Você está na página 1de 5

CENTRO UNIVERSITÁRIO DA GRANDE DOURADOS

FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS E AGRÁRIAS


CURSO: ENGENHARIA MECÂNICA
Dyego Bachim RGM: 372.226

RELATÓRIO DE LABORATÓRIO
TÚNEL HIDRODINÂMICO E SUAS PERDAS DE CARGAS

OBJETIVOS: interior da seção de testes, para o ensaio de


Encontrar a potência da bomba e suas modelos, que podem ser marítimos ou para
respectivas perdas de carga em um túnel outros tipos de obstáculo sólido. Os túneis
hidrodinâmico. hidrodinâmicos, via de regra, operam com
água, facilitando sobremaneira a realização
RESUMO:
de ensaios de visualização de escoamentos.
Foi realizado a atividade no laboratório,
Além disso, para um mesmo modelo de
em grupo, com finalidade de demonstrar
ensaios e uma mesma velocidade do
experimentalmente a parte teórica do
escoamento dentro da seção de testes, pode-
conteúdo de mecânica dos fluidos
se obter números de Reynolds bem mais
(Equação de Bernoulli, Equação de
elevados em meio hidrodinâmico do que em
Reynolds), utilizando um túnel
ar, uma vez que a viscosidade cinemática da
hidrodinâmico. Foi feito algumas medições
água é cerca de 15 vezes menor de que a do
para se obter uma média de tempo, com
ar.
intuito de calcular todos os parâmetros
Os fluidos quando passam por certos dutos
necessários para chegar no resultado
ou encanamento, podem sofrer perdas de
esperado deste experimento.
cargas ao longo do trajeto. A equação que
Palavra Chave: Túnel Hidrodinâmico, para calcular essas perdas está logo abaixo.
Bernoulli, Reynolds, Mecânica dos HL = HN + HLoc
Fluidos.
Os fatores que influenciam nas perdas de
INTRODUÇÃO: carga são:
Túneis hidrodinâmicos podem apresentar Natureza do fluído escoado (peso
diferentes configurações geométricas, e específico, viscosidade).
constituem as principais instalações de A. Material empregado na fabricação dos
ensaio na maioria dos laboratórios de tubos e conexões (PVC, ferro).
dinâmica dos fluidos. O objetivo do B. Diâmetro da tubulação.
equipamento é produzir um escoamento C. Comprimento dos tubos e quantidade de
regular e em condições controladas no conexões e acessórios.
D. Regime de escoamento (laminar ou medições para depois tirar uma média do
turbulento). tempo gasto neste trajeto. O mesmo passo
Além das perdas por atrito, existem as será realizado com um copinho de plástico
perdas associadas com a inclusão de uma (também com medidas e peso
máquina no sistema. desconhecido). O trajeto que ambos
Escoamento com máquina: percorreram foi de 300 cm como mostrado
no esboço logo abaixo na figura 2.
H1 + HM = H2
Alguns parâmetros foram feitos antes dos

Escoamento com máquina e atrito: testes: medição das tubulações, do acrílico,


checagem da temperatura da água
H1 + HM = H2 + HLoc (necessário para verificação da viscosidade
dinâmica), fotos foram tiradas das válvulas
Este experimento irá servir como uma
e conexões para depois obter o valor do K
descrição das principais perdas causadas
de cada componente (necessário para os
pelo atrito no projeto e pela bomba, assim
cálculos de perda localizada). Todos os
como a avaliação da construção do túnel
detalhes aferidos e os componentes do
hidrodinâmico em circuito fechado,
experimento estão na figura 2.
construído com acrílico, tubos de pvc,
mangueiras de poliuretano, além de
diferentes acessórios de diferentes
dimensões tais como, flanges, válvulas e
conexões. O experimento permite a
visualização do escoamento no interior da
seção de teste, além do cálculo
simplificado das suas perdas e a potência
necessária para a instalação da bomba.

METODOLOGIA:

O experimento em questão consiste em


pegar 3 pontos do túnel para a realização
da atividade. Onde será lançado
primeiramente uma bolinha de isopor de
medidas e peso desconhecidos, como
ponto de partida a marcação de número
três como mostrado na figura 1, o destino
final é na marcação de número 2. Com o
auxílio de um cronômetro, serão feitas 10
MATERIAIS UTILIZADOS:

1 Termômetro Digital;
1 Paquímetro;
1 Cronômetro;
1 Trena

COMPONENTES DO TÚNEL:

7 Flanges 2” 3/8” - K ()
2 Curvas 45º - K (0,9)
2 Curvas 90º - K (1,7)
1 Válvula Globo - K (2,1)
1 Flange T - K (1,3)
2 Válvulas Fecho - K (0,4)
1 Bomba 127/220 V
1 Reservatório 360L

RESULTADO E DISCUSSÕES:

Como objetivo deste trabalho é calcular a


potência da bomba e as perdas de carga no
túnel hidrodinâmico, a seguir será feito os
cálculos passo a passo até chegar no
resultado final. Para isso foram necessários
alguns procedimentos tais como, a
cronometragem do tempo, tanto da bolinha
como do copo. Com isso será calculado o
valor da velocidade que a bolinha e o teve
dentro do tanque.
Logo Abaixo está a tabela de tempo feito
pelo grupo, onde constam 10 medições e ao
final a média de todos os tempos.

Tabela Tempo (bola/copo)


Bolinha Copo
Tempo (s) Tempo (s)
1 4,20 1 4,57
2 4,69 2 4,75
3 4,33 3 4,57
4 4,45 4 4,51
5 4,42 5 4,49
6 4,40 6 4,62
7 4,25 7 4,52
8 4,23 8 4,52
9 4,37 9 4,33
10 4,54 10 4,41
Σ 4,43 Σ 4,53
específico, viscosidade). na figura 1. A escolhas desses pontos irá
A. Material empregado na fabricação dos facilitar a resolução. Deve-se também
tubos e conexões (PVC, ferro). considerar que o reservatório 1 é muito
B. Diâmetro da tubulação. grande em relação aos demais pontos 2 e 3
C. Comprimento dos tubos e quantidade de e que todos os reservatórios estão abertos.
conexões e acessórios. A instalação da bomba se encontra entre os
D. Regime de escoamento (laminar ou pontos 1 e 2 e a velocidade do ponto 2 e 3
turbulento). do escoamento deve ser encontrada de
Além das perdas por atrito, existem as duas maneiras: (1) através da formulação
perdas associadas com a inclusão de uma matemática e (2) através de medidas. Os
máquina no sistema. valores obtidos das velocidades devem ser
Escoamento com máquina: utilizados nos cálculos da potência da
bomba. Lembrem-se de explicar e concluir
H1 + HM = H2
as diferenças de valores, caso haja alguma
Escoamento com máquina e atrito: diferença.

H1 + HM = H2 + HLoc

Este experimento irá servir como uma


descrição das principais perdas causadas
pelo atrito no projeto e pela bomba, assim
como a avaliação da construção do túnel
hidrodinâmico em circuito fechado,
construído com acrílico, tubos de pvc,
OBS: todos os componentes na tubulação
mangueiras de poliuretano, além de
devem ser encontrados em catálogos. Deve
diferentes acessórios de diferentes
se também encontrar a rugosidade dos
dimensões e formatos. O experimento
materiais usados na tubulação lisa.
permite a visualização do escoamento no
interior da seção de teste, além do cálculo PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL:
simplificado das suas perdas e a potência 1. Medir e anotar todas as medidas
necessária para a instalação da bomba. dos tubos e canos com uso de uma fita
métrica;
METODOLOGIA:
2. Anotar e fotografar todos os
O experimento em questão deve ser feito
componentes (válvulas, cotovelos...);
considerando-se 3 pontos como mostrado
3. Aferir 10 medidas de velocidade do
escoamento de uma extremidade a outra do
canal;

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:
[1] Werlé, H. e Gallon , M. Le Nouveau
Laboratoire de Visualisation
Hydrodynamique de la Direction de
l'Aérodynamique. La Recherche
Aérospatiale, n5, p.289-311, France(1982).

[2] Introdução a Mecânica dos Fluidos,


R. W.Fox, A.T. McDonald, P.J. Pritchard,
Ed LTD, 6ª. Ed..