Você está na página 1de 9

Partida de motores de indução

As partidas elétricas dão início ao funcionamento de motores. Os motores elétricos são


responsáveis pela maior parte do consumo de energia na indústria brasileira, setor que consome
por sua vez 40% da energia gerada no país.

Sendo assim, a partida de um motor elétrico é um evento que necessita planejamento e


manutenção. Do contrário, há diminuição da eficiência energética deste e gastos
desnecessários, podendo ocasionar inclusive problemas nas instalações.

 Os motores elétricos solicitam da rede de alimentação uma corrente elevada na partida


 Essa corrente é da ordem de 6 a 10 vezes sua corrente nominal. Isso se dá devido a força
necessária para que o motor vença o estado de inércia no qual se encontra no momento
da partida

Gráfico do comportamento da corrente de partida

 O motor suporta a sobre carga na partida


 Ocorre uma queda de tensão , refletindo-se em todas as cargas ligadas no mesmo
barramento
 Segunda a NBR 5410/04, a queda de tensão na partida não deve ultrapassar 10%
,garantindo que os demais equipamentos mantenham-se dentro da faixa estabelecida

A adoção de um sistema de partida eficiente pode ser


considerada uma das regras básicas para:

 Aumentar a vida útil do motor


 Reduzir custos operacionais
 Economia no consumo de energia
 Maior confiabilidade na operação
Os critérios para seleção do método de partida
adequado envolvem considerações quanto à:

 Capacidade da instalação
 Requisitos da carga
 Capacidade do sistema gerador

Métodos de partida

 Chaves de Partida Convencionais: direta , estrela-triangulo e compensadora


 Chave série-paralelo(9 e 12 terminais)
 Reostato de partida para motores em anéis
 Chaves de Partida Eletrônicas

Partida direta

É o método de partida mais simples.Na partida direta, a chave é diretamente ligada ao


motor. Esta configuração acelera rapidamente a carga, são fornecidos conjugado e
corrente de partida plenos, não há limite de número de partidas por horas.
Normalmente é utilizado em partidas de motores para pequenas potências, onde os
valores de corrente são menores.

Pode ser utilizada nos seguintes casos:

 A corrente nominal da rede é tão elevada que a corrente de partida não é relevante;
 A potência do motor não é superior ao máximo permitido pela concessionária local,
normalmente 5 CV, quando a alimentação é de baixa tensão observando a queda
de tensão de 10%);
 A carga a ser movimentada não necessita de acionamento lento e progressivo ou
no caso de carga com alto conjugado de partida.
Vantagens:
 Equipamentos simples e de fácil construção e projeto;
 Conjugado de partida elevado;
 Partida rápida;
 Baixo custo.

Desvantagens:
 Acentuada queda de tensão na rede de alimentação;
 Imposição das concessionárias que limitam a queda de tensão;
 Elevação do consumo de energia;

Esquema de ligação da partida direta

Circuito de comando e de força de uma partida direta


Partida estrela-triangulo

Método que até pouco tempo era o mais utilizado . Neste caso a partida é mais suave do que
a direta, pois utiliza tensão reduzida.

Esta partida atinge a aceleração até próximo da rotação de nominal, consiste em ligar o motor
inicialmente na configuração estrela e após o motor atingir velocidade próxima a nominal,
comuta-se para a configuração triângulo onde o motor atingirá a capacidade máxima de suas
configurações.

Entre os requisitos obrigatórios para a aplicação desta partida, o motor trifásico deve possuir
no mínimo 6 terminais. Os motores onde aplicam-se este tipo de partida já devem ser
configurados pelos fabricantes que possibilitem este tipo de configuração.

Vantagens:
 A corrente de partida é reduzida a 1/3 da nominal, redução de 33%;
 Baixa queda de tensão na partida;
 Elevado número de manobras;
 Pequeno espaço ocupado pelos componentes (quando comparada com a
compensadora);
 Custo reduzido (em relação a compensadora e as chaves eletrônicas).

Desvantagens:
 O motor deve ter pelo menos seis terminais acessíveis;
 A tensão da rede deve coincidir com a tensão da ligação ∆;
 Recomenda-se partir sem carga;
 Se motor não atingir pelo menos 90% da velocidade nominal na comutação para ∆ o
pico de corrente é quase o mesmo da partida
Esquema de ligação da partida estrela – triangulo

Circuito de comando da partida estrela-triangulo

Circuito de força da partida estrela-triangulo


Partida compensadora
Partidas Compensadas - as Chaves Compensadoras. Método ainda mais eficaz que a partida
estrela-triangulo . Utiliza a redução de tensão, só que por meio de um Autotransformador
reduzindo os níveis de tensão nos terminais do motor para 65 a 80% da tensão nominal de
trabalho. Em alguns casos as reduções de corrente de partida variavam de 42% a 64%.Os
terminais do estator não sofrem qualquer manipulação .Depois da partida e atingida a
velocidade de equilíbrio o autotransformador é retirado e a ligação à plena tensão é feita.

Vantagens:
 Na derivação 65% a corrente de partida se aproxima do valor das corrente utilizando a
chave Y-∆;
 Utiliza-se esta chave para acionar motores sob carga, pela variação de tap;
 A comutação da tensão reduzida para plena tensão não acarreta elevação de corrente,
já que o autotransformador compara-se , nesse instante, a uma reatância que impede
o crescimento da mesma;
 Somente necessita de três terminais externos;
 O valor da tensão da rede pode ser igual a tensão Y ou da tensão ∆.

Desvantagens:
 Custo superior ao da chave Y-∆;
 Dimensões normalmente superior que as de uma chave Y- ∆ de mesma potência, devido
ao autotransformador.

Esquema de ligação da partida compensadora

Circuito de comando e de força de uma partida compensadora


Partidas eletrônicas suaves (Soft Starter)

Com o objetivo de reduzir altos conjugados na aceleração e os picos de correntes de


partida , esse método utiliza -se de um dispositivo de manobra (microprocessado) para
suavizar a partida e a parada de motores . As partidas estrela-triângulo e a
compensadora provocam fortes choques mecânicos quando ocorre a passagem da tensão
reduzida para a tensão plena. Assim, para cargas que necessitam de um acionamento
mais suave quando acopladas a motores mais potentes usa -se a partida com Soft-
Starter .

As Soft Starters também mantém como função a proteção, caso exista algum problema ou
alguma alteração indesejada na corrente em cada fase, a soft starter interrompe a
alimentação, protegendo assim o motor. Isso garante maior vida útil dos motores e menos
gastos com manutenção.

Vantagens:
 Paradas controladas sem desgastes, sem picos de corrente e sem aumento da
temperatura;
 Redução na manutenção
 Aumento da vida útil
 Controle da aceleração , desaceleração
 Maior proteção à rede elétrica durante a partida

Desvantagens:

 Sensibilidade a surtos de tensão : Semicondutores e eletrônica


 Produção de Distúrbios Harmônicos , principalmente durante a partida
 Necessita proteção especial : Fusíveis atuação ultra rápido
 Pouca resistência a curto-circuitos
 Custo mais elevado em relação aos outros tipo de partidas : Direta, estrela-
triangulo e Compensadas
Esquema de ligação da partida eletrônica suave (soft starter)
Comparativo das correntes de partida entre os métodos partida
direta,estrela-triangulo e soft starter

Comparativo entre os métodos de partida