Você está na página 1de 3

1

Disciplina:
PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO
Prof. Júlio Rique
Orientação Bibliográfica por Eixos do Programa

Semestre 2018.2

Fontes Bibliográficas:

1. PAPALIA, D. E. & FELDMAN, R.D. (2013). DESENVOLVIMENTO HUMANO,


12ª EDIÇÃO. PORTO ALEGRE, RS: ARTMED

2. OLIVEIRA, J. B. A. (2017). DESENVOLVIMENTO INFANTIL: O QUE


DESENVOLVE? 1A. BRASÍLIA, DF: INSTITUTO ALFA E BETO.

Artigos Enviados pelo Sistema:

Capítulo de livro deixado na Copiadora de Fagner: A century of developmental Psychology.

1ª Avaliação:
Objetivo principal: 1. Saber definir PD como ciência básica e aplicada

a. O Estudo do Desenvolvimento Humano; Teoria e Pesquisa;


i. Atenção para:
1. Conceitos de desenvolvimento
2. Os períodos de desenvolvimento
3. Os conceitos de influências normativas e não-normativas no
desenvolvimento
4. As noções: período critico ou sensível e plasticidade.
5. Teoria e Métodos de pesquisa;
6. Como hereditariedade e ambiente operam juntos: Faixa de
reação (amplitude de reação) e Canalização.

Exercícios de Revisão

1. Sobre desenvolvimento humano é válido afirmar:


a) Não é sensível às influências do contexto histórico e cultural
b) É descrito como um processo contínuo, mas não cumulativo.
c) Envolve a plasticidade, entendida como a incapacidade de mudança frente às
exigências do ambiente.
d) A aprendizagem é anterior ao desenvolvimento.
e) Desconsidera a ideia de períodos críticos de desenvolvimento.

2. O princípio de amplitude de reação informa que:


a) Os genótipos limitam a extensão de possíveis fenótipos que uma pessoa
possa desenvolver em resposta a diferentes ambientes.
b) Uma característica altamente canalizada é aquela em que os genes conduzem
o desenvolvimento por caminhos preestabelecidos.

1
2

c) A constituição genética não limita as possibilidades de reação das pessoas às


exigências ambientais.
d) As pessoas reagem sempre do mesmo modo diante dos mesmos estímulos.
e) Nenhuma das alternativas é correta.

3. Sobre as influências no desenvolvimento humano, assinale a opção correta.


a) As influências normativas tendem a ser muito diferentes para pessoas de
uma determinada faixa etária.
b) O tempo de ocorrência de eventos biológicos (ex. puberdade), dentro de uma
faixa normal, é mais flexível do que o tempo de ocorrência dos eventos
sociais (ex. casamento)
c) Os fenômenos não-normativos são eventos incomuns que impactam o
desenvolvimento individual.
d) A influência não normativa sempre envolve eventos negativos e atípicos.
e) As pessoas não são capazes de produzir seus próprios eventos de vida não
normativos.

4. Das opções abaixo, qual a que melhor define a psicologia do desenvolvimento


humano.
a) A ciência que estuda os processos de aprendizagem apoiados na filogênese,
ontogênese e sociogênese.
b) A ciência que busca verificar e compreender nos organismos os fatores que
mudam e os fatores que permanecem constantes ao longo da vida.
c) A ciência que pretende descrever e explicar as continuidades e
descontinuidades desenvolvimentais sem a preocupação de aplicação prática
de seus estudos.
d) A ciência que prioriza a consideração aos aspectos maturacionais em
detrimento das contingências ambientais.
e) A ciência voltada a compreensão do ser humano, desde o nascimento até a
velhice.

5. O delineamento no qual a mesma amostra de indivíduos, fenômenos ou fatos é


medida em mais de um momento ao longo do tempo é chamado de:
a) Delineamento etnográfico.
b) Delineamento longitudinal.
c) Delineamento clínico.
d) Delineamento transversal.
e) Delineamento intuitivo.

6. Sobre o modelo de pesquisa transversal, é correto afirmar.


a) Nos estudos transversais todas as medições são feitas num único
“momento”, não existindo, portanto, período de seguimento dos indivíduos.
b) Apresenta menor grau de generalização quando comparado com o método
longitudinal.
c) Entre as vantagens do modelo transversal estão: baixo custo, maior
facilidade de realização rapidez na coleta dos dados.

2
3

d) Uma limitação do modelo transversal é que ele pouco diz sobre o


desenvolvimento individual, pois cada participante é submetido à
mensuração em determinado momento.
e) Todas as opções anteriores estão corretas.

7. O método hipotético-dedutivo pauta-se em:


a) Validade.
b) Confiabilidade.
c) Generalização.
d) Todas as anteriores.
e) Nenhuma das anteriores.

8. Davis e Bremner (2010) definem o experimento enquanto um teste de causa e


efeito que é realizado mediante a coleta de evidências que demonstrem o efeito
de uma variável sobre a outra. Sobre os estudos experimentais é correto afirmar
que:
a) Para que um estudo seja considerado experimental é necessária a
presença de um grupo-controle e de pelo menos um grupo experimental.
b) A manipulação da variável independente e a aleatorização das unidades
de análise nas diferentes condições experimentais são procedimentos necessários
para que um estudo possa ser considerado experimental.
c) A manipulação da variável independente a fim de produzir efeitos sobre a
variável dependente é o único procedimento necessário para que um estudo
possa ser identificado como experimental.
d) O que permite caracterizar um estudo como experimental é o fato dele
ser executado em um laboratório, o que viabiliza um rígido controle sobre as
variáveis de interesse.
e) Estudos experimentais se caracterizam por não serem estudos em
psicologia do desenvolvimento.

Questão Aberta:
Apresente três razões para se fazer pesquisas em Psicologia do Desenvolvimento.