Você está na página 1de 3

A verdade sobre o evangelho de JESUS CRISTO

Um dos assuntos mais importantes relacionados à humanidade desde os inícios do primeiro


século da nossa era (depois de CRISTO) é o EVANGELHO DE JESUS CRISTO. No entanto, é
notória a ignorância das pessoas actualmente quanto a este mesmo assunto, pouco se reflecte e se
pensa a respeito; o que é um grave erro, pois, faz com que muitos rejeitem a Mensagem do
EVANGELHO sem sequer a terem compreendido na íntegra; sem sequer compreender do que se
trata realmente.

Para muitos, que não desejam nenhum vínculo com o que é “religioso”, tal assunto não é digno
de especial atenção e reflexão pelo facto de aparentemente estar relacionado à religião. Mas
definitivamente não se trata aqui de um assunto religioso, porém, de uma mensagem e um
comunicado que vem do ÚNICO DEUS e é dirigido a toda a pessoa humana, independentemente
de: raça, nação, língua ou religião da qual seja adepto. A religião é baseada em crenças,
princípios e verdades que o próprio ser humano cria a respeito de Deus (daí o facto de haver
várias religiões em que cada uma delas apresenta suas próprias “verdades”); o Evangelho porém
é a revelação da VERDADE de Deus Pelo próprio Deus, através de seu Filho JESUS CRISTO, o
qual instruiu a homens que escolheu por sua própria vontade e os designou para continuarem
com o serviço da propagação desta mesma Mensagem por todo o mundo, como se vê até nos dias
actuais.

Verdade é, que nos tempos actuais, dificilmente se ouve entre as igrejas a exposição fiél da
Palavra de Deus e o ensino do Verdadeiro EVANGELHO. Muitos o não fazem por simples
ignorância e falta de conhecimento, outros porém, como descreve a Bíblia Sagrada (2Pedro 2:1-
3), são falsos mestres e não ensinam a VERDADE por avareza, fazendo das pessoas negócio,
com palavras fingidas e pelos quais o caminho verdadeiro de Deus é blasfemado e difamado.

Mas o que realmente é o EVANGELHO DE JESUS CRISTO ¿?

Se trata de um comunicado que vem da parte de DEUS, e é dirigido a toda a pessoa humana, no
qual DEUS chama a todas as pessoas ao arrependimento. Deus não tomou em conta os tempos
da ignorância, mas hoje, anuncia a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam (Atos
17:30) porque também tem determinado um dia em que há-de julgar o mundo com justiça.
De quê precisamos nos arrepender ¿?

Devemos nos arrepender de todo esse estilo de vida actual, que deixa DEUS de fora; desta
maneira de viver em que cada um faz o que bem lhe apetece e onde não existe o certo e errado,
tudo é uma questão de opinião e todo mundo cria suas próprias “verdades”, sendo assim
desprezada toda a VERDADE da Palavra de DEUS acerca de como realmente temos de viver,
sabendo que um dia havemos de prestar contas diante dELE por tudo quanto fizemos ou
deixamos de fazer. Sendo ELE o criador de todas as coisas e o SENHOR de todos nós (crentes e
descrentes; religiosos e ateus; bons e maus; justos e injustos, enfim…de todos).

A Bíblia Sagrada declara-nos em Romanos 3:23 que “todos pecaram e afastados estão da Glória
de DEUS”, e aqui se vê a necessidade de nos arrependermos, e é porque os nossos pecados ou os
erros que cometemos não são simples acções erradas mas, são acima de tudo uma clara
demonstração do nosso desprezo para com DEUS e sua Palavra e, portanto, nos afastam dELE e
fazem separação entre nós e o nosso DEUS (Isaías 59:1 e 2). A nossa escolha com respeito a
DEUS não é feita pelo que falamos, mas pelo que fazemos e pelas nossas atitudes; muitas
pessoas nos dias de hoje afirmam crer em DEUS e, no entanto, praticam livremente acções que
parecem más aos olhos de DEUS, como diz a Bíblia: dizem que conhecem a DEUS mas com
suas obras o negam, sendo abomináveis e desobedientes, e reprovados por DEUS. E por este
motivo estávamos todos condenamos a separação de DEUS eternamente, quer na vida, quer na
morte. E é neste ponto exacto que se enquadra:

O Evangelho (boas-novas) de CRISTO JESUS

A Bíblia diz que DEUS amou o mundo e as pessoas, de tal forma que enviou o seu Filho Único
(João 3:16), que carregou os pecados de toda a humanidade, tendo DEUS punido no seu Filho
todas as nossas culpas (Isaías 53:5-10), fazendo-o padecer e cravando-o na cruz na qual morreu.
Mas ao terceiro dia este mesmo JESUS foi declarado Filho de Deus, em poder, segundo o
Espírito de santificação, pela ressurreição dos mortos (Romanos1:4). E foi elevado aos céus e
está a direita do Trono de DEUS, e estão sujeitos à ELE os anjos, e todas autoridades e poderes
(1Pedro3:22). E todo a pessoa que o receber como SENHOR através da fé (certeza do que não
se vê, e garantia do que se espera), procurando através da Bíblia Sagrada conhecê-lo e também
fazer a sua vontade junto à uma igreja local onde CRISTO é honrado, será salvo e será
reconciliado com DEUS, recebendo livre acesso a sua presença como filho de DEUS (João1:12).

Porque todos pecaram e afastados estão da Glória de DEUS; sendo justificados gratuitamente,
pela redenção que há em CRISTO JESUS (Romanos 3:23 e 24). A escolha é individual e
voluntária, aquele que crer e for batizado será salvo e tem a vida eterna, mas quem não crer será
condenado e não verá a vida, mas a ira de DEUS sobre ele permanece (Marcos 16:15 e João
3:36). Há que fazer-se uma escolha e assumir uma posição diante disto, é imperioso e não há
possibilidade de escape, nem se pode ignorar como alguns dizem: “isto não é p’ra mim”. Faça
uma escolha, tome uma decisão. Você terá de lidar seriamente com essa questão: “o que farás de
JESUS, chamado CRISTO”

E nós particularmente dizemos: vem p’ra JESUS e receberás Paz, Paz que nem muito dinheiro
nem muita riqueza podem dar, Paz que os “Acordos Gerais de paz” não podem dar, Paz que
excede o entendimento e a compreensão, Paz que vem de DEUS. Porque o Reino de DEUS não é
comida nem bebida, mas é paz justiça e alegria no Espírito Santo.

Interesses relacionados