Você está na página 1de 10

MATERIAL DE APOIO PARA O ESTUDO DAS AVALIAÇÕES

01 - A maioria das reações químicas que ocorrem nos organismos vivos é catalisada pelas enzimas. Dessa maneira, leia as
afirmações abaixo:
I – A amilase é uma enzima que catalisa a hidrólise do trigliglicerídeo em ácidos graxos e glicerol.
II – As lipases são encontradas em todas as células de todos os tecidos dos animais, e convertem a acetilcolina em colina e
ácido acético.
III – As enzimas atuam em pH ótimo e temperatura ótima, onde a velocidade da sua reação é máxima.
IV – Cada enzima possui um Km, que é a concentração de substrato para se atingir metade da velocidade máxima.
Estão corretas as afirmações:
a) I e III b)II e IV c)III e IV d)I e IV e)II e III
02 - Sobre agentes que interferem com a fosforilação oxidativa, analise as afirmações abaixo:
I – O Monóxido de Carbono (CO) liga-se ao complexo II e impede o fluxo de elétrons.
II - Os inibidores do complexo I, como a rotenona, impedem a utilização de NADH como substrato.
III - Os desacopladores, como o dinitrofenol, conseguem transportar os prótons sem a utilização da ATP sintase.
IV - A oligomicina é um antibiótico que inibe o funcionamento do complexo III.
Estão corretas as afirmações:
a) I e III b)II e IV c)III e IV d)I e IV e)II e III
03 – A semente de linhaça é considerada hoje um alimento funcional, depois de séculos de uso na alimentação e na medicina
natural. Os benefícios da linhaça são atribuídos ao seu óleo rico em ácido alfalinolênico, lignanas e fibras alimentares. Ao
analisar o consumo desse alimento por são observados bons resultados no controle das taxas da gordura no sangue. Ou seja,
redução dos níveis de colesterol LDL e triglicérides com aumento do colesterol HDL, que reduz o risco de infarto e derrame.
Desta forma pode-se concluir que os alimentos funcionais são de grande importância no aumento da expectativa de vida da
população. (e-Scientia, Belo Horizonte, Vol. 5, N.º 2, p. 33-40. (2016). “O óleo de linhaça é composto por ácidos graxos
classificados como ômegas”. Analisando o texto, assinale a alternativa que corresponde a correta classificação e importância
dos ácidos graxos componentes do óleo de linhaça.
a) São classificados como ácidos graxos essenciais, pelo fato de serem utilizados por nosso organismo para a síntese de
compostos como os eicosanóides, além de estar relacionado com o controle de LDL e HDL.
b) São classificados como triacilglicerídeos essenciais, pelo fato de serem utilizados por nosso organismo para a síntese de
compostos como os eicosanóides, além de estar relacionado com o controle de LDL e HDL.
c) São classificados como ácidos graxos não essenciais, pelo fato de serem utilizados por nosso organismo para a síntese de
compostos como os eicosanóides, além de estar relacionado com o controle de LDL e HDL.
d) São classificados como proteínas essenciais, pelo fato de serem utilizados por nosso organismo para a síntese de
compostos como os eicosanóides, além de estar relacionado com o controle de LDL e HDL.
e) São classificados como ácidos graxos essenciais, pelo fato de serem utilizados por nosso organismo para a síntese de
compostos como o glicogênio, além de estar relacionado com o controle de LDL e HDL.

04 - A síntese de glicose a partir de precursores não glicídicos ocorre através de um processo chamado de neoglicogênese ou
gliconeogênese. Essa via metabólica é muito importante porque o cérebro é altamente dependente de glicose como alimento
primário. Também as hemácias necessitam de glicose. A necessidade diária de glicose do cérebro de um adulto típico é de
cerca de 120 g, o que explica a maior parte dos 160 g de glicose necessários para todo o corpo. Analisando o texto sobre esta
via metabólica, assinale a alternativa correta:
a) Os precursores não glicídicos da glicose entram na via, principalmente como acetilCoA, piruvato, oxaloacetato e 3-
fosfoglicerato.
b) O lactato formado pelo organismo no sangue e músculos através de atividades física intensa é convertido em glicose no
cérebro.
c) A primeira reação de síntese de glicose a partir de piruvato se dá pela ação da enzima piruvato desidrogenase (oxi-redução)
através do ciclo de krebs
d) A Acetil-CoA produzida na mitocôndria pela descarboxilação do piruvato pode ser convertida a glicose através da
gliconeogenese.
e) Os precursores não glicídicos da glicose entram na via, principalmente como lactato, aminoácidos (alanina) e glicerol.

05 – A Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, aprova o uso de uma combinação de fármacos para o diabetes tipo
2. O comprimido soma dois princípios ativos. A metformina que diminui a produção de glicose pelo fígado e a saxagliptina que
faz o pâncreas liberar mais insulina. A Metformina, também conhecida pelos nomes comerciais Glifage, Dimefor, Glucoformin,
Glucophage e Risidon, é a droga por via oral (antidiabético oral) mais usada para o controle glicêmico deste tipo de diabetes.
Reduz a produção de glicose pelo fígado, aumenta a sensibilidade dos tecidos, principalmente dos músculos, à insulina e
reduz a absorção de glicose pelo trato gastrointestinal. Em relação a produção de insulina pelo nosso organismo, é possível se
concluir que:
a) É produzida pelas células β das ilhotas de Langherans (pâncreas) e atua como um hormônio catabólico liberado em
concentrações elevadas em períodos de hipoglicemia.
b) É produzida pelas células α das ilhotas de Langherans (pâncreas) e atua como um hormônio catabólico liberado em
concentrações elevadas em períodos de hipoglicemia.
c) É produzida pelas células β das ilhotas de Langherans (pâncreas) e atua como um hormônio anabólico liberado em
concentrações elevadas em períodos de hiperglicemia.
d) É produzida pelas células β das ilhotas de Langherans (pâncreas) e atua como um hormônio anabólico liberado em
concentrações elevadas em períodos de hipoglicemia.
e) É produzida pelas células α das ilhotas de Langherans (pâncreas) e atua como um hormônio anabólico liberado em
concentrações elevadas em períodos de hiperglicemia.
06 - Os ácidos graxos poliinsaturados abrangem as famílias de ácidos graxos ômega-3 e ômega-6. Os ácidos graxos de cadeia
muito longa, como os ácidos araquidônico e docosaexaenóico, desempenham importantes funções no desenvolvimento e
funcionamento do cérebro e da retina. Esse grupo de ácidos graxos não pode ser obtido pela síntese de novo, mas pode ser
sintetizado a partir dos ácidos linoléico e alfa-linolênico presentes na dieta. A partir das informações no texto podemos afirmar
que:
a) os ácidos graxos ômega-3 e ômega-6 são classificados como ácidos graxos essenciais, os quais são produzidos pelos
vegetais.
b) os ácidos graxos ômega-3 e ômega-6 fazem parte dos carboidratos, os quis são produzidos por fungos.
c) os ácidos graxos ômega-3 e ômega-6 são classificados como pertencentes a classe do colesterol, derivados de animais.
d) os ácidos graxos ômega-3 e ômega-6 pertencem a classe dos aminoácidos identificados como essenciais.
e) os ácidos graxos cera-3 e cera-6 são classificados como triacilgliceróis essenciais, os quais são produzidos pelos vegetais.

07 - As enzimas são catalisadores das reações bioquímicas, isto é, atuam tornando possível uma nova reação com energia de
ativação menor. Isso significa que simplesmente com a sua presença e sem serem consumidas durante o processo, as
enzimas conseguem:
a) acelerar os processos bioquímicos formando os produtos em uma velocidade adequada ao organismo.
b) retarda os processos bioquímicos formando os produtos em uma velocidade adequada ao organismo.
c) modificar a velocidade de uma reação química, fato este que não interfere em nada no bom funcionamento de um
organismo.
d) promover um aumento na energia de ativação, o que favorece o bom funcionamento de um organismo.
e) participar de uma reação, e ao ser consumida na mesma, pode ser reutilizada inúmeras vezes.

08 – Analise as afirmações
I - A ação gástrica na digestão dos lipídios está relacionada com os movimentos peristálticos do estômago, produzindo uma
emulsificação dos lipídios, dispersando-os de maneira equivalente pelo bolo alimentar. A chegada do bolo alimentar acidificado
(presença de gordura e proteína) no duodeno induz a modificações fisiológicas.
PORQUE
II. Os ácidos biliares são derivados do colesterol e sintetizados no fígado, sendo responsáveis pela formação da micela e
consequente absorção dos lipídeos pelos enterócitos.
A)As duas asserções são proposições verdadeiras, e a segunda é uma justificativa correta da primeira.
B)As duas asserções são proposições verdadeiras, mas a segunda não é uma justificativa da primeira.
C)A primeira asserção é uma proposição verdadeira, e a segunda é uma proposição falsa.
D)A primeira asserção é uma proposição falsa, e a segunda é uma proposição verdadeira
E)As duas asserções são proposições falsas.

09 - Carboidratos são poliidroxialdeídos ou poliidroxicetonas ou, substâncias que liberam tais compostos por hidrólise. O termo
sacarídeo é derivado do grego sakcharon que significa "açúcar". Por isso, são assim denominados, embora nem todos
apresentem sabor adocicado. O termo carboidratos denota hidratos de carbono, designação oriunda da fórmula geral (CH 2O)n
apresentada pela maioria dessas moléculas. Podem ser divididos em três classes principais de acordo com o número de
ligações glicosídicas, que são:
a) monossacarídeos, dissacarídeos e polissacarídeos.
b) lipídeos, proteínas e ácidos graxos
c) monossacarídeo, lipoproteína e triacilglicerol.
d) dissacarídeo, polissacarídeo e proteínas.
e) polissacarídeo, peptídeo e amido

10 - Você já deve ter ouvido que é comum a produção de ácido lático nos músculos de uma pessoa, em ocasiões que há
esforço muscular exagerado. A quantidade de oxigênio que as células musculares recebem para a respiração aeróbia é
insuficiente para a liberação da energia necessária para a atividade muscular intensa. Nessas condições, ao mesmo tempo em
que as células musculares continuam "respirando", elas começam a fermentar uma parte da glicose, na tentativa de liberar
energia extra. O ácido láctico se acumula no interior da fibra muscular produzindo dores, cansaço e cãibras. Depois, uma parte
desse ácido é conduzida pela corrente sanguínea em direção ao:
a) fígado, local no qual é convertido em piruvato.
b) coração, momento no qual você começa a sentir dores localizadas no peito.
c) ao rim, sendo eliminado em grande concentração pela urina.
d) pâncreas, sendo utilizado na síntese do hormônio insulina.
e) músculo, novamente, para ser utilizado para a produção de energia.

11 - Leia as asserções e, em seguida, assinale a alternativa correta.


I.O diabetes mellitus do tipo 1 (DM-I) é uma condição autoimune caracterizada por hiperglicemia e pela prevalência de
vias metabólicas degradativas, com a atuação do glucagon ocorrendo sem o antagonismo da insulina
PORQUE
II. Mesmo o indivíduo estando com altos níveis de açúcar no sangue, existe uma carência de glicose na célula,
estimulando as vias glicólise e glicogênese para a obtenção de energia, resultando em um metabolismo similar àquele
presente em um jejum prolongado.
A)As duas asserções são proposições verdadeiras, e a segunda é uma justificativa correta da primeira.
B)As duas asserções são proposições verdadeiras, mas a segunda não é uma justificativa da primeira.
C)A primeira asserção é uma proposição verdadeira, e a segunda é uma proposição falsa.
D)A primeira asserção é uma proposição falsa, e a segunda é uma proposição verdadeira
E)As duas asserções são proposições falsas.
12 - Um incêndio durante uma festa na boate Kiss, em Santa Maria (RS), terminou em tragédia na madrugada do dia 27 de
janeiro de 2013. Um dos gases tóxico liberado com a queima do poliuretano, polímero sintético presente no revestimento
acústico, foi o gás cianídrico. Essa substância, ao ser inalada, resulta em asfixia química afetando o metabolismo humano.
Nesse contexto, determine entre as alternativas qual o metabolismo foi afetado.
A. Ruptura da membrana mitocondrial.
B. Interrupção da transferência dos elétrons do FADH2 (complexo II) na cadeia respiratória.
C. Interrupção da transferência dos elétrons do NADH (complexo I) na cadeia respiratória.
D. Interrupção da transferência dos elétrons para o O2 (complexo IV) na cadeia respiratória.
E. Interrupção da transferência dos prótons H+ (por inibição da enzima ATP sintase) na cadeia respiratória.

13 - Indique a alternativa correta sobre lipídios.

I. Podemos realizar a síntese de todos os lipídios necessários para a manutenção de um organismo saudável, por isso é
possível haver a ausência completa destes da dieta.
II. Estão relacionados com reserva de energia, isolamento térmico, componentes de membranas, síntese de hormônios e
vitaminas.
III. O colesterol é um lipídio que quando em excesso causa danos à saúde.
De acordo com as proposições apresentadas, é CORRETO afirmar que:
A. Somente II é verdadeira
B. Somente a I é verdadeira
C. Somente a III é verdadeira
D. Somente I e III são verdadeiras
E. Somente II e III são verdadeiras

14 - “Não é incomum começar o dia com uma bela xícara de leite, seja com café, achocolatado ou mesmo puro geladinho. Mas
o que muita gente não sabe é que com o passar dos anos, a nossa intolerância à lactose vai aumentando.
Na verdade, cerca de 60 a 75% da população mundial é intolerante aos derivados de leite mas não sabe disso, segundo a
fundadora americana do Centro Digestivo para Mulheres Chevy Chase, Dra. Robynne Chutkan. E os números são realmente
assustadores: de acordo com a Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos, 30 milhões de americanos com a faixa
etária de 20 anos possuem algum grau de indigestão ao leite.” (Fonte: Redação Cláudia em 31 maio 2016, citado em
abril/2017; disponível em: http://claudia.abril.com.br/saude/voce-pode-nao-desconfiar-mas-pode-ter-intolerancia-a-lactose-
saiba-como-descobrir/)
Sobre a intolerância à lactose, sabemos que:
I - Ser intolerante à lactose significa que o seu corpo tem dificuldades na hora de digerir esta substância, que é um
tipo de açúcar naturalmente encontrado no leite e seus derivados.
PORQUE
II. Não é a mesma coisa que alergia a algum tipo de alimento, pois a intolerância causa apenas um desconforto e outros
problemas (bem) menos graves.
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta:

A) As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I.


B) As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I.
C) A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa.
D) A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira.
E) As asserções I e II são proposições falsas

15 - A glicose é utilizada como substrato energético em todas as células, no entanto existem mecanismos que diferenciam a
distribuição, utilização e armazenamento desse substrato entre os diferentes tecidos. Sobre o assunto, assinale a alternativa
correta:
a)os transportadores de glicose do tipo 4 apresentam regulação hormonal, sendo ativados fisiologicamente na hiperglicemia.
b)transportadores de glicose de tecidos com neurônios e hemácias apresentam dependência da insulina para a manutenção da
glicose intracelular.
c)a glicose como substrato energético das células terá sua origem na dieta do organismo.
d)o glicogênio encontrado no organismo humano é responsável pela manutenção da glicemia durante os períodos de jejum.
e)o metabolismo energético aeróbico é encontrado em todos os tecidos e células humanas.

16 - O metabolismo energético possui várias etapas e diferentes mecanismos regulatórios. A partir de diferentes fontes
energéticas é possível produzir energia através do acoplamento de reações químicas, entre elas reações de oxirredução. Uma
das vias centrais do metabolismo energético é o Ciclo de Krebs, que está descrito corretamente na afirmativa:
A) O gás oxigênio é elemento essencial para sua atividade, servindo como substrato enzimático.
B) Trata-se de um ciclo altamente oxidativo, em que um acetil-coA inicia o processo resultado em grande quantidade de
energia na forma de ATP.
C) A velocidade e formação de seus produtos é independente da atividade da glicólise e formação de piruvato.
D) A velocidade de reação da primeira enzima do ciclo, citrato sintase, é dependente da quantidade de seus substratos,
oxaloacetato e piruvato.
E) É considerado um processo central do metabolismo energético, podendo ser iniciado
17 - A ß oxidação é um processo catabólico de ácidos graxos que consiste na sua oxidação mitocondrial. Eles sofrem remoção,
por oxidação, de sucessivas unidades de dois átomos de carbono na forma de acetil-CoA. Como exemplo pode ser citado
o ácido palmítico, um ácido graxo de 16 carbonos, que vai sofrer sete reações oxidativas, perdendo em cada uma delas dois
átomos de carbono na forma de acetil-CoA. Ao final desse processo os dois carbonos restantes estarão na forma de acetil-
CoA. Com base neste processo a função da L-canitina é:
A. Promover o transporte de acetil-CoA para a matriz mitocondrial.
B. Promover o transporte do ácido graxo de cadeia longa para o interior da mitocôndria.
C. Não exerce nenhuma influência neste processo.
D. Promove o transporte de acetil-CoA para o citoplasma celular.
E. Realiza, diretamente a oxidação dos ácidos graxos na célula.

18 - Analise a figura a seguir que mostra a mudança da estrutura terciária de uma proteína enzimática, pela modificação das
condições às quais ela está exposta.

Essa mudança é chamada de:


a) Saturação e pode ser causada pela alteração do pH do meio.
b) Renaturação e pode ser causada pela alteração da temperatura do meio.
c) Saponifização e pode ser causada pela alteração de pH do meio.
d) Floculação e pode ser causada pela mudança de densidade do meio.
e) Desnaturação e pode ser causada pela alteração de temperatura do meio.

19 – Assinale a alternativa correta;

A) A intolerância à lactose é uma síndrome clínica que se caracteriza pela incapacidade de sintetizar a lactose nos
monossacarídeos glicose e galactose.
B) A intolerância à lactose provoca sintomas como: dor de cabeça, dores abdominais, pressão alta, que surgem após a
ingestão de leites e derivados.
C) O alívio dos sintomas, na intolerância à lactose, se dá aumentando a ingestão de leite e derivados.
D) A intolerância à lactose é uma síndrome clínica que se caracteriza pela incapacidade de hidrolisar a lactose nos
monossacarídeos glicose e galactose.
E) A intolerância à lactose é um síndrome clínica que se caracteriza pela ausência da enzima galactose que promove a
hidrólise em glicose e galactose.

20 - A biotransformação da amônia ocorre no ciclo da ureia a fim de evitar a toxicidade com a produção de amônia por meio
dos aminoácidos ingeridos. Analise as alternativas e identifique a causa do aumento na produção da ureia.

a)Aumento da eliminação renal b) Aumento do catabolismo proteico c) Redução do catabolismo proteico d) Aumento da
atividade física e)Lesão hepática grave

21 - A fermentação compreende um conjunto de reações enzimaticamente controladas, através das quais uma molécula
orgânica é degradada em compostos mais simples, liberando energia. A glicose é uma das substâncias mais empregadas
pelos microrganismos como ponto de partida na fermentação. É importante perceber que as reações químicas da fermentação
são equivalentes às da glicólise. A desmontagem da glicose é parcial, são produzidos resíduos de tamanho molecular maior
que os produzidos na respiração e o rendimento em ATP é pequeno. Em relação aos processos de fermentação pode-se
afirmar que
a) Na fermentação alcoólica se observa a descarboxilação do piruvato em acetaldeído, com a respectiva redução em etanol.
Neste processo se observa a redução do NADH..
b) Na fermentação láctica se observa a redução anaeróbica do piruvato em lactato, com a oxidação do NADH, na presença da
enzima piruvato desidrogenase.
c) As fermentações lácticas ou alcoólicas só podem ser produzidas por leveduras em um processo redox, com a redução do
NADH e FADH2.
d) A fermentação alcoólica é um processo biológico no qual açúcares como a glicose, frutose e sacarose são convertidos em
energia celular com produção de etanol e dióxido de carbono como resíduos metabólicos na presença ou não de oxigênio.
e) O lactato produzido na fermentação láctica é obtido a partir da oxidação do piruvato em grandes quantidades e transportado
para a mitocôndrias apenas no musculo em condições anaeróbicas
22 - Existem dois tipos principais de inibidores da atividade de uma enzima: os competitivos e os não competitivos. Os
primeiros são aqueles que concorrem com o substrato pelo centro ativo da enzima.
Considere um experimento em que se mediu a velocidade de reação de uma enzima em função da concentração de seu
substrato em três condições:
• ausência de inibidores;
• presença de concentrações constantes de um inibidor competitivo;
• presença de concentrações constantes de um inibidor não competitivo.
Os resultados estão representados no gráfico abaixo:

A curva I corresponde aos resultados obtidos na ausência de inibidores.


As curvas que representam a resposta obtida na presença de um inibidor competitivo e na presença de um não competitivo
estão indicadas, respectivamente, pelos seguintes números:
(A) II e IV
(B) II e III
(C) III e II
(D) IV e III

23 - Leia as asserções e, em seguida, assinale a alternativa correta.


I - Durante uma maratona de São Paulo, discutiu-se a diferença entre o tempo necessário para completar o percurso
para indivíduos do sexo masculino e feminino. Segundo especialistas, uma das razões para o maior desempenho do homem
em relação à mulher seria que ele suportaria uma concentração mais alta de ácido láctico nos músculos durante a corrida.
Porque
II – O acumulo de ácido láctico nos músculos ocorre durante a fermentação láctica muscular que deriva do aumento da
demanda de energia para se completar a corrida, sem o aporte adequado de oxigênio (anaerobiose).

A. As duas asserções são proposições verdadeiras, e a segunda é uma justificativa correta da primeira.

B. As duas asserções são proposições verdadeiras, mas a segunda não é uma justificativa da primeira.

C. A primeira asserção é uma proposição verdadeira, e a segunda é uma proposição falsa.

D. A primeira asserção é uma proposição falsa, e a segunda é uma proposição verdadeira

E. As duas asserções são proposições falsas.

24 - Ele já estava havia muito tempo com a corda no pescoço. Álcool é seu nome de guerra e, desde os primórdios, tornou-se
um fiel companheiro do homem — na alegria e na tristeza, na saúde e na doença. A amizade, porém, logo foi cercada de
suspeitas. Afinal, o ser humano percebeu que, se alguns tragos o conduziam às nuvens, afogar-se no vinho ou em qualquer
outra bebida o levava facilmente à ruína. Na berlinda, o álcool que não costuma faltar às festas é o mesmo que tantas vezes
foi condenado à forca. Dentro do corpo, o etanol muda de nome e de fórmula. Primeiro, ele vira acetaldeído — substância
tóxica que provoca alguns sinais indesejados do porre, como náuseas. Em seguida, torna-se acetato. Por fim, após incontáveis
reações químicas, converte-se em água e gás carbônico, saindo do corpo pela urina, pelo suor e até pela respiração. Com
relação ao etanol, podemos dizer que:
a) é produzido por leveduras em um processo denominado de fermentação láctica e em nosso organismo, quando em
excesso, leva a um quadro de hiperglicemia.
b) é produzido por leveduras em um processo denominado de fermentação alcoólica e em nosso organismo, quando em
excesso, leva a um quadro de hiperglicemia (coma alcoólico).
c) é produzido por leveduras em um processo denominado de fermentação alcoólica e em nosso organismo, quando em
excesso, leva a um quadro de hipoglicemia.
d) é produzido por animais em um processo denominado de fermentação alcoólica e em nosso organismo, quando em
excesso, leva a um quadro de hiperglicemia (coma alcoólico).
e) é produzido por animais em um processo denominado de fermentação láctica e em nosso organismo, quando em excesso,
leva a um quadro de hiperglicemia.

25 - As funções da bile são:


a) emulsificação de lipídeos para as enzimas possam agir sobre as moléculas de gordura; auxiliar no transporte e
absorção de ácidos graxos; meio de excreção; atuar na imunidade inata causando danos a membrana plasmática de
microrganismos.
b) aumentar a ação do HCl na digestão das proteínas da dieta e proteínas do capsídeo viral.
c) Emulsificar as moléculas de gordura da dieta e da membrana externa de bactérias Gram-negativas para que o HCl
possa agir em sua quebra.
d) Aumentam a ação das enzimas gástricas, tais como a pepsina e a lisozima, que digerem o peptidoglicano de
bactérias gram-positivas levando-as à morte por lise.
e) Digerir carboidratos da dieta e da cápsula polissacarídica de microrganismos patogênicos.
26 - A ingestão de grande quantidade de carboidratos (principalmente amido) contribui para a obesidade infantil devido as
possíveis conversões entre as unidades constituintes dos macronutrientes. A glicose pode ser convertida em moléculas de
armazenamento como:

a) glicogênio e triacilglicerol
b) proteína e glicogênio
c) proteína e triacilglicerol
d) glicerol e proteína
e) glicerol e glicogênio

27- Os lipídios da dieta quando em excesso, também contribuem para obesidade. O tipo mais abundante encontrado nos
alimentos são os triacilgliceróis, que são absorvidos pelo intestino e transportados pelas lipoproteínas, juntamente com os
sintetizados endogenamente. Escolha a alternativa correta:
a) a digestão de lipídios acontece predominantemente no intestino delgado, por ação da bile e de lipases pancreáticas.
b) a digestão de lipídios acontece predominantemente no estômago após a liberação de gastrina, acetilcolina e histamina, que
ativam a lipase lingual
c) a absorção de lipídios depende da liberação de fator intrínseco pelas células parietais
d) a digestão de lipídios acontece predominantemente no intestino delgado, após a liberação de gastrina, acetilcolina e
histamina, que ativam a lipase lingual
e) a absorção de lipídios depende da liberação de vitamina D.

28 -A insulina é um hormônio anabólico com efeitos metabólicos potentes. Os eventos que ocorrem após a ligação da insulina
são específicos e estritamente regulados. Assinale a alternativa correta em relação à insulina.:
a) No estado pós-absortivo (jejum) a insulina é produzida e liberada pelo pâncreas favorecendo a glicogênese.
b) No estado absortivo (jejum) a insulina é produzida e liberada pelo fígado favorecendo a gliconeogênese.
c) No estado absortivo (alimentado) a insulina é produzida e liberada pelo pâncreas favorecendo a glicogênese.
d) No estado absortivo (alimentado) a insulina é produzida e liberada pelos músculos favorecendo a glicólise.
e) No estado pós-absortivo (alimentado) a insulina é produzida e liberada pelo pâncreas favorecendo a glicogenólise.

29 -No primeiro passo da 1º etapa da via glicolitica, o processo de fosforilação da molécula da glicose está relacionado com:
a) produção de CO2
b) redução do NAD+
c) síntese de ATP
d) hidrólise de ATP em ADP
e) perda de elétrons

30 - Em relação ao metabolismo dos carboidratos, podemos afirmar que a via metabólica responsável pela manutenção da
taxa glicêmica sob a ação da glicoquinase plasmática, é;
a) Ciclo de Krebs (CO2 e H2O)
b) Gliconeogenese cardíaca
c) Via das pentoses-fosfato
d) Glicogenólise hepática (glucagon)
e) Glicogenese hepática a partir da glicose-6- fosfato

31 - Com relação ao ciclo de Krebs, analise as alternativas abaixo e assinale a incorreta:


a) São geradas moléculas de GTP, carregadas de energia para processos endotérmicos do sistema biológico
b) Ocorre a produção de intermediários que podem servir como substratos para a síntese de aminoácidos, nucleotídeos e
gorduras.
c) Ocorre a liberação de ions H+ os quais serão direcionados para a cadeia de transporte de eletrons
d) Pode ser alimentado por moléculas provenientes de catabolismo de aminoácidos, carboidratos e triacilglicerois
E) Existem algumas etapas que não precisam da participação de enzimas como catalisadoras.

32 - No citoplasma das células a concentração de lactato é maior do que a do piruvato em condições anaeróbicas, e bem
menor em condições aeróbicas. Assinale a alternativa abaixo que justifica esta afirmação.
a) O lactato é produzido a partir do piruvato em grande quantidade apenas em condições anaeróbicas
b) Em condições anaeróbicas o piruvato é transformado em dióxido de carbono
c) Em condições anaeróbicas o piruvato é convertido em glicose através da gliconeogênese
d) Em condições aeróbicas o lactato é o receptor de elétrons na fosforilação oxidativa.
E) Em condições anaeróbicas o piruvato é transportado para a mitocôndria.

33 - A deficiência da enzima piruvatoquinase impede a conversão do fosfoenolpiruvato em piruvato. Essa deficiência é crítica
para a produção de ATP nas hemáceas, sendo uma das causas da anemia hemolítica. A enzima piruvatoquinase está
relacionada com qual via metabólica?
a) Via Glicolítica
b) Ciclo de Krebs
c) Glicogênese
d) Glicogenólise
e) Cadeia respiratória
34 - A cadeia transportadora de elétrons é o meio principal de produção de energia por nossas células. Esse transporte de
elétrons ocorre por meio de complexos enzimáticos situados na membrana interna das mitocôndrias, e são assim organizados,
para facilitar o transporte eficiente dos elétrons. Ao final da cadeia, ocorre a ____________________, que é o processo de
formação do ATP.
a) Fosforilação em nível de substrato
b) Fosforilação oxidativa
c) Glicólise anaeróbia
d) Fermentação láctica
e) Descarboxilação do piruvato

35 - Nos músculos, durante uma atividade física intensa, o NADH produzido na glicólise transfere os seus elétrons para o
piruvato, dando origem ao lactato. A enzima que realiza está processo é a lactato desidrogenase.

Analise o processo, assinalando a alternativa correta:


a) Em relação a enzima lactato desidrogenase podemos afirmar que apresenta natureza não proteica como toda enzima e
realiza um processo de oxi-redução
b) No processo de transformação do piruvato em lactato se observa a oxidação do NADH.
c) O NAD é uma coenzima transportadora de íons H de natureza proteica.
d) No processo de transformação do piruvato em lactato se observa a redução do NADH.
e) No processo de transformação do piruvato em lactato a enzima lactato desidrogenase realiza a hidrólise do substrato.

36 – Os lipídeos são compostos encontrados nos organismos vivos, geralmente insolúveis em água e solúveis em solventes
orgânicos. Nesta classe estão incluídos os óleos, gorduras, ceras, hormônios esteroidais, colesterol, vitaminas lipossolúveis, e
os fosfolipídios (membranas celulares). Em relação a essas biomoléculas nutrientes, analise as afirmações e assinale a
alternativa correta.
I - O colesterol é formado quimicamente por ésteres de ácidos graxos, participando da composição química das membranas
das células animais e é percursor dos hormônios sexuais. Também apresenta a função de reserva alimentar, armazenando de
2 a 3 vezes mais energia que carboidratos ou proteínas.
II - Ácidos graxos são ácidos carboxílicos de cadeias longa, sem ramificações, que podem ser saturados ou insaturados.
Reagem com glicerol formando triacilgliceróis, numa reação conhecida como esterificação.
III - Ácidos graxos essenciais não são produzidos pelo organismo humano, mas podem ser obtidos na dieta através da
ingestão de diversos tipos de vegetais, na forma de óleos e proteínas.
a) Apenas a afirmativa I está correta
b) As afirmativas I e II estão corretas
c) As afirmativas II e III estão corretas
d) Todas as afirmativas estão corretas
e) Apenas a afirmativa II está correta

37 - O etanol, sob a forma de bebida alcoólica é a substância psicoativa mais consumida do mundo, que pode levar ao
comprometimento de vários órgãos, principalmente o fígado. Para sua produção será necessário um processo estritamente
redox (fermentação), através de uma reação de carboxilação seguida de uma oxirredução. Analise o processo, assinalando a
alternativa correta

a) Em relação a enzima álcool desidrogenase podemos afirmar que apresenta natureza não proteica como toda enzima e
realiza um processo de oxirredução transformando o piruvato em etanol.
b) No processo de transformação do acetaldeido em etanol se observa a oxidação do NADH, redução dos substratos com a
diminuição da gliconeogênese
c) O NAD é uma coenzima transportadora de íons H+ de natureza proteica. Neste processo sofre redução se transformando em
NADH.
d) No processo de transformação do acetaldeído em etanol se observa a redução do NADH, oxidação dos substratos com a
diminuição da gliconeogênese.
e) No processo de transformação do piruvato em acetaldeido a enzima piruvato descarboxilase realiza a redução do substrato
com a manutenção da glicogênese.
38 - Nos músculos, durante uma atividade física intensa, o NADH produzido na glicólise transfere os seus elétrons para o
piruvato, dando origem ao lactato. A enzima que realiza está processo é a lactato desidrogenase.

Analise o processo, assinalando a alternativa correta:


a) Em relação a enzima lactato desidrogenase podemos afirmar que apresenta natureza não proteica como toda enzima e
nesta reação realiza um processo de oxi-redução também conhecido como fermentação láctica.
b) No processo de transformação do piruvato em lactato se observa a oxidação do NADH em NAD+, também chamada de
fermentação láctica.
c) O NADH é uma coenzima transportadora de íons H+ de natureza proteica, que neste caso sofre a redução em NAD+,
realizando uma fermentação alcoólica.
d) No processo de transformação do piruvato em lactato se observa a redução do NADH e a oxidação dos substratos.
e) No processo de transformação do piruvato em lactato a enzima lactato desidrogenase realiza a hidrólise do substrato,
também chamado de fermentação láctica.

39 -A insulina é um hormônio de extrema importância para o nosso organismo, estando diretamente relacionado com a taxa
glicêmica na corrente sangüínea. Os eventos que ocorrem após a ligação da insulina são específicos e estritamente regulados.
Com relação à importância da insulina para o metabolismo e o sítio de ação da insulina assinale a alternativa correta:
Hormônio Hiperglicêmico que está relacionado com o processo de glicogênese; enzima
a) Hormônio Hipoglicêmico que está relacionado com o processo de gliconeogênese; molécula transportadora
b) Hormônio Hipoglicêmico que está relacionado com o processo de glicogênese; receptor ligado a quinase
c) Hormônio Hipoglicêmico que está relacionado com o processo de gliconeogênese; receptores acoplados a proteína G
d) Hormônio Hipoglicêmico que está relacionado com o processo de glicogenólise; canais iônicos

40 - A compreensão dos mecanismos biomoleculares tem proporcionado um grande desafio para os cientistas de diversas
áreas do conhecimento. Uma das classes de macromoléculas biológicas de grande importância para os seres vivos são as
proteínas. Elas constituem a maior parte da massa celular seca e são responsáveis por inúmeras funções em meio fisiológico.
A construção celular, a regulação de entrada e de saída de íons, o transporte e a recepção de sinais, são exemplos de algumas
funções realizadas pelas proteínas. Com relação às proteínas podemos afirmar que:
I. A diversidade de proteínas está relacionada à sequência e quantidade de aminoácidos que constitui cada proteína.
II. Cada espécie apresenta um código genético diferente, a partir do qual suas proteínas são sintetizadas.
III. A produção dessas moléculas dá-se sem o gasto de energia, através do consumo de ATP.
IV. As proteínas provenientes dos alimentos e absorvidas por nosso sistema digestório não são utilizadas por nossas células e
integram nossos tecidos.
Está(ão) correta(s):
a) I e III b) II. c) I, II e III. d) IV e) I

41 - A carnitina (L-3-hidroxitrimetilaminobutanoato) é uma amina quaternária que participa da etapa de degradação dos ácidos
graxos, da seguinte forma:
A)Realiza o transporte dos ácidos graxos livres para a matriz mitochondrial.
B) Realiza a quebra dos ácidos graxos no citoplasma cellular.
C) Não tem participação alguma np processo de Beta-Oxidação
D) Realiza a captação dos ácidos graxos livres na corrente sanguine.
E) Participa do transported se traicilglicerol para o interior do tecido adiposo.

42 - Com relação as proteínas podemos afirmar que:


a) “A estrutura primária de uma proteína determina sua estrutura espacial, que é de extrema importância no despenho de suas
funções, especialmente no caso das proteínas catalíticas.”
b) “As cadeias polipeptídicas geralmente estão posicionadas linearmente…… essa arrumação caracteriza a estrutura
secundária de uma proteína”.
c) “Na estrutura secundária vamos observar o dobramento da estrutura helicoidal sobre si mesma, devido a diversos tipos de
interações entre os radicais dos aminoácidos (pontes de hidrogênio, pontes de enxofre, etc.)”.
d) “São observadas apenas nas proteínas monopeptídicas. Estamos falando da estrutura quaternária de uma proteína.”.

43 - Com relação a síntese do glicogênio podemos concluir que:


A) É independente da oferta de glicose no organismo.
B) É favorecida quando a oferta de glicose na corrente sanguinea se encontra elevada, em períodos após uma alimentação
rica em carboidratos.
C) É favorecida quando a oferta de glicose na corrente sanguinea se encontra elevada, em períodos após uma alimentação
rica em lipídeos.
D) É favorecida quando a oferta de glicose na corrente sanguinea se encontra baixa, em períodos após uma alimentação rica
em lipídeos.
E) Ocorre 24 horas por dia, a partir de uma oferta elevda de carboidratos, aminoácidos e lipídeos.
44 - Com relação aos ácidos graxos podemos dizer que:
A) O ácido graxo saturado apresenta ligações triplas entre os átomos de carbono.
B) O ácido graxo insaturado apresenta ligações triplas entre os átomos de carbono.
C) O ácido graxo saturado apresenta somente ligações simples entre os átomos de carbono.
D) O ácido graxo insaturado apresenta apenas ligações simples entre os átomos de carbono.
E) O ácido graxo saturado e insaturuado não apresentam diferenças significativas em suas estruturas.

45 - Com relação as lipoproteins podemos afirmar que:


A) o HDL desempenha um papel de transportador de lipídeos provenientes do fígado para o restante do organismo.
B) o LDL desempenha um papel de transportador de lipídeos excedentes na corrente sanguinea para o fígado.
C) o HDL desempenha um papel de transportador de lipídeos excedentes na corrente sanguinea para o fígado.
D) não existe nenhuma relação entre as ações biológicas da lipoproteínas denominadas de LDL e HDL.
E) o HDL desempenha um papel de transportador de lipídeos provenientes do pâncreas para o restante do organismo.

46 -- O primeiro passo no catabolismo de todos os aminoácidos envolve a remoção do grupo -amino e uma vez removido,
este nitrogênio pode ser incorporado em outros compostos ou excretado. Com base neste enunciado, responda a alternativa
correta:
A)Na transaminação as enzimas são responsáveis pelo transporte do grupamento amino dos aminoácidos para o composto
químico piruvato sempre.
B)Na degradação do esqueleto carbônico, todos os aminoácidos darão compostos intermediários do ciclo da uréia
C) Nas reações de transaminação o grupo amino dos aminoácidos é transferido para o alfa ceto-gultarato que se transforma
em glutamato, e o aminoácido que perdeu o grupo amino é chamado de alfa ceto-acido
D)A alanina é o único aminoácido que poder ser degradado, uma vez que quando existe degradação de aminoácidos no
músculo observamos um aumento de alanina
E)A glutamina transporta o grupamento amino para o rim, sem a necessidade deste entra no ciclo da uréia

47 - - Em relação ao ciclo de Krebs, analise as alternativas abaixo e assinale a incorreta:


a) São geradas moléculas de GTP, carregadas de energia para processos endotérmicos do sistema biológico
b) Ocorre a produção de intermediários que podem servir como substratos para a síntese de aminoácidos, nucleotídeos e
gorduras.
c) Ocorre a liberação de ions H+ os quais serão direcionados para a cadeia de transporte de eletrons
d) Pode ser alimentado por moléculas provenientes de catabolismo de aminoácidos, carboidratos e triacilglicerois
e) Existem algumas etapas que não precisam da participação de enzimas como catalisadoras.

48 - A glicólise ou via glicolítica é uma via metabolica que ocorre em 10 etapas, tendo como produto final a síntese de:
A) lactato
B) acil-CoA
C) ácido ascórbico
D) triacilglicerol
E) piruvato

49 - Esta questão se refere ao texto abaixo, escrito por um aluno, enumerando várias afirmativas relativas aos aminoácidos:
I - Os aminoácidos são compostos que apresentam na mesma molécula as funções amina e ácido carboxílico.
II - Eles também são chamados de amidas e podem ser obtidos pela hidrólise de lipídeos.
III - Os aminoácidos não essenciais são aqueles que devemos ingerir na dieta.
IV - Nas proteínas, temos aminoácidos ligados entre si, formando as chamadas
Em relação ao texto assinale a correta
A) Uma afirmativa errada, pois os aminoácidos não são amidas e nem podem ser obtidos pela hidrólise de lipídeos.
B) Duas afirmativas erradas, pois os aminoácidos não são amidas e nem podem ser obtidos pela hidrólise de lipídeos, como
também os aminoácidos não essenciais são aqueles que não precisamos ingerir na dieta.
C) Nenhuma afirmativa errada, todas as afirmativas do texto estão corretas.
D)Três afirmativas erradas, pois, os aminoácidos não são amidas, e os não essenciais são aqueles que não precisamos ingerir
na dieta. Nas proteínas, os aminoácidos se ligam por pontes de hidrogênio
E) Quatro afirmativas erradas, pois todas as afirmativas estão incorretas.

50 - O aspartame é um composto artificial, descoberto em 1965, produzido pelos aminoácidos fenilalanina (50%) e ácido
aspártico (40%), além de 10% de metanol (na forma de éster metílico). É um importante constituinte de adoçantes artificiais,
sendo primeiramente utilizado apenas para diabéticos e mais tarde grande parte da população passou a consumi-lo, em razão
de ele “substituir” o açúcar e poder ser um bom aliado nas dietas de pessoas que querem perder peso.
I – O uso do aspartame requer alguns cuidados, principalmente para pessoas portadoras de fenilcetonúria.
PORQUE
II - Produtos que contenham esse composto devem ser evitados visto que os fenilcetonúricos não metabolizam o
ácido aspártico (presente na fórmula do aspartame).
a)As duas asserções são proposições verdadeiras, mas a segunda não é uma justificativa da primeira.
b)As duas asserções são proposições verdadeiras, e a segunda é uma justificativa correta da primeira.
c)A primeira asserção é uma proposição verdadeira, e a segunda é uma proposição falsa.
d)A primeira asserção é uma proposição falsa, e a segunda é uma proposição verdadeira
e)As duas asserções são proposições falsas.
QUESTÕES DE MULTIPLA ESCOLHA;

1 - Uma mulher de 21 anos de idade e com uma estória clínica de diabetes juvenil há quatro anos foi levada em coma ao
hospital. Ela necessitava de 92 unidades de insulina por dia para manter sua concentração de glicose sanguínea em níveis
aceitáveis e prevenir uma glicosúria excessiva. No instante da internação ela tinha uma pressão sanguínea de 92/20 mmHg,
um pulso de 122 por minuto e uma frequência respiratória de 32 excursões profundas por minuto. Os resultados de laboratório
indicaram: 1200 mg glicose/dl de soro; 49% de hematócrito; 134 mEq/l de sódio; 6,4 mEq/l potássio; 74 mg/dl de uréia (índica
BUN); pH = 6,8 e pCO2 de 10 mmHg. O plasma estava fortemente positivo para corpos cetônicos. Foram-lhes
aplicadas 8 unidades de insulina endovenosamente, seguidas de uma administração endovenosa contínua (através de soro)
de 8 unidades de insulina/hr. Sua concentração de glicose sanguínea diminuiu à taxa de 100 mg/dl/hora. Após 7 horas de
tratamento sua respiração e o pH sanguíneo estavam normais sendo-lhe administrado endovenosamente NaHCO 3 e outros
eletrólitos.
a) Qual o tipo de diabetes ocorrido neste caso. Justifique sua resposta
b) Qual o diagnóstico quanto ao equilíbrio ácido-base? O que existe nos dados que o justifique.
c) Essa complicação que ocorreu se dá ao aumento de corpos cetônicos? Porque aumentaram em nível no sangue?

2 - Durante um plantão, um paciente com 61 anos, dá entrada no pronto socorro, em acidose metabólica. Nada se sabe sobre
quadros anteriores de diabetes. Resultados laboratoriais foram requisitados.
Analisando este caso, responda;
a) Qual o quadro clínico apresentado pelo paciente? Justifique sua resposta através dos exames laboratoriais realizados.
b) Porque ao chegar ao hospital este paciente encontrava-se em acidose.

c) Qual o tratamento adequado para este paciente? Explique.

3 - As estatinas têm estrutura esteroide e inibem a enzima HMG-CoA redutase (3-hidroxi-3-metil-glutaril-coenzima A redutase),
a enzima responsável pela formação de colesterol no fígado. A HMG-Coa redutase também é importante na formação de
lipoproteínas plasmáticas, sendo daí derivado os seus outros efeitos. Analise o gráfico abaixo e classifique o tipo de inibidor
que caracteriza as estatinas. Esse inibidor afeta a afinidade enzima substrato em relação a enzima HMG-CoA redutase

4 - O chumbo está presente no meio ambiente naturalmente ou em consequência de sua utilização industrial. A média de
ingestão diária (adulto) desse metal é de 0,1 a 0,2 mg. Os casos de intoxicação decorrem tanto da exposição ambiental quanto
da industrial. Uma vez que o chumbo é uma substância cumulativa no organismo, costuma levar a uma doença crônica e, em
certos casos, com episódios sintomáticos agudos que resultam em um efeito crônico irreversível. Existem duas vias pelas
quais o chumbo pode adentrar o organismo, a respiratória e digestiva. O chumbo pode ser considerado um tipo de inibidor
enzimático. Analise o gráfico abaixo e comente como este elemento está agindo sobre a enzima em questão. Relacione os
valores das constantes Km e Vmax na presença e na ausência desse inibidor.