Você está na página 1de 2

O MUNDO INJUSTO

O MUNDO JULGA ERRONEAMENTE


Muitas vezes agimos como o mundo, julgamos...

MINHA PERGUNTA É:
O que você tem feito para que essa sua causa seja julgada?
O que você tem feito para viver esse milagre?

TIPOS DE INJUSTIÇA

************************************************
JULGUE MINHA CAUSA
Lucas 18.1-8

RESUMO DA PARÁBOLA
Uma viúva desejava ardentemente que o juiz julgasse sua causa, fazendo justiça. O juiz a
desprezou várias vezes ignorando o seu pedido. No entanto, pela insistência da viúva, e pela
importunação que ela causava a ele, o juiz decide que iria julgar a causa.

EXPLICAÇÃO
O juiz representa o lado mais forte da sociedade.
O cargo que ocupava demonstrava que era alguém muito importante e que não temia nada
nem ninguém, se achava o dono da verdade.
A viúva representa o lado frágil.
As pessoas marginalizadas na sociedade
Ela busca até convencer o juiz injusto a julgar corretamente sua causa.

LIÇÕES DA PARÁBOLA
SEJA PERSEVERANTE NA ORAÇÃO.
“Disse-lhes Jesus uma parábola sobre o dever de orar sempre e nunca esmorecer” (Lc 18.
1). A viúva nos mostra que devemos buscar a solução das nossas causas justas. ELA NÃO
BUSCA VINGANÇA CONTRA SEU ADVERSÁRIO, mas que julgue a sua causa, pois tinha
certeza que estava correta. Isso mostra fé da parte dela.
ELA NÃO QUERIA SABER SE IRIA VENCER A CAUSA OU NÃO.
ELA QUERIA QUE HOUVESSE O JULGAMENTO.
- Muitas vezes queremos a Justiça de Deus porque achamos que isso é justo.

DEUS OUVE AS ORAÇÕES E FAZ O QUE É CORRETO.


Se um juiz iníquo ouviu uma pessoa das mais simples e humildes da sociedade, e julgou a
sua causa, Deus, o todo poderoso juiz justo, não iria fazer muito melhor do que isso? Com
certeza! Por isso, o texto mostra claramente essa verdade: “Não fará Deus justiça aos seus
escolhidos, que a ele clamam dia e noite, embora pareça demorado em defendê-los?” (Lc
18. 7)
- ELA ESTAVA PREPARADA ATÉ MESMO PARA RECEBER UM “NÃO”.
DEUS NÃO É DEMORADO EM RESPONDER AO CLAMOR DE SEUS SERVOS.
A viúva queria ver a sua situação resolvida. Porém, precisou de vários encontros com o juiz
para que ele a atendesse. Precisou ser resistente e persistente. DEUS FAZ TODAS AS
COISAS NO TEMPO CERTO.

CUIDADO COM A ANSIEDADE E IMEDIATISMO


A nossa ansiedade e imediatismo muitas vezes destroem a nossa persistência e a nossa fé.
A parábola termina dizendo que Deus faz justiça depressa e não demorada. “Digo-vos que,
depressa, lhes fará justiça.” (Lc 18. 8).

EXISTE FÉ VERDADEIRA NAS ORAÇÕES DAS PESSOAS?


A viúva teve fé, mas muitos não têm. “Contudo, quando vier o Filho do Homem, achará,
porventura, fé na terra?” (Lc 18. 8)

O NOSSO DEUS É JUSTO


SEJA PRESEVERANTE NA ORAÇÃO
ELE OUVE SEU CLAMOR E OUVE O QUE É CORRETO
DEUS NÃO DEMORA EM RESPONDER
CUIDADO COM A ANSIEDADE E IMEDIATISMO
TENHA FÉ!

Provérbios 22:8 – “Quem semeia a injustiça colhe a maldade; o castigo da sua arrogância será completo”.

Deuteronômio 16:19 – “Não pervertam a justiça nem mostrem parcialidade. Não aceitem suborno, pois o
suborno cega até os sábios e prejudica a causa dos justos”.

Provérbios 16:8 – “É melhor ter pouco com retidão do que muito com injustiça”.

1 Coríntios 13:6 – “O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade”.

1 João 1:9 – “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos
purificar de toda injustiça”.

Hebreus 6:10 – “Deus não é injusto; ele não se esquecerá do trabalho de vocês e do amor que demonstraram
por ele, pois ajudaram os santos e continuam a ajudá-los”.

Salmos 5:4 – “Tu não és um Deus que tenha prazer na injustiça; contigo o mal não pode habitar”.

Salmos 43:1 – “Faze-me justiça, ó Deus, e defende a minha causa contra um povo infiel; livra-me dos homens
traidores e perversos”.

Colossenses 3:25 – “Quem cometer injustiça receberá de volta injustiça, e não haverá exceção para ninguém”.