Você está na página 1de 9

Representações estudantis

DA REDAÇÃO

-TOlEDO

querem sindicância

Mál'clay,tc

Emreunião realizada na

quinta-feira,

Regional

de

no

Núcleo

Educação

(NRE), os grêmios estudantis das escolas estaduais de To-

ledo,

a

Es-

tudantil

gressar

Câmara

resolveram

rentivar

de Representação

(Cari),

com

um

além

de

pedido

in-

de

anulação

e investigação

do edital

de eleição

da movimenta-

na

União

tes

Os pedidos foram protoco- lados na manhã desta sexta- feira, junto ao promotor Gio- vani Ferrl no Ministério Públi-

de Es-

co.

ção

e dos

fatos

ocorridos

dos

Toledana

(UTES) de

Estudan-

1997 a 2005.

Segundo

o Diretor

colas Públicas

leira dos Estudantes (UBES), Júlio de Oliveira, que teve sua presença solicitada em Tole-

do

afirma

que va-se com vários processos ir-

regulares. "Na realidade, ago- ra aguardaremos o resultado

do Ministério

manifestarmos definitivamen-

da União Brasi-

para

resolução

do

caso,

a UTES encontra-

Público,

para nos

te

sobre

o caso.

O fato

é que

a

Cari se organizou

porque

a

entidade

totedana

estava

sem

ata

registrada

cartório

desde

o ano

de

em 1997. Pelo es-

tatuto

que

rege

a

entidade

 

desde

o ano

de

1976,

a cada

ano se faz necessária

à troca

de

presidentes,

sem

possibili·

dades

de haver

reeleição

para

 

o mesmo

cargo",

expllca.

Areco:

explicações

ao MP

Além

que

de

disso,

findará

Areco

sua

desta-

direto.

en-

ex.

da

cou

na

tregalldo

forma

tranqüila,

direção

um dOcumento

à nova

pticativo

entidade,

ConCjOndo inclusi-

ve os dernonstrativos fjr.a~-

ceiros

de

suas

gestões.

JORNALDO Gim

Sábado, 30 de Abril de 2005

3

Márcia

Vila

irregularidades na Utes

da União de Estudantes

nos últimos sete

anos

sindicância sobre movimentações

Nova diretoria promete modificar pensamento

Areco: explicações

ao MP

DA REDAÇÃO -TOLEDO

Mesmo havendo risco de impugna-

ção do processo eleitoral devido às ir- regularidades contidas no edital de convocação, divulgado recentemente no Diário Oficial, seguindo o cronogra- m'a de inscrição para possíveis candi-

datos à diretoria da

Utes,

às 11h20,

representantes de grêmios estudantis

inscreveram

uma nova chapa.

.

Até o meio-dia,

horário

de encer-

ramento das inscrições, houve somen- te a inscrição da chapa intitulada "San- gue Novo", composta pelos membros:

Suzana de Jesus Silva, como presiden- te, Thiago Luiz Santin, como vice-pre- sidente, Noeli da Silva Rodrigues no cargo de secretária geral, Juliano Al-

ves dos Santos como Secretário

to e Leandro Rodrigo Nichetti como te- soureiro geral.

Adjun-

Além disso, compõem

a chapa João

Elizandro

Gomes Alves, tesoureiro adjun-

to, Taiane Seganfredo, como diretora de imprensa e publicidade, Viviana de Mas- carenhas, no cargo de diretora de espor-

Diego Luiz Ribas e

tes, o diretor o secretário

social,

de cultura,

André Bassi.

A chapa única envolve

integrantes

dos colégios Presidente Castelo Bran- co (Premem), Luiz Augusto Moraes Rego, Novo Horizonte, Senador Atílio Fontana (Sesaf), Antônio José Reis (Ce- ajor) e Escola

ELEIÇOES

verá ocorrer

-

O pleito

no dia

25 de

eleitoral

maio

I

de-

em to-

das as escolas e colégios estaduais,

possibilitando

o voto

de estudantes

de

5a a aa

série

do ensino

fundamental

e

de todo ensino médio.

 

O

processo

será acompanhado

por

fiscais que atuarão em cada institui- ção, definidos por uma comissão elei- toral, que se reunirá neste sábado, às

15h na s~de da Utes. A comissão tam- bém sera responsável pela elaboração

de algumas regras e procedimentos que nortearão inclusive o processo de cam- panha nas escolas.

A posse festiva está marcada para o

dia 27 do mês que vem, mas ainda não possui um local definido para ocorrer. O atual presidente da entidade, Cezar Are- co, destacou que a intenção é realizá-la na Câmara dos Vereadores.

ELEiÇÕES

DA UTES

Ulna chapa se inscreve, mas Ministério

Público

_ :7 :"eq~erimento envirldo w ". "',~~ê~lO Ptíblicü. MP. <.mtem.

_-:·ei:-~.formu! ••do pela C-àI1l;i-

-': R>:orc;;enraçJn

CAiZ!:

E.l.itudantiJ

d~

wlkHa

do Edita!

clelç~lJ da

a intervel1-

de con

União

UTES.

após

nest~

,n:

'-,:3\)

j;Jfa

.l\'~ Es\Udant~~,

ed;da

fOI tomadn

·'\Úinlrc;S

re

lljz~dos

al-

::.~'_;;":">:!:ire líóer!!.S dos

:: :--p.:~:-,:i~dacidadeeu

grêmics

represen-

_:

 

~

;,::.LniãG

Br;Jsileira

dus

C5-

-.~,_ "BESeprimcirodiretor

E

\.

:J~ PúbhCJS

do

l'tlruná,

 

.,e:ra.l)odefuIJIIl

k\un-

 

-s

: '.;;:i-~J.1S

informações.

ln-

 

;

.,:

~,re

SUPOSW$ in-egula-

 

:'::.

':_

t:midade

ei:J Toledll.

:

::

~;; ~

',) all0

de 97 esta

~ob

'"' .:

~ _

 

:i=-

forma

irreguJ

ar, d~

.

:.=:-

':: ~~<lr Areco.

 

_

 

-';,:':-me divulgou

c,\)ta

 

.

'

.:~

Toledo

n<.t úitima

 

_

'~-:

;.::

~8.

r;':adcs

as

inúmeras

!1~1 OTES

~.;(l

- :-::,\:.;.uJas neste momen·

,': ~.:-c

~~ d;;:núndr-s

s1')

~'.i':

::i

há algum.;

diJ.'i.

 

:

·iü",.

Arcco foi pro-

. :r:"~ r.fil) füi enl·On!r~\·

_

.•~;.,:

,;;.,f:\it:'

I) 'igc;unlo.

 

l' •

r.:::

j;:

t:t:'H:.IS

lmTn~ti-

••.• :

;L":t'";\,

'.'

re\}U

:--rimrn!n

.

"'::

:

.;

_ •

:

'

:::.~.,;e)'

f.:r(':n:.'~ Pl)~-

o

:.~•.•.•.:.~.:;:":.-:'l,,\('

:i~•

f-_

r,r •

,~ jj,::;

·~e

I,

:r;,

i.·

•.

~.• ;-.I

•.•.in

J.q

.•H~r".-~larr.

_ 01;::

' .•

.• dei~ã~

•.-~d'

tl Vesse'

que

='::

':(lOI

n5.0 é

_:~

,

-:.::1

.

.l in:":litu!cào

.:· •

:~medt':,de

·~)~n:

,Ii:-

::>l

1995.

a.m:L

\,.;

\!.P~~m•.•;':-f~·

pode

intervir

no processo

rantt.' O p~rí'Jd,,) de 1997

(! prazo

p.:1r~. n('\'as d1;l!":lS €'itn:rrou

tem

inform~l\,'õcs

CIal!. dão CO:1{a que

.:h:lp:'l

a 2005.

C\1inl)

das imçriçõ~:;

apenas

on-

ofi-

uma

(-

cj:.i

:1 com-

~cxra-feJr~L

se insc.r

~\~U

posj~'ão ih) bo'(e JO lado}. Se per·

maneLer

em

•.é

fi eleição

\'igê.r.cia,;)

para

() diJ

Edltai

!=re-

25

de: n1.1io

no:-, pcríí.)àos

noi!e nas prÓpria:; ins:i:uiç<-'\C:;:de ensino rr,édi() e fundamentul.

d<l manhã.

w-rd,.: e

Sl) que ,Klmtec~u t;:m Tol~dl) en'

\ oi \'"cndn

pais dns f'"tudantes" frisa Arct.:v.

tOOi.lS 'L" Llliôes

:\-1unici-

C"tn

referência

aus valores

rt.:'colhidos na locação

das sala:',

cornereiai:;; nq r-rédi,:} àJ. UTES. c

dita

ilS rc~

formd:-' feili.1~ m.l t::~ITUlura. --Te-

mo5. uma permu[u.

Sindiento

demia.

o

presidente

alor~

são

def~nde

ninda

destil1Jdo

que

nós

ranh)

com

QU:1I1tO

C(\lTI

a

1C3-

fizemos

as refü[-

/i,

f

;'l'.

:;-~

o direito

resposta

Onte:n. Ern3ndc~ C~s:1rAre- "':0. que amd.l se consick:ra presi- Jcnc da cniidade. em en:.r:vj;){,l e-"cbs~\'a :'i. GazCl::l de To!edo JS

segurou

d.1Qe f,,)j ~ometida durante CSfe$

oue nenhUm[1 irregulari-

anos e disse que a entidrde

Tolt:.j(l ~S[;lcomplemenre esque-

cida

USES

em

pelos órgãos

supcriore~.

u

c lJPES. h" alguns anos .

S:::gulIl

iu

clt. t.::\j~l~uma dí"j·

d:J rf'ndelllr:'

que emüke

r:s dU3$

tiltima~ cntiàade~ com el\lpn~~i.~s

de T,.,lcdo. desde o

no valor :lc RS 7 mli. quando d~1

~ill) de 1.00i

real izaçãt1 do 4(iu

C(lngres5\.1

Ni.l-

dou:'!! d~l Ur.ião BrJ.~ikm.1 dJ5 E~tudant~s. uDe:-.de então nUILU

mais ti \'~mo~ UOl<.l :Jp[(')xlln~Il;UO COlTI;lmbJ~ entldJdt~~. como a

era

org30izilÇ'àc

UBES

qUildf

rojo: c,!~

nUl.:io:lnJ.

a

eSla\i

!

i:lcumbida

de

csre~

dtb;{v~.

)

('m Jb~íto"

m.IS

,Hé

reiai.:!.

JÚii:.l. '-it1O: rt.:'pre,;cntúu J enti- _;:~o: ::rn T,··k~ ;:{:;r.J.l1le '~'5!J St-

',.1'

·to)

'·C'~~·rn.1r~Ieu-

. ':r

' ";~:i ~~1=!3~"':-- inftlf-

 

"'[

:

'.

,.•. ,:;~~ .).

 

\

~'.:

\

:I•

d:

•l

:\H~J;!q'.lC~ !~:1,)

1.,'

•••

i•

:

l.I"

.~,.:.

' •

.;lril1.•J~' :tri\':-;'. J:'l"7'J~ ~,k~.'rn~.'

iei

:,)-

(,lHL.H.}':'

lperiores.

~,OJ'i

foi um:t

~:i ~li,id

lJe:)

der~rmjnaçi'!r"

0';-

:imJ)J:5.

tt.:'::u·,

-em

. ;~';J C'j':-

••

;or

.'

~:

;;,.~.

•.•

e,-:

".:;'"

':.'.:

J.:,.

r::'-

llKS e el,.:s pagam 1.>5invC5timen- tos. CSle dinheiro não é re\enidü

para i.l entIdade nem chega lls nossas n1Jüs" assegura.

SegulIlhJ

empregados

do

()~ ~~ses

,

c1t::-. U~

valores

in melhori3s

to-

siío

deRS

l_030,

Areca afirma que falto de eleição foi determinaçao da Ubes e que Utes só tem U~ recursos das cartcâri:1has

OUTRAS FONTES DE RENDA

Ernandcs afirmou

ú:lit~:: f(lr;t~ de

rc.nd<i

que a

da

en-

tidade

trnta-se

das

(llrtL'Ifi-

nhas de e~tud:lnte ccnfet:ci·

onadas pda UTES que :inn

O dJfelto

.J clJmpr~ ce.

meil.1

cole-

JAO lojJS

p.1SSCpar~ O :rJnsporre

:ivo

~ desr.:ün:o

n:ls

lÔes pendente:.

timJ. lerça-fcira.

415rç$uiu,:'6c~ tlt1 JebiluJo pc.·

0.1 út-

na tarde

c qne c.sp~ra

!os

31 grcimios

c pela

UBES.

Dhulgação

do edital

Em;:mdes.

afirm0U

que

todas

a:: eS\.olas, mU:lidpal~ ~ CSlac!u-

I

l

~on\"enlad:Js.

'1éio fazendo

rcfe·

ZlIS. 1:\ t:'ram OSeditéli$.3.fix:\do~ no~

réncii.l

à\

insrnlaljf>es

que

<lenti-

mura1:,:. além da divuJga;;Jo ampla

dade

pos

;,ui

e

onde:'

a!ug'"

~üla5

".4. t.:artein:1ha ~u~tJ.R$ 5 C

tem,

única

alidmic

fome

de um an().

da

renda

de

est.il

é a

UTES.

mdusivc

aão é nem sufit:iellte

QUu.nt'l

aberta.

lJr

nos. \'cíçul{l~

.3 t'nlidi.ld~

nEto es-

confnrme

de cvullllJil.:i.t\·5u.

pre\

j3. ()

I

p"ra

sub~!dim

pC,'ta~ intt::n~b"

as l1os~a~des-

rcss.ahn.

d~S(:J

:

Edirni.

Ci

dflcnte

scrr

que

nn:!.

dur:!nte

a

seCrctana

Are":,, Justlfi~.

algun:i

estt: .•e

dilh I

e n30 ~) informou

/\iel'!J.

que

di:,sC'

 

n;.lo

t.:r

Se

pt.:rmanecer

iJ

eciit.-:i

::iid~)l!IfGffr:adl.~

t,t'j:.jil:imcntC"

àa

pubhcad,~

em

fIlC'H.lU~

l.ksíC:

pfl.:';.cnçJ.

de

],ítin

er:1

T'Jle

:iu.

m;s.

a cleiçilu

sed

dI;: ::?:'

 

de Olaiú.

11th iré~ turno:., no~

prÚpri"

L,::~:,'~':el'~:I;:,:':';,~:::;"i:,~:~

,

";l)JérIOS.

CHAPA SANGUE NOVO

Presidrnto?:

S·-,~:\·i.~~

je~.;::k

5i1\·

(C()l~gi~)

E;.' Agri,:ok

dt,;.·{~lled.J)

,. irf'-pre"ideote:

;-:,,;:,g

·~níil~

i C

:).5~i·1b.!~t

l.U3.1~l)"'O

}-IIJJiz.:ml~)

St::rl't:irin

gen~I: .'\oeli RoJrigiJes(C

)légioJ~nrncÚi

Jl)sf

Rei!:!.}

~NTl'tário.\.djunto: Jullano dos Santos! CES·\ F) Tesoureiro: Le,mar.,) Nichet~i (CoJe~1UAntonio J\.isi Reis)

Te(;'oureiroAdjunro:

.1oaoZ:l{~zatC~lég.io An:0nio José R~is)

Estudantes

integrantes

de grêmios

cidade

pedido de investigação das

com um

da

estudantis

entraram

movimentações

Brasileira

dos

da

União

Estudantes

(Utes), dos últimos 9 anos junto ao Ministério Públi· co. Além disso, o documen-

to enviado à ·promotoria so- licita também a averigua-

ção de irregularidades

sentes

pre-

de convo-

no edital

cação para a eleição ·deste

ano, que não estava

trado

assim, caso o edital tenha validade, uma chapa inti.- tulada Sangue Nóvo, com.- posta por estudantes de vários colégios, se inscre-

veu para o pleito

de acontecerá no dia. 25 'de

maio em todas escolas da rede estaduaL

regis-

Mesmo

em cartório.

eleitoral

'Página

3:

Márcia

Vila

ELEiÇÕES DA UTES

Uma chapa se inscreve, mas Ministério

Público

Um requerimento

enviado ao

Ministério

Público,

MP, ontem,

sexta- feira, formulado pela Câma-

ra de Representação

Toledo, CARE, solicita a interven- ção e anulação do Edital de con- vocação para eleição da União Toledana dos Estudantes, UTES. A medida foi tomada após al- guns encontros realizados nesta semana entre líderes dos grêmios

Estudantil de

I estudantis da cidade e o represen- tante da União Brasileira dos es-

tudantes, UBES e primeiro diretor de Escolas Públicas do Paraná, Júlio Oliveira, onde foram levan- tadas diversas informações. In- clusive sobre supostas irregula- ridades na entidade em Toledo,

sob

que desde o ano de 97 esta

direção, de forma irregular, de Ernandes César Areco.

Conforme

di vulgou

esta

Gazeta

de

Toledo

na

última

quinta-feira,

28,

as

inúmeras

irregularidades

na

UTES

foram

debatidas

neste

momen-

. to,

porque

as

denúnéias

aconteceram

há alguns

dias.

Na ocasião,

Areco

foi pro-

curado,

mas não foi encontra-

do para

falar

sobre

o assunto.

Pnconsti-

tucionalidades, o requerimento solicita ainda que os grêmios pos- sam organizar um novo processo

eleitoral"

"Diante

de tantas

lembra

o diretor.

Segundo

ele,

o

estatuto

que rege

a diretoria

adminis-

trativa

e prevê apenas um ano de man-

da

reeleição. "Como as alterações feitas em 2000 não foram reg.is- tradas em cartório. elas não tem

validade

dato, inibindo o exercício

da entidade

é de

1976

e a reelei~'iio de i\reco

não é legal" assegura

Júlio.

pode

intervir

no processo

Como o prazo das inscrições para novas chapas encerrou on- tem, sexta-feira, informações ofi- ciais dão conta que apenas uma chapa se inscreveu (veja a com- posição no boxe ao lado). Se per- manecer em vigência, o Edital pre- vê a eleição para o dia 25 de maio nos períodos da manhã, tarde e

aos recolhidos na locação das salas comerciais no prédio da UTES. o

dito presidente defende ainda que os valores são destinado às re- formas feitas na estrutura. "Te-

Com

referência

valores

noite nas próprias instituições

de

mos uma permuta,

tanto

com

o

ensino médio

e fundamental.

Sindicato

quanto

com

a aca-

 

demia,

nós

fizemos

as refor-

 

o direito e resposta

Ontem, Ernandes César Are- co, que ainda se considera presi- dente da entidade, em entrevista exclusiva à Gazeta de Toledo as-

segurou que nenhuma

irregulari-

daqe

foi cometida

durante

estes

anos

e disse

que a entidade

em

Toledo está complemente esque- cida pelos órgãos superiores, a UBES e UPES, há alguns anos. Segundo ele, existe uma dívi- da pendente que envol ve as duas últimas entidades com empresas de ToJedo, desde o ano de 2001

no

valor de R$ 7 mil, quando da

realização do 46° Congresso Na- cional da União Brasileira dos Estudantes. "Desde então nunca

mais tivemos

com

a

UBES

a

organização

uma aproximação

entidades,

como

era

nacional,

incumbida

de

ambas

estava

quitar estes débitos, mas até hoje estão em aberto" relata. Júlio, que representou a enti- dadeem Toledo durante esta se-

mana,

dívida.

não

disse

mas

saber

.desta

a Cu-

ao retomar

ritiba levantará

mações

sobre

todas as infor-

o assunto.

mas e eles pagam os investimen-

tos, este dinheiro não é revertido para a entidade nem chega às

nossas mãos" assegura.

Segundo

ele,

os

valores

Areco

empregado~ às melhorias to- dos os meses são de R$ 1.030.

OUTRAS FONTES

Emandes

afirmou

que

a

única fonte de renda da en- tidade trata-se das carteiri- nhas de estudante confecci-

onadas

pela

UTES

que

dão

o direito

a compra

de meio

passe

tivo e desconto

conveniadas, não fazendo refe-

rência às instalações que a enti- dade possui e onde aluga salas.

5 e

tem validade de um ano, esta é a única fonte de renda da UTES, inclusive não é nem suficiente

para

o transporte

nas

cole-

140 lojas

"A carteirinha

custa

R$

para

subsidiar

as nossas

des-

pesas

internas"

ressalva.

Grêmios estudantis vão participar do 10 Egrepar

DAREDAÇÃO-TOLEDO

Os Grêmios Estudantis da

região participarão no peno-

do

de

21

a

22 de

maio,

em

do Céu do 1° Encon-

tro de Grêmios Estudantis do Paraná. O evento irá reunir escolas de todos Núcleos Re- gionaisde Ed!Jcação (NRE). Segundo o professor e Su- pervisor Ténico do NREde To- ledo, Vitorino Ostroski, cada Núcleo terá 20 vagas, com exceção do NREtoledano, que terá 30 vagas para estudantes, já que possui grêmios estu- dantis em todas as 89 escolas

de sua jurisdição. Ostroski,

pelo atendimento nas esco- las em relação ao assunto, ressaltou que desde o ano de 2003m, vem sendo feito um trabalho intensivo nas esco- las do NRE para a formação de lideranças que ocupem a diretoria dos Grêmios, seto- res fundamentais nas esco- las."Atualmente. todas as di- retorias estão funcionando e

Faxinal

responsável

realizando diversas ativida- des, é claro que algumas se destacam mais, porém, é ne- cessário frisar que o sucesso da diretoria do Grêmio depen- de muito da colaboração da direção e da Associação de Pais e Mestres das escolas in- seridas", explica. Ele lembra também que para este encontro, participa- rão 30 alunos, que foram es- colhidos de acordo com a par- ticipação assidua nos encon- tros regionais realizados no penodo de 13 a 15 de abril.

ATlYIDADESCULTURAIS-

Para animar

que que contará com a presença do secretário estadual de Edu- cação, foram convidados alu- nos do Colégio Luiz Augusto Moraes Rego, que possui vári- os projetos voltados. No to-

tal,

três atividades

distintas, abrangendo vários estudantes, incluindo teatro, coral e música instrumental.

a noite

cultural

será realizada no dia 20

a instituição

contempla em três áreas

C,(fVERNO

-l>A.

r-"'\

T> /\

L~.A.

Q

D()

N-- I~r

l

~.-~

Secretaria de Estado da Educação Núcleo Regional de Educação de Toledo

Oficio Cir. N° 2912005

- Chefia

Toledo, 20 de Abrll de 2005.

Senhor(a)

Diretor(a)

e Diretoria

do Grêmio Estudantil

o Núcleo Regional de Educação de Toledo vem a Vossa Senhorí:1 pedir <l ju::,tíficatíva

convicente e por escrito da ausência da Diretoria do Grêmio Estudantil di) seu Estabtlecim<;mto

no encontro realizado nos dias 13-14-15 de abril de 2005 em 06 potos com urgência

Faltaram as Diretorias dos Grêmios Estudantis dos Colégios/Escolas:

Toledo: Colégio Estadual Attílio

Princípio, Premen, Dez de Maio, Edwino Schercr, Esperança Favaretlo Co\·p;tti. Ga!dino (ic:

Lima, Jardim Europa, Jardím Gíse1e, Jardim Maracanã, Jardim Porto alegre. João Arnaldo1Un,

João Cândido Ferreira, Nova Concórdia, Novo Sarandi, Novo sobradinho, Ouro ?:)reto, Sâe'

Fontana, Augustinho Donil1, J\yrton Se!Hw da ~~ilva, Bom

Luiz do Oeste, Vila lpíranga.

Q!Jaírª~ Colégio Estadual Jaime Rodrigues, Maria Bolwerck, Samucl Uenck, Jardim l.cballos

Maripá: Colégio Estadual Pio Xll e Castro Alves.

Me.Jccdes~ Colégio Estadual Leonilda Papcn e EronildcsFrancener. Nova Santa Rosa: Escola Planalto e Vinicius de Moraes.

Ouro Verde do Oeste: Colégi.o Estadual Ouro Verde e Romualdo Peiter.

Palotina: Escola Eugênio Gannatz.

Santa Helena: Escola São Miguel.

São José das Palmeiras: Colégio Estadual São José .

.

São Pedra do Iguaçu: Colégio Estadual EvaJdo Talyuly.

Cordialmente,

&~&~'

Vitorino

Decreto

Assistente Técnico

astros

687/03

-.

Senhor(a)

r

L _ ~

Diretor(a)

.&

_

~

e Diretoria do Grêmio Estudantil

.-r

-

-

-

• -

-

-•

•.

.,.

.•

REQUERIMENTO

Os grêmios estudantis do município de Toledo vem attavés deste requerer ao Dr. Giovani Ferri promotor de justiça da comarca de Toledo - pi( à anulação do Edital de Convocação para as Eleições da UTES datado em 13 de Abri1 do Corrente ano tendo em vista que o mesmo estaria irregUlar, sendo assim também requerer que essa promotoria pública conceda o direito da a dos grêmios estudantis assumir e elaborar um novo processo eleitoral para União Toledana dos Estudantes devido a entidade estar com seu mandato vencido, sendo que além dos' requerimentos acima citados também queremos as prestações

de contas da UTES do período de 1997 ate o presente momento sabendo que a ultima eleição que a diretoria da UTES registrada ata em cartório foi a eleição de 1997, a prestação de contas tendo as notas do que foi gasto, o que foi arrecadado pela entidade e os contratos de locação da sede da UTES e para onde foi destinado essa arrecadação por motivo de segurança ao patrimônio dos estudantes de Toledo, sabendo que a mesma esta sem mandato no caso o presidente eleito em 1997 Ernandes César Areco que a te hoje se diz presidente

da UTES, mas conforme o Estatuto vigente dessa entidade registrado em cartório

de Registros

de

10 Oficio

de 23

das Pessoas

Jurídicas

com o protocolo

7379, registro

104, da data e sem mandato

julho

não tem

como alguém se dizer presidente da UTES e utilizando a UTES a beneficio próprios, também queremos os esclarecimentos do porque a UTES está desde 1998 quando acabaria o mandato de Areco sem fazer eleições legais mediante esse estatuto. ~(;(m mais a contar pedimos que essa promotoria publica tomem as devidas

pcw.yidenqas necessárias para que os estudantes de Toledo possam ter de volta o controle da

pniãQ .TQledana dos Estudantes, tendo cópias de todos os documentos da UTES em anexo a

esse requerimento desde as atas, estatutos e outros que possam provar que a União Toledana dos Estudantes está sem mandato.

de 1976, a união toledana

dos estudantes

está sem mandato

'. ',:

Toledo, 29 de Abril de 2005.

Presidente

(.\J\'\~ ,;\,-

-

\SV<S-"-

\"p'\;\

'l.),J \.J S~'" , 'I::.

~,

Anderson Hackbarth

do Grêmio estudantil

Dario Vellozo

C~

A,viJ.\L

~/jLi

. Carlos André Anezi

Presidente

do Grêmio Estudantil

Morais Rego

Ana Kuilly Deparis

Vice-presidente

do Grêmio Dario Vellozo

Sheila Cristina de Medeiros

Dir.~dttf~

RECEBI HOJE

AS,.,.Y'>'S6HS.

~de

t:.1(l,.' ()

rt"

<')I\.--C

r TOLEDO, Sábado, 30 de Abril de 2005

\

tes'volta

"SangueNovo" promete melhorar Utes e fazer uma ampla investigação.

Areco recebe candidatura

única: mudança de ares e promessa

de investigação

em possíveis irregularidades

na entidade