Você está na página 1de 2
CONTRATO DE CONSIGNAÇÃO E TERMO DE RESPONSABILIDADE Noel Gomes Dos Santos RG/IE nº. 41340314 e

CONTRATO DE CONSIGNAÇÃO E TERMO DE RESPONSABILIDADE

Noel Gomes Dos Santos RG/IE nº. 41340314 e inscrito no CPF/CNPJ sob o nº. 359.965.808-02, com endereço em São José dos Pinhais/PR, na Rua Rua Olívio Tozzo nº 586 , CASA, bairro São Marcos, CEP 83090-120, telefone (41) 991765065, , (41) 991669723, doravante denominado CONSIGNANTE/PROPRIETÁRIO

SIMONE FRANÇA 223.114.558-85 - C.A MULTIMARCAS, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ nº 26.058.344/0001-45, com sede em São José dos Pinhais / PR, na Rua Avenida das Américas nº 1898, bairro Três Marias, CEP 83030-640, doravante denominada CONSIGNATÁRIA

As partes acima qualificadas têm, entre si, justo e acertado, o presente Contrato de Consignação, através do qual o CONSIGNANTE autoriza a CONSIGNATÁRIA,

a promover a venda do veículo objeto da presente, o qual o consignante declara ser proprietário, sob as penas da lei quanto a tal declaração, pelo valor, prazo e demais condições a seguir expostos

OBJETO:

Marca: VOLKSWAGEN Modelo: SPACEFOX 1.6 8V TREND TOTALFLEX 4P Cor: CINZA Combustível: FLEX Ano Fab/Mod: 2007/2008 Km: 122.341 Placa: BEY1975 Renavam: 00935448802 Chassi: 8AWPB05Z88A003324

O veículo acima descrito encontra-se em nome de: Noel Gomes Dos Santos

OBERVAÇÕES:

VALOR:

A CONSIGNATÁRIA fica autorizada através do presente, a vender o bem objeto do presente, pelo valor de R$ 19.000,00;

DA COMISSÃO:

Fica desde já estabelecido, que na hipótese do veículo objeto do presente ser vendido pelo valor acima referido, ou ainda, por valor inferior ao supra consignado

e, nesta hipótese, desde que com anuência do(a) consignante, este (a) último (a), pagará à CONSIGNATÁRIA :

( ) comissão de 3.00% sobre o valor da transação, a qual será retida pela CONSIGNATÁRIA, no ato do pagamento por parte do comprador, seja por ocasião do pagamento do sinal de negócio ou do preço.

( ) valor fixo pactuado ou superior ao estipulado e autorizado neste contrato, a diferença se reverterá integralmente em benefício da CONSIGNATÁRIA, a qual fica desde já autorizada a promover a retenção de tal, seja por ocasião do recebimento do sinal ou do preço, situação com o que desde já concorda e anui o CONSIGNANTE.

Parágrafo Primeiro: Os valores referidos nesta cláusula e respectivo parágrafo primeiro supra, persistirão em favor da CONSIGNATÁRIA, acaso o veículo objeto desta venha a ser negociado após sua devolução ao CONSIGNANTE, diretamente por este ou por outrem e o comprador seja, justamente, pessoa que tenha sido apresentada, na vigência deste, ao CONSIGNANTE, pela CONSIGNATÁRIA;

DAS RESPONSABILIDADES:

O CONSIGNANTE se responsabiliza pela evicção, por eventuais vícios redibitórios, bem como todas as multas, sejam elas Federais, Estaduais e ou Municipais,

até a presente data. Diante disso, esta CONSIGNATÁRIA fica desde já autorizada, após tentativa amigável de cobrança, mediante notificação extrajudicial, a qual deverá ser respaldada nos documentos de origem dos débitos, a proceder a execução do valor atualizado do débito, devidamente acrescido da multa

eventualmente impingida pelos órgãos públicos, mais juros de mora de 1% ao mês, à contar da data em que a CONSIGNATÁRIA, ou alguém por ela tenha despendido tais valores. Deste modo, o (a) CONSIGNANTE declara que reconhece que o presente instrumento é firmado nos termo do artigo 585, II do CPC, razão pela qual o presente é um título executivo extrajudicial, mesmo porque, o “quantum debeatur” depende de simples cálculo aritmético, à partir de dados consignados em documentos comprobatórios do débito (multas de trânsito, IPVA e outros). Nesta seara, a CONSIGNATÁRIA poderá executar o presente para cobrar os valores eventualmente devidos e de responsabilidade do (a) CONSIGNANTE. Para dirimir quaisquer dúvidas decorrentes do presente, as partes estabelecem desde já o foro da comarca de São José dos Pinhais, por mais privilegiado que outro possa ser, sendo que o o CONSIGNANTE RENUNCIA ao foro previsto no inciso I, do artigo 101, do Código de Defesa do Consumidor. O veículo objeto do presente ficará sob guarda e responsabilidade da CONSIGNATÁRIA, até o dia da venda ou sua devolução ao CONSIGNANTE;

DO PRAZO:

A presente autorização de venda se dá pelo prazo de 30 dias, prorrogando-se automaticamente no caso de silêncio do CONSIGNANTE;

Dia 22 de Abril de 2019.

CONSIGNANTE/PROPRIETÁRIO

Testemunha 1

RG/CPF

CONSIGNATÁRIA

DEVOLUÇÃO DO VEÍCULO:

Declaro a quem possa interessar que retirei o veículo objeto desta consignação e que o mesmo encontra-se nas mesmas condições de funcionamento e

conservação de quando foi consignando, não tendo portanto nada a reclamar.

de

de 20

CONSIGNANTE/PROPRIETÁRIO

CONSIGNATÁRIA