Você está na página 1de 2

Nos ritos de 76

No dia 29 de janeiro de 1976 surgia no futebol catarinense a equipe do Joinville Esporte


Clube, fruto da fusão entre América e Caxias. Nardela, Lico, Adilço, Wagner Bacharel,
Paulo Egídio e Lico são alguns dos nomes que ainda ecoam nas rodas de conversa em
Joinville.
Primeira formação do clube, em Janeiro de janeiro de 1976
Em uma cidade reconhecida pelas suas grandes indústrias, o Joinville Esporte Clube é o
potencializador de uma paixão que atinge até mesmo quem não é da cidade, mas
escolheu morar nela. O time da maior torcida do estado está cercado por uma região
com aproximadamente 1 milhão de habitantes e tende a atrair cada vez mais torcedores
com o crescimento no cenário nacional.

Apesar de jovem, o JEC já realizou façanhas inéditas, como o Octacampeonato Estadual.

A equipe joinvilense vivenciou muitos momentos da sua história no Estádio Ernesto


Schlemm Sobrinho, o famoso Ernestão. Atualmente, o JEC manda seus jogos na Arena
Joinville, estádio que pertence a Prefeitura Municipal de Joinville. Foi neste palco que os
torcedores puderam comemorar o retorno do Tricolor à Série B do Brasileiro, em
2011, e o acesso à Série A em 2014. Mas o grande patrimônio do clube é o seu Centro de
Treinamentos, no bairro Morro do Meio. O local possui ótima estrutura, oferecendo boas
condições de trabalho, alimentação e descanso para os atletas de todas as categorias.
No ramo empresarial, O JEC também é uma importante ferramenta de negócios. Afinal,
o futebol une o trabalho coletivo, o espírito competitivo, a sede de vitória e a
comemoração de resultados. Qualquer semelhança com o mundo corporativo, não é
mera coincidência. Associar a sua marca ao JEC é criar um vínculo direto com os
milhares de torcedores que vivem o time durante toda a temporada. Para a empresa,
além de todo o retorno em mídia, há o ganho em ferramentas de ativação que podem
ser integradas a eventos relacionados ao clube.

Curiosidades
• A Primeira Partida • Títulos Consecutivos
JEC 1 x 1 VASCO 8 CONQUISTAS
9 de março Único Octacampeão Catarinense – de 1978 a 1985
• O Primeiro Gol • Recorde de Público
TONHO 19.631
JEC 1 x 1 VASCO 3 de Dezembro 2011
• Maior invencibilidade Jogo: Joiville 4×0 CRB (Final da Série C)
27 PARTIDAS
Em 1978, sendo 12 empates e 15 vitórias

Destaques
FONTAN – O PRIMEIRO CAPITÃO
Osni Fontan foi o primeiro capitão da história do JEC, além de ser o primeiro a vestir a
camisa número 10 do Tricolor. Foi dele o primeiro gol do JEC no Estadual, diante do
Marcílio Dias em 1976. Fontan foi Tricampeão Catarinense pelo Joinville e trabalha no
clube até hoje.

NARDELA – O CRAQUE
É um dos maiores ídolos da história do Joinville, vestindo a camisa Tricolor durante mais
de 10 anos, anotando 130 gols em 680 jogos disputados. Com esta marca, manteve-se
por quase 20 anos como o maior artilheiro do clube, até ser batido por Lima em julho de
2013.

RAMIRES – A REVELAÇÃO
Foi revelado pelo Joinville em 2004. Depois passou pelo Benfica, Chelsea e Jiangsu
Suning (China). Em 2008 Ramires recebeu o Prêmio Bola de Prata, da Revista Placar. O
volante também defendeu a seleção brasileira entre os anos de 2009 e 2014, tendo
disputado a Copa do Mundo de 2010.