Você está na página 1de 4

ELETRICIDADE APLICADA

LISTA DE EXERCÍCIOS DA AP2

a) Grupos de no máximo 05 pessoas;


b) Entregar no dia da AP2;
c) A organização conta como nota;
d) Cada exercício não feito conta 0,1 a menos na nota:
01 – Qual o conceito de admitância, condutância, susceptância indutiva e capacitiva?

02 – Dado o circuito a seguir:

Dados R = 100 Ω; L = 130 mH; C = 1 μF; V = 100 Vrms. Determine:


a) A frequência de ressonância.
b) A corrente fornecida pelo gerador na frequência de ressonância.
c) O ângulo de defasagem entre tensão e corrente do gerador na ressonância.
03 – Dado o circuito a seguir:

Dados R = 30 Ω; XL = 40 Ω; XC = -20 Ω; V = 200 Vrms. Determine:


a) Determine as correntes em cada elemento na forma complexa polar.
b) Determine a impedância equivalente do circuito na forma complexa polar.
c) Determine a corrente total fornecida pelo gerador.
d) Faça o triângulo de potência e o diagrama fasorial deste circuito.
04 - Em um circuito RC série alimentado por um gerador de 110 Vrms, com módulos de
resistência e reatância iguais a 30 Ω e 40 Ω respectivamente, pede-se:
a) Determine a impedância equivalente do circuito (Z) na forma complexa polar.
b) Determine a corrente total do circuito (I) na forma complexa polar.
c) Determine as tensões sobre o resistor (VR) e sobre o capacitor (VC) na forma complexa
polar.
d) Desenhe o diagrama fasorial do circuito contendo a corrente total (I), a tensão do
gerador (V), a tensão sobre o resistor (VR) e a tensão sobre o capacitor (VC).
05 - Em um circuito RC paralelo alimentado por um gerador de 220 Vrms, com módulos
de resistência e reatância iguais a 20 Ω e 15 Ω, respectivamente, determine:
a) A impedância equivalente do circuito (Z) na forma complexa polar.
b) A corrente total do circuito (I) na forma complexa polar.
c) A potência ativa (P) do circuito.
d) A potência reativa (Q) do circuito.
e) A potência aparente (S) do circuito.

06- Em um circuito RL série alimentado por um gerador de 110 Vrms, com módulos de
resistência e reatância iguais a 30 Ω e 40 Ω respectivamente, pede-se:
a) Determine a impedância equivalente do circuito (Z) na forma complexa polar.
b) Determine a corrente total do circuito (I) na forma complexa polar.
c) Determine as tensões sobre o resistor (VR) e sobre o indutor (VL) na forma complexa
polar.
d) Desenhe o diagrama fasorial do circuito contendo a corrente total (I), a tensão do
gerador (V), a tensão sobre o resistor (VR) e a tensão sobre o indutor (VL).

07 - Em um circuito RL paralelo alimentado por um gerador de 220 Vrms, com módulos


de resistência e reatância iguais a 50 Ω e 30 Ω respectivamente, pede-se:
a) Determine a impedância equivalente do circuito (Z) na forma complexa polar.
b) Determine a corrente total do circuito (I) na forma complexa polar.
c) Determine as correntes no resistor (IR) e no indutor (IL) na forma complexa polar.
d) Desenhe o diagrama fasorial do circuito contendo a corrente total (I), a tensão do
gerador (V), a corrente no resistor (IR) e a corrente no indutor (IL).
08- Num circuito RLC série, a tensão eficaz no resistor, indutor e capacitor valem,
respectivamente, 30V, 90V e 50V. Determine o valor da tensão eficaz da fonte CA que
alimenta o circuito.

09 - Num circuito RLC série, a corrente está adiantada de 60º em relação a tensão.
Considerando uma impedância de 200Ω e que XC=2.XL, calcule a resistência e as
reatâncias.
10 - Calcule a impedância ZAB de um circuito RLC série, onde R=1Ω, L=1H e C=1F, à
frequência (a) 0, (b) 1mHz, (c) 1Hz, (d) 1kHz, (e) 1MHz e (f) 0,159Hz.
11 - Para o circuito da figura dada, calcule I, VAB, VBC, VCD, VAC e VBD.
4.Para o
circuito da 50 0,1H 100µF
figura dada,
calcule I, VAB,
VBC, VCD, VAC A B C D
e VBD .

100V / 60Hz

12 - 5. Qual a frequência de ressonância de um circuito RLC série, se R=1mΩ, L=1mH e


C=1mF?

13 - Num transformador, a razão entre o número de espiras no primário (N1) e o número


de espiras no secundário (N2) é N1/N2 = 10. Aplicando-se uma diferença de potencial
alternada V1 no primário, a diferença de potencial induzida no secundário é V2. Supondo
tratar-se de um transformador ideal, qual a relação entre V2 e V1?
14 – Por que elevamos a tensão para a transmissão de energia elétrica? Uma outra solução
seria usar uma corrente alta. Essa solução seria viável economicamente? Explique.
15 – O que é um transformador? Para que servem? Quais os princípios físicos que eles
são baseados?
16 - Cite 02 vantagens e 02 desvantagens da transmissão em corrente contínua.
17 - Explique o porquê da vantagem da transmissão trifásica em relação aos sistemas
monofásicos e bifásicos?
18 – O que é o efeito corona? E qual a sua influência nas linhas de transmissão?
19 - Uma tensão senoidal: V = 127∠-30ºVrms/60Hz, é aplicada sobre um resistor de
resistência igual a 100 Ω. Pede-se: a) Expresse a impedância do circuito na forma
complexa polar. b) Calcule a corrente elétrica na forma complexa polar. c) Represente a
expressão matemática da tensão e da corrente em função do tempo. d) indique seus
valores de pico (VP e IP) e o ângulo de defasagem entre tensão e corrente (ϕ). e) Esboce
o diagrama fasorial da tensão e da corrente. f) Calcule as potências ativa (P). Aparente (S
) e reativa (Q).