada com a conduta da empresa,
que transportavam estes resíduos. Devido ao fato de a empresa receber por políticas de conformidade da empresa com seu Código de Ética e políticas
tonelada coletada, os valores registrados na balança são majorados em rela- e que, por essa razão, não irá aceitar. de conformidade.
ção a quantidade coletada. A fiscalização da balança é realizada por servidores
comissionados, muitas vezes indicados pela empresa contratada. Há o ofere-
Se tiver dúvidas sobre a legalidade da Use um dos canais disponíveis para
cimento de vantagem indevida, em troca da aprovação da irregularidade nas oferta ou recebimento, consulte a le- informar para a área de Compliance
aprovações de pesagens na balança fiscalizadas por agentes públicos. gislação vigente e o Código de Ética de sua empresa, que deve identificar
(se o Programa de Integridade estiver claramente quem é o beneficiário e
implementado). garantir um processo transparente de
Denuncie o ocorrido aos canais de co- investigação para que posam ser to-
municação e de denúncia disponíveis. madas todas as medidas legais.
PREVENÇÃO: COMO REDUZIR A PROBABILIDADE
DE A SOLICITAÇÃO ACONTECER?

 dote uma política de conformidade


A nicação e acolhimento de denúncias.
que proíba que qualquer recebimento Realize uma verificação de antece-
e/ou oferecimento realizado de ma- dentes (background check) antes da
neira inapropriada possa ser entendi- contratação do balanceiro (cargo com
do como vantagem indevida. potencial risco de suborno elevado),
Realize treinamentos em sua empre- inclusive olhando antecedentes cri-
sa com situações práticas com funcio- minais.
nários administrativos e operacionais, Monitoramento da balança por câme-
de modo que todos os funcionários ras e controles de alteração do ticket
saibam como proceder em situações de pesagem podem auxiliar na pre-
de suborno e vantagem indevida e, em venção de subornos.
caso de dúvida, comuniquem à área Adote uma política efetiva de conflito
de Compliance. de interesse na contratação de agen-
Estabeleça um canal ativo de comu- tes públicos que porventura terão in-

20 // 44 21 // 44
cenário #6
RESPOSTA À SOLICITAÇÃO: COMO RESPONDER
SE A DEMANDA FOR FEITA?
FRAUDE NOS DADOS RELATIVOS A ENTRADA
DE RESÍDUOS NAS PLANTAS DE TRATAMENTO  iga não à pessoa que fez o ofereci-
D Reporte imediatamente à área de
OU TRANSBORDO mento da vantagem indevida e infor- Compliance e ao Departamento Ju-
me expressamente que a empresa rídico, além da sua liderança sobre a
não compactua com violações de suas situação ocorrida.
políticas de conformidade, sobretudo A empresa deve estruturar e aplicar
para manipular ou fraudar a medição alguma forma de punição ao cliente
de serviços. envolvido.

Descrição: O representante do cliente solicita aos funcionários operacionais da


planta de tratamento que alterem os dados de pesagem e/ou a característica
da carga de resíduos de maneira não conforme ao Manifesto de Transporte de
Resíduos (MTR), acarretando a diminuição do faturamento e/ou a disposição
incorreta do resíduo e colocando em risco a operação.

PREVENÇÃO: COMO REDUZIR A PROBABILIDADE


DE A SOLICITAÇÃO ACONTECER?

 dote procedimentos que estabele-


A em situações de suborno e oferta de
çam regras claras para o controle vantagem indevida.
diário da operação, a fim de garantir Realize treinamentos para os clientes,
que todo resíduo recebido no empre- apresentando as regras e normas do
endimento seja identificado e pesado Programa de Integridade da empresa.
de forma transparente. Estabeleça um canal ativo de comu-
Realize treinamentos para equipe nicação e acolhimento de denúncias.
operacional com demonstração de Inclua uma cláusula de integridade
situações práticas, de modo a todos nos contratos de prestação de servi-
os funcionários conhecerem as res- ços.
ponsabilidades e os impactos de suas
atividades e saibam como proceder

22 // 44 23 // 44
cenário #7
contratual e obrigações legais, decre- tendo situações práticas, com funcio-
tos, normas técnicas e correspondên- nários administrativos e operacionais,
cias oficiais trocadas entre as partes de modo que todos os colaboradores
CONCESSÃO DE ADITIVO DE CONTRATO E/OU ao longo da vigência contratual. saibam como proceder em situações
REEQUILÍBRIO ECONÔMICO-FINANCEIRO Realize avaliações do perfil ético e
treinamentos em sua empresa, con-
de suborno e oferta de vantagem in-
devida.

RESPOSTA À SOLICITAÇÃO: COMO RESPONDER


SE A DEMANDA FOR FEITA?

Descrição: O equilíbrio econômico-financeiro é um elemento fundamental


dos contratos firmados entre a iniciativa privada e a administração pública.  erifique internamente se o apoio a
V trumento de patrocínio ou termo de
É ele que estabelece a obrigação da medida entre os valores que o admi- esse tipo de programa está em linha doação;
nistrador vai receber e os custos em que vai incorrer, de tal modo que o com a estratégia de apoio aos pro- • assinatura de um memorando de
negócio não se torne inviável economicamente para o administrado, e, de
outro, que não seja excessivo, onerando demasiadamente o município. O gramas sociais da empresa e se não entendimento entre as partes com a
representante do cliente informa que o aditivo só será concedido mediante configura uma vantagem indevida ou presença de uma comissão ou parte
pagamento de vantagem indevida. conflito de interesses. externa que garanta a transparência
Analise a documentação de solicita- do processo;
ção do pedido, assegurando a existên- • pagamento direto na conta da ONG;
cia e a legalidade do programa social, • necessidade de apresentação do do-
e realize um processo de due diligen- cumentão legal da ONG e do progra-
ce robusto em relação à organização ma social;
PREVENÇÃO: COMO REDUZIR A PROBABILIDADE
beneficiária. • exigência de relatório de prestação
DE A SOLICITAÇÃO ACONTECER? Caso não haja vantagem indevida, de contas.
conflito de interesses, ou qualquer Em caso de vantagem indevida, con-
ilegalidade, responda à solicitação flito de interesses, ou qualquer ilega-
 stabeleça uma estrutura contratual
E ou solicitação de vantagem indevida.
com instruções sobre as regras insti- lidade, não realize o pagamento.
que defina de forma objetiva as con- Estabeleça um canal ativo de comu-
tucionais para proceder com a contri- Recuse a solicitação justificadamente,
dições de renegociação. Implemen- nicação e acolhimento de denúncias.
buição, tais como: referindo-se à política de doação da
te medidas de monitoramento que Solicite sempre reuniões formais para
• formalização do apoio em um ins- empresa.
objetivem à mitigação de riscos e ao todas as tratativas relacionadas ao
controle de execução contratual, com tema e, quando houver a participação
o propósito de garantir o cumprimen- de agentes públicos, evite se encontrar
to de todas as obrigações contratuais, sozinho com o agente público: bus-
além de prevenir fraudes e ilícitos. que, se possível, estar acompanhado
Realize treinamentos em sua empre- de um especialista técnico imparcial,
sa com os colaboradores responsá- de forma a reduzir a possibilidade de
veis pela interação com os agentes abordagens indevidas. Sempre oficia-
públicos; e capacite-os a identificar lize o encontro em ata.
situações que demonstrem suborno Esteja em conformidade com gestão

24 // 44 25 // 44
cenário #8
RESPOSTA À SOLICITAÇÃO: COMO RESPONDER
SE A DEMANDA FOR FEITA?

FRAUDE EM PAGAMENTOS REALIZADOS PELA


EMPRESA  erifique internamente se o apoio a
V
esse tipo de programa está em linha
trumento de patrocínio ou termo de
doação;
com a estratégia de apoio aos pro- • assinatura de um memorando de
gramas sociais da empresa e se não entendimento entre as partes com a
configura uma vantagem indevida ou presença de uma comissão ou parte
conflito de interesses. externa que garanta a transparência
Analise a documentação de solicita- do processo;
ção do pedido, assegurando a existên- • pagamento direto na conta da ONG;
Descrição: O fornecedor/entidade realiza fraude em pagamentos feitos pela cia e a legalidade do programa social, • necessidade de apresentação do do-
empresa, com a finalidade de gerar vantagens para representantes do cliente e realize um processo de due diligen- cumentão legal da ONG e do progra-
ou permite que recursos (destinados para fins como, por exemplo, educação ce robusto em relação à organização ma social;
ambiental) sejam desviados para pagar outras despesas fora do item previsto,
mesmo que isso não acarrete em vantagem específica para pessoas físicas
beneficiária. • exigência de relatório de prestação
envolvidas. Caso não haja vantagem indevida, de contas.
conflito de interesses, ou qualquer Em caso de vantagem indevida, con-
ilegalidade, responda à solicitação flito de interesses, ou qualquer ilega-
com instruções sobre as regras insti- lidade, não realize o pagamento.
tucionais para proceder com a contri- Recuse a solicitação justificadamente,
buição, tais como: referindo-se à política de doação da
• formalização do apoio em um ins- empresa.
PREVENÇÃO: COMO REDUZIR A PROBABILIDADE
DE A SOLICITAÇÃO ACONTECER?

 aranta que sua empresa possua


G dos os funcionários saibam identificar
diretrizes claras de relacionamen- situações de suborno ou solicitação
to com agentes públicos, incluindo de vantagem indevida e como proce-
questões relacionadas a investimento der caso elas ocorram e, em caso de
social, e impossibilite a transferência dúvidas, requeiram avaliação de risco
para pessoas físicas. junto à área de Compliance.
Garanta que sua empresa possua di- Estabeleça um canal ativo de comu-
retrizes claras de doação e patrocínio nicação e acolhimento de denúncias.
e preveja regras de doação vinculadas Dê preferência à doação de bens ma-
a contratos. teriais e garanta que a mesma seja
Realize treinamentos em sua empre- compatível com a natureza, a política
sa com situações práticas sobre re- e as diretrizes da empresa.
lacionamento com agentes públicos
e do terceiro setor, de modo que to-

26 // 44 27 // 44
cenário #9
 m caso de vantagem indevida, confli-
E e do terceiro setor, de modo que to-
to de interesses, ou qualquer ilegalida- dos os funcionários saibam identificar
EXIGÊNCIA, POR PARTE DO PODER PÚBLICO de, não realize o pagamento. Recuse a situações de suborno ou solicitação
solicitação justificadamente, referin- de vantagem indevida e como proce-
CONCEDENTE, DE DOAÇÃO E OU PATROCÍNIO do-se à política de doação da empresa. der caso elas ocorram e, em caso de
PARA ALGUMA ENTIDADE (FILANTRóPICA Garanta que sua empresa possua dúvidas, requeiram avaliação de risco
diretrizes claras de relacionamen- junto à área de Compliance.
OU NÃO), COM A FINALIDADE DE QUITAR to com agentes públicos, incluindo Estabeleça um canal ativo de comu-
MEDIÇÕES ATRASADAS OU DE PROPORCIONAR questões relacionadas a investimento nicação e acolhimento de denúncias.
social, e impossibilite a transferência  Dê preferência à doação de bens ma-
ACERTOS DE CUSTOS QUE POSSAM GERAR para pessoas físicas. teriais e garanta que a mesma seja
CONFLITO DE INTERESSES COM O ÓRGÃO Realize treinamentos em sua empre- compatível com a natureza, a política
sa com situações práticas sobre re- e as diretrizes da empresa.
PÚBLICO – FICANDO A EMPRESA SUJEITA A lacionamento com agentes públicos
REPRESÁLIAS CASO NÃO CONCEDA O APOIO
RESPOSTA À SOLICITAÇÃO: COMO RESPONDER
SE A DEMANDA FOR FEITA?

Descrição: A empresa tem um contrato com um órgão público e está com atraso
Informe ao servidor público que a em-  steja sempre aberto a ouvir a ne-
E
em seus recebimentos de medições mensais. Um servidor público, responsável
pela aprovação e pagamento das medições, informa que, devido à redução de presa possui regras claras sobre do- cessidade do solicitante em caso de
custos que a prefeitura precisa realizar para manter seu orçamento aprovado ação, e que a decisão de prosseguir existir oposições a doação ao bene-
ao fim do mandato, vem priorizando a remuneração relativa aos serviços es- deverá ser submetida para a área de ficiário. Dessa forma, poderá ser as-
senciais. No entanto, insinua que seria possível realizar todos os pagamentos Compliance de sua empresa – que, sertivo nas justificativas dos eventu-
atrasados se a empresa se comprometesse a realizar doações e patrocínios a
em conjunto com os envolvidos, po- ais riscos de conflitos de interesses e
entidades que seriam sugeridas pela administração pública; assim ocorreria a
aceleração do pagamento dos processos administrativos com atraso. derá decidir sobre a possibilidade da restrições ilegais.
doação, para isso sendo necessária Exponha essa pessoa para o clien-
aprovação e realização de um instru- te e/ou órgão competente, conforme
mento particular contratual. aplicável, e consulte a razão para sua
Caso exista solicitação indevida, de- abordagem.
PREVENÇÃO: COMO REDUZIR A PROBABILIDADE nuncie a atitude do servidor públi- Verifique se a doação está de acordo
co, informando às autoridades que com as diretrizes da empresa e de
DE A SOLICITAÇÃO ACONTECER?
concorda em colaborar com a inves- que o objetivo de uma doação deve
tigação e/ou coleta de provas, com o ser o benefício da sociedade, e não de
Verifique internamente se o apoio a de interesses, realizando os procedi- objetivo de eliminar a prática de so- uma autoridade pública, um gabinete
esse tipo de programa está em linha mentos de due diligence de compliance licitação indevida naquela autoridade ou a administração de uma empresa.
com a estratégia de apoio aos progra- anticorrupção para verificar potenciais ou instituição governamental.
mas sociais da empresa e se não confi- riscos com relação ao beneficiário final
gura uma vantagem indevida ou conflito envolvido na doação/patrocínio

28 // 44 29 // 44
cenário #10
 empre que possível, compareça a
S além de oficializar as discussões em
TROCA DE INFORMAÇÕES SENSÍVEIS DE reuniões de associações de classe
acompanhado de mais uma pessoa,
ata ou, quando inviável, em registro
formal interno logo após a reunião.
MERCADO EM FUNÇÃO DE RELACIONAMENTO
PESSOAL OU EM REUNIÕES DE ASSOCIAÇÃO DE RESPOSTA À SOLICITAÇÃO: COMO RESPONDER
CLASSE SE A DEMANDA FOR FEITA?

 e um tema sensível for abordado


S  e um tema sigiloso para o mercado
S
pelo concorrente, posicione-se clara- for abordado por uma empresa con-
mente sobre a situação e interrompa corrente, interrompa imediatamente
imediatamente a conversa. a reunião e faça constar em ata os
Descrição: Em uma reunião regular de uma associação de classe da qual sua Reporte o caso à área de Compliance motivos da suspensão.
empresa faz parte, o representante de outra associada começa a divulgar in-
formações sigilosas de uma terceira companhia – como, por exemplo, os pro-
e ao Departamento Jurídico, e peça Ausente-se da reunião fazendo cons-
cessos licitatórios de que a empresa participará e alguns preços utilizados. orientação sobre como documentar tar em ata sua saída e assinatura de
o caso. todos os participantes.

PREVENÇÃO: COMO REDUZIR A PROBABILIDADE


DE A SOLICITAÇÃO ACONTECER?

 dote uma política de conformidade


A tica do mercado e para que todos os
que proíba práticas anticoncorrenciais. funcionários ajam dentro da seguran-
Realize treinamentos em sua empre- ça e da integridade jurídica.
sa com situações práticas que escla- ncentive a alta direção a se posicionar
reçam sobre as atitudes que podem sobre o assunto e a dar o exemplo.
ser entendidas como configuração de Garanta que as áreas de Complian-
cartel e definam com clareza quais ce e de Recursos Humanos tenham
são os temas sensíveis que não de- independência para fazer cumprir a
vem ser discutidos com concorrentes. política de conformidade e que ela
Estabeleça um canal ativo de comu- se aplique a todos os funcionários da
nicação e acolhimento de denúncias. empresa, de todos os níveis hierárqui-
Desenvolva peças de comunicação in- cos.
terna para esclarecer sobre o tema, Registre quaisquer interações que se-
informar sobre as mudanças na prá- jam feitas com potenciais concorrentes.

30 // 44 31 // 44
cenário #11
situem guia de Compliance que abor- cao/publicacoes-institucionais/guias_do_
da a consciência e a prática de respei- Cade/guia-compliance-versao-oficial.pdf
FORMAÇÃO DE CARTEL NO PROCESSO DE to às normas de direito concorrencial: Estabeleça um canal ativo de comu-
http://www.cade.gov.br/acesso-a-informa- nicação e acolhimento de denúncias.
CONTRATAÇÃO EMERGENCIAL JUNTO AO
ÓRGÃO PÚBLICO
RESPOSTA À SOLICITAÇÃO: COMO RESPONDER
SE A DEMANDA FOR FEITA?

 s autoridades competentes devem re-


A sível, para comprovar a solicitação.
Descrição: A prefeitura de um munícipio de forma a favorecer a uma determi- ceber as denúncias sobre esse tipo de Se a pressão de pagar por um suborno
nada empresa envia carta convite para uma contratação emergencial de servi- violação de forma que possam investi- se muito forte e houver risco de reta-
ços essenciais de limpeza pública, uma vez que o contrato foi encerrado antes gar e caso comprovada a irregularidade liação por parte do órgão público (por
que fosse possível a finalização do edital para uma nova contratação. Com o ob- aplicar os sansões previstas em lei. exemplo: a perda do contrato), avalie
jetivo de neutralizar concorrentes, eliminando assim competidores na disputa
pelo processo emergencial, o valor global do contrato é direcionado a favorecer A empresa deve informar que possui as consequências financeiras e de
uma determinada empresa – que, como contrapartida, pagará todas as despe- um Programa de Integridade efetivo imagem para a empresa e considere
sas relativas às campanhas eleitorais do prefeito daquele município. e que a cultura da empresa, a cons- a possibilidade de encerrar o projeto.
ciência e a prática de respeito não Analise junto com o Departamento
permitem que sejam violadas as leis Jurídico e a área de Compliance as
concorrências. formas que podem ser garantidos os
Em cooperação com as autorida- direitos contratuais atendendo as di-
des, recolha provas sempre que pos- retrizes de integridade da empresa.
PREVENÇÃO: COMO REDUZIR A PROBABILIDADE
DE A SOLICITAÇÃO ACONTECER?

 legislação brasileira sobre o tema


A de relacionamento com os concor-
estabelece severas penas e discrimi- rentes, bem como o mapeamento de
na todas as práticas que podem levar riscos elevar o risco concorrencial ao
a esse tipo de ato. As autoridades que patamar provável e de alto impacto
investigam tais violações são eficien- para as empresas que tenham poucos
tes e têm aplicado severas penalida- concorrentes.
des, sendo possível firmar acordos O respeito à legislação de defesa da
com as autoridades, em determina- concorrência deve constar do código
das condições previstas em lei. de conduta ética, de uma política es-
No que se refere à gestão da integri- pecífica de conformidade e do mate-
dade, para evitar tais violações, vale a rial de comunicação, bem como com-
pena aqui reiterar que o discurso da por os treinamentos de Compliance.
liderança deve incluir a referência ao O Conselho Administrativo de Defesa
que é permitido e proibido em termos Econômica (CADE) disponibiliza no seu

32 // 44 33 // 44
cenário #12
 Conselho Administrativo de Defesa
O http://www.cade.gov.br/acesso-a-in-
Econômica (CADE) disponibiliza no seu formacao/publicacoes-institucionais/
FORMAÇÃO DE CARTEL NO PROCESSO situem guia de Compliance que abor- guias_do_Cade/guia-compliance-ver-
da a consciência e a prática de respei- sao-oficial.pdf
LICITATÓRIO DE UM EDITAL DE LIMPEZA to às normas de direito concorrencial:
PÚBLICA
RESPOSTA À SOLICITAÇÃO: COMO RESPONDER
SE A DEMANDA FOR FEITA?

Descrição: Frustrar ou fraldar, mediante ajuste, combinação ou qualquer outro  s autoridades competentes devem re-
A  e a pressão de pagar por um subor-
S
expediente, o caráter competitivo de procedimento licitatório público, cercean- ceber as denúncias sobre esse tipo de no se muito forte e houver risco de re-
do os princípios que norteiam a Administração Pública, de propiciar melhores violação de forma que possam investi- taliação por parte do órgão público (por
preços, com melhor qualidade. A empresa vencedora garante um percentual gar e caso comprovada a irregularidade exemplo, a perda do contrato), avalie as
do valor do contrato às demais empresas que participaram do cartel. Há ain-
da a possibilidade de o órgão público ser conivente com a formação do car- aplicar as sanções previstas em lei. consequências financeiras e de ima-
tel, contribuir para que uma dessas empresas vença o processo licitatório e, A empresa deve informar que possui um gem para a empresa e considere a pos-
com isso, fazer parte da divisão do valor que seria rateado entre as empresas. Programa de Integridade efetivo, e que sibilidade de encerrar o projeto.
a cultura da empresa, a consciência e Analise junto com o Departamento Jurí-
a prática de respeito não permitem que dico e a área de Compliance as formas
sejam violadas as leis concorrenciais. que podem ser garantidos os direitos
Em cooperação com as autoridades, re- contratuais atendendo as diretrizes de
colha provas sempre que possível, para integridade da empresa.
PREVENÇÃO: COMO REDUZIR A PROBABILIDADE
comprovar a solicitação.
DE A SOLICITAÇÃO ACONTECER?

 legislação brasileira sobre o tema


A em termos de relacionamento com
acima estabelece severas penas e dis- os concorrentes, bem como o mape-
crimina todas as práticas que podem amento de riscos elevar o risco con-
levar a esse tipo de ato. As autoridades correncial ao patamar provável e de
que investigam tais violações são efi- alto impacto para as empresas que
cientes e têm aplicado severas pena- tenham poucos concorrentes.
lidades, sendo possível firmar acordos O respeito à legislação de defesa da
com as autoridades, em determinadas concorrência deve constar do código
condições previstas em lei. de conduta ética, de uma política es-
No que se refere à gestão da integri- pecífica de conformidade e do mate-
dade, para evitar tais violações, vale a rial de comunicação, bem como com-
pena aqui reiterar que o discurso da por os treinamentos de Compliance.
liderança deve incluir a referência ao Estabeleça um canal ativo de comu-
que é permitido e ao que é proibido nicação e acolhimento de denúncias.

34 // 44 35 // 44
cenário #13
RESPOSTA À SOLICITAÇÃO: COMO RESPONDER
SE A DEMANDA FOR FEITA?
VANTAGEM INDEVIDA A AGENTE PÚBLICO
PARA LIBERAÇÃO DE EQUIPAMENTOS (FROTA) Acione a área responsável para reali- ou de integridade, formalizando os fa-
OPERANDO COM IRREGULARIDADES zar a devida manutenção e não libere tos ocorridos.
o equipamento caso haja não confor- Registre formalmente, logo após a
midades identificadas. reunião, o teor da conversa em ata –
Não atenda à solicitação, e declare ou, quando inviável, em meios inter-
ao agente fiscalizador que a forma nos de comunicação.
de facilitação sugerida não é aceita Use os canais disponíveis para repor-
pela empresa e que se trata de vio- tar o ocorrido à área de Compliance e
lação legal. Departamento Jurídico de sua empre-
Descrição: Equipamentos atendendo contratações públicas trafegando em Interrompa imediatamente quaisquer sa e obtenha suporte que estabeleça
vias com irregularidades são identificados pelos órgãos de fiscalização, diálogos que violem as medidas legais as medidas legais e cabíveis.
que permitem a continuidade dos serviços em troca de vantagem indevida.

PREVENÇÃO: COMO REDUZIR A PROBABILIDADE


DE A SOLICITAÇÃO ACONTECER?

 ealize um checklist antes da libera-


R lização e capacitação para identificar
ção do equipamento para a operação. situações que demonstrem suborno
Mantenha a documentação legal dos ou solicitação de vantagem indevida.
equipamentos regularizada. Estabeleça um canal ativo de comu-
Adote uma política de conformidade nicação e acolhimento de denúncias.
para a interação com poder público, Esteja em conformidade com a ges-
que estabeleça orientações claras e tão contratual e as obrigações legais,
proíba toda e qualquer solicitação de decretos, normas técnicas e corres-
vantagem indevida de agentes públi- pondências oficiais trocadas entre as
cos ou pessoa a ele relacionada. partes ao longo da vigência contratual.
Realize treinamentos em sua empresa
com os colaboradores responsáveis
pelo atendimento a agentes de fisca-

36 // 44 37 // 44
cenário #14
uma pessoa e realize reuniões sempre ou sindicatos. Oficialize as discussões
na presença de terceiros, de modo a em ata ou, quando inviável, em regis-
UM REPRESENTANTE SINDICAL EXIGE UMA inibir que a solicitação indevida venha tro formal interno logo após a reunião.
VANTAGEM INDEVIDA PARA SE EVITAR de quaisquer dos lados – empresas

UMA GREVE NOS MESES QUE ANTECEDEM


O ACORDO COLETIVO, PARALISANDO RESPOSTA À SOLICITAÇÃO: COMO RESPONDER
SERVIÇOS ESSENCIAIS EM DESACORDO E SE A DEMANDA FOR FEITA?

DESCUMPRIMENTO À LEGISLAÇÃO
 ão atenda à solicitação. Responda
N as medidas legais e cabíveis.
ao solicitante que a empresa possui Denuncie a atitude do representante
um Código de Ética e políticas de con- sindical, informando às autoridades
formidade que proíbem qualquer tipo que concorda em colaborar com a
de pagamento de vantagem indevida. investigação/coleta de provas, com o
Interrompa imediatamente quaisquer objetivo de eliminar a prática de so-
Descrição: Um diretor sindical aborda um representante responsável pelas re- diálogos que exponha sobre os fatos licitação indevida naquela autoridade
lações sindicais da empresa, solicitando algum tipo de contribuição extraoficial
ocorridos e deixe consignado em ata ou instituição governamental.
ao Acordo Coletivo de forma a beneficiar ele e o sindicato. Em contrapartida,
promete desestimular a categoria para iniciar uma greve antes que as negocia- sua retirada da reunião e o motivo. Fomente através da participação das
ções sejam concluídas. Use os canais disponíveis para repor- empresas associadas dos diretores
tar o ocorrido à área de Compliance e e líderes sindicais em reuniões, trei-
Departamento Jurídico de sua empre- namentos com temas disseminados
sa e obtenha suporte que estabeleça pela área de Compliance.

PREVENÇÃO: COMO REDUZIR A PROBABILIDADE


DE A SOLICITAÇÃO ACONTECER?

 dote uma política de conformidade


A empresa, solicitando a adesão a ter-
proibindo suborno e definindo concei- mo de compromisso de conduta.
tos de conflito de interesses. Estimule a capacitação dos colabo-
Estabeleça um canal ativo de comu- radores, com maior conscientização
nicação e acolhimento de denúncias. voltada às questões sindicais. Trate
Promova reuniões no sindicato, com das questões relativas a contribuição
a presença dos diretores sindicais, e e atuação responsável.
exponha sobre as medidas legais e de Evite encontrar sozinho com um re-
integridade que deverão ser respei- presentante sindical, sempre que
tadas na relação ente o sindicato e a possível, vá acompanhado de mais de

38 // 44 39 // 44
cenário #15
definidas as responsabilidades de  omo parte da política de confor-
C
cada uma das partes e que estabe- midade, garanta que o contrato e as
SUBORNO, FRAUDE E LAVAGEM DE DINHEIRO leça transparência na relação con- cláusulas contratuais estejam em
tratual e nas interações com for- acordo com a gestão contratual e as
EM TROCA DE FAVORECIMENTOS DURANTE O necedores, com realização de due obrigações legais, decretos, normas
MANDATO diligence reputacional, de forma a técnicas e correspondências oficiais
cumprir as políticas de conformida- trocadas entre as partes ao longo da
de e as leis vigentes. vigência contratual.

RESPOSTA À SOLICITAÇÃO: COMO RESPONDER


Descrição: O representante da prefeitura de um munícipio com menos de 150.000 SE A DEMANDA FOR FEITA?
habitantes realiza reuniões com empresários donos de empresas do segmento de
resíduos sólidos, para ofertar a possibilidade que o empresário execute por meio de
sua empresa as atividades de limpeza pública, utilizando recursos públicos como
 m caso de qualquer solicitação in-
E ou, quando inviável, em meios inter-
mão de obra e equipamentos que atualmente estão parados, pois estes precisam
que sua manutenção seja regularizada. Em contrapartida, o empresário precisa- devida, não atenda à solicitação, e nos de comunicação.
rá ceder parte do faturamento mensal da empresa para uma conta e pessoa física declare ao agente fiscalizador que a Use os canais disponíveis para repor-
a ser indicada por este representante. Ademais, serão encaminhados nomes de forma de facilitação sugerida não é tar o ocorrido à área de Compliance e
colaboradores que deverão ser incluídos na folha de pagamento, mas que não po- aceita pela política da empresa e que Departamento Jurídico de sua empre-
derão atuar nas atividades contratadas por já estarem trabalhando em outras se- se trata de violação legal. sa e obtenha suporte que estabeleça
cretárias desta mesma prefeitura e empresas terceiras que emitiram notas fiscais
mensais de serviços não realizados, mas que deverão ser pagos mensalmente.
Interrompa imediatamente quaisquer as medidas legais e cabíveis.
diálogos que violem as medidas legais Acione o órgão público superior da
ou de integridade, formalizando os fa- entidade fiscalizadora e comunique o
tos ocorridos. ocorrido, exigindo o cumprimento da
Registre formalmente, logo após o legislação.
ocorrido, o teor da conversa em ata –
PREVENÇÃO: COMO REDUZIR A PROBABILIDADE
DE A SOLICITAÇÃO ACONTECER?

 dote uma política de conformidade


A pela contratação de fornecedores e de
para a interação com poder público, funcionários, capacitando-os para, ao
que estabeleça orientações claras identificar situações que demonstrem
e proíba toda e qualquer solicitação suborno ou solicitação de vantagem
de suborno e tenha instruções claras indevida, saibam que medidas devem
de como se comportar em situações ser adotadas.
como essa diante de agentes públicos Estabeleça um canal ativo de comu-
ou pessoa a ele relacionada. nicação e acolhimento de denúncias.
Realize treinamentos em sua empresa Garanta que o contrato tenha uma
com os colaboradores responsáveis matriz de riscos onde estejam bem

40 // 44 41 // 44
www.ethos.org.br
www.pactoglobal.org.br
www.unglobalcompact.org

Esta publicação da Rede Brasil do Pacto Global contribui para o cumprimento do


Objetivo de Desenvolvimento Sustentável