Você está na página 1de 14

Curativos

A Pele Humana - Estruturas da pele


É o maior órgão do corpo humano, representando cerca de 15% do peso
corporal total e apresenta grandes variações ao largo de sua extensão.
Curativos
Consiste na limpeza e aplicação de uma cobertura estéril em uma
ferida, quando necessário, com finalidade de promover a rápida
cicatrização e prevenir contaminação e infecção
Finalidades
➢ Prevenir a contaminação;
➢ Promover a cicatrização;
➢ Proteger a ferida;
➢ Absorver secreção e facilitar a drenagem;
➢ Aliviar a dor
Ferida x Úlcera
➢ Ferida : Lesão do tecido em ➢Úlcera: A Ferida se torna
decorrência de trauma uma úlcera após seis
mecânico, físico ou térmico semanas de evolução sem
ou que se desenvolva a partir intenção de cicatrizar
de uma condição patológica
ou fisiológica, que deve se
fechar em até 2 semanas.
Cicatrização
A cicatrização é o processo pelo qual o organismo tende a reparar
uma lesão ou perda de tecido.
Tipos de cicatrização:
➢ Por primeira intenção: é quando se aproximam as superfícies da
ferida por sutura, fita adesiva ou outros mecanismos;
➢ Por segunda intenção ou granulação(tecido especializado
indicador do processo de cicatrização) : é quando não acontece
aproximação de superfícies, e nesse espaço proliferam as
granulações, que, por sua vez, serão recobertas pelo epitélio.
Os fatores que afetam a cicatrização normal são:
➢ Nível nutricional: a diminuição dos elementos proteicos, vitamina C
e desidratação são os principais causadores do retardo da
cicatrização;
➢ Condições de vascularização: como o sangue fornece os
elementos cicatrizantes, quanto melhor a circulação, mais eficiente
será a cicatrização.
➢ Idade: ocorre um retardo nos idosos;
➢ Edema: por dificultar a união das extremidades da ferida e diminuir a
vascularização local
➢ Administração de drogas que mascaram a presença de infecção.
➢ Administração de drogas anticoagulantes
➢ Técnica de curativo: provocada pela troca insuficiente, falhas de
técnica asséptica, curativo apertado e outros.
➢ Alteração da taxa de glicose sanguínea.
Tipos de Curativos
➢ Aberto - É aquele no qual utiliza-se apenas o antisséptico,
mantendo a ferida exposta.
➢ Oclusivo - Curativo que após a limpeza da ferida e aplicação do
medicamento é fechado ou ocluído com gaze ou atadura.
➢ Seco - Fechado com gaze ou compressa seca (não se usa nada
na gaze)
➢ Úmido - Fechado com gaze ou compressa umedecida com
pomada ou soluções prescritas.
➢ Compressivo - É aquele no qual é mantida compressão sobre a
ferida para estancar hemorragias, eviscerações, etc.
Limpeza do Local
➢ Limpar o local onde ocorreu o ferimento é o primeiro passo.
➢ Muita gente acha que precisamos usar materiais especiais, mas a
melhor opção para limpeza é água e sabão.
➢ Para evitar contaminação por meio da ferida, quem for fazer a
limpeza precisa, primeiro, lavar bem as mãos com água e sabão
neutro antes de tocar no corte ou machucado. Se tiver luvas de
procedimento, elas também devem ser usadas.
Curativo Simples
➢ Secar a ferida com gaze seca ou pano
limpo;
➢ Lavar a ferida com água fria corrente ou
soro fisiológico;
➢ Desinfetar a ferida com iodopovidona;
➢ Cobrir a ferida com gaze seca e prende-la
com um esparadrapo, band-aid ou curativo
pronto, que se vende nas farmácias.
Úlcera por pressão
Ocorre devido a qualquer posição que é mantida pelo paciente durante
um longo período de tempo (comum em pacientes acamados),
especialmente em tecidos onde há sobreposição de uma proeminência
óssea, resultante da presença de pouco tecido subcutâneo nessas
regiões do corpo.
Cuidados:
➢ Mudar sempre a posição do paciente acamado;
➢ Elevar os calcanhares colocando-se travesseiros macios embaixo do tornozelo;
➢ Uma vez ao dia, posicionar o paciente sentado em poltronas macias, ou revestidas com colchão piramidal;
➢ Alterar a posição das pernas quando o paciente encontra-se sentado;
➢ Dieta rica em vitaminas e proteínas;
➢ Manter hidratação;
➢ Manter o paciente seco e limpo, trocando suas fraldas de três em três horas;
➢ Realizar hidratação da pele com hidratantes e/ou óleos corporais a base de vegetais;
➢ Usas sabonete com pH neutro para realizar a higiene da área genital;
➢ Manter-se atento para o surgimento de infecções fúngicas;
➢ Aplicação de filme transparente e/ou cremes ou loções a base de AGE nas regiões que apresentam maior
risco para surgimento de lesões;
➢ Realizar massagem com loção umectante nas regiões de pele sadia, em áreas com maior probabilidade de
surgirem lesões;
➢ Manter as roupas de cama sempre limpas e secas;
Como fazer curativo para úlcera de pressão:

O curativo deve ser sempre feito por um


enfermeiro, mas caso o curativo saia durante a noite ou
fique molhado durante o banho, deve-se:
➢ Lavar a ferida com água fria da torneira ou soro
fisiológico, não tocando com as mãos na ferida;
➢ Secar a ferida com gaze seca sem pressionar ou raspar;​
➢ Cobrir a ferida com outra gaze seca e prender a gaze
com um esparadrapo;
➢ Posicionar a pessoa na cama sem pressionar a escara;
➢ Ligar para o enfermeiro e informar que o curativo da
escara saiu.
➢ Os curativos para úlceras de pressão devem sempre ser
feitos com gaze e pensos esterilizados para prevenir
infeções, pois é uma ferida muito sensível.
Como fazer curativo para queimadura:
➢ Por água fria corrente por mais de 5 minutos para resfriar a ferida;
➢ Cobrir com gaze limpa a queimadura e prender com um esparadrapo.
➢ Caso a queimadura tenha bolhas e a dor seja muito forte deve-se ir
ao pronto socorro.