Você está na página 1de 6

Física e Química A – 11º ano

2º Teste de Física e Química 11º Ano


2018/2019

Duração 90 minutos VERSÃO 1

GRUPO I
1. Um corpo, de massa 130 g, move-se durante 24 s numa trajetória retilínea de acordo com o seguinte
gráfico velocidade-tempo.

1.1. Determine o deslocamento efetuado no intervalo de tempo [10, 24] s.

1.2. Descreva, justificando, o movimento do corpo nos primeiros 5 s do movimento.

1.3. A componente escalar da aceleração no instante t = 20,0 s é…


(A) −0,75 m s−2 . (B) −0,375 m s−2 . (C) 0,375 m s−2 . (D) 0,75 m s−2 .

1.4. Selecione o esboço do gráfico posição-tempo, 𝑥(𝑡), que pode representar o movimento do corpo no
intervalo [7,0; 24,0] s.

2. Um carrinho de 45 g move-se num plano horizontal com velocidade de


módulo 1,5 m s-1 quando fica sujeito a uma força constante de 2 N,
durante 1,3 s, como mostra a figura. Despreze as forças de atrito.
x
2.1. Indique, justificando, o tipo de movimento que o carrinho
adquiriu devido à atuação da força.

1 –V1 Ana Luísa Silva - 2018/2019


Física e Química A – 11º ano

2.2. Escreva as equações do movimento atendendo ao referencial representado na figura. Considere o


instante em que a força começou a atuar sobre o carrinho como o instante inicial e que nesse
instante o carrinho se encontrava na origem do referencial.

2.3. Determine se haverá inversão de sentido, e caso haja, determine o instante em que terá ocorrido.

GRUPO II

1. A figura do lado representa uma montagem que foi


usada para a determinação experimental do módulo da
aceleração gravítica. Em cada um dos ensaios
realizados, largou-se uma esfera de 2,0125 cm de
diâmetro imediatamente acima da célula fotoelétrica A.

1.1. Num conjunto de ensaios realizados nas


mesmas condições, obtiveram-se os valores de
tempo de passagem pela célula B,
apresentados na tabela seguinte. Indique o
valor mais provável para o tempo de passagem
pela célula B e a respetiva incerteza de leitura em unidades SI.

Ensaio Tempo de passagem pela célula B (ms)


1º 8,83
2º 8,79
3º 8,78

1.2. Sabendo que o diâmetro da esfera foi medido com uma craveira, diga qual a incerteza desta leitura na
unidade indicada.

1.3. Para determinar a aceleração da gravidade é necessário saber a velocidade da esfera quando esta
atinge a célula fotoelétrica B. Para isso, faz-se uma aproximação na determinação da velocidade em B.
Diga qual foi a aproximação feita.

1.4. Determine o valor da velocidade da esfera ao passar pela célula B. Apresente o resultado com o
número correto de algarismos significativos e em unidades SI. Apresente todas as etapas de
resolução.

1.5. Que outra informação é necessária para determinar a aceleração da gravidade? Diga como
procederia para obter essa informação.

1.6. Selecione a opção que completa corretamente a frase: A aceleração de uma esfera em queda livre
num certo local da Terra…
(A) … é diretamente proporcional à força gravítica que nela atua.
(B) … é inversamente proporcional à massa da esfera.
(C) … não depende da distância entre as células A e B.
(D) … depende do diâmetro da esfera.

2 –V1 Ana Luísa Silva - 2018/2019


Física e Química A – 11º ano

GRUPO III

1. Considere um sistema paraquedista + paraquedas, cuja massa é


90 kg, em queda vertical. Considere o sistema redutível ao seu
centro de massa (modelo da partícula material). O seu movimento
é descrito pelo gráfico representado ao lado.

1.1. Diga, justificando, quais as forças que atuam no


paraquedista no intervalo de tempo [t1, t2] s.
Represente-as evidenciando as intensidades das mesmas.

1.2. Determine a intensidade da resistência do ar quando o sistema paraquedista + paraquedas atinge a


segunda velocidade terminal. Apresente todas as etapas de resolução.

1.3. Indique um intervalo de tempo em que a resistência do ar aumente.

1.4. Indique o instante em que o paraquedas foi aberto.

1.5. Indique se são verdadeiras ou falsas as seguintes afirmações:

(A) No intervalo de tempo [t1, t2] s, o módulo da aceleração do paraquedista é constante.


(B) No intervalo de tempo [t2, t3] s, o módulo da aceleração do paraquedista é igual a 10 ms-2.
(C) No intervalo de tempo [t2, t3] s, a resultante das forças que atuam no conjunto paraquedista +
paraquedas tem sentido contrário ao do movimento do conjunto.
(D) No intervalo de tempo [0, t1] s, há conservação da energia mecânica do sistema paraquedista +
paraquedas + Terra.

GRUPO IV

1. Um grupo de alunos fez uma atividade laboratorial


para averiguar se um corpo se poderá manter em
movimento mesmo que a resultante das forças que
sobre ele atua seja nula. Para tal usaram um carrinho,
C, que se move sobre um plano horizontal, puxado por
um fio inextensível e de massa desprezável, ligado a um
corpo suspenso, S, como se mostra na figura.

1.1. Qual é a força responsável por pôr em movimento o conjunto carrinho + corpo suspenso?

1.2. Classifique o movimento do carrinho enquanto o corpo suspenso está em queda.

1.3. Deduza uma expressão para determinar a aceleração do conjunto carrinho + corpo suspenso, a partir
das expressões da Segunda Lei de Newton para o movimento do carrinho e do corpo suspenso.

3 –V1 Ana Luísa Silva - 2018/2019


Física e Química A – 11º ano

1.4. Depois de o corpo suspenso atingir o solo que forças atuam no carrinho?
1.5. Qual dos gráficos de aceleração em função do tempo representa corretamente as acelerações do
carrinho, C, e do corpo suspenso, S.

C C C

(A) (B) (C) (D)

GRUPO V

1. Dois carros, A e B, movem-se em duas rotundas, marcando o mesmo valor nos respetivos velocímetros. O
raio da rotunda do carro A é metade do raio da rotunda do carro B. O período de rotação e o módulo da
aceleração do carro B são, relativamente ao carro A, respetivamente:
𝑎𝐴 𝑇𝐴 𝑇𝐴 𝑎𝐴
(A) 2TA e (B) e 2𝑎𝐴 (C) 2TA e 𝑎𝐴 (D) e
2 2 2 2

2. Escolha a opção que completa corretamente a frase seguinte. A aceleração gravítica à altitude de um
satélite…
(A) depende da massa do satélite.
(B) depende do raio da trajetória.
(C) depende da massa do satélite e do raio da trajetória.
(D) aumenta se aumentar a altitude.

3. Numa pista circular, um carro de corridas descreve circunferências de raio 200 m com velocidade de
módulo constante, efetuando 2 voltas completas num minuto.

3.1. Qual é o módulo da velocidade do carro em km/h? Apresente todas as etapas de resolução.

3.2. Para testar o desempenho do carro, foram adicionadas massas sucessivas sobre o carro, continuando
este a efetuar o mesmo número de voltas por minuto. Qual dos esquemas traduz a dependência do
módulo da velocidade e da intensidade da resultante das forças com a massa do carro?

m m m m

m m m m

4 –V1 Ana Luísa Silva - 2018/2019


Física e Química A – 11º ano

GRUPO VI

1. Observe os sinais A e B da figura, cada divisão da escala horizontal vale 1 ms e da escala vertical vale 1 cm.

1 div

1 div

1.1. Indique a frequência do sinal A na unidade SI.

1.2. Escreva a função harmónica para a onda A em unidades SI.

2. Considere uma mola com uma frequência de compressão de 44,0 Hz que se propaga à velocidade de
33,8 m s−1. Num certo instante, o ponto C está num ponto de máxima compressão e o ponto R está no
ponto de máxima rarefação mais próximo de C.

2.1. A distância entre C e R é…


(A) 0,651 m. (B) 0,384 m. (C) 1,30 m. (D) 0,768 m.

2.2. Selecione a alternativa que completa corretamente os espaços em branco. Se decorrer um intervalo de
tempo igual a 3,5 períodos, C ficará numa zona de máxima… e C numa zona de máxima …
(A) compressão… compressão. (C) compressão… rarefação.
(B) rarefação… compressão. (D) rarefação… rarefação.

2.3. Faça todas as correspondências possíveis entre a Coluna I e a Coluna II de modo a obter relações de
dependência verdadeiras:

Coluna I Coluna II
a) Período 1. depende do meio de propagação
b) Módulo da velocidade da onda 2. depende da amplitude
c) Amplitude 3. depende da fonte emissora
d) Energia de um sinal harmónico 4. depende da frequência

GRUPO VII

1. Um camião com 23,5 toneladas, encontrava-se parado no cimo de uma rampa que faz 30° de inclinação
com a horizontal, quando acidentalmente se destravou, tendo percorrido 45 m ao longo da rampa, com
aceleração praticamente constante. Quando embateu noutro veículo que se encontrava parado no final da

5 –V1 Ana Luísa Silva - 2018/2019


Física e Química A – 11º ano

rampa, a velocidade do camião já era de 27 km h-1. Calcule a energia dissipada pelo sistema camião +
Terra, no percurso considerado. Apresente todas as etapas de resolução.
FIM 😊

6 –V1 Ana Luísa Silva - 2018/2019

Você também pode gostar