Você está na página 1de 5

Prof. A.F.Guimarães

Questões de Eletricidade 1 ­ Carga Elétrica

Questão 1

(UFMG) Dadas as afirmações:

E( ). A medida está errada e não merece confiança.

Resolução:

Sabemos que a carga elétrica elementar possui o

. Sendo assim, o número de

partículas elementares necessário para totalizar a carga líquida referida no texto é de:

I.

O elétron é uma partícula que apresenta a menor carga elétrica conhecida e repele prótons. O próton é uma partícula que também apresenta a menor carga elétrica conhecida e atrai elétrons. Os prótons repelem os elétrons por possuírem cargas de sinais diferentes.

− 19 valor de 1, 6 10 C ⋅ II. III. − 19 7, 209
19
valor de 1, 6 10 C
II.
III.
− 19
7, 209 10
≅ 4,51
.
− 19
1, 6 10
Assinale:
A(
).
B(
).
C(
).
Se apenas a afirmativa III for correta.
Se apenas a afirmativa II for correta.
Se apenas a afirmativa I for correta.
D( ). Se apenas as afirmativas I e II forem
corretas.
E( ). Se apenas as afirmativas II e III forem
corretas.
Questão 3
Resolução:
I. Errada. O elétron, sendo uma partícula
elementar, possui o menor valor de carga
elétrica, porém atrai prótons.
II. Certa. O próton também é uma partícula
elementar, possui o menor valor de carga
elétrica e atrai os elétrons.
A
C
III. Errada. Prótons e elétrons se atraem
mutuamente por possuírem cargas
elétricas de sinais diferentes.
A
C
Figura 1
Alternativa correta é a letra “B”.
Questão 2
(CEFET) Em um corpo de prova mediu‐se a carga
B
C
B
C
− 19
de 7, 209 10
C
. Baseados no princípio de
Figura 2

quantização de carga elétrica, podemos afirmar que:

A(

).

O corpo está positivamente carregado.

B(

).

O corpo está negativamente carregado.

C(

).

O corpo está quase sem carga.

D( ). A medida está indicando a carga de vários

prótons.

A B A B Figura 3
A B
A
B
Figura 3

Esse resultado não corresponde a um número inteiro. Portanto, a medida não está correta. Alternativa correta é a letra “E”.

(UFRJ) Três pequenas esferas metálicas idênticas, A, B e C, estão suspensas, por fios isolantes, a três suportes. Para testar se elas estão carregadas, realizam‐se três experimentos durante os quais se verifica como elas se interagem eletricamente, duas a duas:

1
1

www.profafguimaraes.net

Experimento 1:

As

esferas A e C, ao serem aproximadas, atraem‐

se

eletricamente, como ilustra a figura 1;

Experimento 2:

As

esferas B e C, ao serem aproximadas, também

se

atraem eletricamente, como ilustra a figura 2;

A(

).

T 1 <T 2 < P;

B(

).

T 1 < P <T 2 ;

C(

).

T 2 <T 1 < P;

D(

).

T 2 < P < T 1 ;

E(

).

P < T 1 <T 2 ;

Resolução:

Durante a descida, temos: Experimento 3: As esferas A e B, ao serem aproximadas, também
Durante a descida, temos:
Experimento 3:
As
esferas A e B, ao serem aproximadas, também
se atraem eletricamente, como ilustra a figura 3.
Formulam‐se três hipóteses:
T 1
I. As três esferas estão carregadas.
II. Apenas duas esferas estão carregadas com
cargas de mesmo sinal.
A
III. Apenas duas esferas estão carregadas, mas
com cargas de sinais contrários.
Analisando o resultado dos três experimentos,
indique a hipótese correta. Justifique sua
resposta.
P
F A
B
Resolução:
I. Errada. Não existe a possibilidade das três
esferas possuírem carga elétrica diferente
de zero e se atraírem mutuamente duas a
duas.
II. Errada. Duas esferas não podem se atrair
1
A
mutuamente com cargas de mesmo sinal.
III. Certa. É possível uma esfera carregada
atrair uma esfera condutora neutra.
Questão 4
Uma esfera condutora A, de peso P, eletrizada
positivamente, é presa por um fio isolante que
passa por uma roldana. A
esfera A se aproxima, com
velocidade constante, de uma
esfera B, idêntica à anterior,
mas neutra e isolada. A esfera
Agora, durante a subida temos:
T 2
F R
A
toca em B e, em seguida é
A
A

puxada para cima, com velocidade também constante. Quando A passa pelo ponto M a tração no fio é T 1 na descida

e T 2 na subida. Podemos afirmar que:

M
M

B

na descida e T 2 na subida. Podemos afirmar que: M B P B Assim, durante
P B
P
B

Assim, durante a descida com velocidade constante (F r = 0 a=0), temos a seguinte condição:

T = PF+ . Onde F A é uma força de atração que a esfera “A” experimenta. Mesmo que a esfera condutora “A” seja neutra, ela experimenta uma força de atração devido às cargas da esfera “B” por causa da indução eletrostática.

2
2

www.profafguimaraes.net

Assim, durante a subida com velocidade constante, temos a seguinte condição:

T

2

= PF.

R

Onde F R é a força de repulsão experimentada pela esfera condutora “A”. Após manter contato direto com a esfera condutora “B”, a esfera “A” fica eletrizada por contato adquirindo carga elétrica de mesmo sinal que a carga da esfera “B”. Assim, surge uma força de repulsão devido ao princípio de repulsão das cargas de mesmo sinal.

A(

B(

C( ). M está neutra e P positivamente

).

).

M e P estão eletrizadas positivamente; M está negativa e P neutra;

eletrizada.

D(

).

M e P estão eletrizadas negativamente;

E(

).

M e P foram eletrizadas por indução.

Resolução:

Quando a placa metálica M sofre a incidência de luz violeta perde elétrons, ficando assim carregada positivamente. A esfera sofre o processo da indução e é atraída para a placa, entrando em contato direto com a referida placa. Assim, a esfera fica eletrizada com carga de mesmo sinal da placa metálica. A alternativa correta é a letra A.

Assim, podemos concluir: T 1 > PT> . 2 Letra “D”. Questão 5 (FUVEST) Dispõe‐se
Assim, podemos concluir:
T 1 > PT> .
2
Letra “D”.
Questão 5
(FUVEST) Dispõe‐se de uma placa metálica M e
de uma esferinha metálica P, suspensa por um fio
isolante, inicialmente neutras e isoladas. Um feixe
de luz violeta é lançado sobre a placa retirando
partículas elementares da mesma.
As figuras (1) e (4) adiante, ilustram o desenrolar
dos fenômenos ocorridos.
Questão 6
M
M
bastão B
P
+++++++++
+ + S
+
+++++++++
+
Luz
‐ ‐
+
R
violeta
P
P
isolante
(1)
(2)
M
M
P
P
P
S
A ( )
B (
)
+
isolante (1) (2) M M P P P S A ( ) B ( ) +

(3)

(1) (2) M M P P P S A ( ) B ( ) + ‐

(4)

Podemos afirmar que na situação (4):

( ) + ‐ (3) (4) Podemos afirmar que na situação (4): (FUVEST) Quando se aproxima
( ) + ‐ (3) (4) Podemos afirmar que na situação (4): (FUVEST) Quando se aproxima

(FUVEST) Quando se aproxima um bastão B, eletrizado positivamente, de uma esfera metálica, isolada e inicialmente descarregada, observa‐se a distribuição de cargas representada na figura a abaixo.

Mantendo o bastão na mesma posição, a esfera é conectada à terra por um fio condutor que pode ser ligado a um dos pontos P, R ou S da superfície da esfera. Indicando por () o sentido do fluxo

transitório ( Φ ) de elétrons (se houver) e por (+), (‐) ou (0) o sinal da carga final da esfera, o esquema que representa Φ e Q é:

3
3

www.profafguimaraes.net

B( ). S C ( ) D( ) C( ). + 0 D( ). As
B(
).
S
C (
)
D( )
C(
).
+
0
D(
).
As afirmativas II e III são corretas;
Afirmativas I e III são corretas
Somente a afirmativa III é correta;
R
E(
).
Nenhuma das alternativas é correta.
Resolução:
I.
P
E (
)
II.
Resolução:
III.
A alternativa correta é a letra E. Nesse processo
de indução elétrica, os elétrons sofrem atração
devido às cargas positivas do corpo indutor.
Sendo indiferente então onde se deve conectar o
fio terra no corpo induzido.
Questão 7
Questão 8
(ITA) Um objeto metálico carregado
positivamente, com carga +Q, é aproximado de
um eletroscópio de folhas, que foi previamente
carregado negativamente com carga igual a –Q.
­
­
terminal
+ +
­
­
+
+
+ +
­
folhas
­
­ ­
Eletroscópio
I.
À medida que o objeto for se aproximando
do eletroscópio, as folhas vão se abrindo
além do que já estavam;
II.
À medida que o objeto for se aproximando,
as folhas permanecem como estavam;
III.
Se o objeto tocar o terminal externo do
eletroscópio, as folhas devem
necessariamente fechar‐se.
contato externo
contato interno
Neste caso, pode‐se afirmar que:
A( ). Somente a afirmativa I é correta;

Errada. A medida que o objeto metálico for se aproximando do eletroscópio, as cargas negativas das folhas sofrem atração pelas cargas positivas do objeto migrando para o terminal, ficando as folhas cada vez com menos carga negativa. Errada, vide item I. Certa. Ocorre uma neutralização pois a

carga do objeto metálico possui o mesmo módulo da carga do eletroscópio. Assim, as folhas ficarão neutras não se repelindo mais. Alternativa correta é a letra “D”.

Na extremidade de um bastão isolante, existe uma pequena esfera metálica eletrizada com carga positiva Q. Quer‐se transferir essa carga para uma outra esfera metálica, oca, neutra e bem maior.

Para tanto, o bastão pode ser colocado em contato externo ou contato interno com a esfera neutra.

Pode‐se afirmar que, após o contato, a carga adquirida pela esfera oca será:

4
4

www.profafguimaraes.net

A( ). A mesma, quer o contato tenha sido externo ou interno;

B(

).

Menor, se o contato for interno;

C(

).

Nula, se o contato for externo;

D(

).

Menor, se o contato for externo;

E(

).

Nula, se o contato for interno.

Resolução:

A alternativa correta é a letra “D”. Se o contato for interno, pelo princípio da
A alternativa correta é a letra “D”. Se o contato for
interno, pelo princípio da repulsão das cargas de
mesmo sinal, toda carga elétrica se redistribuirá
na superfície externa da esfera, que é a
configuração mínima de repulsão. Sendo o
contato externo, nem toda carga se redistribuirá
na superfície externa da esfera.
Questão 9
Têm‐se n esferas condutoras neutras e uma
eletrizada com carga elétrica q, todas de mesmo
raio. Pede‐se determinar a carga final da esfera
eletrizada, após contatá‐la sucessivamente com
as n esferas neutras.
Resolução:
No primeiro contato da esfera eletrizada com a
primeira esfera neutra, a carga adquirida por
cada esfera é de:
q/2.
Metade para cada esfera, pois elas possuem o
mesmo raio. No segundo contato da esfera
eletrizada com a segunda esfera neutra, a carga
adquirida por cada esfera é de:
q
q
2 q
= =
.
2
2
42
No terceiro contato:
q
q
2 2
=
.
3

2

2

Assim, no nésimo contato, teremos:

q

.

2 n

5
5

www.profafguimaraes.net