Você está na página 1de 48

Tuberculose

Tuberculose:

O que é?

Qual a sua importância?


TUBERCULOSE

INTRODUÇÃO

Doença causada pelo agente Mycobacterium tuberculosis


Identificado pela 1ª vez em 1882 por Robert Koch
Aeróbio;
Tempo de multiplicação longo;
capacidade de permanecer inativo nos tecidos
Bacilo álcool ácido resistente; (BAAR)
PPD – polipéptido da membrana

… também denominado bacilo de Koch

Antiga, mas actual …


TUBERCULOSE

EPIDEMIOLOGIA
TUBERCULOSE: uma das principais causas de morte por doença infecciosa.

2010:
Incidência mundial: 8.8 milhões indivíduos/ano (8.5-9.2)
2/3 doentes entre os 15-59 anos

MULTIRESISTÊNCIA (2009: 3.3%dos novos casos; ≈ 440 000/novos


casos/ano)

TUBERCULOSE e HIV

World Health Organization, Global tuberculosis control: Who report 2011. http://www.who.int/tb/publications/global_report/2011/gtbr11_full.pdf
TUBERCULOSE

EPIDEMIOLOGIA

Incidência de tuberculose estimada, 2011.


World Health Organization, Global tuberculosis control: Who report 2011. http://www.who.int/tb/publications/global_report/2011/gtbr11_full.pdf
TUBERCULOSE

EPIDEMIOLOGIA: Portugal

2016: 16/100.000 habitantes

www.dgs.pt
TUBERCULOSE

EPIDEMIOLOGIA: Portugal

www.dgs.pt
Tuberculose:

Patogenia
TUBERCULOSE

FISIOPATOLOGIA

Transmissão:
Doente com tuberculose
pulmonar / vias aéreas à Gotículas
infecciosas (tosse, espirro …) à
Inalação de gotículas infecciosas à
Multiplicação dos bacilos nos
alvéolos à gânglios linfáticos (outros
órgãos)
TUBERCULOSE
TUBERCULOSE

FISIOPATOLOGIA

Infeção ≠ Doença

Primoinfecção
Foco Primário

Tuberculose Latente Tuberculose Doença


(sem sintomas)
TUBERCULOSE

EVOLUÇÃO DAS LESÕES DEPENDE

• Virulência e nº de bacilos infetantes; • Infeção HIV;

• Imunidade natural e adquirida do •Toxicodependência;

hospedeiro;
• Silicose;

• Idade;
• Diabetes;

• Desnutrição;
•Corticoterapia;

• Alcoolismo;
•…
TUBERCULOSE

GRUPOS DE RISCO
• HIV +

• TOXICODEPENDÊNCIA

• IMIGRANTES

• SEM ABRIGO

• ALCOOLISMO
TUBERCULOSE

FORMAS
Tuberculose Pulmonar

Tuberculose Extra-pulmonar
- Ganglionar
- Pleural
- Óssea,
- SNC (meníngea …)
- Vias aéreas superiores
- Genitourinária
- Pericárdica
- Disseminada …
TUBERCULOSE
TUBERCULOSE

Complexo do Gohn ou Complexo Primário

Tomografia Computorizada do tórax: nódulo de Gohn calcificado na base


do pulmão direito (A) com adenopatia calcificada hilar direita (B)
TUBERCULOSE

Tuberculose Pulmonar

Telerradiografia do tórax (A e B)
e Tomografia Computorizada
(TC) do tórax (C): Tuberculose
pulmonar cavitada no vértice
direito confirmada por TC.
TUBERCULOSE

Tuberculose Pulmonar

Doente com SIDA e tuberculose miliar


TUBERCULOSE

Tuberculose Ganglionar
TUBERCULOSE

Tuberculose Pleural

Telerradiografia do tórax: Derrame


pleural à esquerda.
TUBERCULOSE

Tuberculose Óssea
TUBERCULOSE

Tuberculose Laríngea
Tuberculose:

Manifestações clínicas
TUBERCULOSE

MANIFESTAÇÕES CLINICAS
Tuberculose Pulmonar

Expetoração
Tosse > 3 semanas Febrícula vespertina

Perda Ponderal

Outros sintomas respiratórios: hemoptises; dor torácica; dispneia


Outros sintomas constitucionais: febre / suores nocturnos, astenia,
anorexia
TUBERCULOSE

MANIFESTAÇÕES CLINICAS
Tuberculose Pleural
Início agudo

Febrícula vespertina

Tosse

Dor torácica

Também sub-aguda …
Tuberculose:

Diagnóstico doença
TUBERCULOSE

DIAGNÓSTICO

Identificação Mycobacterium tuberculosis


(expetoração, secreções brônquicas, suco gástrico, biópsia pleural,
biópsia ganglionar … )
TUBERCULOSE PLEURAL

DIAGNÓSTICO
Exame Micobacteriologico

Exame cultural à identifica a Mycobacterium


Exame directo tuberculosis e permite realizar o teste de sensibilidade
aos antibacilares; contudo, pode demorar até 6-8
semanas.

BAAR, coloração Ziehl-Neelsen

Mycobacterium tuberculosis
TUBERCULOSE

DIAGNÓSTICO
Polymerase Chain Reaction (PCR)
ü Baseia-se na amplificação de fragmentos de DNA (permite deteção de
amostras com ≈ 10 bacilos)

ü Elevada especificidade mas baixa sensibilidade;

ü Diagnóstico mais rápido;

ü Elevados custos, baixa sensibilidade e tecnologia inerente ao


procedimento não permite o sua utilização rotineira.
TUBERCULOSE

DIAGNÓSTICO
Exames Imagiológicos

Telerradiografia do tórax:

TC tórax:
TUBERCULOSE

DIAGNÓSTICO
ADA líquido pleural

üFácil, pouco dispendioso e minimamente invasivo;

üSensibilidade 92% e Especificidade 90% para o diagnóstico de derrame


pleural de etiologia tuberculosa;

ü “Cut-off” com maior aceitação: 40 U/L (>70 U/L altamente sugestivo);

üContudo, derrame pleural associado a outras etiologias também cursam


com ADA elevado…
TUBERCULOSE

DIAGNÓSTICO
Biopsia (pleural, ganglionar, …)
ü HISTOLOGIA: Inflamação granulomatosa é altamente sugestivo;
contudo, na presença de imunodeficiência podem não estar presentes.

Granuloma com necrose caseosa

ü EXAME DIRECTO E CULTURAL


Tuberculose:

Diagnóstico TB latente
TUBERCULOSE

DIAGNÓSTICO
Prova tuberculínica - Mantoux
- Teste positivo apoia o diagnóstico nas zonas de baixa prevalência e
não vacinação;
- Contudo, vários falsos positivos e falsos negativos; Necessária leitura
às 48h-72horas
TUBERCULOSE

DIAGNÓSTICO
Interferon-ᵧ Release Assays (IGRA)

QuantiFERON-TB Gold e T-SPOT.TB: Úteis na identificação de


indivíduos infectados por M.tuberculosis.

Teste sanguíneo; não necessita de leitura


Tuberculose:

Tratamento
TUBERCULOSE

TRATAMENTO

OBJECTIVOS:
1. Tratar o doente;
2. Evitar a morte por tuberculose evolutiva
3. Prevenir sequelas;
4. Prevenir recaída;
5. Reduzir a transmissão de tuberculose a outros indivíduos
6. Prevenir o aparecimento de multiresistências
TUBERCULOSE

TRATAMENTO

• Na “Era Pré-Farmacológica”
– Hiperalimentação

– Repouso ao ar livre e isolamento

– Helioterapia

– Intervenção cirúrgica (alguns)


Taxa de Mortalidade

aos 5 anos: 40-50%


TUBERCULOSE

TRATAMENTO

• História

– 1946: Estreptomicina

– 1952: Isoniazida

– 1970: Rifampicina

….
TUBERCULOSE

TRATAMENTO
Antibacilares
1ª linha:
Isoniazida (H)
Rifampicina (R)
Pirazinamida (Z)
Etambutol (E)
Estreptomicina (S)
2ª linha:
Taxa de Sucesso aos 5
….

Durante vários meses e terapêutica múltipla anos: 95%


TUBERCULOSE

TRATAMENTO

TOD: toma observada directamente


TUBERCULOSE

TRATAMENTO

Esquemas:

2 HRZE / 4 HR (tuberculose pulmonar e extra-pulmonar,

exceto tuberculose do SNC, óssea e articulações).

Corticoterapia: tuberculose meníngea e pericárdica


TUBERCULOSE

TRATAMENTO

Tuberculose Multiresistente:

- forma de doença activa causada por bactérias que são

resistentes a dois dos principais antibacilares (isoniazida e

rifampicina).
Tuberculose:

Sequelas
TUBERCULOSE

SEQUELAS

Pneumectomia e corte de costelas

Calcificações pleurais
TUBERCULOSE

SEQUELAS

Bronquiectasias

Pneumotorax iatrogénico
Em suma …
TUBERCULOSE

CONCLUSÃO

ü TUBERCULOSE: doença infeciosa causada pela bactéria Mycobacterium

tuberculosis

ü Uma das principais causas de morte por doença infeciosa a nível mundial

ü Transmissão pessoa-pessoa através de goticulas infetadas

ü Pulmonar e extrapulmonar (ganglionar, pleural …)

ü Diagnóstico definitivo: identificação da Mycobacterium tuberculosis

ü Tratamento: terapêutica múltipla e vários meses (tuberculose pulmonar e

pleural: 2 HRZE/4HR)