Você está na página 1de 8

1. O circuito estava em regime quando, em t=0, a chave se abriu.

Determine:
a) Corrente no indutor e tensão no capacitor no momento do chaveamento.
b) Tensão em R3 a partir do chaveamento, usando analise de corte
c) Monte a equação matricial que, usando analise de laço, determine a corrente no
R1
V1(t) = 20 V
V2(t) = 10 V
R1 = 1 Ω
R2 = 1/2 Ω
R3 = 1/3 Ω
R4 = 1/6 Ω
R5 = 1/5 Ω
Solução: R6 = 1/6 Ω
a) Para t = 0 L=1H
C=1F
Malha 01:

I1
Malha 02:
I2
b) Tensão em R3 a partir do chaveamento, usando analise de corte

3
1

3
c) Monte a equação matricial que, usando analise de laço, determine a corrente no
R1

I3

I1
I2

4
2. Para a matriz incidência abaixo, determine o grafo orientado correspondente.
Em vermelho estão identificado as linha e as colunas.

A -1 1 0 0 -1 0 0 0
B 1 0 0 -1 0 0 -1 0
C 0 0 0 0 0 1 1 1
D 0 -1 1 0 0 0 0 -1
A
E 0 0 -1 1 1 -1 0 0
1
2 1 2 3 4 5 6 7 8
5

4 E 3
B D

7 6 8

C
3. Monte o gráfico dual da questão anterior
A
1
2
5

4 E 3
B D

7 6 8

Dada uma determinada função de rede, o que pode ser feito em termos
de posicionamento de pólos e zeros para que seu comportamento
seja mais lento.
Inserir pólos mais próximos da origem
5. Monte a equação matricial , usando qualquer analise de grafo
devidamente identificada, que permitiria a determinação da corrente
fornecida pela fonte V1(t). Considerando o circuito descarregado.
V1(t) = 20δ V
I3
V2(t) = 10 u(t) V
R1 = 1 Ω
R2 = 2 Ω
R3 = 3 Ω
I1
R4 = 4 Ω
L = 1/3 H
I2 C = 1/4 F

Você também pode gostar