Você está na página 1de 9

ABEND DESCRIÇÃO

A06 Erro na execução de macro link, load, xctl ou attach. A macro especificou um recurso serialmente reusavel,
mas este recurso já havia sido especificado na mesma task, sem ter sido liberado. Alterar o programa para
esperar a liberação do módulo antes de especifica-lo outra vez.
A13 Erro ao abrir arquivo em fita. Erro na seqüência dos volumes. Verificar o número sequencial e serial do
volume. Verificar se o job que gravou a fita gerou todos os arquivos corretamente.
114 Erro ao fechar arquivo em disco. Erro de i/o ao liberar espaço não usado (Paramêtro rlse do dd), reexecutar o
job e, se necessário, especificar outra unidade ou volume.
A37 Erro de fim de volume tentativa de fechar um volume com uma dcb já fechada.
B13 Erro ao abrir arquivo de impressão provável erro i/o, ou erro no sys1. Imagelib, reexecutar o job.
B14 Erro ao fechar arquivo particionado e está associado aos seguintes códigos de retorno:
04 Nome do membro ( new ) já existe.
08 Nome do membro ( old ) não existe.
00 Falta de espaço no diretório.
10 Erro de I/O ao atualizar o diretório.
14 Dcb não aberta devidamente.
18 Memória insuficiente para o step, ao atualizar o arquivo.
B37 Erro de fim de volume, ou fim de espaço em vio (virtual i/o). Está associado aos códigos de retorno:
04 Fim de volume, residente, reservado ou alocado para outro job ou task. E o fim de volume foi devido a fim
de espaço no volume ou na vtoc, ou ainda a fim de dados de entrada.
08 Fim de volume, devido a fim de espaço no disco, e erro na vtoc do volume seguinte.
00 A unidade de disco já fora alocada para o número máximo de usuários, 127.

1 Ao tentar gravar um registro em um arquivo de saída de disco:


1.1 Falta espaço disponível no volume.
1.2 O arquivo já tem 16 “extents” e necessita mais espaço.
1.3 Falta espaço e o “vtoc” está completo; Se precisa ser alocado espaço, outro “dsbc” é necessário, mas pode
não existir.
2. Ao fechar um arquivo de saída em fita o sistema não foi capaz de concluir a operação, neste caso, foi lançada
a marca reflexiva e ainda restam registros a serem gravados em outro volume.
C13 Erro ao abrir arquivo particionado. Tentativa de abrir arquivos concatenados como output.
D00 Erro ao especificar uma página em vs. Geralmente a referencia incorreta é feita numa instrução de i/o. Verificar
os blocos de controle e reexecutar o job.
D37 Erro ao gravar arquivo em disco ou em vio (virtual i/o) fim de área primária, e não foi especificado área
secundária, aumentar o espaço primário, ou especificar espaço secundário.
Acabou espaço no arquivo de saída em disco, e não foi dada alocação secundária.
E37 Erro ao gravar arquivo em fita ou em disco. Esgotado todo o espaço destinado ao arquivo. Especificar mais
espaços ou mais volumes.
O mesmo que D37 para arquivo particionados.
F08 Erro ao executar uma svc 08. Pode decorrer de erro na macro load. Verificar os parametros ep (ou eploc), dcb...
F13 Erro ao executar uma svc 19. Pode decorrer de erro na macro open. Verificar os parametros dsn, blksize, lrecl,
recfm, dcb, etc.
1. Não foi localizado o membro especificado no comando “dd”.
2. No arquivo de saída com “recfm=fb” parametro “blksize” não é multiplo de “'lrecl”.
F14 Erro ao executar uma svc 20. Pode decorrer de erro na macro close. Verificar os parametros do cartão dd e a
dcb.
0CA Decimal Overflow Exception (estouro em operação com o campo decimal). Tentativa de mover para um campo
decimal um valor cujos dígitos significativos não podem ser contidos neste campo. Como resultado de
operação decimal. Em linguagens de baixo nível pode ainda ocorrer na instrução zap. Basta aumentar o número
de bytes do campo que estiver ocasionando o erro.
0CB Decimal Divide Exception (erro em divisão de campos decimais). Ocorre quando se efetua uma divisão, com
campos decimais na qual o divisor é zero. Ocorre ainda quando o quociente for maior que o campo designado
para conte-lo.
1. Tentativa de dividir por zero.
2. Quociente excedeu o especificado tamanho de campo de dados.
0C0 Program exception (interrupção imprecisa de programa). Uma ou mais exceções de programa foram detectadas
durante a execução de uma instrução cujo endereço não pode ser precisamente identificado pelo bits 40 a 63 da
psw corrente. Verificar o conteudo dos registradores no momento do “abend”
0C1 Operation Exception (Código de operação (bits 0 a 7 da instrução) inválido), ocorre normalmente em
linguagens de baixo nível (Assembler Autocoder), mas ocasionalmente também nas de alto nível(pl1, cobol).
Nestas geralmente é ocasionado quando o programa move dados para dentro da própria área de programa,
destruindo instruções, neste caso, verificar se há índices de tabelas fora dos limites destas, em comando de
atribuição, em cobol, pode ainda ser causado por: erro no comando sort, programa move dados para dentro da
própria área de programa, erro na clausula select, i/o de arquivo antes do open, omissão de cartão de dd, ou
comando call para subrotina não incluída.
1. Falta ou não confere o “ddname” com o descrito na clausula “select”.
2. No verbo “sort” do cobol:
2.1. A lógica não está passando através do “return end” para sair do “output procedure”.
2.2. Falta nome de seção após a “input” ou “output procedure”.
2.3. Foi tentado concluir processamento antes que todos os registros tivessem retornados do “sort”.
3. Foi tentada leitura ou gravação de arquivo não aberto.
4. Foi chamada uma subrotina não incluída.
5. Arquivo de entrada indexado-sequencial não especificado na clausula “Select”.
0C2 Privileged Operation Exception (Tentativa de usar em estado de programa uma instrução previlegiada). Esse
tipo de execução é executável somente quando a psw indicar o estado de supervisor, raramente esse erro ocorre
em linguagens de alto nível. Nesse caso, a causa pode ser a mesma do abend oc1, isto é, movimentos de dados
para dentro da própria área de programa, destruindo instruções, basta verificar se há índices de tabelas fora dos
limites destas, em comando de atribuição.
0C3 Execute Exception (instrução execute (ex) Dirigida para outra instrução execute). Este abend praticamente só
ocorre em linguagens de baixo nível. Basta corrigir o programa, eliminando o desvio indevido.
0C4 Protection Exception (key da psw (bit 8 A 11) diferente de 0 da key do endereço na instrução). Tentativa de
violar o dispositivo de proteção da memória principal em linguagens de baixo nível (assembler, autocoder)
basta corrigir o endereço que seria afetado pela instrução. Em linguagens de alto nível (pli, cobol) a causa pode
ser a mesma dos abends OC1 e OC2, isto é, movimentos de dados para dentro da própria área do programa
destruindo instruções. Verificar se há índices de tabelas fora dos limites destas, em comando de atribuição, em
pli, verificar o conteudo dos labels variáveis. Em cobol, pode ainda ser causado por erro no comando Sort, erro
na clausula Select, i/o de arquivo antes do open, omissão de cartão dd, ou erro na especificação do blksize de
registros de tamanho variável.
1. Estouro de indexador destruindo informações de tabela.
2. Falta de cartão dd, ou ddnsmr, o cartão dd não está de acordo com ddname, clausula select.
3. Foi tentada leitura ou gravação de arquivo não aberto.
4. Falta clausula select em tempo de compilação cobol.
5. Tamanhos de bloco e de registro iguais para arquivo de registros de tamanho variável.
6. No verbo sort do cobol:
6.1. Falta nome de seção após a input ou output procedure.
6.2. Stop run na input ou output procedure.
0C5 Adresing Exception (endereço virtual não disponível na memória do sistema). Tentativa de desviar para ou
acessar dados em endereço não disponível. Em Linguagem de baixo nível praticamente quaisquer instruções
que se refiram a endereço de memória são passíveis de causar essa exceção. Em linguagens de alto nível a
causa pode ser a mesma dos abends OC1, OC2 e OC4, movimentos de dados para dentro da própria área do
programa destruindo instruções. Verificar se há índices de tabelas fora dos limites destas em comando de
atribuição. Em pli, verificar o conteudo do label Variáveis. Em cobol, Pode ainda ser causado por erro no
comando sort, erro na clausula Select, i/o de arquivo antes do open, omissão de cartão dd, comando close não
codificado para arquivo aberto ou codificação para arquivo já fechado, comando call sem passagem dos
parametros necessários, ou saída de um comando perform antes da rotina ser toda executada.
1. Falta ou não confere o ddname com o descrito na clausula select.
2. Processamento do registro como input/output antes de ler ou abrir o arquivo respectivamente.
3. Tentativa de fechar o arquivo mais de uma vez.
4. Estouro de indexador ultrapassando o limite máximo especificado na clausula occurs. 5. Foi chamada uma
subrotina sem parametro using.
6. Saida antecipada de um comando perform sem que toda a rotina performada houvesse sido executada.
7. Alinhamento incorreto de dados computacionais em registro blocado sem bytes de ajuste serem inseridos.
8. Comando stop run antes de fechar todos os arquivos.
0C6 Specification Exception (erro de especificação). Geralmente a um endereço de memória. Em Linguagens de
baixo nível, pode ser causado por: especificação de um endereço impar de instrução, especificação de um
endereço inválido de dados (quando o correto seria um endereço alinhado em meia palavra, palavra completa
ou palavra dupla), especificação de registrador impar em instruções mmr, d ou dr, ou ainda especificações e
registrador de ponto flutuante diferente de 0, 2, 4 e 6. Em instruções decimais, tamanho do primeiro operando
(produto, quociente) é menor que o resultado, ou dividendo não maior que o divisor ou ainda multiplicador ou
divisor maior que 8 bytes. Em linguagens de alto nível a causa pode ser a mesma dos abends OC1, OC2 e OC4,
movimentos de dados para dentro da própria área do programa, dos limites destas, em comando de atribuição.
Em pli, verificar o conteudo dos label variáveis. Em cobol, pode ainda ser causado por erro no comando sort,
erro na clausula select, i/o de arquivo antes do open, omissão de cartão dd ou comando alter referenciando
instrução sem go to.
1. Em um arquivo indexado-sequencial falta ou não confere o ddname com o descrito na clausula select.
2. Comando accept com dd e dados faltando.
3. Falta um comando go to no paragrafo indicado por um comando alter.
4. Tentativa de processamento de entrada ou saída em um arquivo não aberto.
5. No verbo sort do cobol:
5.1. Falta nome de seção após a input ou putput procedure.
5.2. Stop run na input ou output procedure.
0C7 Data Exception. Normalmente é causado por erro na especificação dos dados. Basicamente ocorre quando as
posições de sinal de um item decimal compactado (últimos 4 bits a direita devem conter de 1010 a 1111) ou as
posições de dígitos (os demais 1/2 bytes devem conter de 0000 A 1001) estão inválidos. Em linguagens de
baixo nível, pode ainda ser causado por número de zeros a esquerda no multiplicando menor que o tamanho do
multiplicador (oper. decimais). Pode ser causado ainda por operações de atribuição, comparação, edição com
campos decimais lidos incorretamente, pesquisa fota dos limites de tabela de valores decimais.
1. Dados não numéricos em um campo numérico.
2. Campo numérico na working-storage sem valor inicial.
3. Tentativa de mover um campo numérico inválido para campo de edição.
4. Tentativa de comparar um campo numérico inválido.
5. Soma de campo sinalizado sobre um campo não sinalizado descrito comp-3.
6. Indexador com valor menor do que 1.
7. Estouro de indexador ultrapassando o limite máximo especificado na clausula.
8. Tentativa de mover dados display para campos descritos comp ou comp-3.
9. Tentativa de mover zeros para grupo ou item descrito comp ou comp-3.
10. Tentativa de ter acesso ao buffer antes de abrir o arquivo.
11. Definição incorreta da linkage section:
11.1. Passagem de parametros em ordem errada.
11.2. Omissão ou inclusão de parametro.
11.3. Não inicialização da clausula usage, se necessária.
11.4. Não definição do tamanho exato.
12. Omissão da palavra line(s) na clausula page limit dentro do report do cobol.
13. Quando utilizar o parm a partir do comando exec deve-se ter o cuidado de usar o linkage editor (cobuclg)
ao invés do loader(cobucg). Neste caso, o parm deve ser usado no primeiro comando da procedure division;
Caso contrário o endereço do parm será alterado causando o processamento de dados não determinados
0C8 Fixed-point overflow exception. Estouro de operação com campos de ponto fixo. Geralmente decorre da
tentativa de soma ou subtração com o resultado maior que a capacidade do campo. Em linguagens de baixo
nível pode ainda ocorrer como resultado de instruções shift algébricas. Basta alterar a declaração dos atributos
do campo, já que este erro ocorre quando a precisão máxima para aquele tipo de campo é ultrapassada.
0C9 Fixed-Point Divide Exception. A principio ocorre quando se efetua uma divisão por zero ou quando o
quociente em ponto fixo excede o limite de uma palavra completa. Em linguagens de baixo nível pode ainda
ocorrer quando se converte a binário em ponto fixo um campo contendo valor menor que 2.147.483.648 ou
maior que 2.147.483.647. Em PL/I ocorre pelo mesmo motivo, mas o comando que da origem a esta
instrução(cvb) pode ser um simples comando de atribuição ou de comparação entre um campo binário e outro
de decimal. Em cobol pode ainda ocorrer no comando sort, por omissão de cartão dd.
1. Omissão do comando 'dd' - 'sortin' e/ou 'sortout' quando o 'sort' do cobol.
2. Um quociente excedeu o Tamanho do registro na divisão ponto fixo, divisão por zero.
0F1 Erro na execução de i/o. Provável erro na rotina do método de acesso, ou modificação de algum bloco de
controle durante o i/o. Reexecutar o job.
0F2 Erro na execução de uma instrução em rotina svc tipo 1.
Especificado parametro inválido para uma rotina svc. Por exemplo, em cobol foi informado um valor maior que
120 no parametro indicativo do comprimento dos dados no comando display
1. Tentativa de ‘display’ de um item com mais de 120 cadacteres.
0F3 Erro na máquina (machine-check). Reexecutar o job.
0F4 Erro de paginação. Reexecutar o job.
0F7 Interrupção de programa durante o processamento de outra interrupção. Reexecutar o job.
000 Abend especificado no programa do usuário. Em linguagem de baixo nível, basta examinar o código de abend
do usuário (u-nnnn, onde nnnn= código estabelecido na macro instrução Abend) e localizar no programa a
macro geradora desse código. Em programas pli, a macro abend pode ainda ser ativada Quando é interceptado
algum erro (OC7, OC4 ou outros) em qualquer sub-rotina chamada pelo usuário através de call ou chamada
pelo proprio compilador. Neste caso o código de abend do usuário é igual a u-4000. Verifcar a correção das
sub-rotinas chamadas no programa, ou pelo "dump" localizar o comando que ocasionou o erro.
001 Erro de i/o. Provável erro de equipamento. Antes de executar novamente o job, verificar: os registros do
arquivo de entrada tem comprimento diferente do especificado no parametro "lrecl". A blocagem do arquivo
de entrada não confere com a especificada na clausula "block contains". O comprimento do registro não
confere com o especificado na clausula "record contains". Foi tentado um "read" após a condição "at end” ter
sido detectada pode existir um "note" após o nome do paragrafo de abertura ou fechamento do arquivo, fazendo
com que o conteúdo do parágrafo seja considerado comentário.
1. Os registros do arquivo entrada tem comprimento diferente do especificado no parametro 'lrecl'.
2. A blocagem do arquivo de entrada não confere com a especificada na clausula 'block contains'.
3. O comprimento do registro não confere com o especificado na clausula 'record contains'.
4. Foi tentado um 'read' após a condição 'at end' ter sido deletada.
5. Pode existir um 'note' após o nome do parágrafo de abertura ou fechamento do arquivo, fazendo com que o
conteúdo do parágrafo seja considerado comentário.
002 Erro ao processar ou abrir arquivos. Esta associado aos seguintes códigos de retorno:
04. Registro variável com comprimento menor que 4 bytes.
08. registro maior que 32K.
0C. Registro maior que 13.030 bytes em disco 3.330, maior que 7.294 bytes em disco 2.314 ou então maior
que 19.069 em disco 3.350.
10. Arquivo com overflow de trilha, mas com registro maior que 35.752 bytes.
14. Registro maior que o blksize.
18. Registro maior que 32K ou maior que o blksize, ou registro variável menor que 4 ou menor que 5 (com
ctlasa).
1C. Registro maior que a capacidade da trilha, e overflow de trilha não especificado.
20. Bloco maior que um extent secundário.
24. Bloco maior que um extent primário ou "splitted".
28. Bloco maior que um extent primário.
2C. Muitas trilhas especificadas para overflow de cilindro ou então dcb com bloco não multiplo do lrecl.
1. Foi tentada uma operação de saída em que o tamanho do bloco é maior que a capacidade do equipamento.
003 Erro na execução de i/o. Examinar os comandos de leitura, impressão ou perfuração associado ao arquivo.
004 Erro ao abrir arquivo. Corrigir o parametro inválido ou conflitante na dcb do arquivo.
008 Erro no retorno do modulo synad. Basta corrigir a sub-rotina ativada pelo synad.
013 Erro ao abrir arquivo. Esta associado aos códigos de retorno:
04. Label ans especificado mas não suportado. Alterar "dd".
08. Label ans especificado com fita de 7 Trilhas.
0C. Dcb Especifica buffer com length=zero.
10. Arquivo nulo especificado com blksize ou bufl igual a zero.
14. Dcb com dsorg=po, mas arquivo é "ps" (ou vice-versa).
18. membro de particionado não encontrado.
1C. Erro no diretório de um pds.
20. Erro no blksize.
24. Arquivo de entrada não especificando macrf=e, g ou r.
28. Arquivo de saída não especificando macrf=b, p pu w.
2C. Dcb (input) inválida. Verificar se foi modificada indevidamente.
30. Dcb (output) inválida. Verificar se foi modificada indevidamente.
34. Arquivo especificado com blksize, lrecl ou bufl = zero.
38. Dcb para dasd inválida. Verificar se foi modificada indevidamente.
3C. Dcb para sequencial inválida. Idem acima.
40. Dcb para sequencial ou dasd inválida.
44. Dcb para chainde sch inválida.
48. Erro no endereço do bcb. Examinar a dcb.
4C. Comprimento do buffer menor que o blksize ou o lrecl.
50. Arquivo de impressão não especificado como output.
54. Especificada 1419 sem unidade secundária de controle.
58. Erro ao abrir arquivos sem fitas de papel.
5C. Arquivo spanned com registro maior que 32.756.
60. dcb especificada recfm=f, mas blksize difere do lercl.
64. Arquivo nulo usando um método de acesso conflitante. ( exemplo:excp). Alterar o método de acesso ou
usar arquivo real.
68. Dcb especifica blksize maior que 32k.
6C. Dcb especifica overflow de trilha, mas o disco não suporta corrigir a dcb ou alocar outro dispositivo,
através do parametro unit do "dd".
70. Conflito entre parametros da dcb e o label do "dd".
74. Erro ao abrir arquivo em leitura ótica. Corrigir o open.
78. Erro ao abrir arquivo em leitora ótica. Corrigir o bufl.
7C. Erro ao abrir arquivo em leitora ótica. Corrigir o lrecl.
80. Erro ao abrir arquivo em leitora ótica. Corrigir o bufl/lrecl.
84. Erro ao abrir arquivo em leitora ótica. Corrigir o bufno.
88. Tentativa de abrir arquivo tp sem dsorg = tso.
8C. RECFM não especificado para arquivo bdam. Especificar.
90. Erro ao abrir arquivo em uma 3890. Corrigir o open.
94. Erro ao abrir arquivo em uma 3890. Corrigir o bufl.
98. Erro ao abrir arquivoem uma 3890. Corrigir o recfm.
9C. Erro ao abrir arquivo em uma 3890. Corrigir o macro ou dsorg.
A0. Erro ao abrir arquivo em uma 3890. Corrigir o lrecl.
A4. Tentativa de abrir sysin ou sysout sem dsorg = ps.
A8. Tentativa de abrir sysin ou sysout com RECFM errada.
B0. Conflito entre o parametro rdback do open e a dcb.
B4. Conflito entre o parametro do open e a dcb.
B8. Erro ao abrir arquivo em uma 3890.
BC. Dcb de arquivo sysin/sysout conflita com parametro do open.
C0. Arquivo sysin ou sysout não pode ser aberto pelo ges.
C4. Gravação de arquivo direto sem macrf = wl.
C8. Modulo de execução do open retornou código inválido.
CC. Falha ao abrir arquivo de impressora.
1. Não foi encontrado o membro especificado no comando 'dd' de um arquivo particionado.
2. O parametro 'blksize' não é multiplo do parametro 'lrecl’ em um arquivo de saída especificado.
3. O comando 'dd' especificado 'dummy' com a clausula 'block contains' especificado '0 records'.
020 Erro ao abrir arquivo bdam. Verificar se o parametro macrf é diferente de a, k ou i. Ou Ainda se o arquivo
contém zero extent. Corrigir a dcb ou, no Segundo caso, criar o arquivo antes de abri-lo como bdam.
025 Erro ao processar arquivo bdam. Encontrado um endereço inválido na dcb do arquivo. Provavelmente esse
endereço fora destruido pelo movimentos de dados para a área da dcb. Verificar se há indices de tabelas fora
dos limites destas, em comando de atribuição.
026 Erro ao processar arquivo bdam com "exclusive control".
Encontrado algum campo inválido na dcb do arquivo. Provavelmente tal campo foi modificado pelo
movimentos de dados para a área da dcb verificar se há indices de tabelas fora dos limites destas em comando
de atribuição.
028 Supervisor de paginação detectou um erro do sistema. Reexecutar o job.
03A Erro ao fechar arquivo indexado. Reexecuatr o job.
03B Erro ao abrir arquivo indexado. Pode ser causado porque: O arquivo não fora criado, o arquivo não foi fechado
após a criação, erro nos parametros rkp, keylen, lrecl ou blksize da dcb, por gravação em arquivo de entrada, ou
ainda cartão dd especificando um arquivo não indexado.
1. O arquivo não é sequencial indexado ou não foi fechado indevidamente pelo programa que o gerou.
2. Arquivo de acesso direto na clausula 'select' e comando 'dd' solicitando arquivo sequencial.
3. Arquivo foi aberto mas não existe.
03D Erro ao abrir arquivo indexado ou direto. Cartão "dd" especifica um arquivo não indexado, ou o parametro
vol=ser do cartão "dd" esta errado, ou então o dsorg=da, mas o arquivo é indexado.
1. A definição do modo de acesso ao arquivo não confere com o modo de acesso de sua geração.
03E Erro ao abrir arquivo bisam. Provavelmente não há espaço para gravar mais registros. Recriar o arquivo com
mais espaço, ou grava-lo usando bisam.
030 Erro ao processar arquivo indexado. Verificar e corrigir o operando macrf da dcb.
031 Erro ao processar arquivo bisam. Pode ser ocasionado por: chave inválida, espaço não conseguido em disco,
endereço inválido para o disco, leitura de arquivo de saída, gravação de arquivo de entrada, erro de i/o, bloco
não encontrada para leitura, chave fora de sequencia, chave duplicada, overfluncow de registro, ou é no lrecl.
1. Foi tentada uma operação de saída em um arquivo de entrada.
2. Foi tentado um 'invalid key' ou registro duplicado no 'dataset' processado.
3. Insuficiente espaço área primária quando criado arquivo 'isam'.
032 Erro ao abrir arquivo indexado. Verificar e corrigir o operando macrf da dcb.
033 Erro ao abrir arquivo indexado. Em arquivos multi-volumes, ocorre quando não estão todos os discos
montados. Pode ocorrer ainda quando dados são movimentados para a área da dcb. Verificar se há indices de
tabelas fora dos limites destas, em comandos de atribuição.
034 Erro ao abrir arquivo bisam. Dcb especifica pouca área para o indice.
035 Erro ao abrir arquivo bisam. Dcb especifica pouca área p/conter uma trilha da área primária.
036 Erro ao abrir arquivo indexado. Parametro space do cartão "dd" não especifica espaço primário ou a dscb do
arquivo foi modificada pelo programa. Verificar se há indices de tabelas fora dos limites das mesmas, em
comando de atribuição.
037 Erro ao abrir arquivo indexado. Não especificado número de buffers, ou especificado mas com o primeiro
insuficiente para conter os dados.
038 Erro ao abrir arquivo indexado. Se arquivo novo, reexecutar o job alocando + espaços em disco, se não salvar o
arquivo, deleta-lo e recria-lo com mais espaço, reexecutando o job em seguida.
039 Erro de fim de arquivo indexado. Verificar se foi especificado procedimento p/eof de arquivo.
061 Erro durante a execução da macro close para uma dcb de graphio.
100 Tentativa de usar um dispositivo não operacional. Provavelmente foi referenciada uma unidade não disponível
ou não alocada. Verificar o parametro unit do cartão "dd".
106 Erro na execução de uma macro link, load, attach ou xctl. Pode decorrer de: endereço ou tipo de registro
inválido no modulo a ser carregado, ou erro de i/o durante a carga do modulo verificar o endereço e o tipo de
registro do modulo. Pode ainda decorrer de erro ou loop de programa no "fetch", ou ainda de falta de memória
para o "fetch".
113 Erro ao abrir arquivo. Esta associado aos códigos de retorno:
04 Erro de i/o na execução da macro "rdjfcb", ou referencia a jfcb inexistente. Conferir a macro.
08 Requisitada uma extensão para jfcb mas não há via disponível.
0C Não especificado parametro "exlst" na dcb. Codificar.
10 Erro de i/o na gravação da jfcb.
14 Erro de i/o na leitura de jfcb concatenada.
18 Requisitada uma extensão para jfcb de arquivo is ou direto.
122 Job cancelado, com "dump" pelo operador. Provavelmente o job estava em "Loop", ou aguardando recurso não
disponível no momento ou ainda o job teria violado alguma norma da instalação.
O programa ultrapassou o tempo especificado provavelmente esta em 'loop' ou foi mal calculada sua duração.
130 Erro ao executar a macro "denq". Provavelmente não foi emitida previamente a macro "enq" p/o mesmo
recurso.
137 Erro de fim de volume em fita. Esta associado aos códigos de retorno:
04 Erro de i/o ao gravar label de bov.
08 Erro de i/o ao posicionar fita para processar label.
0C Erro de i/o ao ler label final de fita input ou output.
10 Erro de i/o ao posicionar fita no bod.
14 Erro de i/o ao ler label inicial de fita de input ou output.
18 Erro de i/o ao posicionar fita no primeiro registro.
1C Label final inválido. Verificar o conteúdo do volume.
20 Label inicial inválido. Verificar o conteúdo do volume.
24 Data de expiração de arquivo de saída não alcançada. rovável erro da unidade ou do volume, ou ainda erro
de i/o temporário. Reexecutar o Job e, se necessário, especificar outro volume ou unidade.
* IEC022I
04 Erro i/o ocorreu enquanto gravava o label fim de volume ou um 'tape mark'.
08 Erro i/o ocorreu enquanto posicionava a fita na preparação label de processamento.
0C Erro i/o ocorreu na leitura do label trailer para dataset aberto com opção input pu inout se o dataset foi
aberto com a opção rdback, o erro i/o ocorreu na leitura header label.
10 Erro i/o ocorreu enquanto posicionava a fita magnética para o fim do dataset.
14 Erro i/o ocorreu na leitura do label header para dataset aberto com opção input ou inout, se o dataset foi
aberto com a opção rdback o erro i/o ocorreu na leitura trailer label.
18 Um erro de i/o ocorreu qdo posicionava um dataset em fita magnética p/o 1 registro de dados.
1C Um inválido trailer label foi lido durante o processamento 'eov'. Execute o iebptpch para determinar o
conteúdo do volume.
138 Erro ao executar a macro "enq". Duas macros enq executadas para o mesmo recurso, sem uma denq
interveniente. Inserir a macro denq antes da segunda enq.
140 Erro ao executar a macro "rdjfcb".
16E Erro ao executar a função "debchk". Verificar o conteúdo do deb.
2F3 Falha do sistema, reexecutar o job se necessário.
Queda do sistema verificar se processamento foi executado normalmente.
200 Erro ao executar uma excp (macro programação de canal). Verificar o conteúdo do iob, ecb e do deb.
201 Erro ao executar uma macro wait. Verificar o conteúdo do deb.
206 Erro ao executar uma macro link, load, xctl ou delete. Verificar o endereço do modulo referido na macro.
213 Erro ao abrir arquivo em disco. Esta associado aos códigos de retorno:
04. Erro no dsname. Corrigir o dsname ou o vol do cartão "dd"
08. Arquivo password não existe.
0C. Erro de I/O ao ler DSCB formato 1. Corrigir DSN ou VOL do DD.
10. Erro de I/O ao ler DSCB formato 3.
18. Erro de I/O ao gravar DSCB formato 1.
1C. Erro de I/O ao ler DSCB formato 4.
20. Volume com mais de 16 Extents do arquivo. Recriar o arquivo.
24. tipo de alocação não suportada sob OS/VS. Alterar.
28. DD indica UNIT=SYSDA, mas há 127 usuários (Máximo admitido)
30. Problema c/serialização de membro de PDS.
B4. Erro de open no VOLSEQ number de um STRIPED DS (provavelmente um VSAM aberto: passar verify
antes).

1. Erro irrecuperável de I/O ao abrir o arquivo. Recrie o arquivo ou resubmeta o programa, respectivamente.
2. O 'DS-NAME' especificado não foi especificado.
214 Erro ao fechar arquivo em fita. Erro de I/O. Reexecutar o job e se necessário, especificar outra unidade ou
volume.

1. Erro irrecuperável de I/O ao fechar o arquivo resubmeta o programa.


222 Job cancelado pelo operador, ou automaticamente pelo sistema. Provavelmente o seu job ultrapassou algum
limite especificado no cartão job ou assumido pelo sistema. Mais comunente, Foi ultrapassado o número de
linhas impressas ou o tempo total de execução. Alterar o cartão job ou corrigir o programa.

1. O programa ultrapassou o tempo total especificado.


2. O programa ultrapassou o número de linhas especificado.
3. O programa foi cancelado pelo operador.
237 Erro de fim de volume. Erro de Hardware ou do usuário. Verificar se o código de retorno for 08, o Dsname e o
volume do arquivo concatenado referido no texto da mensagem. Reexecutar o job.
240 Erro durante a execução da macro RDJFCB. Analise o conteúdo da mensagem IEC155 e corrija o problema.
30A Erro durante a execução da macro FREEMAIN. Veja no manual system codes as opções do erro.
313 Erro ao abrir arquivo em disco. Erro de i/o. Reexecutar o job e se necessário especificar outra unidade.
314 Erro ao fechar arquivo em disco. Erro de i/o. Reexecutar o job e se necessário especificar outra unidade.
32D Erro durante a execução de um programa com overlay. Provavelmente um erro de I/O. Rode novamente. Se
continuar relinkedite o seu programa.
322 O job ultrapassou o limite de tempo de CPU. Se o programa não estiver em "LOOP", especificar um limite
maior no cartão.

1. O programa ultrapassou o tempo de CPU especificado do provavelmente esta em 'LOOP' ou foi mal
calculado a sua duração.
33E Foi batido PA1 durante a execução de um command procedure sob TSO. Don’t worry about it.
337 Erro de fim de arquivo. Encontrado fim de arquivo, mas não existe rotina BODAD. Entrar com pelo menos um
registro em caso de SYSIN, ou codificar rotina para fim de arquivo.

1. Um verbo 'ACCEPT' sem registros de dados entre 'SYSIN DD *' E O '/*'


400 Bloco de controle inválido. Verificar a correção do IOB, DEB, UCB e DCB (especialmente em arquivos
concatenados).

1. Durante a compilação, o membro a ser compilado não foi extraído da 'SOURCE LIBRARY'.
2. Conflito nas 'DCBS' para arquivos concatenados.
413 Erro ao abrir arquivo em fita ou disco. Esta associado aos códigos de retorno:

08. Erro de I/O de fita.


0C. Erro de I/O de fita.
10. Erro de I/O de fita.
14. Erro de I/O de fita.
18. Não foi especificado parametro VOL=SER.
1C. Erro na especificação do número de volumes do arquivo.
20. Erro de I/O ao ler o label do arquivo em disco.
24. Erro ao especificar o parametro DEN na DCB.
28. Falha no sub-sistema de verificação de volumes.
2C. Erro ao processar um volume MSS, e DCB (especialmente).
30. Erro ao montar um volume MSS.
34. Especificação Label > 1, mas não foi codificado vol=ser da fita. Verificar o código de retorno e corrigir ou
reexecutar o job.

1. Número 'volume seria’ não foi especificado para o arquivo de entrada.


2. Parametros omitidos no comando 'DD' – Verifique falta de virgulas no comando.
3. O volume não pode ter sido montado no equipamento alocado.
4. O comando 'OPEN' não especifica 'OUT PUT'; Foi assumido 'INPUT'.
414 Erro ao fechar arquivo em disco. Erro de I/O. Reexecutar o job e se necessário, especificar outra unidade ou
volume.
422 Ultrapassado o limite da SYS1.SYSJOBQB. Dividir i serviço em dois ou mais jobs, ou de outra forma diminuir
o número de mensagens emitidas para a console.
437 Erro de fim de volume. Verificar se a DCB foi alterada ou destruída.
513 Erro ao abrir arquivo em fita. Tentativa de abrir dois arquivos num só volume.

1. 'OPEN' redundante quando em uso as opções 'USING' ou 'GIVING' do 'SORT' COBOL.


2. 'READY TRACE' usado ao mesmo tempo que o arquivo 'SYSOUT' esta sendo usado por verbo 'DISPLAY'
e ou 'EXHIBIT' usados com o 'READY TRACY' podem utilizar 'SYSOUT'.
3. Foi tentado abrir mais de uma 'DCB' para arquivos de mesmo volume da fita.
514 Erro ao fechar arquivo. Erro de I/O. Reexecutar o Job.
522 Job ultrapassou o limite de tempo em "WAIT". provavelmente o Job aguardava algum recurso não disponível
no momento (por rxemplo: disco a ser montado). Especificar um maior limite de tempo através do parametro
TIME do cartão Job ou EXEC.
613 Erro ao abrir arquivo em fita. Erro de I/O ou erro no label da fita. Verificar o cartão DD.

1. 'UNIT' errada para arquivo em fita no comando 'DD'


2. Falta DCB (DEN,TRTCH) para fitas de 7 trilhas
3. Possivel erro no posicionamento da fita
4. Incorreto label Standard para fita scrtch OS/F70
614 Erro ao fechar arquivo em disco. Erro de I/O. Reexecutar o job e se necessário especificar outra unidade ou
volume.

1. Erro irrecuperavel de I/O ao tentar gravar 'EOF' no disco resubmeta o programa


622 Terminada a execução de uma "TASK" entrada via tso. Geralmente ocorre quando o usuário desconecta seu
terminal do sistema. Pode também decorrer de problemas do sistema (erros na construção para o tso, emissão
pelo operador, do comando:("STOP TSO"), ou da emissão pelo usuário de um "attention" (teclas PA1 a PA3 ou
PF1 a PF12) indevido. Reexecutar o job.
637 Erro de fim de volume. Erro de I/O, concatenação de arquivos com atributos diferentes, ou ainda
processamento de fita sem anel, aberta como input.
706 Erro ao carregar um modulo. Decorre da tentativa de executar um modulo marcado pelo "linkage-editor" como
não executável (provavelmente o modulo chama outro, externo, que não fora devidamente "link-editado").
Corrigir a causa do erro, "link-editado" novamente o(s) modulo(s).
713 Erri ao abrir arquivo em fita ou disco. Tentativa de abrir como saida, um arquivo antes da data de expiração.
Especificar outro volume ou abrir o arquivo como input.
714 Erro ao fechar arquivo em fita. Erro de I/O ao gravar um dos labels. Reexecutar o job e, se necessário
especificar outra unidade ou volume.
722 Erro ao fechar arquivo em fita. Excedido limite especificado (ou assumido pelo sistema) para sysout. Foi
excedido o limite especificado no parametro "OUTLIM" de um cartão sysout. Corrigir o programa, ou então
codificar nesse parametro um número maior de registros a serem gravados. Impressos ou perfurados.
737 Erro de fim de volume ou de alocação de espaço secundario. Pode decorrer de erro de I/O ou de desmontagem
do disco antes do fim de processamento ou quando da omissão de nome de membro de um dataset particionado
em arquivo concatenado.
80A Solicitada mais memória virtual que a disponível. Especificar uma região maior para o Step (region).

1. O 'BUFFER' alocado no 'OPEN' não cabe na memória.


2. No programa em 'assembler', a macro instrução 'getmain' tipo 'R' solicitou memoria alem do disponivel.
Altere o parametro 'region' do comando 'job' ou 'exec' para um limite maior de memoria
804 Solicitada mais memoria virtual que a disponivel. Especificar uma região maior para o step.

1. Quando o programa inicialmente carregado, mais memoria foi necessaria do que a disponivel. Altere o
parametro 'region' do comando 'job' ou 'exec' para um limite maior de memoria.
806 Erro de carregamento de um modulo para a execução do mesmo. provavelmente o membro não se encontra na
biblioteca (steplib ou joblib) especificada, ou o programa não existe no sistema.

1. O programa não estava na biblioteca indicada.


813 Erro ao abrir arquivo em fita. Erro na especificação do parametro vol=ser ou no dsname do arquivo.

1. 'Dsname' no cartão 'dd' não esta de acordo com os dados entrada, veja se o volume correto foi montado.
837 Erro de fim de volume. Especificação de numero de volumes no parametro vol, insuficiente. Especificação de
colume de fita já alocado para outro arquivo.
878 Falta de memoria para execução do programa. Inofrmar ou aumentar o region.
90A Erro ao liberar area de memoria. Erro na execução da instrução freemain. Em linguagens de baixo nivel basta
alinhar em palavra dupla o endereço da area ser liberada.
906 Erro ao executar macro link, load, xctl ou attach. Verificar se o programa contem loop incluido uma destas
macros.
913 Erro ao abrir arquivo protegido. Esta associado aos códigos de retorno:

04. Byte de acessibilidade da fita difere de branco.


08. Byte de sugurança da fita difere de branco.
0C. Não foi informada a password correta de um arquivo protegido.
10. Tentativa não autorizada de abrir a vtoc como saida.
14. Tentativa de concatenar arquivos com e sem o parametro CKPT.
18. Tentativa não autorizada de ler fita com BLP (Bypass label)
1C. Tentativa de usar arquivo já alocado para outro job.
20. Tentativa de acessar, com programação de canal, arquivo prot.
28. Tentativa de acessar arquivo checkpoint protegido.
2C. Erro em dsname(s) de arquivo(s) bisam.
30. Arquivo em fita com nivel de segurança diferente do(s) arquivo(s) anterior(es) mo mesmo vol (multi-file
tape rell).

Você também pode gostar