Você está na página 1de 2

Sete lembretes para a sua jornada!

1) Deus é soberano!

Não é novidade que em nossa vida passamos por momentos difíceis onde Deus parece estar ausente ou
indiferente. Mas apenas parece estar. Deus não está alheio a nada. Na verdade até o cabelo de nossa cabeça está
contado. É fácil no meio da turbulência nos esquecer que alguém tem as mãos no controle e Seus planos são de
paz e não de mal.

Não se esqueça da soberania Dele. Ele está acima de tudo e todos. Quando você não entender o que Ele está
fazendo, confie em quem Ele é!

2) Um erro não justifica o outro.

Já vi situação demais nessa vida no que chamamos comumente de “ministério de louvor”. Mas estou aqui para
lhe lembrar de que um erro não justifica o outro. Com isso quero dizer o seguinte:

Se seu pastor está agindo errado, não justifica que você fale mal dele! Um pecado não justifica outro. Se você
não concorda com sua liderança você pode discordar e ainda assim ser submisso. Não é necessário ser rebelde
para ser verdadeiro. Uma coisa não tem nada a ver com a outra! Cuidado com suas palavras e atitudes!

Se alguém fala mal de outra pessoa, isso não justifica que você também fale! No fim das contas, cada pessoa
dará conta de si a Deus por suas atitudes. Você sabe que isso será um evento individual, não é mesmo? Nessa
hora não terá como dizer: “foi meu pastor, foi minha família, foi o ministério que tu me destes”. Fique atento e
esperto!

Diria que um dos maiores exemplos nesse assunto para nós foi o rei Davi. Sim, ele falhou porque também foi
humano. Ele não foi perfeito. Mas você sabe como ele agia? Sabe qual salmo ele compôs em cada momento? Já
estudou a vida dele episódio por episódio para entender porque ele foi um homem segundo o coração de Deus?

Ele compreendeu isso e nunca justificou um erro com outro erro. Que possamos seguir o exemplo que ele, além
de outros na Bíblia, nos deixou.

3) Não faça as coisas relaxadamente!

Vejo na sequencia do ponto anterior que algumas pessoas fazem a obra de Deus de forma relaxada exatamente
porque os outros ao seu redor também são assim. Ninguém da equipe quer estudar música ou Bíblia. Aí o que a
pessoa faz? Se acomoda. De novo, um erro não justifica o outro.

Em nome de ‘voluntariado’ ou ‘obra’ ou ‘ ministério’ tem muita gente sem estudar fazendo as coisas mal feitas.
Acho que não é a toa que um dos textos do meu blog MAIS ACESSADOS desde SEMPRE é chamado “Louvor mal-
feito”. Eita! Será por que ele é o mais acessado? #prapensar

4) “Um” é um número muito pequeno para uma grande obra!

Outro ponto: alguns pensam em se desvincular de uma equipe e apenas caminhar sozinhos. Sim, equipes vão
mais lentas. Já ouvi a frase: “Sozinho vamos mais rápido, mas juntos vamos mais longe”. Super concordo com
isso!
Mas Jesus escolheu o modelo “equipe” então deve haver algum motivo para isso, certo?

O poder de uma equipe jamais será substituído por uma carreira solo ou ministério individual. Nunca será
possível viver sozinhos realidades que vivemos na vida em comunidade (algo que vi tão de perto quando
estivemos em Cafarnaum, Israel, em 2010!).

Invista nos relacionamentos de sua equipe. Ela é o bem mais precioso de Deus para sua vida aqui nessa terra.
Ah! Faria uma pausa para propor uma leitura obrigatória a todos os líderes! Meu amigo Erickson Albuquerque
escreveu o livro Coaching Segundo Jesus, que tive o privilégio de ler enquanto estava sendo escrito. Deveríamos
aprender e implementar as lições ensinadas nesse livro em nossas equipe!

5) Invista em si mesmo.

Trate os outros bem, mas trate a si mesmo de igual forma. Líderes muitas vezes se esquecem de investir em si
mesmos. É importante desenvolver uma caminhada de constante crescimento em todas as áreas. É triste ver
que muitos líderes parecem estacionar no tempo. Acredito que todo ser humano (líder ou não) deve encerrar a
carreira do aprendizado somente na morte!

Em outras palavras estou dizendo o seguinte: busque conhecimento! Leia livros! Vá a congressos! Estude,
aprimore, cresça. Faça o que puder enquanto estiver vivo. Um dia não haverá mais tempo para isso e espero
que você faça bom uso de seus tempos e talento!

6) Não abra mão de princípios básicos!

Quando falo de princípios básicos estou falando de pilares inegociáveis. Leitura da Bíblia, oração, jejum,
compaixão, amor, unidade, etc. Esses pilares ou princípios são absolutamente necessários! Diria que são como
que salva-vidas para nós.

Tolo é o que abre mão deles e acha que chegará ao estará a salvo! Precisamos desses pilares e princípios
eternamente! Eles nos ajudarão a não nos perder ao longo do caminho.

Não é como começamos que importa, e sim quem nos tornamos no meio do caminho. Começar bem não
significa que vai terminar bem, aliás, muitas pessoas começam bem e terminam mal!

Não abra mão (em outras palavras, não negocie) aquilo que é inegociável! O preço nunca vale a pena.

7) Aponte sempre as pessoas para Jesus.

Por último quero lembrar você de que a vida é passageira. Tudo passa rápido demais para pensarmos apenas
em coisas terrenas. Lembre se que sua vida é eterna. Lembre-se de amar ao próximo. Lembre-se de seguir os
passos de Cristo. Lembre-se de ser um exemplo vivo de quem Ele foi e é. Mostre Jesus a quem estiver ao seu
redor. Deixe que Ele viva através de você.

Aponte as pessoas para Ele através do seu viver, cantar, tocar, falar, etc...

Lembre-se de construir altares ao longo do caminho e dedicar todo louvor, honra e glória ao Único que de fato
merece, porque Dele, por Ele e para Ele são todas as coisas!

Interesses relacionados