Você está na página 1de 16

Universidade Eduardo Mondlane

Faculdade de Economia

Contabilidade e Finanças- laboral

Introdução á Gestão

Nível 1- Sala 316

Grupo 3

Análise do Impacto da Estrutura Organizacional no desempenho


da Organização

Docentes:

 Dra. Miquelina de Menezes


 Dr. Gabriel Langa

Estudantes:

 Gilda Nzualo;
 João Chombe Junior;
 Octávio Lepeque;
 Walter Ferreira;
 Yunice Malipa.

Maputo, aos 30 de Abril de 2019


Índice

1 Introdução....................................................................................................... 1

1.1 Objectivos ............................................................................................... 2

1.1.1 Objectivo Geral ................................................................................. 2

1.1.2 Objectivos específicos....................................................................... 2

1.2 Definição do problema ............................................................................ 2

1.3 Hipoteses ................................................................................................. 2

2 Revisão da Literatura ..................................................................................... 3

3 Estrutura organizacional ................................................................................. 3

3.1 Caracteristicas de uma boa estrutura organizaconal ............................... 4

3.2 Componentes da estrutura organizaconal ............................................... 4

3.3 tipos de estruturas ................................................................................... 5

3.3.1 Estrutura mecanicista Vs Estrutura organica .................................... 5

3.4 Condicionantes da estrutura organizacinal ............................................. 5

3.4.1 Estrategia e estrutura ......................................................................... 5

3.4.2 Tecnologia e estrutura ....................................................................... 6

3.4.3 Ambiente e estrutura ......................................................................... 6

3.4.4 Fator humano e estrutura................................................................... 7

3.4.5 TAMANHO E ESTRUTURA .......................................................... 7


3.5 Descrição da Empresa ............................................................................. 8

3.5.1 Histórico/Evolução............................................................................ 8

3.5.2 Missão ............................................................................................... 9

3.6 Estrutura da Empresa .............................................................................. 9

4 Conclusoes ................................................................................................... 10

5 Anexo ........................................................................................................... 11

5.1 Questões elaboradas? ............................................................................ 11

3
1 Introdução

O processo organizacional faz parte do caminho para o sucesso ou fracasso de


uma empresa. Por isso mesmo, no processo de gestao de uma empresa é importante que
os gestores tenham muita atencao e cuidade ao se actuar em torno da organizacao do
recurso, pois podera isso representar a chave ou vantagem competitiva para o sucesso
em qualquer negócio, é através deste que irão resultar uma estrutura adequada para
fornecer produtos e/ou serviços de qualidade ao cliente.

Uma vez que as organizacoes existem para o alcance de objectivos estrategicos


predeterminas, estas mobilizam e organizam seus recursos e foco para tirar maior
proveito do ambiente em que encontram-se inseridos. E deste modo, na busca por
melhores e maiores resultados, as organizacoes frequentemente tem de se lhe dar com a
questao de como organizar ou reorganizar seus recursos. E para responder a esta questao
os gestores constantemente precisam enfrentar o dilema sobre qual devera ser a melhor
estrtutura organizacional que se adapte a sua realidade especifica, quais os beneficios e
impactos esta estrututra proprocionara aos objectivos organizacional.

Assim sendo, o presente trabalho visa debrucar-se acerca de uma parte deste
dimela, buscando perceber como a esturtura organizacional afecta o desempenho das
organizacoes, e com estas reagem as constantes mundancas que caracterizam a ambiente
moderno. E tambem perceber ate que ponto aos objectivos organizacionais afectam ou
determinam o modo como a organizacao esta estruturada.

Percebendo grau de importancia que as estruturas organizacionias desempenham


nas organizacoes o grupo viu-se motivado a conduzir pesquisas sobre o tema, dividindo
o trabalho em duas partes: sendo a primeira caracterizada por uma revisao bibliografca
– onde buscou-se verificar as principais obras sobre o tema, e a segunda parte pratica
carterizado por pesquisa de campo.

1
1.1 Objectivos
1.1.1 Objectivo Geral

 Análise do Impacto da Estrutura Organizacional sobre desempenho da


Organização.

1.1.2 Objectivos específicos

 Analisar o impacto da estrutura da organização no alcance dos objectivos;


 Identificar a relacao entre estrutura organizacional os obectivos estrategicos da
organizacao
 Descrever os condicionantes da estrutura organizacional e seus efeitos nos
resultados organizacinais

1.2 Definição do problema

O problema de pesquisa foi resumido em uma pergunta:

Qual é a influencia da estrutura organizacional sobre alcance dos objectivos da


organização?

1.3 Hipoteses

I. a estrutura organizacional afecta e determinana o alcance eficiente e efica


dos objectivos estrategicos das organizacoes
II. a estrutura organizacional depende dos objectos da organivacao e altera
de acorda com mudancas nos objectivos

2
2 Revisão da Literatura

A organização como uma das 4 funções da gestão (procede ao planeamento e


antecede a direcção e ao controle), é o processo de definir e estabelecer relações entre as
pessoas e os recursos disponíveis da empresa, tendo em vista os objectivos que esta se
propõe a alcançar. As organizações precisam ser organizadas para poderem funcionar
melhor e produzir melhores resultados. Contudo, esta organização não acontece uma só
vez. A estrutura organizacional não é permanente nem definitiva, pois deve ser ajustada
continuamente, sempre que acontecem mudanças no ambiente interno ou externo.

3 Estrutura organizacional

Estrutura organizacional refere-se ao modo como as actividades de uma


organização são divididas, organizadas e coordenadas, ou seja, o conjunto de relações
formais entre os grupos e os indivíduos de uma organização são divididos, organizados
e coordenados. Assim sendo, as estruturas sao especificas para cada organizacao,
mesmo quando haja duas organizacoes similares, suas estruturas tendem a ser diferente.
Maximiano (2000:317), argumenta que apesar das diferencas, as estruturas
organizacionais apresentam similaridades que permitem agrupa-las em modelos. Um
modelo de estrutura organizacional é o producto das decisoes sobre a divisao do
trabalho, o sistema de autoridade e o sistema de comunicaçães. Maximiano, afirma
ainda que “o modelo da estrutura organizacional é uma solução estavel, porem
dinamico, que deve ser capaz de atender a situacoes que podem variar de um momento
para outro”. Assim, para um gestor torna-se importante a compreensao dos modelos
orgnizacionais e as variaveis situacionais que os influenciam. Em seu livro, os autores
Marqures e Oda (2012:65) afirmam que “um modelo vem a ser uma representação ou
interpretação de uma realidade. E no caso das organizações é a forma pela qual se
estabelece uma estrutura organizacional para atingir seus desafios e objetivos”. Deste
modo, ao se referir em estrutura organizacional os gestores precisam perguntar-se qual
o tipo de estrutura que guiara da melhor maneira possivel pra a alcance dos objectos da
organizacao, e tambem qual sera o processo de estruturacao. Segundo Drucker
(1981:184), ha tres maneiras especificas para descobrir o tipo de estrutura necessaria
para se atingir os objectivod de uma emprese
3
I. Analise das actividade - Consiste em descobrir quais sao actividades
necessarias a consecucao dos objectivos de uma empresa
II. Analise das decisoes – consiste em definir ou predizer e descrever as
decisoes que serao necessarias para a processao dos objectivos
III. Analise das relacoes - refere-se a analise das possiveis relacoes laborais
entre os diferentes colaboradores e departamentos

Drucker conclui afimando que, somente estas analises podem revelar qual a
estrutura que organizacao necessita. E somente sobre seus alicerces é possivel construir
uma organizacao em condicoes de funcionar.

3.1 Caracteristicas de uma boa estrutura organizaconal

Ainda segundo Drucker uma boa estrutura organizacional deve:

 ser uma organizacao que vise o bom desempenho empresarial;


 conter o menor numero possivel de niveis admnistrativos e criar cadeia de
comanado mais curta possivel;
 possibilitar o treinamento e teste dos adminsistradores a cupula do futuro.

3.2 Componentes da estrutura organizaconal

Sob a perpectiva de Drucker, as organizacoes sao compostas por tres


componentes:

 sistema de responsabilidade – resultante da divisao e atribuicaode tarefas, o que


consequentemente leva a especializacao do trabalho. o sistema de
responsabilidade e composto por:
I. Departamentalizacao,
II. Linhas assessoria
III. Descricao das actividades
 sistema de autoridades – resultante da distribuicao de poder, constituido por:
I. Amplitude de controle;
II. níveis hierárquicos;

4
III. elegação de poderes;
IV. centralização ou descentralização.
 Sistema de comunicações – resultado da interação entre as unidades
organizacionais, constituído por: o que, por que, como, quando, quanto, de quem
e para quem comunicar. O que, como, quando, de quem, para quem, comunicar

3.3 tipos de estruturas

Existem diversas formas de estruturar uma organização, contudo qualquer uma


delas cai num dos dois tipos de organização: mecanicista e orgânica.

3.3.1 Estrutura mecanicista Vs Estrutura organica

Texeira(91), carateriza estrutura mecanicista (ou mecanistica) por possuir urn


elevado grau de diferenciacao horizontal, relacoes hierarquicas rigidas, enfase nas
regras e regulamentos, corn elevado grau de formalizacdo elevada centralizacao das
decisoes. Eqnuanto que, a estrutura orginica é caracterizada por reduzida diferenciacao
horizontal, maior interaccdo das pessoas, menor formalizacdo e maior flexibilidade e
elevado grau de descentralização da autoridade.

3.4 Condicionantes da estrutura organizacinal

Segundo maximiano(2000:330) , A teoria situacional (ou teoria contingencial)


do processo de organização compreende os conceitos que estudam os modelos de
organização e sua adequação a diferentes circunstâncias. De acordo com o enfoque
situacional, tanto o modelo mecanicista quanto o orgânico ajustam-se adequadamente a
determinadas situações. Uma situação é definida em termos de variáveis, que explicam
diferenças em fatores como tecnologia, estratégia, ambiente e outros.

3.4.1 Estrategia e estrutura

Maximiano (2000:330), afirma que a estrategia de uma organizacao é definida


pelo tipo de negocio em que atua e por seus objectivos. E tambem estudos apontam que
(Alfred Chandler) “a estrutura segue a estrategia", isto é, que as mudancas feitas nas estrategias

5
afetam o modo como a estrutura foi definido. Uma vez que, a esrutura reflete a melhor maneira
de se alcancar os obejectivos estrategicos da organicao

3.4.2 Tecnologia e estrutura

A tecnologia relaciona-se com a natureza da atividade, que faz a diferença entre


tipos de negócios, assim, especificidade da tecnologia deve ser levada em conta no
processo de criar ou recriar uma estrutura organizacional. Assim o tipo de organizacao
devera ser diferentes para os divesos tipos de tecnologias empregada nos diferentes
tipos de producao:

 Produção de massa e èm grandes lotes;


 Produção por processo contínuo;
 Produção unitária e em pequenos lotes.

Conclusões das pesquisas de Woodward (descritos no livro de Maximiano),


apontam que, as funcoes organizacionais interligam-se em seguencias diferentes , para
compor os processos organizacionais, conforme o tipo de tecnologia. Afirma ainda que
O tipo de tecnologia afeta não apenas a seqüência dos processos organizacionais, mas
também sua integração, consequentemente, os niveis hierarquicos e por fim a estrutura

3.4.3 Ambiente e estrutura

Refere-se as demandas impostas pelo ambiente e seu impacto sobre a estrutura


dessas organizações. E assim, segundo Texeira(109) “0 ambiente condiciona a estrutura
da organizacao fundamentalmente pela sua incerteza, ou seja, urn ambiente estatico,
corn poucas variaveis em mudanca, causa menos incerteza aos gestores do que urn
ambiente dinamico, corn regulamentos governamentais em sucessivas e rapidas
alteragOes, novos concorrentes, dificuldades na aquisicao de materias-primas,
alteragities constantes dos gostos dos consumidores, etc.”

Estudos realizados por Lawrence e Lorsch, concluiram que as organizações


utilizam a diferenciação para lidar eficazmente com partes específicas do ambiente (ou
subambientes). E que As empresas que interagem com ambientes estáveis não precisam

6
de muita diferenciação, e adequam-se melhor a estruturas mecanicistas. As empresas
que interagem com ambientes dinâmicos e complexos precisam de altos níveis de
diferenciação. E por fim, A eficácia de uma organização (sua capacidade de realizar
objetivos) depende, em primeiro lugar, de alcançar a diferenciação exigida pelo
ambiente, e, em segundo lugar, de se integrar para interagir com o ambiente total.
Quanto mais diferenciada a empresa, mais necessária é a integração, mas, ao mesmo
tempo, mais difícil.

3.4.4 Fator humano e estrutura

Refere-se aos atributos e caracteriscas das coloboradoes que integram a


organizacao, bem como o grau de maturidade destes, que quer dizer, De acordo corn
Chris Argyris, uma pessoa madura e activa, independente, autoconfiante e
autocontrolada e a a imaturidade traduz-se por passividade, dependencia, falta de
confianga e necessidade de controlo pelos outros.

Deste modo, visto que a eficiencia da estrutura depende da qualidade dos


recursos humanos( colaborados) a disposicao da organizacao, podemos assim afirmar
que, a estrutura ou seja, a qualidade da estrutura, em parte, e reultado dos seguintes
factores:

 O valor das pessoas


 o conhecimento que elas possuem da estrutura organizacional
 sua motivacao para fazer-la funcioar da melhor forma possivel

3.4.5 TAMANHO E ESTRUTURA

De acordo com pesquisas efectuadas por Mintzberg citado por teixeira( ), quanto
maior e a organizacao:

 mais formalizada é o seum comportamento;


 mais homogeneo se torna o trabalho entre as unidades;
 maior é a dimensao media de cada unidade.
 há uma tendência à uniformização por meio de regulamentos

7
4 metodologia

Com vista e materializacao deste trabalho o grupo baseou-se primeiramente na


revisao bibliografica, buscando conceitos e teorias relevantes ao tema de pesquisa, com
vista a servir de base para a segunda parte desta pesquisa, baseado em trabalho de
campo realiza junto a empresa IRISS-FAST . Conduzida atraves de entrevista e
inquerito (ver anexo) respondido pelos funiconarios desta empresa. a pesquisa de
campo serve- nos para confrontar os conceitos teoricos revisados na primeira fase, com
vista a apoiar nas conclusoes acerca das hipoteses levantadas logo a partida desta
pesquisa

4.1 Descrição da Empresa


4.1.1 Histórico/Evolução

A empresa IRISS-FAST foi fundada em 2010, é fruto de uma estreita e


duradoura relação de cooperação entre três parceiros de negócios, todos eles com uma
vasta experiência no sector industrial, a IRISS-FAST corporiza finalmente um projecto
de investimento e de internacionalização que desde há muito vinha sendo
cuidadosamente avaliado e amadurecido. Exerce a sua actividade no sector da fixação
industrial. A IRISS-FAST afirmou-se rapidamente como referência de mercado.
Especialmente vocacionada para servir o instalador profissional, disponibiliza uma vasta
gama de produtos de marcas conceituadas e de qualidade amplamente reconhecida e
comprovada. A partir da sua sede no Pólo de Desenvolvimento Industrial da Zona
Industrial de Viana, em Luanda, a IRISS-FAST estende actualmente a sua influência a
todo o território angolano.

Já no início de 2014 e no âmbito do processo de internacionalização que tem


vindo a desenvolver, constituiu uma startup de capital moçambicano, localizada em
Maputo, e desde 2015 também em Nacala. Antes tinha também uma Sucursal na Cidade
da Matola, porém foi encerrada.

8
4.1.2 Missão

A IRISS-FAST estabeleceu como missão principal disponibilizar aos seus


clientes os melhores produtos e soluções, sempre aos melhores preços, numa relação
preço-qualidade notável, e assegurar serviços de elevada qualidade, antes e pós-venda,
através de uma adequada estrutura empresarial, técnica e logística. A IRISS-FAST
destaca-se no panorama geral pela qualidade do serviço, tendo recentemente contribuído
de forma significativa com soluções técnicas e materiais para a construção de obras
emblemáticas, de que são exemplo o Pavilhão Multiusos Arena e a Assembleia
Nacional de Angola, em Luanda, e o Banco de Moçambique e a sede do BCI, em
Maputo. A IRISS-FAST também tem como missão a criação de emprego para os jovens
das comunidades onde se insere, pelo que uma das suas prioridades tem sido a formação
de quadros nacionais. Nesse sentido a IRISS-FAST tem contemplado na sua acção a
formação interna e o incentivo de regresso à escola e à universidade dos seus
colaboradores, apoiando os estudantes monetariamente e disponibilizando um banco de
horas que lhes permite frequentar as aulas ou prepararem-se para os exames. A
focalização nas necessidades e satisfação dos clientes é a prioridade máxima da
estrutura empresarial instalada. A empresa pretende afirmar-se cada vez mais como
marca e organização de prestígio, uma referência nacional no sector da sua actividade,
destacando-se pela qualidade dos seus produtos e pela garantia de suporte técnico de
aconselhamento e de serviço pós-venda.

Estrutura da EmpresaA empresa IRISS-FAST em Moçambique possui uma


estrutura funcional ou seja por funções, ilustrada no modelo abaixo.

9
5 Conclusoes

Chegando ao fim desta pesquisa verificamos que as organizacoes durantes as


suas atuacoes no dia a dia, estas ficam espostas a diversas variaveis, que de algum modo
influenciam no seu modo de atuacao, e consequentemente, no seu modo de responder a
estas variaveis. Viu-se que de facto a modo como a organizacao estrutura seu recurso
desempenha um grande impactos sobre o alcance dos objectivos, verificando assim a
nosso primeira hipotese. Facto este que nos foi confirmado nao so pela revisao
bibliografica como tambem a pela pesquisa de campo, atraves de intrevistas e
inqueritos, onde nos entrevistados afirmarmaram que “de modo a poderem escolher a
qual sera a melhor estrutura para a minha organizacao” estes tiveram que primeiro
verificar oque queriam do mercado, ou seja, quais eram seus objectivos? Onde queriam
chegar? Quais sao os recursos a sua disposicao? Como desejamos chegar la? E, qual a
melhor maneira de se chegar?

So apois de refletirem sobre estas e outas questoes é que eles chegavam a uma
estrutura, “tao com quem vai as compras, primeiro define seus padroes, e so depois
busca o que melhor se encaixe dentro das suas exigencias”. Estes foram palavras de um
dos intrevistados que exemplificava o processo de definicao de estrutura.

Com muito entusiamo, chegamos a conclusao que, de facto a estrutura


organizacao exercer grande importancia nos alcances do objectivos, e que esta procede
os objectivos, ou seja, mudancas nos objectivos refletem-se na estrutura tambem.

Para alem dos objectivos tambem vimos que outras variaveis que afectam as
estrutura organizacional tais com: idade, dimensao, tecnologia, entre outros. Variaveis
estas que se mal gerenciadas podem comprometer a vida da organizacao mas se bem
gerenciadas podem ate se tornar vantagens competitivas da organizacao.

10
6 Anexo
6.1 Questões elaboradas?

 Que tipo de estrutura é usada pela organização?


 Quem são os integrantes na sua hierarquia?
 Os gestores de topo e intermediários conseguem alcançar á aquilo que
são os objectivos da organização?
 A estrutura da organização consegue lidar com os problemas do dia-á-
dia?
 Quais são os factores capazes de desencadear uma mudança na estrutura
organizacional da empresa?
 Será que já existiu alguma mudança na estrutura da organização? Se sim
porquê?

11
12

Interesses relacionados