Você está na página 1de 4

Exercícios de Cálculo III– Lista 6

1 – Ache o gradiente de f em P, em cada caso:

a) f  x, y   x 2  y 2 P 4; 3
c) f x, y, z   yz 3  2 x 2 P2;  3;1
 
b) f x, y   e 3 x tg  y  P 0; 
 4

2 – Ache a derivada direcional de f em P, na direção indicada:

f x, y   x 2  5 xy  3 y 2 P3;  1 u  i  j 
2
a)
2

 y
b) f x, y   arctg   P4;  4 a  2i  3 j
x

c) f x, y   9 x 2  4 y 2  1 P3;  2 a  i  5 j

 
d) f x, y   x cos2  y  P 2;  a  5i  j
 4

e) f x, y, z   xy 2 z 2 P2;  1; 4 a  i  2 j  3k

f) f x, y, z   z 2 e xy P 1; 2; 3 a  3i  j  5k

g) f x, y, z    x  y  y  z  P5; 7;1 a  3i  k

 
f x, y, z   e  y senx   e 3 y sen3x   z 2 P ; 0;1 u   i 
1 1 2 1
h) j k
3 3  2 2 2

f x, y, z   x 2 y  3 yz 2 P1;  1;1 u  i  j  k


1 2 2
i)
3 3 3

j)  
f x, y, z   ln x 2  y 2  z 2 P1;1;1 u   i  i  k
2 1
3 3
2
3

3 – Ache a derivada direcional da função z  f  x, y  no ponto P na direção indicada.

a) z  x 3  5 x 2 y P2; 1 na direção da reta y  x


 x  1  4
b) z  ye xy P0; 0 na direção da reta t : 
 y  3

c) 
z  x 2  y 2 P2; 3 na direção tangente à curva 2 x  5 y 2  15 no ponto Q 0; 3 
4 – Ache o valor máximo da derivada direcional da função w  f  x, y, z  no ponto P..

P1; 2;  3
1
a) w
x  y2  z2
2

b) w  e x cos y  P1; 0;  

5 – I) Ache a derivada direcional de f na direção de P para Q.


II) Ache o vetor unitário na direção em que f cresce mais rapidamente em P e determine a taxa de variação de
f naquela direção.
III) Ache um vetor unitário na direção em que f decresce mais rapidamente em P e determine a taxa de variação
de f naquela direção.

a) f x, y   x 2 e 2 y P2,0 Q 3,1

b) f x, y, z   x 2  y 2  z 2 P 2,3,1 Q0,5,4

6 – A temperatura em qualquer ponto de uma placa retangular é T x, y   3x 2  2 xy . Sendo x e y medidos em


metros.

a) Ache a taxa de variação máxima da temperatura no ponto P3,6 


b) Ache a direção e o sentido em que a taxa de variação é máxima em P3,6 

7 – Uma chapa de metal está situada em um plano xy, de modo que a temperatura T em  x, y  seja inversamente
proporcional à distância da origem, e a temperatura em P 3,4  é 100 ª F .

a) Ache a taxa de variação de T em P na direção de i  j


b) Em que direção T aumenta mais rapidamente em P?
c) Em que direção T decresce mais rapidamente em P?
d) Em que direção a taxa de variação é 0?

8 – O potencial elétrico V em  x, y , z  é V  x 2  4 y 2  9 z 2

a) Ache a taxa de variação de V em P 2;  1; 3 na direção de P para a origem.


b) Ache a direção que produz a taxa máxima de variação de V em P.
c) Qual a taxa máxima de variação em P.

9 – Determine equações do plano tangente e da reta normal ao gráfico da equação no ponto P.

a) 4 x 2  y 2  3z 2  10 P2,3,1

b) z  4x 2  9 y 2 P 2,1, 25


c) xy  2 yz  xz 2  10 P 5,5,1
  
d) z  2e  x cos y  P 0, ,1
 3 
 y 
e) x  ln   P0,2,1
 2z 

10 – Ache os pontos do hiperboloide de duas folhas x 2  2 y 2  4 z 2  16 em que o plano tangente é paralelo ao


plano 4 x  2 y  4 z  5

Respostas

4 3
1 – a)  i j b) 3i  2 j c)  8i  j  9k
5 5

10 1 67 1 15e 2
2 – a)  b)  c) d) e) 16 14 f)
2 8 13 8 26 2 26 35

12 6 22 2
g) h) 5  i)  j)
10 4 3 9

20  2 3
3 – a) 26 2 b) 3 5 c)
26

14
4 – a) b) e
98
28 1 2 1 2
5 – a) I)  II) i j; 80 III)  i j;  80
26 5 5 5 5

25 2 3 2 3
b) I)  II)  i j; 1 III) i j;  1
7 22 14 14 14 14

1 1
6 – a) 6 2 º C / m b) Na direção e no sentido do vetor u  i j
2 2
28
7 – a)  b) Na direção do vetor u  12i  16 j
2
c) Na direção do vetor  u  12i  16 j d) Na direção do vetor v  4i  3 j

178
8 – a)  b) Na direção do vetor u  4i  8 j c) 2.996
14

 x  2  16t

9 – a)  : 16 x  2   6 y  3  6 z  1  0 n :  y  3  6t
 z  1  6t

 x  2  16t

b)  : 16 x  2   18 y  1   z  25   0 n :  y  1  18t
 z  25  t

 x  5  4t

c)  : 4 x  5  3 y  5  20 z  1  0 n :  y  5  3t
 z  1  20t

x  t
  
 
d)  : x  3  y    z  1  0 n :  y    3t
 3  3
z  1  t

 x  t


e)  :  x 
1
 y  2  z  1  0 n : y  2  t
1
2  2
z  1  t

10 –Mín. f 0,0   0 Máx. f 4,3  67