Você está na página 1de 5

UFRN – CONTABILIDADE INTERMEDIÁRIA I – MSC DJONES SANTOS – FOLHA DE PAGAMENTO

ALUNO: DOUGLAS LAURINDO DA SILVA


1 - Informações recebidas do departamento de recursos humanos: (Fazer os lançamentos dos
itens a seguir)
- Total de salários: $ 57.600,00;
- Horas extras trabalhadas: $ 5.400,00;
- Imposto retido na fonte: $ 6.000,00;
- Contribuição para o INSS, empregado: 11%;
- Contribuição patronal para o INSS: 20%;
- Contribuição para o FGTS: 8%.
Com base exclusivamente nas informações apresentadas, fornecidas pelo departamento de
recursos humanos para cálculo do custo da folha de pagamento do período, o valor correto da
despesa com a folha de pagamento é igual a:
a) 93.570,00.
b) 80.640,00.
c) 86.640,00.
d) 81.240,00.
e) 87.570,00.
Despesa com a folha de pagamento = Salários + Horas Extras + INSS (Parte Empregador) + FGTS
Despesa com a folha de pagamento = 57.600 + 5.400 + 12.600 + 5.040
Despesa com a folha de pagamento = $80.640,00
INSS (Parte Empregador) = 20%*(57.600 + 5.400) = $12.600
FGTS = 8%*(57.600 + 5.400) = $5.040
INSS (Parte Empregado) = 11%*(57.600 + 5.400) = $6.930
Lançamentos
Salários
D – Despesas de Salários (Resultado) 57.600
C – Salários e Encargos a Pagar (Passivo Circulante)
Horas Extras
D – Despesas com Horas Extras (Resultado) 5.400
C – Salários e Encargos a Pagar (Passivo Circulante)
Imposto de Renda (Retido na Fonte)
D – Salários e Encargos a Pagar (Passivo Circulante) 6.000
C – IRRF a Recolher (Passivo Circulante)
INSS (Parte Empregado)
D – Salários e Encargos a Pagar (Passivo Circulante) 6.930
C – INSS a Recolher (Passivo Circulante)
INSS (Parte Empregador)
UFRN – CONTABILIDADE INTERMEDIÁRIA I – MSC DJONES SANTOS – FOLHA DE PAGAMENTO

D – Despesa com INSS (Resultado) 12.600


C – INSS a Recolher (Passivo Circulante)
FGTS
D – Despesa com FGTS (Resultado) 5.040
C – FGTS a Recolher (Passivo Circulante)
2 - Na composição de uma folha de pagamento, estão previstos o pagamento de salário,
descontos e encargos. Assinale a alternativa correta que representa o lançamento contábil em
relação a faltas e atrasos.
a) Débito – Salários e Ordenados a Pagar (Passivo Circulante – Obrigações trabalhistas) e
Crédito – Folha de Pagamento (Resultado – Despesa com pessoal).
b) Débito – Salários e Ordenados a Pagar (Passivo Circulante – Obrigações trabalhistas) e
Crédito – Banco Conta Movimento (Ativo Circulante – Disponibilidades).
c) Débito – Salários e Descontos (Resultado – Despesa com encargos trabalhistas) e Crédito
– Banco Conta Movimento (Ativo Circulante – Disponibilidades).
d) Débito – Salários e Descontos (Resultado – Despesa com encargos trabalhistas) e Crédito
– Folha de Pagamento (Resultado – Despesa com pessoal).
e) Débito – Folha de Pagamento (Resultado – Despesa com pessoal) e Crédito – Salários e
Descontos (Resultado – Despesa com encargos trabalhistas).
3 - Uma sociedade empresária possui funcionários e, para tanto, deve elaborar a folha de
pagamento. Assinale a alternativa correta que apresenta o lançamento contábil referente à
apropriação do INSS patronal na folha de pagamento.
a) Débito: salários e ordenados a pagar; Crédito: INSS a recolher.
b) Débito: salários e ordenados (despesa); Crédito: INSS a pagar.
c) Débito: salários (custo); Crédito: INSS a recolher.
d) Débito: INSS (custo); Crédito: INSS a recolher.
e) Débito: INSS (despesa); Crédito: INSS a pagar.
4 - A empresa ABCDE LTDA. solicitou ao contador a elaboração da folha de pagamento do mês
de março, com as seguintes informações: (Fazer lançamento contábil dos itens a seguir)
- Salários: R$ 32.000,00.
- Horas extras trabalhadas: R$ 3.000,00.
- Imposto retido na fonte: R$ 3.500,00.
- Contribuição para o INSS, empregado: 11%.
- Contribuição para o INSS, empregador: 20%.
- Depósito FGTS: 8%.
Ao elaborar a folha de pagamento com base nas informações fornecidas, a empresa vai
contabilizar despesas no valor total de:
a) R$ 44.800,00.
UFRN – CONTABILIDADE INTERMEDIÁRIA I – MSC DJONES SANTOS – FOLHA DE PAGAMENTO

b) R$ 48.300,00.
c) R$ 48.500,00.
d) R$ 48.320,00.
e) R$ 51.820,00.
Despesa com a folha de pagamento = Salários + Horas Extras + INSS (Parte Empregador) + FGTS
Despesa com a folha de pagamento = 32.000 + 3.000 + 7.000 + 2.800
Despesa com a folha de pagamento = $44.800
INSS (Parte Empregador) = 20%*(32.000 + 3.000) = $7.000
FGTS = 8%*(32.000 + 3.000) = $2.800
INSS (Parte Empregado) = 11%*(32.000 + 3.000) = $3.850
Lançamentos
Salários
D – Despesas de Salários (Resultado) 32.000
C – Salários e Encargos a Pagar (Passivo Circulante)
Horas Extras
D – Despesas com Horas Extras (Resultado) 3.000
C – Salários e Encargos a Pagar (Passivo Circulante)
Imposto de Renda (Retido na Fonte)
D – Salários e Encargos a Pagar (Passivo Circulante) 3.500
C – IRRF a Recolher (Passivo Circulante)
INSS (Parte Empregado)
D – Salários e Encargos a Pagar (Passivo Circulante) 3.850
C – INSS a Recolher (Passivo Circulante)
INSS (Parte Empregador)
D – Despesa com INSS (Resultado) 7.000
C – INSS a Recolher (Passivo Circulante)
FGTS
D – Despesa com FGTS (Resultado) 2.800
C – FGTS a Recolher (Passivo Circulante)
5 - Um funcionário da Empresa “XXX” recebe R$ 1.320,00 mensalmente, e o número de horas
trabalhadas é de 220 horas/mês. A convenção coletiva da categoria estipula para as duas
primeiras horas extras a remuneração de 60% sobre o valor da hora normal e 120% para as
seguintes. Qual é o valor da 2ª hora extra remunerada? (Fazer lançamento contábil)
a) R$ 3,60
UFRN – CONTABILIDADE INTERMEDIÁRIA I – MSC DJONES SANTOS – FOLHA DE PAGAMENTO

b) R$ 6,00
c) R$ 9,60
d) R$ 13,20
e) R$ 4,90
Salário-Hora = Salário Recebido/Horas Trabalhadas = 1.320/220 = R$6/hora
Cálculo do valor da 1ª hora extra do dia = 6 + 60% = R$9,60/hora
Cálculo do valor da 2ª hora extra do dia = 6 + 60% = R$9,60/hora
Cálculo do valor da 3ª hora extra em diante do dia = 6 + 120% = R$13,20/hora
Lançamento
1 hora extra trabalhada no dia
D – Despesas com Horas Extras (Resultado) 9,60
C – Salários e Encargos a Pagar (Passivo Circulante)
2 horas extras trabalhadas no dia
D – Despesas com Horas Extras (Resultado) 19,20
C – Salários e Encargos a Pagar (Passivo Circulante)
3 horas extras trabalhadas no dia
D – Despesas com Horas Extras (Resultado) 32,40
C – Salários e Encargos a Pagar (Passivo Circulante)
6 - Ao elaborar a folha de pagamento relativa ao mês de março, a empresa Ouro Preto Ltda
computou os seguintes elementos e valores:
• Salários e ordenados R$ 60.000,00
• Horas-extras R$ 2.000,00
• Salário-família R$ 80,00
• Salário-maternidade R$ 1.250,00
• INSS Contribuição Segurados R$ 3.750,00
• INSS Contribuição Patronal R$ 8.075,00
• FGTS R$ 4.380,00
Considerando todas essas informações, desconsiderando qualquer outra forma de tributação,
inclusive de imposto de renda na fonte, pode-se dizer que a despesa efetiva a ser contabilizada
na empresa será de:
a) R$ 70.075,00.
b) R$ 73.125,00.
c) R$ 74.455,00.
d) R$ 74.535,00.
Despesa com a folha de pagamento = Salários + Horas Extras + INSS (Parte Empregador) + FGTS
Despesa com a folha de pagamento = 60.000 + 2.000 + 8.075 + 4.380
UFRN – CONTABILIDADE INTERMEDIÁRIA I – MSC DJONES SANTOS – FOLHA DE PAGAMENTO

Despesa com a folha de pagamento = $74.455,00

Você também pode gostar