Você está na página 1de 35

BEM-VINDOS!

Catalão,
1º semestre de 2019
ELETROMAGNETISMO
APLICADO
SEMESTRE
2019/1
Curso: ENGENHARIA ELÉTRICA
Prof: Ms. Diego Rodrigues Pereira
e-mail: diego.r.pereira@una.br

Catalão,
1º semestre de 2019
ONDAS ELETROMAGNÉTICAS

O QUE É UMA ONDA


ELETROMAGNÉTICA?

03
ARCO-ÍRIS DE MAXWELL
Um raio luminoso é uma onda progressiva de campos
elétricos e magnéticos.
O CENTRO DA REGIÃO
VISÍVEL CORRESPONDE A
555 nm.

04
ARCO ÍRIS DE MAXWELL

O centro da região visível(555 nm) produz a sensação de verde claro.

05
DESCRIÇÃO DE ONDA UMA ONDA
ELETROMAGNÉTICA

Ondas de rádio

06
ONDAS ELETROMAGNÉTICAS
PROPRIDADES:

 e são perpendiculares à direção de propagação, isso significa


que as ondas eletromagnéticas são transversais.
 e são perpendiculares entre si.

 O produto vetorial x aponta no sentido de propagação da onda.

 Os campos variam senoidalmente. Além disso, variam com a mesma


frequência e estão em fase.

07
CONTINUAÇÃO:

Podemos descrever os campos através de funções


senoidais da posição x do tempo t:

E = Emsen(kx – wt)

B = Bmsen(kx – wt)

08
CONTINUAÇÃO
O campo elétrico induz o campo magnético e vice-versa. A
velocidade de qualquer onda eletromagnética no vácuo é c,
que pode ser escrita como:

09
REVISÃO

V = Velocidade de onda
λ = Comprimento de onda
f = frequência

k = número de onda

w = frequência angular

10
As curvas senoidais da figura acima representam valores instantâneos dos
campos elétricos e magnéticos em função de x. A medida que o tempo passa, a
onda se desloca para a direita com velocidade c. Em qualquer ponto, as
oscilações senoidais de E e B estão em fase. As amplitudes devem ser
relacionadas por

11
EXEMPLO
Um laser de dióxido de carbono emite ondas
eletromagnéticas senoidais que se propagam no vácuo no
sentido negativo do eixo Ox. O comprimento de onda e
igual a 10,6 μm, o campo E é paralelo ao eixo Oz e seu
modulo máximo é igual a 1,5 MV/m. Escreva as equações
vetoriais para E e para B em função do tempo e da posição.

12
MEIOS MATERIAIS
As ondas eletromagnéticas também podem se propagar na matéria. Podemos
estender nossa analise para ondas eletromagnéticas se propagando em materiais
não condutores, ou seja, em dielétricos. Em um dielétrico, a velocidade de
propagação da onda v não é a mesma velocidade que no vácuo. As equações são
substituídas por

14
MEIOS MATERIAIS
Com ε = Kε0 a permeabilidade do dielétrico e K a constante dielétrica, e μ = km μ0
a permeabilidade do dielétrico Km sua permeabilidade relativa. Encontramos para
a velocidade da onda v a expressão

15
MEIOS MATERIAIS
Para quase todos os dielétricos, exceto para materiais ferromagnéticos
isolantes, a permeabilidade relativa Km e aproximadamente igual a 1. Assim,

16
MEIOS MATERIAIS
Como K é sempre maior do que 1, a velocidade v da onda é sempre menor do
que a velocidade no vácuo c. A razão entre a velocidade no vácuo e a velocidade
em um material é o índice de refração n do material. Quando Km ≈ 1,

17
EXEMPLO
(a) Ao visitar uma joalheria certa noite, você segura um diamante contra a iluminação de um poste de rua. O
vapor de sódio aquecido do poste emite uma luz amarela com frequência de 5,09.1014 Hz. Determine o
comprimento de onda no vácuo, a velocidade de propagação da onda no diamante e o comprimento de onda no
diamante. Nessa frequência, o diamante possui
propriedades K = 5,84 e Km = 1,0.
(b) Uma onda de radio com frequência de 90,0 MHz (na faixa de FM) passa do vácuo para uma ferrita isolante
(um material ferromagnético usado em cabos de computador para suprimir a interferência do rádio). Calcule o
comprimento de onda no vácuo, a velocidade de propagação da onda na ferrita e o comprimento de onda na
ferrita. Nessa frequência, a ferrita possui
propriedades K = 10,0 e Km = 1000.

18
EXEMPLO (RESOLUÇÃO)

19
EXEMPLO (RESOLUÇÃO)

20
EQUAÇÃO DE ONDA
As equações de Maxwell implicam que os vetores campo elétrico e magnético
no espaço livre obedecem à equação de onda.

20
EQUAÇÃO DE ONDA
Mostre por substituição direta que a equação de onda é satisfeita pela função
da onda:
Ey = E0sen(kx –ωt), onde c = ω/k

21
EQUAÇÃO DE ONDA
Use os valores conhecidos de μ0 e ε0 em unidades do SI para determinar
c = 1/(ε0 μ0)1/2, e mostre que esse valor é de aproximadamente
3 x 108 m/s.
Dados:
ε0 = 8,854 x 10-12 C2/N.m2 (permissividade do espaço livre)
μ0= 4π x 10-7 N/m2 (permeabilidade do espaço livre)

22
TRANSPORTE DE ENERGIA E VETOR DE
POYNTING
Como qualquer onda, uma onda eletromagnética transporta energia. A
densidade de energia total u em uma região do espaço vazio onde existem os
campos E e B é dada por

Para a onda eletromagnética no vácuo, os módulos de E e B são relacionados


por

23
TRANSPORTE DE ENERGIA E VETOR DE
POYNTING
Combinando as duas equações anteriores, podemos expressar a densidade de
energia u em uma onda eletromagnética simples no vácuo por

Isso mostra que, no vácuo, a densidade de energia associada ao campo E na


onda simples e igual a densidade de energia associada ao campo B. A
densidade de energia u de uma onda eletromagnética senoidal também é uma
função do tempo e da posição.

24
TRANSPORTE DE ENERGIA E VETOR DE
POYNTING
Podemos definir uma grandeza vetorial que descreve o modulo, a direção e o
sentido do fluxo de energia, denominado vetor de Poynting S:

O módulo de S depende da rapidez com que a energia é transportada por uma


onda através de uma área unitária em um dado instante.

25
TRANSPORTE DE ENERGIA E VETOR DE
POYNTING
Perceba:

No SI:

[S] = W/m2

26
TRANSPORTE DE ENERGIA E VETOR DE
POYNTING
Fazendo E = Emsen(kx – ωt) podemos obter uma equação para o transporte de
energia em função do tempo.
Mais útil na prática é a energia média transportada.

27
TRANSPORTE DE ENERGIA E VETOR DE
POYNTING
Em um ciclo completo, o valor médio de sen2θ é 1/2. Podemos também definir
uma nova grandeza Erms que é o valor médio quadrático ou valor rms.

Dessa forma, podemos escrever a intensidade como:

28
EXERCÍCIOS

1 – Alguns lasers de neodímio-vidro podem produzir 100 TW de potência em


pulsos de 1,0 ns com um comprimento de onda de 0,26 μm. Qual a energia
contida em um desses pulsos?

2 – Uma onda eletromagnética plana tem um campo elétrico máximo de 3,2 x


10-4 V/m. Determine a amplitude do campo magnético.

29
EXERCÍCIOS

3 – Uma onda eletromagnética plana que se propaga no vácuo no sentido


positivo do eixo x tem componentes Ex = Ey = 0 e
Ez = (2,0 V/m) cos[(π x 1015 s-1)(t – x/c)].

a) Qual é a amplitude do campo magnético associado à onda?

b) O campo magnético oscila paralelamente a que eixo?

c) No instante em que o campo elétrico associado à onda aponta no sentido


positivo do eixo z em um certo ponto P do espaço, em que direção aponta o
campo magnético no mesmo ponto?

30
EXERCÍCIOS
4 – A amplitude de uma onda eletromagnética é de E0 = 400 V/m. Encontre:

a) Erms b) Brms c) a intensidade I d) a pressão de radiação Pr

5 – O campo elétrico de uma onda eletromagnética oscila na direção y, e o


vetor de Poynting é dado por (x,t) = (100 W/m2) cos2[10x – (3 x 109)t] ,
onde x está em metros e t em segundos.

a) Qual é a direção de propagação da onda?


b) Encontre o comprimento de onda e a frequência.
c) Encontre os campos elétrico e magnético.

31
EXERCÍCIOS
6 – Uma onda eletromagnética tem uma frequência de 100 MHz e
está se deslocando no vácuo. O campo magnético é dado por
(z,t) = (10-8) cos(kz – ωt)
a) Encontre o comprimento de onda e a direção de propagação
dessa onda.
b) Encontre o vetor campo elétrico.
c) Determine o vetor de Poynting e encontre a intensidade dessa
onda.

32
EXERCÍCIOS
7 – O vetor de Poynting de uma onda eletromagnética aponta na
direção , se o campo magnético esta na direção , para onde aponta
o campo elétrico?

8 - O vetor de Poynting de uma onda eletromagnética aponta na


direção , se o campo elétrico esta na direção , para onde aponta o
campo magnético?

33
EXERCÍCIOS
7 – O vetor de Poynting de uma onda eletromagnética aponta na
direção , se o campo magnético esta na direção , para onde aponta
o campo elétrico?

8 - O vetor de Poynting de uma onda eletromagnética aponta na


direção , se o campo elétrico esta na direção , para onde aponta o
campo magnético?

34
EXERCÍCIOS
9 – Um condutor isolado de forma indefinida está carregado com
uma carga de 10 μC . Dentro do condutor há uma cavidade que
contém uma carga puntiforme q = 3,0 μC. Responda:

a) Qual é a carga nas paredes da cavidade?

b) Qual é a carga na superfície externa do condutor?

35

Você também pode gostar