Você está na página 1de 65

FAMINAS

FACULDADE DE MINAS
SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

INGLÊS INSTRUMENTAL I

Apostila elaborada pela Professora Alessandra Soares
5

10

15

20

25

30

35

2
40 Teoria
As Armadilhas da Tradução

3
O trabalho do tradutor passa por um caminho ladeado de armadilhas. Até os melhores
profissionais guardam a lembrança de algum tremendo contra-senso  que   cometeram.  São
diversas as causas de tais erros.
45 Apesar de sua diversidade, a maioria provém, em última análise, da nossa fé na existência
autônoma das palavras e na convicção inconsciente de que a cada palavra de uma língua
necessariamente corresponde outra noutra língua qualquer. Confirma essa ilusão o recurso
constante aos dicionários, onde, por motivos de comodidade prática, os vocábulos se acham em
ordem alfabética, soltos de contexto e seguidos de definição.
50 Conforme dito, a palavra existe apenas dentro da frase, e o seu sentido depende dos demais
elementos que entram na composição desta. Ainda que dois vocábulos de duas línguas sejam
definidos de maneira igual, os enunciados de que eles podem fazer parte não são os mesmos,
nem as conotações que evocam serão iguais.
Isto é verdade mesmo no caso de palavras da mesma origem e de forma suficientemente
55 próxima para revelar o parentesco à primeira vista. Assim o nosso vocábulo “cópia” existe em
francês, italiano e inglês sob forma quase igual, no sentido de “imitação”, “reprodução”. Mas copie
em francês designa, além disto, trabalho escrito de aluno, assim como manuscrito entregue à
tipografia de um jornal, acepções que faltam a copia em italiano e a copy em inglês; em
compensação estas duas palavras possuem o sentido de exemplar, que falta em francês e
60 português.
Uma das principais culpadas das cincadas de tradução é a etimologia.
O instinto etimologizador, que existe em todos nós, se é auxiliar precioso, pode também
produzir enganos. Sem dúvida, tinha razão de sobra Valery Larbaud ao escrever que a etimologia
era o sal das línguas literárias, pois só ela dava sabor e duração ao material verbal,
65 acrescentando que tinha pena das pessoas que, não sabendo latim, ignoravam as etimologias.
Para elas todas as palavras devem dar a impressão de não repousarem sobre nada, de puros e
absurdos conglomerados convencionais de sílabas, palavras no ar; e a ortografia, com suas
anomalias demasiadamente reais, deve parecer-lhes um quebra-cabeça infernal. Efetivamente,
no espírito de quem sabe do parentesco entre père e paternel, mère e maternel, main e
70 manocuvre, estas palavras estão motivadas e, portanto, de um emprego mais fácil. Essa mesma
consciência etimológica permite, não raro, adivinhar a significação da palavra estrangeira vista
pela primeira vez; mas como em duas línguas da mesma família palavras da mesma origem têm
quase sempre evolução diferente, ela deve ser submetida a permanente controle. Uma pessoa
francófona de instrução razoável facilmente descobrirá o parentesco dos verbos prêter e
75 “prestar”; mas só o estudo e o exercício do português lhe ensinarão que prêter de l’argent não é
“prestar” e sim “emprestar dinheiro”. Poste e “posta” são evidentemente o mesmo vocábulo; mas,
no seu sentido mais comum, poste é vertida em português por “correio”.
Em face da diferenciação nas noções, uma mesma palavra ganha vários sentidos novos no
decorrer de sua evolução. “Respeito” guarda em português o mesmo sentido primordial que o
80 francês respect; mas a acepção “ponto de vista” (na expressão “a esse respeito”) é-lhe peculiar.
O português “fato” e o italiano fatto são facilmente relacionáveis; mas só à primeira dessas
formas cabe o sentido de “terno completo”, aliás de uso bem maior em Portugal que no Brasil.
Essa diversificação do sentido, a que se dá o nome de polissemia, faz com que a uma palavra
possam corresponder diversos equivalentes segundo o contexto. Ora, palavras cognatas de duas
85 línguas quase nunca apresentam polissemia no mesmo grau. O nosso vocábulo “mão” na maioria
dos casos se traduz em francês por main; mas quando se refere a direção de trânsito, deve ser
vertido por sens. Office em francês e o nosso “ofício” possuem ambos as acepções de “função”,
“tarefa”, “cargo”. Mas o sentido de “escritório” é exclusivo do francês e o de “carta de repartição
pública”, do português. Para “miserável” o inglês tem duas palavras da mesma origem: miserable,
90 sinônimo de “digno de compaixão” ou “desprezível”, e miser, sinônimo de “sovina”, “unha-de-
fome”.
É claro que a polissemia não constitui perigo apenas quando se trata de termos cognatos. Abro
ao acaso o Dicionário Inglês-Português de Leonel e Lino Vallandro e no verbete slip encontro,
entre muitas outras, as acepções “escorregadela”, “erro”, “tropeço”, “fuga”, “fronha de
95 travesseiro”, “anágua”, “bibe de criança”, “calção de banho”, “trela de cão”, “corrediça”, “plano
inclinado” “rampa de lançamento”, “patins de trenó”, “tira de papel”, “bilhete”, “banco de igreja”,
“enxerto”. E isto é apenas como equivalentes do substantivo, pois há também o verbo to slip e o
adjetivo slip. Quantos alçapões para um só tradutor!
Naturalmente, os bons dicionários como esse registram em separado as diversas acepções de
100 um vocábulo; mas para tirar deles o proveito possível cumpre ter boa dose de desconfiança, que
só se adquire no decorrer de longa prática. Há, aliás, diferenças sutis não consignadas nos
dicionários. O francês vagabond traduz-se em português “vagabundo”, mas este tem uma
conotação pejorativa que falta à variante francesa, e, portanto, se verteria para o francês, em
muitos casos, por uma palavra totalmente diversa.
105 A polissemia faz com que a uma palavra do idioma A correspondam duas palavras no idioma B.
À nossa palavra “relação” podem corresponder duas palavras em francês, relation e rapport, nem
sempre substituíveis. Por outro lado, ao adjetivo francês simple correspondem em português
“simples” e “singelo”. O tradutor, inclinado a usar a forma que é mais parecida, é ameaçado de
nunca usar a mais rara, que representa uma riqueza da própria língua. Luís de Lima ponderou-
110 me com razão, que o equivalente exato de Un Coeur simple, de Flaubert, que figura sob o título
“Um Coração Simples”, em Mar de Histórias, estaria melhor se intitulado “Um Coração Singelo”.
Perigo maior representam os cognatos aparentes ou falsos amigos, palavras semelhantes em
duas línguas, mas de sentidos totalmente diversos. Basta um momento de distração para o
tradutor verter a expressão par hasard por “por azar” em vez de por “por acaso” e éleveur,
115 “criador de animais”, por “elevador”.
Os falsos amigos muitas vezes são palavras de origem comum cujo sentido se distanciou por
efeito da evolução semântica diferente. Um par de falsos amigos é constituído pelo latim casa e o
português “casa”. O primeiro na verdade significava “cabana”, “choupana”. Para designar uma
residência, os romanos usavam a palavra domus. (em português “domo”) passou a ser reservada
120 a construções importantes, como por exemplo uma catedral.
Outras vezes a semelhança é mera coincidência, resultado da evolução convergente de duas
palavras totalmente diversas na origem, como por exemplo o francês cor, “calo”, e o português
cor (francês couleur). Nas relações de cada duas línguas existe certa quantidade de falsos
amigos. Os do francês em relação ao português não são os mesmos que ele tem em confronto
125 com o inglês. Entre eles figuram, por exemplo, abonné (que não é “abonado” ), affamé (que não é
“afamado”), apporter (que não é “aportar”) e assim por diante.
Fizeram-se várias coleções dos falsos amigos do tradutor de inglês. “Dessas armadilhas
citemos algumas das mais conhecidas: actually não é “atualmente”, mas “realmente”; to apologize
não é “apologizar” mas “desculpar-se”; casualty pode se “casualidade”, mas no plural casualties é
130 “baixas”, “perdas”; dog days não são “dias de cachorro”, mas “canícula”; idiom pode ser “idioma”,
mas também “idiomantismo”; luxury não é “luxúria”, “luxo”; physician não é “físico”, mas “médico”;
etc., etc.
Muito menor a probabilidade de o tradutor de outras línguas, não aparentadas com a nossa,
encontrar desses falsos cognatos: poucos haverá entre o alemão e o português, ou o português e
135 o russo. Mas a grande maioria dos textos que se traduzem pertence precisamente aos idiomas
em que a possibilidade da confusão é maior.
Nesse campo, o poliglotismo pode constituir uma armadilha. Gift pode ser palavra tanto alemã
como inglesa (salvo que no primeiro caso principia sempre com maiúscula), mas significa
“veneno” ou “dádiva”.
140 Os homônimos existentes dentro de cada língua também representam outras tantas ciladas.
As estilísticas distinguem entre homônimos etimológicos, palavras de origem diferente, às quais
o acaso das mutações fonéticas acabou conferindo pronúncia e, frequentemente, grafia idênticas
ou semelhantes; assim em português escatologia (= coprologia) e escatologia (= doutrina sobre a
consumação do tempo e da história), derivados respectivamente das palavras gregas skor,
145 skatos, “excremento”, e eschatos, “último”, ou em alemão kosten, “custar”, e kosten, “provar”
(que provêm respectivamente do latim constare e gustare), e homônimos semânticos como
“impressão” (correspondente ao alemão Eindruck) e “impressão” (alemão Druck). Estes últimos,
na verdade, são apenas casos de polissemia, mas em que o indivíduo falante já não sente as
duas acepções de uma só palavra. A distinção importa pouco ao tradutor para quem uns e outros

5 5
150 significam perigo, enquanto para os nativos a quem o contexto permite evitar confusões todos
eles fornecem um estoque inesgotável de trocadilhos.
Abramos um parêntese para dizer duas palavras sobre a tradução do trocadilho. Em outro de
meus trabalhos mostrei que esse jogo do espírito tantas vezes julgado inferior desempenha na
literatura papel muito mais importante do que se pensa e aparece tanto em Platão como nos
155 trágicos gregos, nas Escrituras como nos clássicos latinos, nos moralistas e filósofos mais
severos. Certas línguas têm para ele mais pendor que outras; as mais férteis em jogos de
palavras são as que têm maior número de monossílabos, entre elas o francês e o inglês e, talvez,
o chinês. “O chiste, o trocadilho” – segundo Maupassant – “é um troco muito miúdo do espírito. E,
no entanto, é ainda um lado, um caráter bem particular de nossa inteligência nacional. É um de
160 seus encantos mais vivos. Forma a alegria cética da nossa vida parisiense, a amável displicência
de nossos costumes. É uma parte de nossa amenidade... Palavras, palavras, nada mais que
palavras, irônicas ou heróicas, divertidas ou brejeiras, sobrenadam na superfície da nossa história
e deixam a impressão de que ela é comparável a uma coletânea de calembures.”
Será necessário advertir que, nessa citação, “palavra” tanto indica frase, como vocábulo? Na
165 verdade, todo trecho faceto em que a graça é produzida por um jogo de sentidos é intraduzível
por excelência.
Muitas vezes o tradutor literário se vê em presença de um desses temíveis testes. É raro um
trocadilho traduzido permanecer trocadilho na outra língua, como a famosa frase de Ludwig
Feuerbach, Der Mensch ist, was er isst, que verteria em latim por Homo est quod est; noutra
170 língua qualquer, porém, perde a graça: “O homem é o que ele come”.
Para realizar semelhantes proezas é preciso, naturalmente, que um espírito zombeteiro se
encontre num momento feliz de inspiração, como aquele, citado por Pierre Daninos, que deu à
frase francesa La Revolution que j’accepte est celle sans guillements et sans guillotines esta
forma inglesa: The Revolution I accept has a capital, but no capital punishment, ou aquele outro,
175 lembrado por um especialista de semântica, que afrancesou Is life worth living? – It depends on
the liver, por La vie vaut-elle la peine d’être vécue? – Question de foie.
Em geral, porém, o trocadilho é intraduzível por definição ou noutras palavras, perde todo o
chiste na tradução.
O adágio esopiano Pathêmata – mathêmata vira este truísmo: “Os sofrimentos são
180 ensinamentos”; Last not least só é válido em inglês; e o verso de Schiler Ein Schlachten war’s,
nicht eine Schlacht zu nennen (“Era uma carnificina, não se podia chamar batalha”) humilha o
infeliz do tradutor, que, por mais que dê tratos à bola, não encontra solução adequada. Explicá-lo
entre parênteses ou escamoteá-lo, explicitá-lo em notas de pé de página ou simplificá-lo são
recursos igualmente pobres. Quando, porém, o vício de fazer trocadilhos é característico de uma
185 personagem em vez de tentar traduzir-lhes os chistes, o tradutor pode tentar compensá-los,
colocando jogos de palavras eventualmente noutros trechos, onde o espírito da sua própria língua
o ajudar. É este um dos casos em que ele pode aproveitar a imaginação, de que todo profissional
tem de possuir uma boa dose.
(...) Em inglês: fall (“queda” e “outono”); left (“esquerdo” e particípio passado do verbo to leave,
190 “deixado”); light (“leve” e “luz”); mean, (“médio” e “miserável”), e além disso, presente do verbo to
mean, (“entender”); still (“quieto” e “ainda”).
Consolemo-nos lembrando que em nosso idioma tampouco escapeiam homônimos, outras
tantas armadilhas para quem verte textos de português para outras línguas: assim ação (boa ou
má) e ação (vendida na bolsa), bolsa (de couro) e bolsa (de valores), representação (teatral) e
195 representação (do Brasil em Londres), etc.
A desatenção do profissional pode multiplicar os homônimos: Erwin Theodor Rosenthal recorda
um tradutor inglês de Hermann Hesse que, apesar do trema, confundia schon (já”) e schön
(“belo”); eu mesmo me lembro de outro que trocava Rede (“discurso”) com Reede (“enseada”).
(...) E os sinônimos, palavras de sentido idêntico ou quase idêntico? Eles representam outro tipo
200 de emboscadas. Por não haver sinônimos perfeitos, eles não são permutáveis em todos os
enunciados possíveis. Pai e papai são sinônimos, mas não se diz Fulano de tal, papai de três
filhos. Quando a língua estrangeira apresenta diversos sinônimos lá onde a sua própria língua lhe
oferece apenas uma palavra, o tradutor não tem dificuldade; mas terá de ponderar a escolha de
cada vez que para um termo estrangeiro existirem dois ou três equivalentes no seu idioma.
6
205 Quando traduzir chien por “cachorro” e quando por “cão”? Para verter liste, quando preferir “lista”,
“relação” ou “rol”?
Havendo abundância de sinônimos para determinada noção nas duas línguas, o bom tradutor
procurará determinar o matiz, o sabor, a aura social daquele que figura no original para
transportá-lo em sua língua. Como estes sinônimos, dos muitos que possui o nosso verbo
210 “morrer”: “falecer”, “entregar a alma ao Criador” e “esticar a canela”, de maneira alguma são
permutáveis, os sinônimos franceses de mourir – s’éteindre, casser sa pipe, claquer – não seriam
bem traduzidos por qualquer equivalente apenas lógico. A opção será, fundamentalmente, uma
questão de estilo.
Outra série de problemas é constituída palas palavras holofrásticas. Dá-se o nome de
215 holófrases às palavras que exprimem noção peculiar a um idioma: a elas se faz muita referência
em se tratando de línguas primitivas. Em esquimó, por exemplo, além do termo geral que indica
“foca”, existe outra palavra para indicar foca tomando sol; outra, foca sentada num bloco de gelo;
e assim por diante, sem falar numa série de palavras que indicam as focas de diferentes idades.
Segundo Ruth Kirk, autora de Snow, que viveu muito tempo entre esquimós, estes têm mais de
220 duas dúzias de palavras em sua língua para designar diversas espécies de neve. Citando Lévy-
Bruhl, Fidelino de Figueiredo reproduz um verbo de uma das línguas banto que significa -“subir
em alguma coisa servindo-se das mãos durante uma viagem ou marcha longe dos outros e sem
ser visto por eles”. São casos deveras pitorescos, mas poucos dentre nós hão de traduzir textos
ou esquimós.
225 No entanto, a tendência holofrástica existe também noutras línguas, muito mais importantes.
Vejo, num manual de conversação chinesa, que o chinês tem duas palavras para “sogro”,
segundo se trata do pai da mulher ou do marido, é outros tantos para “sogra”. Na designação dos
tios, esse idioma, além de usar termos diferentes para o do lado paterno e o do materno, faz
questão de assinalar, por meio de outras diferenciações, se estes são mais velhos ou moços que
230 o pai ou a mãe de quem são irmãos.
O russo, por sua vez, tem quatro palavras para designar o cunhado, pois teima em informar se
se trata do irmão da mulher ou do marido, do marido da irmã ou da cunhada.
Em alemão existe um substantivo só usado no plural, Geschwister, que indica “um irmão e uma
irmã”, ou “irmãos e irmãs”.
235 O húngaro tem termos especiais para “ irmão mais velho” e “irmão mais moço”, como para “irmã
mais velha” e “irmã mais moça”. Nesse idioma há termo especial para designar o “parentesco”
existente entre o pai e o padrinho de uma criança.
A tradução da holófrase em todos esses casos só é possível por meio de circunlocuções
extensas; quando o tradutor faz questão de ressaltar que no original se trata de noção expressa
240 por meio de uma palavra só, usará hífens.
Em sentido mais lato podemos chamar de holófrases palavras que designam noções peculiares
a uma civilização, sem correspondente nos demais ambientes culturais. Disto seriam exemplos
em alemão, Weltanschauung, Gemütlichkeit e Kitsch; em francês, parvenu e savoir-faire; em
inglês, understatement; em norte-americano, know-how; em italiano, mafia e vendetta; em
245 castelhano, piropo; em português, saudade; em brasileiro, jeito e sertão – palavras essas que, por
mais que tentemos traduzi-las recorrendo a todos os circunlóquios possíveis, chegamos à
conclusão de só haver exprimido parte do seu conteúdo complexo. Tais palavras em geral
acabam impondo-se sob sua forma original aos idiomas cultos, que, na impossibilidade de
forjarem seus equivalentes, as incorporam ao próprio vocabulário.
250 Estudiosos da teoria da tradução têm salientado muito as diferenças de ambiente responsáveis
pela ausência de determinadas noções e que constituiriam obstáculos insuperáveis para o
tradutor. Eugene A. Nida, diretor da Sociedade da Bíblia, dá conta de algumas dessas
dificuldades encontradas na tradução das Escrituras. Nas línguas de certas tribos primitivas não
há palavra para “peixe”. Há ilhas em que os indígenas não têm uma noção equivalente a “pai”.
255 Muitos povos ignoram a neve; para eles “branco como a neve”, “branco de neve” não têm
significação.
Pelos mesmos motivos era difícil resolver a alusão à serpente bíblica na versão para esquimós.
Com efeito, estes semelhantes nossos nunca viram uma cobra. Pensou-se em substituí-la por
foca; mas esse, para o esquimó, é um animal essencialmente bom, camarada mesmo, e portanto
7
260 seria impossível imputar-lhe qualquer interferência maldosa. Roger Caillois, que citou o caso, não
diz a solução a que se chegou.
(Diga-se de passagem que a existência ou não de certas palavras em determinadas línguas já
foi tomada como base de caracterologias nacionais. Partindo-se da idéia de Humboldt de que a
diversidade das línguas é explicável pela divergência das visões do mundo, chegou-se a inferir
265 que em turco faltavam palavras para “interessante” e “interessar-se” devido à falta de curiosidade
dos turcos, convencidos de que o Alcorão contém tudo que um homem precisava saber; que nas
línguas do Congo não existe palavra para dizer “obrigado” em face da extrema miséria reinante
na região, onde, por isso, ninguém pode privar-se de coisa alguma nem prestar qualquer serviço;
e, até, que os franceses não gostam de viver em casa por não terem palavra equivalente ao
270 inglês home.)
Mas em vez de nos aventurarmos nos terrenos movediços da Etnossociologia, voltemos aos da
Linguística. A meu ver, têm-se exagerado em excesso as dificuldades da tradução das palavras
holofrásticas ou exclusivas de uma civilização. Afiguram-se-me bem mais frequentes e
praticamente insolúveis as que resultam das reações diferentes que as palavras mais comuns
275 suscitam em ambientes diversos.
Assim, por exemplo, não pode haver a menor dúvida sobre o sentido da palavra setembro, nono
mês do ano. Entretanto a famosa poesia “Fim de Setembro”, de Sándor Petöfi, uma das mais
belas da língua húngara, deixa idéia confusa no espírito do leitor brasileiro, porque as imagens de
natureza agonizante, folhas murchas e cumes cobertos de neve não se coadunam com o título.
280 Na mesma ordem de idéias, as noções suscitadas pela palavra inverno na mente de um carioca
em nada se assemelharão às que provoca seu espírito equivalente russo zimá no espírito de um
habitante de Leningrado. Tampouco a idéia de Natal expressa por outro equivalente qualquer
coisa em comum no Brasil e na Suécia.
Pelo mesmo motivo, as palavras breakfast e petit-déjeuner, que figuram como equivalentes no
285 dicionário inglês-francês, referem-se a duas refeições essencialmente diversas; pão, pain, Brot,
bread designam produtos semelhantes, mas não idênticos; e o café, como o bebemos no Brasil,
não é a mistura indefinível que se ingurgita em Nova York. Pobre designa nos Estados Unidos
uma pessoa que tem automóvel e recebe, a título de welfare, indenização equivalente ao salário
de um professor universitário em certos Estados da América do Sul.
290 Poder-se-iam multiplicar ad infinitum os exemplos de conotação dessemelhante, quase nunca
registrada nos dicionários bilíngues. Segundo um léxico francês-português empire é equivalente
perfeito de império; entretanto eles suscitarão associações totalmente diversas no espírito de um
francês e de um brasileiro.
Sem o conhecimento da conotação entende-se menos a origem de muitas expressões
295 figuradas: assim pour des prunes (“por um nada”, “a troco de banana”) só é motivada para quem
sabe que a ameixa é na França fruta das mais corriqueiras e baratas – tal como a banana e o
abacaxi entre nós ganharam conotação depreciativa em seus empregos figurados.
Numa palavra, devido à dessemelhança das condições de vida é impossível que qualquer
tradução dê a mesma impressão do original. Pois é precisamente esse argumento irrespondível
300 que salienta uma das mais importantes razões de ser da tradução: permitir às pessoas formular
idéia sobre a maneira de viver e de sentir das que vivem noutras partes do mundo.
(...) Outra categoria aparentemente neutra e na verdade carregada de significados explosivos é
a dos topônimos. Rio de Janeiro significa uma coisa para o carioca que nele vive e trabalha, outra
para o paulista que aí vem passar suas férias, outra para o europeu que condensa nesse nome o
305 seu sonho exótico. Mesmo os logradouros de uma cidade –– Copacabana, Lapa, Wall Street,
Avenue des Champs Elysées, Piccadily Circus, Quartier Latin, Kurfürstendamm, Nevski Prospekt
– acabaram condensando, no decorrer dos tempos, um complexo de conotações que reclamaria
dezenas de páginas para ser analisado. E quando há logradouros do mesmo nome em duas
cidades a coisa piora, pois eles têm tão pouca coisa em comum como a Lapa do Rio e a de São
310 Paulo.
Nisto reside um dos mais insolúveis problemas da tradução, embora raramente haja sido
mencionado.

8
(...) Causa de muitos erros de tradutor é o fato de terem certos topônimos formas diferentes nas
diversas línguas. Leghorn é o nome inglês de Livorno; Köln é o nome original alemão do francês
315 Cologne e da nossa Colônia. O tradutor brasileiro que falasse em Leghorn (a não ser em se
tratando de uma raça de galinhas) ou em Cologne seria imperdoável. E há casos tão esquisitos
com Bratislava, cidade da Tchecoslováquia, mas que durante centenas de anos fez parte da
Hungria sob o nome de Pozsony e que no ocidente é sobretudo conhecida sob seu nome alemão
Pressburg!
320 Cabe aqui dizer duas palavras a respeito dos adjetivos pátrios, cujo valor conotativo depende do
lugar onde estão sendo usados. Não só norte-americano suscita reações diferentes entre
ingleses e mexicanos; os adjetivos carioca, gaúcho, mineiro, capixaba, unicamente denotativos
para um europeu, enchem-se de forte valor conotativo para qualquer brasileiro.
Ainda que as palavras fossem usadas apenas em sentido próprio, a tradução seria uma
325 operação temerária, dada a falta de correspondência de uma língua para outra. Mas o que a
torna quimérica é o pendor do espírito humano para a metáfora, quer dizer, a utilização do
vocábulo com um sentido outro que ele parece possuir normalmente. O uso de expressões
figuradas dá-se em todos os idiomas conhecidos, e não apenas na prática literária. Muitas dessas
expressões conseguem adoção geral a ponto de serem empregadas sem que a pessoa falante
330 se lembre do sentido primitivo das palavras que as compõem. “É uma mão na roda” – dizemos
pensando num auxílio que vem no momento oportuno, sem vermos a imagem da carroça
encalhada; “Le jeu n’en vaut pas la chandelle” se diz ainda em França apesar de quase não mais
haver lugares sem luz elétrica. Muitas vezes os elementos da imagem fundem-se numa só
palavra, como em beija-flor, humming bird, oiseau-mouche, bas-bleu, “nariz-de-cera” ou ainda no
335 substantivo húngaro testvér, composto de test, “corpo”, e vér, “sangue”, mas que para os
indivíduos falantes da língua magiar suscita apenas a idéia de “irmão” e de “irmã”. Ao lado das
metáforas consagradas pelo uso e incorporadas na língua, surgem outras aos milhares sob a
pena do escritor no momento em que escreve ou na boca do falante no momento em que fala,
destinadas a ser esquecidas imediatamente ou a permanecer em uso.
340 Ai do tradutor que não identifica a metáfora convencional e a verte dissecada em seus
elementos. “Não ter papas na língua”, “vir com quatro pedras na mão” assim como avoir du poil
dans le nez ou faire des georges chaudes se aplicam a situações dissociadas por inteiro,
respectivamente, de “papa”, de “pedra”, “nariz” e de “calor”. Em alemão, o verbo verdienen,
“merecer”, tem a acepção metafórica de “ganhar (dinheiro)”. Que diríamos de quem traduzisse
345 Was verdient er? por “Que é que ele merece?” em vez de “Quanto é que ele ganha?”
(...) É raro existirem expressões metafóricas de sentido igual em duas línguas em geral por
influência de uma língua sobre a outra: assim a faire quelque chose par-dessus la jambe
corresponde “fazer uma coisa em cima da língua” e a savoir sur le bout du doigt “saber nas
pontas dos dedos” (ou “na ponta da língua”).
350 Bem mais comum é à locução metafórica de uma língua corresponder outra igualmente
figurada, embora composta de elementos de todo diferentes. Assim s’en aller en eau de boudin é
“passar em branca nuvem”. Ao nosso “sem dizer água vai” corresponde em inglês before you
could say Jack Robinson; a “matar dois coelhos de uma cajadada” corresponde o francês tirer
d’un sac deux moutures. (...) Mas quando [em português] não encontramos expressão metafórica
355 de igual teor, vertemos a metáfora francesa ou inglesa pela explicação dela e, adotando o método
da compensação, empregaremos uma locução figurada na primeira oportunidade para não
empobrecer o texto.(...)
A metáfora pode envolver palavras e conceitos os mais diferentes. Os termos que dela
participam perdem o seu significado próprio, ainda que sejam tão unívocos como, por exemplo,
360 os termos de matemática. Por efeito do uso metafórico, “quatro” deixa de significar duas vezes
dois em diversas locuções italianas como Abbiamo fatto quattro chiacchiere (“Batemos um bom
papo”), Gliene disse quattro (“Disse-lhe umas verdades na cara”), Facciamo quattro passi
(“Vamos dar alguns passos”). Como se vê, esse “quatro” italiano é tão pouco determinado como o
“sete ”alemão na expressão seine sieben Sachen zusammennhmen (“juntar os seus trecos”) ou o
365 “sete” português em locuções como “os sete fôlegos do gato”, o “homem de sete instrumentos” ou
“pintar o sete”, ou como os numerais franceses das frases feitas faire les cent coups (“levar vida
desregrada”) e faire ses trente-six mille volontés (“fazer o que lhe dá veneta”).

9
Em certos casos o tradutor tem de fazer caso omisso da tabuada. Como admitir que meio é
igual a um? Pois, para dizer que um homem tem uma só perna ou uma só mão, o húngaro dirá
370 “homem de meia perna” ou “de meia mão”, sem dúvida como reminiscência de uma visão
particular em que as partes do corpo em número de dois eram consideradas uma unidade; e
designará naturalmente o caolho com “o homem de meio olho”.
(...)Em todo caso, o problema das metáforas lembra-nos mais uma vez que não estamos
traduzindo palavras, mas sentenças. Noutros termos: o bom tradutor, depois de se inteirar do
375 conteúdo de um enunciado, tenta esquecer as palavras em que ele está expresso, para depois
procurar, na sua língua, as palavras exatas em que semelhante idéia seria naturalmente vazada.
___________________
RÓNAI, Paulo. A Tradução Vivida. RJ ­ Ed. Nova Fronteira

Traduttori -Traditori
380 Os textos abaixo são do livro PCWorld Excel 4.0 para Windows, de John Walkenbach e David
Maguiness, traduzido por Luiz Fernando Barreto Silva, Tradutor de Informática. Todas os trechos
contêm erros de tradução. Você consegue identificá-los?
1.  Os químicos usam-nas. Companhias de comidas para bebês vendem-nas. Drinques leves
possuem fórmulas secretas. Planilhas possuem fórmulas também.
385 2.  Por exemplo, suponha que você prepare um relatório mensal de vendas atuais vs. vendas
planejadas. Você tem uma planilha do Excel montada com as quantidades planejadas por
produto mas tem que esperar até o fim do mês para entrar com as vendas atuais.
3.  Se você planeja apresentar gráficos embutidos em planilhas, é uma boa idéia trabalhar com
gráficos no seu tamanho atual.
390 4.  Mas esse é apenas o primeiro passo - a dica do iceberg com considerações sobre as
capacidades gráficas do Excel.
5.  Opções de comando em um menu suspenso com elipses (três períodos) após produzir um
quadro de diálogo se você seleciona este comando. Desde quadros de diálogos estejam
predominantes no Excel, é útil a você por enquanto entender como trabalhar com eles
395 eficientemente.
6.  Note que o ponteiro do mouse está na forma de um magnífico copo. Isto informa que você
pode clicar em qualquer lugar na produção prevista para alargar o que você está vendo.

Contexto
Leia o texto abaixo e discuta as perguntas em duplas.
400

Problema na Clamba
Naquele dia, depois de plomar, fui ver drão o Zé queria ir comigo lá na
clamba. Pensei melhor grulhar-lhe. Mas, na hora de grulhar a ficha, vi-o
405 passando na golipesta. Então, me dei conta de que ele já tinha outro
programa.
Tomei então a decisão de ir ao tode. Até chegar na clamba, tudo bem.
Estacionei o zulpinho, pus a chave no bolso e desci correndo para aproveitar
ao chinto aquele sol gostose e o mar pli sulapente.
410 Não parecia haver glapo na clamba. Tirei as gripes, pus a bangoula.
Estava pli quieto ali que até me saltipou. Mas, esqueci logo das saltipações
no prazer de ficar ali, inclusive tirei a bangoula para ficar mais à vontade.
Não sei quanto tempo fiquei nadando, siltando e corristando.
10 10
Foi na hora de voltar da clamba que me dei conta de que nem as
415 gripes e nem a bagoula estavam mais onde eu tinha deixado.
Que fazer?
(adaptação de SCOTT, Michael R. Resource Package Number 1. PUC São Paulo, 1983)

a) Você entendeu a história?


420 b) Você reconheceu todas as palavras inventadas?
c) Que características do texto te ajudaram nesta tarefa?
d) Que tipo de conhecimento você utilizou nessa tarefa?
e) Na sua opinião, o narrador do texto é do sexo masculino ou feminino? Por quê?

425 Na Leitura como processo, o relevo especial manifesta-se na aquisição de


estratégias que facilitem a compreensão léxica. O leitor deve, portanto, treinar técnicas
para inferir o significado de novos termos através de indícios contextuais. O exercício
desta habilidade requer a utilização do conhecimento do assunto, da experiência anterior
e de informações contextuais que fundamentem suposições traçadas ao longo da leitura.
430 Como ponto de partida para a prática desta habilidade, o leitor deve observar as
seguintes estratégias:

• Verificar se a palavra tem raiz comum com outra na língua materna e se seu
significado faz sentido dentro do contexto;
435 • Examinar o termo desconhecido e identificar sua categoria gramatical (é sujeito? é
verbo?);
• Distinguir a função gramatical dos vocábulos vizinhos (por exemplo, se for um
substantivo, que adjetivo o qualifica? se for um verbo, que substantivos o
acompanham? etc.)
440 • Descobrir os indícios contextuais (definições, afixos, sufixos, sinônimos, antônimos,
etc.) que estão associados ao novo item lexical;
• Reconhecer as relações (causa e efeito, ênfase, contraste, etc.) intersentenciais e
extrasentenciais;
• Utilizar o conhecimento adquirido nos itens anteriores e inferir o significado do novo
445 termo.

Exercício - Vocabulary Guessing

Ao encontrar uma palavra desconhecida você pode recorrer ao dicionário ou tentar adivinhar 
seu significado fazendo uso do contexto, isto é, observando a sentença em que a palavra 
aparece ou as sentenças anteriores e posteriores. Talvez você não conheça a palavra weight. 
Observe o que acontece quando ela é contextualizada:
Many people are worried about their weight. To reduce weight they eat less,
eliminate carbohydrates from their diet, do a lot of exercises to burn calories, etc.
Agora leia o exemplo:
The paintings contain circles, squares, triangles, pirries, cylindres and cubes.
Certamente a única palavra que você não compreendeu foi pirries. No entanto sem usar 
dicionário, você reconhece que essa palavra é uma forma geométrica.
(Obs.: pirries não existe em inglês)
Os exercícios que seguem têm a finalidade de auxiliá-lo a desenvolver sua habilidade de adivinhar
o significado das palavras fazendo uso do contexto.
450 As sentenças abaixo contêm palavras que não existem em inglês identifique o significado dessas
palavras usando o contexto.
11
1. Michael gave me a beautiful bunch of flowers: roses, dahlias, marguerites, chrysanthemums,
nogs and orchids. _________________
455 2. If I don’t buy a blue car, then I might buy a fobble one. _________________
3. I can’t cut with this knife because it is bugler. _________________
4. John isn’t married, he’s meed. _________________
5. Over the last 20 years our family has owned a great variety of wurgs: poodles, dalmatians,
Yorkshire terriers, and even St. Bernards. _________________
460 6. In the Middle Ages, prisoners were often physically tortured in order to make them pogmortle.
_________________
7. It was so brody that it was impossible to see more 20 meters. _________________
8. Even in the poorest parts of the country, people usually have a table, some chairs, a roup and a
bed. _________________
465 9. Of course he is bamp – he drank 6 “caipirinhas” in half-an-hour. ________________
10. Be careful with Jimmy. He is considered a mutcher because he is always with a different
girlfriend. _________________
11. Whenever I go downtown I take the golper – it is faster than a bus and cheaper than a taxi.
_________________
470 12. The girls shut down the carties in order to get dressed. _________________
13. Miss Baker is a very emating secretary– she is never late and types perfectly.
_________________
14. That woman is a grastor – she is always interested in the money she might get from her
partner. _________________
475 15. Mr. Thompson bought his wife a bingle ring – tomorrow is their wedding anniversary.
_________________
16. Stir the caple until it is soft, and then put it in the oven. _________________
17. The little girl wanted a tupper to stand on it. The man in front of her was very tall.
_________________
480

485

Exercício - Contexto
Observe os seguintes exemplos:
1. Com um sorriso no rosto, o  1. Ele tocou bem o cravo.
aniversariante apagou as velas. 2. Quentão é feito de cachaça, açúcar, 
2. Tenho que limpar as velas do carro. cravo, canela e gengibre.
3. O marinheiro levantou as velas do  3. O cavalo perdeu o cravo.
barco. 4. Você precisa tomar remédios para os 
4. Ela adora segurar vela. seus cravos.
490

É claro que o contexto é sempre importante para a compreensão das palavras que têm vários
significados diferentes. Em inglês, o contexto é muito importante. Veja as frases abaixo. Como
você traduziria as palavras sublinhadas?

495 1. The waiter filled their glasses with champagne.________________________


2. She went to the optician for a new pair of glasses. _____________________

12
3. The beauty salon charges ten dollars for a complete treatment, including nails. 
________________________
4. I went to the hardware store to buy a hammer and some nails. ________
500 5. Tomorrow the Royal Society will hold a formal ball to celebrate the 300th Anniversary of
its foundation.  ________________________
6. Come on! Pass the ball.  ________________________
7. You missed a great show! We had a ball.  ________________________
8. The money was in the palm of his hand.  ________________________
505 9. There are beautiful palm trees in the south of Brazil.  _________________
10.  Tomorrow I’ll ask my secretary to phone the head of the firm.  ________
11.  She has nothing in her head.  ________________________
12.  He was arrested after the accident because he had failed to stop when the lights were
red.  ________________________
510 13.  It’s getting dark in here. Turn on the lights, will you?  ________________
14.  Professor Battenburg has just published a paper on the social consequences of the
economic recession.  ________________________
15.  Just a minute. I’ll get pen and paper.  ________________________
16.  How did the elephant get its trunk?  ________________________
515 17.  Have you put the tent in the trunk of the car?  ______________________
18.  She is still convalescent and must have a rest every afternoon.  _______
19.  What are you going to do with the rest of the food?  _________________

520

Exercício – Contexto

Determine o sentido das palavras sublinhadas através do contexto:
1. I always pay my bills at a bank. __________________

2. If a man doesn’t obey the laws he can go to prison. __________________

3. Final examinations in Brazilian schools are held in November.
__________________
4. Because of inflation, prices continue to rise. __________________

5. Don’t raise your voice when you talk to me! __________________

13
6. I won’t raise any objections to the plan. __________________

7. What conclusions can you draw from the facts? __________________

8. He was accused of many crimes but he denied everything.
__________________
9. He’s a very dedicated husband. He doesn’t deny anything to 
his wife. __________________

10. I took me 3 hours to do the exercise. __________________

11. Educating children well takes more than just money and 
time. __________________

12. Although he’s very intelligent, he didn’t pass the exam.
__________________
13. The course didn’t answer our needs. __________________
14. Lula is the leader of the Workers’ Party. __________________
15. I believe in God. __________________
16. In the past, people used to believe that the earth was flat.
__________________
17. Brazilian people have lost their faith in politicians. __________________
18. We can’t trust in people who never keep their promises. __________________
19. We won’t stop fighting. We’ll keep on fighting until the end.
20. It is important to learn foreign languages such as English, 
French, German or Spanish. __________________
21. You mustn’t smoke here. Throw away that cigarette 
immediately. __________________
22. He has found a solution for the problem. __________________
23. I find it difficult to understand him. __________________
24. Is it true or false that women are bad driver? __________________
25. The ozone layer is being destroyed by some chemical 
products. __________________
26. Some people consider Fernanda Montenegro the best 
Brazilian actress. __________________
27. You were so rude to me that I’ll never forgive you. __________________
28. Even if you apologize for your rudeness, I won’t forgive you.
__________________
29. Stop behaving like a child! If you don’t change you behavior, 
I’ll have to punish you. __________________
30. These products are terrible! We must improve their quality.
__________________
31. I’ll make dinner and you will lay the table. __________________
32. The plants died for lack of water. __________________

14
33. I don’t like this decoration: blue and brown are colors that 
don’t match. __________________
34. Do you have hope for a better future? __________________
35. The classroom is 5 meters wide and 4 meters long. __________________
36. What’s the length of the river? It’s 3.567 miles long. __________________
37. Stress can cause many health problems. __________________
38. He said he didn’t mean to kill her; it was an accident. __________________
39. You’re a child now, but when you grow up you’ll understand 
it. __________________

Exercício - Contexto
525 Leia os trechos abaixo e tente deduzir o significado das palavras sublinhadas 
utilizando as estratégias de inferência contextual.
1. When I was a child, I read the story of ‘Ali Baba and the Forty Thieves’.
Thieves: _______________________________
2. The gorillas, the chimpanzees, the orangutans and the long armed gibbons which live in 
530 southeastern Asia are apes. Apes are the animals that look most like men, which is why 
they are called Anthropoid or man­like apes.
apes: ________________________________ look like: ________________________
man like: _____________________________
3. Arabia is a peninsula lying between the Persian Gulf and the Red Sea.
535 lying: ___________________________________
4. The Bedouins are people who live in the deserts of Arabia. They are wanderers (nomads) 
and they live in tents made of camels’ hair.
wanderers: ______________________________
5. The life of a Bedouin is hard, but they are known for their honorable and polite behavior. 
540 Hospitality is very important to them and they will give any stranger food and shelter for 
three days; even if the visitor is an enemy.
are known for: ______________________behavior:___________________________
shelter: ____________________ even if: _____________________________________
6. In days gone by, the Bedouins often made raids on other tribes, usually to carry off their 
545 possessions: even then, if one tribe conquered another, the winners would never do any 
harm to the women and children they captured.
raids: _______________________________ winners: __________________________
harm: ___________________________________
7. The usual gases used for lifting balloons were hydrogen and helium. Though hydrogen is 
550 the lightest gas there is, it is also very explosive and has caused the loss of many airships. 
Helium is not so good for lifting but it is far safer than hydrogen because it will not burn.
lifting: ___________________________ lightest: ______________________________
loss: ____________________________ though: _______________________________

15 15
far safer: ____________________________

555 A Importância do Título


Leia o parágrafo abaixo e responda as perguntas.

Um jornal é melhor do que uma revista, e a praia é um lugar mais apropriado do que a
rua. Primeiramente, é melhor correr do que andar. Você pode também ter que tentar
560 várias vezes. Até mesmo crianças pequenas podem apreciar. Uma vez bem-sucedido, as
complicações são mínimas. Pássaros raramente se aproximam. É necessário bastante
espaço. A chuva encharca rapidamente. Muitas pessoas fazendo a mesma coisa também
pode causar problemas. Se não houver complicações, tudo é bastante tranqüilo. Uma
pedra pode servir de âncora. Contudo, se as coisas se soltarem, você não terá uma
565 segunda chance.

(original contido em BARNSFORD, J. A. e JOHNSON, M. K. Contextual Prerequisites for Understanding:


Some Investigations of Comprehension and Recall, Journal of Verbal Learning and Verbal Behavior 11.
1972.)
570

1. Você compreendeu todas as palavras do texto? __________________________


2. Sobre o quê é o texto? ______________________________________________
3. Você acha que com o título, você seria capaz de entender o texto? ___________

575 HOW TO READ WELL


Connection between text and Prior Knowledge (Schemata):
 Expect readings to make sense.
 Want the readings to make sense
 Common Language
580  Recognize words
 Use Comprehension Strategies:
 Connect sentence (text structure)
 Re-read
 Read ahead
585  Hypotheses - read to test
 Images (Lay-out)

16
Skimming

17
590 Geralmente, todo o primeiro . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
parágrafo deve ser lido em uma ......... . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
velocidade média. Freqüentemente, Ocasionalmente, a idéia . . . . . 50% . . . . . . . . . . . . . . . . . .
é aí que encontramos uma principal não é encontrada na705 . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
introdução ou uma visão geral do 650 primeira frase de um parágrafo. ...........................
artigo ou reportagem.
595 Nestes casos, todo o parágrafo . . . . . . . . . . . . . . . nunca básica
Algumas vezes, entretanto, o dever ser lido. demais . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . .
segundo parágrafo contém a Aí você pode deixar de ler . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . .
introdução ou visão geral. O autor muita coisa do próximo parágrafo710 ...........................
utilizou o primeiro parágrafo 655 ........................... ..........................
somente para ‘aquecer os motores’,
600 .. . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . A prática de skimming
ou para dizer algo engraçado ou . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . facilita . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
interessante para atrair a atenção. . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . .
A leitura do terceiro parágrafo . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . .715 . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . .
pode não ser necessária mas . . . . . 660 . . . .. . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . .
.............................
605 ........................... . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . .. . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . para ganhar . . . . . . . . . . . . . . . . . . ganhar
. . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . tempo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . confiança . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
............................. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 720 ...........................
. . . . . . . . . . . . . . . a idéia principal 665 . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ..
geralmente está na primeira frase . .
610 . . . . . . . . .. .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
............................. .......... . . . .. . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . “frase Lembre-se de manter um ....................
tópico”. ritmo rápido de725 Talvez você não consiga
Além da primeira frase, o leitor 670 leitura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . entender nada de alguns
deve apreender algo, mas não
615 . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . parágrafos . . . . . . . . . . . . . . . . . .
todos os detalhes do resto do ........................... . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ... . . . . .
parágrafo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 800 p.p.m. . . . . . . ...........................
............................. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 730 . . . . . . . . . . . . . . . não se
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . 675 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . preocupe . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . .
620 . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ... . . . . . . . . . . .
. . .. . . . . nomes . . . . . . . . . . . . . . . . .................. .................
............................. Não tenha medo de deixar de Skimming tem usos diversos .
. . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . .. . . . . ler a metade ou mais de cada735 . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . 680 parágrafo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
datas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
625 ........................... relatórios . . . . . . . . . . . . . . . .. . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . ........................... ...........................
............................. . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . .........................
............................. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 740 artigos de
..................... 685 ........................... jornal . . . .. . . . . . . . . . .. . . . . . . .
630 Isto aqui não é importante . . . . . ...... . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
............................. Não se interesse e comece a . . . . . . . . . . textos
............................. ler suplementares . . . . . . . . . . . . . . .
............................. tudo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .745 . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 690 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . ........
. .. . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . .
635 ........................... Os parágrafos finais devem
............................. . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . ser lidos em sua totalidade uma
.......................... . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . vez que eles geralmente contêm
portanto algumas vezes a idéia . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . .750 um resumo.
principal está no meio ou até 695 ........................... Lembre-se que a importância
mesmo no final do parágrafo.
640 . . . . skimming é uma de skimming é conseguir
Alguns parágrafos somente tarefa . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . entender as principais idéias do
repetem . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . autor de uma maneira rápida.
idéias . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Espera-se uma compreensão
. . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . 700 básica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ..
645 . . . . . . . .. . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. .
755
(adaptado de Skimming and Scanning)

760

Scanning
Diferentemente de skimming, scanning refere-se à busca de informações precisas sobre
765 um ponto específico. Por exemplo, se você quer ver o resultado do jogo Atlético x São
Paulo no jornal da segunda-feira, não precisa ler todo o artigo sobre o jogo, mas somente
a caixinha onde se encontra as informações básicas do jogo. O leitor faz uso de scanning
portanto, quando sabe qual informação procura e simplesmente passa os olhos pelo texto
procurando por esta informação e pronto. No caso do jogo, ele não vai descobrir se foi um
770 bom jogo, como foi a atuação do juiz, quem foi expulso ou quem marcou os gols. Tudo o
que o leitor conseguiu retirar do texto foi Atlético 5 x 0 São Paulo.

Exercício - Scanning
A Busy Student

775 Tomiko is happy to be a student in New York. She is studying English at Columbia
University. She plans to finish her English course in June. Then she will work on her
master’s degree at New York University.
Tomiko likes the many beautiful buildings in New York. x x x x x x x x x x x x x x x x x
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
780 Tomiko also likes the people in New York City. x x x x x x x x x x x x x x x x x x x x x x
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxx
Best of all, Tomiko loves the theaters in New York. x x x x x x x x x x x x x x x x x x x x
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
785 xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Escolha a melhor resposta para as qüestões abaixo. NÃO LEIA O TEXTO 
NOVAMENTE.
790 1. This passage is about 3. She goes to plays in
a. an American student in New  a. large theaters.
York. 805 b. small theaters.
b. a Japanese student in New  c. New York.
York. d. all of the above.
795 c. a Japanese boy studying in New 4. Tomiko has
York. a. few interests.
d. a Japanese student in Japan. 810 b. few friends.
2. Tomiko is c. many interests.
a. unhappy. d. nothing to do.
800 b. happy.
c. lonely.
d. not busy.

20
Agora leia todo o texto e verifique quantas questões você acertou.
A Busy Student
815
Tomiko is happy to be a student in New York. She is studying English at Columbia
University. She plans to finish her English course in June. Then she will work on her
master’s degree at New York University.
Tomiko likes the many beautiful buildings in New York. In fact, she plans to become an
820 architect. Then she can build great buildings, too.
Tomiko also likes the people in New York City. There are many different kinds of people.
They speak many languages. Tomiko has made new friends from other countries.
Best of all, Tomiko loves the theaters in New York. She goes to plays almost every week.
Sometimes the plays are in theaters on Broadway. Sometimes the plays are in small
825 theaters in other parts of the city.
Tomiko is far from her home in Japan, but she is not sad. She goes to classes every day.
She visits her friends. She goes to see new places, and she attends many plays. She is
very busy and happy in New York.

830 Gramática

Cognato Perfeito  Idêntico ao português
Cognato semi­Perfeito  Parecido com o português
Falso Cognato  Diferente do português
835

Estudo dos Pronomes como referência
Subjective Objective Possessive Adjective Possessive Pronouns Reflexive
Sujeito Objeto Adjetivo Possessivo Pronome Possessivo Reflexivo
I Me My Mine Myself
You You Your Yours Yourself
He Him Him His Himself
She Her Her Hers Herselv
It It Its Its Itself
We Us Our Ours Ourselves
You You Your Yours Yourselves
They Them Their Theirs Themselves

Objetive  Aparece depois do verbo.
Possessive Adjective  Aparece antes do substantivo.
840 Possessive Pronouns  Aparece depois do substantivo.
Reflexive  Usa quando você faz uma ação e a sofre ou quando faz algo sem ajuda de 
ninguem.

Exemplos:
845

1. She Problems are hers

2. She Told me her problems
850 3. Whose it that house?  Its mine
Textos:
1. Rainbow, arch of light exhibiting the spectrum colors in its order, caused by drops 
of water falling through the air it seen usually in the sky opposite to the sun at the 
855 close of a shower and also in the sprays of waterfalls.

2. Elizabeth I (1.533­1.603) queen of England ad Ireland (1.558­1.603), daughter of 
Henry VIII, king of England and of His second wife Boleyn she was the last of the 
Tudor refers of England although her legitimacy was questioned and never settled, 
860 because an act of parliament (1.536) invalidated the marriage of her parents and 
enable Henry to marry thurd wife, Jane Seymour, both Parliament and Henry mamed 
as heirs to this throne his children Edriade, later Edward VI, marry, later marry I, 
and Elizabeth, in that order.

865 3. Kennedy, John Fitzgerald (1.917­1.963) 35th president of the United States (1.961­
1.963), the youngest person ever to be elected president, He was also the first 
Roman Catholic President, Kennedy was assassinated before he completed third 
year as presidents.

870 Pronomes Relativos

Who: Que  Refere-se à pessoa (sujeito).


Which: Que  Refere-se à objetos e animais.
Whose: Cujo  Indica Posse
875 Whon: Que  Refere-se à pessoa (Objeto Preposicionado)
That: Que  Substitui Who ou Which
What: O quê

Exemplos:
880

1. I Know the girls she (Who) is wearning a blue drees.


2. That’s the book. I (Which) used it to study
3. He is the student his (Whose) father talked to the coordinator
4. That man is my father. You were talking to him the girl to Whon you. Were talking is my
885 sister.

Preposições

In, on, at, of, for, Up Down, With, Without, after, before, away, back, off, by, from, etc…
890

Exemplos:

1. Where is the bottle of coke Which I bought this morning?


2. I talked to the girl Whose car had broken down in front of the shop.
895 3. Mr. Jones Who is a taxi driver, lives on the corner.
4. There is the car Which I’d like to buy.
5. He cleaned the car Which had na accident.
6. This is the girl Who comes from spain.
7. That’s peter, the boy Who hás just arrived at the airport.
900 8. What did you do with the money Which your mother lent you?
9. Peter is the boy Who rides a blue bike.
10. This is the boy Who had na accident.
11. Yesterday I saw a car Which was really old
12. Mandy is the girl Who I met on Friday.
905 13. This is the man Whose house is on fire.
14. Can I talk to the girl Who is sitting on the bench?
15. The Chergyman Who had a sore throat preached a fine sermon.
16. I do not know What you want.
17. Everything Which I say is wrong.
910 18. Were those the physicians to Whon you introduced your brother?
19. The shirt Whose buttons are yellow belong to me.
20. That is the highest bulding Which I saw.
21. His father, Who lives in Rio, will return soon.
22. She is the only person Who Understands me.
915 23. The pupils are progressing, What is very satisfactory.

Gramática Básica

Conjugação de Verbos:
Pessoa Presente Simples Passado Simples Futuro Simples
I
like
Singular

You
He
She
It
We
likes
liked will like
Plural You like
They

Verbo to be
I am was
You are were
He
She
It
is was will be
We
You
They
are were
Estrutura da Frase
920 Afirmativa:

Sujeito Verbo (locução) Complemento


I am a teacher.
John lives  in Brasília.
The Browns are going to Europe.
Janet and Jamie went to the Bahamas.
Mary would like to visit Rio.
Negativa:
Sujeito Auxiliar not Verbo (locução) Complemento
John does not live in Brasília.
The Browns are not going to Europe.
Janet and Jamie did not go to the Bahamas.
Mary would not like to visit Rio.
Obs.: O verbo to be não necessita de auxiliar:
I am not a teacher.
He isn’t here.
925

Interrogativa:
(Wh) Auxiliar (Sujeito) Verbo (locução) (Complemento)
Where does John live?
Why are the Browns going to Europe?
Did Janet and Jamie go to the Bahamas?
Who would like to visit Rio?
Obs.: Já que o verbo to be não possui auxiliar, a forma interrogative é formada 
somente com a inversão de posição do verbo com o sujeito:
Are you a student?
930 Where is he?

Exercício - Afirmativa, Negativa e Interrogativa


Transforme as frases abaixo em negetiva e interrogativa:
1. I love cinemas.
N ­ _____________________________________________________________________
935 I ­ ______________________________________________________________________
2. Maria bought a brand new car. 
N ­ _____________________________________________________________________
I ­ ______________________________________________________________________
3. John will travel to Miami the day after tomorrow. 
940 N ­ _____________________________________________________________________
I ­ ______________________________________________________________________
4. The economic situation in Brazil should get better soon. 
N ­ _____________________________________________________________________
I ­ ______________________________________________________________________

25
945 5. I have been to Europe twice. 
N ­ _____________________________________________________________________
I ­ ______________________________________________________________________
950 Lista de Verbos Irregulares
Os verbos irregulares do inglês são todos aqueles que não seguem a regra geral de formação do passado
e do Particípio Passado.
A formação do “Past” (Passado) e do “Past Participle” (Particípio Passado), de acordo com a regra geral,
se dá através do sufixo – ed. Exemplo: O verbo “To Walk” (Caminhar) é regular e seu Particípio Passado é
955 “Walked” = I Walk (Eu Caminho); I Walked (Eu caminhei). Portanto todo verbo que não seguir este padrão,
será classificado de Irregular.
O verbo “To be” foge dessa regra.

960
Infinitivo Passado Particípio Tradução find found found encontrar
do Passado
flee fled fled fugir
arise arose arisen levantar-
fly flew flown voar
se, surgir
forget forgot forgotten esquecer
awake awoke awoken acordar
(forgot)
(awaked) (awaked)
forgive forgave forgiven perdoar
bear bore born suportar,
forsake forsook forsaken abandonar
(borne) gerar
freeze froze frozen congelar
beat beat beat bater
(beaten) get got gotten pegar,
(got) obter
become became become tornar-se
give gave given dar
begin began begun começar
go went gone ir
bend bent bent dobrar
grind ground ground moer
beseech besought besought suplicar
grow grew grown crescer
bet bet bet apostar
(betted) (betted) hang hung hung pendurar
bid bade (bid) bidden mandar, have had had ter
(bid) ordenar, hear heard heard ouvir
dar um hide hid hidden esconder
lance (em hit hit hit bater,
leilão) acertar
bind bound bound atar, hold held held segurar,
encadernar pegar
bite bit bit morder hurt hurt hurt ferir,
(bitten) magoar
bleed bled bled sangrar keep kept kept manter,
blend blended blended misturar guardar
(blent) (blent) kneel knelt knelt ajoelhar
blow blew blown soprar knit knit knit tricotar
break broke broken quebrar (knitted) (knitted)
breed bred bred gerar, criar know knew known saber
bring brought brought trazer lay laid laid colocar
build built built construir deitado
burn burnt burnt queimar lead led led liderar,
(burned) (burned) conduzir
burst burst burst arrebentar lean leant leant inclinar-se
buy bought bought comprar (leaned) (leaned)
cast cast cast arremessar leap leapt leapt saltar
catch caught caught apanhar, (leaped) (leaped)
segurar learn learnt learnt aprender
choose chose chosen escolher (learned) (learned)
cling clung clung agarrar-se leave left left deixar, sair
cost cost cost custar lend lent lent emprestar
creep crept crept arrastar-se let let let deixar,
permitir
cut cut cut cortar
lie lay lain jazer, estar
deal dealt dealt negociar,
deitado
tratar
light lit lit acender,
dig dug dug cavar
alumiar
do did done fazer
lose lost lost perder
draw drew drawn desenhar,
make made made fazer,
puxar
produzir
dream dreamt dreamt sonhar
(dreamed) (dreamed) mean meant meant significar
drink drank drunk beber meet met met encontrar
drive drove driven guiar, melt melted melted derreter
dirigir (molten)
eat ate eaten comer pay paid paid pagar
fall fell fallen cair put put put colocar
feed fed fed alimentar quit quit quit abandonar
feel felt felt sentir (quitted) (quitted)
fight fought fought lutar read read read ler
rid rid rid livrar-se strike struck struck bater
(ridded) (ridded) (striken)
ride rode ridden cavalgar strive strove striven prosperar,
ring rang rung tocar, soar, esforçar-se
telefonar swear swore sworn jurar
rise rose risen levantar-se sweat sweat sweat suar
rot rotted rotten apodrecer sweep swept swept varrer
(rotted) swim swam swum nadar
run ran run correr swing swung swung balançar
saw sawed sawn serrar take took taken tomar
(sawed) teach taught taught ensinar
say said said dizer tear tore torn rasgar
see saw seen ver tell told told dizer,
seek sought sought procurar contar
sell sold sold vender think thought thought pensar
shake shook shaken sacudir throw threw thrown arremessar
shed shed shed derramar thrust thrust thrust empurrar
shine shone shone brilhar tread trod trodden pisar
shoot shot shot atirar (trod)
show showed shown mostrar wake woke woken acordar
shrink shrank shrunk enconher (woke)
shut shut shut fechar wear wore worn vestir
sing sang sung cantar weave wove woven tecer
sink sank sunk afundar-se weep wept wept chorar
(sunk) (sunken) wet wet wet umedecer
sit sat sat sentar-se win won won vencer
slay slew slain matar wind wound wound enroscar-se,
sleep slept slept dormir (winded) (winded) serpear
slide slid slid resvalar dar corda
arremessar
(relógio)
sling slung slung
wring wrought wrought espremer
slink slunk slunk esquivar-se
(wrung) (wrung)
slit slit slit rachar
write wrote written escrever
smell smelt smelt cheirar
(smelled) (smelled)
sow sowed sown semear
(sowed)
speak spoke spoken falar
speed sped sped apressar-se
spend spent spent gastar
spill spilt spilt derramar,
(spilled) (spilled) entornar
spin span spun fiar
(spun)
spit spat (spit) spat cuspir
(spit)
split split split rachar
spoil spoilt spoilt estragar
(spoiled) (spoiled)
spread spread spread espalhar
spring sprang sprung saltar,
(sprung) nascer
stand stood stood estar em pé
steal stole stolen roubar
stick stuck stuck colar
sting stung stung picar
stink stank stunk exalar mau
(stunk) cheiro
stride strode stridden andar a
passos
largos
30
Tempos Verbais

Simple Present
965 1. Usado para Estado Atual  My sister lives in Washington.
2. Usado para Fato Geral  The sun rises in the east.
3. Usado para Ações Habituais  I listen to the radio in the mornings.
4. Usado para horários determinados  My flight leaves at 10:00.

970 Present Continuous


1. Ação específica que está ocorrendo no momento
2. Uma atividade geral que acontece durante um período de tempo
3. Planos futuros

975 Andrew is watching TV. (right now)


My sister is living in Washington.
I’m traveling to Europe on Friday.

Simple Past
980 1. Usado para expressar ações que aconteceram num ponto definido no passado e para
descrever ações habituais no passado.
 The solders left the horse’s belly in the middle of the night.
 When I was a little boy, john always played with his toys in the garden.

985 2. Para falar ações ou eventos que não tem conexão com o presente.
 Mary was in Englando in 1.985

3. Quando o foco é o período de tempo que a ação dura, para ações que já terminaram.
 I lived in Curitiba for three years (I don’t live in Curitiba any more).
990
4. Se o verbo termina em y precedido de consoante, deve-se trocar o y por ied.
 Study – Studied

5. Se o verbo termina em y precedido de vogal, adicionar ed no final.


995  Play – Played

6. Se o verbo termina em Sílaba Tônica, constituída de “Consoante + Vogal + Conseoante”,


dobra-se a consoante final e adicona ed.
 Stop – Stopped / Prefer – Preferred
1000
7. Se a sílaba não for tônica, não aplicamos a regra.
 Open – Opened / Listen - Listened

8. Uma atividade que aconteceu com freqüência no passado


1005  We jogged every morning before class.

9. Uma ação que ocorreu durante um período de tempo, mas foi completada no passado
 Dad worked in advertising for ten years.

1010 Past Continuous


1. Ações interrompidas
 I was sewing the telephone rang

2. Um estado contínuo ou uma ação repetida no passado


1015  I was meeting lots of people at that time.
3. Eventos planejados no passado
 Nancy was leaving for Chicago but had to make a last-minute connection.

Future (going to)


1020 1. Para expressar uma intenção futura baseada em uma decisão tomada no passado
 Jim is going to bring his sister tonight.

2. Para predizer um evento que provavelmente acontecerá no futuro


 You’re going to pass the test. Don’ worry

3. Para predizer um evento que provavelmente ocorrerá baseado em condições do presente


 I don’t feel well. I’m going to faint

Future (will)
1030 1. Ao tomar uma decisão no momento de falar
 I’ll call you after lunch.

2. Para predizer um evento que provavelmente acontecerá no futuro


 You will pass the test. Don’t worry.
1035
3. Para indicar disponibilidade para / intenção de fazer algo
 If I don’t feel better soon, I will go to the doctor.

Future Continuous
1040 1. Uma ação que estará ocorrendo em um tempo definido no futuro
 At noon tomorrow, I’ll be taking the children to their piano lessons.

2. Ações futuras certas (já decididas)


 I’ll be wearing my black evening dress to the dinner.
1045
Present Perfect

# Ter + Particípio Passado (= inglês neste caso), Andar + Gerúndio ou Vir + Gerúndio
1050 - I Have studied english a lot since last year  Tenho estudao muito Inglês desde o ano passado.
- the weather has been nice  O tempo tem estado bom.
- I have been working a lot lately  Ando trabalhando muito ultimamente.
1055
- He has been drinking too much  Ele anda bebendo (tem bebido) demais.
- I have been-having headches often  Tenho tendo dores de cabeça frequentemente.

1060 # Passado (Sempre que o momento em que a ação ocorreu não estiver especificado)
- They have moved into a new apartment  Eles se mudaram para um apartamento novo.
- The boy hás broken a window  O menino quebrou uma janela.
1065
# pretérito Imperfeito
- Where have you been?  Onde você andava?
1070 # Já + Passado
- I has traveled by plane times  Já viajei de avição muitas vezes.
- I have met many people since I come  Já conheci muitas pessoas desde que cheguei.
1075
- Have you ever viisted méxico?  Você já visitou o méxico?
# Há (Faz) + Presente:
- They have lived in the some house for over 30 years  Há (Faz) mais de 30 anos que eles
1080 moram na mesma casa.
# Nunca + passado
- I have never been to África  Nunca estive na África.
1085
# Ainda não + passado

- The doctor hasn’t arrived yet  O médico aindão não chegou.


1090 # Sempre + Passado
- I have always studied hard  Eu sempre estudei muito.
# Desde + Presente
1095
- I have been here since 7 O’clock  Estou aqui desde as 7 horas.
# Acabou (Acaba) de + Infinitivo
1100 - He has just arrived  Ele acabou (acaba) de chegar.
- The boy has just broken a window  O menino acabou (acaba) de quebrar uma janela.
# Recém + Passado
1105
- Winter hás just begin  O inverno recém começou
- He has just called me  Ele recém ligou.

1110
1. Uma ação que ocorreu em um tempo indefinido no passado
 She has never climbed a mountain.

2. Uma ação que ocorreu recentemente


1115  He’s just gone to sleep.

3. Uma ação que se iniciou no passado e continua até o presente (geralmente usado com “for” ou
“since”).
 Jack has lived in Maine all her life.
1120
4. Uma ação que ocorreu
 We have flown across the Pacific four times

Present Perfect Continuous


1125

1. Uma ação que começou no passado e terminou recentemente


 Have you been raking the lawn? There’s grass all over your pant legs.

2. Uma ação que começou no passado e continua até o presente


1130  Laura has been studying for two hours.

3. Uma ação repetida durante um período de tempo no passado e que continua até
o presente.
 Simon has been smoking since he was thirteen.
1135
4. Uma ação geral em progresso recentemente (sem menção de um tempo definido)
 I’ve been thinking about going to college next year
1140
Past Perfect
Uma ação passada que ocorreu antes de outra ação passada

1145  Tom had left hours before we got there.


Past Perfect Continuous
Uma ação passada que estava ocorrendo antes de outra ação no passado.
1150
 They had been playing tennis before the storm broke
Future Perfect
1155 Uma ação que será completada antes de um tempo definido no futuro.

 By next July, my parents will have been married for fifty years
Past Perfect Continuous
1160
Para enfatizar a duração de tempo antes de um tempo específico no futuro.

 By May, my father will have been working at the same job for thirty years.
1165 Verbos Modais
A modalização dos tempos verbais tem a função de indicar o grau de certeza do autor
com relação da ocorrência efetiva de uma determinada ação.

Modal Verbs Usos Exemplos


Don’t have to • Obrigação ou necessidade  You must do the dishes
Must Imposta pelo falante.  Foreigners must observe
religious traditions.
Don’t need to • Conselho forte
 You can’t drive over the speed
Mustn’t / Can’t limit.
• Proibição
Not be allowed to  You aren’t allowed to take
pictures at a museum.
 You have to pay the bills every
Don’t Have • Obrigação ou necessidade month.
Have to
Don’t need to imposta em 3ª pessoa.
 You don’t have to work on Labor
Day.
Should Shouldn’t • Conselhos, sugestões,  You should get a visa before
opiniões pessoais. flying to the Czech Republic.
Ought to Ought’t to
• Recomendação ou
expectativa
• Conselhos, sugestões  Kids are supposed to help their
baseadas em valores parents these get old.
Be Supposed to
morais tradicionais e
 Children aren’t supposed to
expectativas sociais.
disobey their parents.
• Dedução lógica  He must be a doctor.
Must Can’t
(Subjective Certainty)  She can’t be a bank robber.
Can Can’t • Habilidade Presente  She can’t speak Chinese.
Be able to Not be able to • Habilidade Futura  He’s able to type pretty well.
 You can travel abroad if you want
Can • Permissão to, but in china you’re not
Be allowed to • Permissão Futura allowed to.
 Will be allowed to (Futura)
 When I was a kid, I could play
Could • Habilidade geral no the piano very well.
Couldn’t Passado
May  Sometimes I couldn’t travel with
• Possibilidade de Ocorrência my friends when I was a
Migth
teenager.
Was able to Wasn’t able to  Last year I was able to buy a
duplex.
Were able to Weren’t able to • Habilidade específica no
Passado  I didn’t manage to pass the
Managed to Couldn’t
physics test this morning.
Managedn’t to
• Ação futura cuja ocorência é  The product Will not become
Will dada como certa obdselete.
• Hipótese, ações que podem  Obviously public funds Would be
Would ocorrer em situações most beneficial financing basic
hipotéticas. scientific .
35
Execícios:
1170

1. Ted’s flight from Amsterdam took more than 11 hours. He must be exhausted after sush a long
flight.
2. The book is optional. My professor said we could read it if we needed extra credit. But we don’t
have to read it if we don’t want you.
1175 3. Susan couldn’t hear the speaker because the crowd was cheering so loudly.
4. Can you hold your breath for more than minute? No, I can’t.
5. You don’t have to be rich to be a success. Some of the most successful people I know haven’t
got a penny to their name.
6. I’ve redone this math problem at least twenty times, but my answer is wrong according to the
1180 answer key. The answer in the book must be wrong!
7. You couldn’t do the job if you didn’t speak Japanese fluently.
8. You have to be kidding” That can’t be true.
9. The lamp must not be broken. Maybe the light build just burned out.

1185 Grupos Nominais


Observe os exemplos:
1. Menina 
bonita.
1190 Beautiful 
girl.
2. Uma moça 
inteligente e
bonita.
1195 An 
intelligent 
and 
beautiful 
girl.
1200 3. Nações 
Unidas.
United 
Nations.
4. Fundo 
1205 Monetário 
Internaciona
l (FMI)
Internationa
l Monetary 
1210 Fund (IMF)
5. OTAN
NATO
Como você pode observar, a colocação do adjetivo em português é diferente da 
1215 colocação em inglês, isto é, em inglês o adjetivo vem antes do substantivo.
Vamos observar outros exemplos e ver o que pode acontecer com os substantivos e 
adjetivos:
 A palavra cotton é um adjetivo ou um substantivo? Isto vai depender de sua posição 
na frase. Observe:
1220 A cotton shirt. A natural cotton.
No primeiro exemplo, cotton é adjetivo, colocado antes do substantivo shirt. Já no 
segundo exemplo, cotton é substantivo modificado pelo adjetivo natural.
Em outras palavras: 

1225 Cotton mudou sua CLASSE GRAMATICAL de
acordo com a POSIÇÃO que ocupa na frase.

Em inglês, como em português, existe sempre a palavra principal (headword) em cada 
grupo nominal (nominal group):
1230 Modifier Headword Modifiers
Uma vista muito bonita.
A very beautiful view.
Modifiers Headword

Exercício - Tradução de Grupos Nominais


1235 Traduza os grupos nominais abaixo observando modifiers e headwords:
1. modern theoretical physics _______________________________________________
2. Rio­São Paulo road ______________________________________________________
3. the science research unit _________________________________________________
4. first class hotel __________________________________________________________
1240 5. road transport problems __________________________________________________
6. chief of economic planning ________________________________________________
7. train service information _________________________________________________
8. service train information _________________________________________________
9. a friendly, slightly ironical smile __________________________________________

1245 Exercício - Modifiers


I.  Observe os diversos tipos de “premodifiers” nos grupos nominais abaixo. Quais são 
os headwords?

a) nice people ___________________________
1250 b) beautiful little old blue ornaments _______________________________________
c) a hard­working mother _____________________________________________
d) a first­class performance _____________________________________________
e) a hard­hearted man _______________________________________
f) fascinating films _______________________________________
1255 g) educated women ___________________________
h) ozone layer ___________________________
i) greenhouse effect ___________________________
j) exceedingly poor performance ___________________________________________
k) an exceptionally tedious film ___________________________________________

1260 Exercícios - Localização de Grupos Nominais


Leia os trechos seguintes e localize os grupos nominais (nos três primeiros trechos eles
estão sublinhados). Tente entendê­los e traduza­os:

1. In Columbus, Ohio, there is a cable television system called Qube. People who use 
1265 this system not only receive television programs and product information, but they 
can also send messages to the cable company computer. 
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________

2. Quiz shows allow audiences to guess along with the players in the TV studios by 
1270 responding to the multiple­choice or true­false questions flashed on the TV screen. 
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

3. Burglar alarm systems could be hooked up to the Qube cable, alerting the police 
department to the presence of a vandal or burglar. 
1275 _____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

4. TV food advertisements, a $4 billion a year business, persuade young viewers to try 
new food products that mostly appeal to America’s sweet tooth. 
_____________________________________________________________________________
1280 _____________________________________________________________________

5. Out of every dollar spent on food not prepared at home, 40 cents to goes to fast­food 
outlets. 
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

1285 6. It is likely that children who see only food in cellophane bags or in brightly­colored 
cardboard boxes believe that food has to taste sweet to be good. 
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

7. Food experts link diet with 6 of the 10 leading causes of death. They claim that diet­
1290 related diseases will soon be the number one heath problem in the US. 
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

8. The US Food and Drug Administration (FDA) is the government agency responsible
for deciding which products are safe for public consumption. 
1295 _____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

9. Very soon, McDonald’s may be pushing a new product  the soy­bean burger on 
whole­wheat bread, with a special, additive­free sauce. 
_____________________________________________________________________________
1300 _____________________________________________________________________

10.  All animals, including humans, have built­in aging clocks. 
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

11.  The process of aging is gradual with clear physiological and psychological 
1305 effects. 
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

12.  Programs can be educational as well as entertaining. Educators agree that the 
home PC can be a powerful motivating and learning tool. 
1310 _____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________
Vocabulário

Conectivos  Conectivos servem para mostrar uma relação de tempo, causa, adição,
1315 contraste, etc., entre sentenças e parágrafos.
40
A importância dos conectivos é facilmente observada no exemplo abaixo:
Se o leitor sabe o significado da palavra poor (pobre) e however (entretanto),
pode inferir o significado de wealthy na frase abaixo:
He is very poor. However, his brother is wealthy.
1320 O quadro abaixo lista as principais conjunções em inglês:

Função Conectivos Exemplos


Adição and, moreover, also, She is very poor. In addition, she
furthermore, again, in doesn’t like to work.
addition, besides
Contraste but, on the other hand, At first John didn’t want to go to the
however, yet, unlike, meeting. Later, however, he decided to
nevertheless, instead, on go.
the contrary
Comparação likewise, similarly, in the “Some have little power to do good and
same way, in like manner, have likewise little strength to resist
correspondingly evil.” (Samuel Johnson)
Ênfase in fact, indeed, actually, I think everybody likes him. In fact, I am
certainly, as a matter of fact quite sure.
Concessão even though, although, Even though they are so poor, they are
though, despite this always dressed neatly.
Exemplo for example, for instance, Many great men have risen from
that is, in other words, in poverty - Lincoln and Edison, for
particular, e.g. example.
Conseqüência thus, therefore, then, as a It was raining. Therefore, we decided to
result, hence, so, stay at home.
consequently, accordingly,
for this reason, because of
this
Conclusão in summary, in conclusion, The techniques discussed are valuable.
finally, in short, to sum up Each chapter is supported by a well-
selected bibliography. In short, this is an
interesting and clearly written textbook
for geography teachers.
Seqüência first, second, next First, I must finish this work. Second, I
must go to school and meet my
husband there.
Tempo when, while, as, as soon as, It was raining when we arrived.
after, before, until, till, since, He sang as he worked.
once, now, whenever, in the I’ll tell you as soon as I know.
meantime, then, yet.
Maneira as, how, as if, as though Why is he dressed as a woman?
Causa why, because, since, as, I did it because they asked me to do it.
seeing that, now that, for
Propósito so that, in order that Speak clearly, so that they may
understand you.
Alternativa or, either... or, neither... nor, He must be either mad or drunk.
or else, otherwise
Condição if, unless, whether, as long I don’t know whether she will be able to
as, so long as, on condition come.
that, in case
Exercício - Conectivos
A. Utilize seus conhecimentos de conectivos para inferir o significado das palavras
sublinhadas.

1325 1. Although she is beautiful and popular, she’s very spoilt.

2. In August, most people stop buying winter clothes. This is the time, therefore, when
shops have their sales of winter clothes.

3. Traveling by train is uncomfortable and slow in Brazil. Furthermore the trains are
delayed.

1330 4. First, heat the oven to the desired temperature. Then prepare the dough, mixing it
carefully. When the oven is hot and the dough is of the right consistency, put the dough
in the oven. After 40 minutes the bread will be ready.

5. Solar power is not only cheap and efficient, it is technically viable and labor saving as
well;

1335 6. Formerly, Brazilian men commonly wore woolen suits, in spite of the climate.

7. Because of the dense traffic, the bridge is now in a dangerous state. However, the
government has allocated money for repairs.

B. Nas sentenças abaixo, determine os fatos que são contrastantes:


1340

Exemplo:He hadn’t eaten for days. Nevertheless, he looked strong and


healthy.
Fatos contrastantes: Não comer durante um longo peródo / estar forte,
1345 saudável;

1. Although the debate is hot, no country in Europe has legalized or is likely to legalize
hard drugs soon.
___________________________________________________________________
1350 2. You can never eliminate corruption. Still, you can reduce it.
___________________________________________________________________
3. Though Mandela was kept in jail in hope that he would be forgotten, the effect has been
the opposite.
___________________________________________________________________
1355 4. Despite their widely different opinions, they’re likely to come to an agreement soon.
___________________________________________________________________
5. Vietnam is growing industrially. Yet, it is largely an agricultural nation.
___________________________________________________________________
6. Why did some animals survive while others perished?
1360 ___________________________________________________________________
7. The true number of AIDS cases among health worker is not yet known. Even so, many
health professionals today no longer feel safe.
___________________________________________________________________
8. After the age of thirty years, the human body will undergo a progressive loss of vigor
1365 and resistance which, though imperceptible at first, will finally become so steep that we
can live no longer, however well we look after ourselves.
___________________________________________________________________
9. Europe is relatively compact and homogeneous, while the Asia-Pacific region comprises
vastly different cultures.
1370 ___________________________________________________________________
10. (The words of a famous football player about racial discrimination:) “America loved
my football perfonance. In spite of that, I couldn’t check into certain hotels, or drink from
any water fountain when I was thirsty.”
___________________________________________________________________
1375 11. We are witnessing the end of the communist era. Nevertheless, some of the ideas
and traditions that came from it will never disappear - they will live in new forms.
_________________________________________________________________

C. Teste seus conhecimentos de conectivos traduzindo as frases abaixo.


1. Brazilians, in general, are an informal people, although in expensive restaurants service
1380 can be very formal.
________________________________________________________________________
__________________________________________________________

2. In Brazil it is not considered polite to use the hands to eat food like hamburgers or
sandwiches. Furthermore, Brazilians rarely eat when in the street.
1385 ________________________________________________________________________
__________________________________________________________

3. Christmas and New Year, as well as Carnival are the principal popular festivals.
________________________________________________________________________
__________________________________________________________

1390 4. Since most middle-class families have a maid, the hostess can stay with the guests
while the dinner is being prepared.
________________________________________________________________________
__________________________________________________________
5. In spite of the fact that Brazilians have a reputation for lack of order, the custom of
1395 waiting in line is common.
________________________________________________________________________
__________________________________________________________

6. A traditional Christmas usually begins with a midnight Mass, afterwards followed by an


informal meal at home, with all the members of the family present.
1400 ________________________________________________________________________
__________________________________________________________

7. The American image of the successful man involves hard work, great responsibility and
constant pressure. However, the Brazilian image of the successful man involves
laziness, good food and drink, beautiful girls, and plenty of free time to relax.
1405 ________________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
________________________________________________

8. In Brazil, personal appearance is important for business men. Most Brazilians,


1410 therefore, dress much more carefully than the average American businessman.
________________________________________________________________________
__________________________________________________________

9. For American women, comfort is usually more important then style. On the other hand, it
is important for a Brazilian woman to be dressed in the latest fashion whenever
1415 possible.
________________________________________________________________________
______________________________________________________________________
____________________________________________________________________

1420 10. We did not expect you because you did not let us know you were coming.
________________________________________________________________________
__________________________________________________________

11. As it is raining heavily, I will not go out.


________________________________________________________________________
1425 __________________________________________________________

12. He is sure to pass his examination because he has worked so hard.


________________________________________________________________________
__________________________________________________________
13. He was so pleased when he heard the news that he rang me up at once.
1430 ________________________________________________________________________
__________________________________________________________

14. The student asked the teacher a question in order to understand the exercise.
________________________________________________________________________
__________________________________________________________

1435 15. The thief drove quietly out of town so that the police didn’t catch him.
________________________________________________________________________
__________________________________________________________

16. Although I wrote to him several times, I received no answer.


________________________________________________________________________
1440 __________________________________________________________

17. He speaks French well, even though he has never been to France.
________________________________________________________________________
__________________________________________________________

18. He built a fire so that he would be warm.


1445 ________________________________________________________________________
__________________________________________________________

19. He will learn when he studies hard.


________________________________________________________________________
__________________________________________________________

1450 20. She listens to the radio while she cleans the house.
________________________________________________________________________
__________________________________________________________

Conjunções
1455
São usadas como conectoras. Diferentes tipos de conjunções unem diferentes estruturas
gramaticais.

Eles são:
1460
1) Conjunções coordenativas: for, and, nor, but, or, yet, so

a) Palavras a palavras  Most children like cookies and milk.


b) Frase a frase  The gold is hidden at the beach or by the lakeside.
1465 c) Oração a Oração  What you say and wht you do are two different things.

45
Elas aparecem sempre entre os itens unidos, não no começo e nem no fim. Quando uma
conjunção coordenativa une 3 ou mais palavras, frase ou orações, cria uma série e requer vírgulas
entre os elementos.
1470
Ex: Cookies and Milk

2) Conjunções Correlativas

1475 Estes pares de conjunções requerem estruturas iguais (paralelas) após cada uma delas.

Ex: Clara wants not only money but also fame.

1480 3) Advérbios Conjuntivos

Unem orações independents. Os mais comuns são:

- After all - For example - In other words - On the other hand


- Also - Furthermore - Instead - On the other hand
- As a result - Hence - Likewise - Otherwise
- Besid - However - Moreover - Still
- Consequently - In addition - Next - Them
- Finally - In fact - On the contray - Therefore
- Thus
1485 The tire was flat, therefore, we calleed service station.

Formação de Palavras por Prefixação

Prefixos Negativos
1. O prefixo un­ significa ‘o oposto de’, ‘não’ quando é acrescentado a adjetivos.

1490 EXEMPLOS:
unable (incapaz) do adjetivo able
unexpected (inesperado) do adjetivo expected
unsuccessful (mal sucedido) do adjetivo successful
uninterested (desinteressado) do adjetivo interesting

EXERCÍCIO:
Traduza as seguintes palavras:
unimaginative __________________ unreliable __________________
unthinkable __________________ unusable __________________
2. O prefixo in­(il­ antes de /i/, um­ antes de labiais e ir­ antes de /r/) também significa 
‘o oposto de’, ‘não’ quando é acrescentado a adjetivos. Ocorre com maior frequência 
1495 com palavras de origem latina.

EXEMPLOS:
indifferent (indiferente) do adjetivo different
illogical (ilógico) do adjetivo logical

EXERCÍCIO:
Traduza as seguintes palavras:
inaccurate __________________ inessential __________________
indirect __________________ infrequent __________________
insane __________________ impolite __________________
3. O prefixo dis­ torna igualmente negativos, verbos e substantivos abstratos.

1500 EXEMPLOS:
dishonest (desonesto) do adjectivo honest
disobedience (desobediência) do substantivo obedience
disloyal (desleal) do adjetivo loyal
disobey (desobedecer) do verbo  to obey

4. O prefixo non­ pode ser considerado como correspondente à negação da palavra ou 
expressão.

EXEMPLOS:
non­conformist (dissidente, o  non­scientific (o que não é 
que não se conforma) científico)
nonsense (o que não tem  non­smoker (a pessoa que não 
sentido) fuma)

EXERCÍCIO:
1505 Traduza as seguintes palavras ou expressões:
nonessential __________________ non­stop train ________________
nonexistent __________________ nonresident ________________
5. O prefixo a­ normalmente ‘falta de’.

EXEMPLOS:
acephalous (acéfalo) amoral (amoral)
assymetry (assimetria) amorphous (amorfo)

Prefixos Reversativos
1. O prefixo un- significa ‘reverter a ação’, ou ‘privar de’ quando acrescentado a verbos.

1510 EXEMPLOS:
unbutton (desabotoar) do verbo to button
undo (desfazer) do verbo to do
untie (desamarrar do verbo to tie

EXERCÍCIO:
Acrescente o prefixo un- aos verbos abaixo
cover __________________ fold __________________
dress __________________ lock __________________
2. O prefixo de- pode ser acrescentado a verbos ou substantivos abstratos, significando
‘reverter a ação de’.

1515 EXEMPLOS:
defrost (degelar) do verbo to frost
devalue (desvalorizar) do verbo to value

EXERCÍCIO:
Traduza as seguintes palavras ou expressões:
decarbonize __________________ debug __________________
decentralize __________________ decode __________________
3. O prefixo dis- quando acrescentado a verb os, particípios e substantivos, significa
‘reverter a ação’ ou ‘privar de.

1520 EXEMPLOS:
connect (ligar) disconnect (desligar)
infect (infetar) disinfect (desinfetar)
EXERCÍCIO:
Traduza as seguintes palavras ou expressões:
disappear __________________ disconnect __________________
disapproval __________________ dissatisfaction __________________

Prefixos Pejorativos
1. O prefixo mis-
1525 1.1 O prefixo mis-, quando acrescentado a verbos e particípios, significa que a ação é
realizada, porém de maneira errônea.

EXEMPLOS:
miscalculate (calcular mal) misunderstood (mal-interpretado)
misleading (que desorienta) misrule (administrar mal)
1.2 O prefixo mis- também é acrescentado a substantivos abstratos formados a partir dos
verbos correspondentes.

1530 Compare:
disbelieve (desacreditar)
misbelieve (acreditar, mas de maneira errônea)

EXERCÍCIO:
Traduza as seguintes palavras:
mishear __________________ misjudge __________________
misinform __________________ mistranslate __________________
1535 2. O prefixo mal- é somado a adjetivos, particípios, verbos e substantivos abstratos
correspondentes, acrescentando a idéia de ‘erro’ ao seu significado.

EXEMPLOS:
malediction (maldição) malformed (mal formado)

EXERCÍCIO:
Traduza as seguintes palavras:
malefactor __________________ malnutrition __________________
malfunction __________________ maltreat __________________
1540 3. O prefixo pseudo- é acrescentado a substantivos e adjetivos, transmitidos a idéia de
‘falsidade, ‘imitação”.

EXEMPLOS:
pseudo-intellectual (pseudo intelectual) pseudo-scientific (pseudo científico)

Prefixos de Tempo e Seqüência


São prefixos que indicam tempo e sequência: fore-, pre-, post-, ex-, re-.

1545 1. O prefixo fore- é acrescentado sobretudo a verbos, podendo também ser acrescentado
a substantivos abstratos. Significa ‘antes de’.

EXEMPLOS:
foreshadow (pressagiar) foretell (predizer)
2. O prefixo pre- é acrescentado a substantivos - sobretudo para formar adjetivos - a
verbos e adjetivos, significando também ‘antes de’.

1550 EXEMPLOS:
pre-marital (antes do casamento) pre-war (antes da guerra)

EXERCÍCIOS:
Acrescente os prefixos fore- ou pre- às seguintes palavras:
bear __________________ father __________________
cast __________________ knowledge __________________
warm __________________ arrange __________________
clinical __________________ 19th century __________________
school __________________ history __________________
3. O prefixo post- é acrescentado a substantivos, sobretudo para formar adjetivos, e a
adjetivos.

1555 EXEMPLOS:
post-classical (pós-clássico) post-war (pós-guerra)
4. O prefixo ex- é acrescentado a substantivos que se referem a pessoas, significando
‘anterior, antigo, ex’

EXEMPLOS:
ex-husband (ex-marido) ex-president (ex-presidente)
5. O prefixo re- é acrescentado sobretudo a verbos e substantivos abstratos, significando
1560 ‘repetição’ .

EXEMPLOS:
rebuild (reconstruir) reuse (usar de novo)

Prefixos de Grau ou Tamanho


São prefixos que indicam grau ou tamanho: arch-, super-, out-, sur-, sub-, over-, under,
hyper, ultra, mini.

1565 EXEMPLOS:
archbishop (arcebispo) outgrow (crescer além da conta)
supernatural (sobrenatural) surcharge (cobrar demais)
substandard (de padrão inferior) underprivileged (desprivilegiado)
oversimplify (simplificar demais) hypersensitive (hipersensível)
ultra-violent (ultra-violento) mini-skirt (minissaia)

Prefixos de Atitude

São prefixos que indicam atitude ou comportamento: co-, counter-, anti-, pro-.

EXEMPLOS:
cooperate (cooperar) counteract (reagir contra)
coworker (colaborador, colega de trabalho) counter-revolution (contra-revolução)
pro-American (pro-americano) antibody (anticorpo)
pro-Commom Market (pro-mercado comum) anti-social (anti-social)

50
Prefixos de Lugar

1570 São prefixos que indicam lugar ou locação: super-, sub-, inter-¸trans-.

EXEMPLOS:
superintendent (superintendente) subdivide (subdividir)
superstructure (superestrutura) Subconscious (subconsciente)
intercontinental (intercontinental) transatlantic (transatlântico)
international (internacional) transplant (transplante)

Prefixos de Quantidade

O inglês usa prefixos gregos e latinos para expressar quantidade.


1. uni- , mono-, significando ‘um’:
unilateral (unilateral) monorail (caminho de ferro feito com um só trilho)
unisex (unisex) monotheism (monoteísmo)
1575 2. bi-, di- significando ‘dois’:
bifocal (bifocal) dichotomy (dicotomia)
bilingual (bilingue) dimeter (dímetro)
3. tri-, significando ‘três’:
tricycle (triciclo) trident (tridente)
4. multi-, poli-, significando ‘muitos’:
multi-national (multi-nacional) polygamy (poligamia)
multi-radical (multi-racial) polysyllabic (polissilábico)

Outros Prefixos
1. auto- (de si mesmo, próprio, auto):
autobiography (autobiografia) autosuggestion (auto-sugestão)
1580 2. neo- (novo)
neo-classicism (neoclassicismo) neo-Gothic (neogótico)
3. pan-, (todo)
pan-African (pan-africano) pan-American (pan-americano)
4. proto- (primeiro, original)
proto-Germanic (proto-germânico) prototype (protótipo)
5. semi- (meio, metade):
semi-circle (semi-círculo) semi-darkness (semi-escuridão)
6. vice- (vice)
vice-admiral (vice-almirante) vice-president (vice-presidente)

1585 Formação de Palavras por Sufixação

Sufixos Formadores de Substantivos

1. Os sufixos mais comuns que formam substantivos de verbos são ­er, ­or, e ­ar, que 
significam ‘a pessoa ou coisa que faz’ ou ‘ que está relacionada com’.
EXEMPLOS:
worker (trabalhador) do verbo to work
navigator (navegador) do verb to navigate
liar (mentiroso) do verbo to lie

1590 EXERCÍCIO:
Forme substantivos derivados dos verbos indicados, empregando os sufixos acima:
beg __________________ react __________________
program __________________ conduct __________________
calculate __________________ read __________________
govern __________________ investigate __________________
research __________________ start __________________
transmit __________________ print __________________

2. Os sufixos ­ist e (i)an também são usados para indicar a pessoa por associação a 
certas coisas e lugares.

2.1. O sufixo ­ist indica que uma pessoa que estuda ou se aplica a:

geology (geologia) geologist (geólogo) science _________________


biology _________________ anthropology _________________
_________________ Chemist _______________ psychologist
archeology _________________ _______________ Ecologist
agronomy _________________ physics _________________
1595 Assim,
an ______________________ is a person who analyzes;
a ______________________ is a person who is specializes in a branch of work, 
study, or other activity;
an ______________________ is a person who applies the study of economics.

1600 2.2 O sufixo ­(i)an indica que uma pessoa que estuda e se aplica a 

Mathematics mathematician statics ____________


________________ obstetrician politics ____________
electricity ______________ ________________ musician
2.3 Exceções:

engineering  engineer;
architecture  architect;
1605 medicine  doctor ou physician.

3. O sufixo ­ion (­ation, ­ition) forma substantivos de verbos, significando ‘o processo’ 
ou ‘o resultado de’ :

EXEMPLOS
action (ação) do verbo to act
addition (adição) do verbo to add
application (aplicação) do verbo to apply

EXERCÍCIO:

1610 Forme substantivos derivados dos verbos dados, pelo acréscimo dos sufixos 
indicados:
compute __________________ select __________________
construct __________________ specialize __________________
define __________________ transmit __________________
observe __________________ recognize __________________
relate __________________ communicate __________________

4. As terminações ­ment, ­ance, e ­ence também são acrescentadas a verbos para 
formar substantivos que significam ‘a ação de’ ou ‘o resultado da ação de’.

1615 EXEMPLOS
development (desenvolvimento) do verbo to develop
performance (desempenho) do verbo to perform
residence (residência) do verbo to reside

EXERCÍCIO:

Forme substantivos derivados dos verbos indicados, empregando os sufixos:
arrange ______________________ interfere ______________________
assist ______________________ occur ______________________
attend ______________________ refer ______________________
commit ______________________ resist ______________________
5. Os sufixos ­al e ­age são igualmente usados para formar substantivos derivados de 

1620 verbos  com o significado de ‘o ato de’  ou ‘o resultado do ato de’.

EXEMPLOS

removal (remoção) do verbo to remove
reversal (inversão) do verbo to reverse
drainage (drenagem) do verbo to drain

EXERCÍCIO:
Forme substantivos derivados dos verbos dados, usando os sufixos
approve ______________________ marry ______________________
pass ______________________ renew ______________________
refuse ______________________ store ______________________

6. Os sufixos ­let, ­ette, e ­y formam diminutivos de substantivos

1625 EXEMPLOS
booklet (livrete) do substantivo book
cigarrette (cigarro) do substantivo cigar
daddy (papai) do substantivo dad

7. O sufixo ­ess forma substantivos femininos.

EXEMPLOS
actress (atriz) de actor
lioness (leoa) de lion

8. Os sufixos ­hood, ­ship, e ­dom e ­ery formam substantivos com o significado de 
‘status, domínio, condição’.

1630 EXEMPLOS
brotherhood (irmandade) do substantivo brother
friendship (amizade) do substantivo friend
kingdom (reino) do substantivo king
nunnery (convento) do substantivo nun

10.  Os sufixos ­ness e ­ity formam substantivos com o significado de ‘estado ou 
condição’.

EXEMPLOS:
purity (pureza) do adjetivo pure
lightness (leveza) do adjetivo light

1635 EXERCÍCIO:
Forme substantivos derivados dos adjetivos indicados, empregando os sufixos 
clear _____________________ heavy _____________________
complex _____________________ relative _____________________
direct _____________________ responsible _____________________
exact _____________________ stable _____________________

Sufixos Formadores de Adjetivos

1. Os sufixos -ful e less.

1.1 O sufixo -ful forma adjetivos de substantivos, significando ‘cheio de’ ou ‘que tem’

1640 EXEMPLOS:
faithful (fiel) do substantivo faith
useful (útil) do substantivo use

1.2 Alguns desses mesmos substantivos formam adjetivos com o significado


exatamente oposto, pelo acréscimo do sufixo -less.

1645 EXEMPLOS:
faithless (infiel) do substantivo faith
useless (inútil) do substantivo use

1.3 Uma quantidade razoável de palavras admite ambos os sufixos.

EXEMPLOS:
1650 harmful (prejudicial) harmless (inofensivo)
thankful (grato) thankless (ingrato)

1.4 No entanto, há palavras que só admitem um dos sufixos.

EXEMPLOS:
frightful (assustador), mas não “frightless”
1655 noiseless (silencioso), mas não “noiseful”

EXERCÍCIO:

Forme adjetivos derivados das palavras dadas, usando os sufixos acima:


aim ___________________ mind ___________________
care ___________________ motion ___________________
end ___________________ power ___________________
forget ___________________ price ___________________
help ___________________ success ___________________
meaning ___________________ wonder ___________________

55
2. O sufixo -able (-ible) é acrescentado a verbos ou substativos para formar adjetivos,
significando “que pode ser”.

1660 EXEMPLOS:
avoidable que pode ser evitado (avoided)
considerable que pode ser considerado (considered), isto é, considerável
permissible que pode ser permitido (permitted), isto é, permissível.

OBSERVAÇÃO: a forma ible já está incorporada a algumas palavras inglesas.


1665 Exemplos: possi(ible), vis(ible), leg(ible)

EXERCÍCIO:

Acrescente os sufixos -able ou -ible às palavras dadas, empregando os sufixos


indicados e fazendo as mudanças ortográficas necessárias.
access ____________________ convert ____________________
apply ____________________ defend ____________________
fold ____________________ divide ____________________
compute ____________________ predict ____________________
contempt ____________________ reason ____________________

1670 3. Os sufixos -y e -ly geralmente são acrescentados a substantivos para formar adjetivos,
significando ‘que têm a qualidade’ ou ‘a aparência de’.

EXEMPLOS:
greasy (gorduroso) do substantivo grease
salty (salgado) do substantivo salt
1675 fatherly (paterno) do substantivo father
weekly (semanal) do substantivo week

EXERCÍCIO:

Forme adjetivos derivados das palavras indicadas, usando os sufixos


cost ____________________ oil ____________________
day ____________________ rust ____________________
friend ____________________ sun ____________________
mud ____________________ year ____________________

1680 4. O sufixo -ive é acrescentado a verbos para formar os adjetivos correspondentes.

EXEMPLOS:
destructive (destrutivo) do verbo to destroy
relative (relativo) do verbo to relate
EXERCÍCIO:

1685 Numere a coluna B de acordo com a coluna A, relacionando os adjetivos aos verbos. 
A B
(01) accumulate (     ) causative
(02) act (     ) cumulative
(03) cause (     ) explosive
(04) compare (     ) active
(05) construct (     ) effective
(06) describe (     ) selective
(07) effect (     ) expansive
(08) exceed (     ) excessive
(09) expand (     ) comparative
(10) explode (     ) descriptive
(11) extent (     ) constructive
(12) imagine (     ) imaginative
(13) produce (     ) extensive
(14) select (     ) productive

5. Os sufixos -like, -some e -worthy.

5.1 O sufixo -like é acrescentado a substantivos para formar adjetivos, significando


pessoas ou animais (e às vezes objetos) ‘que se parecem com’ ou ‘que têm as
características de’

1690 EXEMPLOS:
boxlike (parecido com caixa) do substantivo box
catlike (com características de gato) do substantivo cat

5.2 O sufixo -some é acrescentado a verbos ou substantivo para formar adjetivos,


significando ‘que causam’ ou ‘provocam”.

1695 EXEMPLO:
tiresome (cansativo) do verbo to tire
worrisome (preocupante) do verbo to worry

5.3 O sufixo -worthy é acrescentado a substantivos para formar adjetivos, significando


‘dignos de’ ou ‘adequados a’.

1700 EXEMPLO:
praiseworthy (digno de louvor) do substantivo praise

EXERCÍCIO:Forme adjetivos derivados das palavras dadas, usando os sufixos

business __________________ note __________________

dog __________________ love __________________

fear __________________ trouble __________________

lady __________________ trust __________________


6. O sufixo -ous é acrescentado a substantivos abstratos para formar os adjetivos
correspondentes.
1705 EXEMPLOS:
ambitious (ambicioso) do substantivo ambition
erroneous (errôneo) do substantivo error
virtuous (virtuoso) do substantivo virtue

7. O sufixo -ed é acrescentado a substantivos ou sintagmas nominais para formar


1710 adjetivos, significando ‘feitos de’ ou ‘tendo a aparência ou as características de’.

EXEMPLOS:
pointed (ponteagudo) do substantivo point
wooded (de madeira) do substantivo wood
blue-eyed (de olhos azuis) do sintagma nominal blue eyes

1715 8. Os sufixos -ed e -ing são acrescentados a verbos para formar adjetivos, o primeiro
significando ‘o que recebe a ação do verbo correspondente’ e o último ‘o que realiza
a ação do verbo correspondente’.

EXEMPLOS:
charmed (encantada) charming (encantadora) do verbo to charm
1720 frightened (assustado) frightening (assutador) do verbo to frighten
relaxed (relaxado) relaxing (relaxante) do verbo to relax

6. -al
O sufixo -al é acrescido a substantivos para forma o adjetivo correspondente.

EXEMPLOS
1725 essential do substantivo essence
natural do substantivo nature

Sufixos Formadores de Verbos


A formação de verbos por sufixação é relativamente pequena em inglês. São os sufixos
verbais.
1730 1. -ify, que se acrescenta a substantivos e adjetivos.
EXEMPLOS:
beautify (embelezar) do substantivo beauty
codify (codificar) do substantivo code
1735 NOTA: Em alguns casos, a raiz sofre alteração. Exemplo: clear (do latim “clarus”) + -ify
= clarify (clarear).
EXERCÍCIO:
Acrescente o sufixo -ify ás seguintes palavras:

ample ____________________ certain ____________________


class ____________________ humid ____________________
simple ____________________ specific ____________________
1740

2. -ize (-ise: alternativa ortográfica no inglês britânico), que se acrescenta a substantivos e


adjetivos.
EXEMPLOS:
concretize (concretizar) do substantivo concrete
1745 symbolize (simbolizar) do substantivo symbol

EXERCÍCIO:
Acrescente o sufixo -ize ás seguintes palavras:
computer ____________________ legal ___________________
critic ____________________ modern ___________________
hospital ____________________ popular ___________________

1750 3. -en, que se acrescenta a adjetivos.


EXEMPLOS:
deafen (ensurdecer) do adjetivo deaf
lessen (minimizar) do adjetivo less
ripen (amadurecer) do adjetivo ripe
1755

EXERCÍCIO:
Acrescente o sufixo -en às seguintes palavras:

broad (largo) ________________ sad (triste) ________________


loose (frouxo) ________________ tight (apertado) ________________
quick (rápido) ________________ wide (largo) ________________

NOTA: 1. O sufixo -en pode também ser usado na formação de :


1760 a) particípio passado de alguns verbos. Ex.: eaten, beaten, gotten
b) adjetivos. Ex.: golden, wooden
c) plural de alguns substantivos. Ex.: ox: oxen; child: children
2. o prefixo en- é também usado na formação de verbos.
Ex.: courage encourage
1765 danger endanger
sure ensure
able enable

Outros Sufixos
Os sufixos listados a seguir também são bastantes frequentes em inglês.
1770
1. -ant
a) Occupations and participation. accountant, participant
b) Things which have an effect. lubricant, pollutant

1775 2. -based
a) The major part of something. acid-based
b) The qualities of the basis of something. a widely-based dialogue
c) Existing in a particular place. Paris-based

1780 3. -bound
a) Restrictions. house-bound
b) Direction. London-bound
c) Coverings a paper-bound package

1785 4. -ee
Someone who performs or is affected by action. employee, examinee,
trainee, devotee

5. -ish
1790 a) Nationality or language. Spanish, English
b) Having the quality of the original adjective. greenish
c) Looking like a person or a thing. boyish, childish
d) Age or time. fortish, noonish

1795 6. -led
a) People or things controlled or organized by. a market-led economy

7. -ward(s) -wise
Direction in which something is moving. backwards, clockwise
1800

8. -ware
Things made of a particular substance;
having a particular quality or intended
for a particular use. iron-ware, Tupperware
1805

9. -wide
a) Something which exists or happens
throughout the whole of that place. nationwide, countrywide,
worldwide
1810

10. -ly
a) To form adverbs freely, quickly

60
Exercícios - Sufixos
The Logical Song (Supertramp)
1815 When I was young, it seemed that life was so __________________________,
A miracle, oh, it was __________________________, __________________________
And all the birds in the trees, they’d be singing so __________________________
__________________________, __________________________ watching me.
But then they sent me away to teach me how to be _________________________
1820 ________________________, ________________________, ________________________
And they showed me a world where I could be so __________________________
_______________________, _________________________, ________________________.
There are times when all the world’s asleep
The questions run so deep for such a simple man
1825 Won’t you please, please tell me what we’ve learned
I know it sounds absurd, please tell me who I am
Now watch what you say, or they’ll be calling you a radical
________________________, __________________________, _______________________
Won’t you sign up your name, we’d like to feel you’re ______________________,
1830 __________________________, __________________________, a vegetable.

Identifique e traduza as palavras formadas por sufixação abaixo. Forneça também o 
radical das palavras e traduza também este radical:
Exemplo
1835 0. We had a very interesting discussion about politics.
Discussion, discuss  discussão, discutir.
1. I need to see your passport or some other form of identification.

________________________________________________________________________

2. She gave me an English translation of Goethe’s Faust. 

1840 ________________________________________________________________________
3. The Social Democrats won more than 50 seats in the election. 

________________________________________________________________________
4. They’re planning to build an extension to the school. 

________________________________________________________________________
1845 5. Suddenly, a huge explosion shook the house. 

________________________________________________________________________
6. I wonder what his reaction will be when I tell him the news. 

________________________________________________________________________
7. I love this room  it’s so large and spacious. 

1850 ________________________________________________________________________
8. He’s not a very adventurous person  he’s never been abroad in his life. 
________________________________________________________________________
9. I’m afraid my attempts to speak French weren’t very successful. 
________________________________________________________________________
1855 10. Be careful when you drive. The roads are very dangerous. 
________________________________________________________________________
11. Their marriage was so disastrous that they decided to get divorced immediately. 
________________________________________________________________________
12. They say that Liberty’s the most fashionable café in town. 
1860 ___________________________________________________________________
13. Of course he doesn’t want to participate in the stupid game. It’s very understandable. 
___________________________________________________________________

Voz Passiva (Passive Voice)


1865
Usa-se a voz passiva em inglês nas seguintes situações:
• Quando você não sabe quem praticou a ação;
• Quando a informação mais importante é a ação, e não o agente da ação, e essa decisão é sua.

1870 Estrutura da Voz Passiva

Verb to be (Conjugado no tempo verbal) + Past Participle do verbo que contém a informação.
O verbo na forma Ativa sempre vai para o Past Participle na Voz Passiva.

Singular Plural
Is Are
Was Were
1875
A. Quando você quiser citar o agente de uma oração na voz passiva (agente da passiva), ele é precedido
pela preposição by.
 My friend Michael was killed by skinheads last week.

1880 B. Quando citar um instrumento ou o meio usado durante a ação, use a preposição with:
 My friend Michael was killed with a dozen blows to his head last week.

Exemplos 1:

1885 1. I painted the house.  The house was painted by me.


2. She showed the magazine.  The magazine was shown by her.
3. My boss gave me a round trip to the Bahamas.  A round trip to the Bahamas was gaven to me.
4. Jonathan raises cows and pigs.  Cows and pigs are raised by jonathan.
5. Janice received two letters yesterday.  Two letters were received by Janice yesterday.
1890 6. Mr. Hill explain the greek mythology.  The Greek mythology will be explain.
7. They are showing the pictures.  The pictures are bung shown by them.
8. Bob was studying the laws of Mendel.  The laws of Mendel were being studied by bob.
9. My father will pay the tickets.  The tickets will be paid by my father.
10. Alfred has painted my house.  My house has been painted by Alfred.
1895 11. Alice had written the report.  The report had been written by Alice.
12. The company would approve our project. Our project would been approved by the company.
13. A detective can find the assassin.  The assassin can be found by a detective.
14. She pays a lot of money.  A lot of money is paid by her.
15. They wear blue shoes.  Blue shoes worn them.
1900 16. They make these tools of plastic.  These tools os plastic are made by them.
17. They built skyscraper in 1.934.  Skyscrapes were built by them in 1.934.
18. Karen is going to prepare refreshements.  Refreshement are going to be prepared by Karen.

1905
Exemplos 2:

Present Simple
Coffee is grown is Brazil.  O café é cultivado no Brasil.
1910
Present Continuous
Cars are being made now.  Carros estão sendo fabricados agora.

Past Simple
1915 Schindler's List was directed by Steven Spielberg.  A Lista de Schindler foi dirigido por Steven Spielberg

Past Continuous
While she was sunbathing, her husband was being attacked by sharks.
Enquanto ela estava tomando sol, o marido dela estava sendo atacado por tubarões.
1920
Present Perfect
A lot of people have been killed by terrorists in the last couple of years.
Muitas pessoas têm sido mortas por terroristas nos últimos anos.

1925 Past Perfect


He had been elected president when he died.  Ele tinha sido eleito presidente quando morreu.

Future Simple
He will be elected president.  Ele será eleito presidente.
1930
Conditional
She would be killed if...  Ela seria morta se...

Conditional Perfect
1935 She would have been killed if...  Ela teria sido morta se...

Exemplos Comentados:

Obs.: Quando é verbo regular, o verbo continua o mesmo na Voz Passiva.


1940
1. He (sujeito) opens (verbo) the doord (objeto).
 Quando aparece “s” no final do verbo e tiver He, She, It, é 3ª pessoa no Presente.

Voz Passiva: The door is opened by him.


1945  Verbo Regular (Apresenta ed no final do verbo).

2. They (sujeito) rave finished (verbo) the new product design (objeto).
 O verbo está no Present Perfect

1950 Voz Passiva: The new product design has been finished by them.

3. She (sujeito) made (verbo) the cake (objeto).


 O verbo está no passado (Não vem nada acompanhando o verbo).
1955 Voz Passiva: The cake was made by her.

4. They (sujeito) played (verbo) soccer (objeto).


 O verbo está no Passado Simples (ed no final e está sozinho).

1960 Voz Passiva: Soccer was played by them.

5. The students (sujeito) will finish (verbo) the course (objeto) in July (advérbio de tempo).
 Will, Would e Modais (só colocar “be” depois na Voz passiva).
 Quando aparece Advérbio de tempo, deixar ele na mesma posição.
1965
Voz Passiva: The course will be finished by the students in July.

6. They (sujeito) are repairing (verbo) the streets (objeto) this month (advérbio de tempo).
 O Verbo está o Present Continuous.
1970
Voz Passiva: The streets are being repaires by them this month.

Voz Passiva de Verbos Bitransitivos


1975
Os verbos bitransitivos são aqueles que possuem dois complementos, um objeto direto (sem preposição) e
um objeto indireto (com preposição). São comumente chamados de transitivos direto e indireto em
português. Em inglês, há duas possibilidades de formar a voz passiva. Observe o exemplo abaixo:
1980 Voz ativa:
Meu chefe me deu uma passagem de ida-e-volta para as Bahamas.
My boss gave me a round-trip ticket to the Bahamas
me - objeto indireto
a round-trip ticket - objeto direto
1985 Nota: Nas frases com dois complementos em que um se refere a alguém, e o outro a algo, o
complemento referente à pessoas é objeto indireto, e o outro é o objeto direto.
Voz Passiva:
I was given a round-trip ticket to the Bahamas (by my boss)
(Foi-me dada uma passagem de ida-e-volta para as Bahamas)
1990 A round-trip ticket to the Bahamas was given to me (by my boss)
(Foi-me dada uma passagem de ida-e-volta para as Bahamas)
Observe que você pode começar a voz passiva com o objeto indireto (pessoal, mas SEM A
PREPOSIÇÃO), ou com o objeto direto.
Como você diria Meu pai enviou várias mensagens a Mary?
1995 Voz Ativa:
My father has sent several messages to Mary
ou
My father has sent Mary several messages

2000 Voz Passiva:


Mary has been sent several messages (by my father)
Several messages have been sent to Mary (by my father)

65