Você está na página 1de 3

Fases

Neste tópico, enfocaremos o ciclo de vida de um projeto, que tem seu início na fase da
Inicialização e segue pelas fases de Planejamento, Execução, Controle e Encerramento.

Conteúdos:

 Fases
 Ciclo de vida
 Fases do gerenciamento
 Início do projeto
 Seleção e priorização de projetos.

Ao finalizar este tópico, você será capaz de:

 Compreender como ocorre o ciclo de vida de um projeto.


 Identificar suas fases.
 Conhecer as habilidades de um gerente de projetos.

Fases de um Projeto
Você já se perguntou por que é recomendável dividir um projeto em fases?

O que uma empresa ganha com isso?

Para elaborar um bom projeto, é preciso contar com tudo aquilo que é necessário ao
desenvolvimento de suas atividades: conhecimento, habilidades, ferramentas e técnicas.
Além disso, um bom gerenciamento ajuda a evitar trabalhos repetidos e custos elevados.

Dessa forma, dividir um projeto em fases ajuda o gestor a ter um controle melhor sobre
ele.

Fica mais fácil compreender e gerenciar quando dividimos o trabalho em fases e


definimos, em cada uma delas, as técnicas e as pessoas que estarão envolvidas em
sua execução.

Fases de um Projeto
Cada fase do projeto é marcada pela conclusão de um ou mais produtos dessa etapa. As
fases compõem uma sequência lógica, criada para garantir uma adequada definição do
produto do projeto.

A conclusão de uma fase é, geralmente, marcada pela revisão dos principais pontos e pela
avaliação do desempenho do projeto.

Ciclo de Vida de um Projeto


Como os projetos possuem um caráter único, eles são cercados por certo grau de
incerteza.
Dessa forma, como você pode imaginar, as fases de um projeto são organizadas em uma
sequência lógica. Essa sequência é chamada de ciclo de vida do projeto e define as
fases que conectam o início do projeto a seu final.

Por exemplo, quando uma organização identifica uma oportunidade que deseja aproveitar,
em geral, autoriza um estudo de viabilidade para decidir se deve realizar o projeto.

Ciclo de Vida de um Projeto


Como você acabou de ver, assim como os produtos, os projetos também apresentam um
ciclo de vida. Esse ciclo representa seu nascimento, seu desenvolvimento, sua
consolidação e seu encerramento.

Observe, a seguir, uma representação esquemática do ciclo de vida de um projeto: foto

Normalmente, no ciclo de vida de um projeto, a transição de uma fase para a outra é


definida por alguma forma de transferência técnica ou entrega.

Fases de Gerenciamento de Projetos


Depois de conhecer tudo o que apresentamos até aqui, você já sabe que o ciclo de vida
de um projeto é dividido em cinco fases principais: iniciação, planejamento, execução,
monitoramento e controle, e encerramento.

Início do Projeto
Quando uma empresa deseja iniciar um projeto, é fundamental estabelecer um início
formal para ele.

Desse modo, é possível iniciar processos para que o projeto siga, por exemplo, a alocação
de recursos.

Para formalizar uma data de início, uma das primeiras ações é identificar as premissas e
os marcos a serem entregues.

Atenção!

Um ponto muito importante para o início de um projeto é a definição de seu


patrocinador, que é quem garante todas as condições políticas e econômicas
necessárias para que ele aconteça.

Termo de Abertura do Projeto


Você sabe como formalizar o início de um projeto? Vamos descobrir!

Para se formalizar o início de um projeto deve ser criado o termo de abertura. Esse termo
visa definir, de forma clara, os limites do projeto, criando um registro de sua existência.
A criação do termo de abertura é importante para que o projeto ganhe o
comprometimento e a aceitação dos tomadores de decisão da empresa, ou seja, a
alta administração. Além disso, esse documento define quem será o gerente do
projeto, dando-lhe autoridade para planejar e executar o projeto.

Termo de Abertura do Projeto


Em um termo de abertura do projeto, usualmente, algumas informações estão presentes.
Clique em cada um dos nove números a seguir para conhecê-las.

1. Justificativa para o projeto: sequência de fatos, conclusões e opiniões que


resultaram na escolha do projeto como um dos focos da atenção (e dos
investimentos) da organização.
2. 2. Objetivos do projeto: os produtos que o projeto irá gerar para a Organização
3. 3. Principais características dos produtos do projeto: requisitos fundamentais.
4. 4. Riscos: identificação e análise dos riscos mais relevantes, dos problemas já
conhecidos, que serão detalhados no Gerenciamento de riscos
5. . Cronograma de Marcos: grandes fases ou entregas do projeto
6. Orçamento resumido: expectativas de custos ou restrição orçamentária, caso
já esteja definida no planejamento estratégico da organização
7. Designação do gerente de projeto e identificação do patrocinador
8. . Premissas: itens assumidos como verdadeiros e que, se não forem
verdadeiros, irão afetar o projeto
9. Restrições: fatores que limitam o projeto, como prazos, custos e qualidade

Interesses relacionados