Você está na página 1de 33

Guia

Tipos de Plástico e o
Processo de Modernização Tecnológica

Mais Polímeros www.maispolimeros.com.br


www.maispolimeros.com.br

Guia – Tipos de Plástico e o


Processo de Modernização Tecnológica
Olá! Desenvolvemos este e-book visando levar até você um pouco mais de
informações sobre os plásticos, seus tipos e classificações e sua inserção no
Processo de Modernização Tecnológica.

Aqui você encontrará dados sobre as características dos principais tipos de


plásticos, suas utilizações e qual a melhor opção para o seu negócio. Além disso,
também abordaremos o Processo de Modernização Tecnológica no qual o plástico
se insere para ser utilizado de diversas maneiras.

Continue lendo e saiba mais sobre os tipos de plásticos e seus desdobramentos


no Processo de Modernização Tecnológica que estamos vivendo.
www.maispolimeros.com.br

Sumário
1. Quem somos ............................................................................................. 4
2. O Processo de Modernização Tecnológica ............................................... 6
3. O Avanço dos Plásticos ............................................................................. 9
3.1 Classificação dos Plásticos .......................................................... 12
3.2 Tipos de Plásticos ......................................................................... 14
3.2.1 PP ou Polipropileno ............................................................ 14
3.2.2 PEBD ou Polietileno de Baixa Densidade ........................... 16
3.2.3 PEAD ou Polietileno de Alta Densidade ............................. 18
3.2.4 PEBDL ou Polietileno de Baixa Densidade Linear ............ 20
3.2.5 EVA ou Acetato de Vinila .................................................... 22
3.2.6 PS ou Poliestireno Cristal e de Alto Impacto .................... 24
3.2.7 ABS ou Acrilonitrila Butadieno Estireno ........................... 26
3.3 Como Classificar os Tipos de Plásticos ....................................... 28
4. O plástico faz parte das nossas vidas ..................................................... 30
www.maispolimeros.com.br

Quem somos
www.maispolimeros.com.br

1. Quem somos
A Mais Polímeros atua na distribuição de resinas termoplásticas, há mais de 20
anos, e está entre os players de maior destaque nesse mercado. Trabalhamos
somente com os melhores fornecedores do país, com atuação em todo o território
nacional. A nossos clientes garantimos uma experiência de compra descomplicada
e segura.

Prezamos pelo compromisso com o cliente, buscando atendê-lo de maneira


especializada e personalizada, com excelência operacional, pronta-entrega,
agilidade e pontualidade.

5
www.maispolimeros.com.br

O Processo de
Modernização Tecnológica
www.maispolimeros.com.br

2. O Processo de Modernização Tecnológica


No mundo atual, facilmente percebemos que estamos mergulhados em uma
nova transformação caracterizada pelo avanço das inovações tecnológicas. Essas
transformações mudaram radicalmente os mercados e a maneira como se
relacionam, a isso os economistas têm chamado de Quarta Revolução Industrial
ou Indústria 4.0, marcada por uma convergência de tecnologias digitais, físicas e
biológicas.

Na área da indústria - que se aplica a indústria da transformação - um dos


principais pontos de mudança está relacionado com o aumento da produtividade.
Com as novas tecnologias, como inteligência artificial e automação, teremos mais
agilidade na produção, no atendimento, na logística (entrega) das indústrias, além
de uma melhora significativa da priorização do tempo dos colaboradores.

7
2. O Processo de Modernização Tecnológica www.maispolimeros.com.br

A distribuição de resinas termoplásticas também tem sido positivamente afetada


por essas transformações. Por este motivo, temos buscado abordar o assunto
inovação e tecnologia em nossos conteúdos, como forma de disseminar tais
mudanças entre nossos clientes e parceiros.

A seguir, falaremos sobre o Avanço do Plástico no decorrer da história, e também


sobre tipos e classificações dos plásticos, dentre eles: PP, PE, EVA e PS, entre
outros. Confira!

8
www.maispolimeros.com.br

O Avanço dos Plásticos


www.maispolimeros.com.br

3. O Avanço dos Plásticos


No decorrer da história e avanço da humanidade, o lançamento de novos produtos
tem sido uma tônica constante, visando facilitar e tornar mais prazerosa a vida
e o dia a dia das pessoas. Neste sentido, os plásticos são hoje uma classe de
materiais extremamente importante. Estima-se que a produção de plásticos seja
de mais de 200 milhões de toneladas ao ano e isso se deve, principalmente, ao
baixo custo de produção e à durabilidade que os plásticos têm em comparação
com outros tipos de materiais.

10
3. O Avanço dos Plásticos www.maispolimeros.com.br

Os plásticos são um grupo pertencente a uma categoria


maior de materiais chamados de polímeros. Os polímeros são
materiais formados por moléculas de diferentes tamanhos que
são unidas por reações de polimerização. Essas moléculas
maiores são chamadas de macromoléculas. Todo polímero é uma
macromolécula, mas nem toda macromolécula é um polímero.

O polímero é originado a partir de uma fração do petróleo


chamada nafta e também de fontes renováveis, como o plástico
feito a partir do milho, da beterraba, da mandioca, da cana-de-
açúcar, etc. O plástico se subdivide de acordo com a composição
de sua cadeia de moléculas. A seguir, veremos a diferenciação
mais básica entre os tipos de plásticos, que pode ser feita a partir
da extensão e estrutura dos polímeros.

11
www.maispolimeros.com.br

3.1 Classificação dos Plásticos


De acordo com suas propriedades mecânicas e capacidade de moldagem, os plásticos
podem ser divididos em duas importantes categorias: termoplásticos e termorrígidos
ou termofixos.

Termoplásticos

Os termoplásticos, mais largamente utilizados, são materiais que podem ser


remoldados, quando submetidos à aquecimento, devido a sua estrutura menos rígida
formada por interações que se quebram sob aquecimento e se restabelecem ao serem
resfriadas. Esses plásticos podem ser reprocessados várias vezes pelo mesmo ou por
outro processo de transformação. Tais polímeros são facilmente recicláveis, ainda que
percam um pouco de suas propriedades a cada reciclagem feita.

Como exemplos, podem ser citados: o polietileno de baixa densidade (PEBD); polietileno
de alta densidade (PEAD); polipropileno (PP); poliestireno (PS); polietileno tereftalato
(PET); policloreto de vinila (PVC); poliamidas (PA) e outros.

12
3.1 Classificação dos Plásticos www.maispolimeros.com.br

Termorrígidos ou Termofixos

Os termofixos, que representam cerca de 20% do total consumido no país, são


plásticos cuja rigidez não se altera com a temperatura. Tem estrutura mais rígida
devido às ligações cruzadas que unem os fios de polímeros. Esses polímeros, por não
serem moldáveis a temperatura, uma vez submetidos a um dos processos usuais de
transformação, não podem mais sofrer novos ciclos de processamento, o que dificulta
serem reciclados.

O exemplo mais clássico é a “baquelite”. E também podem ser citados: alguns


poliuretanos (PU) e poliacetato de etileno vinil (EVA), usados em solados de calçados;
poliésteres, como os utilizados na fabricação de telhas reforçadas com fibra de vidro;
fenólicas, como os utilizados em revestimento de móveis; entre outros.

Como dito anteriormente, esses materiais não podem ser moldados novamente, porém
podem ser utilizados em outras aplicações, como cargas inertes após moagem e podem
ser incorporados em composições de outras peças, como asfalto.

13
www.maispolimeros.com.br

3.2 Tipos de Plásticos


3.2.1 PP ou Polipropileno
O Polipropileno é um polímero ou plástico derivado do propeno ou propileno. É uma resina
de baixa densidade, que oferece um bom equilíbrio de propriedades térmicas, químicas
e elétricas, acompanhadas de resistência moderada. Uma particularidade do PP é o
seu “efeito dobradiça”, ou seja, podemos fazer peças com dobras no próprio material
(tampas dobráveis de frascos, estojos para óculos). O PP possui baixa resistência à
intempéries, ou seja, peças expostas ao sol ficarão manchadas e provavelmente haverá
uma perda nas propriedades do material.

O PP possui uma variação chamada BOPP, um plástico metalizado de difícil reciclagem,


usual em embalagens de salgadinhos e biscoitos.

14
3.2 Tipos de Plásticos www.maispolimeros.com.br

3.2.1 PP ou Polipropileno
Tem como características: Algumas de suas aplicações:
• Baixo custo • Filmes para embalagens e alimentos

• Conserva o aroma • Embalagens industriais

• Inquebrável • Cordas

• Transparente • Tubos para água quente

• Brilhante • Fios e cabos

• Rígido • Frascos

• Resistente a mudanças de temperatura • Caixas de bebidas

• Autopeças

• Fibras para tapetes e utilidades domésticas

• Potes

• Fraldas

• Seringas descartáveis

• Peças injetadas e sopradas

• Utilidades domésticas

• Copos e artigos descartáveis

• Brinquedos

• Móveis para jardins

• Caixas de bateria

• Tampas de refrigerantes

15
3.2 Tipos de Plásticos www.maispolimeros.com.br

3.2.2 PEBD ou Polietileno de Baixa Densidade

O Polietileno de Baixa Densidade é obtido Tem como características:


através da polimerização do etileno, é • Flexível

o polímero de estrutura química mais • Leveza

simples. Por ser um termoplástico, o PEBD • Transparente

é reciclável. Ele pode ser obtido a partir • Impermeável

do petróleo ou de fontes vegetais, quando • Maior resistência a impactos

ocorre o último caso ele é chamado de • Maior viscosidade

plástico verde.

16
3.2 Tipos de Plásticos www.maispolimeros.com.br

3.2.2 PEBD ou Polietileno de Baixa Densidade

Algumas de suas aplicações:


• Sacolas de supermercado e boutiques

• Filmes para embalar leite e outros

alimentos
• Sacaria industrial

• Filmes para fraldas descartáveis

• Bolsa para soro medicinal

• Sacos de lixo

• Frascos flexíveis

• Embalagens para líquidos

• Veículos para masterbatch

• Contráteis

• Utilidades domésticas

• Plastificação

17
3.2 Tipos de Plásticos www.maispolimeros.com.br

3.2.3 PEAD ou Polietileno de Alta Densidade

O PEAD é obtido através da polimerização do Tem como características:


etileno e conhecido também como eteno. Por • Inquebrável

ser um termoplástico, o PEAD é reciclável. • Resistente a baixas temperaturas

Ele pode ser obtido a partir do petróleo ou • Leveza

de fontes vegetais, quando ocorre o último • Impermeável

caso, assim como o PEBD, ele é chamado de • Rígido

plástico verde. • Resistência química

18
3.2 Tipos de Plásticos www.maispolimeros.com.br

3.2.3 PEAD ou Polietileno de Alta Densidade

Algumas de suas aplicações: • Assentos sanitários


• Embalagens de detergente e óleos • Capacetes
automotivos • Embalagens para detergentes e
• Sacolas de supermercados tensoativos
• Garrafeiras • Embalagens para cosméticos
• Tampas • Reservatórios automotivos
• Tambores para tintas • Bombonas para produtos químicos
• Potes • Brinquedos
• Utilidades domésticas • Cabos
• Filmes • Tubos corrugados
• Sacolas • Isolamento de fios
• Paletes • Bobinas picotadas
• Utilidades domésticas • Caixas para uso industrial

19
3.2 Tipos de Plásticos www.maispolimeros.com.br

3.2.4 PEBDL ou Polietileno de Baixa Densidade Linear

É obtido através da polimerização do Tem como características:


etileno. O fato de ser polimerizado sob • Maior brilho

baixas pressões, torna a produção do • Maior rigidez

PEBDL mais econômica que a do PEBD • Menor permeabilidade a gases

convencional, fazendo desse material uma • Boa resistência ao rasgo

ótima alternativa para aplicações que • Boa resistência à tração

necessitem de propriedades intermediárias


entre o PEBD e o PEAD. É um material
menos translúcido que o PEBD, e possui
maior resistência mecânica que o mesmo.

20
3.2 Tipos de Plásticos www.maispolimeros.com.br

3.2.4 PEBDL ou Polietileno de Baixa Densidade Linear

Algumas de suas aplicações:


• Filmes

• Sacolas

• Tampas com lacre

• Caixas d’água

• Peças rotomoldadas em geral

• Sacaria industrial

• Stretch

• Empacotamento sólidos e líquidos

• Fraldas

• Laminação

• Coextrusão

• Embalagens

21
3.2 Tipos de Plásticos www.maispolimeros.com.br

3.2.5 EVA ou Acetato de Vinila

O EVA é Obtido através do copolímero de Tem como características:


etileno-acetato de vinila. A sua principal • Flexível

característica é a capacidade de ser flexível • Aderência em baixas temperaturas

e resistente ao mesmo tempo. Assim como • Resistente

o poliuretano, o problema do EVA é que ele • Alta flutuabilidade

ainda não possui tecnologia para reciclagem. • Leveza

Suas características fazem do EVA um produto


competitivo em relação a outros termoplásticos
e alguns tipos de borrachas, sendo utilizado
no segmento de calçados em compostos
expansíveis e reticulados transformados por
injeção e pressão.

22
3.2 Tipos de Plásticos www.maispolimeros.com.br

3.2.5 EVA ou Acetato de Vinila

Algumas de suas aplicações:


• Solados de calçados (tênis e

chinelos)
• Equipamentos de academia

• Brinquedos

• Materiais de artesanato

• Laminação, Hot Melt

• Bastões de cola quente

• Placas expandidas e placas

diversas;
• Brindes

• Coating

• Blendas

• Adesivos

• Coextrusão

23
3.2 Tipos de Plásticos www.maispolimeros.com.br

3.2.6 PS ou Poliestireno Cristal e de Alto Impacto

Resina do grupo dos termoplásticos, Tem como características:


o Poliestireno é um obtido através da • Leveza

polimerização do estireno. Por ser um material • Capacidade de isolamento térmico

barato e frágil, é muito usado na fabricação de • Baixo custo

produtos descartáveis ou que necessitem de • Flexibilidade

alta transparência. O poliestireno convencional • Maleabilidade sob a ação do calor (que o

é popularmente conhecido como PS cristal. deixa em forma líquida ou pastosa)

24
3.2 Tipos de Plásticos www.maispolimeros.com.br

3.2.6 PS ou Poliestireno Cristal e de Alto Impacto

Algumas de suas aplicações:


• Potes de embalagens em geral

• Pratos

• Tampas

• Copos descartáveis

• Aparelhos de barbear descartáveis

• Brinquedos

• Refrigeração

• Embalagens para cosméticos

• Artigos escolares

• Canetas

• Frisos rígidos

• Perfis

• Aparelhos eletrônicos

• Brindes em geral

25
3.2 Tipos de Plásticos www.maispolimeros.com.br

3.2.7 ABS ou Acrilonitrila Butadieno Estireno

O ABS é obtido através do copolímero de Tem como características:


etileno-acetato de vinila. É um termoplástico • Boa resistência mecânica

desenvolvido para aplicações que necessitam • Bom aspecto visual

de uma boa resistência ao impacto e um • Fácil moldabilidade

bom aspecto visual. É um dos plásticos mais • Boa resistência ao impacto

indicados para a produção de carcaças de • Boa resistência à tração

eletrodomésticos. • Dureza

• Cromável

• Pode formar blendas com outros


polímeros
• Grande variação de propriedades (entre

os tipos de ABS)

26
3.2 Tipos de Plásticos www.maispolimeros.com.br

3.2.7 ABS ou Acrilonitrila Butadieno Estireno

Algumas de suas aplicações:


• Carcaças de Eletrodomésticos

• Capacetes

• Grades

• Painéis Automotivos

• Puxadores de Gaveta Cromados

27
www.maispolimeros.com.br

3.3 Como Classificar os Tipos de Plásticos


Para os consumidores saberem de qual No Brasil, a norma técnica do plástico
tipo de plástico é feito o produto que estão (NBR 13.230:2008) foi concebida de acordo
adquirindo, há um padrão utilizado pelos com critérios internacionais. A numeração
fabricantes. Ao adquirir um produto plástico separa o material em seis diferentes tipos de
você já deve ter reparado que nos rótulos plásticos (PET, PE-HD, PVC, PE-LD, PP, PS)
há sempre algum número cercado por um e ainda há uma sétima opção (O - outros),
triângulo com setas. Esses números têm a normalmente empregada para os produtos
função de alertar os consumidores sobre de plástico fabricados com uma combinação
o descarte seletivo, além de orientar a de diversas resinas e materiais.
separação devida de cada material.

28
3.3 Como Classificar os Tipos de Plásticos www.maispolimeros.com.br

Pode-se identificar o tipo do material pelo código correspondente à resina utilizada ou


as preponderantes quando de uma mistura, de acordo com sistema mostrado abaixo:

No Brasil, infelizmente, ainda hoje uma porção


significativa dos objetos de plástico não é identificada ou é
identificada erroneamente.
29
www.maispolimeros.com.br

O plástico faz parte das


nossas vidas...
www.maispolimeros.com.br

4. O plástico faz parte das nossas vidas...


Definitivamente, não conseguiríamos pensar nossa rotina, nosso dia a dia sem o
uso do plástico. Celulares, escovas de dentes, peças de carro, peças de computador,
utensílios domésticos, brinquedos, roupas, dentre milhares de outras coisas,
possuem algum tipo de plástico na fabricação.

É fato, que o “universo de produtos plásticos” aumentou muito nas últimas décadas,
sendo inserido nos mais diversos ramos da indústria como: construção civil,
eletrônica, embalagens, móveis, etc. Como resultado disso temos colhido frutos
muito positivos no tocante a acessibilidade, praticidade, segurança, sustentabilidade
e produtividade.

31
4. O plástico faz parte das nossas vidas... www.maispolimeros.com.br

Dentre as vantagens oferecidas pelo plástico, podemos destacar a facilidade do


transporte e do processamento, o menor consumo de energia e a grande durabilidade
dos materiais.

Se por um lado a oferta e consumo de produtos plásticos segue crescendo, por outro é
preciso pensar num consumo e descarte consciente desses materiais. Neste caminho,
a preocupação com o meio ambiente também tem despertado soluções inovadoras e
mais sustentáveis na indústria de plásticos. Em muitos casos os fabricantes já vêm
produzindo a partir de fontes renováveis e com menor impacto ambiental (por exemplo,
tornando o processo de fabricação não poluente).

Aos consumidores dos produtos plásticos cabe o consumo responsável e o descarte


adequado desses materiais, atitudes essenciais na contribuição da conservação dos
recursos naturais e consequente qualidade de vida das pessoas e bom andamento do
crescimento econômico. O consumo consciente traz benefícios a toda “cadeia”, daí a
importância de cada um fazer a sua parte!

32
Quer uma parceria para o seu negócio?
Aqui na Mais Polímeros você encontra.

Solicite um orçamento

Com certeza temos a melhor opção


para sua empresa.

33