Você está na página 1de 20

PONTUALIDADE E ASSIDUIDADE CRISTÃ

DANIEL SHINJO

*PREFÁCIO*

Antes de tudo, quero lembrar que todos somos atrasados. Nenhum de nós nascemos salvo. O SENHOR, nosso Deus
estava nos convocando ao arrependimento, e já nascemos negando esse chamado. Assim, não importa com quantos
anos de idade nos convertemos a Cristo. O fato é que deveríamos ter nos convertido antes. Mas, finalmente, fomos
salvos pela graça, quando Deus venceu nossa rebelião e nos trouxe para Si; porém, isso só aconteceu após
rejeitarmos por anos o divino chamado. A esse respeito, está escrito:

*“Pois todos pecaram e carecem da glória de Deus”* (Rm 3:23)

Quando estiver esperando um irmão retardatário, lembre-se que ele é tão falho quanto você, por isso, cuide o seu
coração para não pecar contra ele e contra o SENHOR. Não pense de você mesmo além do que convém (cf. Rm
12:3).

Nem sempre somos capazes de perceber os nossos pecados e você pode ajudar o seu irmão a perceber que ele está
falhando nessa área da vida. Em 1Jo 5:16 diz que devemos amar e orar por aqueles que não pecam para a morte e
ajudá-los nas suas dificuldades.

*“Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo; instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria,
louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração.”* (Cl 3:16)

*Culto não é aula, nem palestra, muito menos show. Se você chega atrasado a esses eventos, talvez possa pensar:
estou pagando mesmo; ou: não perdi muito ao chegar atrasado. Porém, quanto aos cultos nas igrejas, é certo que
quem tem o hábito de chegar atrasado perde total ou parcialmente o precioso momento íntimo com Deus. Culto na
igreja é um momento de adoração em que os verdadeiros adoradores se apresentam perante o SENHOR em caráter
santo.*

*FALTA DE REVERÊNCIA*

A falta de reverência ao SENHOR faz com que as pessoas não liguem por chegar atrasadas. É necessário um
arrependimento sincero e uma mudança genuína desse hábito. É necessário entender que quando alguém não se
prepara antecipadamente para o culto, deixando tudo para “em cima da hora”, com a filosofia de “se der tempo,
ótimo; se não, deixa para a próxima” é porque não considera o SENHOR importante na sua vida. Assim, as obras
sagradas são profanadas porque são feitas de maneira relaxada. A respeito disto, o profeta Jeremias escreveu:

*“Maldito aquele que fizer a obra do SENHOR relaxadamente! […]”* (Jr 48:10)

É necessário santificarmos o que é sagrado. O culto é o momento e lugar onde o povo de Deus se reúne para se
encontrar de maneira especial com o seu SENHOR. A falta de conhecimento de quem Deus é, além da falta de
conhecimento do que o culto representa na vida das pessoas é evidenciada pelos atrasos recorrentes. Chegar
atrasado em um culto mostra desprezo para com o SENHOR Deus, pois o atrasado não se preparou com
antecedência, não se planejou para encontrá-Lo, nem considera que as Palavras, as orações e louvores do culto são
partes importantes da adoração ao SENHOR.
*“Acaso, é para vós outros coisa de somenos que o Deus de Israel vos separou da congregação de Israel, para vos
fazer chegar a si, a fim de cumprirdes o serviço do tabernáculo do SENHOR e estardes perante a congregação para
ministrar-lhe?”* (Nm 16:9)

*O hábito de chegar atrasado ao culto reflete uma grande falta de consideração com o SENHOR, desrespeito, falta
de temor e irreverência… e até desprezo, que é pecado! A Bíblia fala em buscarmos os melhores dons, e dá até
sugestões em 1Co 12:27-31: Você não verá nada do tipo “dom de chegar atrasado no culto”!*

*O MAU HÁBITO DE SE ATRASAR*

A pontualidade é uma virtude de pessoas civilizadas. O problema não está em chegar atrasado; o problema está em
viver uma vida habituada à cultura do atraso. Chegar na hora já é chegar tarde. Pessoas de respeito sempre chegam
pelo menos quinze minutos antes para os compromissos. Em Salmos 46:10, diz

*“Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus; sou exaltado entre as nações, sou exaltado na terra.”*

Estas Palavras indicam o quão respeitoso é se preparar com antecedência e ser pontual na presença de Deus, porque
se você chega atrasado ao culto, demorará para que o seu coração se aquiete o suficiente para exaltar devidamente
o SENHOR. Você perderá alguns minutos preciosos para procurar um lugar para se acomodar, procurar o hino ou a
passagem bíblica, sintonizar a Palavra que está sendo pregada; sem contar que estará atrapalhando a concentração
dos que se apresentam com antecedência, de coração sincero, diante do SENHOR.

Não falo sobre atrasos causados por algum imprevisto ou empecilho como um pneu que furou, trânsito inesperado,
acidentes, ou algo parecido; afinal, todos nós estamos sujeitos a tais coisas; mas procuro alertar sobre o mau hábito
de se atrasar sempre por motivos fúteis e nunca conseguir ser pontual nos compromissos. Isto, além de ser
grosseiro, é falta de organização pessoal.

Se você chega atrasado ao culto, significa que naquele momento outra coisa é mais importante para você do que o
SENHOR. E isso pode se tornar um ídolo no seu coração, rivalizando com o próprio SENHOR:

*“[…] Certo homem deu uma grande ceia e convidou muitos. À hora da ceia, enviou o seu servo para avisar aos
convidados: Vinde, porque tudo já está preparado. Não obstante, todos, à uma, começaram a escusar-se. Disse o
primeiro: Comprei um campo e preciso ir vê-lo; rogo-te que me tenhas por escusado. Outro disse: Comprei cinco
juntas de bois e vou experimentá-las; rogo-te que me tenhas por escusado. E outro disse: Casei-me e, por isso, não
posso ir. Voltando o servo, tudo contou ao seu senhor.”* (Lc 14:16-20)

Então, o senhor ficou irado e disse:

*“Porque vos declaro que nenhum daqueles homens que foram convidados provará a minha ceia.”* (Lc 14:24)

Paulo aconselhou aos cristão de Éfeso:


*“Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, remindo o tempo, porquanto
os dias são maus.”* (Ef 5:15-16)

HORÁRIO DE CULTO
Ao abrirmos At 3:1 – “Pedro e João subiam ao templo para a oração da hora nona”, aprendemos que os apóstolos se
programavam para honrar o compromisso com o SENHOR no horário pré-estabelecido. Esta atitude demonstra a
submissão e humildade destes homens, que embora chamados para serem apóstolos do Mestre JESUS, não se
julgavam superiores a ELE, ou a qualquer homem.
Se você chegar atrasado ao culto, entre no templo discretamente, com sentimento de culpa e de vergonha perante
Deus. Com o culto em andamento, não há necessidade de chegar cumprimentando os irmãos. E tem mais: sentir-se
traindo por não ter conseguido ser pontual, não seria exagero. Lembre-se: o SENHOR se compraz dos que se
apresentam de coração arrependido.

A PONTUALIDADE É UMA VIRTUDE QUE DEVE SER VALORIZADA E OBSERVADA PELO CRISTÃO
A pontualidade na igreja e nas obras do Senhor é uma maneira de demonstrar reverência na adoração a Deus. Em
contrapartida, é de extrema indelicadeza e total gravidade chegar atrasado a qualquer compromisso com horário
pré-estabelecido. Atrasar por motivos fúteis é falta de consideração e irresponsabilidade.

Lucas relata no capítulo 22:14 um detalhe da Ceia do Senhor: “Chegada a hora, pôs-se Jesus à mesa, e com ele os
apóstolos”. Que hora era aquela? Era hora pré-estabelecida de celebrar a Páscoa, festa em honra ao SENHOR, como
podemos conferir em Lv 23:5. Nada fez o Senhor de improviso:

“No mês primeiro, aos catorze do mês, no crepúsculo da tarde, é a Páscoa do SENHOR.”

Na igreja, nós os cristãos, precisamos observar este principio! Porém, infelizmente, o que tem acontecido é que a
hora chega, mas muitos irmãos não.

“Tudo, porém, seja feito com decência e ordem” (1Co 14:40)

A NECESSIDADE DE NOS PREPARARMOS


Você se prepara para servir a JESUS? Sem a devida preparação, nada podemos fazer decentemente.

Preparar significa: santificar; deixar separado com antecedência; aprontar; deixar pronto; trazer à frente; predispor
favoravelmente; arrumar antecipadamente. A própria Bíblia nos ensina a aplicar na prática esse tão nobre assunto:

“[…] Prepara-te, ó Israel, para te encontrares com o teu Deus.” (Am 4:12);
“Era o dia da preparação, e começava o sábado.” (Lc 23:54);
“Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e, assim, coma do pão, e beba do cálice; pois quem come e bebe sem
discernir o corpo, come e bebe juízo para si.” (1Co 11:29-30);
[…] Santificai-vos, porque amanhã o SENHOR fará maravilhas no meio de vós.” (Js 3:5).

ALI HAVERÁ CHORO E RANGER DE DENTES


Devemos estar cientes de que os atrasos nos compromissos com JESUS causados por desprezo e ignorância poderá
fazer o homem ir para a perdição. Exagero? Quem não conhece as parábolas das das dez virgens e dos talentos?

Observemos as palavras iniciais e finais do ensinamento do Senhor através destas parábolas:

Mt 25:1 – “Então, o reino dos céus será semelhante a dez virgens […]”;
Mt 25:30 – “E o servo inútil, lançai-o para fora, nas trevas. Ali haverá choro e ranger de dentes.”

Então, perguntamos: Por que tudo isto?

E a resposta é: Porque chegaram atrasadas por não se prepararem para o compromisso com o seu senhor. As cinco
virgens não foram coitadas por se esquecerem de abastecer as suas lâmpadas, e sim negligentes, ignorantes,
insensatas, estúpidas, incapazes e imprudentes que resolveram deixar tudo para em cima da hora, porque,
semelhantemente à mulher de Ló, dizia amar o SENHOR, porém amava também o mundo.

RESPEITAR HORÁRIO PRÉ-ESTABELECIDO É CUMPRIR PROMESSA


Certa vez, disse o Senhor JESUS:

“Seja, porém, a tua palavra: Sim, sim; não, não. O que disto passar vem do maligno.” (Mt 5:37)

O princípio estabelecido aqui é de que onde há um comprometimento, há também valor de honra e importância no
que é firmado. Aplicando de maneira mais profunda o que JESUS disse, podemos ver que marcar de estar em um
local em um determinado horário é juramento e não cumprir é quebrar a lei do Senhor. Portanto, estar no horário e
em dia com os compromissos é um aspecto moral da vida cristã e deve ser observado de forma muito cuidadosa.

UM BOM TESTEMUNHO
Devemos considerar tais questões em nossa vida para honrar ao Senhor, obedecer à Sua lei, demonstrar amor ao
próximo e, também, para dar bom testemunho aos de fora.

Não podemos ser achados como aqueles que não têm amor, pois a nossa reputação deve ser cuidada: “Melhor é a
boa fama do que o unguento precioso […]” (Ec 7:1). Um bom nome, uma boa reputação é importante para um
cristão. Isto significa que devemos ser conhecidos como pessoas de palavra, confiáveis e seguras, e não sermos
conhecidos como sempre atrasados, preguiçosos, egoístas, indiferentes. Nossas ações devem ser cristocêntricas, e
não egocêntricas.

“Tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como para o Senhor e não para homens” (Cl 3:23)

MUDANÇA DE HÁBITO
Concluo dizendo que há esperança; para muitos, é simplesmente uma questão de superar os maus hábitos
acumulados ao longo do tempo. Às vezes é apenas uma questão de mudar esses hábitos, organizando o tempo e,
assim, planejar o futuro.
Reconhecer o impacto espiritual sobre os outros é o primeiro passo para entender a importância de reverter o mau
hábito do atraso. Se somos motivados pelo amor pelos outros e um desejo de manter uma boa reputação por causa
de Cristo, então a oração por sabedoria e ajuda é o próximo passo. Deus prometeu sabedoria a todos os que
pedirem para ele (cf. Tg 1:5), e Ele nunca está longe daqueles que invocam o Seu poder para a vida piedosa.

Peça sabedoria ao Senhor, mas mexa-se também. Há a responsabilidade humana debaixo da soberania de Deus. E
peça perdão a Ele e às pessoas que você já tenha errado por causa dos seus atrasos.

Lembre-se de que chegar atrasado não glorifica o nosso Senhor. O apóstolo Paulo, como frequentemente falamos na
igreja, é explícito ao dizer que devemos fazer tudo para a glória do Senhor (1Co 10.31). Observe que, sendo isto
verdadeiro, o chegar atrasado não glorifica ao Senhor, pois além da violação do dia e horário estabelecido, acabam
por terem suas palavras em descrédito, pois quem ousa acreditar naquele que não cumpre os horários e, por vezes,
até mesmo se acha mais atarefado do que todos os outros? Portanto, busque chegar no horário de seus
compromissos para a glória de Deus e Ele será grandemente louvado nesta área de sua vida.

“E louvou aquele senhor o injusto mordomo por haver procedido prudentemente, porque os filhos deste mundo são
mais prudentes na sua geração do que os filhos da luz.” (Lc 16:8)

Devemos dar o nosso bom testemunho pondo o SENHOR em primeiro lugar e mostrando ao mundo que não só de
pão vive o homem, mas de toda Palavra que procede da boca de Deus. Então, procure não perder mais as Palavras
de Deus, porque a fé vem pela pregação da Palavra de Cristo (cf. Rm 10:17).

Por fim, não durma na igreja, nem deixe de congregar:

“Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto
vedes que o Dia se aproxima.” (Hb 10:25)

“E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações […] Diariamente
perseveravam unânimes no templo […]” (At 2:42 e 46)

Veja: Não durma na fé, nem na igreja

RELACIONADO
Os verdadeiros filhos de Deus
25 de agosto de 2017
Em "Blog"
"Ninguém pode dizer: Senhor Jesus!, senão pelo Espírito Santo" (1Co 12:3)
7 de janeiro de 2015
Em "Blog"
A banalização do sagrado
24 de abril de 2016
Em "Blog"
FacebookTwittergoogle_plusWhatsAppLineCompartilhar
3Salvar
POSTS RELACIONADOS
Cruz e crucifixo: qual a diferença?
POR PASTOR DANIEL SHINJO Monte Ebal e Gerizim
POR PASTOR DANIEL SHINJO “NÃO TERÁS OUTROS DEUSES DIANTE DE MIM” (Êx 20:3)
POR PASTOR DANIEL SHINJO health food A Bíblia e a alimentação saudável
POR PASTOR DANIEL SHINJO
SOBRE O AUTOR
Pastor Daniel Shinjo
Pastor Daniel Shinjo
"Porque, se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se
não anunciar o evangelho!" (1 Coríntios 9:16) "For if I preach the gospel, I have nothing to glory of; for necessity is
laid upon me; for woe is unto me, if I preach not the gospel." (1 Corinthians 9:16)

DEIXE UMA RESPOSTA


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *
Nome
E-mail
Site
Notifique-me sobre novos comentários por e-mail. Notifique-me sobre novas publicações por e-mail.
Pesquisar

Busca no site
Facebook

Jesus Cristo é Deus

A trindade não existe

Recebestes o batismo certo?

Idolatria é pecado?

Arquivos
Arquivos
Categorias
Blog
Estudo bíblico
A postura, a conduta, e a forma de um discurso verbal podem ter várias versões.

Na música, a frase musical já está escrita, pronta... nós somos os intérpretes, nós faremos o discurso.

Em períodos musicais ou determinados estilos, a improvisação é permitida, e dentro da essência pré estabelecidas
pela época, ou pelo estilo, o intérprete pode alterar, modificar e dar o seu "toque único".

Quase sempre improvisar impossibilita que a mesma interpretação possa ser repetida, tornando o momento da
execução único.
Portanto existe a peça escrita e o intérprete.
E o intérprete pode assumir papel principal, e as vezes mais importante até do que o autor da peça musical.
A mudança de discurso, "falar" (cantar) a melodia de uma forma diferente é o que se espera.
A habilidade do intérprete está em questão.

E nesses casos, mudar o discurso musical não é "faltar com a verdade".

O próprio autor da peça ao escrever está dando uma autorização, subentendida por fazer parte do movimento musical
ou estilo que, o que criou é apenas uma idéia inicial, e que os intérpretes darão a sua contribuição na arte final.

Agora pense em nossos hinos...

Temos um propósito, uma finalidade ao executar os hinos...

Para quem você está executando...

Nossos hinos ainda possuem um significado maior. Para cada frase musical existe uma poesia.
Quando tocamos também temos um sentimento associado a música, relacionado a poesia.

Recebemos os ensinamentos e o MOO nos diz, e até mesmo em nossos hinários está escrito como deve ser a
execução:
que nossa execução deve ser baseada na poesia...

Alguns músicos em ambientes que não são a Congregação, em aglomerações e encontros, costumam fazer um
"círculo" e iniciam a executar de forma muito liberal, sem propósito de louvor a Deus... são as "tocatas".

Nesses encontros as execuções quase sempre fogem do que está previsto na partitura.
A improvisação distorce as palavras poéticas.
O homem sobressai e é exaltado pela sua habilidade.
Ainda que alguém cante junto, um extravasamento de "alegria" musical pode dar a impressão que "aquele que está
sendo louvado" esteja se agradando de uma brilhante e habilidosa execução.

Cresce o homem habilidoso com as chaves, nas modulações harmônicas...cresce a vaidade no homem.

Algumas alterações feitas podem dar até a sensação de "risadas" e "gargalhadas" musicais.

Será que isso é o fundamento dos nossos hinos?


Será que isso expressa o sentimento das poesias dos hinos?

Ou será que isso é uma forma disfarçada do adversário tirar dos corações os verdadeiros sentimentos que precisam
estar em nossos corações quando louvamos a Deus?
E pior ainda,
uns acabam trazendo esses costumes para o nosso meio, nas congregações...

O homem embriagado pelas vaidades das "alegrias musicais" tem muita dificuldade de produzir um som sóbrio!

Perdendo a essência do original, por maior habilidade técnica que tenha, por mais bela que seja a sua sonoridade, não
será pura!

Não por apogiaturas, ou por glissandos e vibratos exagerados, mas pela falta de respeito ao nosso Deus, ainda que
acerte todas as notas, não será um som exato!

Respeitar os ensinamentos e não distorcer aquilo que é sacro não é apenas respeito ao ministério.
É respeito ao nosso Criador!

Seja puro, sóbrio e exato em seu louvor.

Seja verdadeiro!

Mensagem de WhatsApp





Rate this
às 05:53

0 comentários:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antigaPágina inicial


Curta nossa Fan Page!

Pesquisar este blog


Pesquisar

Atenção
Este blog não têm vínculo com a Congregação Cristã no Brasil.
Material produzido por mim e/ou encontrado na web.Blog produzido com a finalidade de ajudar nossos irmãos(ãs) com dificuldades.

Fórmula de Negócios Online

PROMOÇÃO

Grupo no Facebook

Escolinha Musica MTS CCB


Grupo do Facebook · 1 membro

Participar do grupo
Curta a FanPage
Assine Grátis
Você Quer ser Avisado sobre Novos Materiais? Acompanhe-me no seu E-mail

EU QUERO SER AVISADO

ATENÇÃO:Não esqueça de Confirmar no seu E-mail

Mais vistos agora!

Caderno de Exercícios MTS - com respostas (INSTRUTOR & ALUNO)

Baixar MOO - Manual de Orientação Orquestral CCB - Pdf

Caderno de Exercícios MTS (Aluno)

Prova módulo 01 - MTS - com gabarito - CCB

Provas Módulo 1 ao 12 - MTS CCB - Baixar agora!

Blogs Recomendáveis
 Espaço do Sax
 Espaço do Trompete

Slides
 Slide Módulo 01

 Slide Módulo 05

 Slide Módulo 06

 Slide Módulo 07

 Slide todos os Módulos

Hinários Transpostos
 Fá

 Hinário em Sib

 Lá

 Mi Bemol 2ª Clave de Sol

 Ré

 Sol

Exercícios por Módulos


 Exercícios Módulo 1

 Exercícios Módulo 2

 Exercícios Módulo 3

 Exercícios Módulo 4

 Exercícios Módulo 5

 Exercícios Módulo 6

 Exercícios Módulo 7
 Exercícios Módulo 8

Áudios
 Conselhos

 Conselhos para Organistas

 Conversa de WhatsApp

 Irmão Claudio Moraes

 Irmão Samuel

 Irmão Vildomar

Cruzadinhas
 Cruzadinhas Módulo 1
 Cruzadinhas Módulo 2

Métodos
 Método de Cornets

 Métodos de Fagote

 Métodos de Flautas

 Métodos de Fluegelhorns

 Métodos de Saxofone

 Métodos de Trompa

 Métodos de Trompete

 Métodos de Tuba

 Métodos de Violino

Caderno de Exercícios
 Apostila de Exercícios Solfejos

 Caderno de Exercícios Infantis

 Caderno de Exercícios MTS Aluno

 Caderno de Exercícios MTS Instrutor

 MTS não resolvido

 MTS Resolvido

Tudo sobre Hinário 5


 Conselhos para Organistas

 Correlação Numérica

 Cronometramento de hinos

 Curiosidades

 Detalhes das alterações

 Expressões apresentadas no Hinário 5 CCB - PDF

 Extensões das vozes Humanas

 Grau de dificuldade

 Hinário 5 com Anotações

 Histórico do hinário CCB

 Linguagem Rítmica dos Hinos


 Numeração dos Hinos nas 5 edições do hinário

 Sugestão para roteiro de Orgão

 Sugestão proposta aos regentes

 Tabela de Andamento & Comparativo Completo

 Tabela para Avaliação de Hinos

Caça-Palavras
 Caça-palavras Módulo 1
 Caça-Palavras Módulo 2

 Caça-Palavras Módulo 3

 Caça-Palavras Módulo 4
 Caça-Palavras Módulo 5

 Caça-Palavras Módulo 6

 Caça-Palavras Módulo 7

 Caça-Palavras Módulo 8

 Caça-Palavras Módulo 9

Formulário de contato
Nome

E-mail *

Mensagem *

Visitaram este Blog


1719451

Curso de Sax

Provas Teóricas
 Provas Módulo 1

 Provas Módulo 1 ao 5

 Provas Módulo 10

 Provas Módulo 11

 Provas Módulo 12
 Provas Módulo 2

 Provas Módulo 3
 Provas Módulo 4

 Provas Módulo 5

 Provas Módulo 5 e 6
 Provas Módulo 6

 Provas Módulo 6 ao 7

 Provas Módulo 7

 Provas Módulo 8

 Provas Módulo 9

 Todos os Módulos

Materiais complementares
 Apostilas Musicais Infantil

 Bilhete ao Pais

 Bona Branco

 Carta de apresentação

 Coloque nome nas notas (Clave de fá)

 Cronometramento de hinos

 Desenhos para Colorir

 Detalhes das alterações

 Envelope para coleta do Lanche

 Envelopes para lanche ensaio

 Etiqueta do Músico CCB

 Expressões apresentadas no Hinário 5 CCB - PDF

 Extensões das vozes Humanas

 Ficha de controle

 Ficha para Contagem de Músicos nos Ensaios

 Fluxograma

 Formulários CCB

 grupos Rítmicos

 História da Meia Hora

 Histórico do hinário CCB

 Imagens para Edição

 Jogos Musicais

 Material resumido de cada Módulo MTS

 Metrônomo

 MOO Manual Orientação Orquestral

 Organização da Orquestra na Igreja

 Orientação para o GEM

 Os 10 Mandamentos

 Pedido de Exame para Oficialização

 Planejamento de Aulas

 Programa Mínimo
 Regulamento e orquestra

 Resumo dos Hinos

 Reuniões Técnicas
 Ritmos Inicias

 Semicolcheia

 Solfejos de Hinos

 Sugestão de Hinos de Silêncio Meia hora

 Sugestão para roteiro de Orgão

 Tabela de Andamento & Comparativo Completo

 Tabela para Avaliação de Hinos

 Transposição no Hinário

Exercícios e Teorias
 Coloque nome nas notas (Clave de fá)

 Escala Musical

 Exercícios para Fixação

 Exercícios sobre Compassos

 Expressões apresentadas no Hinário 5 CCB - PDF

 Intervalos

 Material resumido de cada Módulo MTS

 Noções Elementares de Teoria Musical

Treinamentos Online
>>SuperCurso de Violino
>>Como Aprender Teoria em 15min por dia
CRENTE ATRASADO NA IGREJA

O texto é tão claro que não é necessário nem dizer nada.

PONTUALIDADE – MAT. 25.1-13

Se você fosse dono de uma grande empresa, que tipo de funcionário contrataria para trabalhar nela?
· Aquele que precisa ser vigiado o tempo todo e está sempre fazendo “corpo mole”?

Aquele que chega atrasado todos os dias e sempre tem uma desculpa preparada na ponta da língua?
· Aquele que trabalha um dia e falta dois? Definitivamente não seria esse o perfil de um funcionário ideal.

Funcionário negligente aborrece o patrão e tornasse um mal exemplo aos demais.


· Infelizmente vivemos em uma cultura que pouco é ensinado sobre horários, prazos e muito menos assiduidade.

Nós brasileiros (a maioria) costumamos deixar as coisas pra cima da hora, ou chegar aos compromissos em cima da
hora ou atrasados, pelas mais variadas circunstâncias.
· A parábola das dez virgens tem várias lições. Mas há ainda uma lição preciosa que passa despercebida. Vejamos
o texto.

A parábola diz que cinco virgens eram prudentes e cinco eram tolas. As prudentes levavam azeite nas suas vasilhas
enquanto que as tolas não.
· Na hora em que o noivo chegou as prudentes estavam já preparadas (pois possuíam reserva de azeite),
enquanto que as tolas não estavam porque saíram para comprar pois suas lâmpadas estavam se apagando.

Neste momento chegou o noivo entrou e fechou as portas.


· Depois de certo tempo, chegaram as tolas e chamam pelo noivo, o qual declara que não as conhecem.

O noivo impediu a entrada das virgens tolas por quê? Por causa do atraso!
· O texto não diz e também por ser uma parábola - (Uma parábola é uma forma de discurso, ou uma estória ou
um dito para ilustrar uma lição que se deseja ensinar) – mas acredito que as virgens justificariam o seu atraso devido
ao fato de ir comprar azeite.

Embora a parábola nos alerta acerca da vinda do Senhor Jesus que é um fato iminente, ou seja, que pode acontecer
a qualquer momento e a necessidade de estarmos preparados para tal acontecimento.
· Esta parábola também nos trás uma importante lição que passa despercebida: a lição da pontualidade.

As tolas não entraram porque se atrasaram indo comprar azeite e tiveram que buscar azeite porque não se
programaram (não tiverem o cuidado em reservar) para um eventual imprevisto (fato acontecido: tardando o
esposo).
· Ser pontual é, segundo o Dicionário Aurélio, a qualidade daquele “que chega, parte, ou cumpre as obrigações
ou compromissos, executa trabalho, à hora marcada”.

A pontualidade é uma virtude que deve ser valorizada e observada pelo cristão.
· A Bíblia nos apresenta a pontualidade dos apóstolos Pedro e João: “Pedro e João subiam ao templo à hora da
oração, a nona” - Atos 3:1.
A nona hora do dia judaico corresponde às quinze horas do nosso horário. Nessa hora havia um encontro de oração
no templo em Jerusalém.
· Pontualmente os apóstolos foram ao templo para orar, nos deixando o exemplo de fidelidade nos
compromissos com Deus e com os que ali deveriam também estar.

É de extrema indelicadeza e total gravidade chegar atrasado a um compromisso com horário pré-estabelecido.
· Atrasar sem justificativa ou por motivos fúteis é falta de consideração e irresponsabilidade. Com certeza as
pessoas vitimadas pelo atraso de outras se aborrecem pelo tempo perdido.

O motivo que impediu as virgens de entrar na festa foi a pontualidade – neste caso o atraso.
· Quem marca um compromisso para as dez horas com certeza não gostará de ser atendido às onze.

Deus não se atrasa e nem adianta: Sl 46:1 - DEUS é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.
· Deus nos socorre no tempo certo, Ele nunca se atrasa: Ele Não retarda o Senhor a Sua promessa... I Pd 3:9.

Como filhos deveríamos imitar o Pai, deveríamos aprender também a não retardar as nossas promessas, e também a
não nos atrasar em nossos compromissos.
· Dentro do conceito social de pontualidade. Quais mensagens que transmitimos quando nos atrasamos?

Quando eu me atraso eu estou dizendo que o meu tempo é mais importante do que o da pessoa que está me
esperando ou a qual assumi um compromisso.
· Atrasar também transmite a mensagem de que a pessoa que me espera ou que eu tenho compromisso não
deve ser muito importante para mim.

Certamente seriamos pontual com alguém que achamos importante e sem falar que atrasar-se é um
comportamento desrespeitoso e, pior, cria hábito.
· Há muitas situações em que o atraso não é permitido. O ônibus sai na hora marcada, se você chegar depois
perde a passagem.

Ninguém tem a permissão de atrasar numa audiência, ou numa entrevista de emprego. Ninguém chega atrasado
para prestar o vestibular, no horário determinado os portões se fecham e acabou não existe justificativa.
· Imprevistos e empecilhos de última hora podem ocorrer, e isto nos leva a impontualidade, o que não pode é
virar um habito.

*Infelizmente não são poucos os que têm o hábito de chegar atrasados aos cultos, aos compromissos na igreja. A
pontualidade é uma maneira de demonstrar reverência na adoração a Deus.*

Jesus não chega atrasado, Ele esta lá na hora marcada dos cultos, reuniões, escola dominical, santa ceia ensaios para
cumprir Sua promessa.
· Têm alguns crentes que chegam atrasados por motivos justos (trabalho) e não podemos negar este fato,
outros, às vezes, por um pequeno descuido; lá de vez enquanto perdem a hora,

O que é realmente preocupante, é que alguns já se acostumaram e parece que o chegar atrasado, faz parte de um
“status”.
· Por que chegar atrasado aos cultos? Creio que apesar de ser uma palavra muito forte porem é a mais cabível
aqui: relaxamento.

Muitos têm o capricho para não chegar atrasado ao serviço pra evitar levar bronca e nem perder o dia e o
remunerado (sábado e domingo) e muito menos o emprego.
· O mesmo acontece na escola. Pais que tem seus filhos que estudam de manhã pulam cedo da cama, pois do
contrario perderiam a aula.
Se caprichamos para não chegarmos atrasados no emprego ou na escola, pelo simples fato de perdermos algumas
coisas materiais, será que as coisas espirituais são menos importantes?
· Será que Deus não merece nosso melhor ou, quando muito, a nossa pontualidade na igreja?

É de se admirar como alguns crentes menosprezam as coisas divinas/Deus.


· Lucas 22:7 a 23 relata a ultima páscoa e a primeira Santa Ceia o Veersiculo14 diz: “chegada a hora, pôs-se Jesus
à mesa, e com ele os apóstolos”.

Temos aqui um exemplo de muito valor na expressão “chegada a hora” lá estava o Senhor Jesus com seus apóstolos
para a celebração da páscoa e posteriormente a instituição da ceia do Senhor.
· A igreja, nós os crentes precisamos observar este principio! Mas, infelizmente, o que tem acontecido é que a
hora chega, mas muitos crentes não.

1ª Cor. 14.40 “tudo porém, seja feito com decência e ordem”, precisamos observar este principio chegando na hora
ou até mesmo um pouco antes dos horários estabelecidos.

Aprenda isto: As nossas atitudes servem de modelos para os outros, quando elas são positivas dificilmente será
notada e seguida, mas quando são negativas é fácil de serem vistas e logo alguém se prontifica em segui-las.
· 1ª Cor. 10.32 “Não vos torneis causa de tropeço nem para judeus, nem para gentios, nem tão pouco para a
igreja de Deus”.

Quantos visitantes descrentes já saíram decepcionados, pois esperavam dos crentes atitudes diferentes, mas
chegaram na hora marcada na igreja e se decepcionaram em ver o relaxo de alguns com o horário?
· A pontualidade na igreja também faz parte de um bom testemunho e tornasse uma grande pregação para o
descrente.

Salvo as raras e honrosas exceções - É inadmissível a impontualidade quando se tem horário marcado.
· João 17:1 Jesus Cristo disse: "Pai, é chegada a hora". Para que aquela hora pudesse chegar, sem dúvida, houve
preparação de muitos séculos. Tudo dentro da ordem, da perfeição.

Na hora certa Jesus nasceu. No tempo certo foi ao templo. Na hora certa foi julgado, condenado, crucificado.
· No momento determinado ressuscitou, ha hora certa virá buscar sua Igreja e no momento determinado
efetuará o julgamento de vivos e mortos.

Deus é Deus de ordem. Se o nosso Deus que é soberano faz tudo certo, na hora certa, por que não observamos o
tempo certo para realizar as coisas de Deus?
· Na igreja, nunca nos policiamos para cumprimos os horários estabelecidos, porém, se temos de tomar um
ônibus ou avião nunca chegamos atrasados, porque certamente os perderíamos.

*Quantas vezes você já chegou atrasado aos trabalhos da igreja?*

*É chegada a hora de assumirmos um compromisso mais sério com as coisas de Deus. Decida-se a partir de hoje, a
levar a sério seus compromissos com Deus. Faça um esforço especial e seja pontual nos trabalhos da igreja.*