Você está na página 1de 23

*

Igreja Presbiteriana do Jardim Girassol *


“Eu sei em quem Tenho Cristo” – Perguntas e Respostas sobre a Fé Cristã – Janeiro-2017

IGREJA
PRESBITERIANA DO
JARDIM GIRASSOL

EU SEI EM QUEM
TENHO CRIDO

PERGUNTAS E RESPOSTAS
ACERCA DA FÉ CRISTÃ

CURSO DE
CATECÚMENOS
Rev. André Silvério
Janeiro de 2017

1
* Igreja Presbiteriana do Jardim Girassol *
“Eu sei em quem Tenho Cristo” – Perguntas e Respostas sobre a Fé Cristã – Janeiro-2017

“EU SEI EM QUEM TENHO CRIDO”


Perguntas e Respostas acerca dos Fundamentos da Fé Cristã

Você realmente sabe em quem tem crido? Muitos cristãos, novos ou velhos na
igreja, infelizmente ainda não sabem as questões mais essenciais de sua fé. Não sabem
quem é Deus, Jesus Cristo, o Espírito Santo, e outras questões relacionadas às verdades
do Evangelho.
O propósito deste pequeno material é ensinar, relembrar e reafirmar as bases mais
fundamentais da nossa fé cristã. Podemos, até mesmo, dizer que este livreto é um
manual básico de catecismo. Ele pode ser estudado com crianças, adolescentes, jovens e
adultos. Sua beleza reside na objetividade e simplicidade da linguagem escrita. Seu
grande diferencial, de outros materiais que tratam do mesmo assunto, está no fato de
que ele foi escrito numa perspectiva Cristrocêntrica, ou seja, todas as doutrinas apontam
e são aplicadas ou relacionadas a Cristo. Se Cristo é o único centro de toda a Escritura
Sagrada, então, ele também é o centro de todas as doutrinas que emanam dela.
A verdadeira doutrina cristã é aquela que realmente conduz os crentes aos pés de
Cristo em amor e submissão. Estudar qualquer doutrina da Bíblia sem enxergar nela o
Salvador, é o mesmo que tomar uma refeição totalmente sem tempero. Portanto, nosso
desejo sincero é que este singelo material contribua para o crescimento e fortalecimento
dos crentes no Senhor Jesus e em sua santa Palavra.

do Pastor,
Rev. André Silvério
Verbum Dei Minister

Junho de 2012
Dedicatória
Dedico este pequeno trabalho à minha querida esposa,
Michele, e ao meu amado irmão e pai na fé, Missionário
Carlos A. Fernandes, que me instruiu fielmente nos
primeiros passos da fé cristã e à Igreja Presbiteriana do
Jardim Girassol, onde tenho tido o privilégio e pregar a
Palavra de Deus por muitos anos (SDG).

2
* Igreja Presbiteriana do Jardim Girassol *
“Eu sei em quem Tenho Cristo” – Perguntas e Respostas sobre a Fé Cristã – Janeiro-2017

SUMÁRIO

Sobre a Bíblia......................................................................................................01-05
Sobre Deus..........................................................................................................06-10
Sobre Jesus Cristo...............................................................................................11-15
Sobre o Espírito Santo........................................................................................16-20
Sobre o Homem.....................................................................................................21-
21-25
Sobre a Salvação..........................................................................................................
26-30
Sobre a Lei..................................................................................................................
31-35
Sobre a Providência................................................................................................
36-40
Sobre a Igreja.......................................................................................................
41-45
Sobre o Culto.............................................................................................................
46-50
Sobre os Sacramentos............................................................................................
51-55
Sobre o Batismo.......................................................................................................
56-60
Sobre a Santa Ceia....................................................................................................
61-65
Sobre o Casamento.....................................................................................................
66-70
Sobre a Disciplina Cristã.........................................................................................
71-75
Sobre os Dízimos e Ofertas.......................................................................................
76-80
Sobre as Autoridades...................................................................................................
81-85
Sobre a Santificação.................................................................................................
86-90
Sobre a Morte e a Ressurreição..............................................................................
91-95
Sobre a Volta de Cristo e o Juízo Final.....................................................................
96-100

3
* Igreja Presbiteriana do Jardim Girassol *
“Eu sei em quem Tenho Cristo” – Perguntas e Respostas sobre a Fé Cristã – Janeiro-2017

A ESCRITURA SAGRADA

1. Como podemos realmente conhecer a Deus? R.: Só podemos conhecer a Deus


através da Bíblia – a Escritura Sagrada, que é o próprio Jesus Cristo – a Palavra de
Deus viva e encarnada (Mt 11.27; 22.29; Jo 1.1; 2.22; 5.39; Rm 10.17; Cl 3.16).
2. A Bíblia é um livro perfeito? R.: Sim! Ela é tão perfeita quanto é o seu autor –
Jesus Cristo. A Bíblia é o único livro do mundo, revelado por Deus e registrado por
homens, que é inspirada e inerrante em tudo o que descreve e ensina (Sl 119.89; Jo
5.39; 2Tm 3.16,17; 2Pe 1.20,21).
3. Qual é a única regra de fé e prática dos cristãos? R.: A única regra de fé e prática é
a Palavra de Deus – a Bíblia Sagrada, ensinada e vivida plenamente por Jesus
Cristo. Não devemos ficar aquém dela, descrendo em suas afirmações, nem ir além
dela, acrescentando visões e sonhos às suas revelações (Jo 17.17; 1Co 4.6; 2Tm
3.14-17; Ap 22.18,19).
4. Qual é a principal (central) mensagem da Bíblia? R.: A mensagem principal da
Bíblia é Jesus Cristo, o Messias que Deus enviou ao mundo para salvar os
pecadores (Lc 24.44-46; Jo 5.39; At 8.35; 1Tm 1.15).
5. Como devemos ler, estudar, viver e pregar as Escrituras? R.: Devemos fazer isto
com o mesmo amor com que Jesus o fez (Mt 4.4; 22.29; Jo 14.23; Tg 1.22,23; Sl
19.7,8; 119.47,97,111).

4
* Igreja Presbiteriana do Jardim Girassol *
“Eu sei em quem Tenho Cristo” – Perguntas e Respostas sobre a Fé Cristã – Janeiro-2017

A PESSOA DE DEUS

6. Quem é Deus? R.: Deus é o criador de todas as coisas. Ele é soberano, santo,
perfeito, justo, amoroso e misericordioso, digno de todo amor, adoração e glória
(Gn 1.1; Sl 18.30; 119.137).
7. Onde Deus habita? R.: Na linguagem bíblica, Deus habita no céu (Sl 2.4; Is 33.5;
At 7.48,49). Mas também, ao mesmo tempo, pelo seu Santo Espírito, habita no
coração do homem arrependido e contrito (Is 57.15; Rm 8.9; 1Co 3.16).
8. Deus realmente sabe de todas as coisas? R.: Sim! Deus é soberano, por isso é
onisciente e onipresente – ele sabe e conhece todas as coisas e está presente em
cada partícula do universo (Sl 139.1-12; 147.4; Is 42.9; 46.9,10).
9. Deus pode fazer tudo o que ele deseja? R.: Sim! Deus pode fazer todas as coisas
segundo a sua vontade soberana, nenhum de seus planos pode ser frustrado (Jó
42.2; At 11.17; Rm 9.19,20).
10. Como Deus criou o mundo? R.: O mundo foi criado pela Palavra de Deus, por
meio Cristo, e não através de um processo de evolução, que surgiu com uma
“explosão” a milhões de anos atrás (Gn 1.3; Jo 1.3; Hb 1.1).

5
* Igreja Presbiteriana do Jardim Girassol *
“Eu sei em quem Tenho Cristo” – Perguntas e Respostas sobre a Fé Cristã – Janeiro-2017

A PESSOA E A OBRA DE JESUS CRISTO

11. Quem é Jesus Cristo? R.: Jesus é o único Filho de Deus e Salvador; e, portanto, é
Deus também, digno do mesmo amor, adoração e glória que o Pai recebe. Jesus
não é menor do que o Pai. Ele é igual ao Deus Pai em tudo (Jo 14.9; Cl 1.15; Hb
1.3; 1Jo 5.20).

12. Jesus Cristo é Deus e homem ao mesmo tempo? R.: Sim! Ele é totalmente Deus e
totalmente homem ao mesmo tempo. Ele possui duas naturezas, uma divina e
outra humana. Isso aconteceu na sua encarnação e continuará sendo assim
eternamente (Jo 1.14; Fp 2.5-8).

13. Por que Jesus tinha quer ser Deus e homem ao mesmo tempo? R.: Porque somente
sendo Deus ele podia obedecer perfeitamente a Lei de Deus (Mt 5.17), e somente
sendo homem ele podia entregar a sua vida pelos homens (Rm 5.17-19); e, ao
mesmo tempo, trazer Deus aos homens (2Co 5.19) e levar os homens a Deus (Jo
14.6).

14. O que Jesus veio fazer no mundo? R.: De todas as coisas que Jesus fez, a principal
e mais importante delas foi justificar, perdoar e salvar o homem da condenação
eterna (Lc 19.10; Jo 3.17; 1Tm 1.15).

15. Por que Jesus tinha que morrer? R.: Porque a Lei exigia que o sangue de alguém
perfeito fosse derramado para haver perdão, por isso só podia ser Jesus Cristo, e
nenhum outro (Jo 1.29; Ef 1.5-7; Hb 9.22,28).

6
* Igreja Presbiteriana do Jardim Girassol *
“Eu sei em quem Tenho Cristo” – Perguntas e Respostas sobre a Fé Cristã – Janeiro-2017

A PESSOA E OBRA DO ESPÍRITO SANTO

16. Quem é o Espírito Santo? R.: O Espírito Santo não é uma “força ativa” como
alguns pensam. Ele é uma das Pessoas da Trindade, e, portanto, Deus também
como o Pai e o Filho. Ele procede do Pai e do Filho Jesus (Mt 3.16,17; 28.19; Jo
15.26; 16.13).

17. O que o Espírito Santo faz? R.: A função principal do Espírito Santo é ser o
“Consolador”, tal como Jesus Cristo é. O Espírito está dentro e junto ao crente
durante toda a sua vida terrena (Jo 14.16, 26; 15.26; 16.7).

18. Qual é o papel do Espírito Santo na Palavra? R.: O Espírito Santo é o responsável
direto pela inspiração e inerrância da Bíblia – a Palavra de Cristo. Foi através dele
que os homens escreveram a Bíblia. Ele é o selo da autenticidade divina na
Escritura (2Sm 23.2; Is 61.1-3; 2Pe 1.19-21).

19. Qual é a ação do Espírito Santo na vida do crente? R.: O Espírito Santo habita no
crente e é responsável, juntamente como este, pelo processo de santificação. É por
meio dele que o crente recebe graça, perdão, consolo, paz e alegria da parte de
Jesus Cristo (Rm 8.26; Tg 4.4,5; Ef 4.30; 2Ts 2.13).

20. Qual é a ação do Espírito Santo na vida da Igreja? R.: O Espírito Santo é aquele
que capacita a Igreja com dons para o trabalho, visando à edificação e o
crescimento do corpo de Jesus Cristo (1Co 12.4-11; Ef 4.1-6; Fp 2.1).

7
* Igreja Presbiteriana do Jardim Girassol *
“Eu sei em quem Tenho Cristo” – Perguntas e Respostas sobre a Fé Cristã – Janeiro-2017

ANTROPOLOGIA BÍBLICA
(ESTUDO DO SER HUMANO)

21. Podemos obedecer perfeitamente a Lei de Deus e sermos salvos? R.: Não!
Nenhum homem sobre a face da terra jamais cumpriu toda, e perfeitamente, a Lei
de Deus, senão Jesus Cristo (Rm 3.10,19,20,23).
22. Por que não conseguimos obedecer perfeitamente a Lei de Deus? R.: Porque
somos descendentes de Adão e Eva, e, portanto, nascemos em pecado e
recebemos a morte espiritual e física como pagamento (Sl 51.5; Rm 5.12, 18a;
6.23a; Ef 2.1-3). O único que não foi concebido em pecado foi Jesus Cristo (2Co
5.21; Hb 4.15).
23. O que significa a morte física e espiritual para o homem? R.: A morte física é a
separação temporal da parte material (corpo) da parte imaterial (espírito/alma)
(Gn 35.18; Ec 12.7; Tg 2.26). A Morte espiritual é a total separação entre o
homem e Deus (Is 59.2; 64.7; Jr 5.25). Jesus Cristo também experimentou a morte
temporariamente, sendo o primeiro a ressurgir dentre os mortos (At 3.15; 13.34;
1Co 15.20).
24. Há para o homem possibilidade de reencarnação, ou seja, morrer e voltar em outro
corpo, e assim por diante? R.: Não! Isso é impossível, pois a Bíblia, que é a nossa
única regra de fé e prática, nos ensina que ao homem é dado o morrer uma só vez
(Hb 9,27; Lc 16.19-31). Jesus Cristo morreu e ressuscitou uma única vez (Rm
8.34).
25. Podemos ter a esperança da ressurreição de nossos corpos no dia final? R.: Sim! A
Bíblia nos ensina que no dia da volta de Jesus Cristo todos serão ressuscitados, os
ímpios para o juízo e os crentes para a glória eterna (Jo 5.28,29; At 24.15; Rm 6.5;
1Co 15.20-22; Ap 20.6).

8
* Igreja Presbiteriana do Jardim Girassol *
“Eu sei em quem Tenho Cristo” – Perguntas e Respostas sobre a Fé Cristã – Janeiro-2017

SOBRE A SALVAÇÃO

26. Como podemos ser salvos? R.: Somente pela fé em Jesus Cristo e em nenhuma
outra coisa ou pessoa (Rm 3.22,24; 10.8-11; At 4.12; 16.30,31).
27. É possível termos a certeza da salvação eterna? R.: Sim, sem dúvida! Uma vez
que cremos verdadeiramente em Jesus Cristo, somos salvos da condenação eterna
(Mc 16.16; Jo 10.9; 1Jo 5.13).
28. Qual é o testemunho dentro de nós que nos diz realmente que somos salvos? R.: O
testemunho dentro de nós que nos dá a certeza plena da salvação é o Espírito
Santo de Cristo habitando em nosso coração (Rm 8.9,18; 1Co 2.12-14).
29. É possível perdermos a salvação eterna? R.: Não! Uma vez que cremos
verdadeiramente em Jesus Cristo, jamais podemos perder salvação eterna (Jo
6.39; 10.27-29; Rm 8.36-39; Fp 1.6; 2Tm 1.12; 4.18; Hb 12.2), ainda que
possamos perder a “alegria da salvação” (Sl 51.12).
30. Todas as pessoas, indistintamente, serão salvas no último dia, como alguns
afirmam? R.: Não! Serão salvos somente aqueles por quem Jesus Cristo morreu e,
portanto, pagou os pecados (Mt 20.28; Mc 16.16; Lc 13.23,24; 2Co 2.15; 2Pe
2.9).

9
* Igreja Presbiteriana do Jardim Girassol *
“Eu sei em quem Tenho Cristo” – Perguntas e Respostas sobre a Fé Cristã – Janeiro-2017

SOBRE A LEI DE DEUS

31. Quando Jesus Cristo veio, ele aboliu a Lei de Deus? R.: De forma alguma! Jesus
cumpriu perfeitamente a Lei e ensinou que devemos cumpri-la também (Mt 5.17;
22.36-40; Jo 15.10,14; Gl 5.14).
32. Por que devemos cumprir a Lei de Deus? R: Porque o próprio Senhor Jesus a
cumpriu. E, além disso, a Lei de Deus é santa, justa e boa, demonstra o caráter
santo de Deus, e a sua vontade para nós (Rm 7.12; Mt 5.19; Jo 14.15,21; 15.10;
1Jo 2.3,4; 3.24; 5.2,3).
33. A Lei salva o homem da condenação eterna? R.: Não! A Lei, embora sendo
perfeita e santa, não salva o homem, mas o condena, pois mostra de maneira clara
o seu pecado e a sua miséria espiritual (Rm 3.20-21; Gl 2.16,21; 3.10,11; Tg
2.20). Somente o Senhor Jesus foi capaz de não ser condenado pela Lei, pois era
perfeito, no entanto, recebeu humildemente sobre ele o castigo da Lei para nos
libertar e trazer a paz (Is 53.5).
34. Existe alguma incompatibilidade entre a Lei e a Graça? Não! A Lei e a graça se
complementam e se harmonizam perfeitamente. A Lei (dada em Moisés) mostra o
pecado do homem e aponta a graça (dada em Jesus Cristo), como único meio de
salvação (Rm 7.7,14; Gl 3.21-25).
35. Qual é o resumo prático da Lei de Deus? O resumo prático e pedagógico de toda a
Lei de Deus são os Dez Mandamentos, conforme Jesus Cristo mesmo ensinou em
sua Palavra (Mt 22.36-40; Mc 12.29-31; Rm 13.9; Gl 5.14).

10
* Igreja Presbiteriana do Jardim Girassol *
“Eu sei em quem Tenho Cristo” – Perguntas e Respostas sobre a Fé Cristã – Janeiro-2017

SOBRE A PROVIDÊNCIA DE DEUS

36. O que é a doutrina da providência de Deus? R.: É doutrina que ensina que Deus,
por meio de Jesus Cristo, está governando, sustentando e cuidando de tudo e de
todos (Sl 104.27-30; Is 42.5; 44.24-28; Hb 1.3).
37. Quais são as bases da doutrina da providência? R.: As bases da doutrina da
providência são a soberania de Deus e seus eternos e imutáveis decretos (Jó 42.2).
A morte de Cristo na cruz é a prova cabal disso (At 2.23; 4.27,28).
38. Há alguma coisa que não esteja debaixo da providência de Deus? R.: Não! Todas
as coisas estão debaixo da santa providência de Deus, em Cristo Jesus, até mesmo
a vida dos ímpios e incrédulos (Mt 6.26; Hb 1.3).
39. Que conforto a doutrina da providência traz aos crentes? Muitas! Podemos saber
que a nossa vida caminha sempre com um propósito santo e bem definido (Jó
42.2). Todas as coisas que nos acontecem estão debaixo da soberania de Deus, em
Cristo Jesus (Rm 8.28).
40. Existe uma providência especial sobre os crentes? Sim! Embora Deus cuide de
todos os homens, crentes e não crentes (Mt 5.45), por meio de seu Filho Jesus,
Deus tem um cuidado muito especial para com os crentes (Mt 6.31,32 10.29-31;
Fp 4.6,7,19; 1Pe 5.7).

11
* Igreja Presbiteriana do Jardim Girassol *
“Eu sei em quem Tenho Cristo” – Perguntas e Respostas sobre a Fé Cristã – Janeiro-2017

ECLESIOLOGIA – DOUTRINA DA IGREJA

41. O que é a Igreja? R.: A Igreja é o povo de Deus, ou seja, o ajuntamento de todos
aqueles que creem verdadeiramente em Jesus e professam a mesma fé na Palavra
de Deus (Ef 2.11-22; 1Pe 2.9,10).

42. Quem é o único Senhor e Fundamento da Igreja? R.: O único Senhor e


Fundamento da Igreja é Jesus Cristo. Ele é o Cabeça da Igreja e, ao mesmo tempo,
a única base sobre a qual a Igreja está firmemente alicerçada. Os homens não
passam de servos obedientes (Mt 16.18; At 4.11; Ef 2.20,21; 5.23; 1Pe 2.4-7).

43. Qual é o principal objetivo da Igreja de Cristo na Terra? R.: O principal objetivo
da Igreja é adorar ao Deus que é Pai, Filho e Espírito Santo. É para a adoração a
Deus que a Igreja foi criada, essa é a razão de sua existência (Jo 4.20-24; Ap 4; 5).

44. Além da adoração, o que mais a Igreja deve fazer? R.: A Igreja foi chamada para
proclamar a glória de Deus a todos os homens do mundo, a fim de que eles
também adorem a Deus. Missões existem por causa da adoração (Mt 28.18-20;
Mc 16.15).

45. Quais são as marcas da verdadeira Igreja? R.: São três as marcas da verdadeira
Igreja de Cristo na terra: 1) Pregação fiel das Escrituras (Tt 1.9); 2) Ministração
correta dos Sacramentos (Batismo e Ceia) (At 8.35-38; 1Co 11.28); 3) Aplicação
correta da disciplina (Hb 12.4-12).

12
* Igreja Presbiteriana do Jardim Girassol *
“Eu sei em quem Tenho Cristo” – Perguntas e Respostas sobre a Fé Cristã – Janeiro-2017

O CULTO CRISTÃO BÍBLICO-REFORMADO

46. O que é o culto? R.: Culto é o santo encontro do povo redimido por Cristo, para
adorar a Deus, pelo Espírito Santo. É o momento no qual adoramos ao Deus Pai,
Filho e Espírito Santo por aquilo que eles são e fazem (Jo 4.23,24; Fp 3.3 Ap
19.10).

47. A quem devemos prestar culto? R.: O culto deve ser prestado somente a Deus, na
pessoa de Cristo, e a ninguém mais. O culto deve ser Teocêntrico, ou seja,
centrado em Deus, e não antropocêntrico (centrado no homem) (Sl 115.1; Ap
19.4, 10).

48. Por que devemos cultuar? R.: Devemos cultuar a Deus porque fomos criados para
isso. Nada é mais importante em nossa vida do que adorar a Deus. Nada substitui
a adoração (Sl 95.6; Rm 11.36; 1Co 10.31).

49. Onde devemos cultuar? R.: Deus está em todos os lugares, por isso, o culto não
mais se restringe a um lugar específico, mas onde quer que povo santo se encontre
para adorar, ali há culto ao Senhor, segundo o ensino de Jesus (Jo 4.23,24; At
17.24).

50. O que podemos fazer no culto? R.: Só devemos fazer ou colocar no culto aquilo
que as Escrituras claramente prescrevem. E o que as Escrituras claramente
prescrevem são: Leitura da Bíblia (At 13.15), oração (Mt 21.12), hinos/cânticos
(Sl 47.6), dízimos e ofertas (Mt 12.41-44; Mt 23.23), pregação da Bíblia (At
13.15,16; 18.4) e ministração dos sacramentos (Mt 18.19; 1Co 11.23,24).

13
* Igreja Presbiteriana do Jardim Girassol *
“Eu sei em quem Tenho Cristo” – Perguntas e Respostas sobre a Fé Cristã – Janeiro-2017

SOBRE OS SACRAMENTOS

51. O que é um Sacramento? R.: Sacramento é um sinal sagrado que demonstra


visivelmente que fazemos parte do povo da aliança e temos comunhão verdadeira
com Cristo (Gn 17.11; Êx 12.11-14, 44,48; Rm 4.11).
52. Havia Sacramentos no Antigo Testamento? R.: Sim! Eram dois os sacramentos do
Antigo Testamento – Circuncisão (Gn 17.10-14, 23-27; Êx 12.48) e Páscoa (Êx
12.1-28; Nm 9.1-14).
53. Quais são os Sacramentos instituídos pelo Senhor Jesus? R.: No Novo
Testamento, o Senhor Jesus ordenou dois únicos sacramentos – Batismo (Mt
28.19; At 18.8; 19.5) e Santa Ceia (Mt 26.26-28; 1Co 11.23-29; At 20.7-12).
54. Qual é a relação entre os Sacramentos do Antigo e do Novo Testamentos? R: No
Novo Testamento o batismo assumiu o lugar da circuncisão e a Santa Ceia o lugar
da Páscoa. Houve uma mudança de forma, mas não de essência. A purificação
feita antes pela circuncisão agora é por meio da água do batismo (Cl 2.11,12; At
10.45-48), e a morte do cordeiro, agora não mais é necessária, porque Jesus foi o
cordeiro que morreu uma vez por todas (Jo 1.29; Mt 26.26,27).
55. Para que servem os Sacramentos? R.: Os Sacramentos, além de demonstrarem que
fazemos parte do povo da aliança, são meios de graça que nos fortalecem na fé em
Jesus Cristo. Nenhum cristão verdadeiro pode deixar de receber o batismo e
participar da Santa Ceia (Rm 6.3,4; Gl 3.27; 1Co 10.16; Jo 6.57).

14
* Igreja Presbiteriana do Jardim Girassol *
“Eu sei em quem Tenho Cristo” – Perguntas e Respostas sobre a Fé Cristã – Janeiro-2017

SOBRE O BATISMO

56. O que é Batismo? Batismo é uma marca visível que todo cristão recebe,
demonstrando que seus pecados foram perdoados e que ele faz parte da Igreja de
Cristo (Lc 3.3; At 22.16).
57. Para que serve o Batismo? Ele serve para demonstrar visível e publicamente que
uma pessoa está ingressando na Igreja de Cristo, e que tem o compromisso de
servir ao Senhor por toda a sua vida (At 2.37-41; 8.12; 10.47,48; 18.8).
58. O Batismo pode salvar alguém? Não! O Batismo como ritual, puro e simples, não
garante que alguém é salvo (LC 23.39-43; At 8.13,18-23). O que nos salva é o
Batismo operado pelo Espírito Santo, realizado no nosso coração no dia da nossa
conversão, ou seja, no dia em que cremos em Jesus como nosso salvador (Jo 3.5-
8; Ef 1.13; Tt 3.5).
59. Por que Batizamos crianças? Porque a Bíblia ensina que elas também fazem parte
do povo de Deus (Igreja de Cristo), por meio da Aliança que Deus fez com
Abraão e confirmou em Cristo. (Gn 17.9-14; Cl 2.11,12). Além do mais, o NT
está repleto de referências de “famílias inteiras” sendo batizadas (At 16.15;
16.32,33; 1Co 1.16).
60. Por que Batizamos por aspersão (derramar de água)? Porque encontramos na
Bíblia várias passagens que apontam para o Batismo por aspersão (At 2.37-41;
9.17,18; 16.27-34).

15
* Igreja Presbiteriana do Jardim Girassol *
“Eu sei em quem Tenho Cristo” – Perguntas e Respostas sobre a Fé Cristã – Janeiro-2017

A CEIA DO SENHOR

61. O que é Santa Ceia? Santa Ceia é uma celebração cristã onde nós, os crentes,
relembramos a morte de Cristo em nosso lugar, que entregou-nos o seu corpo e o
seu sangue (Êx 12.11-14; 1Co 11.24-25).

62. Para que serve a Santa Ceia? A Santa Ceia é um meio de graça, e serve para nos
nutrir e fortalecer espiritualmente em Cristo Jesus (Jo 6.48-58; 1Co 10.16).

63. De que maneira somos alimentados espiritualmente na Ceia? Somos alimentados


espiritualmente na Ceia, única e exclusivamente, pela fé em Jesus Cristo. Quando
participamos da Ceia, cremos, pela fé, que estamos sendo alimentados do próprio
Cristo, por isso, a Ceia é mais do que um simples memorial, ele é um ato de fé (Jo
6.54-58; 1Co 11.23-26).

64. Podemos deixar de participar da Santa Ceia por qualquer motivo? Não! Devemos
aprender que o pecado não pode nos afastar da Ceia, mas a Ceia deve nos afastar
do pecado. Salvo se a pessoa está passando por um processo de disciplina cristã
na Igreja. Portanto, antes de participarmos da Ceia, devemos confessar os nossos
pecados e assumir o compromisso real com Cristo de abandoná-los (1Co 11.28).

65. Há perigos em se participar da Ceia do Senhor em pecado? Sim! A Bíblia nos


ensina que aqueles que participam “indignamente” da Ceia do Senhor Jesus, ou
seja, estando em pecado, recebem “juízo” (condenação) sobre si (1Co 11.27-30).

16
* Igreja Presbiteriana do Jardim Girassol *
“Eu sei em quem Tenho Cristo” – Perguntas e Respostas sobre a Fé Cristã – Janeiro-2017

SOBRE O CASAMENTO

66. Com quem os cristãos devem se casar? R.: Os cristãos devem se casar somente no
Senhor Jesus, ou seja, somente com pessoas que professam a mesma fé em Cristo.
Casar-se com incrédulos é pecado contra Deus (Êx 34.14-16; 1Rs 11.1-18; Ed
10.10-12,19,44; Ne 13.23-27; Ml 2.11; 1Co 7.39; 2Co 6.14-18).
67. É certo nos divorciarmos por qualquer razão, tal como: “a gente não dá certo
mesmo...”, “a gente não se ama mais...”, “eu não consigo te perdoar...”? R.: Não!
Jesus ensinou que em qualquer caso, o divórcio é contrário a vontade de Deus, e
“aquilo que Deus ajuntou o homem não pode separar” (Gn 2.24; Ml 2.15b,16a; Mt
19.3-6).
68. Qual é a única coisa capaz de cancelar ou quebrar o pacto do casamento? R.: A
única coisa é a morte. Seguindo o ensino de Cristo, o Apóstolo Paulo ensinou que,
aos olhos de Deus, o casal estará eternamente ligado enquanto ambos viverem,
mas em havendo a morte de um dos cônjuges, o outro estará livre para se casar,
mas somente no Senhor (Rm 7.1-3; 1Co 7.10,11,39).
69. Um crente, que é casado com um ímpio, pode pedir o divórcio? R.: Não! A parte
crente não pode e não deve pedir o divórcio porque conhece a Palavra e é servo de
Cristo, e sabe que isso é errado diante de Deus. Por outro lado, se a parte
incrédula exigir o divórcio, a parte crente, tendo feito o possível para preservar o
casamento, deve conceder-lhe o pedido (1Co 7.12-16).
70. Um cristão pode ter mais de um cônjuge, isto é, viver num relacionamento
poligâmico? R.: Não! O Cristão só pode ser casado e ter relacionamento com uma
única pessoa. Qualquer relacionamento sexual antes ou fora do casamento é
fornicação e adultério (1Co 7.2; 1Tm 3.12; Tt 1.6).

17
* Igreja Presbiteriana do Jardim Girassol *
“Eu sei em quem Tenho Cristo” – Perguntas e Respostas sobre a Fé Cristã – Janeiro-2017

A DISCIPLINA CRISTÃ

71. O que é disciplina cristã? R.: A disciplina cristã é a correção aplicada pela Igreja
de Cristo a um membro que cometeu alguma transgressão, tal como um pai que
corrige seu filho (Gl 6.1; Hb 12.6).

72. A disciplina cristã é realmente bíblica? R.: Sim! Por toda a Bíblia vemos que
Deus disciplina o seu povo. Jesus ensinou sobre a disciplina (Dt 8.5; Jó 5.17; Pv
3.11,12; Mt 18.15-18; Hb 12.4-7; AP 3.19).

73. Para que serve a disciplina cristã? A disciplina não tem por objetivo humilhar,
expor ou diminuir o irmão (Jo 8.10,11), pelo contrário, a verdadeira disciplina
cristã serve para corrigir e restaurar o irmão que cometeu algum pecado, e zelar
pelo precioso nome de Cristo (Hb 12.7-10; Fp 1.27).

74. E quando o irmão em pecado rejeita a disciplina? R.: Aí o problema é grande.


Rejeitar a disciplina da Igreja é o mesmo que rejeitar a Deus e ir contra ele.
Quando a pessoa vive no pecado e não quer se arrepender, o mesmo dever ser
excluído da comunhão da Igreja e ser considerado um gentio, conforme o ensino
de Cristo e Paulo (1Co 5.1,11-13; Mt 18.15-17).

75. O que o membro deve fazer depois de ser disciplinado? R.: Depois daquele
momento de dor e tristeza, o membro deve recomeçar a sua vida, demonstrando
arrependimento e procurando fazer aquilo que é correto diante de Deus e dos
homens e buscar ter mais comunhão com Cristo, pela Palavra e oração (Hb 12.11-
13; Fp 4.7.8).

18
* Igreja Presbiteriana do Jardim Girassol *
“Eu sei em quem Tenho Cristo” – Perguntas e Respostas sobre a Fé Cristã – Janeiro-2017

DÍZIMOS E OFERTAS

76. O dízimo é bíblico? R.: Sim! O dízimo (10% de tudo quanto ganhamos) é uma
ordem clara e expressa de Deus ao seu povo. Por ser uma ordem de Deus, ela é
inegociável. Jesus Cristo também falou sobre essa santa ordenança (Lv 27.32; Dt
12.11; 14.22; 2Cr 31.5,6; Ne 10.37,38; Pv 3.9,10; Mt 23.23).

77. O dízimo foi abolido por Jesus? R.: Não! Quem disse que foi? Jesus jamais aboliu
o dízimo. Não há nenhuma evidência bíblica disso, pelo contrário, ele mesmo
instruiu os fariseus a continuarem dizimando, sem, contudo, se esquecerem dos
demais princípios da Lei (Mt 23.23; Hb 7.5-9).

78. Para que serve o dízimo? R.: O dízimo serve para sustentar a manter a Casa de
Deus, isto é, a Igreja de Cristo. Além disso, o dízimo é essencial para os trabalhos
de assistência social aos irmãos carentes e de evangelização (Ml 3.10a).

79. O que significa não dar o dízimo? R.: Não dar o dízimo significa roubar a Deus.
Muitos crentes estão pecando neste assunto, justamente porque estão retendo
aquilo que pertence a Deus por direito. Jesus mesmo disse que “devemos dar a
César o que é de César e a Deus o que é de Deus (Ml 3.8; Mt 22.18-21).

80. Há uma promessa de bênção em ser dizimista fiel? R.: Sim! À luz do ensino do
Profeta Malaquias, quando damos os dízimos, Deus derrama sobre nós “chuvas
sem medida” (Ml 3.10b). Lembrando que dízimo não é barganha ou moeda de
troca com Deus. Devemos devolver o dízimo com alegria no coração (2Co 9.7),
como expressão da nossa fidelidade à ordem bíblica e fé na bendita providência
de Deus, em Cristo Jesus (Mt 6.33; Fp 4.19).

19
* Igreja Presbiteriana do Jardim Girassol *
“Eu sei em quem Tenho Cristo” – Perguntas e Respostas sobre a Fé Cristã – Janeiro-2017

SOBRE AS AUTORIDADES

81. A Bíblia manda obedecer às autoridades civis, e por quê? Sim! R.: A Bíblia ensina
que todos nós devemos obedecer às autoridades civis porque elas ocupam seus
cargos pela permissão soberana de Deus (Pv 8.15,16; Rm 13.1-2).
82. Com que finalidade Deus institui as autoridades? R.: Deus instituiu as autoridades
para o bem de todos os povos e promoção da justiça, de modo que os cristãos
devem obedecê-la não só por sua autoridade, mas também pela consciência cristã
(Rm 13.3-5).
83. Até que ponto devemos obedecer as autoridades civis? R.: Devemos obedecê-las
até ao ponto de não nos obrigarem a ir contra os ensinos da Palavra de Cristo.
Caso contrário, devemos obedecer somente a Deus, custe o que custar (At 4.18-
20; 5.29).
84. Qual é o dever moral e ético de todos os cristãos em relação às autoridades civis?
R.: O nosso dever é obedecer às autoridades, pagando nossos impostos e tributos,
respeitando-os e honrando-os sempre. Jesus mesmo ensinou isso, deixou-nos
exemplo sobre a necessidade de pagar impostos (Mt 22.21; Lc 20.25; Rm 13.6,7;
Tt 3.1; 1Pe 2.17).
85. Qual é o dever espiritual de todos os cristãos em relação às autoridades civis? R.:
Nosso dever, segundo Paulo, é orar e interceder por todas as autoridades, a fim de
vivermos uma vida tranquila e mansa, com toda piedade e respeito (1Tm 2.1,2).

20
* Igreja Presbiteriana do Jardim Girassol *
“Eu sei em quem Tenho Cristo” – Perguntas e Respostas sobre a Fé Cristã – Janeiro-2017

A SANTIFICAÇÃO

86. O que é santificação? R.: Santificação é um processo na vida do cristão, onde ele
abandona o pecado e se volta a Deus, a cada dia, em profunda e constante
comunhão com Jesus Cristo (Rm 6.19,22; Gl 2.19,20; Ef 4.25-32; 1Ts 4.3-7).

87. Quando começa e termina a santificação? R.: Sendo um processo, a santificação


começa na conversão, quando cremos em Jesus como nosso salvador, e só termina
no dia da nossa morte (Hb 10.14; Ap 22.10-12).

88. Quem são os responsáveis pela santificação? R.: A Santificação é bilateral. De um


lado, é nossa a responsabilidade de buscar se santificar a cada dia (1Ts 4.3; 2Co
7.1). De outro, é o Espírito Santo de Deus, habitando em nosso coração, que nos
leva à verdadeira santificação, em Cristo Jesus (1Co 1.2; 6.11; 2Ts 2.13; 5.23; 1Pe
1.2).

89. Como se dá a santificação? R.: A santificação se dá por meio de uma profunda


comunhão com Deus, em Cristo Jesus, que só pode acontecer realmente através
do estudo da Palavra (Jo 17.17), Oração (Ef 6.17,18) e Comunhão com o povo de
Deus (Cl 3.16; Hb 3.12,13).

90. Qual é o objetivo da santificação? R.: A santificação tem como objetivo buscar a
nossa pureza de vida (Rm 6.22), glorificar a Cristo (2Tm 2.21; 1Pe 3.15) e nos
preparar para o dia final (1Ts 3.13; 5.23; Hb 12.14; Ap 22.11,12).

21
* Igreja Presbiteriana do Jardim Girassol *
“Eu sei em quem Tenho Cristo” – Perguntas e Respostas sobre a Fé Cristã – Janeiro-2017

SOBRE A MORTE E A RESSURREIÇÃO

91. O que é a morte? R.: A morte física não é o fim de tudo, mas apenas o fim de um
ciclo de vida aqui na terra. Em outras palavras, a morte é o caminho para a
ressurreição e, consequentemente, para a eternidade. Cristo foi o primeiro a
ressuscitar dos mortos (Mt 22.23-32; Jo 5.28,29; 11.24,25).

92. Por que morremos? R.: Nós morremos porque a morte é a consequência inevitável
do pecado, logo, morremos porque somos pecadores. Cristo morreu não porque
era pecador, mas porque tomou sobre si os nossos pecados, fazendo pecado por
nós (Gn 2.17; Rm 5.12; 6.23; 1Co 15.21; Is 53.12; 2Co 5.21).

93. O que acontece com os corpos e almas dos crentes e ímpios depois que morrem?
R.: Quantos aos corpos dos crentes e dos ímpios, ambos voltam à terra, de onde
vieram (Gn 3.19; Ec 12.7; At 13.36,37). Quanto às almas dos crentes, os
justificados pela fé em Jesus, vão, imediatamente após a morte, para à presença
gloriosa de Deus – o céu (Lc 16.22; 23.43; 2Co 5.8,9). Mas as almas dos ímpios,
isto é, daqueles que não creram em Jesus como suficiente Salvador, vão,
imediatamente após a morte, para o inferno (Lc 16.22-24). A Bíblia não ensina o
“sono” ou a “morte” da alma, muito menos a doutrina do “purgatório”.

94. Haverá ressurreição dos mortos (crentes e ímpios)? Quando será? R.: Sim, com
certeza! Será no último dia (Jo 6.39,40). Tantos os corpos dos crentes quantos dos
ímpios irão ressuscitar para o dia do juízo final. Jesus já nos deu exemplo da
ressurreição final (Jo 5.28,29; At 24.15).

95. Como se dará a ressurreição dos corpos (crentes e ímpios)? R.: Todos
ressuscitarão com seus próprios corpos, e então serão unidos novamente às suas
almas (1Ts 4.14-17). Os corpos dos crentes serão ressuscitados, aperfeiçoados,
glorificados e parecidos com Jesus Cristo (R, 8.11; 1Co 15.35-44; Fp 3.20,21; 1Jo
3.2). Mas os corpos dos ímpios ressuscitarão para a desonra (Dn 12.2).

22
* Igreja Presbiteriana do Jardim Girassol *
“Eu sei em quem Tenho Cristo” – Perguntas e Respostas sobre a Fé Cristã – Janeiro-2017

SOBRE A VOLTA DE CRISTO E O JUÍZO FINAL

96. O que é o Juízo final? R.: O Juízo final é o dia, no qual Deus, por meio de seu
Filho Jesus Cristo, julgará todas as pessoas do mundo, segundo as suas obras (Mt
16.27; 2C5.10; Hb 9.27).
97. Quando será o Juízo final? R.: O Juízo final acontecerá imediatamente após a
volta de Jesus Cristo. Quando isso vai acontecer não nos é possível saber, e nem
devemos ficar especulando, como muitos fazem. O que devemos ter em mente é
Cristo irá voltar para julgar o mundo (Mt 24.13,36; At 17.30,31).
98. Quais pessoas deverão comparecer neste tribunal? R.: Todas as pessoas,
indistintamente, sem exceções, deverão comparecer para serem julgadas por
Cristo, até mesmo o diabo e seus demônios (Ec 12.14; Jo 5.28,29; 2Co 5.10; Rm
14.1-12; Jd 6).
99. O que irá acontecer após o julgamento? R.: Logo após o juízo final, os justificados
(crentes) viverão eternamente na presença de Deus e de Cristo na Cidade Santa
(Mt 35.31-34; 1Ts 4.16-18; Ap 3.12; 21.2-8; 22.14). Mas os ímpios, o diabo e
seus demônios perecerão eternamente no inferno, cujo tormento jamais acabará
(Sl 9.17; Mt 25.41-46; 2Pe 2.4; Ap 20.14).
100.Como devemos aguardar o Dia da volta de Cristo e o Juízo final? R.: Devemos
aguardar o Dia da vinda de Cristo e o juízo final em vigilância, oração e
santificação constante (Mt 24.42; 25.13; Mc 13.33; Lc 21.34-36; Ap 22.11).

23