Você está na página 1de 30

MKTB00003

2013
MANUAL DE OPERAÇÃO
INSTALAÇÃO E MONTAGEM
ANDAIME SUSPENSO MANUAL
__________________________________________________________________________
1. Prefácio

Este manual tem por objetivo estabelecer os procedimentos que devem ser obedecidos na
instalação, montagem e desmontagem de Andaimes Suspensos Manuais com a finalidade de
preservar a integridade física dos profissionais envolvidos.
Cabe ressaltar que quaisquer reparos ou serviços podem ser perigosos se forem realizados por
pessoas não habilitadas. Instalação, testes e manutenções deste equipamento devem ser executados
sob supervisão de um profissional legalmente habilitado. Somente profissionais habilitados devem
instalar, montar e prestar qualquer manutenção nos equipamentos objeto deste manual.

Importante:
Para instalação correta do equipamento, deve-se ler o manual com muita atenção antes de iniciar a
utilizá-lo.

Se após a leitura você ainda necessitar de informações adicionais entre em contato conosco!

Endereço para contato:


Metalúrgica KTB Ltda
CNPJ: 11220600/0001-81
Rua Caí, 560
Distrito Industrial Ritter - Cachoeirinha - RS
CEP: 94.940-030

__________________________________________________________________________
2
__________________________________________________________________________
Índice
Página
1 - Prefácio................................................................................................................................ 2
2 - Apresentação........................................................................................................................ 4
2.1 - Módulos ................................................................................................................ 4
2.2 - Montagem dos Andaimes ....................................................................................... 9
2.3 - Opções de Montagem ............................................................................................ 15
2.4 - Dimensões das Plataformas ................................................................................... 18
2.5 - Pesos e Capacidades dos Andaime ......................................................................... 20
3 - Guincho de Cabo Passante ................................................................................................. 21
3.1 - Descrição Guincho Cabo Passante .......................................................................... 22
3.2 - Montagem do Guincho de Cabo Passante ............................................................... 23
3.3 - Prensa Cabo ......................................................................................................... 24
4 - Trava Quedas .................................................................................................................... 25
5 - Opções de Montagem ........................................................................................................ 26
6 - Recomendações de Instalação ............................................................................................ 27
7 - Normas ............................................................................................................................. 28
8 - Manutenção Preventiva ....................................................................................................... 28
9 - Segurança ........................................................................................................................ 29

__________________________________________________________________________
3
__________________________________________________________________________

2. Apresentação

Os Andaimes Suspensos da KTB, são caracterizados por serem, portáteis, pois suas
plataformas são totalmente desmontáveis, além de serem versáteis , proporcionando movimentações
rápidas e seguras, pois utilizam o novo sistema de guincho de cabo passante manual com freio
absoluto.
Sua utilização corresponde a trabalhos verticais das construções, para efeito de reparos,
pinturas, acabamentos, reformas, limpeza, dentre outros. Os Andaimes Suspensos da KTB são
modulares podendo ser de 1m até 6m, com fácil montagem e utilização, além de proporcionar
segurança a sua obra, pois possui um cabo auxiliar (para cada guincho) com sistema trava-queda
automático. Suas plataformas foram projetadas para proporcionar segurança pois estão de acordo
com a norma NR-18.
A KTB Equipamentos não se responsabiliza pela montagem e fixação do andaime suspenso à
obra, pois estes devem ser realizados por pessoas habilitadas, fornecendo o laudo dos mesmos
aceitos legalmente atestando a qualidade de seus serviços.
A capacidade máxima de carga de trabalho está limitada no Capitulo 4 deste manual.

Nota:
Entende-se como carga de trabalho, o somatório de todos os produtos presentes na mesma
(ferramenta, operários, cargas, etc.)

2.1 Módulos

O Andaime Suspenso Manual KTB é baseado em um sistema de componentes modulares para


cobrir totalmente as necessidades que se apresentam na construção.

Figura 1 - Cabeceira Manual 720 (mm) Figura 2 - Cabeceira Manual 900 (mm)

__________________________________________________________________________
4
__________________________________________________________________________

Figura 2 - União Interna 720 (mm) Figura 3 - União Interna 900 (mm)

Figura 4 - Lateral do Andaime 1000 (mm)

Figura 6 - Lateral do Andaime 1500 (mm)

__________________________________________________________________________
5
__________________________________________________________________________

Figura 7 - Lateral do Andaime 2000 (mm)

Figura 8 - Lateral do Andaime 2500 (mm)

Figura 9 - Lateral do Andaime 3000 (mm)

__________________________________________________________________________
6
__________________________________________________________________________

Figura 10 - Lateral do Andaime Baixa 1000 (mm)

Figura 11 - Lateral do Andaime Baixa 1500 (mm)

Figura 12 - Lateral do Andaime Baixa 2000 (mm)


__________________________________________________________________________
7
__________________________________________________________________________

Figura 13 - Lateral do Andaime Baixa 2500 (mm)

Figura 14 - Lateral do Andaime Baixa 3000 (mm)

Figura 10 - Piso dos Andaimes

Os Pisos dos Andaimes Suspensos Manuais KTB estão disponíveis nas larguras de 720 (mm) e 900
(mm), os comprimentos são de 1000, 1500, 2000, 2500 e 3000 (mm), totalizando 10 modelos de pisos
com dimensões variadas
__________________________________________________________________________
8
__________________________________________________________________________

2.2 Montagens dos Andaimes

Para iniciar a montagem


ntagem da plataforma, encaixe as Laterais do andaime nos suportes
existentes na Cabeceira do Andaime Suspenso Manual parafusando os mesmos nos encaixes
superiores. Conforme ilustração abaixo.

Fixação:

- Parafuso sextavado M12 x 80 DIN 931 8.8 ZB; 2 unidades


- Porca sextavada M12 DIN 934 8.8 ZB; 2 unidades
- Arruela lisa M12 DIN 125 8.8 ZB; 4 unidades
- Arruela de Pressão M 12 DIN 127B
127 8.8 ZB. 2 unidades

Figura 11 - Primeira etapa da montagem dos Andaimes

Em seguida encaixe
e o piso nos acoplamentos das Laterais do Andaime Suspenso Manual.

__________________________________________________________________________
9
__________________________________________________________________________

Figura 12 - Segunda etapa da montagem dos Andaimes

Fixe o Piso do Andaime Suspenso nas furações existentes nas extremidades diagonais de cada
conjunto. Esta solução de fixação abrange todos os modelos dos andaimes manuais e elétricos de
todas as dimensões.

Fixação do Piso:

- Parafuso sextavado M8 x 50 DIN 931 8.8 ZB; 2 unidades


- Porca sextavada M8 DIN 934 8.8 ZB; 2 unidades
- Arruela lisa M8 DIN 125 8.8 ZB; 4 unidades
- Arruela de Pressão M8 DIN 127B 8.8 ZB. 2 unidades

__________________________________________________________________________
10
__________________________________________________________________________

Figura 13 - Vista frontal detalhe fixação do piso

Figura 14 - Vista superior detalhe fixação do piso

Figura 15 - Vista lateral detalhe fixação do piso Figura 16 - Vista aproximada detalhe fixação do piso

Atenção:
A instrução de fixação do Piso do Andaime, descrita acima, foi elaborada com referência no memorial
de engenharia dos Andaimes Suspensos da KTB Equipamentos. Isto garante que a solução proposta
acima não altera as solicitações estruturais do equipamento, bem como sua segurança operacional.

__________________________________________________________________________
11
__________________________________________________________________________

Opção de fixação do Piso:

- Cabo de aço diâmetro 5/16";


- Grampo para cabo de aço 5/16".

Figura 37 - Vista Lateral detalhe fixação do piso Figura 38 - Vista Aproximada detalhe fixação do piso

Figura 39 - Vista Frontal detalhe fixação do piso Figura 40 - Vista Aproximada Frontal

Figura 41 - Vista Superior detalhe fixação do piso

__________________________________________________________________________
12
__________________________________________________________________________

A localização dos furos para a inclusão do elemento de fixação por cabo de aço, descrita acima,
não altera as solicitações estruturais do equipamento nem a sua segurança operacional. Contanto que
tal fixação seja realizada conforme descrito acima.

Logo após o encaixe e fixação do piso do Andaime nas laterais , é necessário colocar a ultima
Cabeceira lateral, do mesmo modo que no primeiro caso. Conforme ilustração a seguir.

Figura 17 - Etapa de fixação da segunda Cabeceira

Finalizando a montagem do Andaime Suspenso, basta escolher o lado para a fixação do guarda corpo
do andaime conforme indicado abaixo.

Fixação:

- Parafuso sextavado M12 x 80 DIN 931 8.8 ZB; 2 unidades


- Porca sextavada M12 DIN 934 8.8 ZB; 2 unidades
- Arruela lisa M12 DIN 125 8.8 ZB; 4 unidades
- Arruela de Pressão M 12 DIN 127B 8.8 ZB. 2 unidades

__________________________________________________________________________
13
__________________________________________________________________________

Figura 18 - Etapa de fixação da Guarda Corpo

Os Andaimes Suspensos da KTB, tem a opção de estender seu comprimento através do


elemento união. Para isso, repita todas as etapas anteriores, porém no lugar do ultimo fechamento
lateral, é colocado o elemento união, após o mesmo, fixe a outra plataforma no sentido oposto.

Figura 19 - Utilização da união

__________________________________________________________________________
14
__________________________________________________________________________

2.3 Opções de Montagem

Abaixo segue as opções de montagens dos andaimes suspensos KTB. Não é permitido montar
plataformas além de 8m de comprimento.

Figura 20 - Andaime Suspenso Manual L=1 metro

Figura 21 - Andaime Suspenso Manual L=1,5 metros

Figura 22 - Andaime Suspenso Manual L=2 metros

__________________________________________________________________________
15
__________________________________________________________________________

Figura 23 - Andaime Suspenso Manual L=2,5 metros

Figura 24 - Andaime Suspenso Manual L=3 metros

Figura 25 - Andaime Suspenso Manual L=4 metros (2 metros + 2 metros)

__________________________________________________________________________
16
__________________________________________________________________________

Figura 26 - Andaime Suspenso Manual L=5 metros (3 metros + 2 metros)

Figura 27 - Andaime Suspenso Manual L=6 metros (3 metros + 3 metros)

Figura 28 - Andaime Suspenso Manual L=7 metros (2 metros + 3 metros + 2 metros)

Figura 29 - Andaime Suspenso Manual L=8 metros (3 metros + 2 metros + 3 metros)

__________________________________________________________________________
17
__________________________________________________________________________

2.3 Dimensões das Plataformas

Figura 30 - Vista Frontal do Andaime com as dimensões principais

Andaime Suspenso Manual


Plataformas Dimensão A Dimensão B
1000 mm 1080 mm 1030 mm
1500 mm 1580 mm 1530 mm
2000 mm 2080 mm 2030 mm
2500 mm 2580 mm 2530 mm
3000 mm 3080 mm 3030 mm
4000 mm 4120 mm 4070 mm
5000 mm 5120 mm 5070 mm
6000 mm 6120 mm 6070 mm
7000 mm 7160 mm 7110 mm
8000 mm 8160 mm 8110 mm
Tabela 1 - Dimensões dos Andaime Suspensos

__________________________________________________________________________
18
__________________________________________________________________________

Figura 31 - Vista Lateral do Andaime com as dimensões principais

__________________________________________________________________________
19
__________________________________________________________________________

2.4 Pesos e Capacidades dos Andaimes

Andaime Suspenso Manual


Plataformas Dimensões (mm) Peso (Kg) Capacidade (Kg)
720 x 1000 58 542
720 x 1500 69 531
720 x 2000 85 515
720 x 2500 96 504
720 x 3000 112 488
720 x 4000 151 449
720 x 5000 177 423
720 x 6000 204 396
720 x 7000 236 300
720 x 8000 266 250
900 x 1000 63 537
900 x 1500 74 526
900 x 2000 91 509
900 x 2500 102 498
900 x 3000 118 482
900 x 4000 159 441
900 x 5000 187 413
900 x 6000 214 386
900 x 7000 247 300
900 x 8000 268 250
Tabela 2 - Peso e Capacidade dos Andaimes Suspensos

Andaime Suspenso Manual - Com a Lateral Baixa


Plataformas Dimensões (mm) Peso (kg) Capacidade (kg)
720 x 1000 57 542
720 x 1500 68 531
720 x 2000 83 515
720 x 2500 96 504
720 x 3000 108 488
720 x 4000 146 449
720 x 5000 170 423
720 x 6000 196 396
720 x 7000 228 300
720 x 8000 256 250
900 x 1000 62 537
900 x 1500 73 526
900 x 2000 89 509
900 x 2500 100 498
900 x 3000 114 482
900 x 4000 154 441
900 x 5000 181 413
900 x 6000 206 386
900 x 7000 239 300
900 x 8000 260 250
Tabela 4 - Peso e Capacidade dos Andaimes Suspensos com a Lateral Baixa

__________________________________________________________________________
20
__________________________________________________________________________

3. Guincho de Cabo passante

O guincho de cabo passante da KTB tem como acionamento duas manivelas, como mostra a
ilustração abaixo. No sentido anti-horário temos uma razão de subida e no sentido oposto (horário)
temos a razão de descida.

Figura 32 - Vista Isométrica do Guincho de Cabo Passante

No guincho de cabo passante da KTB, o freio é automático, ou seja, tanto na subida como na
descida, para acionar o freio basta simplesmente parar de exercer atividade nas manivelas, o freio
atua impedindo que haja retrocesso nas polias condutoras.
O guincho de cabo passante possui em seu interior duas polias condutoras ligadas a uma
engrenagem motora. O cabo de aço é tracionado através destas duas polias gerando atrito juntos as
roldanas de pressão que exercem pressão no cabo contra as ranhuras das polias. Uma das roldanas
de pressão, possui regulagem para aumentar a pressão da mesma, melhorando assim a tração do
guincho. Conforme ilustração abaixo.

Figura 33 - Detalhe regulagem Pressão no cabo

__________________________________________________________________________
21
__________________________________________________________________________

3.1 Descrição do Guincho de Cabo Passante

Figura 34 - Descrição das partes do Guincho de Cabo Passante

__________________________________________________________________________
22
__________________________________________________________________________

3.2 Montagem do Guincho de Cabo Passagem

A fixação dos guinchos manuais nas plataformas


plataformas deve ser realizada por:

Fixação:

- Parafuso sextavado M12 x 80 DIN 931 8.8 ZB; 2 unidades


- Porca sextavada M12 DIN 934 8.8 ZB; 2 unidades
- Arruela lisa M12 DIN 125 8.8 ZB; 4 unidades
- Arruela de Pressão M 12 DIN 127B 8.8 ZB. 2 unidades

O tipo de cabo utilizado no guincho para tracioná-lo deve ser de diâmetro 5/16" tipo 6x19 AF.
Para sua segurança recomendamos cabo de alma de aço no trava-quedas,
trava quedas, de diâmetro 5/16" tipo
6x19 AA.

Figura 35 - Detalhe Montagem do Guincho de Cabo Passante

__________________________________________________________________________
23
__________________________________________________________________________

3.3 Prensa Cabo

Abaixo temos a ilustração do cabo de tração e do cabo de segurança já posicionados no


guincho, acompanhe o percurso.

Figura 36 - Detalhe Cabo de tração no Guincho

Para passar o cabo de segurança no trava-quedas é necessário que o mesmo seja inserido no
orifício do guia pressionando-o para afastar as esferas de frenagem.
O cabo de tração entra na bucha do braço do freio, entra para dentro do guincho, coloque o
cabo entre a polia condutora e a proteção do cabo, acione as manivelas do guincho no sentido anti-
horário, o guincho começará a puxar o cabo, após isso com o auxilio do operador guiar o cabo até o
mesmo sair pelo o outro orifício do guincho.

__________________________________________________________________________
24
__________________________________________________________________________

4. Trava Quedas

O trava quedas tem como objetivo, interromper a queda do andaime no caso do cabo principal
(cabo de tração do guincho) vier à romper.
Veja detalhes do trava quedas na ilustração abaixo.

Figura 37 - Detalhe partes do Trava Quedas

Descrição das partes:

01 - Fixação do Trava Quedas


02 - Batente
03 - Esferas do freio
04 - Mola de acionamento
05 - Anel fixador
06 - Arruela fixadora

Quando o cabo principal encontra-se tencionado, o braço acionador do trava-quedas, empurra


o batente para a posição inferior, ou seja, para baixo, caso ocorra o rompimento do cabo principal, o
braço acionador para de tencionar o trava-quedas, assim a mola de acionamento que encontra-se
dentro do trava-quedas, empurra o batente para cima, fazendo com que as esferas travem o cabo de
segurança.
Além de impedir a queda do andaime por rompimento do cabo principal, o Trava Quedas atua
também como sistema de anti-inclinação do andaime, ou seja, no momento que um guincho estiver
desalinhado com o outro, o braço de acionamento de trava-quedas acionará, evitando assim a
continuidade do desalinhamento, o mesmo trabalha

__________________________________________________________________________
25
__________________________________________________________________________

5. Opções de Instalação

A ancoragem dos andaimes suspensos manuais, pode ser feita por meio de vigas, afastadores,
dentre outras estruturas metálicas desde que as mesmas suportem três vezes mais o esforço do
andaime.
De acordo com a NR-18, qualquer tipo de ancoragem feita para sustentar o andaime, deve ser
elaborada através de projetos, junto ao acompanhamento de um profissional habilitado, gerando
assim um laudo do mesmo.
Com isso, a KTB Equipamentos, não responsabiliza-se por erros de montagem e fixação do
andaime, as informações contidas neste manual são métodos usuais, não dispensando a avaliação de
um profissional técnico.
Para um bom funcionamento e segurança deve-se seguir a tabela abaixo em relação a
distancia dos elementos de sustentação do andaime. Lembramos que o método fornecido pela KTB
Equipamentos é o de utilização de afastadores de paredes.

Figura 38 - Vista Superior Dimensionamento Afastadores

Dimensionamento Afastadores
Plataformas Dimensão B
1000 mm 1030 mm
1500 mm 1530 mm
2000 mm 2030 mm
2500 mm 2530 mm
3000 mm 3030 mm
4000 mm 4070 mm
5000 mm 5070 mm
6000 mm 6070 mm
Tabela 3 - Dimensionamento Afastadores

__________________________________________________________________________
26
__________________________________________________________________________

Figura 39 - Detalhe do posicionamento do Cabo de Tração e do Cabo de Segurança

O afastador fornecido pela KTB Equipamentos tem como finalidade afastar o cabo de aço na
medida correta, é necessário montá-lo antes de fixar os cabos. Conforme a NBR 6494, o afastador
deve ser fixado na mureta de alvenaria, com um cabo de aço, amarrado com três clipes, a um ponto
fixo (como um pilar).
Para que os cabos de aços, tanto do trava-quedas como os de tração do guincho de cabo
passante, fiquem esticados, gerando um bom funcionamento dos mesmos, deve-se colocar
contrapesos em suas extremidades próximas ao solo (aproximadamente 10 Kg).

6. Recomendações de Instalação

● O sistema de ancoragem (fixação) do andaime deve ser projetado e acompanhado por um


profissional responsável habilitado (engenheiro) A KTB Equipamentos não se responsabiliza por erros
nas montagens e pela ancoragem do andaime em sua utilidade;
● O elemento estrutural que fixará os cabos dos andaimes deve suportar três vezes mais a força de
trabalho;
● Manter sempre o andaime nivelado em relação ao solo, não trabalhando sob inclinação, evitando
● Respeitar a tabela da capacidade do andaime, dividindo o peso uniformemente sobre o mesmo;
● Em caso de montagem, desmontagem e manutenção, o andaime deve ser interditado, com
exceção da equipe técnica;
● É proibida a utilização de equipamentos de elevações (escadas, etc.) dentro da área de trabalho
do andaime;
● É proibida a retirada de qualquer dispositivo de segurança do andaime;
● Os engates das plataformas devem ser fixado com todos os parafusos, não descartando nenhum;
● Nunca deve-se permitir a utilização do andaime por uma única pessoa, pois pode haver a
necessidade de auxilio em caso de emergência;
● Verificar diariamente avarias nos cabos, substituindo-os se for necessário;
● Sempre proteger os cabos das quinas, pois as mesmas podem danificar os cabos;
● Não usar lubrificantes nos cabos.

__________________________________________________________________________
27
__________________________________________________________________________

7. Normas

Este manual, assim também como a fabricação do equipamento, foi desenvolvido de acordo com as
normas:

● Norma Regulamentadora número 12 (NR 12) - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E


EQUIPAMENTOS - de Publicação da Portaria GM n.o 3.214, de 08 de junho de 1978. Esta Norma
Regulamentadora e seus anexos definem referencias técnicas, princípios fundamentais e medidas de
proteção para garantir a saúde e a integridade física dos trabalhadores e estabelece requisitos
mínimos para a prevenção de acidentes e doenças do trabalho nas fases de projeto e de utilização de
maquinas e equipamentos de todos os tipos, e ainda a sua fabricação, importação, comercialização,
exposição e cessão a qualquer titulo, em todas as atividades econômicas, sem prejuízo da
observância do disposto nas demais Normas Regulamentadoras.

● Norma Regulamentadora número 18 (NR 18) - CONDIÇÕES E MEIO AMBIENTE DE TRABALHO NA


INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO - de Publicação da Portaria GM n.º 3.214, de 08 de junho de 1978.
Esta Norma Regulamentador estabelece diretrizes de ordem administrativa, de planejamento e de
organização, que objetivam a implementação de medidas de controle e sistemas preventivos de
segurança nos processos, nas condições e no meio ambiente de trabalho na Indústria da Construção.

● Norma Brasileira número 6494 (NBR 6494) - SEGURANÇA NOS ANDAIMES - Publicada
pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Esta Norma fixa as condições exigíveis de
segurança dos andaimes quanto à sua condição estrutural, bem como de segurança das pessoas que
neles trabalham e transitam.

Importante:
Normas estas de leitura e consulta obrigatória no surgimento de qualquer dúvida sobre a utilização
deste equipamento

8. Manutenção Preventiva

Diária:

1. Verificar se a posição do cabo de tração encontra-se devidamente entre as polias condutoras;


2. Verificar se o cabo de trava-quedas encontra-se em sua devida posição;
3. Verificar o acionamento do trava-quedas.
4. Inspecionar o interior do guincho visualmente, especificamente suas engrenagem;
5. Testar o freio automático do guincho;
6. Inspecionar os cabos de tração e de segurança;
7. Ao movimentar o guincho, observar, ruídos em seu interior;

__________________________________________________________________________
28
__________________________________________________________________________

Quinzenal:

8. Retirar a proteção do sistema de freio absoluto, e colocar graxa de alta densidade em seu
mecanismo.

Figura 40 - Detalhe do Freio Absoluto

Mensal :

9. Limpeza geral (guincho, trava quedas, etc.);


10. Verificar ruídos no mecanismo do guincho, indicando rolamentos defeituosos;
11. Verificação geral em todo o equipamento, principalmente nos cordões de soldas se não há sinal
de oxidação (ferrugem);
12. Verificação detalhado dos cabos de aços;
13. Verificar se não há parafusos ou porcas sem aperto;
14. Realizar uma inspeção visual em todas as engrenagens e no sistema de freio absoluto, se
necessitar substituí-las.

9. Segurança

Abaixo seguem dicas importantes de segurança retiradas das normas citadas no item 7.

● A instalação e a manutenção dos andaimes suspensos devem ser feitas por trabalhador
qualificado, sob supervisão e responsabilidade técnica de profissional legalmente habilitado
obedecendo, quando de fábrica, as especificações técnicas do fabricante;

● O trabalhador deve utilizar cinto de segurança tipo pára-quedista, ligado ao trava-quedas de


segurança este, ligado a cabo-guia fixado em estrutura independente da estrutura de fixação e
sustentação do andaime suspenso.

__________________________________________________________________________
29
__________________________________________________________________________

● Em caso de sustentação de andaimes suspensos em platibanda ou beiral da edificação, essa deve


ser precedida de estudos de verificação estrutural sob responsabilidade de profissional legalmente
habilitado;

● É proibido acrescentar trechos em balanço ao estrado de andaimes suspensos;

● É proibida a interligação de andaimes suspensos para a circulação de pessoas ou execução de


tarefas.

● Sobre os andaimes suspensos somente é permitido depositar material para uso imediato

● É vedada a utilização de guinchos tipo catraca dos andaimes suspenso para prédios acima de oito
pavimentos, a partir do térreo, ou altura equivalente.

● Quando utilizado apenas um guincho de sustentação por armação é obrigatório o uso de um cabo
de segurança adicional de aço, ligado a dispositivo de bloqueio mecânico automático, observando-se
a sobrecarga indicada pelo fabricante do equipamento.

__________________________________________________________________________
30

Interesses relacionados