Você está na página 1de 3

SIMULADO ESTUDO ORIENTADO 6º ANO

Leia:
A primavera
A professora, no mês de maio, pediu às crianças que, na hora do recreio, saíssem à rua e trouxessem
qualquer coisa de belo, de lindo.
Quando regressaram, foram mostrando várias coisas e explicando-as.
A primeira disse:
– Eu colhi esta flor, porque, para mim, ela é muito linda.
A segunda, com um brilho nos olhos, disse:
– Eu apanhei esta borboleta. Veja como são coloridas as suas asas!
A terceira disse:
– Eu trouxe este passarinho que estava no seu ninho.
E assim foram passando todas as crianças. A professora notou que uma menina tinha ficado em
silêncio.
– Então, não trouxeste nada?
A criança, timidamente, respondeu:
– Desculpe, senhora professora. Vi a linda flor, mas não tive coragem de cortá-la. Vi a linda
borboleta, mas não quis fazê-la prisioneira. Vi também o passarinho, mas preferi deixá-lo no aconchego do
seu ninho. Por isso, não trouxe nada.
A professora concluiu:
– Tu trouxeste a coisa mais bela: o amor e o respeito às plantas e aos animais.

Disponível em: http://www.historias-infantis.com/a-primavera/. Acesso em: 29/08/16.pixabay.com

Questão 1 – A finalidade do texto é:


a) informar
b) ensinar
c) divulgar
d) divertir

Questão 2 – Em “A criança, timidamente, respondeu:”, a palavra grifada indica:


a) lugar
b) modo
c) tempo
d) dúvida

Questão 3 – Marque o trecho em que o verbo sublinhado não indica uma ação:
a) “A professora, no mês de maio, pediu às crianças que [...]”
b) “Quando regressaram, foram mostrando várias coisas e explicando-as.”
c) “Veja como são coloridas as suas asas!”
d) “– Eu trouxe este passarinho que estava no seu ninho.”

SIMULADO ESTUDO ORIENTADO 7º ANO


Leia:
Ibama tem nova regra de transporte de animais silvestres de estimação
O transporte de animais deve ser feito mediante autorização de transporte e pagamento de boleto

O Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Renováveis) divulgou nova regra para o
transporte de animais silvestres entre estados no Brasil.
Agora, o transporte de animais deve ser feito mediante autorização de transporte e pagamento de
boleto ao Ibama.
A coordenadora de Monitoramento do Uso da Fauna e Recursos Pesqueiros, Maria Isabel
Soares, destaca que o Ibama considera animais silvestres de estimação aqueles comprados de criadores
legalizados ou cedidos com autorização do Ibama.
Os mais comuns a serem criados são papagaios, araras, jabutis. Maria Isabel alerta que antes de ter
um animal silvestre em sua tutoria, é preciso conhecer as necessidades deles que são diferentes de cães e
gatos, inclusive custos. Maria Isabel ainda destaca que o aumento da fraude e do tráfico foi o que motivou
essa mudança na regularização.
A punição será prisão de seis meses a 1 ano e multa de 500 a 5 mil reais.

Disponível em: <http://radios.ebc.com.br>.

Questão 1 – Qual é a finalidade do texto acima?


a) caracterizar os animais silvestres e destacar as suas necessidades.
b) divulgar um trabalho desenvolvido pelo IBAMA.
c) expor uma opinião sobre o tráfico de animais silvestres no Brasil.
d) informar sobre a nova regra para o transporte de animais silvestres no Brasil.

Questão 2 – “[...] é preciso conhecer as necessidades deles [...]”. Segundo a coordenadora de


Monitoramento do Uso da Fauna e Recursos Pesqueiros, é preciso conhecer as necessidades:
a) dos papagaios.
b) das araras e dos jabutis.
c) dos animais silvestres.
d) dos cães e gatos.

Questão 3 – No segmento “O Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Renováveis) [...]”, a
informação entre parênteses:
a) comenta a sigla Ibama.
b) explica a sigla Ibama.
c) caracteriza a sigla Ibama.
d) complementa a sigla Ibama.

SIMULADO ESTUDO ORIENTADO 8º ANO A e B

Leia atentamente a notícia a seguir:


NOVA DROGA
Anvisa aprova medicamento contra o câncer de pulmão e de pele
Para a circulação do remédio, ainda falta a definição do valor do remédio, processo que dura
aproximadamente três meses.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, nesta segunda-feira (4), a droga
Opdivo, da farmacêutica Brisol, o primeiro remédio para tratar dois tipos de câncer: o de pulmão e o
melanoma (de pele).
Os imunoterápicos são medicamentos que agem ativando o sistema imunológico para combater a
doença. Estudos demonstram que esses remédios aumentam expressivamente a sobrevida e tem poucos
efeitos colaterais em comparação com as terapias.
A provação do Opdivo é importante porque, entre os cânceres, o de pulmão é o que mais mata no
mundo. Segundo estimativas do Instituto Nacional do Câncer (Inca), surgirão 28.220 casos da doença no
Brasil em 2016.
Para a circulação do medicamento falta apenas definir o preço, que é determinado pela Anvisa e deve
demorar cerca de três meses.
Nos EUA, cada aplicação custa cerca de US$ 15 mil (R$ 55 mil). No Brasil, esse custo costuma
decair em aproximadamente 40%.

Questão 1 – O objetivo do texto é:


a) persuadir
b) alertar
c) informar
d) divulgar

Questão 2 – Assinale a alternativa em que o termo sublinhado por ser substituído pelo termo entre colchetes,
sem interferência de sentido:
a) “... que é determinado pela Anvisa ...”. [sugerido]
b) “... esses remédios aumentam expressivamente a sobrevida ...”. [substancialmente]
c) “... tem poucos efeitos colaterais em comparação com as terapias.” [em consonância]
d) “Segundo estimativas do Instituto Nacional do Câncer (Inca)...”. [dados]

Questão 3 – A mesma razão gramatical justifica o acento na seguinte dupla de palavras:


a) três, aplicação.
b) pulmão e são.
c) cânceres e imunológico.
d) remédio e Agência.

SIMULADO ESTUDO ORIENTADO 9º ANO A e B


Leia:
Os dois amigos e o urso
Dois amigos caminhavam por um bosque quando, de repente, aparece um urso e começa a prossegui-
los. Um dos amigos, muito assustado, trepou numa árvore. O outro, abandonado à própria sorte, jogou-se no
chão, fingindo-se de morto.
O urso ao vê-lo, aproximou-se pouco a pouco. Porém, este animal, que não se alimenta de cadáveres,
segundo dizem, começou a olhá-lo, tocá-lo: observá-lo, examina-lo. Mas como nosso amigo não se movia e
quase nem respirava, é abandonado pelo urso, que foi embora falando: “Está tão morto como meu bisavô”.
Então o amigo que estava na árvore, alardeando sua amizade, desce correndo e o abraça. Comenta
sobre a sorte que teve o amigo por ter saído ileso de situação tão perigosa e lhe diz:
— Sabe, parece-me que o urso lhe disse alguma coisa no ouvido, enquanto o cheirava. Diga-me, o
que foi que ele lhe disse?
E nosso amigo responde:
— Só uma coisa: “Retira tua amizade da pessoa que, se te vê em perigo, te abandona”.

M. de SAMANIEGO. La Fontaine. “Fábulas”. Tradução de Ferreira Gullar. Rio de Janeiro: Revan, 1997.

Questão 1 – O texto lido é do gênero:


a) artigo de opinião
b) fábula
c) crônica
d) conto

Questão 2 – A fala do urso, transcrita acima, funciona como:


a) uma ordem
b) um desejo
c) um conselho
d) uma advertência

Questão 9 – No trecho “Mas como nosso amigo não se movia e quase nem respirava [...]”, os verbos em
destaque exprimem ações:
a) previsíveis
b) concluídas
c) hipotéticas
d) inacabadas